O Jornal do Poder

31/10


2006

Eduardo sela a paz de inimigos históricos em Arcoverde

Eduardo Campos (PSB), eleito governador de Pernambuco, tem conseguido operar milagres na política interiorana. Na festa da vitória em Arcoverde, a 250 km do Recife, ontem, por exemplo, os grupos da ex-prefeita Rosa Barros e do ex-deputado Israel Guerra, que vivem se digladiando, foram vistos desfilando juntos, em carro aberto.

 

Mas, diferente de Rosa, que tem tido uma postura discreta, Israel já deu entrevistas em emissoras do município anunciando que será o manda-chuva local, passando por ele, assim, consequentemente, a indicação dos cargos de segundo escalão no município.

 

Não se sabe, no entanto, que tratamento o governador eleito dará ao prefeito Zeca Cavalcanti, que apoiou Mendonça Filho (PFL), mas fez vistas grossas ao alinhamento de secretários e assessores da sua equipe ao palanque do socialista. Que, diga-se de passagem, não foram poucos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Ana,que surpresa!Melhorou da lapada?

Ana B. Holanda

EDuardo campos, o Grande. Vamos esperar para ver essa história. O tempo dirá. Tô rezando para que tudo saia bem....


Potencial Pesquisa & Informação

31/10


2006

Carrero dever ser diretor da revista Multicultural

O escritor Raimundo Carrero deve ser indicado pelo seu guru Ariano Suassuna para o cargo de diretor da Revista Continente Multicultural, editada pela Companhia Editora de Pernambuco. Discípulo fiel de Ariano, Carrero já teria sido convidado e estaria cuidando apenas de montar sua própria equipe para editar a revista. ''Padrinho'' intelectual do governador eleito Eduardo Campos, Ariano deverá funcionar como uma espécie de secretário sem pasta para assuntos artísticos e culturais.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ricardo José Amorim Campos

poxa. ja que pelo visto nos proximos 4 anos o foco será a cultura popular, será que seu eu escrever um cordel sobre "o reino encantado de lula; o retorno do rei sebastiao" a revista publicaria?

Ana B. Holanda

E o primeiro número da Continente vai ser um estouro. Sobre Ariano, o Cantor das Multidões.... Ai, ai...

roberto lima

Começou o acerto de contas!. O escritor merecia coisa melhor ou melhor seria ficar em casa escrevendo seus livros.!

adriano da mota silveira

com ariano na cultura o governo so vai patrocinar folhetos de cordel, cantador de embolada, rebeca, maracatu, reco-reco, banda de pifanos, bacamarteiros, zabumba, mestre salustiano, tonheta, cantador de feira e quinteto violado que ninguem aguenta mais

LUIZ MESQUITA

A campanha já acabou! Mas O APERREIO CONTINUA NÉ ANA?????kkkkkkkkkk!!!!!!!!!


Banco de Alimentos

31/10


2006

Sócios da Vicatur negam que conhecem petistas

Sócios da Vicatur Câmbio e Turismo Limitada, os empresários Fernando Manoel Ribas Soares e Sirley da Silva Chaves disseram ao delegado Diógenes Curado, da PF, que não conhecem ninguém do PT e que jamais negociaram dólares com representantes do partido. A empresa é apontada pela PF como origem de parte do R$ 1,7 milhão com que petistas pretendiam comprar o dossiê dos Vedoin com acusação contra dirigentes do PSDB.

Da agência, de Nova Iguaçu (RJ), saíram os dólares de parte da quantia a ser paga pelo dossiê, segundo a investigação presidida por Curado, delegado em Cuiabá.

Durante os interrogatórios, realizados no Rio, Curado perguntou aos sócios da agência se conheciam o prefeito de Nova Iguaçu, Lindberg Faria (PT).

Ribas Soares e Sirley Chaves negaram que conheçam o prefeito pessoalmente. Também negaram que tenham mantido contato com assessores do prefeito. Lindberg é cotado no PT do Estado do Rio como provável candidato a governador em 2010. As informações são da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/10


2006

SE: Déda vai a Brasília para encontro com Lula

O governador eleito Marcelo Déda (PT) embarca hoje cedo para Brasília. Além de parabenizar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), pela reeleição com mais de 60% dos votos válidos do país, ele vai mostrar os resultados de Sergipe no segundo turno da campanha e colocar, pelo menos, as primeiras reivindicações do Estado no novo governo, segundo o

''Sergipe tem quadros e resultados políticos que nos autorizam reivindicar'', disse Déda, no final da manhã de ontem, ressaltando que quer Sergipe no primeiro escalão do governo federal. ''Vou pedir, só não sei se vou conseguir, porque quem escolhe os auxiliares é o presidente'', afirmou, acrescentando ser fundamental que o Estado tenha força para pedir o que é ''direito dos brasileiros de Sergipe''.

Em entrevista à imprensa, no domingo, depois de votar no colégio Patrocínio São José, Déda destacou que o povo brasileiro não abriria mão da justiça social, modernidade, equilíbrio e respeito que o Brasil tem conquistado ao longo dos últimos quatro anos. ''O país sairá melhor das urnas com Lula fortalecido e cada vez mais compromissado com a melhoria da vida do nosso povo'', afirmou. As informações são do Jornal da Cidade. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/10


2006

CE: Alcântara aguarda Cid para dar início à transição

O governador do Ceará, Lúcio Alcântara (PSDB), informou na tarde de ontem, através de sua assessoria, que ainda não havia recebido ligação do governador eleito, Cid Gomes (PSB) para tratar da transição. No domingo, já sabendo que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tinha sido reeleito, com ampla maioria dos votos de eleitores cearenses, Cid afirmou que iria ligar ontem para o governador, a fim de tratar da transição governamental. A assessoria do governador eleito não manteve contato com ele até o final da tarde de ontem.

Cid declarou que pretende nomear uma equipe pequena, composta por no máximo sete pessoas, para buscar informações junto ao Executivo Estadual. A ligação seria para pedir ao atual governador o acesso dessa equipe a informações, “as mais diversas possíveis em relação a atual situação do governo do Estado”. Esta determinação do governador eleito já havia sido exposta publicamente logo quando ele soube da vitória, ainda no dia 1º de outubro,quando do primeiro turno da disputa. A fala foi proferida em Sobral, onde recebeu as primeiras informações sobre a apuração dos votos no Estado. As informações são do Diário do Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/10


2006

A "greve branca" dos controladores de vôo

 O Jornal do Brasil preferiu destacar em sua edição de hoje a chamada "greve branca" dos controladores de vôo do Cindacta 1 (Brasília), que acabou provocando a paralisação, por duas horas, dos vôos programados na região sudeste. Pelo menos oito aeroportos sentiram os efeitos desta mobilização.

 

 

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/10


2006

Lula garante a estabilidade econômica

 O presidente Lula teve de fazer uma pausa na sua comemoração ontem pela reeleição, para desfazer mais uma bobagem cometida por ministro que fala demais. Lula concedeu inúmeras entrevistas, para reafirmar que o segundo governo manterá a austeridade fiscal e que não havia decretado o fim da política econômica vigente. Sempre que falou aos jornalistas, Lula voltou a afirmar que não existe política econômica de Palocci e, sim, dele. 

 

 

 

Três dos principais jornais do país destacaram as declarações (O Globo, a capa não está disponível) do presidente reeleito. Ontem o mercado financeiro reagiu negativamente à frase do ministro Tarso Genro proferida no domingo, de que a reeleição de Lula significaria ''o fim da era Palocci''.  Dólar subiu, bolsa caiu e investidores estrangeiros correram atrás de informações, no Brasil, se era verdade que Lula provocaria um terremoto na Economia.

 

 

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ricardo José Amorim Campos

Ehehe Acabou a era "república Federativa do Brasil" e começou a do "Reino encantado do Lula". Com lula na qualidade de messias; o Rei Sebastiao reencarnado!

José Rodrigues da Silva

Concordo com o José Arnaldo, antanho prefeito de Olinda. Mas Zé, a eleição terminou e foi consagrado nas urnas a prosopopéia sofismática do Luiz. O 45 ao qual você se refere só pode ser aquilo que é sabido por uma pistola, ou não? Seria isso uma sugestão?

josé arnaldo amaral

... O LULLI$MO CANIBAL DEVORA AS PRÓPRIAS ENTRANHAS...E A DOS OUTROS.... E NEM FOI INSTALADO AINDA O I I REINADO ... O QUE SERÁ DO BRASIL DOENTE SOB ASSALTO DESSA SÚCIA ??? 45 NELLE$$$ ! ! !



31/10


2006

CE: TRE cassa mandatos de prefeito e vice de Ibaretama

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, ontem, cassou os mandatos do prefeito de Ibaretama, Raimundo Viana de Queiroz, e do vice-prefeito, Raimundo Nonato de Melo, eleitos pela coligação PDT, PMDB, PTN, PSC e PTC, por abuso de autoridade e abuso do poder político nas eleições de 2004, por cinco votos a um. A Corte decidiu que deverão ser realizadas novas eleições no município e, pelo mesmo placar, decidiu manter os mandatos dos vereadores Aldenor Freitas de Queiroz e Elíria Maria Freitas de Melo, também denunciados por captação ilícita de sufrágios. Os votos vencidos foram do juiz Augustino Lima Chaves. Cabe recurso das decisões ao Tribunal Superior Eleitoral.

A relatora foi a juíza Nailde Pinheiro, que recomendou a cassação do prefeito e do vice-prefeito, bem como a realização de novas eleições municipais. Acompanharam o voto da relatora o desembargador Rômulo Moreira de Deus, e os juízes Anastácio Marinho, Tarcísio Brilhante e Maria Vilauba Fausto Lopes. O juiz Augustino Lima Chaves manteve o voto contrário ao da relatora, por entender que não haveria a necessidade de realização de um novo pleito. O placar manteve-se na absolvição dos vereadores. Enquanto os primeiros não viram comprovação da captação ilícita de votos, o segundo defendia a cassação também dos vereadores. As informações são do Diário do Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/10


2006

RJ: Maia e Cabral prometem parceria

Mesmo estando em campos opostos nas eleições, o governador eleito Sérgio Cabral e o prefeito Cesar Maia prometem se unir para tocar projetos favoráveis ao Rio. O novo mandatário do estado e o chefe do Executivo da capital assinaram antes do primeiro turno documento com 30 compromissos. Eles garantem que cumprirão.

O texto tem medidas nas áreas de segurança, educação, saúde, saneamento básico, meio ambiente, transportes, habitação, inclusão social e Jogos Pan-Americanos. Prioritariamente, ambos se comprometem a abrir mão de todas as disputas judiciais públicas em curso.

A Guarda Municipal assumiria tarefas hoje da PM, como o registro de acidentes de trânsito sem vítimas e o controle de pequenos delitos. Por outro lado, a polícia estadual daria apoio a ações de controle de crescimento de favelas.

Pelo acordo, escolas do Ensino Fundamental seriam municipalizadas e as de formação de professores teriam administração conjunta. Cesar, que está na Nicarágua, deve se encontrar com Cabral daqui a 10 dias. As informações são do O Dia Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/10


2006

BA: partidos já disputam vagas no governo Wagner

O governador eleito Jaques Wagner (PT) começa a tratar da formação do novo secretariado hoje, em reunião com a executiva estadual do PT, na Fundação Luís Eduardo Magalhães, mas os partidos que o apóiam já iniciaram a disputa por cargos do futuro governo há pelo menos duas semanas. Parlamentares do PMDB e PCdoB, aliados oficiais, além do PDT e do PSDB, já discutem quantas pastas caberá a cada partido. O objetivo é apresentar um “prato feito” a Wagner, nas conversas  desta semana com o governador eleito.

Os partidos têm poder de barganha, pois Wagner, que não conseguiu eleger maioria na Assembléia, vai precisar do apoio de parlamentares de siglas que não fizeram parte da coligação com o PT. Desde a semana passada, a movimentação dos aliados alertou o PT, tamanha a voracidade das siglas por cargos. Essa foi uma das razões que levaram a executiva estadual petista a antecipar o encontro com Wagner.

O PT teme, inclusive, que outra legenda conquiste a preferência de Jaques Wagner na indicação de um candidato à presidência da Assembléia. Para os petistas, isso seria pior do que não poder indicar o titular da Secretaria da Fazenda. Além disso, os petistas sabem que só terão chances reais de vencer a disputa pela presidência da Assembléia se a bancada que dará sustentação ao futuro governo tiver candidato único, pois a oposição, comandada por um PFL formado por 16 parlamentares – a maior bancada – será forte, numerosa e terá cacife para manter o poder na Casa. As informações são do Correio da Bahia.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha