Faculdade de Medicina de Olinda 2

21/09


2006

Dossiê Serra: Lula se defende no guia eleitoral

 Não teve como evitar o assunto. Na propaganda eleitoral desta noite, o presidente da República e candidato do PT à reeleição, Luiz Inácio Lula da Silva, não teve outro jeito senão se defender das acusações de envolvimento na compra do dossiê anti-tucanos.

Disse que nunca fugiu de suas responsabilidades e que "sempre que soube de malfeitos", mandou "apurar com vigor". Anunciou sua decisão de afastar seu coordenador de campanha, o deputado Ricardo Berzoini, "mesmo sabendo" que ele não tinha "envolvimento direto" com a compra do dossiê.

O petista disse ainda que "nunca se apurou e puniu" tanto quanto em seu governo e que não podia admitir que se diga que a corrupção aumentou em seu governo. "O que aumentou foi o combate à corrupção", afirmou.

Mais uma vez, Lula apelou ao emocional: "Como ser humano, sofro e me decepciono quando fico sabendo que pessoas que conheço se envolveram em irregularidades."

No fim do programa, exibiu seu discurso na ONU e mostrou a cerimônia de premiação em que recebeu o título de estadista do ano.

O petista também teve direito de resposta no já curto programa de José Maria Eymael. Durante a emissão, criticou o candidato do PSDC por chamar o bolsa família de chantagem, pois, graças ao programa, muito brasileiros hoje fazem três refeições por dia.

Porém, os ataques da oposição foram fortes. Os tucanos, pivôs do episódio do dossiê, não deixaram barato. Até o mais sereno deles, Geraldo Alckmin, que sempre foi tão comedido nos ataques ao principal adversário, resolveu falar, com a própria voz de todas as conexões que podem vir a envolver o presidente.

Alckmin citou todos os envolvidos neste escândalo e fez questão de relembrar outros, como Valdomiro Diniz, José Dirceu, Antonio Palocci, Luiz Gushiken, entre outros.

"E importante que você saiba o que está acontecendo. Porque é o seu voto que está em jogo", dizia Alckmin, que também perguntava: "Como não sabe, se todos os eram ligados diretamente a ele?"

Depois de mostrar, por meio de computação gráfica, a proximidade entre as salas de Freud Godoy e a da Presidência, o candidato tucano atacou: "Que presidente é esse, que não sabia de nada? O presidente tem obrigação de saber que se passa ao seu redor."

Por fim, Alckmin apelou ao eleitor que mude de candidato. "Não é possível que o Brasil vá se acostumar com mais esse escândalo", completou.

Mais ataques

O programa de hoje foi oportunidade para que os outros dois candidatos Heloísa Helena (PSOL) e Cristovam Buarque (PDT) atacarem o PT e o PSDB.

A senadora abriu sua emissão dizendo: "O que era ruim ficou ainda pior." Citou a cosa do dossiê, mas não se furtou a isentar o PSDB, dizendo que a máfia das ambulâncias começou no governo FHC. Encerrou afirmando que o Brasil não precisa ter de escolher entre o ruim e o pior.

Buarque falou que a política brasileira "está cada vez mais corrompida" e que "os corruptos querem fazer o povo acreditar que todos os políticos são iguais a eles".

"Meu candidato a vice, Jefferson Peres, é político e é honesto", disse o ex-ministro da Educação.

Logo depois, Peres discursou pedindo ao eleitor que fizesse uma tomada de consciência e não votassem nos desonestos que os enganaram, pois, se o fizerem, "pais e mães eleitores estarão ensinando a seus filhos que eles devem ser assim", desonestos. (Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulin de Caruaru.

O bom da democracia é isso.Se o povo quer, Lula mais 4 anos.É uma pena,mas é melhor do que uma Cuba.Nós que temos o privilégio de ter saúde,educação,segurança particular,que dependempos pouco do Estado, só temos a lamentar,mas seja feita a vontade de Raimundo e do povo.Aguardemos a última semana...

Hélio noronha

NOVE!!! FALTAM SÓ NOVE DIAS!!!


Detran

21/09


2006

Urna proibida vendida pela Internet em Pernambuco

Prática considerada irregular pela Justiça Eleitoral, a comercialização de urnas-simulacro é feita livremente em site da Internet. No site http://www.kitvotocerto.com.br são vendidas urnas feitas em papelão “nas mesmas dimensões e aparência da urna oficial”, diz texto da página eletrônica, que contém foto. O site diz ainda que por não apresentar “dispositivo eletrônico”, a urna de papelão “não fere a Lei Eleitoral”. No entanto, o procurador-eleitoral de Pernambuco, Fernando José de Araújo Ferreira, nega a afirmação. Segundo ele, o uso de urnas-simulacro só é autorizado pela Justiça Eleitoral e apenas para fins didáticos, com o uso de números não relacionados a candidatos reais. Informações da Agência Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

13° Bolsa Familia

21/09


2006

Dossiê entregue pela Justiça à CPI das sanguessugas

A Justiça Federal de Mato Grosso autorizou o envio à CPI das Sanguessugas de todo o material apreendido pela Polícia Federal na investigação do dossiêgate. A ordem foi expedida pelo juiz Marcos Tavares. Ele atendeu a um pedido formulado em ofício do presidente da CPI, Antonio Carlos Biscaia (PT-RJ).

 

De posse do material, a CPI incluirá no rol de investigados José Serra e Barjas Negri, ex-ministros da Saúde na gestão Fernando Henrique Cardoso. Por ora, estavam sendo apurados apenas fatos relacionados às gestões do petista Humberto Costa e do peemedebista Saraiva Felipe, que comandaram a pasta da Saúde na gestão Lula.

 

Serão encaminhadas à CPI todas as peças que compõem o dossiê levado ao balcão pelo empresário Luiz Antônio Vedoin, sócio da Planam e chefão da máfia das sanguessugas. O material foi apreendido na última sexta-feira, antes de ser comercializado com emissários petistas por R$ 1,7 milhão.

 

Há no dossiê antitucanato seis fotos, uma agenda, uma fita de vídeo e um DVD. As imagens mostram políticos do PSDB ao lado de congressistas que estão sendo processados no Conselho de Ética por terem supostamente trocado emendas ao orçamento por propinas pagas pela Planam. A fita e o DVD contêm cenas de uma cerimônia de entrega de 41 ambulâncias, em 2001, com a presença do então ministro José Serra. Deu-se em Cuiabá, num galpão da Planam.

 

Duas das fotos exibem imagens do presidenciável tucano Geraldo Alckmin. Para o comitê tucano, a inclusão dessas fotos no dossiê evidencia a tentativa de interferir no processo eleitoral de modo espúrio. Diferentemente do que se tentou propagar, Alckmin não esteve em Cuiabá. As fotos foram tiradas em março de 2004, durante o 48º Congresso Estadual dos Municípios paulistas, em Campos do Jordão (SP). É uma solenidade à qual os governadores de São Paulo comparecem rotineiramente. De resto, enquanto governou São Paulo, Alckmin jamais adquiriu ambulâncias da Planam. Ele as comprava diretamente das montadoras, por meio de pregões eletrônicos

 

Além do pedido à Justiça, Biscaia enviou ofícios também à direção da Polícia Federal e ao Ministério Público. O procurador da República Mario Lucio Avelar, baseado em Cuiabá, vai remeter à CPI cópia da representação protocolada por Luiz Antonio Vedoin, na véspera da explosão do escândalo do dossiê.

 

No documento, Vedoin diz ter repassado recursos a Barjas Negri, sucessor de Serra no Ministério da Saúde, por meio de um empresário chamado Abel Pereira. Ele anexou à representação vários comprovantes bancários. Barjas nega que tenha mantido relacionamento monetário com Vedoin.

 

O procurador Mario Lucio, que acompanha também a investigação d tentativa de venda do dossiê, decidiu abrir um procedimento para dar curso à representação de Vedoin. Primeiro, deseja confirmar os repasses a Abel Pereira. Depois, quer saber por que ele recebeu dinheiro de Vedoin. Por último, deseja apurar se o empresário tem algum vínculo com Barjas Negri.

 

A análise dos documentos na CPI só será feita depois da eleição. Em reunião realizada no início da semana, a direção da comissão concluiu que, assim como a PF e o Ministério Público, terá de apurar os contornos do dossiêgate e, simultaneamente, as suspeitas de interferência da Planam também sobre a gestão do Ministério da Saúde no governo FHC.

 

O novo tom de Luiz Antonio Vedoin destoa de seus depoimentos anteriores. Inquirido pela Justiça, pelo Ministério Público e pela própria CPI das Sanguessugas, o dono da Planam sempre isentou Serra e Barjas Negri de participação no esquema de superfaturamento de ambulâncias. A assessoria de José Serra afirma que o empresário mudou o discurso porque foi instrumentalizado por uma “baixaria de campanha” patrocinada pelo PT. Sustenta que, na sua época, as liberações orçamentárias eram feitas automaticamente, sem nenhum tipo de interferência externa.(Do blog de Josias de Souza)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

21/09


2006

Ibope mantém Lula vencedor do primeiro turno

O Ibope manteve praticamente o mesmo quadro das pesquisas para presidente da República que vêm sendo divulgadas ultimamente, ou seja, definição no primeiro turno em favor do candidato à reeleição Luiz Inácio Lula da Silva(PT). Na pesquisa divulgada hoje à noite no Jornal Nacional, Lula obteve 49% das intenções de voto contra 30% de Geraldo Alckmin(PSDB). Heloísa Helena(PSOL) ficou com 9%, e Cristovam  Buarque(PDT), 2%. Ana Maria Rangel obteve seu primeiro ponto. Lula, na pesquisa de hoje teve um ponto a menos em relação à pesquisa anterior, Alckmin um ponto a mais, Cristovam mais um ponto e Ana Maria seu primeiro ponto.

Numa simulação para um segundo turno, Lula venceria com 52% contra 37% de Alckmin. A pesquisa foi realizada entre os dias 18 e 20 (segunda a quarta-feira) deste mês, entre 3.010 eleitores de 203 municípios.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulin de Caruaru.

Nunca vi em 40 anos um fenômeno de imoralidade como este.Me curvo,é incrível,estou pasmo....

Lamentavelmente o eleitor brasileiro estará dando um aval para que Lulla e sua quadrilha continuem a cometer as falcatruas jamais vista no Ocidente.

Ivan Câmara de Andrade

Nada de estranho existe com a população brasileira quando o assunto é a opção por Lula. Na verdade aqueles que se mostram como novos paladinos da moralidade têm atrás de si 8 anos de desgoverno, isso o povo sabe e muito bem.

Francisco Filho

OU TEM ALGUMA COSIA MUITO ESTRANHA ACONTECENDO COM A POPULAÇÃO BRASILEIRA OU DECIDIDAMENTE, ESSE LULA DEVE SER OBJETO DE "ESTUDO". NÃO DÁ PRA ENTENDER COMO UM PRESIDENTE MERGULHADO NA LAMA, DOS PÉS A CABEÇA, AINDA TEM A ACEITAÇÃO AMPLA DA SOCIEDADE. AINDA CREIO QUE TEM ALGO DE PÚTRIDO NISSO TUDO.



21/09


2006

Lula evita falar da crise do dossiê

Um dia depois de afastar Ricardo Berzoini da coordenação de sua campanha eleitoral, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva evitou nesta quinta-feira dar declarações sobre a compra do dossiê antitucano por membros do PT.

Com exceção da entrevista concedida à TV Globo esta manhã, Lula se manteve calado sobre a denúncia. Depois de sancionar projeto que regulamenta o uso de cães-guia por deficientes visuais, no Palácio do Planalto, Lula se dirigiu para rápida conversa com jornalistas, mas se negou a responder perguntas. Apenas comentou sobre a importância do projeto.

"Esse decreto regulamentando o cão-guia é um avanço extraordinário no Brasil. Permite que as pessoas possam agora entrar no restaurante, em uma loja, em qualquer lugar com o seu cachorro porque o cachorro passa a ser parte viva da vida dessas pessoas", disse.

Quando questionado sobre a crise, Lula encerrou a entrevista. Foi a segunda vez no dia em que o presidente evitou falar a respeito das denúncias. Mais cedo, ao receber em audiências personalidades do mundo do livro, o presidente também deixou a sala sem responder às perguntas dos jornalistas. Apenas o ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, fez rápidas declarações sobre a crise política.

Durante a cerimônia de sanção do decreto, um jovem de 21 anos foi obrigado a recolher bandeira do PT que levou para o Palácio. Keidson de Jesus, de 21 anos, disse ser "simpatizante" do partido, mas concordou em guardar a bandeira para não vincular o PT ao local de trabalho de Lula como presidente. As informações são da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulin de Caruaru.

Sem comentários,é triste um país grandisoso como o nosso não reagir a uma situação dessas.É lamentável...Apelar para os deuses...

roberto lima

O palacio do planalto deveria ser rebatizado com o nome de "Sindicato de Ladrões". O que não se achou de ladrão lá dentro ......

irania Olivia Benicio

Irqui, bandeira do PT. Que nojento, irqui,irqui,irqui!!!

José Rodrigues da Silva

O Brasil bem que merece tê-lo como presidente, absolutamente compatível com os eleitores aqui existentes.


Magno coloca pimenta folha

21/09


2006

Ibope dá como quase certo 2º turno em Pernambuco

A eleição para governador de Pernambuco adquire contornos mais consistentes na direção de um segundo turno,  a julgar pelos resultados da quinta pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira no NE-TV da Globo, cujos números foram antecipados por este blog à tarde. O resultado  indica um segundo turno em que os três principais candidatos aparecem praticamente empatados. Para o primeiro turno Mendonça Filho(PFL) aparece com 35% das  intenções de votos; Humberto Costa(PT) tem 26%; Eduardo Campos(PSB) também 26%.

Na simulação para um segundo turno entre Mendonça Filho e Humberto Costa, Mendonça obteve 46%, enquanto Humberto ficou com 42%. Entre Mendonça e Eduardo Campos, o pefelista obteve 45% e o socialista 43%. Entre Eduardo Campos e Humberto Costa, o primeiro obteve 43% e o segundo 41%.

Na pesquisa para o Senado, Jarbas Vasconcelos(PMDB) obteve 65% contra 12% de Luciano Siqueira(PC do B), e 8% de Jorge Gomes(PSB).  A pesquisa foi realizada entre os dias 18 e 20 de setembro, ouvindo 1806 eleitores em 79 municípios, com margem de erro de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

IVAN INÁCIO DE OLIVEIRA

As pesquisas de PE são as mais estranhas do Brasil, a cada dia tem resultados diferentes, acho que a maioria são manipuladas, esse TRE de PE é uma vergonha, não toma providências, sinceramente não sei em quem acreditar. Aí tem trapaça com certeza.

cristiano lins de amorim

continuo aceitando apostas como EDUARDO CAMPOS vai ganhar o povo pernambucano não é burro É o melhor para pernambuco

Francisco Filho

VAI SER UM CLÁSSICO DAS MULTIDÕES. AINDA ASSIM ACHO QUE MENDONÇA LEVA ESSA. É SEM DÚVIDA, O MELHOR DENTRE OS TRES MAIS BEM COTADOS. DIGO ISSO SEM PAIXÕES OU PARTIDARISMO, APENAS ANALISO À LUZ DO QUE VEJO DIARIAMENTE. LULA PODE ATÉ ESTAR BLINDADO, MAS QUEM O SEGUE, PODE ESTAR ABSORVENDO SUA PODRIDÃO

osgone

Caros formadores de opiniões. Não precisa nenhum Osvaldo de Souza para analisar a pesquisa do Ibope. Eduarda é o único candidato que estar crescendo nas pequisas, 14%, 19%, 21% e 26%. E na simulação de 2º turno já existe um empate técnico com o Mendonça Filho.

roberto lima

Pernambuco não merece esses trescandidatos. Pobre leão do norte. Está um Hamster


Banner de Arcoverde

21/09


2006

Morreu o cantor e compositor Marcílio Lisboa

Morreu hoje à tarde no Recife o cantor e compositor Marcílio Lisboa, que notabilizou-se pelo movimento em prol do Estado, denominado Pernambucanidade, mobilizando todos os segmentos da sociedade  pernambucana. Marcílio manteve um programa na TV em apoio ao seu movimento.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

fernando gordinho

pernambucanidade exemplo de vida meus sentimentos

Raimundo Eleno dos Santos

Que o Deus de Abrão, Isac e Israel receba o Marcílio em Sua Glória eternal, em o nome de Jesus.

Ricardo José Amorim Campos

poxa, q noticia horrivel! qual omotivo, magno?



21/09


2006

Sérgio Guerra acusa PT de blindar Lula

O senador Sérgio Guerra (PSDB-PE), coordenador da campanha do candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, afirmou nesta quinta-feira que o dossiê --que teria sido encomendado pelo PT para atingir Alckmin e o candidato tucano ao governo de São Paulo, José Serra-- tinha como objetivo evitar que a eleição presidencial fosse para o segundo turno e a vitória de José Serra no primeiro turno.

Guerra disse que a estratégia da campanha petista é evitar a qualquer custo que a campanha presidencial vá para o segundo turno para que Lula não seja obrigado a participar de debates.

''Lula sabe que não tem condições de disputar o segundo turno. Ou ele vence [no primeiro] com essa conversa que ninguém suporta mais, de que não sabia de nada, ou ele está morto no segundo turno. Lula não tem consistência intelectual e política para sustentar [no segundo turno] uma discussão sobre o Brasil'', afirmou.

Pesquisa internas do partido indicam, segundo o senador, que haverá segundo turno entre Lula e Alckmin. Os levantamentos feitos pelo Datafolha e Ibope apontam vitória do petista em 1º de outubro.

O senador classificou o dossiê que ligaria Serra e Alckmin à máfia dos sanguessugas de ''fraude eleitoral'' e respondeu à pergunta do presidente Lula sobre quem tem interesse no material. ''Estão envolvidos gente do comitê do candidato a governador de São Paulo [em referência a Aloizio Mercadante] e gente do comitê do candidato a presidente da República. É uma operação de comitê, uma operação eleitoral deles e o presidente vai perguntar a quem interessa isso? É claro que interessava a eles. A nós é que não iria interessar. Como vamos querer um dossiê contrário ao nosso projeto?'', disse.

O coordenador afirmou ainda que a campanha de Alckmin não tem gente ''que fica atrás de dossiê'' e arrematou: ''Não temos especialista em bandidagem''. Segundo ele, o presidente Lula, que ''já andou o Brasil com pessoas sérias, está isolado num grupo que promove assaltos à democracia brasileira''.

Guerra disse que é impossível que os dirigentes da campanha, incluindo o presidente Lula, não tivessem conhecimento de que R$ 1,7 milhão foi arrecadado para a compra do dossiê. ''Na nossa campanha, qualquer número como esse saberiam disso o candidato, o presidente do meu partido [senador Tasso Jereissati], o presidente do PFL [senador Jorge Bornhausen] e o vice [na chapa], senador José Jorge. E estou falando de coisa legal, imagine se fosse ilegal'', disse.
As informações são da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulin de Caruaru.

A quadrilha que aparelhou o Estado brasileiro com o intuito de perpetuar-se no poder,resumiu-se a um homem só.O povo quer.Viva a democracia.Só falta uma semana.Que Deus nos abênçõe...

cristiano lins de amorim

os anões ficaram adultos ( Porque Só Dão Bobeira ) mas não se preoculpem LULA lá.

Raimundo Eleno dos Santos

Movimentos sociais se faz é com o povo. O povo, a maioria, quer o Lula de Novo com sua Força e Voto . Sei que muitos farão haraquiri, mas isso é quem não tem suporte psicológico para engolir o Lula por mais 4 anos. É uma Pena. Veremos o Brasil, pela mãos do Torneiro, ser levado ao 1ºMundo. É isso.

Décio

Sabe porque permancem inertes? Porque suas contas estão abarrotadas de dinheiro do governo federal e uma prova disso é que no comício de Caruaru quem veio na comitiva residencial foi simplesmente o Presidente da UNE (União dos Estudante do Brasil), verdade ou mentira?

Décio

Cadê os movimentos socias, os caras pintadas, os diretórios acadêmicos, que produziram uma arruaça em Recife por causa do aumento das passagens e, no entanto, permanecem inertes diante de todos esses escandâ-los que atinge nosso país já há quase dois anos.