Versão Sertão do São Francisco

31/10


2006

Lula: "Nome de meu 2º mandato é desenvolvimento"

Em pronunciamento em cadeia nacional de rádio e TV, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) agradeceu a todos os brasileiros que foram às urnas celebrarem o rito democrático do voto, o qual classificou de o mais sagrado. Ele reiterou o compromisso de fazer um segundo mandato dando prioridade ao desenvolvimento, à distribuição de renda e à educação.

- Volto a afirmar que o nome do meu segundo mandato será desenvolvimento - afirmou o presidente reeleito.

Para conseguir realizar suas propostas, Lula conclamou toda a sociedade, a começar pelas lideranças políticas e movimentos sociais, para juntos construírem uma agenda comum de temas de interesse geral.

- É um chamamento maduro e sincero feito por um presidente que está saindo de uma vitória expressiva nas urnas, que conta com o apoio majoritário dos governadores eleitos e que terá uma base sólida no Congresso Nacional, mas já tem experiência suficiente para saber que para fazer as coisas com a velocidade que o Brasil necessita é preciso contar com o empenho e a boa vontade de amplos setores da vida nacional.

Lula disse que encerrada a disputa eleitoral o que interessa a todos é a vitória do Brasil.

- Pois os verdadeiros adversários são a injustiça social, a desigualdade e as várias formas de atraso que atravancam a vida nacional. Uma eleição não é um fim, mas um começo - afirmou o presidente.

Lula também aproveitou a oportunidade para cobrar, em especial da oposição, a aprovação no Congresso Nacional de matérias importantes para a sociedade, como a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa e as reformas tributária e política.

-É necessário, igualmente, criar um clima de profunda responsabilidade republicana para a discussão e votação de reformas importantes, a começar pela reforma política. É preciso, também, a união das forças regionais em favor de projetos de desenvolvimento já em curso e que trarão progresso para todos os estados do país.

Sobre o processo eleitoral, o presidente reeleito disse que tivemos uma das eleições mais transparentes e democráticas de toda a história.

- E isso não se deu por acaso. Isso ocorreu por causa do amadurecimento de nossas instituições, da postura dos candidatos e, muito especialmente, da ação e vigilância do nosso povo. Houve, ainda, um fator inédito e decisivo: pela primeira vez o Brasil enfrentou uma disputa presidencial sem nenhum tipo de abalo econômico, seja antes, durante ou depois das eleições. A estabilidade é uma das conquistas que precisamos manter e ampliar. Mas temos, também, várias outras. E elas ficaram muito claras nestas eleições.

Lula também tocou no ponto da necessidade urgente e necessária de o país diminuir as desigualdades regionais, uma das bandeiras do seu governo.

- O Brasil tem ainda uma enorme dívida social a resgatar, um grande atraso político a vencer e questões éticas a discutir e superar.

E voltou a afirmar que no que depender dele, estará empenhado em que os órgãos de investigação e da Justiça apurem todas as denúncias de corrupção e que os verdadeiros culpados sejam exemplarmente punidos.Informações do JBOnline.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulin de Caruaru.

É o "espetáculo do crescimento".Já ouvi isso em algum lugar.

José Rodrigues da Silva

Esse cidadão (?) que ocupa o cargo de Presidente é tão perdido "administrando" o país, quanto um cachorro que cai de um caminhão de mudança! Viva Dudu! VIVAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!


Versão Mata Norte

31/10


2006

Refinaria: o primeiro mote do Governo Eduardo

Na primeira audiência com o presidente Lula, hoje, em Brasília, o governador eleito de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), priorizou a pauta da refinaria no Estado, uma promessa do Governo Federal que até o momento não saiu do papel. Continua no campo das boas intenções.

 

Eduardo não poderia ter tido uma iniciativa mais feliz. Há uma grande expectativa no Estado quanto ao início das obras da refinaria. Estranha, entretanto, o silêncio da Venezuela, parceiro do projeto. Não se ouve, há tempo, um pio do presidente Chávez sobre o assunto.

 

A PDVSA, que se associou à Petrobras no projeto, não mandou mais ninguém a Pernambuco, não se manifesta sobre absolutamente nada no que diz respeito ao cronograma da obra. Está lá em Suape apenas a pedra fundamental. Em seu arredor, apenas um matagal, conforme o então candidato tucano ao Planalto, Geraldo Alckmin, mostrou no seu guia eleitoral.

 

Mas, como já houve tanta propaganda sobre a refinaria do Nordeste, muita gente no resto do País, especialmente no Sul e Sudeste, imagina que a obra virou uma realidade, o que não é verdade. Muito pelo contrário.

 

Ninguém melhor para cobrar agilidade ao projeto do que o governador eleito, porque, além de aliado e amigo do presidente Lula, pode construir na consolidação da planta de refino a grande obra que marcará o seu Governo. Se Jarbas construiu a sua imagem de bom gestor em cima da duplicação da BR-232, Eduardo pode passar à história como o governador da refinaria.

 

A boa notícia é que, no próximo dia 11, o governador eleito vai se incorporar à comitiva do presidente Lula na viagem à Venezuela. Ali, frente a frente com Hugo Chávez, Lula e Eduardo podem definir um calendário mais rápido do início da construção da refinaria.

 

Oxalá isso aconteça. Pernambuco implora: refinaria, já!  


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Dona Mariazinha do sertão (que não reflete o pensamento do povo sertanejo) deveria se espelhar em Soraya, que mesmo não tendo votado em Eduardo torce para que ele faça um bom governo. Isso é que é exemplo de democracia, desejar o bem do estado em primeira e as questões políticas para depois.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Com eleitores qualificados e com este linguajar sofisticado como o da dona Mariazinha do sertão está explicado porque é que Alckmin perdeu a eleição. Esse linguajar chulo dos inconformados pela vontade do povo reflete o desespespero dos que não sabem conviver com a democracia.

Soraya da Cruz Plácido

Eu como Pernambucana, amando e me orgulhando do meu Estado, mesmo não votando no Governo que ganhou, desejo que todas as PROMESSAS DE CAMPANHA sejam realmente realizadas, afinal não foi o POVO quem os elegeu???? Vamos aguardar, a nós cidadões e eleitores, apenas temos isso pela frente...AGUARDAR...

Fernando Vieira

Zezé, meu filho!!! eu não acredito que estás falando sério. Não sabes quem é o Franklin??? ô homem! há quanto tempo moras neste País?

Mariazinha do Sertão

" É Mula de novo com um coice no povo !!!" Dá-lhe Mula !!!


Versão Agreste Central

31/10


2006

Ferro diz que refinaria vai ser agilizada

O deputado federal Fernando Ferro é o último convidado do dia do debate da Melodia FM. De Brasília ele dá informações sobre as atividades na capital federal em torno de interesses de Pernambuco, sobretudo da viagem do governador eleito Eduardo Campos à Venezuela, com o presidente Lula, para agilizar a construção da refinaria de petróleo em Suape.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Mariana

Não sai nada essas obras são todas virtuais eleitoreiras para eleger Lula e seus compassas

renata lima

Aposto um ovo que a refinaria não sai, só passou de toque publicitário para as campanhas estadual e federal. Já sei a desculpa foi o sócio chaves não está com condicões agora fica para proximo das eleições municipais. Pobre Brasil Pobre Pernambuco


Versão Sertão de Itaparica

31/10


2006

Queiroz denuncia suborno em Caruaru

O deputado José Queiroz disse no debate da Melodia FM que houve suborno na eleição da deputada Miriam Lacerda, com várias lideranças políticas sendo subornadas para eleger a esposa do prefeito Tony Gel.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Rodrigues da Silva

Não só o acuso, mas provo o dito!!! João Lira Neto não tem o caráter de um bom pagador de dívidas. Ele sabe!

José Rodrigues da Silva

O único capaz de subornar alguma coisa em Caruaru, sabe Queiroz, é o João Lira Neto. Mariinha há muito disso sabia e outros tantos que o conhecem. Dr. Eduardo não tem nele a sua melhor companhia!!! Veremos!

LMVC

Queiroz foi muito infeliz em suas declarações, pois esquece que o real suborno foi feito por parte dele para eleger o seu filhinho que a muito tempo ninguem nem se quer sabia por onde andava. Gastando uma fortuna e querendo recuperar com a presidência da Assembleia. Segura dudu beleza!!!!!!!!!!!!!!

Francisco Filho

ESSA É A SÍNDROME DO POLITICO BRASILEIRO: "TODA ACUSAÇÃO FEITA CORRESPONDE A OUTRA ACUSAÇÃO EM SENTIDO CONTRÁRIO, ÀS VEZES COM MAIOR INTENSIDADE". PARECE QUE NÃO SOBRA NINGUEM, AINDA MAIS DEPOIS DE ABERTAS AS URNAS.

Paulin de Caruaru.

Não sei se ele também falou que como ex-funcionário do Banco do Brasil,gastou juntamente com seu filho que não tem ocupação definida, além da política,a bagatela de 2,3 milhões de reais nesta última eleição.Nada mal para um cidadão de classe média.



31/10


2006

Queiroz diz que não é hora de disputa e sim união

O deputado José Queiroz(PDT) deixa claro no debate da Melodia FM que não vai entrar nas especulações em torno da presidência da Assembléia Legislativa, cargo para o qual seu companheiro de Partido, Guilherne Uchoa já se coloca como postulante. Queiroz entende que não é hora de se tratar de cargos, e sim cuidar da unidade de todas as forças que elegeram Eduardo Campos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LMVC

Tão bonzinho esse Zé Queiros. Aqui ele diz isto mais nos bastidores ja articula sua candidatura a presidencia da assembleia par recuperar os mais de R$ 2.000.500,00 que gastou so na candidatura do filhinho. Esses são os verdadeiros aliados de Dudu Beleza. Precatótio vai ser besteira no proximo gover


Sindifisco

31/10


2006

Deputado confirma que deixará PMDB

O deputado Claudiano Martins, eleito pelo PMDB confirma no debate da Melodia FM que vai deixar o partido para ingressar no PSDB, do senador Sergio Guerra, cuja liderança ele diz seguir.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernando Vieira

Que coisa mais triste...já pensou, o pobre PMDB perder um QUADRO desses??? Pernambuco jamais será o mesmo!!!

milton tenorio pinto junior

Claudiano Martins e Sergio Guerra será que estão muito desorientados com a derrota das urnas? Ou é jogo de cena,para tentarem barganhar com o Gov. eleito Eduardo Campos? Como o Senador vai segurar esse povo todo?Qual moeda de troca terá o Senador?Na minha humilde avaliação,nenhuma!

acontecimento de corrupção, esses parlamentares não se manquem. Vamos ter vergonha na cara que é bom, e o eleitor gosta.

mesmo partido que foi eleito, a não ser que haja um motivo, muito justo que a comissão de ética do pertido exuja a sua saída, e que se isso acontrecer, certamente o novo partido não terá muito boa vontade em recebê-lo. Vamos começar a fazer política com seriedade, não é possível, que depois de tanto

Bem não acabou as eleições, JÁ ouvimos esse absurdo de danças de partidos, por isso que temos que imediatamente solicitar e mobilizar a população brasileira, para acabar com esse desrespeito aos seus eleitores. E exigir a REFORME POLÍTICA desse país. Quem for eleito deverá concluir seu mandato no


Prefeitura do Ipojuca

31/10


2006

Senador Sergio Guerra no debate da Melodia FM

O senador Sergio Guerra(PSDB-PE) está no debate político da rádio Melodia FM, e fala das articulações em torno já de 2008, mais especificamente da eleição para prefeito do Recife, em que ele é um dos nomes colocados para a disputa, nas conversas políticas que surgem em Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

....... Agora vamos passar por uma longa invernada.O tempo vai ficar muito escuro.

milton tenorio pinto junior

O que o Senador Sergio Guerra quer agora são os holofotes da mídia,nada mais.Está lutando por um espaço nos bastidores da política.Esperando assim assim que o Gov. eleito Eduardo Campos o chame para uma conversa ao pé do ouvido.Essa movimentação é puro jogo de cena.É como Jarbas disse Senador:......

irania Olivia Benicio

Levará no lombo o maior cacete que jamais assim soube ser, um candidato a Prefeito do Recife. Depois de João Paulo, o Recife merece algo que preste!



31/10


2006

Deputado confirma candidatura na Assembléia

O deputado Guilherme Uchoa(PDT) está no debate político da Melodia FM confirmando para Magno Martins e Adriano Roberto sua candidatura à presidência da Assembléia Legislativa. Concorre também ao cargo seu companheiro de partido o deputado José Queiroz. Ouçam.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LMVC

Esse Uchoa é um mala mesmo, so esta se lançando candidadto para compor e ser o candidato de Dudu Beleza em Igaraçu. Cuidado com Ives que não vai gostar nada disso Uchoa! Se cuidar de uma aliança com 3partidos foi difícil, imaginem com 18 como se anuncia!!!!!!!


Supranor 1

31/10


2006

Debate Político na Melodia começa daqui a pouco

Já estou nos estúdios da Rádio Melodia 106.9 FM, no Recife, na Agamenon Magalhães. Daqui a pouco, passo a apresentar o Debate Político, que vai ao ar das 18 às 19 horas, de segunda-feira à sexta-feira. Se você está em outro Estado, no Interior ou em qualquer parte do mundo, acesse o banner da Melodia aí ao lado e passe a ouvir o nosso programa. Enquanto comando o Debate Político, minha equipe de plantão passa a atualizar o blog. Fique ligado no blog e no programa ao mesmo tempo!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Caro Roberto Santos,sou ouvinte da melodia e o fone é o 81- 32312166,falou!?

Roberto Santos

Sugestão: Informar no blog o Telefone da Melodia para participa~ções no debate



31/10


2006

Eduardo diz que Lula defenderá distensão hoje na TV

Depois de almoçar com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o governador eleito de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), disse que Lula, no pronunciamento que fará hoje à noite, vai agradecer os 58 milhões de votos recebidos e falar da relação que quer construir com os governadores e com os partidos, no Congresso. ''O presidente quer transformar a vitória em distensão'', relatou Eduardo Campos. Ele lembrou que os últimos 18 meses foram de disputas sucessivas que precisam ser deixadas de lado agora que a eleição passou.

''O Brasil quer que os palanques sejam desmontados, porque o País viveu a mais longa campanha da sua história. Agora, é hora de pensar na Nação, pensar no crescimento econômico e pensar em baixar essa temperatura'', pregou o governador eleito. Ele repetiu que Lula, no pronunciamento de hoje, vai deixar claro que quer baixar essa temperatura e cuidar da governabilidade, dialogando não só com aliados, mas também com a oposição.

''Ele vai dar a sua contribuição, porque, ganhando a eleição como ganhou, ele poderia elevar a temperatura dizendo isso aos adversários, mas não vai fazê-lo.'' Campos lembrou que, apesar de Lula ter ganho um novo mandato com enorme margem de votos, vencendo em 16 Estados, a oposição ganhou uma dezena de governos. ''Agora, interessa a todos, sobretudo ao povo, que se desmontem os palanques e se entenda que não é hora mais de campanha, é hora de administrar'', concluiu o governador eleito de Pernambuco. Informações da Agência Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Severino Isidoro Fernandes Guedes

É ingenuidade Lula achar que essa oposição conservadora e golpista vá querer algum tipo de diálogo com o governo. O tipo de diálogo que eles querem é aquele mesmo da UDN contra Getúlio e JK. Lula tem que tocar o barco sem contar com esses vendilhões do Brasil.

roberto lima

Eles confundem "cobrança" com "palanque". É hora da oposição começar a fiscalizar e cobrar com todo o rigor possivel as promessas de campanha. A tensão faz parte do jogo democrático. Distensão só em casa na espreguiçadeira.Essa conversa mole já se ouviu outras vezes.

Paulin de Caruaru.

Desmontar o palanque se pode e se deve.Não se pode é desmontar a justiça.


Mobi Brasil 4

31/10


2006

Eduardo diz que fica na presidência do PSB

O governador eleito de Pernambuco, Eduardo Campos, disse esta tarde depois de encontro com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva que pretende ficar na presidência do PSB mesmo com a vitória em Pernambuco. Eduardo disse à repórter do blog em Brasília, Ana Silveira, que não há “incompatibilidade” entre as duas funções.

 

“Acho que não incompatibilidade, mas se houver algum problema, passo o cargo para o Roberto Amaral sem qualquer questionamento”, disse. Eduardo afirmou que ele e Amaral têm “sintonia” nas questões referentes ao PSB.

 

Eduardo reafirmou ao presidente Lula o apoio do PSB ao seu segundo mandato. “O presidente sabe do apoio e solidariedade do PSB”, enfatizou.

 

Ele confirmou que Lula vai chamar governadores eleitos, mesmo da oposição, para uma conversa amigável na semana que vem. Lula também vai se reunir, segundo Eduardo, com os presidentes de partidos em busca de uma coalizão de forças para o seu segundo mandato.

 

O governador negou, no entanto, que já tenha apresentado pedidos de cargos para o PSB no segundo governo Lula. “Os partidos devem deixar o presidente à vontade para manter a sua equipe. Não discutimos cargos nesse primeiro momento. Ele quer interpretar o resultado das eleições, ouvir as direções de cada partido, visualizar o cenário e se fechar para um momento de reflexão”, disse o governador.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Tá certo Eduardo. A força é a dele que restaurará o PSB e fará a sua glória . e do partido...


Asfaltos

31/10


2006

Eduardo anuncia secretariado depois de Lula

Depois do encontro com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Brasília, o governador eleito de Pernambuco, Eduardo Campos, evitou revelar quando pretende anunciar seu secretariado para o governo pernambucano. A repórter do blog em Brasília, Ana Silveira, conta que Eduardo apenas brincou com os jornalistas ao dizer que vai anunciar os nomes ''depois que o presidente Lula também anunciar a reforma ministerial''.

Eduardo confirmou que Lula vai tirar alguns dias de descanso no feriadão de Finados, mas o presidente preferiu manter o destino em segredo. O governador eleito convidou Lula para descansar em Porto de Galinhas (PE), mas ele não aceitou dizendo que já decidiu o destino. ''Ele não quis me dizer para não causar ciúmes. Mas para o Sul, eu sei que ele não vai'', revelou Eduardo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Marcos Arraes de Alencar

e 21 milhões de votos de vantagem para o Presidente, é muito pouco. Geraldo, na cidade dele teve 60%, o Presidente, na cidade dele s´teve quase 90%, é muito chato!

Marcos Arraes de Alencar

mais de um milhão de votos não bastam? ele já anunciou que só vai anunciar o secretariado em dezembro, pronto!´Basta de baboseira.

José Rodrigues da Silva

Que tal que seja a PQP, o seu destino! Seria ótimo!!! Viva Dudu! Fora Luiz!


BM4 Marketing

31/10


2006

Por que tanta tensão?

Pela cara de tensão do presidente Lula, dá para concluir que ele não conseguiu relaxar durante a longa conversa que teve, hoje em Brasília, com o governador eleito de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB). Tem muita coisa tirando o sono de Lula. Chegou uma informação ao blog de que ele teria pedido para que todos os seus ministros colocassem seus cargos à disposição a partir de hoje, para facilitar a montagem da sua nova equipe. Isso pode ter tirado o humor do presidente, que quer pressa na montagem da sua base de sustentação no Congresso, com vistas a garantir estabilidade política para a governabilidade no seu segundo mandato.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Hugo Moura

Não tem nada de tensão, essa é mais uma bravata do magno Martirio de derrota. tensão quem sai com mais de 20 milhoes de votos de diferença, QUERIA a direita, ter esse capital eleitoral e aqui a maior surra de todos os tempos.

Hugo Moura

Não sei se este senhor que se intitula osvaldo barreto guimaraes é um antigo vereador de Olinda e filho de um ex-prefeito, me parece que essa opinião exalada nâo cabe a um politico que um dia quis ser prefeito de Olinda. Muito pequeno, minusculo igual as letras que escrevi seu nome.

Fernando Vieira

Gete!! a Ana voltou!!! coitada, deve estar com a boquinha (ou é bico de Tucano?) amarga... não adianta rezar para os seus "deuses" Ana, eles tiraram férias há muito tempo!!!

Muito bem, Barreto! Que sacada!

Oswaldo Barreto Guimarães

Raimundo, descançar de que? Se nunca deu 1 dia de serviço a ninguém! No dia que foi, tirou o dedo mínimo, que não faz falta, para entrar em benefício!


ArcoVerde

31/10


2006

Eduardo discute com Lula refinaria de Pernambuco

O governador eleito de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), deixou há pouco o Palácio do Planalto após reunião de trabalho com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A repórter do blog em Brasília, Ana Silveira, acompanhou a visita de Eduardo ao presidente reeleito. Antes de reunir-se com Lula no Planalto, Eduardo almoçou com o presidente em sua residência oficial. Além de discutir por mais de três horas com Lula assuntos de interesse de Pernambuco, também conversou sobre o cenário político nacional.

 

Ao deixar o Planalto, Eduardo disse que vai integrar a comitiva de Lula em viagem à Venezuela no dia 12/11 para discutir a instalação da refinaria de petróleo no Nordeste brasileiro. Eduardo afirmou que vai tomar frente da negociação com os venezuelanos para a instalação da refinaria em Pernambuco. O estado foi escolhido para sediar a nova refinaria de petróleo do país numa parceria da Petrobras com a empresa venezuelana PDVSA, no Complexo Industrial e Portuário de Suape.

 

“Nosso objetivo é garantir o cronograma de instalação da refinaria”, disse o governador eleito.

 

Eduardo também conversou com o presidente sobre a renegociação das dívidas do governo de Pernambuco com a Caixa Econômica Federal, da ordem de R$ 240 milhões.  Ele disse que deseja resolver o impasse já que, com a dívida, Pernambuco não pode conseguir linha de crédito de financiamento junto à Caixa para saúde e educação. “O presidente disse que há uma boa vontade do governo em resolver isso, até porque o meu antecessor participou de várias reuniões”, afirmou Eduardo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Querida Renata Lima, concordaria em gênero, número e grau se o Presidente da República fosse FHC ou Alckmin.

renata lima

Aposto um ovo que a refinaria não sai, só passou de toque publicitário para as campanhas estadual e federal. Já sei a desculpa foi o sócio chaves não está com condicões agora fica para proximo das eleições municipais. Pobre Brasil Pobre Pernambuco

Raimundo Eleno dos Santos

cALMA, CALMA, O BRASIL NÃO VAI ACABAR. O LULA PODE SE ACABAR. CALMA GENTE, DEIXE O HOMEM DESCANSAR...

Essa refinaria é uma estorinha de trancoso, é para quem acredita em Papai Noel. Foi criada como obra eleitoreira, apenas para reeleger Lula.

Ana B. Holanda

Vamos rezar. A coisa é séria.... Quando um falha.... Mas quando os dois começarem a falhar , é rezar para os Deuses.....



31/10


2006

Berzoini poderá voltar à presidência do PT

O deputado estadual Jilmar Tatto (PT-SP), recém-eleito para a Câmara Federal, que participará da reunião da Executiva Nacional do partido, em Brasília, na tarde desta terça-feira (31), disse acreditar que o presidente licenciado do PT, Ricardo Berzoini, deve voltar à presidência do partido o mais rápido possível.
 
"É o caminho natural. Ele foi eleito, escolhido para ser o presidente", declarou Tatto, que é 3º vice-presdente da Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores. Ricardo Berzoini, que se licenciou do cargo depois de ver seu nome envolvido no casso do suposto dossiê contra candidatos tucanos, não participará da reunião desta tarde na capital federal. Informações do Portal G1.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LMVC

Não so o Berzoini, mais todos os Lalaus do PT que se afastaram temporariamente para Lula se reeleger voltaram e por cima, com mais moral do que tinham antes. Assim é o verdadeiro modo do PT governar!!!!

Esse rapaz, só deveria ter acesso a alguma função no partido, após ser avaliado como não responsável pelas acusações, e se for comprovado, tem que ficar de fora. Só assim Lula conseguirá limpar os picaretas do PT, e dessa forma as patuscadas talvez acabem.



31/10


2006

PFL espera que Roseana “jogue a tolha”

A cúpula do PFL espera que a senadora Roseana Sarney (PFL-MA), candidata derrotada pelo adversário Jackson Lago (PDT) ao Governo do Maranhão, tome a iniciativa de deixar o PFL antes que seja concluído o processo disciplinar que prevê expulsão dela do partido por infidelidade. Roseana apoiou a reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo uma liderança do PFL, a idéia é “que o constrangimento seja tamanho que ela saia espontaneamente”.

De acordo com outra liderança, “o PFL deverá deixar Roseana como um cadáver dependurado”. O objetivo é impingir à filha do senador José Sarney (PMDB-AM) um desgaste cada vez maior que a obrigue “jogar a tolha”.

A Executiva Nacional do PFL não deve discutir hoje a situação da senadora Roseana Sarney (PFL-MA), no entanto, inevitavelmente o assunto deverá ser tratado na próxima semana.

“A (saída) vai acabar sendo o caminho natural. Ela divergiu do partido durante quatro anos”, afirmou o líder do PFL na Câmara, deputado Rodrigo Maia (RJ) que afirma ter “boas relações” com a senadora.

“Fica difícil o partido aceitar um parlamentar, com a importância de Roseana, votar contra (o PFL) e se aliar ao adversário”, condenou Maia. Informações da Agência Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

guilherme alves

O PFL, também, imitará o partido do suplente, ou seja, ficará esperneando em cima de Roseane Sarney. Porém não tomará, por tibieza, nenhuma atitude com o conjunto de prefeitos que apoiaram Lula tanto no primeiro como no segundo turno.

roberto lima

Lula sabidamente tinha ao seu lado uma "quadrilha" segundo o procurador. Ele (há alguns anos) fez sérias acusações à familia sarney. O que mudou? Sua opinião sobre os sarney, ou pretende formar um outro grupo sememelhante ao que foi defenestrado pelo povo (dirceu, jefferso do cheque em branco, ...)

merecia passar, também pelo processo de avaliação ético partidário do PFL?

Embora eu não tenha absolutamente nada com isso, pois sou vitorioso nessas eleições com Eduardo Campos, porém não posso deixar de dar minha opinião nesse absurdo. O Mendonça se deixassem faria o mesmo que roseane depois de muita pressão ele falou que apoiaaria o Alckmin. Será que ele também não

Raimundo Eleno dos Santos

Sairá do PFL se tiver garantida um Ministério, ou pelo menos uma Secretaria. Tem qualificações. Isso poderia resultar no enteirrio do PFL. Apesar de derrotada no Maranhão tem força suficiente para conquistar esse espaço. Creio que seria bem-vinda ao PMDB governista...o pai já é.



31/10


2006

Presidente da Petrobras nega ida para a Fazenda

O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, negou hoje que vai ocupar o Ministério da Fazenda, no lugar de Guido Mantega, no segundo mandato do presidente do Luiz Inácio Lula da Silva.

A mudança do titular do Ministério da Fazenda começou a ser cogitada antes mesmo da reeleição do presidente Lula. Segundo rumores do mercado, entre os nomes cotados para ocupar a pasta estariam Gabrielli e o prefeito de Belo Horizonte (MG), Fernando Pimentel.

"Isso é tudo especulação. Não há nenhum fundamento real. Não há nenhuma realidade no que está saindo na imprensa", afirmou Gabrielli, durante almoço para apresentar dados sobre a Petrobras no Rio de Janeiro.

O presidente da Petrobras respondeu a um gracejo do presidente da Associação Comercial do Rio de Janeiro, Olavo Monteiro de Carvalho, que disse ser mais útil ao Estado a continuidade de Gabrielli à frente estatal no Rio. Informações da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Lula coloque o Mecadante, no Minisatério da Fazenda, que vai ser show de bola.



31/10


2006

Bola cheia

Uma prova do prestígio do governador eleito de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB): acabou de deixar o Palácio do Alvorada, onde almoçou com o presidente, no mesmo carro de Lula. Seguiram para o Palácio do Planalto. Lá, o encontro prossegue. Depois, Eduardo fará um relato da conversa para os jornalistas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

inclusives todos vocês da oposição. Aguardem.

Aí, Ana Holanda meus Pêsames, gostaria que fizesse uma oposição coerente, pois não a queremos no nosso quadro. Agora vocês vão ver como se governa para o povo quando temos condições, porque o que fizeram com Dr. Arraes, foi um absurdo, agora com Lula e João Paulo sintonizados, todos vão ganhar,

Ana B. Holanda

Vamos ver no que dá essses passeios palacianos.....

LULA E EDUARDO! É A FORÇA DO POVO!

Ainda exsite almas penadas de Mendonça por aqui? Ainda tem a cara de pau pra vir falar baboseira? Faça como seu guru Jarbas. Viaje pra Lisboa (o que deve ter lá de tão interssante?!) e fique a semana toda passando Hipoglós no seu "monossílabo" que deve tá ardendo!

Se isso resultar em verbas para PE, tudo bem. Mas se ficar só no lero-lero?



31/10


2006

TJ envia pedido de prisão de Palocci ao STF

 O Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo enviou nesta terça-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de prisão preventiva feito pelo Ministério Público contra o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci. O juiz da 4ª Vara Criminal de Ribeirão Preto Lúcio Alberto Ferreira, para quem o pedido tinha chegado inicialmente, decidiu enviá-lo ao STF porque, por ter sido eleito deputado nas eleições de 1º de outubro, Palocci tem foro privilegiado.

O Ministério Público de São Paulo pediu a prisão preventiva de Palocci por seu suposto envolvimento em casos de corrupção entre 2001 e 2002, quando o ex-ministro e agora deputado eleito era prefeito de Ribeirão Preto.

De acordo com a Polícia e os procuradores que participam da investigação, existem provas de que Palocci tem responsabilidade em diferentes fraudes nos contratos assinados pela Prefeitura de Ribeirão Preto com as empresas responsáveis pela coleta de lixo nesta cidade de São Paulo.

Palocci esteve à frente do Ministério da Fazenda de janeiro de 2003, quando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assumiu o mandato, até março passado, quando renunciou pressionado por outro escândalo de corrupção e acusado de abuso de poder.

Em seu pedido à Justiça, o Ministério Público pediu a prisão preventiva de Palocci e de outros nove acusados por 48 crimes de peculato, 48 de falsificação de documentos e um por formação de quadrilha. Caso sejam considerados culpados de todos os crimes, cada acusado pode pegar até 225 anos de prisão. Palocci também é acusado dos crimes de prevaricação, calúnia e violação de sigilo bancário e sigilo funcional em outro caso. Informações do JB Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Nunca fui simpatizante do Palocci, mas acho que também se deveria investigar um pouco aquela história mal contada pelo caseiro Francenildo que arrumou um "pai bondoso" de última hora depositando quantias milionárias em sua conta. E esse painho era do PSDB. Estranho não?

Ricardo José Amorim Campos

poxa, magno. Se o PT continuar, escandalo toda semana, seu blog terá que mudar: ser um blog policial!



31/10


2006

Severino: "Minha volta só depende de Eduardo"

O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Severino Cavalcanti (PP-PE), que não conseguiu recuperar o seu mandato e, na condição de primeiro-suplente torce para que o governador eleito do Estado, Eduardo Campos (PSB), convoque algum federal da coligação oficial para o seu secretariado, reapareceu no cenário político.

Todo prosa, faz, neste momento, uma visita ao plenário da Assembléia Legislativa de Pernambuco, ao lado da filha, deputada estadual Ana Cavalcanti, também não reeleita. Severino ganha os afagos dos deputados Manoel Ferreira(PFL), Roberto Liberato (PFL) e Sílvio Costa (PMN). Com quem conversa, Severino diz que alimenta esperanças de voltar ao Congresso. ''Só depende de Eduardo'', repete ele.

Severino foi tratado com carinho e festa por todos os deputados, inclusive da esquerda, como a petista Tereza Leitão. A maioria o recebeu com palminhas costas, tratando-o de "futuro deputado".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Mariana

Severino pode contar com Eduardo ele tem que ter vc no cngresso como laranja

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Realmente Severino e Inocêncio são fisiológicos e patrimonialistas e Eduardo vai ter que ter muito cuidado. Afinal de contas eles vem de uma boa escola, a mesma escola de Mendoncinha a qual Jarbas se juntou : Arena, PDS e PFL.

LMVC

Não se preocupem, com Dudu Beleza é assim mesmo!! Ele vai com certeza chamar alguem para Severini assumir, pois Severino assim como Inocêncio não apoiam ninguem de graça!!!!

Prá ser bastante sincero, o correto seria o Severino Cavalcanti ficar fora, pois a ação da renúncia pelo motivo que foi, deveria dar a ele no mínimo 10 anos de afastamento político no Brasil, quero informar aos navegantes, que a Reforma Política vem aí, para corrigir esses absurdos.

Paulin de Caruaru.

O homem que devolveu Severino mensalinho à camara.Mancha a biografia de qualquer um.Cuidado Dudu.



31/10


2006

Líder do PFL sugere candidatura própria em 2010

O líder do PFL na Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (RJ), disse que o partido deve se preparar para lançar candidato próprio à Presidência em 2010. Segundo ele, esse é o “caminho natural”.

“Mesmo que não seja uma candidatura favorita em 2010, mas que a gente possa colocar as nossas idéias, as nossas propostas. E isso acaba ajudando o PFL no Brasil inteiro”, afirmou Maia.

Nas últimas eleições, o PFL se coligou ao PSDB, indicando o candidato a vice na chapa de Geraldo Alckmin: o senador José Jorge, de Pernambuco.

Apesar de sugerir candidatura própria, o líder disse que o PFL continuará fazendo oposição junto com o PSDB, votando de forma conjunta na maioria das vezes, porque “os dois são contra o projeto de poder do presidente Lula”.

A Executiva do PFL se reúne esta tarde, quando pode ser debatida a linha de oposição ao governo Lula. O partido também deve discutir o futuro da senadora Roseana Sarney (MA), que apoiou a candidatura de Lula. “Acho que a história dela dentro do PFL está chegando ao fim”, disse Maia.

Roseana concorreu ao governo do Maranhão e foi derrotada por Jackson Lago (PDT), apesar de ter subido no palanque ao lado de Lula durante a campanha.

O PFL perdeu representatividade nos estados, pois elegeu um único governador, José Roberto Arruda, no Distrito Federal – contra quatro em 2002. Na Câmara, elegeu o mesmo número de deputados que o PSDB (65), ficando atrás de PMDB (89) e PT (83). No Senado, passou de 16 para 18 cadeiras. Informações do Correio Web.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Só a oligarquia Maia do Rio de Janeiro nã percebeu ainda que o PFL é um partido em estado terminal. O velho e coronelista PFL está morrendo por inanição, querer modernizá-lo é improvável e ressuscitá-lo é uma tarefa missão quase impossível.


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores