O Jornal do Poder

27/09


2006

Candidato do P-SOL é acusado de apropriação indébita

O candidato à sucessão estadual do PSol, Edílson Silva, foi acusado pelos donos da Pró Marketing, produtora responsável por seu guia eleitoral, de apropriação indébita. A produtora havia parado de editar os vídeos depois que o pagamento de R$ 17 mil relativos ao trabalho executado não foi efetuado. A queixa foi registrada pelo dono da empresa, Igor Santos, ontem, na delegacia do Espinheiro. Em seguida, Santos seguiu para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para impetrar representação também na Justiça Eleitoral.

 O funcionário Márcio Alves contou que, na última sexta-feira, dia 22, o postulante esteve na sede da empresa e requisitou a fita onde estariam condensados todos os programas produzidos que não tinham sido liberados por conta do não-pagamento da dívida. Na data, Silva teria afirmado que já havia negociado o pagamento e pegou a fita sem que o funcionário tivesse tempo de checar a informação e copiou o conteúdo. Porém a peça não foi devolvida à empresa.

 Ainda segundo Alves, o conteúdo da fita foi utilizado na segunda-feira no horário do postulante. “Eu estou até ameaçado de demissão porque acreditei na palavra dele. Estamos aqui tentando reduzir nosso prejuízo”, afirmou Alves. Os representantes da empresa também solicitaram, por meio da representação, que a Polícia Federal seja colocada no caso com objetivo de realizar uma ampla investigação. O postulante foi procurado pela reportagem para comentar o assunto, mas não foi encontrado. As informações são da Agência Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

IVAN INÁCIO DE OLIVEIRA

EU QUERIA SABER PQ ESSA TAL PRO MARKETING ACIONOU A POLICIA FEDERAL. ESTRANHO.

IVAN INÁCIO DE OLIVEIRA

NO MÍNIMO MENDONÇA JÁ ENCHEU OS BOLSOS DOS DONOS DESSA TAL PRO MARKETING. SE ESSA EMPRESA FOSSE SÉRIA NÃO ESTARIA TRABALHANDO CONTRA O CANDIDATO QUE PAGA A ELA.

IVAN INÁCIO DE OLIVEIRA

O MAIS INUSITADO NISSO TUDO É A POLÍCIA FEDERAL SE METER NISSO. ISSO É MOSTRA DE QUE O APARELHO DO ESTADO ESTÁ A SERVIÇO DA IMUNDICIE BURGUESA. PERGUNTARAM SE O CONTRATO FOI FEITO POR EDILSOM OU PELO PSOL? DE QUEM É A DÍVIDA DE CAMPANHA? DO PARTIDO? DE EDILSOM? 17MIL?

Cesar Augusto R. Cavalcanti

Já falei para esse tal de Carlos que, 45 Nelles é o calibre das armas que matam duas pessoas a cada hora no estado de Pernambuco, graças a um governo incompetente, despreparado, do Jarbas pé de cana com o Merdoncinha. Não satisfeito com isso o tal Carlos ainda quer eleger o mamão do Alckmim.

Raimundo Eleno dos Santos

Isso é um causo de puliça. ............................................ Estou começando hoje essa cruzada: SALVE A FLORESTA ATLÂNTICA.PLANTE UMA ÁRVORE NATIVA.


Potencial Pesquisa & Informação

27/09


2006

Collor lidera disputa para o Senado em Alagoas

O ex-presidente Fernando Collor (PRTB) já lidera a disputa para o Senado em Alagoas, onde desbancou o ex-governador Ronaldo Lessa (PDT) e o deputado federal José Thomaz Nonô (PFL), que concorrem à vaga. A eleição de Collor pode ser uma das surpresas das eleições. A disputa mais importante, porém, ocorre no Amapá, onde o ex-presidente José Sarney sua a camisa para derrotar a candidata do PSB, Cristina Almeida, que disparou nas pesquisas. Dos 27 senadores cujos mandatos terminam este ano, somente três estão com a reeleição praticamente assegurada: Pedro Simon (PMDB-RS), Eduardo Suplicy (PT-SP) e Tião Viana (PT-AC).

No Rio Grande do Norte, o líder do governo no Congresso, Fernando Bezerra (PTB-RN), trava uma disputa ainda indefinida com a pefelista Rosalba Ciarlini. Outra virada na eleição ocorre em Minas, onde o pefelista Eliseu Rezende, ex-ministro do governo Itamar Franco e aliado do governador Aécio Neves, ultrapassou o ex-governador Newton Cardoso (PMDB).

No Pará, o senador Luiz Otávio (PMDB) foi ultrapassado pelo tucano Mário Couto (PSDB). Na Paraíba, outro governista da linha de frente está perdendo a eleição: o senador Ney Suassuna (PMDB), acusado de envolvimento com a máfia dos sanguessugas, está atrás do tucano Cícero Lucena. Outra derrota fabulosa pode ser a do ex-governador Gilberto Mestrinho (PMDB), no Amazonas. O senador Rodolpho Tourinho também está perdendo a eleição na Bahia. As informações são do Correio Brasiliense.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

A Justiça não encontrou nada contra Collor. Restaurar a sua dignidade ferida é mais que um dever. A sociedade Alagoana está fazendo isso. ..............Estou começando hoje essa cruzada SALVE A FLORESTA ATLÂNTICA.PLANTE UMA ÁRVORE NATIVA.

Carlos

Faça como Chaves, não se junte com essa gentalha! Vote fechado: Jarbas, Mendonça e Geraldo. 45 nelles!


Banco de Alimentos

27/09


2006

Queixa-crime contra Eduardo Campos

O PFL, na figura do seu presidente estadual, deputado André de Paula, entrou com uma queixa crime por calúnia e difamação na Justiça Comum contra o candidato a governador Eduardo Campos (PSB). A representação foi motivada pelas declarações do socialista no início desta semana, onde acusa o PFL de ser uma “gangue que tenta fazer da polícia uma atividade mafiosa”.

 

Nas ocasiões, Eduardo comparou as denúncias do suposto empresário Saulo Batista ao caso de Maria do Socorro, nas eleições de 2004. O pedido foi protocolado ontem. O caso envolvendo Coelho ainda foi explorado pelo pefelista, quando foi à Polícia Federal (PF), reunir-se com o superintendente Bergson Toledo Silva, e entregou um pedido para investigar a existência do suposto amigo de Coelho nos quadros da PF que estaria tentando prender Batista em flagrante.

 

O encontro foi mais uma questão de ordem política. Na prática, segundo a PF, o caso só será investigado após o TRE acionar a Polícia. As informações são da Agência Nordeste.

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

josinaldo de assis alves

no guia de ontem a noite ja deu para ver o dezespero de andre de paula.eduardo ja esta incomodando muita gente

Jorge Jose FErreira Chaves

O procurador Fernando Araujo já levantou suspeita do Saulo junto com o blog do jc, foi depor e nao apresentou nada, e preciso estar atento a essa pratica do pefele, como dizia jarbas no passado, o medo ja tomou conto de jarbas e MEDOnça, proibindo ate pesquisas, que esconde o Geraldo do guia.

Carlos

É Sacolinha, É Sacolinha É, É, É!!!!

ROBSON FERRAZ VIEIRA DE FRANÇA

Como é fácil desmascarar esse tal de Saulo o laranja. Dê uma olhadinha noslinks abaixo... http://noblat1.estadao.com.br/noblat/visualizarConteudo.do?metodo=exibirPosts&data=23/09/2006#post25903 http://images3.orkut.com/images/album/1/128/36223128.jpg .

Ricardo José Amorim Campos

"Eduardo o raivoso" nao sabe o q diz.



27/09


2006

Prefeito de Ipojuca exonera três familiares

O prefeito de Ipojuca, Pedro Serafim de Souza Filho (PMDB), exonerou espontaneamente, na última segunda-feira (25), três familiares que ocupavam cargos de confiança nos quadros do município. Foram atingidos pela medida o irmão do prefeito, Pedro Vasconcelos Souza, que trabalhava como chefe da Coordenação dos Conselhos Municipais; o filho dele, Pedro Serafim Neto, até então diretor de Controle Urbano da Orla; e uma prima, Dilma Lacerda, que ocupava o cargo de chefe de gabinete.

As exonerações ocorreram depois que o promotor de Justiça Miguel Sales ingressou, no último dia 19, com uma ação civil pública na qual pede a anulação dos atos de nomeação de 37 familiares do prefeito e de secretários municipais, incluindo mãe, esposas, filhos e cunhados. De acordo com o promotor, a exoneração espontânea dos três parentes não deve influenciar o andamento normal da ação.

