Gravatá IPTU 2019

06/10


2015

Coluna da terça-feira

   Não há provas de vazamento

Ao levantar suspeitas sobre a imparcialidade do ministro Augusto Nardes, relator das contas de Dilma referentes ao ano de 2014, onde se constataram as chamadas pedaladas fiscais, um ajuste artificial e ilegal de contas, o Governo usou a estratégia do ganho do tempo. Se o relator vier a ser substituído, como deseja a presidente, o processo só irá a julgamento provavelmente no ano que vem.

O Governo se sustenta na tese de que Nardes vazou o seu voto pela rejeição, o que, em tese, fere as normas do TCU, quebrando-se o sigilo exigido por lei. Mas, tive o cuidado de pesquisar ontem na internet e não encontrei uma só aspa do ministro. Matérias sobre o assunto existem sim, mas sem uma só declaração do relator.

O jornal Estado de São Paulo, que trouxe o assunto à tona, publicou uma página inteira sobre o relatório informando que sua recomendação é de fato pela reprovação ao Congresso. Longe disso, entretanto, representar uma prova de que Nardes vazou o conteúdo, porque, como ressaltei, não existem declarações dele sobre o seu parecer nem tampouco opiniões de que o Congresso deveria rejeitar as contas de Dilma.

O que seria uma saída inteligente e estrategicamente acertada pode se transformar num tiro no pé. Ontem mesmo, Nardes recebeu a solidariedade de todas as instituições que representam sua categoria, que se insurgiram contra o Governo de forma dura, sugerindo que a suspeição representa uma ameaça à democracia, tirando a legitimidade e a independência do Tribunal de Contas.

O Governo investiu contra o ministro, seguramente, para criar um constrangimento à corte suprema de contas do País. Mais do que isso, para abrir uma janela capaz de adiar o julgamento e a rejeição das contas de Dilma, o que é dado como certo quando for dado ao Congresso o direito de se manifestar sobre a matéria.

Dilma e sua equipe agiram de má-fé e se havia uma desconfiança de que o Governo perderia a batalha das pedaladas fiscais com a investida em cima do relator ficou flagrantemente exposto, às vísceras. A sociedade espera e exige uma conduta altiva, corajosa e decente por parte do Congresso rejeitando as maracutaias fiscais do Governo, permitindo com isso a sustentação jurídica para abertura do processo de impeachment de Dilma.

BATEU, LEVOU! – Antes falando a mesma linguagem e defendendo os mesmos interesses corporativistas, Eduardo Cunha e Renan Calheiros, presidentes da Câmara e do Senado, respectivamente, viraram dois grandes bicudos. Em mais uma investida contra o desafeto, Cunha disse, ontem, que as pautas bombas do Congresso foram de responsabilidade direta do Senado, culpando Renan por ter feito manobras nesse sentido. A diferença entre Renan e Cunha, envolvidos na operação Lava Jato, é que as provas contra o presidente da Câmara são mais consistentes e avançaram mais.

Briga feia em Petrolina– As declarações do presidente do diretório municipal do PMDB de Petrolina, Miguel Coelho, sábado passado, na agenda 40, culpando aliados pela divisão do partido, foram direcionadas ao deputado Lucas Ramos, filho do conselheiro do TCE, Ranilson Ramos. Miguel e Lucas são pré-candidatos a prefeito em Petrolina e brigam pelo controle da legenda. Se não conseguir tirar do concorrente o controle do diretório, Lucas se transfere para o PSDB e sai candidato numa aliança com o prefeito Júlio Lóssio (PMDB).

Pedaladas dariam impeachment– Diante da intenção do Governo de afastar o relator das contas de Dilma Rousseff no TCU, ministro Augusto Nardes, parlamentares da oposição indicam que vão tentar o impeachment antes mesmo do julgamento do órgão. Segundo o líder do DEM, deputado Mendonça Filho, o Congresso não vai esperar o órgão para tratar da questão: “O pedido está baseado nas pedaladas que já foram rejeitadas pelo TCU, não precisa da aprovação das contas. A rejeição apenas reforçaria a tese”, afirmou.

Esperando a fumaça branca – O deputado Tony Gel (PMDB) aguarda uma sinalização do Palácio das Princesas em relação à disputa municipal em Caruaru. Ele quer ser candidato a prefeito e exige o apoio do governador Paulo Câmara, com quem tem mantido uma relação estreita e correta. Gel votou fechado no pacote fiscal do Governo, segundo ele, por fidelidade ao Governo. Sobre uma possível composição com o grupo João Lyra, insiste em dizer que nunca conversou sobre o assunto com o ex-governador João Lyra Neto.

Casamento de onça com raposa– Presidente estadual do PSD, o secretário de Cidades, André de Paula, conseguiu uma façanha em Cumaru: unir no mesmo palanque o prefeito Eduardo Tabosa e o ex-prefeito Roossevelt Gonçalves, que sequer se falavam tamanha a radicalização política. O engraçado é que ainda são parentes e pelo acordo Roossevelt vai indicar o vice na chapa do candidato a prefeito escolhido por Tabosa.

CURTAS 

PLEITOS– O deputado Marinaldo Rosendo (PSB) pediu, ontem, ao governador Paulo Câmara uma atenção especial aos prefeitos aliados Sandra Félix, de Condado, Armando Pimentel, de Camutanga, e Júnior Rodrigues, de Timbaúba, que enfrentam muitas dificuldades com a crise. Também participou do encontro, realizado no Palácio das Princesas, o presidente da Assembléia, Guilherme Uchoa (PDT).

APOSENTADORIA– O presidente da Associação Nacional dos Desembargadores, Bartolomeu Bueno, e o corregedor de Pernambuco Eduardo Paurá, foram recebidos em audiência pelo presidente do Senado, Renan Calheiros. De acordo com Bueno, o encontro rendeu bons frutos. "Na ocasião, foi encaminhado para sanção presidencial, o Projeto de Lei Complementar de nº 124/2015, que regulamenta a aposentadoria compulsória aos 75 anos de idade para o serviço público", disse.

Perguntar não ofende: O rolo compressor do Governo derruba Nardes? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

O plenário do TSE acaba de decidir por 5 votos a 2 pela abertura da ação de impugnação eleitoral contra a chapa Dilma/Temer. Maria Thereza não quis relatar o caso e sugeriu o nome de Gilmar Mendes. Luciana Lóssio, por sua vez, indicou Luiz Fux. Caberá a Dias Toffoli decidir que será o relator...

marcos

BRASIL NA LANTERNA...Na linha do \"pior do que está, sempre pode ficar\", o Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgou relatório no qual agravou as perspectivas para o desempenho da economia brasileira tanto para este como para o próximo. Para 2015, o FMI dobrou a previsão de queda do PIB, de 1,5% para 3%. Para 2016, a projeção foi reajustada de crescimento de 0,7% para retração de 1%. Na América Latina, as perspectivas do Brasil só não são piores do que as da Venezuela, cujas estimativas para o PIB são de contração de 10% e 6%, em 2015 e 2016, respectivamente. Este é mais um feito do governo Dilma: nunca antes na história desse país estivemos tão mal colocados no ranking de crescimento da América Latina. Que vexame!

marcos

Tony Gel / Raquel Lyra.

Holderlin Correia da Silva

A nossa democracia está Correndo Perigo com essa turma do PT no poder

Holderlin Correia da Silva

Aquele que ainda teima em defender um governo desastroso desse não tem escrúpulos


Paulista Conectada

06/10


2015

Corrupção e lavagem: PGR quer Agripino investigado

Da Folha de S.Paulo

O inquérito ainda não foi aberto, e a petição tramita em sigilo absoluto. Agripino é suspeito de ter acertado o recebimento de propina com executivos da OAS, uma das empreiteiras investigadas na Lava-Jato. O dinheiro seria fruto de desvios da obra do estádio Arena das Dunas, em Natal.

A Procuradoria Geral da República pediu nesta segunda-feira (5) abertura de inquérito contra o presidente do DEM, senador José Agripino Maia (RN), para investigar os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A suspeita é de que ele tenha negociado o pagamento de propina da OAS na construção da Arena das Dunas, estádio construído em Natal para a Copa de 2014.

Os indícios surgiram durante as investigações do esquema de corrupção da Petrobras, mas a Procuradoria avalia que não há ligação com a Lava Jato. A OAS é uma das empresas investigadas na operação.

No pedido ao STF, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, requer que o caso não fique sob a relatoria do ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato, porque não tem conexão com a Lava Jato. O caso já foi enviado para o presidente do STF, Ricardo Lewandoski, para a redistribuição. A investigação deve ficar em sigilo. A escolha do relator deve ocorrer nesta terça.

O presidente do DEM afirmou que foi surpreendido com a iniciativa da Procuradoria e classificou a acusação de inverídica e descabida.

OUTRO CASO

Agripino já é alvo de outro inquérito no STF que investiga acusação de um empresário de Natal que teria negociado propina com políticos para aprovação de leis.

O caso em questão diz respeito a um instituto montado pelo empresário George Olímpio para prestar serviços de cartório ao Detran, que cobrava taxas de cada carro financiado no Estado. Ele teria pago propinas para agilizar a tramitação do projetos de um lei que criava a inspeção a inspeção veicular da qual se beneficiaria.

Em delação premiada, Olímpio disse que Agripino teria lhe pedido R$ 1 milhão para campanhas políticas e que ele entendeu o pleito como uma chantagem: ou daria o dinheiro ou perderia o comando da inspeção veicular.

Ele ainda alega ter entregue parte do dinheiro, R$ 300 mil, e ter feito empréstimos com pessoas indicadas por Maia para completar R$ 1 milhão. O senador nega envolvimento com o caso.

OUTRO LADO

Por meio de nota, o senador afirmou estar indignado com a acusação, que considerou "absurda, inverídica e descabida", mas deixou claro que se coloca à disposição do Judiciário para "esclarecimentos que se fizerem necessários". 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias Fernandes Jaques

E imagina Dilma, hein? Polêmica bíblica - Repórter da Globo, Rodrigo Alvarez deve causar polêmica entre católicos por causa de \"Maria\", livro sobre a mãe de Jesus que lança nesta semana. Na obra, ele fala de rumores de infidelidade.

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

NA BRIGA PELO PODER DE ROUBAR O POVO ESSE PÁRIA QUER VOLTAR A PLANÍCIE, DESTITUINDO A QUADRILHA DO COTÓ.

RENAN

UÉLITO REAPARECEU, VIVA!!! SÓ QUE DESSA VEZ, COMO NÃO TEM MAIS COMO DEFENDER A RAINHA DA MENTIRA, ELE DESENVOLVE ALGUM BOSTÍFERO E DESQUALIFICADOS COMENTÁRIO PRA DESVIAR DO ASSUNTO PRINCIPAL!!! ALIÁS, UÉLITO, VOCÊ DEVERIA SER HOMEM PRA DIZER: ESSE AGRIPINO E QUALQUER OUTRO POLÍTICO QUE METER A MÃO NO QUE NÃO LHE PERTENCE, SEJA DE QUE PARTIDO FOR, DEVE PAGAR PELOS SEUS ERROS, TANTO QUANTO A MINHA PATROA, DONA DILMINHA MENTIRINHA E SUA CUMPANHEIRADA SAFADA, QUE TÁ ACABANDO COM O RESTINHO DO BRASIL!!!

ObservatorioDoPovo

Esse indivíduo é Ph.D em maracutaias e gatunagem.Fantasiado de honesto, consegui driblar Lá trás tem um história cabeluda em relação ao \"posto de combustíveis \" do Aeroporto de Natal (combustível para avião!).

Wellington Antunes

Esse é mais um dos herois dos coxinhas, além de Eduardo Cunha é claro.


Asfaltos

06/10


2015

PSB não vai deixar correr solto

De Marisa Gibson, hoje, na sua coluna DIARIO POLÍTICO

Sossega leão - O PSB não vai deixar correr solto. Partido majoritário da Frente Popular e no comando do governo do Estado e da Prefeitura do Recife, os socialistas esperam que, no mínimo, se respeite o calendário eleitoral estabelecido pela cúpula partidária, se cumpram os velhos e novos acordos, assim como seja levado em conta o apoio que o governo vem dando aos partidos que compõem a aliança.

Ao que parece, a questão de Caruaru, que quase ultrapassa os limites do diálogo, está praticamente definida, desde que o ex-governador João Lyra Neto dê tempo ao tempo à pré-candidatura de sua filha Raquel Lyra (PSB) e aceite que o partido não vai abandonar Jorge Gomes e Laura Gomes, depois de décadas dedicadas à sigla.

Agora, nesse imbróglio de Caruaru, espanta a setores socialistas a ansiedade do PSDB, partido aliado que ocupa cargos no governo e que vem se comportando quase como adversário, estimulando a saída dos Lyra do PSB. Isso, sem contar que o governo apoia prefeitos tucanos no interior, que fazem parte da base eleitoral de deputados estaduais e federais do PSDB.

Esse desconforto atinge em cheio a candidatura do deputado federal Daniel Coelho (PSDB) a prefeito do Recife, cuja concretização passa pela sucessão em Jaboatão, onde o prefeito Elias Gomes (PSDB) tenta fazer o seu sucessor. Elias só terá condição de escolher o sucessor com o apoio do PSB, se o PSDB abrir mão da candidatura de Daniel no Recife.

Isso significa que o processo sucessório em Jaboatão, na Frente Popular, está em banho-maria, ainda que se diga que o vice-prefeito Heraldo Selva (PSB) é o escolhido. Resumindo: o PSDB estadual tem que definir se continua aliado e ocupando cargos no governo ou se vai para a oposição. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

politica com respeito

anote o que realmente vai acontecer: RAQUEL LYRA SERÁ A CANDIDATA PELO PSB JOÃO LYRA VAI SAIR PARA O PSDB ( não tem mais clima, e o partido não valoriza em nada, como um dos vices nacionais não é convidado pra nada) ELIAS JÁ ESCOLHEU A SUCESSORA, CONCEIÇÃO SUA EX-ESPOSA DANIEL VAI PENDURAR A CHUTEIRA, O PSDB VAI COM GERALDO! OBS: PODE HAVER UM ALINHAMENTO EM CARUARU, ENTRE RAQUEL LYRA E TONINHO (PSB/PMDB) chapa rep riria a estadualFILHO DE TONY GEL, GERALDO ANDA preocupado com Jarbas, porém o blefe de Jarbas não passa pela prefeitura e sim pela vaga de senado, a bronca será Olinda!!! O PCdoB. Petrolina Fernando sofrer uma outra derrota, pois Julio faz o sucessor!!! Queiroz em Caruaru apoia Douglas Cintra velado ou abertamente, condicionou não apoiar os leras para justificar a mudança! Afinal na candidatura de Eduardo em 2006 ele foi contra e queria apoiar Armando, sendo uma decisão pessoal de João Lyra apoiar Eduardo!!!


ArcoVerde

06/10


2015

"Muy amigos" tramam fórmula de derrubar Cunha

Alguns partidos pediram a seus especialistas em Código de Ética e Decoro Parlamentar que preparassem um estudo sobre quais os casos em que poderiam enquadrar o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, na hipótese de aparecerem as tais contas bancárias na Suíça, algo que ele nega. Querem estar preparados para levá-lo ao Conselho de Ética no mesmo dia.

Esses consultores descobriram que, se for tudo verdade, a cassação é inevitável por dois motivos: primeiro, ele terá mentido aos seus pares. Em segundo lugar, diz o artigo 4º do Código de Ética, um deputado não pode omitir informações sobre seus bens.

Significa que todos aqueles que não declararem tudo direitinho, podem terminar fora. Isso vale também para recursos depositados em conta-corrente no exterior.

Não é crime ter dinheiro fora do Brasil, desde que se tenha como justificar esses depósitos. Crime é não declarar que tem. (Denise Rothenburg – Correio Braziliense)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/10


2015

Dilma vai ao STF contra julgamento de Nardes

O governo vai recorrer ao STF (Supremo Tribunal Federal) para tentar anular o julgamento das contas da presidente Dilma Rousseff pelo TCU (Tribunal de Contas da União) se ele ocorrer com a participação do ministro Augusto Nardes, que é o relator do processo e é acusado de parcialidade pelo governo.

O julgamento das contas de 2014 da presidente está marcado para esta quarta (7) e preocupa o governo porque a tendência do TCU é reprovar o balanço apresentado por Dilma, o que poderá renovar o fôlego dos defensores da abertura de um processo de impeachment contra ela na Câmara dos Deputados.

Nesta segunda (5), o ministro Luís Inácio Adams (Advocacia-Geral da União), protocolou no TCU um pedido de afastamento de Nardes. Para o governo, o relator violou normas que regem o tribunal ao opinar sobre o caso em eventos públicos, demonstrando parcialidade e antecipando seu voto.

Nardes nega que tenha antecipado seu voto e acusa o governo de tentar intimidá-lo. "É uma forma protelatória para evitar que a sociedade tome conhecimento do que aconteceu", afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias Fernandes Jaques

E imagina Dilma, hein? Polêmica bíblica - Repórter da Globo, Rodrigo Alvarez deve causar polêmica entre católicos por causa de \"Maria\", livro sobre a mãe de Jesus que lança nesta semana. Na obra, ele fala de rumores de infidelidade.

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

NEM APELANDO O COTÓ E A BRUACA VÃO SE SALVAR. ELE VAI PARA A CADEIA, QUE É LUGAR DE LADRÃO E ELA NO MÍNIMO, VAI PARA CASA !!!!!

Sávio Barros

É A VELHA E MAIS CERTA FRASE: QUEM NÃO DEVE,NÃO TEME! TA COM MEDO DE QUE,PRESIDENTA DILMA?



06/10


2015

Cunha: sim e não

Subestimar Eduardo Cunha não é atitude prudente. É geral a convicção de que Paulo Maluf é dono das centenas de milhões que investigadores e autoridades europeias encontraram em seu nome e de familiares seus. Há anos Maluf limita-se a dizer que nada tem no exterior e que o dinheiro indicado não é seu. E ninguém até hoje deu prova cabal do contrário. Significa que o dinheiro não é ou não era dele? Não.

Contas em que não há vestígio algum existem, a alto custo, para aqueles a quem não basta ser esperto: são espertos prevenidos. Mesmo que o banco, fundo, ou lá o que seja, tenha feito alguma identificação, o problema da prova continua.

Não digo que seja o caso dos dois. Nem diria que não é.   (Jânio de Freitas - Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias Fernandes Jaques

Procuradoria pede abertura de inquérito contra presidente do DEM, tá começando a feder!



06/10


2015

Governo teme unir TCU em torno de Nardes

Blog do Camarotti

Alguns ministros próximos da presidente Dilma Rousseff avaliam que pode ter sido um tiro pela culatra o pedido do Executivo para afastar o ministro do Tribunal de Contas da União, Augusto Nardes, do processo que analisa as contas do governo. 

“Isso pode desencadear um espírito de corpo entre os ministros do TCU. Há ministros incomodados com a própria postura do Nardes, muito crítica. Mas o pedido de afastamento deve unir todo tribunal”, disse aoBlog um ministro petista. 

A sinalização de que pode ter sido um erro a estratégia do Executivo foi a reação do presidente do TCU, Aroldo Cedraz, que disse que não vê muita possibilidade de adiar o julgamento das contas do governo Dilma em 2014, que foi marcado para esta quarta-feira.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

FEZ MELHOR: UNIU O POVO AO TCU CONTRA A INCOMPETÊNCIA E LADROAGEM E QUANDO BOTA UM ENERGÚMENO DA FAMÍLIA ADAMS DE PORTA VOZ DA QUADRILHA; AÍ FUDEU !!!! SÓ DÁ O JUMENTO DE PÊNIS ERECTUS PARA FAZER FILA NOS QUADRILHEIROS !!!!!



06/10


2015

Ataque de Dilma a Nardes é ousado mas arriscado

Blog do Kennedy

Ao atacar Augusto Nardes, ministro do TCU (Tribunal de Contas da União) que relata o processo de análise das contas de 2014, o governo fez um movimento ousado, mas arriscado. Não há garantia de que vá dar certo. E transmite sentimentos de urgência e desespero que podem incendiar ainda mais o tema das pedaladas fiscais.

O governo já sabe que deverá sofrer uma derrota no TCU. O pedido de afastamento de Nardes da relatoria das contas do ano passado é apresentado, nos bastidores, como uma estratégia para comprar tempo.

Se der certo, o governo conseguirá adiar em algumas semanas a articulação entre a oposição e o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para dar seguimento à votação de eventual pedido de abertura de impeachment. Se der errado, o governo poderá até acelerar esse movimento.

O TCU tem nove ministros, incluindo Nardes. A reação do plenário do tribunal ao pedido tende a ser corporativa, no sentido de defesa de Nardes. Isso levaria o governo a ter de recorrer ao STF (Supremo Tribunal Federal), judicializando uma questão política.

A ação do TCU, apesar do corpo técnico do tribunal, está carregada de sentido político. Dos nove ministros, seis são indicados pelo Congresso. Um é escolhido pelo presidente da República. Outros dois são apontados pelos auditores do tribunal.

É fato que Nardes deu inúmeras declarações sinalizando que recomendaria a rejeição das contas do governo. O TCU é um tribunal que sempre foi dócil em relação aos presidentes _sempre teve uma ação mais política do que técnica. E há suspeitas de corrupção que envolvem alguns de seus membros e parentes.

A presidente Dilma resolveu, então, radicalizar o debate político e, se necessário, recorrer ao Supremo. A oposição reage, dizendo que o governo ataca um órgão auxiliar do Congresso.

Hoje, ainda é cedo para dizer quem vai levar a melhor nessa batalha. Há gente no governo que pensa que faltou sangue frio à presidente, que pode ter se precipitado ao atirar abertamente em Nardes, porque pode vitimizá-lo. Foi uma decisão dela com os ministros José Eduardo Cardozo (Justiça) e Luis Inácio Adams (Advocacia Geral da União). Para quem acabou de fazer uma reforma ministerial para atuar mais politicamente, Dilma parece ter agido novamente com o fígado.

Eduardo Cunha, que é a principal autoridade que pode dar o pontapé inicial no pedido de impeachment, está vivendo um inferno político. A avaliação do governo é que, com o passar do tempo, surgiriam mais provas contra Cunha a respeito de contas dele na Suíça. Na visão do Palácio do Planalto, o STF poderia aceitar a denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Ocorre um duelo entre Cunha e Dilma, para ver quem fica em mais apuros primeiro. A situação política do presidente da Câmara é mais delicada do que a da presidente da República. Não há acusação direta contra Dilma. Em relação a Cunha, existem ameaças concretas que podem levá-lo a ser obrigado a deixar a presidência da Câmara.

É nesse contexto que deve ser vista a estratégia de tentar comprar tempo, aguardando que fatos negativos enfraqueçam a aliança de Cunha com a oposição. O PSDB e o DEM têm fechado os olhos para as acusações contra o peemedebista porque ele é um aliado dos que desejam o impeachment.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias Fernandes Jaques

E imagina Dilma, hein? Polêmica bíblica - Repórter da Globo, Rodrigo Alvarez deve causar polêmica entre católicos por causa de \"Maria\", livro sobre a mãe de Jesus que lança nesta semana. Na obra, ele fala de rumores de infidelidade.

Sávio Barros

PODEM TROCAR DE MINISTRO 10 VEZES;SE O PT AO MENOS SONHAR QUE ESSE TAL MINISTRO NÃO SERÁ FAVORAVEL A ELES,,,A TURMA TRATA LOGO DE PEDIR AFASTAMENTO.


Bm4 Marketing 2