Gravatá IPTU 2019

22/03


2019

Para Lula foi tentar retomar o poder da Lava Jato

A quem o visitou nesta quinta (21) na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, o ex-presidente Lula afirmou que a prisão de Michel Temer teve como objetivo “restabelecer o projeto de poder da Lava Jato”.

A avaliação do petista é a de que, golpeada pelas recentes decisões do Supremo Tribunal Federal, a Lava Jato quis dar uma demonstração pública de força.

Ele considerou a prisão de Temer um ato “fora da lei”. (Folha)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Paulista Conectada

22/03


2019

Marcela Temer ficou nervosa com presença da polícia em casa

Marcela Temer estava em casa quando investigadores iniciaram a operação de busca e apreensão na residência do emedebista. Inicialmente nervosa, adotou atitude colaborativa em seguida.

As mídias coletadas na casa do ex-presidente ainda não foram analisadas e não houve apreensão de dinheiro. Armas antigas, com aparência de artigo de colecionador, estão com a PF, que quer saber se são elas são registradas.

No início da semana, Temer disse a aliados que se via “fora do foco” da Justiça porque havia se afastado da política.  (Painel)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

22/03


2019

Bolsonaro festeja e afronta Maia é registrada . Vem troco logo

Postagem feita por Carlos Bolsonaro após a prisão de Temer e Moreira foi vista como uma afronta ao presidente da Câmara.

Ministros foram avisados de que o estrago havia sido grande e houve cobrança para uma intervenção definitiva de Jair Bolsonaro sobre os filhos.

A líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), foi alvo da bancada do MDB.

Ela fez postagens comemorando a detenção de Temer.

O ex-presidente não é respeitado apenas no próprio partido, mas também por muitos dirigentes do centrão.  (FSP – Painel)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ArcoVerde

22/03


2019

Prisão e fogo atiçado: aliados de Maia formam cordão de solidariedade

prisão de Moreira Franco, o ex-ministro de Temer que é casado com a sogra do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), formou rápido e sólido cordão de solidariedade em torno do democrata.

Aliados de Maia demonstraram profunda irritação com a reação de bolsonaristas nas redes, decretaram o fim da reforma da Previdência.

Prometeram retomar o projeto que pune o abuso de autoridade e adiaram a saída de Brasília.  (Painel – FSP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/03


2019

Choro e ranger de dentes: prisão de Temer agrava atrito institucional;

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Amigos têm medo de ele ‘não resistir’ ao processo

Daniela Lima – Painel - Folha de S.Paulo

Para políticos e magistrados, a prisão de Michel Temer esgarçou ainda mais o tecido institucional do país.

A decretação do encarceramento preventivo —sem julgamento, portanto— sinalizaria não só um ataque à “velha política” como também um chamado a novo embate entre cortes superiores e Lava Jato.

Amigos do emedebista duvidam da capacidade emocional do ex-presidente de resistir ao processo. Litúrgico, ele não teria estofo para lidar com a detenção e o cerco a familiares, como a filha.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/03


2019

Entre Lava Jato e Temer, Lula fica com o emedebista

Entre Michel Temer (chamado de “golpista” pelos petistas desde 2016) e a Operação Lava Jato, parece que Lula (ou ao menos quem cuida das redes sociais do petista) optou por defender o emedebista, preso preventivamente nesta quinta-feira.

Criticas contra a Lava Jato foram postadas no perfil oficial de Lula no Twitter, dizendo que a operação “tenta desviar a atenção do descrédito em que estava caindo”.

“Instituições poderosas como o MP e a PF não podem ficar fazendo espetáculo. Todo aquele que cometer um crime, se o crime for provado, tem que ser punido. Seja o Temer, ou o Lula. Seja o FHC ou o Bolsonaro. Ninguém pode ser preso sem o devido processo legal”.  (Estadão – MR 18)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/03


2019

Golden Shower: após repercussão Bolsonaro apaga vídeo obsceno

Defesa de homens retratados no vídeo ingressaram com mandado de segurança requerendo a exclusão das imagens

Gustavo Uribe – Folha de S.Paulo

Após ter causado polêmica nas redes sociais, o presidente JairBolsonaro apagou vídeo com conteúdo obsceno que havia divulgado durante o Carnaval. Ele também retirou pergunta sobre o que era "golden shower", práticas sexual exibida nas imagens e que define o  fetiche de urinar na frente de um parceiro ou sobre ele.

A publicação, que foi criticada tanto pela cúpula militar como por líderes partidários, foi apagada de sua conta oficial do Twitter sem explicações oficiais do Palácio do Planalto.

Na terça-feira (19), a defesa dos dois homens retratados no vídeo ingressaram com pedido de mandado de segurança no STF (Supremo Tribunal Federal) requerendo a exclusão das imagens da conta do presidente. Em caráter reservado, assessores presidenciais afirmam que o vídeo foi excluído pelo presidente no dia 7 de março, devido à repercussão negativa do episódio, inclusive na imprensa estrangeira. Procurado pela Folha, o Palácio do Planalto não quis comentar oficialmente.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/03


2019

Prisão de Michel e Moreira forma tempestade política perfeita

Helena Chagas

A prisão de Michel Temer não chega a surpreender a nação, mas sua execução, exatamente hoje, vai dar o que falar. Ao prender mais um ex-presidente da República, ainda que investigado em três inquéritos, a Lava Jato cria um fato político. A outra ordem de prisão é ainda  mais explosiva, pois atinge o ex-ministro Moreira Franco, sogro do presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

A esta altura, entre WhatApps nervosos, deputados e senadores estranham a coincidência dessa operação, que atinge mais uma vez os políticos tradicionais que resistem ao pacote do ministro Sérgio Moro no Congresso, justamente no dia seguinte a um desentendimento público entre o ex-juiz e o genro de um dos presos.

Se essa versão vai prosperar, ninguém sabe. O fato é que a Lava Jato, mais uma vez, vai provocar um cataclismo no Congresso Nacional, ainda sob controle de políticos e partidos do que se convencionou agora chamar de “velha política”.

Neste momento, o primeiro consenso formado, no susto, é de que a Previdência, que tem em Maia seu principal articulador, vai parar. Pegando emprestada a expressão que o ex-ministro Delfim Netto criou para falar da crise na economia, forma-se agora uma “tempestade perfeita” na política.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

bm4 Marketing 5