Faculdade de Medicina de Olinda 2

03/09


2006

Aleluia: País está na lanterna do crescimento mundial

 ''A lanterna que o Brasil ostenta entre 25 nações em relação a taxa de crescimento deve ser debitada inteiramente ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que investiu unicamente em atraso e em corrupção ao construir a mais incompetente, desqualificada e corrupta equipe de governo de que se tem notícia no País em qualquer época'', afirma o líder da Oposição na Câmara, deputado José Carlos Aleluia (PFL-BA).

O ambiente internacional nesses quase quatro anos de administração do petista foi auspicioso para o crescimento econômico. Países que se prepararam e tiverem governos sérios e eficientes avançaram, reduzindo desigualdades sociais, exportando mais, ao aproveitarem bem as oportunidades.

“Sem exceção, todos os países emergentes registraram crescimento acima de 5% e alguns ficaram ao redor de 10% como a China e a Índia. O Brasil cresceu em média 2,5%, o que é um desastre e a reafirmação do fracasso do governo Lula”, criticou.


O congressista não tem dúvida de que a corrupção e o despreparo de Lula foram fundamentais para a constrangedora situação brasileira no cenário internacional.

A carga tributária, os juros estratosféricos, aliados à falta de investimento em infra-estrutura pelo governo federal, segundo Aleluia, levaram à redução da produção, à fuga de novos investimentos pela iniciativa privada e, sobretudo, ao desemprego crescente e à queda dos salários.

“Há fortes indícios de que a capacidade de endividamento do brasileiro chegou ao limite. Iludido por Lula, que pregou o ´espetáculo do crescimento`, o cidadão, notadamente a classe média baixa, foi às compras e agora recebeu a fatura. Como pagá-la?”, questionou o líder.

O líder oposicionista chamou a atenção para fato de que mais de 100 jovens brasileiros estão seguindo o caminho do Exterior desesperançados com os rumos do País comandado por Lula.

“Jovens que terminam a universidade descobrem, rapidamente, que a melhor opção de trabalho passa pelos corredores do aeroporto. Exportamos cérebros, enquanto o Brasil for governado por um demagogo populista à frente de uma administração corrupta”, afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Caro Deputado, corrupção mesmo se vê aí na Bahia com seus correligionários, estás com amnésia por conveniência?

Raimundo Eleno dos Santos

Carlos Aleluia é espoleta de ACM.Todos sabemos disso.O Pais se encontra ainda em situação difícil porque os mesmos elementos do passado revolucionário, feito ACM,capacho de coturno,que botou cachorros contra Ulisses,fez o Brasil atrasar em décadas.Mas Lula está dando um jeito.Para ele mais 4 anos.

guilherme alves

O ilustrado Aleluia sabe muito bem que o desempenho pífio do Brasil há anos é fruto de políticas economicas que ele defende, e por práticas politicas utilizadas por seu grupo politico.

esse aleluia é um cara de pau, o signatário desse blog tem uma pressa pra divulgar o q esse carlista fala, meus amigos quem é Aleluia pra ta posando de guardião da moralidade deste país, esse rapaz foi presidente da chesf, e num passe de magíca se elegeu deputado com o apoio das empreiteiras.


Detran

03/09


2006

Pausa na campanha para um "esforço concentrado"

 Deputados e senadores iniciam amanhã (4) o último esforço concentrado antes do pleito eleitoral de primeiro de outubro. A pauta da Câmara está trancada por 20 medidas provisórias e cinco projetos de lei com urgência constitucional vencida.

A pauta do Senado está desobstruída. O governo, segundo o ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, tem interesse que o Senado aprove a indicação de embaixadores.

A Câmara dos Deputados, que vem com a pauta de votações trancada desde maio, está fazendo um esforço para votar na semana do esforço concentrado, por acordo de lideranças, as 20 MPs para em seguida apreciar matérias como a Proposta de Emenda à Constituição que acaba com o voto secreto nas deliberações de plenário e também o projeto da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa (Supersimples).

O presidente da Câmara, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), tem conversado com líderes do governo e da oposição para costurar um ''grande entendimento'' para desobstruir a pauta.

Aldo Rebelo, que já pediu ao governo a retirada das urgências dos cinco projetos para facilitar o destrancamento da pauta, mandou telegramas para todos os deputados convocando-os para estarem em Brasília a partir desta segunda-feira (4), para a sessão de votações marcada para às 18 horas. Às 16 horas, Aldo vai se reunir com todos os líderes partidários.

Das 20 MPs que trancam a pauta, dez tratam de aumentos de salários de diversas categorias de servidores públicos e outras quatro abrem crédito extraordinário para órgãos do Poder Executivo e para a Justiça Eleitoral, num total de R$ 2,15 bilhões.

Antes mesmo de iniciar o esforço concentrado, todos os parlamentares deverão ter conhecimento dos pareceres dos relatores de MPs. Aldo Rebelo deu prazo até o último dia 20 para que todos os relatores apresentassem seus pareceres.

As outras seis MPs, as 293 e 294 - primeiros dois itens da pauta - tratam da reforma sindical. A 293 dispõe sobre o reconhecimento das centrais sindicais e a 294 cria o Conselho Nacional de Relações do Trabalho (CNRT). Se não forem votadas pela Câmara e pelo Senado, essas duas medidas provisórias perderão a validade no dia 5 de setembro e serão arquivadas.

As outras MPs da pauta são a 297, que regulamenta a carreira de agentes comunitários de saúde; a MP 300, que autoriza o Poder Executivo a pagar anistiados políticos; a 303, que cria o Refis 3 e autoriza o parcelamento em até 130 prestações mensais das dívidas de empresas com o Fisco; e a MP 312, que prorroga em dois anos o prazo para o trabalhador rural requerer aposentadoria por idade. (Agência Brasil)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

13° Bolsa Familia

03/09


2006

FHC: Lula lidera uma "república de malandros"

 O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso pubicou hoje um artigo no jornal Estado de S.Paulo, no qual ele acusou o presidente Lula de liderar ''uma república de malandros''.

Fernando Henrique disse que não entende como os leitores podem votar em Lula,''diante de tanto descalabro moral (...), pela consolidação de uma situação presidencial cujos pecados são expostos sem nenhum remorso, e até com júblio, por aqueles que se consideram vitoriosos de antemão''.

Fernando Henrique comenta os escândalos do mensalão e dos sanguessugas e afirma que tudo ocorreu sob o olhar de Lula, que, segundo ele, ''não preside o Brasil, e sim uma república de malandros''.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulin de Caruaru.

Quando FHC fala os petralhas estremecem eh,eh,eh. O grande trauma pisicológico do apedeuta é querer ser igual a Fernando Henrique,por isso vive o tempo todo se comparando com o mesmo.Falta muito.

Se fizesse um gorverno de gestão dupla tão bom, porque os Pefelistas e Psdebistas não te colocam no guia? Na verdade o sr. não teve coragem de mecher em casa de maribondo, e o Lula teve, méritos para ele, o povo já escolheu.

Raimundo Eleno dos Santos

Não me lembro qual jornalista referiu-se assim sobre FHC : FERNANDINHO BEIRA LAGO(Lago Paranoá), traçando um paraleo entre ele e FERNANDINHO BEIRA MAR(Baia de Guanabara). Aí em não sei quem é mais malandro.Os dois são feras.Acontece que só um está preso.

guilherme alves

Prêmio inocentes do rosarinho do ano para o Inojosa. Quanta inocência!!!!!!!!!! É ele e a velhinha de Taubaté.

guilherme alves

Cujo malandro mor chama-se FHC. Fica por aí dizendo asneiras e caçoando da inteligência do povo. Ele. também, comandava uma troupe de malandros letrados tais como: Eduardo Jorge, Ricardo Sérgio, Luiz Carlos Mendonça de Barros, Clóvis Carvalho etc . O nobre FHC brinca com a nossa memória.


Prefeitura de Limoeiro

03/09


2006

Senadora é cadastrada no TRE do Rio como homem

Sued Nogueira, a ''senadora popular do Rio'' que não mostra sua foto no horário eleitoral na televisão, contou que já recebeu ''mais de 800 mensagens'' de pessoas querendo saber seu sexo. Em sua ficha no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), consta que a candidata é do sexo masculino. ''Eu não sou homem'', diz Sued, candidata pelo PTdoB. A sua fotografia já está no site do TSE, mas o erro permanece na ficha. As informações são do portal Terra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Atribuo a uma jogada de "MARQUETINGUE". Tornar-se-á mais conhecida a partir do evento.É o que acho.Ou melhor, eu tenho certeza.



03/09


2006

Suassuna ameaça PMDB: "Não caio sozinho"

 O senador Ney Suassuna (PMDB-PB) tem mandado recados para o presidente do Senado, Renan Calheiros, e outros colegas do PMDB: "Não caio sozinho", ameaça o senador paraibano.

Suassuna está envolvido no escândalo das sanguessugas e já perdeu o posto de Líder do PMDB no Senado. Sentindo a possibilidade de perder também o mandato, o senador tem se queixado de que vem sendo abandonado pelo partido. Os detalhes da situação de Suassuna você pode ler na revista Veja desta semana.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Senador, justiça para ser boa começa em casa, coloque a boca no trombone, para que possamos saber quem também está envolvido e pedir punição, realmente não caia sozinho, pois não foi o Sr. sozinho que entrou nessa.

guilherme alves

A paraíba é de sorte. Tem o Suassuna e o Cícero cem milhões. Agora fala senador, nós precisamos saber de mais coisa.

roberto lima

O sr. sua$suna disse que era um homem rico e portanto não precisaria da propina de 2000 e tantos mil. Por outro lado, ele mesmo disse que 90% dos parlamentares tiravam uma beirinha da emenda. Logo, deve-se auditar a fortuna com base em suas proprias informações.

Esse Senador é do PMDB que apóia o Governo Lulla, ao contrario do PMDB de Jarbas que faz oposição ao Governo corrupto do Lulla. Ney Suassuna, Renam Calheiros e Sarney são parte do esquema da "gang do PT".

LandRover

Uma auditoria bem feita nas prefeituras do interior de Alagoas, no período de 2001 a 2004, mostraria municípios de Renan Calheiros comprando ambulâncias por carta-convite a empresas do Estado de Goiás, quando deveria ter utilizado a Tmada de Preços para tal.


Magno coloca pimenta folha

03/09


2006

Alckmin pode usar imagens de Lula do ano de 2002

 O ministro Marcelo Ribeiro, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), rejeitou neste sábado o pedido da coligação A Força do Povo (PT-PRB-PCdoB), que apóia a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva, para impedir o uso da imagem de Lula, na campanha de 2002, na propaganda eleitoral gratuita de Geraldo Alckmin, candidato à presidência da República pela coligação Por Um Brasil Decente (PSDB-PFL).

A coligação A Força do Povo alegava que ''a propaganda eleitoral deve respeitar o direito do autor''; e argumentava que o artigo 5º da Constituição assegura que ''a utilização de qualquer fruto da criação intelectual depende da autorização de seu autor ou titular''.

Porém, o ministro julgou que ''não houve, em princípio, ilegalidade que justifique a suspensão liminar da reapresentação das inserções''.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

O Judiciário é composto de muitos juízes que são políticos e de políticos que são juízes. Às vezes penso que eleições no Brasil concorrem com leilões.Quem dá mais? Os juízes julgam segundo a ocasião e quem é o patrão.A lei? Que lei!


Banner de Arcoverde

03/09


2006

Vereador tucano ensina como enganar eleitor

 A reportagem, de autoria do jornal Estado de Minas, também foi publicada neste domingo pelo Correio Braziliense. Leiam a íntegra:

''Selecione 0,25% do eleitorado de sua cidade e mande cartas em nome de um dos seus adversários, de preferência o mais “desequilibrado emocionalmente”, dizendo que todos os dias ele atende a população em sua casa, distribuindo cestas básicas, remédios, material de construção e até ajuda a pagar algumas “pequenas contas”. Não escreva nada à mão e use luvas desde a compra dos envelopes até a postagem das cartas. De preferência envie as correspondências de uma outra cidade, onde seu adversário tenha qualquer tipo de ligação. O objetivo é humilhar o eleitorado do candidato rival para conseguir derrotá-lo com mais facilidade.

Essa é uma das dicas do livro Estratégias dinâmicas para ganhar eleições, um manual para conquistar votos e se manter no poder, escrito por Divino Rezende de Morais (PSDB), um vereador de Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ele assina a “obra” com o pseudônimo de Planjon R. Morales, tradução, segundo ele, de “divino” em grego. A tática, apesar de ser uma apologia aos crimes de falsidade ideológica e calúnia e difamação, parece ter funcionado com o vereador, que exerce seu quarto mandato consecutivo. Para facilitar o trabalho do seu leitor, Planjon dá inclusive o modelo da carta a ser enviada.

A capa do livro, uma versão tupiniquim de As 48 Leis do poder, um best seller de auto-ajuda na área empresarial, sucesso de vendas no mundo inteiro, ilustra bem seu conteúdo. Nela, só aparecem moedas e cédulas de vários países. Não é para menos. Afinal, segundo Planjon, “nosso país foi colonizado basicamente por condenados e meretrizes e desde o início o ‘é dando que se recebe’ é levado a sério”. O livro também prega, sem nenhum constrangimento, a compra de votos, prática proibida pela legislação eleitoral e que pode inclusive acarretar na perda de mandato antes mesmo de a sentença tramitar na última instância.

Mas é preciso cuidados com os eleitores pedintes, alerta o autor, que dá conselhos sobre como o político ou candidato deve fazer para se desvencilhar deles. Um deles é não andar com dinheiro no bolso. O outro é fazer visita aos doentes internados em hospitais da rede pública, mas não demorar muito no leito para não precisar “pagar a conta da farmácia”. Entre outras pérolas do manual — na sua segunda edição — estão conselhos como “tenha sempre um laranja, aquele agente intermediário, que efetua, por ordem, suas transações perigosas, ficando oculta sua identidade” ou “tenha sempre uma conta bancária fora de sua cidade e mantenha seu nome no SPC/Serasa, para evitar ser fiador ou avalista de alguém”.

Investigado
O autor do livro, pelo visto, segue à risca seus conselhos. Ele é um dos investigados pela Procuradoria de Combate a Crimes Praticados por Agentes Municipais por irregularidades e fraudes em contratos firmados entre a prefeitura de Vespasiano com empresas de marketing e eventos. A suspeita é de que Divino, juntamente com o vereador José Winston (PP), irmão do prefeito Ademar José da Silva (PSDB), sejam os verdadeiros donos de uma das empresas — a Interativa Promoções, Eventos e Marketing Ltda., registrada em nome de laranjas. O diretor administrativo da empresa é o filho de Divino, Gilberto Rezende. Entre as verbas que teriam sido desviadas estão recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento do Ensino Fundamental (Fundef).



Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Esta cartilha estão querendo aplicar aqui em Pernambuco com a gestão Mendonça e Evandro, pois começaram com débitos no BNB e por aí vai. Cuidado pernambucanos não se deixem enganar. É Lula lá e Eduardo cá.

Raimundo Eleno dos Santos

Fazer o bem é muito complicado. Fazer o mal é simples, nem precisa de manual. É certamente algo muito interessante.Ao seu tempo, Nicolau Maquiavel em "O Príncipe", dava lições de maldade aos políticos, que nem precisava.Esse vereador é a versão tupiniquim do Italiano.



03/09


2006

Jarbas pode virar ministro de Lula

 O Correio Braziliense deste domingo traz uma reportagem do jornalista Gustavo Krieger, que trata sobre as composições políticas que deverão comandar a montagem do novo ministério de Lula, após a reeleição.

E o futuro senador pelo PMDB de Pernambuco, Jarbas Vasconcelos, acabou citado na matéria, que levanta a hipótese dele vir a ocupar um ministério:

"O PMDB quer uma área completa. Poderia ser a social ou a infra-estrutura. Lula aceita, mas exige o apoio formal da legenda e da grande maioria de suas bancadas, não apenas da facção liderada pelos senadores José Sarney (AP) e Renan Calheiros (AL). Para isso, pensa em convidar para o governo até quem apóia o tucano Geraldo Alckmin, como o ex-governador de Pernambuco, Jarbas Vasconcelos".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Se o lula estivesse doido, poderia chamá-lo para o Ministério dos Transportes. Vai fazer estrada assim na casa de c...

Maurício Barbosa

Essa possibilidade esta totalmente descartada.

Drácula

E ANTES QUE ALGUÉM PERGUNTE, RESPONDO: QUANDO FOREM DUAS VAGAS PARA O SENADO, O DETENTOR DOS 60% DE APOIO..............NOMEIA O SEGUNDO SENADOR....HAHAHAHAHAHAHA

Drácula

ALIÁS.. PROPONHO A JARBAS, QUE O PRIMEIRO PROJETO DE LEI DELE MODIFIQUE A LEI ELEITORAL. TIPO: QUEM TIVER MAIS DE 60% NAS PESQUISAS - AUTOMATICAMENTE ESTÁ ELEITO.... DEVE SER UM SACO FAER CAMPANHA PARA O SENADO SOZINHO.......HAHAHAHAHAHAHA

Drácula

SE FOR VERDADE...LULA JÁ PODE CONVIDAR O JARBAS NO DIA 2 DE OUTUBRO, JÁ QUE ELE SERÁ SENADOR POR PERNAMBUCO - POR ACLAMAÇÃO. HAHAHAHAHAHAHA....



03/09


2006

Enquete: Eduardo e Mendonça continuam empatados

Quem venceu o debate da TV-Clube entre os candidatos a governador de Pernambuco? A enquete acaba hoje. Por enquanto, Eduardo Campos, do PSB, e Mendonça Filho, do PFL, aparecem empatados, com 42% e 40%, respectivamente. Vamos votar, gente! Amanhã, logo cedo, postarei o resultado final da enquete.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Flavio Campos Neto

Empate ??? Vc não ta vendo que Eduardo esta na frente ? Depois não sabe o que é ser tendencioso...