“Independente de quem o prefeito venha a demitir por conta própria, ele tem que mandar para a Justiça a relação completa dos servidores que tenham algum grau de parentesco com ele e com os secretários”, declarou. A própria Lei Orgânica do Município, promulgada no dia 5 de abril de 1990, proíbe a prática do nepotismo. A legislação, no entanto, nunca foi de fato aplicada na cidade.

Além de requerer a exoneração de todos os parentes do prefeito e dos secretários, a ação ingressada pelo MPPE também pede à Justiça que condene a prefeitura a se abster de novas nomeações fora do disposto na Lei Orgânica, bem como contratar com dispensa ou inexigibilidade de licitação pessoas jurídicas cujos sócios ou empregados sejam parentes dos gestores. Em caso de descumprimento da ordem judicial, o MPPE pede que seja aplicada multa diária no valor de R$ 10 mil para cada um dos agentes públicos, os quais também poderão vir a responder à ação civil por ato de improbidade administrativa.As informações são do Site do Ministério Público de Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Prefeitos de Pernambuco UNÍ-VOS. O MP AGRADECE, A SOCIEDADE TAMBÉM. MÃOS À OBRA. DEFENESTREM SEUS FAMILIARES. CONVOQUEM CONCURSO PÚBLICO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS. ..Estou começando hoje essa cruzada SALVE A FLORESTA ATLÂNTICA.PLANTE UMA ÁRVORE NATIVA.



27/09


2006

Jornal espanhol diz que Lula "condena os seus"

 O diário ABC, da Espanha, traz em sua edição desta quarta-feira uma reportagem na qual afirma que ''Lula está disposto a tudo para se salvar e conseguir a reeleição neste domingo''.
Para isso, segundo o jornal, o presidente ''ligou o ventilador''.

''Os primeiros a receber os ares fétidos do que batizou como ''dossiêgate'' (...) são os mesmos que até há algumas semanas formavam seu círculo íntimo: o presidente do PT e ex-chefe de campanha, Ricardo Berzoini, os assessores presidenciais Freud Godoy e Osvaldo Vargas assim como, entre outros, seu amigo íntimo Jorge Lorenzzetti'', diz o texto.

Carregando nas tintas fortes, a enviada Carmen de Carlos descreve o que chama de ''efeito teflon'' do presidente Lula.

''Como uma frigideira nova, segundo as pesquisas, não lhe gruda suficientemente a comida (podre) do ''dossiêgate'''', escreve a repórter. ''Lula perdoa a si mesmo e condena os seus.'' As informações são da BBC.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Carlos

Não sabia, não via, não existia. Quem não Vê, também não existe. Geraldo 45 nelles!



27/09


2006

Kátia Telles diz que a Globo é antidemocrática

Por ter ficado de fora do debate entre os candidatos ao Governo de Pernambuco, promovido ontem pela TV Globo, a candidata do PSTU, Kátia Telles, junto com a militância fez um protesto na entrada da avenida Estrada de Belém, no Centro de Convenções, local do debate, e distribuiu uma nota de repúdio à atitude da emissora. “A Rede Globo compactua com essa situação antidemocrática”, disse a postulante. No documento, o PSTU acusa a Globo de também excluir o candidato do PCO, Oswaldo Alves, do encontro, e deixar a postulante de fora das entrevistas especiais feitas, durante a programação da emissora, com os outros candidatos.

 A nota diz que a justificativa da TV é de que uma resolução do Tribunal Superior Eleitoral apenas obriga a convidar os candidatos com representação parlamentar, mas a postulante rebate dizendo que a resolução não impede a emissora de convidar os demais candidatos. Kátia ainda ironiza a atitude da emissora alegando que na última pesquisa Ibope/Rede Globo sua candidatura “vem disputando a quarta colocação com candidatos que têm a tal representação parlamentar”. Diante disso, a postulante ainda acusa a emissora de desrespeito às mulheres, já que ela é a única mulher na disputa ao Governo do Estado. Kátia apareceu com 0,2% de intenção de voto na sondagem feita pela Folha de Pernambuco, em parceria com o instituto Opine.

 Depois de citar que a maioria dos partidos com representação estão envolvidos em denúncias de corrupção, o documento ataca a emissora, a postulante resolve partir para o ataque e faz duras críticas a emissora na nota distribuída ontem. As informações são da Folha de Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

IVAN INÁCIO DE OLIVEIRA

A DEMOCRACIA BURGUESA É ASSIM MESMO. SÓ TEM DIREITO QUEM TEM R$, NA CADEIA SÓ TEM POBRE E PRETO, NA ESFERA DO PODER SÓ SE ELEGE QUEM TEM R$, O CONGRESSO NÃO REFLETE A PIRÂMIDE SOCIAL.

Ricardo José Amorim Campos

Bonito isso: comunista falando em democracia.

Carlos

Esse pessoal que fala mais em democracia são os mais derespeitosos. É sina de ser baixo astral! Nunca terão vez, pelo bem do Brasil! Geraldo nelles! 45 nelles!



27/09


2006

Lula diz que ganhará eleição no primeiro turno

No seu último comício em Minas Gerais antes do primeiro turno das eleições, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição pelo PT, afirmou na noite de terça-feira que seus adversários ficaram ''atônitos e perplexos'' pelo fato de sua candidatura não ter sido afetada pelo escândalo envolvendo o chamado ''dossiê Serra''.

''Tem uma coisa nova acontecendo na política brasileira. Algumas pessoas que acharam que poderiam falar em nome do povo estão perplexas. O povo já aprendeu a ver com seus próprios olhos e eles não conseguem mais manipular o povo'', afirmou Lula para um público de 3.500 militantes presentes no comício em Belo Horizonte, segundo estimativa da Polícia Militar.

Pesquisa divulgada nesta terça-feira pela CNT/Sensus indicou que Lula permaneceu praticamente estável na preferência do eleitorado, mesmo diante das denúncias envolvendo lideranças partidárias e colaboradores diretos no episódio do dossiê.

Pelo levantamento, o presidente passou de 51,4 por cento, no final de agosto, para 51,1 por cento e seria eleito ainda no primeiro turno.

''Há um ano e meio, dirigentes do PSDB e do PFL, que não têm moral para falar de ética, chegaram a dizer que não precisavam tirar Lula do poder. Era importante o Lula sangrar, sangrar, sangrar para não ter força para enfrentar a eleição. Enquanto eles fizeram a ''operação sanguessuga'', eu fiz a operação transfusão de sangue com o povo, que me deu força para resistir'', disse o presidente.

Lula, que esteve em Belo Horizonte acompanhado do vice-presidente José Alencar e oito ministros, afirmou estar seguro que vencerá a eleição no primeiro turno, conforme indicam as pesquisas. ''Eles estão atônitos e perplexos com o que está acontecendo, mas eu falarei: eu ganharei a eleição no primeiro turno, para o desencanto de alguns.'' As informações são da Reuters.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Algum tempo passado comentei que TUCANO TEM VÔO CURTO. Com o Alckmin acontece o mesmo, o combustivel dele é o Zé do Apagão. Não pode ser diferente. Estou começando hoje essa cruzada: SALVE A FLORESTA ATLÂNTICA.PLANTE UMA ÁRVORE NATIVA.

Carlos

Como elle só mente...Segundo turno garantido! Geraldo 45 nelle!!!!!!!

É isso aí Lula, vamos vencer esssas eleições logo no primeiro turno, para não das condições àqueles que só querem o atraso social desse país. E em Pernambuco é Eduardo Campos, 40 o mais competente de longe e o candidato de Lula.



27/09


2006

São Paulo: Dossiê no debate

O candidato do PT ao governo de São Paulo, Aloizio Mercadante, aproveitou o primeiro debate televisivo a que compareceu o opositor José Serra (PSDB) para explorar denúncias sobre o envolvimento do empresário Abel Pereira, ligado ao prefeito tucano de Piracicaba e ex-ministro da Saúde, Barjas Negri, no esquema dos sanguessugas. Negri foi secretário-executivo do Ministério da Saúde na gestão de Serra e o substituiu na pasta em 2002. Mercadante apontou que a Polícia Federal abriu investigação contra o empreiteiro Abel Pereira, que também teria conquistado 40% das obras realizadas na administração de Barjas Negri na cidade do interior paulista.

- Todos os indícios são de que ele estava tentando comprar o silêncio da família Vedoin - afirmou o senador no primeiro dos quatro blocos do debate da TV Globo.

Os comentários de Mercadante não foram suficientes para arrancar reação imediata de Serra, e a quase totalidade do debate de mais de duas horas centrou-se em propostas de governo. Apenas nos comentários finais, Serra, à frente nas pesquisas de intenção de voto, mencionou o caso do dossiê. - Tentou-se armar uma grossa baixaria, que se revelou um tiro no pé - declarou. As informações são da Agência Reuters.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


27/09


2006

AL: Debate marcado por acusações entre candidatos

O debate entre candidatos ao governo de Alagoas foi marcado por acusações mútuas entre os quatro participantes: João Lyra (PTB), Teotônio Vilela Filho (PSDB), Lenilda Lima (PT) e Ricardo Barbosa (PSOL). Logo no início, o líder das pesquisas João Lyra justificou porque faltou ao debate anterior, da TV Alagoas/Band. ''Não fui ao debate da outra emissora porque pertence a meus adversários políticos'', justificou o deputado, referindo-se à família Sampaio, cujo patriarca Geraldo Sampaio é filiado ao PDT.

No primeiro bloco, os candidatos faziam perguntas aos adversários sobre temas específicos, previamente sorteados pelo mediador, o jornalista Alexandre Garcia. Lyra fez a sua justificativa após Ricardo Barbosa perguntar sobre investimentos.

Na réplica, Barbosa acusou Lyra de na condição de usineiro ter contribuído para endividamento de Alagoas e a falência do Banco do Estado (Produban), no início da década de 90. ''Eu nunca tive negócio com o Banco do Estado, portanto não ajudei na falência do Produban'', afirmou Lyra, que é um dos principais produtores de açúcar do país, com várias usinas em Alagoas e Minas Gerais.

Para Barbosa, as explicações de Lyra não foram suficientes, principalmente porque o ''deputado não explicou porque passou mais de dez anos sem pagar impostos, beneficiado pelo acordo dos usineiros''.

O candidato Téo Vilela respondeu pergunta do deputado do PTB sobre agricultura e falou que colocou a palavra ''Sertão'' na Constituição e foi um dos autores do Pronaf - programa responsável pela liberação de crédito para a agricultura familiar. Na réplica, Lyra disse que, apesar do Pronaf, os pequenos agricultores estão endividados com o Banco do Brasil e do Nordeste.

Saúde foi o tema usado por Vilela para pergunta à Lenilda, que criticou a falta de investimentos do Estado na saúde preventiva e o caos na Unidade de Emergência. Segurança pública foi o tema usado na pergunta de Lenilda a Ricardo Barbosa, que defendeu a criação de uma força-tarefa para combater o crime organizado e colocar os ''ladrões de colarinho branco'' na cadeia. ''Principalmente, os políticos do PT e outros partidos envolvidos em atos de corrupção'', alfinetou o candidato do PSOL.

Na réplica, a candidata do PT defendeu uma polícia cidadã e disse que como governadora terá coragem de enfrentar o crime organizado, a pistolagem e o crime de mando que assustam a sociedade alagoana. Do segundo ao quarto blocos, os candidatos tiveram a oportunidade de fazer perguntas entre si com temas livres. No terceiro bloco, o candidato João Lyra acusou Vilela de ter endividado a usina Seresta - de sua família - e ter contribuído com a falência do Produban.

O candidato tucano pediu respeito à memória do senador Teotônio Vilela, seu pai, ''que foi perseguido pela ditadura militar, enquanto você, João Lyra, lambia as botas dos militares.'' As informações são do Estadão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


27/09


2006

Quem venceu o debate na Globo?

Quem venceu o debate, ontem, na Globo entre os candidatos a governador de Pernambuco? Dê a sua opinião votando na enquete deste blog. Participe! O blog agradece.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

IVAN INÁCIO DE OLIVEIRA

O MAIS POLÊMICO E CONTUNDENTE FOI EDILSON.

Drácula

VAI DAR O DUDU.... O NÚMERO DE DESOCUPADOS DELE AQUI NO BLOG...É MAIOR QUE O DOS OUTROS CADIDATOS.....HAHAHAHA

Jorge Jose FErreira Chaves

Eu acho que venceu o debate foi o povo que pode ver cara a cara os seus candidatos, se mentir por um governo que nos quase oito anos so fez propagando e agora nas eleiçoes, continua a enganar o povo, se mentir e vencer Hitler tambem mentia.

Alexandre Kennedy Torres

Mendonça não está preparado para ficar sem Jarbas, ontem teve a oportunidade de mostrar o contrário e não conseguiu. Está dependência fica muito clara. O eleitor já percebeu e não vai votar. 40 NELES!!!!!!

Ricardo José Amorim Campos

quem venceu indiscutivelmente foi Mendonça. Ele foi homem e enfrentou a dulpa vampira-precatoriana com uma boa estrategia. quem reclama de mendonca se lembre que humberto e eduardo estao de conluio. Isso é ético?


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores