O Jornal do Poder

31/10


2006

Eduardo discute com Lula refinaria de Pernambuco

O governador eleito de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), deixou há pouco o Palácio do Planalto após reunião de trabalho com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A repórter do blog em Brasília, Ana Silveira, acompanhou a visita de Eduardo ao presidente reeleito. Antes de reunir-se com Lula no Planalto, Eduardo almoçou com o presidente em sua residência oficial. Além de discutir por mais de três horas com Lula assuntos de interesse de Pernambuco, também conversou sobre o cenário político nacional.

 

Ao deixar o Planalto, Eduardo disse que vai integrar a comitiva de Lula em viagem à Venezuela no dia 12/11 para discutir a instalação da refinaria de petróleo no Nordeste brasileiro. Eduardo afirmou que vai tomar frente da negociação com os venezuelanos para a instalação da refinaria em Pernambuco. O estado foi escolhido para sediar a nova refinaria de petróleo do país numa parceria da Petrobras com a empresa venezuelana PDVSA, no Complexo Industrial e Portuário de Suape.

 

“Nosso objetivo é garantir o cronograma de instalação da refinaria”, disse o governador eleito.

 

Eduardo também conversou com o presidente sobre a renegociação das dívidas do governo de Pernambuco com a Caixa Econômica Federal, da ordem de R$ 240 milhões.  Ele disse que deseja resolver o impasse já que, com a dívida, Pernambuco não pode conseguir linha de crédito de financiamento junto à Caixa para saúde e educação. “O presidente disse que há uma boa vontade do governo em resolver isso, até porque o meu antecessor participou de várias reuniões”, afirmou Eduardo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Querida Renata Lima, concordaria em gênero, número e grau se o Presidente da República fosse FHC ou Alckmin.

renata lima

Aposto um ovo que a refinaria não sai, só passou de toque publicitário para as campanhas estadual e federal. Já sei a desculpa foi o sócio chaves não está com condicões agora fica para proximo das eleições municipais. Pobre Brasil Pobre Pernambuco

Raimundo Eleno dos Santos

cALMA, CALMA, O BRASIL NÃO VAI ACABAR. O LULA PODE SE ACABAR. CALMA GENTE, DEIXE O HOMEM DESCANSAR...

Essa refinaria é uma estorinha de trancoso, é para quem acredita em Papai Noel. Foi criada como obra eleitoreira, apenas para reeleger Lula.

Ana B. Holanda

Vamos rezar. A coisa é séria.... Quando um falha.... Mas quando os dois começarem a falhar , é rezar para os Deuses.....


Potencial Pesquisa & Informação

31/10


2006

Berzoini poderá voltar à presidência do PT

O deputado estadual Jilmar Tatto (PT-SP), recém-eleito para a Câmara Federal, que participará da reunião da Executiva Nacional do partido, em Brasília, na tarde desta terça-feira (31), disse acreditar que o presidente licenciado do PT, Ricardo Berzoini, deve voltar à presidência do partido o mais rápido possível.
 
"É o caminho natural. Ele foi eleito, escolhido para ser o presidente", declarou Tatto, que é 3º vice-presdente da Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores. Ricardo Berzoini, que se licenciou do cargo depois de ver seu nome envolvido no casso do suposto dossiê contra candidatos tucanos, não participará da reunião desta tarde na capital federal. Informações do Portal G1.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LMVC

Não so o Berzoini, mais todos os Lalaus do PT que se afastaram temporariamente para Lula se reeleger voltaram e por cima, com mais moral do que tinham antes. Assim é o verdadeiro modo do PT governar!!!!

Esse rapaz, só deveria ter acesso a alguma função no partido, após ser avaliado como não responsável pelas acusações, e se for comprovado, tem que ficar de fora. Só assim Lula conseguirá limpar os picaretas do PT, e dessa forma as patuscadas talvez acabem.


Banco de Alimentos

31/10


2006

PFL espera que Roseana “jogue a tolha”

A cúpula do PFL espera que a senadora Roseana Sarney (PFL-MA), candidata derrotada pelo adversário Jackson Lago (PDT) ao Governo do Maranhão, tome a iniciativa de deixar o PFL antes que seja concluído o processo disciplinar que prevê expulsão dela do partido por infidelidade. Roseana apoiou a reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo uma liderança do PFL, a idéia é “que o constrangimento seja tamanho que ela saia espontaneamente”.

De acordo com outra liderança, “o PFL deverá deixar Roseana como um cadáver dependurado”. O objetivo é impingir à filha do senador José Sarney (PMDB-AM) um desgaste cada vez maior que a obrigue “jogar a tolha”.

A Executiva Nacional do PFL não deve discutir hoje a situação da senadora Roseana Sarney (PFL-MA), no entanto, inevitavelmente o assunto deverá ser tratado na próxima semana.

“A (saída) vai acabar sendo o caminho natural. Ela divergiu do partido durante quatro anos”, afirmou o líder do PFL na Câmara, deputado Rodrigo Maia (RJ) que afirma ter “boas relações” com a senadora.

“Fica difícil o partido aceitar um parlamentar, com a importância de Roseana, votar contra (o PFL) e se aliar ao adversário”, condenou Maia. Informações da Agência Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

guilherme alves

O PFL, também, imitará o partido do suplente, ou seja, ficará esperneando em cima de Roseane Sarney. Porém não tomará, por tibieza, nenhuma atitude com o conjunto de prefeitos que apoiaram Lula tanto no primeiro como no segundo turno.

roberto lima

Lula sabidamente tinha ao seu lado uma "quadrilha" segundo o procurador. Ele (há alguns anos) fez sérias acusações à familia sarney. O que mudou? Sua opinião sobre os sarney, ou pretende formar um outro grupo sememelhante ao que foi defenestrado pelo povo (dirceu, jefferso do cheque em branco, ...)

merecia passar, também pelo processo de avaliação ético partidário do PFL?

Embora eu não tenha absolutamente nada com isso, pois sou vitorioso nessas eleições com Eduardo Campos, porém não posso deixar de dar minha opinião nesse absurdo. O Mendonça se deixassem faria o mesmo que roseane depois de muita pressão ele falou que apoiaaria o Alckmin. Será que ele também não

Raimundo Eleno dos Santos

Sairá do PFL se tiver garantida um Ministério, ou pelo menos uma Secretaria. Tem qualificações. Isso poderia resultar no enteirrio do PFL. Apesar de derrotada no Maranhão tem força suficiente para conquistar esse espaço. Creio que seria bem-vinda ao PMDB governista...o pai já é.



31/10


2006

Presidente da Petrobras nega ida para a Fazenda

O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, negou hoje que vai ocupar o Ministério da Fazenda, no lugar de Guido Mantega, no segundo mandato do presidente do Luiz Inácio Lula da Silva.

A mudança do titular do Ministério da Fazenda começou a ser cogitada antes mesmo da reeleição do presidente Lula. Segundo rumores do mercado, entre os nomes cotados para ocupar a pasta estariam Gabrielli e o prefeito de Belo Horizonte (MG), Fernando Pimentel.

"Isso é tudo especulação. Não há nenhum fundamento real. Não há nenhuma realidade no que está saindo na imprensa", afirmou Gabrielli, durante almoço para apresentar dados sobre a Petrobras no Rio de Janeiro.

O presidente da Petrobras respondeu a um gracejo do presidente da Associação Comercial do Rio de Janeiro, Olavo Monteiro de Carvalho, que disse ser mais útil ao Estado a continuidade de Gabrielli à frente estatal no Rio. Informações da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Lula coloque o Mecadante, no Minisatério da Fazenda, que vai ser show de bola.



31/10


2006

Bola cheia

Uma prova do prestígio do governador eleito de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB): acabou de deixar o Palácio do Alvorada, onde almoçou com o presidente, no mesmo carro de Lula. Seguiram para o Palácio do Planalto. Lá, o encontro prossegue. Depois, Eduardo fará um relato da conversa para os jornalistas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

inclusives todos vocês da oposição. Aguardem.

Aí, Ana Holanda meus Pêsames, gostaria que fizesse uma oposição coerente, pois não a queremos no nosso quadro. Agora vocês vão ver como se governa para o povo quando temos condições, porque o que fizeram com Dr. Arraes, foi um absurdo, agora com Lula e João Paulo sintonizados, todos vão ganhar,

Ana B. Holanda

Vamos ver no que dá essses passeios palacianos.....

LULA E EDUARDO! É A FORÇA DO POVO!

Ainda exsite almas penadas de Mendonça por aqui? Ainda tem a cara de pau pra vir falar baboseira? Faça como seu guru Jarbas. Viaje pra Lisboa (o que deve ter lá de tão interssante?!) e fique a semana toda passando Hipoglós no seu "monossílabo" que deve tá ardendo!

Se isso resultar em verbas para PE, tudo bem. Mas se ficar só no lero-lero?



31/10


2006

TJ envia pedido de prisão de Palocci ao STF

 O Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo enviou nesta terça-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de prisão preventiva feito pelo Ministério Público contra o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci. O juiz da 4ª Vara Criminal de Ribeirão Preto Lúcio Alberto Ferreira, para quem o pedido tinha chegado inicialmente, decidiu enviá-lo ao STF porque, por ter sido eleito deputado nas eleições de 1º de outubro, Palocci tem foro privilegiado.

O Ministério Público de São Paulo pediu a prisão preventiva de Palocci por seu suposto envolvimento em casos de corrupção entre 2001 e 2002, quando o ex-ministro e agora deputado eleito era prefeito de Ribeirão Preto.

De acordo com a Polícia e os procuradores que participam da investigação, existem provas de que Palocci tem responsabilidade em diferentes fraudes nos contratos assinados pela Prefeitura de Ribeirão Preto com as empresas responsáveis pela coleta de lixo nesta cidade de São Paulo.

Palocci esteve à frente do Ministério da Fazenda de janeiro de 2003, quando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assumiu o mandato, até março passado, quando renunciou pressionado por outro escândalo de corrupção e acusado de abuso de poder.

Em seu pedido à Justiça, o Ministério Público pediu a prisão preventiva de Palocci e de outros nove acusados por 48 crimes de peculato, 48 de falsificação de documentos e um por formação de quadrilha. Caso sejam considerados culpados de todos os crimes, cada acusado pode pegar até 225 anos de prisão. Palocci também é acusado dos crimes de prevaricação, calúnia e violação de sigilo bancário e sigilo funcional em outro caso. Informações do JB Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Nunca fui simpatizante do Palocci, mas acho que também se deveria investigar um pouco aquela história mal contada pelo caseiro Francenildo que arrumou um "pai bondoso" de última hora depositando quantias milionárias em sua conta. E esse painho era do PSDB. Estranho não?

Ricardo José Amorim Campos

poxa, magno. Se o PT continuar, escandalo toda semana, seu blog terá que mudar: ser um blog policial!



31/10


2006

Severino: "Minha volta só depende de Eduardo"

O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Severino Cavalcanti (PP-PE), que não conseguiu recuperar o seu mandato e, na condição de primeiro-suplente torce para que o governador eleito do Estado, Eduardo Campos (PSB), convoque algum federal da coligação oficial para o seu secretariado, reapareceu no cenário político.

Todo prosa, faz, neste momento, uma visita ao plenário da Assembléia Legislativa de Pernambuco, ao lado da filha, deputada estadual Ana Cavalcanti, também não reeleita. Severino ganha os afagos dos deputados Manoel Ferreira(PFL), Roberto Liberato (PFL) e Sílvio Costa (PMN). Com quem conversa, Severino diz que alimenta esperanças de voltar ao Congresso. ''Só depende de Eduardo'', repete ele.

Severino foi tratado com carinho e festa por todos os deputados, inclusive da esquerda, como a petista Tereza Leitão. A maioria o recebeu com palminhas costas, tratando-o de "futuro deputado".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Mariana

Severino pode contar com Eduardo ele tem que ter vc no cngresso como laranja

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Realmente Severino e Inocêncio são fisiológicos e patrimonialistas e Eduardo vai ter que ter muito cuidado. Afinal de contas eles vem de uma boa escola, a mesma escola de Mendoncinha a qual Jarbas se juntou : Arena, PDS e PFL.

LMVC

Não se preocupem, com Dudu Beleza é assim mesmo!! Ele vai com certeza chamar alguem para Severini assumir, pois Severino assim como Inocêncio não apoiam ninguem de graça!!!!

Prá ser bastante sincero, o correto seria o Severino Cavalcanti ficar fora, pois a ação da renúncia pelo motivo que foi, deveria dar a ele no mínimo 10 anos de afastamento político no Brasil, quero informar aos navegantes, que a Reforma Política vem aí, para corrigir esses absurdos.

Paulin de Caruaru.

O homem que devolveu Severino mensalinho à camara.Mancha a biografia de qualquer um.Cuidado Dudu.



31/10


2006

Líder do PFL sugere candidatura própria em 2010

O líder do PFL na Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (RJ), disse que o partido deve se preparar para lançar candidato próprio à Presidência em 2010. Segundo ele, esse é o “caminho natural”.

“Mesmo que não seja uma candidatura favorita em 2010, mas que a gente possa colocar as nossas idéias, as nossas propostas. E isso acaba ajudando o PFL no Brasil inteiro”, afirmou Maia.

Nas últimas eleições, o PFL se coligou ao PSDB, indicando o candidato a vice na chapa de Geraldo Alckmin: o senador José Jorge, de Pernambuco.

Apesar de sugerir candidatura própria, o líder disse que o PFL continuará fazendo oposição junto com o PSDB, votando de forma conjunta na maioria das vezes, porque “os dois são contra o projeto de poder do presidente Lula”.

A Executiva do PFL se reúne esta tarde, quando pode ser debatida a linha de oposição ao governo Lula. O partido também deve discutir o futuro da senadora Roseana Sarney (MA), que apoiou a candidatura de Lula. “Acho que a história dela dentro do PFL está chegando ao fim”, disse Maia.

Roseana concorreu ao governo do Maranhão e foi derrotada por Jackson Lago (PDT), apesar de ter subido no palanque ao lado de Lula durante a campanha.

O PFL perdeu representatividade nos estados, pois elegeu um único governador, José Roberto Arruda, no Distrito Federal – contra quatro em 2002. Na Câmara, elegeu o mesmo número de deputados que o PSDB (65), ficando atrás de PMDB (89) e PT (83). No Senado, passou de 16 para 18 cadeiras. Informações do Correio Web.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Só a oligarquia Maia do Rio de Janeiro nã percebeu ainda que o PFL é um partido em estado terminal. O velho e coronelista PFL está morrendo por inanição, querer modernizá-lo é improvável e ressuscitá-lo é uma tarefa missão quase impossível.



31/10


2006

Equipe de transição ocupará prédio do Banco do Brasil

O coordenador da equipe de transição do governador eleito de Pernambuco, Eduardo Campos, João Lyra Neto (PDT), visitou há pouco, em companhia do vereador Danilo Cabral, também da equipe, e de Sileno Guedes, diretor do Metrorec, as instalações da sede do Banco do Brasil, no bairro do Recife, local onde funcionará o Comitê de Transição. A área cedida pelo Banco do Brasil abrange todo o sexto andar. “A estrutura é maravilhosa, perfeita, do jeito que estávamos querendo”, disse João Lyra ao deixar a sede do Banco do Brasil.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/10


2006

RJ: Rosinha diz que espera governo de continuidade

Depois de mais de duas horas de conversa com o governador eleito Sérgio Cabral Filho (PMDB), a governadora Rosinha Garotinho, do mesmo partido, disse hoje que espera um governo “de continuidade do desenvolvimento do Rio de Janeiro”. Ao ser questionada sobre a intenção de Cabral de reduzir de 30 para 15 o número de secretarias estaduais, Rosinha respondeu: “cada um tem sua forma de governar”.

Cabral, que manteve uma certa distância de Rosinha e de seu marido Anthony durante a campanha, não quis comentar a expectativa de continuidade da administração. O governador eleito disse que a redução da máquina pública será feita “com calma”, depois que a equipe de transição estudar todos os dados da administração estadual.

Cabral já deixou o Palácio Laranjeiras e embarcará para Brasília onde terá uma reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no final da tarde. O governador eleito visitou Rosinha Garotinho acompanhado da mulher, Adriana, e do vice-governador eleito, Luiz Fernando Pezão.  As informações são do Correio Web.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha