FMO janeiro 2020

16/09


2006

Médica metida a delegada assessorou Humberto na Saúde

A médica Ana Paula Soter, que deu voz de prisão, ontem, aos militantes da pefelândia que tocavam o forró dos sanguessugas e dos vampiros, na praia de Boa Viagem, no Recife, provocando uma confusão que acabou na Polícia Federal, não deu uma de delegada nem posou de cidadã por acaso. O blog descobriu, pasmem, que ela foi assessora de Humberto Costa no Ministério da Saúde e diretora de Planejamento da Prefeitura do Recife, em 2004. Eis abaixo onde aparece o seu nome no então expediente da equipe de Humberto.

Ministro de Estado da Saúde

Antonio Alves de Sousa

Secretário Executivo

Ana Paula Soter – Assessora Especial do Ministro de Estado da Saúde

Reneide Muniz da Silva – Assessora Especial do Ministro de Estado da Saúde

Monitoramento do Gabinete do Ministro de Estado da Saúde

Paulo Marchiori Buss

Presidente da Fundação Oswaldo Cruz - Fiocruz

Jamaira Moreira Giora

Diretora do Programa Farmácia Popular do Brasil

Arionaldo Bomfim Rosendo

Diretor Executivo do Fundo Nacional de Saúde

Jamaira Moreira Giora – Diretora do Programa Farmácia Popular do Brasil

Norberto Rech – Assessor Especial do Ministro de Estado da Saúde

Paulo Ernani Gadelha Vieira – Vice Presidente de Desenvolvimento Institucional, Informação e Comunicação - Fiocruz

Conselho Gestor do Programa Farmácia Popular do Brasil

Dirceu Brás Aparecido Barbano – Gerente de Projetos - Ministério da Saúde

Fernando José Marques de Carvalho - Diretor de Administração - Fiocruz

Hayne Felipe da Silva – Gerente Técnico do Programa Farmácia Popular do Brasil - Fiocruz

Comitê Técnico Executivo do Programa Farmácia Popular do Brasil

Elaboração do Manual Básico do Programa Farmácia Popular do Brasil.

Coordenação: Anamim Lopes da Silva e Dirceu Brás Aparecido Barbano

Colaboradores: Antônio Mallet, Cláudio Damasceno Raposo, Cristiane Teixeira Sendim, Eliane Cortez

Corrêa, Fernanda Junges, Fernando José Marques de Carvalho, Gilvan Ferreira, Hayne Felipe da Silva,

Isabel de Freitas Aoki, Jorge Luiz Faria Pessanha, Josinaldo da Silva Dias, Luciana Peres de Medeiros,

Luiz Roberto da Silva Klassmann, Márcio Magalhães das Neves, Nelson Santos Silva.

Fundação Oswaldo Cruz

Av. Brasil, 4.365

Manguinhos – Rio de Janeiro – RJ

CEP: 21045-900

(21) 2598-4242

Programa Farmácia Popular do Brasil

Esplanada dos Ministérios, Bloco G

Edifício Sede, 8º andar, sala 828

CEP: 70058 – 900 Brasília -DF

(61) 315 3361 / 315 3362

e-mail: farmaciapopular@saude.gov.br


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Drácula

NÃO ACITEM FALSIFICAÇÕES BARATAS... SE QUEREM VOTAR EM VAMPIIRO... VOTEM EM MIM....NÃO CAIAM NO GOLPE DO VAMPIRO PARAGUAIO....

Aonde vamos parar? Até delegada fajuta o Humberto arruma. É o fim do mundo.O Brasil virou piada nas mãos desses corruptos do PT. O Humberto se acha que está acima da lei.

Drácula

VAMPIRO AQUI SOU EU....E NÃO ACEITO CONCORRÊNCIA....

Francisco Filho

ALÔ MAGNO, NESSE MOMENTO DESFILA NAS RUAS DE BOA VIAGEM UM ALEGRE TRIO TOCANDO O FORRÓ DO MOMENTO. AGORA NÃO TEM MAIS JEITO. ESTÁ NA BOCA DO POVO.... VALEU "DOUTORA" ANA PAULA...O POVO AGRADECE O BOM SERVIÇO PRESTADO PELA SENHORA. CONSEGUIU ABRIR OS OLHOS E MUITA GENTE

Francisco Filho

AGORA ESTÁ EXPLICADO O MOTIVO DA DRª ANA PAULA SOTER TER REAGIDO COM TANTA FURIA. VESTIU A CARAPUÇA EXEMPLARMENTE. SENTIU-SE A PROPRIA VAMPIRA, OU FICARIA MELHOR SANGUESSUGA JÁ QUE ELA É DA ÁREA DE SAÚDE?


Prefeitura de Jaboatão

16/09


2006

Heloísa: A preferida da mídia

A preferida da mídia: será mesmo ela?

Desde setembro, uma equipe do Observatório Brasileira de Mídia, vem acompanhando as referências feitas na imprensa a cada um dos quatro candidatos à presidência da Republica.

A partir dos dados levantados, o tesoureiro do Observatório de Mídia, Kjeld Jakobsen, constata que há uma claríssima tendência dos jornais e revistas pesquisados favorável a Heloisa Helena. 


A avaliação é feita a partir de cinco jornais – Folha de S.Paulo, Estadão, O Globo, Jornal do Brasil e Correio Braziliense – e das quatro grandes semanais de informação, Veja, Época, IstoÉ e Carta Capital.

As matérias são avaliadas como “positivas”, “negativas” ou “neutras”.

Tomando uma semana como exemplo, entre os dias 2 e 8 de agosto último, a pesquisa levantou 433 notícias que possam ter influência na disputa sucessória.

Das 433, Lula teve 163 menções como candidato, 139 como presidente, Geraldo Alckmin recebeu 90, Heloísa Helena ficou com 24 e Cristóvam Buarque foi citado 12 vezes apenas.

Heloísa Helena, no entanto, foi quem teve o maior número de menções positivas.

Quase 50 % delas foram consideradas “positivas”.

Na mesma semana, cada candidato oscilou na faixa entre 20% e 50% entre as matérias positivas e negativas.

A exceção foi o “Estadão”. O jornal da família Mesquita teve 80% dos textos sobre Heloísa Helena classificados como “positivos”.

O índice de “positivos” foi de 68,2 % para Alckmin, enquanto Lula teve apenas 12,2 %.

Na mesma semana, no Estadão, 73,2% das matérias sobre Lula foram classificadas como “negativas”.

A registrar, a surpreendente “simpatia” de um jornal tido como
conservador no trato da candidatura ''rebelde'' - que se autoproclama socialista, de HH.

No caso das revistas, na mesma semana, há que se registrar o caso extremo de Veja.

Em 80 % das vezes, Lula foi tratado de forma “negativa” e em nenhuma vez a revista se referiu ao petista de forma “positiva”.

O outro extremo é a Carta Capital, a única publicação das pesquisadas que assumiu, em editorial, ter um candidato. No caso, Lula.

Ainda assim, na própria Carta Capital, Lula tem 66,7% de matérias “positivas”. Heloísa Helena teve 100 %.

Numa análise global, o analista Jakobsen registra uma perceptível simpatia da mídia com a candidatura Alckmin.

Que tem como contrapartida uma sensível antipatia com relação a Lula.

Até mesmo a quase unanimidade em favor de Heloísa Helena é vista por ele como um movimento antiLula, na medida em que o crescimento de Heloísa dificultaria uma definição já no primeiro turno.

Logo, essa tendência de favorecer o chamado fator HH seria, na realidade, uma tática pró-Alckmin.(Do blog de Tão Gomes Pinto)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Eduardo Peres Ramos da Silva

Heloísa Helena é bajulada por parte da imprensa porque ela é, ou era, a única esperança da turma de Alckmin por um segundo turno. O povo já observou que ela não respeita ninguém, é uma autoritária, e seus discursos com chavões de Diretório Acadêmico "localiza" bilhões de reais pra tudo.

Antonio Pereira

Este levantamento realizado mostrando o quanto Lula tem sido perseguido pela imporensa comprova a tese dee que apesar disto êle continua imbativel nas eleições. Este blog é um que tem agido com parcialidade.

guilherme alves

O grande problema da HH é o financeiro. O progama dela, ontem, foi reprise. A equipe composta por dez pessoas só volta ao trabalho com o pagamento que até agora não feito, e que eles não conseguem encontrar a HH. Deverá para manter o fator HH aparecer um salvador da pátria. Aí é onde entre a ética H


Cabo de Santo Agostinho

16/09


2006

ISTO É mostra participação de Serra nas Sanguessugas

 No auge da campanha eleitoral e na reta final, o candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB, José Serra, ganha destaque na revista ISTOÉ que vai às bancas neste fim de semana. "Donos da Planam afirmam que o ex-ministro José Serra está envolvido com a máfia das ambulâncias e entregam novos documentos sobre a distribuição de propinas", diz a chamada da revista, que já está disponível na Internet. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Normando Leite Cavalcante

Este episódio só mostra os golpes baixos que o PT sempre usou durante toda a sua existência. Com denúncias inverteram a ordem contitucional do País. Os homens de bem que provem que são corretos! A grana desse Partido é vasta. Depois, da cueca, e outros, surgem quase R$.2,0milhões para comprar fitas.

Saraiva

Ow povo desinformado viu?! A farsa já foi desmontada pela Polícia Federal, inclusive um petista foi preso com quase R$ 2 mi pela ação.

Antonio Pereira

Já está comprovada a participoação de Serra no esquma dos Sanguessugas. Mas êle terá o apoio da imprensa e o assunto na segunda-feira ninguem fala mais.

guilherme alves

a procedência e autenticidade da informação. O grande problema e o nó gárdio da questão é distinguir quem tá falando a verdade.

guilherme alves

Sabemos, pois ninguém é inocente em política, que os lobbies atuam de forma avassaladora desde os tempos da criação de Brasília - antes era no Rio de Janeiro- e a sociedade neste tempo onde a mídia - por interesses difusos , está mais implacáve, precisa de uma resposta onde não colocamos em dúvida


Prefeitura de Serra Talhada

16/09


2006

Agenda dos candidatos à Presidência

O candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, faz campanha no Sul do país. Pela manhã, o tucano caminha pelo Centro de Blumenau e no comércio de Brusque (SC). À tarde, ele se reúne com lideranças de Passo Fundo (RS) e visita o Centro de Tradições Gaúchas, em Lages (SC). À noite, Alckmin faz comício em Joinville (SC).

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), candidato à reeleição, faz comício em João Pessoa, Paraíba, e em Feira de Santana, na Bahia.

Cristovam Buarque, do PDT, visita "Feira dos Goianos" em Brasília (DF). Depois, ele faz caminhada no centro. A candidata do PSOL, Heloísa Helena, visita a Pastoral da Criança em Curitiba (PR). À tarde, ela grava entrevista para o programa "Brasil Nação", da TV Educativa do Paraná.

O candidato do PSDC, José Maria Eymael visita Feira de Caruaru, em Recife (PE). Depois, ele se reúne com pastores evangélicos locais.

Luciano Bivar, candidato do PSL, não tem compromissos de campanha previstos para hoje.  (Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


16/09


2006

Nota publicada em João Alberto

 Transcrevo nota carinhosa, com o título "Vento em popa",  publicada na coluna de hoje do meu amigo João Alberto, do Diário de Pernambuco, a quem agradeço de coração: "A partir do dia 2, Magno Martins vai comandar programa político, das 18 às 19 hortas, na Rádio Melodia FM 106.9. Na véspera, ancora toda a cobertura das eleições para aquela emissora. Hoje, Magno lança nova campanha do seu blog em outdoors em todo o Estado, com esta mensagem: O blog do jornalista Magno Martins virou mania. Mais de 600 mil acessos por mês".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Magno, voce merece mais do que isso! Você é competente! Parabéns

Normando Leite Cavalcante

Magno, voce está colhendo os frutos do seu trabalho com correção, lealdade e seriedade. Parabéns e muito sucesso.

Junancy Wanderley

“O blog do jornalista Magno Martins virou mania. Mais de 600 mil acessos por mês"......disse João Alberto Como leitor digo que: depois de conhecer o blog o convite para um retorno é imediato, “em função da sua objetividade, clareza, e a estética do mesmo”. Mais sucesso junancy www.junancy.com


Abreu e Lima - Prefeitura - Abreunozap

16/09


2006

Os tropeços de Lembo

"De pronunciamento em pronunciamento do governador de São Paulo, Cláudio Lembro, se tornam mais trôpegos os passos de Geraldo Alckmin nesta ínvia estrada eleitoral, ficando pelo caminho, porém, como panfletos políticos atirados ao vento, um conselho inesquecível, a ser observado pelo menos até o dia 31 do próximo dezembro: deixar Lembo no limbo faz mal à saúde eleitoral", avalia o jornalista e publicitário Marcelo Alcoforado, em artigo que acabo de postar em Opinião. Boa leitura!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Penso que o jornalista e publicitário Marcelo Alcoforado, também é poeta. O artigo tem algo de poético nas suas traçadas linhas. Gostei da leitura.Deveria o poeta ser mais presente com seus escritos.


Banco de Alimentos

16/09


2006

Humberto ou Eduardo? Não tenho bola de cristal

 Ao analisar, ontem, a pesquisa do Vox Populi, que apontou um crescimento de quatro pontos para o candidato do PT a governador de Pernambuco, Humberto Costa, lembrei que o levantamento ainda não indicava um cenário claro em relação ao candidato que enfrentará o pefelista Mendonça Filho no segundo da eleição.

Ressaltei que a diferença de Humberto para Eduardo Campos, candidato do PSB, era muito pequena, dentro da margem de erro, daí a razão de não fazer um prognóstico seguro sobre segundo turno. A pesquisa que o Diário de Pernambuco publica amanhã, antecipada, ontem, por este blog, só confirma o que havia abordado antes.

Ao contrário do Vox Populi, a sondagem do DP traz um quadro diferente, mostrando Eduardo Campos na frente de Humberto. Estão vendo que o jogo está mesmo embolado? Mesmo ultrapassando Humberto, Eduardo põe apenas três pontos de diferença, o que, convenhamos, é muito pouco, está na chamada margem de erro.

O que podemos concluir, portanto, é que o eleitor está dividido em relação aos candidatos da oposição. Uma hora declina preferência para Humberto, outra para Eduardo e assim vamos neste batido até as urnas em 1 de outubro. Pelo andar da carruagem, a decisão de Eduardo e Humberto será voto a voto, na apuração final.

Tanto pelos números do JC quanto pelos do DP era preciso ter bola de cristal para afirmar, com toda segurança e clareza, qual dos dois candidatos da oposição chegaria ao segundo turno. Assim, como cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguém, é melhor aguardar a reta final.

Reta final de duas semanas, que nos reservam muitas emoções e, seguramente, uma radicalização, mesmo que restrita aos bastidores, no duelo dentro da oposição entre Humberto e Eduardo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Tem-se que observar entre os dois o menos número de rejeição.Hoje, o quadro seria outros se as oposições tivesse optado por unirem-se:ARMANDO,HUMBERTO E EDUARDO.Gov.Vice e senado, assim nessa ordem.Essa chapa venceria no 1ºturno.Agora, todos querem ser estrelas!

Pelo que estamos vendo nas ruas de Pernambuco com a campanha de Eduardo Campos, temos a certeza que chegaremos ao segundo turno, pedimos à militância, que continue com esse compromisso e determinação pela campanha até às 17:00h de 01.10.2006, para consolidarmos esta vitória.


O Jornal do Poder

16/09


2006

Mendonça enfrenta reduto fechado de Eduardo

 O governador-candidato Mendonça Filho (PFL) fez carreata, ontem, em Sertânia, reduto de Eduardo Campos, candidato do PSB. Desta vez, ele estava acompanhado não apenas do ex-governador Jarbas Vasconcelos (PMDB), mas também dos senadores Marco Maciel (PFL) e Sérgio Guerra (PSDB). Apesar do bom volume de veículos nas carretas, o território estava bem demarcado.

Na maioria das casas se via muito material de campanha do rival Eduardo Campos (PSB), e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Para o pefelista, a grande concentração de eleitores contrários não poderia ser considerado um problema. “A aposta é no conjunto do Estado. Não centrada em uma determinada região. E queremos crescer homogeneamente. É natural (presença de adversários). Você tem aqui um candidato local, você tem uma base local deles. Respeito. Mas aonde a gente vai fortalece a posição”, avaliou, referindo-se aos candidatos que apóiam Eduardo em Sertânia.

Mendonça Filho isentou-se das narrações que vêm acompanhado os eventos da União. Em cada local, o locutor propaga o indiciamento de Humberto Costa (PT) pela Polícia Federal - ontem sem o “forrozão do vampiro” - e o escândalo dos precatórios. O pefelista também negou saber da apreensão de um mini-trio da aliança, ou o porquê. “Eu não vi. Não sei do que vocês estão falando. Eu não tenho condição de comentar uma informação que estou sabendo por vocês. Não estou descrendo do que vocês estão informando, mas não fica legal pra mim”, justificou. As informações são da Folha de Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Se o esvasiamento da campanha de Mendonça está nesse pé, no interior, precisando levar até Marco Maciel à tiracolo, ele(Mendonça) está ferrado. Vai haver 2t e vai perder.

prudencio godoy de melo galvao

Prezado Magno, gostaria q o nobre jornalísta, desse uma olhadinha, no depoimento do senador Mercandante na folhaonline, hoje sobre as acusaões contra o ministro José Serra, e se possível for e se isto lhe convíer, dê a sua opinião, muito obrigado.

O interiorano que tem possibilidade de saber melhor sobre a gestão Jarbas Mendonça, já decidiu, É Eduardo Campos, para que agora eles tenham vez.


Potencial Pesquisa & Informação

16/09


2006

Ideli, a "mala" do Congresso

 Os jornalistas que cobrem o Congresso escolheram os ganhadores do troféu “Os Malas da Legislatura”. Venceu, com 30 votos, a líder do PT no Senado, Ideli Salvatti. Em segundo não foi um parlamentar, mas um assessor do senador Amir Lando (PMDB-RO), Cid Furtado, especialista em atrapalhar repórteres. Os demais foram os senadores Wellington Salgado (PMDB-MG), com 21, e Eduardo Suplicy (PT-SP), com nove votos. A informação é da coluna de Cláudio Humberto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Francisco Filho

ESSA ILUSTRE SENADORA ME FAZ RECORDAR A FRENÉTICA DEFESA FEITA POR ELA EM PARCERIA COM OUTRO MALA O MAURICIO HANDS, DURANTE O MAR DE LAMA EXPOSTO NA CPI. ESSA DUPLA É DIGNA DE UM "RDD" NA PRES. BERNARDES

Paulin de Caruaru.

Essa daí junto com o Maurício Rands,mesmo não sendo Heloísa Helena,dá vontade de vomitar.



16/09


2006

Operação por um triz

No Mato Grosso, a Polícia Federal passou a noite de quinta trabalhando e não encontrou um só juiz federal que emitisse mandados de busca para a operação que apreendeu fotos e vídeos do ex-ministro da Saúde, José Serra, na Planam. A operação, revelada ontem neste site, mostrou que Luiz Antônio Vedoin, chefe da máfia, negociava o material com o PT por R$ 2 milhões. O dinheiro do negócio foi apreendido em São Paulo. A informação é manchete da coluna de Cláudio Humberto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

O T I P E R = NO JUDICIÁRIO HÁ JUÍZES QUE SÃO POLÍTICOS E POLÍTICOS QUE SÃO JUÍZES. O juiz é juíz 24 horas por dia.Terá sempre um plantonista à disposição das pessoas e das instituições. Essa de não encontrar juíz vejo razão(momento político).A PF estava trabalhando.