FMO janeiro 2020

08/02


2020

Com aposentadoria de ministro, Bolsonaro terá vaga no STM

Ministro pede aposentadoria e Bolsonaro terá vaga em tribunal superior. Cadeira não estava no mapa de indicações do primeiro mandato do presidente no Judiciário.

Da Veja 

Uma das cobiçadas vagas de tribunais superiores vai se abrir em brevíssimo tempo. No Superior Tribunal Militar (STM).

O ministro e almirante Carlos Augusto Souza, que ingressou no tribunal em 2014, está antecipando sua saída.

Ele tem 70 anos e poderia ficar mais 5 anos. Aos amigos, tem alegado razões pessoais. Ele despede-se da Corte no dia 12.

Não custa lembrar que militares que seguem para o STM permanecem na ativa. Só se aposentam quando saem. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

IPTU Cabo

08/02


2020

Ministro comparou funcionário público a "parasita"

Ministro fez a declaração ao defender a reforma administrativa. Paulo Guedes afirma ainda que os funcionários públicos querem aumento salarial automático. Mais tarde, o Ministério da Economia emite nota declarando que imprensa "retirou de contexto" declaração de Guedes.

Guedes participou de uma palestra no seminário Pacto Federativo, da FGV / Foto: Sérgio Lima/ AFP

Do JC Online - Por Estadão Conteúdo   

O governo brasileiro está quebrado porque gasta 90% da sua receita com o funcionalismo público, classificado como "parasita" pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, que considera urgente a aprovação da reforma administrativa ainda este ano, para que o dinheiro deixe de ser carimbado e chegue onde realmente faz falta.

"O funcionalismo teve aumento de 50% acima da inflação, tem estabilidade de emprego, tem aposentadoria generosa, tem tudo. O hospedeiro está morrendo. O cara funcionário público virou um parasita e o dinheiro não está chegando no povo", disse Guedes na manhã de ontem, sendo muito aplaudido durante palestra no seminário Pacto Federativo, promovido pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Segundo ele, os funcionários públicos querem aumento automático, enquanto "80% da população brasileira é a favor inclusive de demissão do funcionário publico, estão muito na frente da gente", completou.

Reforma administrativa

Continuando a defesa da reforma administrativa, que ainda encontra resistência no Congresso Nacional, Guedes deu como exemplo os Estados Unidos, que ficam "quatro, cinco anos sem ajustar o salário do funcionalismo" e quando concedem o aumento teriam o reconhecimento público. "Aqui o cara é obrigado a dar e ainda leva xingamento", afirmou.

De acordo com Guedes, a reforma administrativa deve chegar ao Congresso na próxima semana e vai resolver o problema do dinheiro carimbado no Brasil.

O presidente da Associação dos Funcionários do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Arthur Koblitz, disse que a declaração do ministro da Economia, Paulo Guedes comparando o funcionário público a um "parasita" que vem matando o hospedeiro não afeta os funcionários do banco, conhecidos por sua excelência.

Ele disse ter achado curioso, no entanto, que o ministro tenha essa opinião, já que normalmente quem tem fama de parasita é quem veio do mercado financeiro. "O ministro fez toda a sua vida no mercado financeiro, curioso ele falar isso, porque quem tem essa fama de parasita é o mercado financeiro", disse Koblitz ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

A opinião do diretor da Associação dos Empregados da Eletrobras (Aeel) Emanuel Mendes é que a fala do ministro demonstra desconhecimento da complexidade do trabalho na empresa. Segundo o sindicalista, "a resposta será dada nas ruas".

"O ministro Paulo Guedes não entende nada de setores estratégicos e vem com esse discurso. Ele não tem noção do que fala. É assim que eles tratam as coisas nesse País", disse Mendes.

Ele afirmou ainda que o sindicato iniciou um processo de negociação salarial com a direção da Eletrobras. "A ideia é levar o movimento para as ruas. Vamos dar nosso recado por meio dos trabalhadores. Eles estão destruindo o serviço público. Haja visto como está o INSS", acrescentou.
 

Economia diz que imprensa "retirou de contexto" declaração de Guedes

Nota do Ministério da Economia

Após o ministro da Economia, Paulo Guedes, classificar servidores públicos como "parasitas", a pasta divulgou nota afirmando que o ministro "reconhece a qualidade do servidor público". O comunicado alega ainda que a imprensa "retirou de contexto" a declaração.

Em evento nesta sexta-feira, 7, no Rio, Guedes defendia a aprovação da reforma administrativa para fazer com que mais recursos possam ser direcionados a áreas essenciais quando começou a falar sobre o custo da folha de pagamento.

"O funcionalismo teve aumento de 50% acima da inflação, tem estabilidade de emprego, tem aposentadoria generosa, tem tudo. O hospedeiro está morrendo. O cara (funcionário público) virou um parasita e o dinheiro não está chegando no povo", disse o ministro na manhã desta sexta-feira, sob aplausos da plateia.

A declaração repercutiu mal. O presidente do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), Rudinei Marques, disse que o sindicato estuda recorrer à Justiça contra o "assédio institucional".

No Twitter, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Bruno Dantas compartilhou incrédulo a notícia sobre a comparação do ministro Paulo Guedes. "Não pode ser verdade...", escreveu.

Após a repercussão negativa, o Ministério da Economia decidiu divulgar uma nota dizendo que, "após reconhecer a elevada qualidade do quadro de servidores, o ministro Paulo Guedes, analisou situações específicas de Estados e municípios que têm o Orçamento comprometido com a folha de pagamento".

No comunicado oficial, Guedes se justifica dizendo que citava governos com despesas acima do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) para gastos com pessoal. "Nessa situação extrema, não sobram recursos para gastos essenciais em áreas fundamentais como saúde, educação e saneamento", diz a nota.

"O ministro argumentou que o País não pode mais continuar com políticas antigas de reajustes sistemáticos. Isso faz com que os recursos dos pagadores de impostos sejam usados para manter a máquina pública em vez de servir à população: o principal motivo da existência do serviço público", acrescenta o comunicado.

A nota diz ainda que Guedes "defendeu uma reforma administrativa que corrija distorções sem tirar direitos constitucionais dos atuais servidores". "O ministro lamenta profundamente que sua fala tenha sido retirada de contexto pela imprensa, desviando o foco do que é realmente importante no momento: transformar o Estado brasileiro para prestar melhores serviços ao cidadão", afirma


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Governo de PE - Decimo Terceiro

08/02


2020

Projeto sobre 2ª instância não recebeu emendas

Presidente de comissão especial pedirá reabertura de prazo

Projeto de segunda instância já passou pela CCJ da Câmara Foto: Jorge William / Arquivo O Globo

Época - Coluna de Guilherme Amado
Por Por Naomi Matsu
i

Considerado um dos projetos mais importantes para este ano, o texto que autoriza a prisão em segunda instância parece ter sido esquecido durante o recesso parlamentar.

O prazo para apresentação de emendas foi encerrado na quarta-feira, mas nenhuma sugestão foi apresentada.

Presidente da comissão especial que analisa a proposta, o deputado Marcelo Ramos pedirá a Rodrigo Maia que reabra o prazo por até dez sessões.

(Por Naomi Matsui)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

acolher

08/02


2020

Cientistas chineses identificam possível hospedeiro do vírus

Foto: Reuters

Do Terra

O surto do novo coronavírus na China pode ter se espalhado de morcegos para humanos através do tráfico ilegal de pangolins, os únicos mamíferos escamosos do mundo, que são apreciados na Ásia para alimentos e medicamentos, disseram pesquisadores chineses.

Embora protegido pelas leis internacionais, o pangolim é um dos mamíferos mais traficados da Ásia, já que sua carne é considerada uma iguaria em países como a China e suas escamas são usadas na medicina tradicional, de acordo com a organização não-governamental World Wildlife Fund. (WWF).

"Esta última descoberta será de grande importância para a prevenção e o controle da origem (do vírus)", informou a Universidade Agrícola do Sul da China, que liderou a pesquisa, em comunicado em seu site.

Acredita-se que o surto de coronavírus, que já matou 636 pessoas na China continental, tenha começado em um mercado na cidade de Wuhan, na província central de Hubei, que também vendia animais silvestres vivos.

Especialistas em saúde acreditam que a proliferação pode ter se originado em morcegos e depois passado para os seres humanos, possivelmente através de outra espécie.

A sequência do genoma do novo coronavírus separada dos pangolins no estudo foi 99% idêntica à das pessoas infectadas, informou a agência de notícias oficial chinesa Xinhua, acrescentando que a pesquisa descobriu que os pangolins são "o hospedeiro intermediário mais provável".

Dirk Pfeiffer, professor de veterinária da Universidade da Cidade de Hong Kong, alertou que o estudo ainda está longe de provar que os pangolins transmitiram o vírus.

"Você só pode tirar conclusões mais definitivas se comparar a prevalência (do coronavírus) entre espécies diferentes com base em amostras representativas, o que essas quase certamente não são", disse ele.

Mesmo assim, ainda é necessário estabelecer um vínculo com os seres humanos através dos mercados de alimentos, acrescentou Pfeiffer.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/02


2020

Empresário queima 1 milhão de dólares para não pagar pensão a ex-esposa

Da ISTOÉ

Um empresário canadense, de 55 anos, resolveu atear fogo em mais de US$ 1 milhão (cerca de R$ 4,3 milhões) para impedir que sua ex-esposa ficasse com parte do dinheiro. De acordo com o jornal Ottawa Citizen, Bruce McConville vendeu diversas propriedades e depois queimou o dinheiro.

Na audiência no Tribunal Superior, McConville se disse frustrado com o divórcio e com o fim do casamento que durou 31 anos. “Não é algo que eu normalmente faria, eu não sou uma pessoa extremamente materialista”, disse.

O empresário deveria ter pago à esposa US$ 300 mil (cerca de R$ 1,3 milhão). “O que você fez é moralmente repreensível, porque o que você afirma ter feito voluntariamente mina até os interesses de seus filhos”, disse o juiz do Tribunal Superior Kevin Phillips, antes de determinar a prisão do empresário por 30 dias.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cúpula Hemisférica

07/02


2020

Paraisópolis: policiais isentos em ação que matou nove

PM isenta policiais envolvidos em ação que matou nove. Nove jovens morreram pisoteados em baile funk após atuação da polícia; Corregedoria fala em legítima defesa.

Foto: José Barbosa / Futura Press

Do Terra

A Corregedoria da Polícia Militar encerrou o inquérito que apurava a responsabilidade de policiais militares em uma ocorrência no baile funk de Paraisópolis que terminou com nove mortos por pisoteamento em dezembro. Para a corporação, segundo divulgado pela TV Globo, os agentes atuaram em legítima defesa e de forma lícita, não devendo responder judicialmente pelas mortes. A ocorrência também é investigada em inquérito da Polícia Civil, que ainda não foi encerrado.

Desde dezembro, 31 policiais do 16.º Batalhão estão afastados do serviço operacional nas ruas e cumprem expediente em áreas administrativas. O afastamento ocorreu a pedido do governador João Doria (PSDB), que atendeu ao apelo feito por parentes das vítimas. O inquérito agora está no Tribunal de Justiça Militar que deve solicitar parecer do Ministério Público. A investigação pode ser arquivada ou o MP pode solicitar novas diligências complementares visando a entender melhor a ocorrência.

A PM diz que tiros disparos por suspeitos contra agentes deu início a uma perseguição em Paraisópolis. Na versão da corporação, esses suspeitos entraram na multidão e causaram correria, o que explicaria o pisoteamento. Testemunhas relataram, no entanto, que a polícia não ofereceu opção de saída durante a confusão, fechando os dois lados da via e levando os presentes a vielas da localidade. As mortes aconteceram em duas dessas vielas.

Ao Estadão em dezembro, uma jovem que estava em uma dessas vielas disse que a polícia chegou a atirar bombas nesses locais, piorando a confusão. Ao sair de lá, ela relatou ainda ter sido atingida no rosto por uma garrafa de vidro atirada por um policial. A jovem tomou 50 pontos em decorrência dos ferimentos causados.

Confira a íntegra aqui: PM isenta policiais envolvidos em ação que matou nove


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

07/02


2020

ANP: etanol sobe em 14 Estados e no DF

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Estadão Conteúdo

Os preços médios do etanol hidratado subiram em 14 Estados e no Distrito Federal na semana de 2 a 8 de fevereiro, de acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo AE-Taxas. O biocombustível caiu em 11 Estados e ficou estável no Rio Grande do Sul.

Na média dos postos pesquisados pela ANP em todo o País, o preço médio do etanol subiu 0,09% na semana ante a anterior, de R$ 3,250 para R$ 3,253. Em São Paulo, principal Estado produtor, consumidor e com mais postos avaliados, a alta foi de 0,07% no período e a cotação média do hidratado variou de R$ 3,050 para R$ 3,052 o litro. O maior avanço semanal, de 1,94%, foi em Sergipe e a maior queda, de 1,69%, em Goiás.

Na comparação mensal, os preços do etanol subiram em 23 Estados e no Distrito Federal. Eles recuaram no Rio Grande do Norte e na Bahia, e ficaram estáveis em Roraima. Na média brasileira, o preço do biocombustível pesquisado pela ANP acumulou alta mensal de 2,49%.

O preço mínimo registrado na semana passada para o etanol em um posto foi de R$ 2,69 o litro, em Mato Grosso, e o menor preço médio estadual, de R$ 3,052, foi registrado em São Paulo. O preço máximo individual, de R$ 4,999 o litro, foi registrado em um posto do Rio Grande do Sul. O Rio Grande do Sul também registrou o maior preço médio, de R$ 4,362 o litro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

07/02


2020

Recife: com mais carros novos nas ruas, trânsito fica complicado

Segundo o Detran-PE, em 2029, passaram a circular no Recife 49.548 carros novos. Em janeiro deste ano, foram emplacados na região Metropolitana 6.676 veículos zero.

Com mais carros nas ruas, trânsito do Recife fica cada vez mais complicado

Por Bruno Grubertt e Priscila Aguiar, TV Globo

Quem circula pelo Recife tem a sensação de que tem muito carro para pouca rua. Em algumas vias, há engarrafamentos em qualquer horário. Dados de emplacamentos de automóveis novos mostram que o problema da mobilidade urbana só está piorando, sobretudo com a volta às aulas, que provoca o aumento de frota em até 25%, somando mais de um milhão de veículos 

Segundo o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE), em 2019, só no Recife, passaram a circular 49.548 carros novos. Na Região Metropolitana, em janeiro deste ano, foram emplacados 6.676 veículos zero quilômetro.

Com mais carros, nas ruas, falta espaço para os outros veículos. Isso reflete também no sistema de ônibus e metrô.

Uma pesquisa feita a partir de análises de viagens registradas no aplicativo Moovit mostra que a capital pernambucana é campeã brasileira em espera pelo transporte público. Ela também aparece como a sétima no mundo e a segunda no país com maior tempo gasto com deslocamentos.

Os números retratam a dificuldade de quem precisa se deslocar pelas ruas e avenidas no Grande Recife. “Começaram as aulas, está complicado”, afirma o motorista Valdeci.

“Aqui na Avenida Rui Barbosa (Zona Norte do Recife), tenho visto todos os dias o trânsito muito intenso”, observa Jairo, que também estava parado no meio do tráfego.

Engenheiro de trânsito, Stênio Cuentro afirma que são vários os problemas no Grande Recife. ”Poderia estar muito pior. Os aplicativos tiraram muitos carros das ruas. Esses carros de transporte de passageiros tiraram aproximadamente 100 mil carros das ruas”, comentou.

Para Cuentro, o ideal, para melhorar o trânsito, seria o poder público investir em modernização de semáforos. “É preciso reprogramar o sistema e contar o tráfego, usando tecnologia”, comentou.

O engenheiro aponta que o sistema de transporte coletivo também é outro fator de complicação no trânsito. “É de baixa qualidade. A prefeitura investe em faixa azul, mas o serviços dos ônibus não acompanha as mudanças. Os coletivos são quentes e barulhentos. E pior, demoram muito”, declara,

Diante dos problemas, o Grande Recife Consórcio de Transporte informou que tem investido na melhoria dos corredores de ônibus para evitar que os passageiros. Para a empresa, é preciso fazer articulação com as prefeituras medidas para garantir a maior mobilidades nos corredores.

Entre essas ações, estão a maior fiscalização para evitar que as faixas exclusivas sejam invadidas pelos carros.

A presidente da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU), Taciana Ferreira afirmou que a administração municipal tem investido para ampliar as faixas azuis, que são exclusivas para os ônibus. “Implantamos 37 quilômetros e pretendemos chegar, ao todo, a 108 quilômetros, este ano", disse.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

07/02


2020

Brasileiros que estavam na China, já estão voltando ao Brasil

Diplomatas foram buscar os 34 brasileiros. Nenhum tem sintoma do novo coronavírus. Chegada a Anápolis, onde farão quarentena, está prevista para a madrugada de domingo (9).

Brasileiros que estavam em Whuan, na China, já estão voltando ao Brasil

Por TV Globo

Os 34 brasileiros que moravam no epicentro da crise do novo coronavírus, em Wuhan, na China, estão voando de volta para o Brasil.

A operação de resgate começou ainda de madrugada na China. Diplomatas que foram buscar os brasileiros registraram cada momento: “Nós estamos em três veículos aqui em Wuhan para recolher os cidadãos brasileiros que estão na cidade. Já pegamos os seis primeiros estudantes da universidade de Hubei. Aqui está o ônibus que nós vamos seguir para o aeroporto”.

O repórter Nilson Klava conversou com João Batista do Nascimento Magalhães, conselheiro do Itamaraty na China, que viajou 16 horas de carro de Pequim até Wuhan para participar da operação. “É obrigatório aqui na cidade o uso de máscaras, ninguém pode andar na rua sem autorização, os carros não podem se mexer se não tiver uma autorização especial do governo. É uma cidade fantasma”, disse ele.

Todos passaram por duas triagens – uma chinesa e uma brasileira - antes de embarcar. Ninguém apresentou nenhum sintoma do novo coronavírus. “Eles estão muito calmos, muito aliviados pela ajuda que estão recebendo, e o fato de poderem voltar ao Brasil nessa situação complicada”, contou João Batista.

Pouco antes da decolagem, o recado que todos queriam ouvir: “Todo mundo a bordo, todo mundo conseguiu passar em todos os testes, daqui a pouquinho o avião número 2 vai conseguir decolar em direção ao Brasil”.

Os dois aviões partiram de Wuhan com 64 pessoas por volta das 17h desta sexta-feira (7) no horário de Brasília. Lá, já eram 4h de sábado (8). São 26 horas de voo, sem contar o tempo das escalas. A primeira parada é em Ürümqi, ainda na China. Depois, Varsóvia, na Polônia, onde desembarcam quatro poloneses, uma chinesa e uma indiana.

De lá, 58 pessoas, incluindo profissionais de saúde, tripulantes, jornalistas e 34 brasileiros e parentes, incluindo três diplomatas que virão para o Brasil, seguem para nova escala em Las Palmas, nas Ilhas Canárias. Entre eles, há sete crianças de até 12 anos.

Às 17h30 de sábado devem entrar no espaço aéreo brasileiro e fazem uma última parada em Fortaleza. No início da madrugada de domingo (9), está prevista a chegada em Anápolis, Goiás.

Assim que pisarem em solo brasileiro, começa a contar a quarentena, que vai durar 18 dias. Nesse período, o contato físico com outras pessoas que não sejam da equipe de cuidados vai ser zero. Os profissionais que trabalharam no resgate também vão ficar isolados, mas podem ser liberados antes do prazo.

Em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro foi cedo ao Ministério da Defesa ver o planejamento da operação. Bolsonaro voltou a falar que não há risco para pessoas que não estejam envolvidas nessa missão: “Esse é o maior interesse, mostrar, inclusive, que tem crianças, tem bebês que estão vindo para o Brasil e parabenizar aqui todos os envolvidos nessa operação, que não deixou de contar com muito sacrifício por parte do governo, tendo em vista a questão orçamentária e os meios para cumprir a missão”.

Um hotel de trânsito vai receber os brasileiros vindos da China. Logo na entrada, um grande cartaz de boas-vindas. Tem um espaço para as crianças e dezenas de quartos e apartamentos.


Nos quartos, logo na entrada, o banheiro, já com todos objetos de higiene pessoal, toalhas. O quarto para, pelo menos, duas pessoas, tem comida e álcool em gel, máscaras e luvas que todos vão ter que usar durante o período em que vão ficar lá. Há também quartos maiores, para famílias inteiras.

“Tem uma quarentena. A rotina que tem são as refeições, são os exames, tem uma liberdade dentro da área branca, a delimitação. Essa é a rotina, não pode sair ali. Mas as crianças que quiserem brincar, tem uma área de recreação, as que quiserem descansar, tem a televisão, tem a internet”, disse o ministro da Defesa, Fernando Azevedo.

O grupo vai ficar hospedado numa área branca. Ao lado do hotel, tem a área verde, de lazer. Se uma pessoa apresentar qualquer suspeita do coronavírus, ela será encaminhada para uma outra área - a amarela.

Se caso se agravar, o paciente será levado de helicóptero para o hospital das Forças Armadas em Brasília, a 150 quilômetros de Anápolis. No local fica a área vermelha, com 20 leitos preparados.

Na manhã de domingo, após o primeiro repouso da viagem, todos vão assistir a uma apresentação de um médico da equipe, sobre a rotina de horários de alimentação e exames e sobre o uso das máscaras. “Eles são pessoas assintomáticas, com prováveis exames negativos, e a transmissão - todos estarão usando máscara cirúrgica. Então, qualquer deslocamento desse paciente fora do ambiente do seu quarto será feito utilizando máscara cirúrgica”, explicou Júlio Henrique Croda, diretor do Departamento de Imunização.

Em Palhoça, Santa Catarina, o Pablo está ansioso para reencontrar a filha e a esposa. Elas foram para China para apresentar o bebê à família que mora lá. Enquanto Pablo falava com nossa repórter, a esposa ligou para dar a boa notícia: “Me sinto muito feliz agora”. Emocionado ele respondeu: "Muito em breve estaremos juntos de novo".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


07/02


2020

Brasil não tem caso confirmado do coronavírus

Oito pessoas estão sendo monitoradas. Laboratório de Goiás está sendo preparado para fazer os exames que detectam o coronavírus.

Por TV Globo

O Brasil não tem nenhum caso confirmado do novo coronavírus. Segundo o boletim divulgado na tarde  de hoje pelo Ministério da Saúde, oito casos suspeitos estão sendo monitorados. São três pessoas em São Paulo e duas no Rio Grande do Sul. Rio de Janeiro, Minas Gerais e Santa Catarina têm um paciente suspeito cada. Outros 26 já foram examinados e descartados. A maioria estava mesmo era com gripe.

"A partir dos exames que a gente realiza nessas amostras respiratórias, nós identificamos diversos outros vírus comuns, como o vírus da influenza que circula bastante. E para esse vírus existe vacina. Provavelmente, nós iremos iniciar a campanha em marco e é importante que todos tomem vacina", alerta Júlio Croda, diretor de Vigilância das Doenças Transmissíveis do ministério.

O ministro da Saúde voltou a dizer que o governo está tomando medidas para o país evitar o coronavírus. "Não há nada improvisado, não há um item que não tenha checklist completo. E o que a gente mais faz nessas situações é informar com qualidade, acalmar as pessoas", afirma Luiz Henrique Mandetta.

Durante a visita na base aérea de Anápolis foi anunciado que o Laboratório Estadual de Saúde Pública de Goiás, que fica em Goiânia, está sendo preparado para também fazer os exames que detectam o coronavírus. Atualmente, os testes são feitos apenas no Instituto Evandro Chagas, no Pará, Adolfo Lutz, em São Paulo, e Fiocruz, no Rio de Janeiro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


07/02


2020

Cintra está demissionário da Sudene

O presidente Jair Bolsonaro resolveu tirar Douglas Cintra da Sudene. A informação é do deputado Fernando Rodolfo (PL), responsável pela indicação do aliado. A demissão ainda não foi assinada, mas Bolsonaro quer decidir na próxima terça-feira, junto ao novo ministro Rogério Marinho, remanejado da Previdência para a pasta de Desenvolvimento Regional. 

O motivo da degola tem a ver com pressões do PSDB da Paraíba. O nome mais cotado para suceder Douglas é o do ex-senador Cássio Cunha Lima.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


07/02


2020

Batalhão da PMPE ganha nova sede no Cabo

O governador Paulo Câmara inaugurou, hoje, a nova sede do 18º Batalhão da Polícia Militar (BPM), no Cabo de Santo Agostinho, cidade da Região Metropolitana do Recife. A partir de agora, a sede passa a funcionar no centro do município, contando com três alojamentos, área comum de descanso e estacionamento coberto para as viaturas, assim como salas para todas as seções da unidade. A nova estrutura do batalhão vai contribuir para o reforço da atuação da PM no município, garantindo a continuidade da redução de crimes na região, que no ano passado registrou uma queda de 17% no número de homicídios e de 22% nos roubos, em relação a 2018.

Durante visita às novas instalações, o governador destacou essa redução expressiva da violência no Cabo em 2019, quando o município obteve seu melhor resultado de toda a história do Pacto Pela Vida. “Com essa nova estrutura, a gente tem certeza de que as condições de trabalho vão ser melhores e que a gente vai conseguir, efetivamente, estabelecer cada vez mais uma política de paz e garantir a segurança da população”, disse. Paulo Câmara esteve acompanhado do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eriberto Medeiros, e do comandante da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), coronel Vanildo Maranhão.

Atualmente, o 18º BPM conta com 430 policiais e foi contemplado, em janeiro deste ano, com um reforço de mais 36 soldados recém-saídos do Curso de Formação e Habilitação de Praças (CFHP), aprovados no último concurso público para a corporação. “Os resultados positivos de 2019 são consequência do forte trabalho do Estado no âmbito do Pacto Pela Vida e do policiamento investigativo que tem sido realizado aqui no município. Hoje, com essa estrutura nova totalmente adequada, a Polícia Militar conseguirá reduzir ainda mais os números em relação ao ano passado”, pontuou o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


07/02


2020

Meu editorial no Frente a Frente – 07/02/2020

Se você perdeu o Frente a Frente de hoje, programa que ancoro pela Rede Nordeste de Rádio, tendo como cabeça de rede a Rádio Nova 98,7 FM, no Recife, escute agora o meu editorial.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


07/02


2020

FBC e Fernando Filho garantem verbas para Dormentes

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) e o deputado federal Fernando Filho (DEM) visitaram, hoje, as obras do abatedouro frigorífico de Dormentes, no Sertão do São Francisco. Com capacidade para o abate de 200 animais por dia, o local será especializado em caprinos e ovinos e contará com modernas instalações e equipamentos. A obra recebeu R$ 3,5 milhões de recursos federais, articulados por FBC e Fernando Filho junto à Codevasf, em 2019.

“Essa é uma demanda antiga da população, que beneficiará não apenas a cidade de Dormentes, mas todo o Sertão do São Francisco. Com isso, eu quero renovar o meu compromisso de continuar fazendo por Dormentes. Ficamos muito felizes por poder viabilizar essa iniciativa, com recursos do governo federal, que tem sido cada vez mais parceiro da população de Pernambuco. Além disso, é uma feliz homenagem a um grande homem público da história de Dormentes, o ex-prefeito Geomarco Coelho”, afirmou FBC, em reunião na Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos de Dormentes, junto com a vereadora Rosarinha. Na ocasião, Fernando Bezerra também garantiu que vai trabalhar para trazer recursos e viabilizar a implantação de uma casa de mel no município ainda este ano.

“Esse abatedouro terá toda a estrutura para cortes especiais, produção de embutidos e cinco câmaras frias. Também garantimos recursos para a aquisição de dois caminhões para transporte de animais, o que vai favorecer aos criadores na distribuição. E em 2020, ainda vamos trazer, via Codevasf, mais quatro tratores, um caminhão pipa, mais de 38 poços ativados com energia solar, além de outras ações. Somando tudo, serão mais de R$ 8 milhões, um dos maiores investimentos da história de Dormentes”, anunciou Fernando Filho.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


07/02


2020

Como se cadastrar para assinar “O Poder”

Aos leitores que estão interessados em saber como assinar e receber o jornal “O Poder”, elaborado exclusivamente para o WhatsApp e idealizado pelo comunicador José Nivaldo Júnior, juntamente com este blogueiro, aí está um pequeno vídeo com todas as instruções. Clique e confira! Segue também o link para o cadastro: www.jornalopoder.com.br.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores