Versão Agreste Central

22/08


2009

O Partido Verde que Marina Silva vai encontrar

 A senadora Marina Silva (AC) está trocando seis por meia dúzia. O Partido Verde, seu novo destino, desbotou e está tão corroído quanto a antiga estrela vermelha do PT: alianças esquizofrênicas, fisiologismo, problemas de moralidade envolvendo deputados federais e uma crise existencial motivada por contradições que se estendem da Esplanada dos Ministérios, em Brasília, às regiões em que a luta pela preservação das florestas e pelo desenvolvimento sustentável deveria estar mais radicalizada.

Com 1.237 vereadores, 76 prefeitos, 34 deputados estaduais e uma bancada de 14 parlamentares na Câmara, o PV enfrenta desvios éticos comuns aos outros partidos. Pelo menos metade da bancada federal é alvo de denúncias que vão de suspeitas de corrupção, nepotismo, crimes eleitorais, improbidade administrativa ou desvios da cota de passagens aéreas da Câmara para viagens internacionais ou para parentes. A força do partido está concentrada em São Paulo e Minas Gerais, com nove parlamentares. Sobre os dois únicos originários da região Amazônica, não se pode dizer que tenham incorporado apenas a causa verde: Sarney Filho (MA) é filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e teve problemas com a farra das passagens aéreas; Lindomar Garçon (RO), ex-prefeito de Candeias do Jamari, responde processo por improbidade administrativa.

O exemplo mais dolorido para a causa vem do Mato Grosso, o estado campeão dos desmatamentos e onde o partido ajudou a eleger e reeleger, em 2002 e depois em 2006, o governador Blairo Maggi, o inimigo número um dos ecologistas, homenageado pela ONG Greepeace com o troféu Motosserra de Ouro.                 

(Vasconcelos Quadros - Jornal do Brasil)

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JARBASTA

Resposta de Marina ao Jornal O GLOBO, sobre o Gov. Lula insensível às questões sociais:" Eu que já disse, inúmeras vezes, desta tribuna e em todas as manifestações que fiz, que foi a melhor política social que tivemos; que saímos de R$8 bilhões para R$30 bilhões investidos em política social."

JARBASTA

Deu no Observatório da Imprensa: "A senadora Marina Silva ganhou subitamente, como possível candidata à Presidência da República, uma exposição que a imprensa nunca lhe proporcionou nos cinco anos em que ocupou o Ministério do Meio Ambiente. Ela é o tema da manchete do Globo nesta sexta-feira."

JARBASTA

....e aprofundar a ruptura com o PT. A ex-seringueira e ex-ministra do Meio Ambiente ontem foi manchete do Globo: "Marina diz que Lula é insensível a causas sociais". Esse PIG é cara-de-pau mesmo.

JARBASTA

Orientações específicas da direção do jornal O Globo na cobertura da campanha de Marina: mantê-la presa ao tema ambiental, destacar todas as declarações que a contraponham a Lula e a Dilma, apresentá-la como uma candidata idealista, destacar a declarações de militantes e aprofundar a ruptura com o P

JARBASTA

Acaba de ser criada a "Editoria Marina Silva" - afirma uma fonte da rede Globo que pediu sigilo .


Versão Sertão Central

22/08


2009

E os aposentados, Lula? Que se danem! Mas eles votam

 A lambança verificada no Senado e acentuada na semana que passou leva a mais uma desilusão: e as iniciativas  capazes de  recuperar os aposentados, extinguindo o celerado fator previdenciário e evitando o nivelamento de todos por baixo? Faz muito que a concessão de reajustes a todos os que recebem mais do que o salário mínimo foi discutida,  debatida.  votada e aprovada no Senado e na  Câmara. O presidente Lula vetou o que não seria benefício, mas obrigação do poder público.

 
Pois bem: há quanto tempo a mesa do Congresso, agora conduzida pelo senador José Sarney, ficou de marcar e não marca a sessão definitiva para a apreciação do veto? Por que as diversas bancadas não exigem essa decisão?
 
A resposta é simples: porque o presidente Lula não quer. Porque a equipe econômica fez a cabeça dele e sustenta que o país irá à  falência se o reajuste for concedido. Por isso Sua Excelência vetou e por isso pressiona Sarney e as lideranças variadas para adiarem a decisão. Enquanto isso, os aposentados que se danem. Só que tem um problema: os aposentados votam...                          
 
(Carlos Chagas)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Edson Gustavo Melo Martins de Oliveira

Acho que o Lula está deixando a desejar no final de seu mandato, com essa agora dos aposentados, ele melhorou muito a vida dos mais pobres, mais hoje sentimos que aquele sentimento pelo POVO esta acabando. Fico sempre na duvida de quem sera o novo presidente, mais espero que seja o CIRO GOMES. É É É


Versão Mata Norte

22/08


2009

Decretado segredo de Justiça na ação penal contra Edir Macedo

 O juiz Glaucio Roberto Brittes de Araujo, da 9ª Vara Criminal de São Paulo, determinou segredo de Justiça na Ação Penal contra Edir Macedo, líder e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, e outras nove pessoas por acusação de lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. As informações são do portal G1. 

O processo foi aberto em 10 de agosto. Segundo a denúncia do Ministério Público estadual de São Paulo, todos desviaram dinheiro de doações de fiéis da Igreja Universal para fins pessoais e comerciais.

Doações não são ilegais, mas, para o MP, o grupo se beneficiava da imunidade tributária da igreja, que não paga impostos, para investir o dinheiro em outras atividades. O G1 informa que, com a decretação do segredo de Justiça, apenas os advogados dos réus terão acesso aos autos.  


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Segredo de Justiça é a defesa da reserva da vida privada, do bom nome e da reputação dos ofendidos, arguidos ou outros intervenientes no processo crime; e também a necessidade de garantir o respeito do princípio da presunção de inocência dos arguidos. (Mas o que é ruim é da conta de todo mundo.)


Versão Sertão do Moxotó

22/08


2009

FHC: "Imaginar mundo sem droga é imaginar mundo sem sexo"

 O ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso afirmou ontem, durante um debate no Rio de Janeiro, que é impossível imaginar um mundo sem drogas e pediu que esse tabu seja quebrado, para que o problema possa ser enfrentado.

''Pensar em um mundo sem drogas é imaginar que possa existir um mundo sem sexo. Vamos quebrar o tabu, pois assim como o uso do preservativo já foi um tabu, hoje defendemos o sexo seguro'', afirmou Fernando Henrique, durante seu discurso na primeira reunião da Comissão Brasileira sobre Drogas e Democracia (CBDD).

O ex-presidente disse ainda que ''agora devemos buscar reduzir os danos que as drogas causam na sociedade e, para isso, é necessário que a população tome consciência e devemos dar suporte aos dependentes químicos'', que devem ser tratados pela rede de saúde pública. ''A educação e a mudança de mentalidade são fortes estratégias de prevenção ao consumo de drogas'', disse. (Portal Terra)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JARBASTA

Se fosse Lula que tivesse dito isso, as almas sebosas aqui do blog cairiam matando.

DE OLHO

Agora, FHC está falando de algo que ele entende muito bem: droga. Basta ver seus oitos anos de governo... uma verdadeira droga!



22/08


2009

Do orgulho à vergonha

 Durante a campanha eleitoral de 1989, esta Folha recebeu em almoço todos os principais candidatos. Menos, salvo erro de memória, Fernando Collor, no que se revelaria uma profilática premonição do jornal. Quando já terminava o almoço com Luiz Inácio Lula da Silva, o candidato do PT pousou o braço sobre os ombros de Octavio Frias de Oliveira, o "publisher", morto em 2007, e disse: "Frias, você ainda vai se orgulhar desse petezinho", como se o anfitrião fosse PT desde criancinha. Não era, claro, mas nunca escondeu seu respeito pelo que considerava padrão ético do partido. Vinte anos depois, a profecia de Lula revela-se tão falsa como era equivocada a crença do "publisher" desta Folha. Hoje, até um petista como o senador Flávio Arns diz sentir "vergonha", não orgulho, desse  "petezinho".

Aliás, "petezinho" é expressão adequada, pelo nanismo ético e moral de sua camada dirigente, que deve ter contaminado boa parte da militância, talvez toda ela, a julgar pelo silêncio ensurdecedor a respeito do espetáculo de pouca vergonha que marca o PT. De quebra, ainda há o nanismo intelectual dos acadêmicos petistas, incapazes de abrir a boca, embora um deles tenha escrito, na esteira do "mensalão", que não mais admitiria nem sequer o sumiço de um alfinete do Palácio do Planalto.

Nada disso, no entanto, surpreende. Os intelectuais petistas se masturbaram com a debiloide teoria da conspiração para explicar os pecados do partido, mesmo ante a contundente evidência de que a única conspiração era a dos fatos. O que na verdade surpreende é a surpresa do senador Arns. Deveria ter sentido "vergonha" quando a direção do seu PT foi chamada de "organização criminosa" pelo então procurador-geral da República. Tudo o que veio depois é até café com leite.

Clovis Rossi - Folha de S.Paulo


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Jonas C Holanda Junior

Na boa DE OLHO, tu pensas que alguém ainda se sensibiliza com essa pecha de PIG que vocês usam pra demonizar algo caro a quem realmente é democrata? Qual a imprensa boa? Seria aquela vendida encabeçada por PHA,Luís Nassif e Mino Carta?Vocês odeiam a imprensa por um motivo simples:odeiam a democracia

jose carlos da silva

Não sou da imprensa e não tenho procuração para defendê-la, mas a desestabilização do governo , caro cientista, está no próprio governo. Pois bem, falta dinheiro para todos os setores,exceto para a corrupção e gastos desnecessários, e muita conversa jogada fora. Para um bom entendedor poucas pala...

DE OLHO

Ninguém na Folha foi, é ou será petista. São integrantes da hoje PIG = Partido da Imprensa Golpista, que só visa desestabilizar o governo do PT, tentando lubridiar a opinião pública


Flamac - 1

21/08


2009

Bate-boca marcou encontro de Lula com Mercadante

 Em longa e dura conversa com o líder do PT no Senado, Aloizio Mercadante (SP), na noite de quinta-feira,20, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva cobrou do petista apoio às decisões do partido e do governo, disse que não admitia ser pressionado e distribuiu broncas. Irritado com a atitude de Mercadante de anunciar pelo twitter - site de microblogs - que apresentaria ontem sua renúncia à liderança do PT, em caráter irrevogável, Lula afirmou que, além de fazer jogo individual, o senador estava cometendo grave erro político. "Não pense que a militância do PT vai entender isso", esbravejou ele, no Palácio da Alvorada. O presidente não escondeu de Mercadante que ficou furioso com o fato de o petista ter anunciado que conversaria com ele, jogando a solução do imbróglio em seu colo.

Bate-boca

Foi por isso que Lula deixou "vazar" a informação de que não apenas não ligava para a renúncia como aprovava a escolha do senador João Pedro (PT-AM) para a vaga. Suplente do ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, João Pedro é amigo de Lula e preside a CPI da Petrobras."Em política não existe a palavra irrevogável", disse Lula a Mercadante. Apesar do tom amistoso da nota em que o presidente pede ao líder do PT para não abandonar a liderança do partido, os dois bateram boca em mais de uma ocasião durante a conversa de cinco horas, que entrou pela madrugada de sexta-feira.

Os termos da carta de Lula a Mercadante foram acertados naquela noite para dar argumento ao recuo do senador. O texto passou pelo crivo do ministro da Comunicação Social, Franklin Martins. Antes de viajar para o Acre, na manhã de ontem, o presidente telefonou para o petista e o autorizou a ler a carta da tribuna do Senado. "Está tudo bem. Tivemos uma boa conversa", afirmou ele, mais tarde, a auxiliares.

Na quinta à noite, porém, Lula disse a Mercadante que sua renúncia seria imperdoável. No seu diagnóstico, além de jogar combustível na crise que pôs em rota de colisão o governo, a bancada do PT e a direção do partido, o gesto daria munição aos adversários e seria interpretado como resultado da luta entre éticos e não-éticos do PT sobre o destino do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).Diante do presidente do PT, deputado Ricardo Berzoini (SP), que também participou da conversa, Lula afirmou que Mercadante não tinha o direito de levar mais desgaste para o partido. Disse, ainda, que um líder não podia jogar a toalha nem desistir de sua missão na primeira dificuldade. "O presidente não fez um apelo. Fez, na verdade, um chamamento à relação de 30 anos que tem com Mercadante", contou Berzoini.

Mercadante reage

O senador reagiu às cobranças de Lula e também foi duro nas críticas. Afirmou que o PT e o governo "erraram muito" ao recomendar o arquivamento de todas as denúncias contra Sarney. Garantiu, ainda, que não estava jogando para a plateia nem adotando posição dúbia, de olho na sua própria reeleição, em 2010, ao defender a abertura de investigações no Senado.

Mercadante argumentou que a maioria dos senadores sempre defendeu o afastamento de Sarney e que não leu a nota na qual Berzoini orientava os três integrantes do Conselho de Ética a salvar Sarney porque aquele enquadramento feria os seus princípios. "O senador é um homem de rompantes, mas todos nós sabemos que ele é um importante quadro político", afirmou um ministro ao Estado.(Informações do portal Estadão)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

FMO

21/08


2009

Projeto que extingue o Conselho de Ética está na pauta

Em sua reunião da próxima quarta-feira, que tem início marcado para as 10 horas, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) poderá analisar o projeto de Resolução do senador Tião Viana (PT-AC), o PRS 15/03, que revoga a Resolução 20/93, que instituiu o Código de Ética e Decoro Parlamentar. A matéria tramita em conjunto com o PRS 3/07, do senador Osmar Dias (PDT-PR) e o PRS 35/07, do senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), informou a Agência Senado.

Em 2003, foi apresentada a Denúncia nº 1/03 contra o então senador Antonio Carlos Magalhães, tratando do seu suposto envolvimento em grampos telefônicos efetuados na Bahia. Após investigação preliminar, o Conselho de Ética aprovou relatório do senador Geraldo Mesquita Júnior (PMDB-AC) propondo a abertura de processo. Ao invés de determinar a abertura do processo, o presidente do Conselho, o então senador Juvêncio da Fonseca, encaminhou o parecer aprovado para apreciação da Mesa.

Relator do processo naquela instância, o senador Heráclito Fortes (DEM-PI) votou, e teve seu parecer aprovado, pelo encaminhamento da denúncia ao Supremo Tribunal Federal (STF) e pela aplicação de uma censura escrita a Antonio Carlos. O Plenário foi convocado a deliberar sobre a decisão da Mesa. A maioria dos senadores votou pela rejeição do recurso. Com a negativa, Tião Viana apresentou seu projeto que extingue o Conselho de Ética.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JARBASTA

Há muito deixou de ser Conselho de ética para ser o Conselho da troca e da barganha. Funciona assim, a gente absolve os seus e vocês absolvem os nossos. Vide Arthur Virgílio e Sarney.

milton tenorio pinto junior

Ética? Que ética??


Mobi Brasil 4

21/08


2009

Senado demite sobrinha de Sarney

A Secretaria de Imprensa da Presidência do Senado emitiu nota hoje informando a demissão de Maria do Carmo de Castro Macieira, sobrinha do presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP). O Senado havia validado ontem a contratação de 45 servidores que haviam sido nomeados por atos secretos. Entre os beneficiados estavam Maria do Carmo e Nathalie Rondeau, filha do ex-ministro Silas Rondeau, segundo a Folhaonline.  

Em nota, o Senado informa que Maria do Carmo foi demitida por "zelo". "Por zelo, o presidente [do Senado, José Sarney] pediu ao senador Mauro Fecury (PMDB-MA) que a exonerasse", diz a nota.

Maria do Carmo trabalhava no gabinete do senador Mauro Fecury (PMDB-MA), que assumiu a vaga deixada pela governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB).

Segundo a nota, Sarney tentou se informar sobre o caso de Maria do Carmo no Maranhão e descobriu que ela é casada com um primo da governadora Roseana Sarney (PMDB), sua filha.

A nota afirma ainda que essa relação não configura parentesco --de acordo com o Código Civil (artigo 1595, parágrafo 1º). No entanto, diz que há dúvidas sobre a súmula que proíbe o nepotismo, baixada pelo STF (Supremo Tribunal Federal), em 2008


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner - Hapvida

21/08


2009

Berzoini nega que Sarney tenha provocado crise no PT

O presidente nacional do PT, deputado Ricardo Berzoini (SP), procurou amenizar a decisão do senador Aloizio Mercadante (PT-SP) de permanecer na liderança do partido e negou que este seja mais um exemplo de intervenção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para conter a crise. Durante o discurso do parlamentar no plenário do Senado na manhã desta sexta-feira, Mercadante afirmou que atendia a um pedido de Lula, que não concordava com a saída dele do cargo. ''Companheiro Mercadante, você me expressou sua indignação com a situação do Senado. Respeito sua posição, mas não posso concordar com sua renúncia à liderança da bancada do PT. A bancada e eu consideramos você imprescindível'', escreveu o presidente. Mercadante ressaltou o apoio de Lula em seu perfil no Twitter, informou a Agência Estado.

Segundo Berzoini, Lula apenas "propôs uma conversa", guiado pela "relação histórica" que tem com Mercadante. "Não é um caso de intervenção. Ele simplesmente propôs uma conversa. Não fez nem um apelo. Fez, na verdade, um chamamento, à relação de militância de 30 anos", disse Berzoini.

Ao detalhar o encontro entre o senador e o presidente, do qual participou, Berzoini disse que Mercadante ouviu que a atual crise é relevante, mas que não se trata de um episódio "definidor da vida política de um líder". "Ele tem uma contribuição enorme para dar ao governo no Senado e tem competência e história para isso. Seria um desperdício ele sair da liderança e ficar só como senador", continuou. "Foi uma decisão madura."

Berzoini negou que o PT esteja em crise por causa do apoio ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Se fosse o caso, argumentou, as instâncias partidárias já teriam iniciado um movimento para questionar o posicionamento da direção. Dizendo ter conversado com membros da Executiva Nacional e dirigentes regionais da sigla, ele disse ter respaldo total para orientar o arquivamento das representações contra Sarney.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

21/08


2009

João da Costa recebe prêmio

O prefeito do Recife, João da Costa, recebe, na próxima segunda-feira, o prêmio Dom da Paz e Herbert de Souza de Cidadania. A entrega acontece às 15h, no Plenário da Assembléia Legislativa de Pernambuco. Este é o segundo ano que o Comitê da Ação da Cidadania Pernambuco Solidário, responsável pela premiação, escolhe nomes do meio político, empresarial, social e da comunicação, para receber a homenagem em reconhecimento a ações solidárias que fazem a diferença na vida dos pernambucanos e do povo brasileiro.

O mês em que acontece a premiação não foi escolhido aleatoriamente. Agosto é marcado pela perda de dois grandes homens, referências mundiais de solidariedade e de luta pela cidadania: o sociólogo Herbert de Souza (Betinho) e o religioso Dom Hélder Câmara. O nome dos dois também é o nome do prêmio, que pretende provocar nas pessoas a luta por uma sociedade mais fraterna e justa.

Recebem o prêmio, além do prefeito João da Costa, o governador do Estado, Eduardo Campos; a primeira-dama de Pernambuco, Renata Campos; o deputado Federal, Armando Monteiro Neto; as jornalistas Beatriz Castro (TV Globo), Roberta Jungmann (JC),  Paula Imperiano (Folha de Pernambuco) e este blogueiro, da Folha de Pernambuco.

O Comitê da Ação da Cidadania Pernambuco Solidário foi fundado oficialmente em 2000, fruto da mobilização do movimento nacional criado por Herbert de Souza. O comitê é responsável pela distribuição de milhares de cestas básicas no Estado, também possui um restaurante popular que serve refeições fartas diariamente pelo preço de R$2,00, além de cursos de alfabetização para adultos. A instituição promove anualmente a campanha Natal Sem Fome.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Supranor 1

21/08


2009

Polêmica da placa: Leite culpa vice-prefeito de Paulista

O deputado estadual Sérgio Leite (PT) considera desnecessário o ''tumulto'' feito em Paulista pela omissão do nome do prefeito Yves Ribeiro numa placa alusiva à inauguração do terminal de passageiros daquela cidade. Leite acusa o vice-prefeito Dufles Pires (PSDB) pela confusão feita em torno do assunto, e diz que a iniciativa de arrancar a placa do local partiu dele(Dufles). As afirmações do deputado foram feitas em entrevista a Magno Martins, no programa Frente a Frente.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

GILVAN MOREIRA DOS SANTOS

ESSA OBRA NÃO VEM DE HOJE, VEM DO GOVERNO ANTERIOR, NO ATUAL GOVERNO FALTOU COMPETÊNCIA PARA FAZER UMA PLACA, COLOCAR O TERMINAL INTEGRADO COM AS LINHAS. OU SEJA FALTA COMPETÊNCIA EM TUDO.

Carlos

Jorge vem aí... O PT de Paulista é diferente. Jorge Carreiro presidente. Precisamos onstruir uma nova história.

Paratibe

Sérgio engana besta, paga a quem tú deve, pois na Assembléa Legislativa só aparece cobrador e vc se esconde, vc não tem voto, nem tem dignidade volta para o IPSEP que o povo já botou para correr Henrique,vc e os Leites todos.

Carlos

O chefe dos irmãos PeTralhas não tem moral de falar de ninguém. Um ser humano que se entrega aos interesses da CELPE. Esse sujeito faz todo tipo de atrocidade pelo poder. Pergunto: o que deu a CPI da Celpe? nada.


ArcoVerde

21/08


2009

Júlio Oliveira enaltece iniciativa do CNJ em Pernambuco

O Conselho Nacional de Justiça promoveu uma reunião no Recife considerada nos meios jurídicos  do Estado como uma das maiores ações já feitas pelo Poder Judiciário em Pernambuco. A opinião é do ex-presidente da OAB-PE, Júlio Oliveira, que disputa a volta ao cargo, e fala no programa Frente a Frente com entusiasmo sobre os benefícios que a população obterá com a iniciativa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/08


2009

PTB confirma candidatura de Lula Cabral a deputado federal

O secretário-geral do PTB em Pernambuco, José Humberto, informa a Magno Martins, no programa Frente a Frente, que a Executiva do Partido esteve reunida hoje com a presença de toda a liderança partidária no Estado, além de parlamentares e outros líderes. Humberto diz que foi uma reunião proveitosa, liderada pelo deputado federal Armando Monteiro Neto (PTB). José Humberto confirma a notícia dada hoje em primeira mão pelo blog, de que o prefeito do Cabo, Lula Cabral, deixará o cargo em abril para disputar um mandato de deputado federal. Humberto detalha até que Lula Cabral deseja disputar com o número que havia sido utilizado pelo atual ministro José Múcio.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

bm4 Marketing 5

21/08


2009

PPS apoia a refinaria mas cobra devassa sobre denúncias

O deputado Raul Jungmann (PPS) confirma no programa Frente a Frente, em entrevista a Magno Martins, a posição de seu partido com relação à construção da refinaria em Pernambuco, que é de apoio ao empreendimento, mas cobra uma devassa completa em torno das informações de que haveria superfaturamento na construção da obra.

Jungmann lembra que está ocorrendo uma espécie de enganação quanto a prazos, e garante que a refinaria não sairá no prazo que a Petrobras está divulgando. Lembra ainda que a PDVSA, estatal venezuelana que iria participar do empreendimento até o momento não se definiu, estando a Petrobras tocando a obra sozinha.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/08


2009

Entre no chat e participe do Frente a Frente

Já estou nos estúdios do meu blog, na Avenida Agamenon Magalhães, centro do Recife, onde, daqui a pouco, passo a apresentar o programa Frente a Frente, em companhia de Adriano Roberto. O programa é gerado pela Rádio Cabo FM 101,1 e retransmitido por 22 emissoras no Estado. Se você estiver em outro Estado ou País, ouça pela rádio do blog clicando no botão aí ao lado “Rádio Web”. Participe! Mande o seu e-mail no [email protected] ou entre no chat de Adriano Roberto pelo seguinte endereço: www.adrianoroberto.com.br Clique no ícone acesse o chat.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores