Versão Sertão de Itaparica

14/12


2017

Geraldo reúne secretariado e traça metas para 2018

Na tarde de hoje, o prefeito Geraldo Julio reuniu todo o secretariado da Prefeitura do Recife para fazer o balanço do primeiro ano da sua segunda gestão e preparar as perspectivas e cronograma de planejamento para 2018. Esta é a terceira reunião de gestão com o secretariado realizada este ano. As medidas de controle fiscal que permitiram ao Recife atravessar mais um ano de crise financeira nacional com as contas equilibradas e realizando entregas esteve na pauta da conversa. Este ano, a Prefeitura do Recife conseguiu economizar R$ 372 milhões, entre medidas de contenção de despesa e incremento de receitas.

O prefeito destacou a importância do trabalho conjunto das secretarias para ajudar a população do Recife e não descontinuar os serviços essenciais à população. O gestor destacou ainda as maneiras que podem ser encontradas para amenizar as desigualdades e driblar as dificuldades da crise econômica. “Este ano foi um ano muito desafiador, mas não encaramos as dificuldades como problemas e sim como desafios a serem superados. O Recife venceu 2017 com muito trabalho, muita dedicação, muito apoio do povo e vamos construir um 2018 ainda melhor”, avaliou o prefeito Geraldo Julio.

A primeira reunião de secretariado aconteceu no dia 4 de janeiro, com a equipe recém-empossada. Ao longo dos meses, foram realizados ciclos semanais de monitoramento, em que o prefeito Geraldo Julio acompanhou de perto as metas de cada área da gestão. E em setembro houve a segunda reunião de gestão com o secretariado.

O secretário de Planejamento, Administração e Gestão de Pessoas, Jorge Vieira, fez um panorama das entregas realizadas este ano. No balanço de 2017, destacam-se a entrega do Compaz Ariano Suassuna, do Hospital Veterinário do Recife, a nova ala do Mercado da Encruzilhada, a construção da Upinha Emocy Krause, em Santa Luzia, a requalificação de praças, pavimentação de ruas e muitas outras medidas.

“A gente fez um apanhado geral das medidas de adequação de 2017, que foram muitas. Este ano foi muito duro. A prefeitura cortou na própria carne, porque foram várias reduções: na frota, nas secretarias e nas estruturas das pastas, mas tudo isso seguindo a orientação do prefeito Geraldo Julio, que era não afetar os serviços prestados à população”, explicou o titular da pasta.

Como consequência desse esforço conjunto, acrescentou o secretário, a Prefeitura do Recife conseguiu pagar em dia o 13º salário, que será depositado nas contas dos 38,9 mil servidores nesta sexta-feira (15).

“Apesar do ano duríssimo, as medidas que tomamos nos possibilitou todas essas ações. A Prefeitura está pagando o 13º salário do funcionalismo, medida que muitas das prefeituras e governos não estão conseguindo fazer”, afirmou Jorge Vieira. Marcaram presença no encontro toda a equipe de secretariado e ainda os gestores dos órgãos da administração indireta do município.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Versão Sertão do São Francisco

14/12


2017

Depoimento de Lula na Zelotes será em fevereiro

O juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília, marcou para o dia 20 de fevereiro do ano que vem o interrogatório do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no processo em que o petista é réu na Operação Zelotes por tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

A denúncia do Ministério Público Federal que deu origem à ação penal aberta pela Justiça é resultado de investigações sobre compra pelo governo federal de 36 caças suecos e sobre a aprovação no Congresso de uma medida provisória que envolveu incentivos fiscais a montadoras.

De acordo com o MPF, os crimes teriam sido praticados entre 2013 e 2015, quando Lula, como ex-presidente, teria participado de um esquema para beneficiar empresas junto ao governo Dilma Rousseff.

O depoimento de Lula está marcado para a manhã do dia 20 de fevereiro, segundo a decisão da Justiça Federal.

O interrogatório de Lula já chegou a ser adiado por decisão do desembargador Néviton Guedes, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) – que determinou que o depoimento só ocorresse depois de ouvidas todas as testemunhas do processo, inclusive no exterior.

Os advogados do ex- presidente chegaram a indicar mais de 80 testemunhas pra depor – o que foi interpretado pelo Ministério Público, responsável pela acusação, como forma de adiar ao máximo o julgamento.

Lula é réu nesse caso por de tráfico de influência, organização criminosa e lavagem de dinheiro, junto com seu filho Luís Cláudio Lula da Silva e os lobistas Mauro Marcondes e Cristina Mautoni. O filho de Lula e os lobistas serão ouvidos no mesmo dia.

O ex-presidente sempre negou as acusações, dizendo que jamais interferiu na aprovação de medidas provisórias ou mesmo no processo de escolha e compra dos caças pelo Brasil.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Versão Agreste Central

14/12


2017

Governo anuncia redução média de 3% no valor do IPVA

Do G1/PE

Os motoristas de Pernambuco vão pagar menos pelo licenciamento de veículos, em 2018. O governo do estado anunciou, no início da tarde dehoje, a redução média de 3% no valor do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). A comparação é feita com a cobrança efetuada em 2017.

Os contribuintes que pagarem o IPVA em cota única terão um desconto de 7%. Os proprietários também podem optar pelo parcelamento em até três vezes. Os boletos ficarão disponíveis no site do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) a partir do dia 2 de janeiro.

Por meio de nota, o governo justificou que a redução do IPVA levou em conta a queda do valor venal dos veículos. Essa diminuição foi atestada, segundo a administração estadual, pela Fundação Instituto de Pesquisas Aplicáveis (Fipe). O valor médio da redução é de 3%, o que reflete também no IPVA.

O valor a pagar do IPVA é calculado com base no valor venal do veículo, sobre o qual aplica-se uma alíquota que varia de 1 a 4%.

No caso dos automóveis, a redução foi de 3,4%. Para caminhões, por exemplo, o preço diminuiu, em média, 5,9%. Com base nisso, houve a determinação de reduzir o valor do IPVA.

Pernambuco tem, atualmente, uma frota de 2,4 milhões de veículos. Os automóveis somam pouco mais de um milhão e as motos, um milhão. Há 77 mil caminhões e 32 mil ônibus. Existem, ainda, 238 mil caminhonetes e utilitários.

Dúvidas sobre o pagamento do IPVA e a forma como ele é calculado podem ser tiradas através da página da Secretaria da Fazenda de Pernambuco. A tabela com os valores venais dos veículos ainda não foi divulgada pelo governo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ramilson Correia de Carvalho

Esse governador toma medidas de um verdadeiro idiota. O que significa 3 por cento de redução? Pior foi ele ter antecipado o pagamento em um mês. Ele pensa que o povo tá esquecido. Governozinho imbecil. Ainda bem que tá chegando a hora de mudar!!!


Versão Agreste Central

14/12


2017

Eunício vai interceder para adiar convenção do PMDB

Radar Online

Dirigentes do PMDB de dez estados, entre eles Alagoas, Paraná, Piauí, Sergipe e Pernambuco, prometem fazer uma quizumba contra a presidência da Romero Jucá durante a convenção do partido, marcada para a semana que vem.

Diante da conflagração, Eunício Oliveira prometeu a um grupo de descontentes tentar convencer Jucá a adiar a reunião da sigla.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura do Ipojuca

14/12


2017

Oposição procura Guilherme Uchoa para falar sobre 2018

Blog da Folha

Em seu sexto mandato como presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, o deputado estadual Guilherme Uchoa (PDT) é peça chave no jogo político atrelado à eleição do ano que vem. Tanto que os senadores Armando Monteiro (PTB) e Fernando Bezerra Coelho (PMDB), que lideram o grupo de oposição no estado e pretendem viabilizar suas candidaturas a governador, andaram procurando o pedetista para falar sobre possíveis alianças.

De acordo com Uchoa, só nos últimos dois dias, FBC ligou para ele três vezes. “Ele tem intimidade para ligar para mim”, garantiu. Armando Monteiro, por sua vez, teria enviado um recado para se encontrar com o pedetista. “Armando, através de Silvio Costa (deputado federal pelo Avante), perguntou se podia ir à minha casa, antes de ontem. Ou se eu ia à casa dele. Então eu disse: ‘diga a Armando que ele vá no meu gabinete. Na Assembleia, a hora que ele quiser. Estarei lá para conversar’”, comentou o deputado estadual.

Questionado se Armando estava, na verdade, querendo convencê-lo a migrar para o campo da oposição, Guilherme Uchoa brincou: “Eu não já fui? Pra que ficar indo e voltando feito couro de pescoço?”.

Para garantir o apoio dos pedetistas, o governador Paulo Câmara (PSB) já tratou de ampliar o espaço da sigla na administração, com a nomeação de Wellington Batista (PDT) como secretário de Agricultura, no final de setembro Na ocasião, o gestor afirmou que "O PDT e o PSB sempre foram partidos que aqui em Pernambuco estiveram juntos”. “Momentos de divergência foram pontuais. E hoje a gente tem, com a vinda do presidente e a entrada do PDT no nosso governo, é uma sinalização de que nós pensamos muito parecido. Nós temos mais convergências do que divergências".

Perguntado sobre a articulação do bloco oposicionista, que também conta com lideranças como os ministros das Minas e Energia, Fernando Filho (Sem partido), e da Educação, Mendonça Filho (DEM), além do deputado federal Bruno Araújo (PSDB), Uchoa provocou: “Para quê tanta gente?”.

“Eles podem forçar dois palanques para provocar um segundo turno. Mas quem vai pra forca? Eles vão ter que escolher. Não é uma eleição fácil. Agora, qual foi o ano que Pernambuco teve mais ministros do que agora? Estamos terminando o ano e todo esse povo é ministro. Qual foi o ano em que o estado recebeu menos dinheiro do governo federal para melhorar a saúde, a segurança? Isso é um a política raivosa”, pontuou.

Por fim, ao ser indagado sobre o lugar do ministro da Defesa, Raul Jungmann (PPS), dentro deste contexto, o pedetista cravou: “Raul Jungmann é um acessório”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/12


2017

Luislinda Valois não é mais do PSDB

A ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, não é mais do PSDB. A desembargadora aposentada entregou, na tarde de hoje, seu pedido de desfiliação do partido, do qual era membro desde 2013. Com a decisão, a ministra permanece no governo de Michel Temer, independentemente da decisão da sigla de desembarque da gestão federal.

Empossada por Temer em fevereiro deste ano, Luislinda assumiu a pasta que havia sido extinta pelo presidente em maio de 2016, em medida revista pelo Planalto. Com a decisão de deixar o partido, a ministra permanece no cargo e o PSDB passa a contar oficialmente com apenas um ministro no governo, o chanceler Aloysio Nunes. Bruno Araújo, que ocupava o Ministério das Cidades, e Antonio Imbassahy, que comandava a Secretaria de Governo, já deixaram seus cargos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

sonia

É rica ?????????????????????????????????????????????????????//


Prefeitura de Camaragibe

14/12


2017

TRE faz audiência para viabilizar obra em Camaragibe

Interessado em aprimorar os serviços prestados, aumentar a eficiência e reduzir os custos com itens como aluguel, manutenção e vigilância, o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) promoveu, ontem, uma audiência pública com o objetivo de viabilizar a construção de um prédio que abrigará depósito de urnas eletrônicas, almoxarifado e dois cartórios eleitorais. Trata-se do complexo chamado de Centro Logístico do Polo 1, em Camaragibe.

O Tribunal pretende implementar o empreendimento através do modelo de negócios chamado "built to suit" (BTS, construído para servir). Através deste mecanismo, a construtora que vencer a licitação erguerá a edificação com seus próprios recursos e será remunerada de acordo, com o que for acertado em contrato. O tempo da locação também será objeto de negociação. Este modelo vem sendo amplamente usado pelas construtoras no País inteiro, inclusive para edificações destinadas a órgãos públicos, como na construção do prédio do Fórum Trabalhista de Guarapari (ES) e unidades do Tribunal de Contas do Estado (TCE) de Roraima, da Justiça Federal do Paraná e da Caixa Econômica Federal, por exemplo.

A iniciativa do TRE, no entanto, é inovadora porque, neste caso específico, a área onde serão construídos os prédios já pertence ao Tribunal. E continuará pertencendo. E, passado o período da locação, todo o empreendimento será incorporado ao patrimônio do TRE.

A grande vantagem da operação é que, com a centralização dos galpões em um único local, o TRE vai deixar de gastar, anualmente, cerca de R$ 800 mil com três prédios alugados atualmente na Região Metropolitana do Recife. O novo empreendimento, em Camaragibe, se vier a ser construído via BTS, deverá obedecer padrões fixados pelo Tribunal, ou seja, será um prédio que priorizará maior eficiência e segurança.

O terreno tem uma área de 7.168 metros quadrados (m²), uma frente de 66,4 m² e fica localizado na Avenina Belmino Correia. O projeto inicial prevê 5.430 m² de área construída. Hoje, a área não é aproveitada. "Temos que dar uma utilidade a este terreno. Estamos animados com a viabilidade desta obra porque nossa logística vai melhorar muito. A edificação será totalmente adequada às nossas necessidades", disse o presidente do TRE-PE, Luiz Carlos de Barros Figueirêdo.

Representantes de quatro construtoras compareceram à audiência pública. Eles ouviram a proposta do Tribunal, tiraram dúvidas sobre garantias e a celeridade para aprovação de projetos e apresentaram sugestões que serão discutidas pelas áreas técnicas do Tribunal, todas presentes na audiência. Além dos representantes das construtoras, alguns investidores da área de construção civil confirmaram o interesse em participar do chamamento.

"Foi uma reunião muito boa e transparente. É importante que todos entendam como o mercado está funcionando para tenhamos um preço justo, para que o Tribunal tenha um bom produto e que seja um negócio bom para todos os lados", disse Luiz Dutra, da Meza Construtora.

Eduardo Maciel, da Dânica – empresa com 40 anos de mercado e experiência em BTS – fixou alguns pontos que precisam ser esclarecidos, mas destacou a viabilidade da obra. Já Eduardo Côrte Real, da AB Côrte Real, disse que achou a reunião “muito interessante”. "Tivemos a chance de elucidar algumas dúvidas e fazer algumas considerações. O projeto é viável e tem tudo para dar certo com este novo tipo de modalidade de contratação". Outro que destacou o caráter inovador da empreitada foi Bruno Figueirêdo, da Gabriel Bacelar, que também já trabalha com BTS. "Achei uma reunião muito salutar. Estamos vendo tudo com isso com bons olhos. É um novo nicho de mercado para a gente e estamos muito interessados", disse.

Durante a audiência pública, o presidente do TRE-PE chamou a atenção dos empreendedores que esta nova modalidade, o BTS com o terreno pertencendo ao Poder Público, pode ser atrativo para as empresas privadas. Isso porque muitos órgãos públicos, impossibilitados de investir em seus próprios terrenos por causa das restrições orçamentárias, ou até de concluir a obra no mesmo exercício financeiro, como é exigido, por exemplo, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e Tribunal de Contas da União (TCU), precisam e têm interesse em erguer unidades nestas áreas. Naturalmente que a construtura que já tiver expertise neste mercado sairá na frente.

No caso de vir a ser efetivamente celebrado o contrato com o TRE, não haverá risco de interrupção nos repasses mensais porque esses recursos já constam nas dotações orçamentárias, assim como porque a contratação em tal modalidade somente se efetivará com a expressa anuência do TSE e do TCU. É outra vantagem para as construtoras. "O que queremos saber dos senhores é se há interesse. Se houver, vamos ajustar o que for preciso para avançar neste processo. A empresa que oferecer o melhor preço para o Tribunal e tiver o compromisso de atender às nossas necessidades, vai vencer", disse Luiz Carlos Figueirêdo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/12


2017

Igarassu paga 13º salário dos servidores hoje

A Prefeitura municipal de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife, antecipou o pagamento da segunda parcela do 13º salário dos servidores ativos e inativos, os funcionários recebem hoje. A segunda parcela antecipada deve aquecer as compras de fim de ano no comércio local. "A Prefeitura, através de uma força-tarefa da secretaria de Finanças mostra a organização de uma gestão equilibrada e que honra seus compromissos”, afirmou o prefeito Mário Ricardo (PTB).

No dia 30 de novembro a PMI pagou R$ 6,3 milhões correspondente aos salários e, hoje, R$ 3,5 milhões do 13º e no final deste mês, com o pagamento de dezembro, mais R$ 6,3 milhões serão depositados nas contas dos servidores, totalizando assim, R$16,1 milhões injetados na economia da região local no final do ano de 2017.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Hapvida - Mais saúde para você e sua família

14/12


2017

Por ordem médica, Temer cancela viagem à Ásia

Blog da Andréia Sadi

O presidente Michel Temer cancelou viagem que faria no começo de janeiro para a Ásia por recomendações médicas. A viagem estava prevista para o período de 5 a 13 de janeiro.

O médico Roberto Kalil Filho, que cuida do presidente, recomendou que Temer só faça viagens longas após o dia 20 de janeiro, segundo auxiliares do presidente.

A equipe médica do presidente avaliou que seria muito desgastante a viagem após os últimos procedimentos médicos aos quais o presidente se submeteu.

Já a posse do novo ministro Carlos Marun (PMDB-MS) foi confirmada agora há pouco pelo Planalto para amanhã, em Brasília.

A posse do deputado Carlos Marun no cargo de ministro estava marcada para a tarde de hoje, mas foi adiada porque Michel Temer ainda não recebeu alta do hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde o presidente se submeteu a procedimento de desobstrução da uretra na tarde de ontem.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ArcoVerde

14/12


2017

Servidores de Abreu e Lima protestam contra decreto

Blog da Folha

Servidores da Prefeitura de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, protestam, na manhã de hoje, contra um decreto do prefeito Marcos José (PSB) de tirar direitos e gratificações dos funcionários efetivos.

A mobilização acontece em frente ao edifício-sede da administração municipal, na BR-101, no centro da cidade. O decreto 113 retira gratificações de até 100% dos servidores e, segundo os professores, a categoria perdeu cerca de 28% de salubridade.

A professora Marcia Regina Miranda, na rede municipal de ensino há 25 anos, diz que se sente assaltada pela gestão. "Não somente eu, mas toda a categoria. Isso é uma falta de respeito. Somos funcionários comprometidos com a educação e estamos nos sentindo lesados pelo prefeito", disse. "Preciso de medicamentos supercaros para manter uma vida mais estável e essa é a realidade de insalubridade. É revoltante. Me sinto desmotivada e quero justiça diante disso tudo", completou Marcia, que disse ainda que maioria das professoras está em cheque especial por causa da decisão do prefeito.

"Ele fez tudo isso às escondidas, de forma cruel, no fim do ano, sem diálogo com a categoria e nem com o sindicato", reclamou Marcia.

Os garis terceirizados estão sem receber salários e benefícios e estão de braços cruzados desde ontem. Abias Paulo diz que em dezembro acumularam os tickets de novembro e dezembro e quem tirou férias também não recebeu salário. "Sempre passa o prazo que eles anunciam que vão pagar. Isso acontece todo mês. Estamos reivindicando um socorro, pois não temos sindicato e estamos entregue às baratas", reclamou. "Queremos uma solução ou da prefeitura ou da firma", finalizou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Garanhuns Natal Luz

14/12


2017

Maia anuncia votação da Previdência em fevereiro

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), informou, há pouco, que a discussão e a votação da reforma da Previdência no plenário da Câmara ficou para fevereiro.

A previsão de Rodrigo Maia é fazer a discussão da proposta no dia 5 e a votação no dia 19 de fevereiro.

"Eu falei aqui há alguns dias: quando marcarmos uma data, teremos os votos. Nós teremos os 308 votos. A base não tem os votos hoje. O que precisamos daqui até fevereiro é trabalhar os votos", afirmou o presidente da Câmara.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/12


2017

Marun: Fala de Jucá gerou “constrangimento”

O futuro ministro da Secretaria Geral da Presidência, deputado Carlos Marun (PMDB-MS), afirmou, hoje, que o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), gerou “constrangimento” ao afirmar que a votação da reforma da Previdência ficaria para 2018 – informação posteriormente negada pelo Palácio do Planalto.

Marun avaliou que, apesar do desencontro de versões, a afirmação não provocou efeito na contabilidade de votos favoráveis à proposta.

“Claro que isso gerou algum constrangimento, mas é uma situação superada. Perdemos votos? Não, não perdemos. Ganhamos? Também não”, afirmou.

Marun tomaria posse como ministro nesta quinta, mas a solenidade foi adiada porque o presidente Michel Temer não recebeu alta do hospital onde se recupera de procedimento cirúrgico, em São Paulo.

O deputado afirmou que o governo segue avaliando se ainda é possível colocar a reforma em votação neste ano. Ele ponderou que, ao tomar essa decisão, o governo não será “irresponsável”.

“Eu ainda penso que é possível avaliarmos a chance de votarmos na semana que vem. Não seremos irresponsáveis, mas se você pergunta se eu já joguei a toalha, eu digo que não”, ressaltou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

LULA um mito vivo, o melhor presidente que o Brasil já teve

sonia

Não se mete a besta, comigo, pois não sou de brincadeira. R. R.S.

R.Soares

LULA um mito vivo, o melhor presidente que o Brasil ja teve

sonia

2019 - O ano de prisões inadiáveis. Sem foro, galera do crime vai em cana no dia seguinte Enquanto o ano de 2018 pode representar o fim de carreira para o ex-presidente Lula, o ano de 2019 também promete ser igualmente devast... IMPRENSAVIVA.COM


Supranor 1

14/12


2017

Operação investiga desvio de R$ 18 milhões em Quipapá

Do G1/PE

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), o Ministério da Transparência, a Controladoria Geral da União (CGU) e a Polícia Civil realizam, hoje, uma ação para investigar fraudes em licitações públicas na Prefeitura de Quipapá, na Zona da Mata Sul de Pernambuco. A Operação Gênesis cumpre 15 mandados de busca e apreensão. Dados preliminares apontam que a quantia desviada pelo esquema chega a R$ 18 milhões.

As investigações mostram, ainda, que R$ 3,5 milhões que teriam sido desviados foram repassados pelo governo federal. Segundo informações da Polícia Civil de Pernambuco, empresas atuavam de forma coordenada com os agentes públicos para direcionar as licitações. Assim, asseguravam assinaturas de contratos com firmas fantasmas.

De acordo com o Ministério da Transparência e a Controladoria Geral da União, as investigações tiveram como foco contratos para a oferta de alimentação escolar aos estudantes matriculados em todas as etapas e modalidades da educação básica. Foram alvo do esquema a rede pública e entidades qualificadas como filantrópicas.

Além de Quipapá, os agentes cumpriram mandados de busca e apreensão no Recife e nas cidades de Garanhuns, Correntes, Terezinha, Caruaru, no Agreste. Participaram da operação 70 policiais civis, 12 integrantes do Grupo de Apoio Especializado ao Combate às Organizações Criminosas do MPPE (Gaeco) e oito servidores da CGU.

Os investigados devem responder pelos crimes de peculato, falsidade ideológica e associação criminosa. Os detalhes da ação serão apresentados amanhã, na sede do Ministério Público, no Centro do Recife.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

sonia

2019 - O ano de prisões inadiáveis. Sem foro, galera do crime vai em cana no dia seguinte Enquanto o ano de 2018 pode representar o fim de carreira para o ex-presidente Lula, o ano de 2019 também promete ser igualmente devast... IMPRENSAVIVA.COM


Mobi Brasil 4

14/12


2017

Presidente permanecerá internado até sexta, diz Planalto

O Palácio do Planalto informou que o presidente Michel Temer permanecerá internado até amanhã, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para completar sua recuperação. A previsão inicial era de que Temer teria alta ainda hoje, o Planalto já informara que a recuperação poderia levar até 48 horas.

Em nota, a assessoria de Temer afirmou que a equipe médica que o acompanha avaliou que ele tem tido boa recuperação após uma cirurgia de baixo risco para corrigir um "estreitamento uretral".

A agenda de Temer previa dois compromissos oficiais para esta quinta. Às 16h, Temer receberia o prefeito de Salvador (BA), Antônio Carlos Magalhães Neto. Às 17h, o presidente participaria da cerimônia de posse do novo ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun. A solenidade ficará para sexta, 15, de acordo com assessoria do deputado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

sonia

Que vá para o inferno de cabeça pra baixo , e leve Lula e Dilma e os monte de dementes. Que queimem no fogo do inferno. Que vocês queimem no fogo do inferno PETISTAS


Asfaltos

14/12


2017

Temer quer votar Previdência antes do Carnaval

Blog do Valdo Cruz

Diante da falta de votos para aprovar a reforma da Previdência ainda neste ano, o presidente Michel Temer pretende anunciar, amanhã, que sua meta, junto com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), será votar a medida em primeiro turno antes do Carnaval.

Em conversa com aliados hoje, Temer avaliou que o ideal seria iniciar os trabalhos do Legislativo em 2018 já votando as mudanças nas regras de aposentadoria do país.

O Congresso volta aos trabalhos no início de fevereiro, e o feriado de Carnaval será entre os dias 10 e 14. Ou seja, o governo teria uma semana antes do feriadão, de 5 a 9 de fevereiro, para tentar votar a reforma da Previdência em primeiro turno na Câmara dos Deputados.

Esse cronograma leva em conta a avaliação de que, se deixar para depois do Carnaval, as dificuldades para enfrentar o tema só vão aumentar, tornando praticamente impossível a aprovação.

Temer ficará até esta sexta-feira internado em São Paulo. Os médicos decidiram não dar alta para o presidente porque, apesar de estar bem, ele não costuma seguir as recomendações de saúde. O peemedebista pediu aos médicos que seja liberado na sexta com a promessa de ir a Brasília apenas para dar posse ao novo ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), e dar uma entrevista em seguida junto com Rodrigo Maia para falar do cronograma de votação da reforma da Previdência.

Reservadamente, o governo já trabalhava com o anúncio nesta quinta do adiamento da votação da reforma da Previdência para o ano que vem. Só que a decisão acabou sendo antecipada pelo líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), atrapalhando a estratégia do Palácio do Planalto.

Temer queria anunciar a decisão fazendo a avaliação de que o clima havia melhorado para a votação, mas que só quer votar com segurança de vitória.

A meta do Palácio do Planalto é dedicar o mês de janeiro para seguir na ofensiva tanto de esclarecimento da população sobre os objetivos da reforma quanto no convencimento de deputados da base aliada sobre a necessidade de mudar o sistema de aposentadoria no país.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bm4 Marketing 2

14/12


2017

Projeto de lei limita aumento do preço do gás

Diante da volatilidade no preço do gás de cozinha, que afeta o setor produtivo e, sobretudo, o cidadão, o deputado federal Danilo Cabral (PSB) apresentou um projeto de lei que estabelece novas regras para o reajuste de preço do produto. As correções, pela proposta, seriam realizadas somente uma vez ao ano, com divulgação em dezembro, e o índice definido pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), submetido à consulta pública com no mínimo de trinta dias de antecedência à sua publicação no Diário Oficial da União.

Danilo Cabral defende que o reajuste do gás para uso residencial siga o modelo adotado por outras tarifas públicas, como a do transporte público e da energia elétrica, que têm anualidade e transparência. “Além de várias tarifas públicas que têm reajustes anuais, o salário mínimo é reajustado uma vez por ano. Não podemos ter dois pesos e duas medidas. Quando é para corrigir salário do trabalhador, é uma só vez ao ano, mas quando é para aumentar o preço do gás é todo mês”, criticou.

O deputado destaca que os reajustes anuais das tarifas públicas e do salário mínimo permitem que a população e o setor produtivo se planejem e tenham segurança para atravessar o ano. “Em um país onde 50% dos trabalhadores recebem por mês, em média, 15% menos que o salário mínimo, segundo o IBGE, e existem 15 milhões de desempregados, não é razoável uma elevação de mais de 65% do gás em menos de um ano”, acrescentou.

Além disso, Danilo Cabral afirmou que o cidadão tem o direito de saber, de forma transparente, como são feitos os cálculos que levam ao índice de reajuste. “Não pode ser apenas apresentado o aumento sem abrir a caixa preta dos números”, diz. Por isso, no texto do projeto de lei, está prevista a submissão do índice à consulta popular, através de audiências públicas.

Os reajustes no preço do gás, na avaliação do parlamentar, também se tornaram uma questão de saúde pública. O Hospital da Restauração, referência em queimados em Pernambuco, tem 60% dos pacientes vítimas do uso de gás clandestino ou de álcool de posto de gasolina para cozinhar. “Isso é fruto da política que foi implantada pelo governo Temer, através da pasta do ministro Fernando Filho (Minas e Energia), que tem a lógica de atender apenas o mercado.

A nova política de preços da Petrobras em julho deste ano estabeleceu novas regras para os reajustes baseados na cotação de mercados internacionais, passando a ser influenciada pela conjuntura externa e pela variação do câmbio. Com isso, houve aumentos expressivos sobre os valores do botijão de gás para uso residencial comercializados em todo país. Há cidades que o valor supera R$ 80.

O projeto de lei de Danilo Cabral trata apenas sobre o gás de cozinha, mas o acúmulo de aumentos nos preços dos combustíveis, de julho a dezembro, segundo ele, revela a necessidade de rediscutir política energética do Brasil. “É um assunto que que está na ordem do dia e nós precisamos trazer a sociedade para esse debate, porque quem está sofrendo com as decisões tomadas pelo Governo Temer são os setores mais vulneráveis da população brasileira”, destacou. A gasolina e o diesel, por exemplo, sofreram reajustes de 16% e 15% respectivamente.

“O governo anunciou que pode rever a metodologia adotada atualmente. Esperamos que isso seja feito não apenas para atender o mercado, mas também o cidadão. Afinal, o trabalhador brasileiro paga uma altíssima taxa tributária e, como retorno, deve ter a prestação de serviços públicos de qualidade na educação, na saúde, na segurança pública, na assistência social. Mas o que estamos assistindo é a continuada retirada de direitos”, finalizou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/12


2017

A charge do dia


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/12


2017

Paulo inaugura nova Companhia Independente da PM

O Governador Paulo Câmara inaugura, hoje, em Tamandaré, no Litoral Sul pernambucano, a 10ª Companhia Independente (CIPM) Tenente-Coronel Theophanes Ferraz Torres. A corporação irá reforçar o policiamento ostensivo nos municípios de Sirinhaém, Rio Formoso, Barreiros e São José da Coroa Grande, onde residem 154 mil pessoas. 
 
No ato de inauguração da nova sede, reformada em parceria com a prefeitura do município, a unidade da PM receberá ainda o incremento de 50 policiais e 12 novas viaturas. Com frota moderna recém-adquirida, a unidade atua por meio do policiamento a pé, patrulhas escolares e rurais, Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati) e Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam). 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/12


2017

Coluna da quinta-feira

Lula diz que brigará até as últimas consequências por candidatura

"Estou querendo provar minha inocência para ser candidato". Esta foi uma das frases ditas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ontem, durante ato político no Sindicato dos Bancários, em Brasília. Lula disse que tem 72 anos, mas uma "energia de 30 e um tesão de 20", para voltar a governar o país e que, sendo candidato ou não, seus adversários vão ter que engolir o PT.

A fala de Lula aconteceu um dia após a decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região de marcar o julgamento do caso tríplex em Guarujá (SP) para 24 de janeiro.

Em ritmo de pré-campanha, só ontem, o ex-presidente participou de três eventos no Distrito Federal. Em um deles, Lula disse que não se esconderia atrás de uma candidatura e que brigará "até as últimas consequências" para disputar o Planalto em 2018.

Lula disse estar tranquilo sobre o julgamento do tríplex e desafiou o Ministério Público Federal a apresentar provas contra ele. O petista e aliados acreditavam que o julgamento seria marcado em março.

Ainda durante o discurso no Sindicato dos Bancários, o ex-presidente disse que os seus adversários "cansaram de bater panela, e agora estão batendo cabeça".

Ao fim do ato, o petista chamou o atual presidente de mau-caráter, disse que “se Temer sabe consertar o Brasil, eu também sei” e afirmou, mais uma vez, que não quer ser candidato à Presidência da República para se proteger.

Orçamento R$ 3,5 trilhões para 2018 – O Congresso Nacional aprovou, no fim da noite de ontem, o Orçamento da União de 2018. O valor total é de R$ 3,5 trilhões, incluindo o refinanciamento da dívida pública. A proposta define as receitas e as despesas dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário para o ano que vem. Entre outros pontos, o Orçamento do ano que vem prevê a destinação de R$ 1,7 bilhão para o fundo eleitoral criado para financiar as campanhas eleitorais com dinheiro público.

Odacy deseja o Palácio do Campo das Princesas – Após a vereadora do Recife Marília Arraes colocar o seu nome à disposição do Partido dos Trabalhadores para concorrer ao Governo do Estado, o deputado estadual Odacy Amorim (PT) também se colocou disponível para a disputa. O anúncio foi feito ontem, em coletiva de imprensa, no gabinete do parlamentar na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Participaram do lançamento da pré-candidatura o ex-prefeito João Paulo, Oscar Barreto, representando o diretório estadual da legenda, e o ex-vereador Dilson Peixoto, que representou o senador Humberto Costa (PT).

Aliados de Geddel e Cunha na Secretaria de Governo – Novo ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS) decidiu manter como seus assessores na pasta aliados do ex-ministro Geddel Vieira Lima e do ex-deputado Eduardo Cunha, ambos do PMDB e atualmente presos no âmbito da Operação Lava Jato. Marun será empossado hoje, em cerimônia no Palácio do Planalto marcada para 17 horas. Além de Ivani e Sobral, o presidente Michel Temer mantém outros aliados de Cunha no governo. Um deles é o advogado Gustavo do Vale Rocha, nomeado por Temer para o cargo de subchefe para Assuntos Jurídicos da Casa Civil da Presidência da República.

PF pode fechar delações, mas com limites – A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) admitiu, durante julgamento ontem, a possibilidade de a Polícia Federal negociar e celebrar acordos de delação premiada. Dos 11 ministros da Corte, seis votaram dessa maneira durante o julgamento nesta quarta: Marco Aurélio Mello, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux e Dias Toffoli. Todos eles, porém, propuseram limites diferentes para a extensão do poder da polícia em negociar com os delatores os benefícios que terão direito.

Congresso barra autofinanciamento irrestrito – O Congresso Nacional derrubou, ontem, veto do presidente Michel Temer à reforma política que liberava o autofinanciamento irrestrito de campanha. Com isso, candidatos às eleições terão mais dificuldade para custear totalmente os seus gastos eleitorais. A matéria segue para promulgação. Com a derrubada do veto, não há consenso sobre qual entendimento será adotado sobre os limites para o autofinanciamento. Alguns deputados e senadores entendem que os candidatos serão enquadrados nas regras de pessoas físicas, que podem doar até 10% dos seus rendimentos brutos do ano anterior, dentro dos limites estabelecidos para cada cargo.

CURTAS

IPVA – Os proprietários de motocicletas, ciclomotor e motoneta, que possuem o IPVA atrasado, terão a oportunidade de regularizar a situação até o dia 28 de dezembro deste ano. O pagamento deve ser feito integral à vista do saldo total devido de IPVA. Para regularizar as pendências, o proprietário deverá efetuar o pagamento através de boletos, que são retirados exclusivamente pela internet, no site do Detran-PE (www.detran.pe.gov.br).

NORONHA – O governador Paulo Câmara enviou para a Assembleia Legislativa, ontem, a indicação de Plínio Pimentel para o cargo de administrador de Fernando de Noronha. Plínio é advogado do Partido Progressista (PP) e estava cotado para assumir a Secretaria Executiva de Recursos Hídricos. Pimentel tem 46 anos de idade e foi indicado pelo presidente do PP, Eduardo da Fonte.

Perguntar não ofende – Lula passará ileso pelo julgamento marcado para janeiro?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Ainda sobre os dados do IBGE divulgados hoje, há 52 milhões de brasileiros vivendo abaixo da linha da pobreza — essa linha é de 387 reais por mês. Repetindo: agradeçam também ao PT, que atrasou o país em pelo menos 20 anos.

Fernandes

Eu não tenho culpa se eu tenho estrela se meu sangue é VERMELHO e se meu coração bate do lado esquerdo eu sou naturalmente 13...

marcos

Os miseráveis têm muito a agradecer ao PT...../////...... O IBGE divulgou que, após o início da crise econômica governo Dilma/Temer), mais 8,6 milhões de brasileiros passaram a viver com um quarto de uma salário mínimo por mês. Os miseráveis têm mesmo muito a agradecer a Dilma Jumenta, Lula e o PT. Isso sim é Herança Maldita.

Fernandes

Ah! Bolsonaro, o encantador de burros e analfas.

Fernandes

Lula, é uma lágrima de Cristo.



14/12


2017

Pernambuco: a guerra por 2018

De Marisa Gibson, na sua coluna DIARIO POLÍTICO desta quinta-feira:

O vale-tudo para ganhar 2018  entre o Governo Paulo Câmara (PSB) e o presidente Michel Temer (PMDB), representado no estado pelo grupo de oposição, começa a ganhar contornos mais agressivos, onde uma fotografia ou a omissão do registro fotográfico pode representar muito para os dois campos.

Convidada para o anúncio da liberação dos R$ 68 milhões – recursos da emenda da bancada destinados às obras da Adutora do Agreste – a bancada federal pernambucana não foi ao Palácio do Planalto, onde haveria o registro fotográfico, ao lado do presidente Temer, dos ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha (PMDB), da Integração, Hélder Barbalho (PMDB), da Educação, Mendonça Filho (DEM) e de Fernando Filho (sem partido), além do senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB). E, sem a foto com a bancada, havia o risco de não haver liberação dos recursos.

Então, Helder Barbalho telefonou para Fernando Monteiro (PP) convocando-o para a foto, que pode ser vista na página A-3 desta edição. Também na ânsia de capitalizar a liberação dos recursos, o Palácio das Princesas divulgou a informação antes mesmo do Palácio do Planalto e, claro, sem a fotografia do presidenteTemer junto com os ministros, ressaltando apenas o esforço de Paulo para conseguir o dinheiro.

O governador ainda agradeceu à bancada, mas as articulações de Fernando Monteiro foram decisivas. É ele, deputado aliado do Planalto e fiel ao presidente, quem faz o papel de interlocutor do Governo Paulo junto ao Governo Temer, desde que o vice Raul Henry (PMDB) perdeu o posto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/12


2017

Uma data para Lula

Folha de S.Paulo - EDITORIAL

É boa notícia que tenha sido marcado para 24 de janeiro o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, com sede em Porto Alegre.

Com a definição da data, aumentam as chances de que seja dirimida a tempo uma incerteza que ameaça a normalidade da disputa presidencial de 2018.

Sentenciado em primeira instância a nove anos e seis meses de prisão, por corrupção e lavagem de dinheiro, Lula ficará inelegível, segundo a Lei da Ficha Limpa, se o TRF-4 confirmar a condenação –correndo ainda o risco de ser encarcerado. Haverá, de todo modo, possibilidades de recurso.

A multiplicar a dramaticidade do caso, é evidente, há o tremendo impacto do nome do ex-presidente no eleitorado. Entre os mais prováveis candidatos ao Planalto, ele lidera tanto em intenções de voto, em torno dos 36%, como em rejeição, de 39%, de acordo com recente pesquisa do Datafolha.

Infelizmente, a estratégia do cacique petista busca o acirramento da divisão na opinião pública. Em comícios pelo país, repete as versões farsescas segundo as quais o impeachment da correligionária Dilma Rousseff constituiu golpe e as investigações de que é alvo se devem a perseguição política.

Sem medo do ridículo, há poucos dias culpou a Lava Jato pela ruína do Rio de Janeiro. Também retomou teses econômicas demagógicas do PT que haviam sido deixadas de lado em seu governo.

Nesta quarta (13), manteve a retórica beligerante, prometendo "brigar" até as "últimas consequências" para provar a inocência –um direito que ninguém lhe nega– e se lançar candidato.

Na sentença condenatória, proferida em julho, o juiz federal Sergio Moro considerou que o ex-presidente recebeu propina da construtora OAS na forma do célebre apartamento tríplex de Guarujá, embora o imóvel tenha permanecido em nome da empresa.

O processo é complexo o bastante para suscitar dúvidas quanto ao julgamento em segunda instância, embora a maior parte do mundo partidário dê a condenação como mais provável. O próprio Lula, réu em outras seis ações, demonstra trabalhar com essa hipótese.

Qualquer que seja a decisão de 24 de janeiro, a celeridade da Justiça é e será mais que bem-vinda. Afinal, as múltiplas opções de recursos à disposição da defesa e da acusação ameaçam arrastar a pendenga até a abertura das urnas, ou mesmo depois disso.

Em um país ainda fragilizado por traumas políticos e econômicos recentes, deve-se fazer todo o possível para evitar novo mergulho na instabilidade e na insegurança. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/12


2017

Planalto desmente Jucá: Temer decide Previdência hoje

O Globo

O presidente Michel Temer, por meio da assessoria de imprensa do Palácio do Planalto, desmentiu, nesta quarta-feira, o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), que se antecipou ao governo e afirmou que a votação da reforma da Previdência ficará para fevereiro e que isso já estaria acordado com os presidentes da Câmara e do Senado.

A nota divulgada pelo Planalto nesta tarde diz que o presidente espera que seja lido na quinta-feira o novo projeto da reforma da Previdência, de autoria do relator da proposta, deputado Arthur Maia (PPS-BA), e que só depois disso vai conversar com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunicio Oliveira (PMDB-CE), para definir a data de votação.

O Planalto informa ainda que Temer volta a Brasília nesta quinta-feira, após passar por um procedimento cirúrgico nesta quarta, no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/12


2017

TRF-4: processo de Lula pode ir a oito meses

Recursos podem estender processo de Lula em até oito meses

Folha de S.Paulo – José Marques

O julgamento de 24 de janeiro pode ser apenas a primeira decisão colegiada que o TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) terá que tomar sobre o caso em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é réu, a depender do conteúdo dos votos dos juízes e da disposição da defesa em apresentar recursos.

Se Lula for condenado, mas a defesa puder apresentar recursos como embargos infringentes ou de nulidade, o processo deve ficar mais alguns meses no tribunal –hoje, a tramitação desses recursos na Lava Jato tem levado de seis a oito meses.

Nessa média de tempo, os embargos seriam decididos em meio ao início da corrida eleitoral, cujo prazo limite para registro de candidatura é 15 de agosto. O processo de Lula, no entanto, tem tramitado de forma mais célere que os anteriores.

Embargos infringentes podem ser apresentados quando, ao modificar uma decisão de primeira instância, os magistrados de segunda instância divergem em seus votos e, no final, prevalece o entendimento desfavorável ao réu.  A defesa, então, pode pedir que seja feito um novo julgamento para que haja a possibilidade de que o voto derrotado prevaleça e beneficie o seu cliente.

Já o embargo de nulidade também se baseia nessas divergências, mas leva em conta situações que podem anular o processo como um todo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/12


2017

Lula: ando p... com o celular

Logo no início de sua fala na reunião com parlamentares, na manhã desta terça (13), Lula agradeceu a presença dos 53 deputados e emendou uma bronca na plateia.

— Quem me conhece sabe que eu ando cada vez mais puto com celular! Nem para ir ao banheiro, nem para ir a um almoço a dois as pessoas largam o celular — disse.

O ex-presidente afirmou ter contado cada petista que parou de assistir ao ato para olhar o telefone. E brincou com o próximo líder do partido, Paulo Pimenta (RS):

— Você ainda não provou nada Pimentinha. Dei uma ajuda com o negócio do celular… Vamos ver se você vai complementar daqui pra frente!    (Painel - Folha)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/12


2017

Réu: DEM quer tirar Agripino do comando do partido

Após Agripino virar réu, DEM articula troca no comando.

Os favoritos para o cargo são o ministro Mendonça Filho (Educação), o prefeito de Salvador, ACM Neto, e o próprio Rodrigo Maia.

 A cúpula do DEM articula a substituição do presidente do partido, o senador Agripino Maia (RN), depois que ele virou réu no Supremo Tribunal Federal (STF) por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Dirigentes querem indicar para o comando da sigla um nome alinhado ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Os favoritos são o ministro Mendonça Filho (Educação), o prefeito de Salvador, ACM Neto, e o próprio Rodrigo Maia.

Diante de um impasse sobre o momento da troca, a convenção nacional do partido, prevista para esta quinta-feira, foi adiada para o dia 27 de janeiro. O adiamento foi aprovado em uma reunião da bancada de deputados do partido. Uma articulação para substituir Agripino começou há cerca de dois meses, mas o cenário mais provável era sua recondução ao cargo. O movimento para a troca ganhou força na terça-feira, quando o STF recebeu uma denúncia contra o senador no âmbito da Lava Jato

 Por 4 votos a 1, a Primeira Turma do STF aceitou a denúncia da Procuradoria-Geral da República, que acusa Agripino de atuar para destravar um financiamento do Bndes (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para a obra da Arena das Dunas, em Natal (RN), em troca de propina da construtora OAS. Agripino afirmou, em nota, que é inocente e que espera um julgamento célere.  (Jornal do Comércio – Rio)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores