O Jornal do Poder

31/10


2006

PF nega coação a jornalistas da revista Veja

A Polícia Federal negou hoje que tenha havido qualquer tipo de intimidação ou coação de três jornalistas da revista Veja, ouvidos nesta terça-feira no inquérito que apura um suposto encontro entre o ex-assessor do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Freud Godoy e Gedimar Passos, um dos petistas presos com o dinheiro que seria usado na compra do dossiê Vedoin.

Por meio de assessores, o delegado Moysés Eduardo Ferreira, encarregado do caso, confirmou que colheu os depoimentos dos três repórteres entre 10h30 e 13h30. Ele ressaltou, no entanto, que todos os procedimentos transcorreram dentro da normalidade. Ainda segundo o delegado, as três oitivas foram devidamente acompanhadas por uma procuradora do Ministério Público Federal e por uma advogada da Editora Abril, que edita a revista. Informações do CorreioWeb.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fabio Henrique Cavalcanti Pedrosa

Será disso para pior.

Fabio Henrique Cavalcanti Pedrosa

Será disso para pior.

Me faz lembrar os métodos de Hitler.

José Rodrigues da Silva

Este nosso pobre país saberá quando a intolerância dos embusteiros petistas cristalizar-se. Não existe outro caminho, essa empulhação mais dia menos dia se mostrará clara como a luz do dia. isso não vai certo, não é torcer contra, [e pura constatação!!!


Potencial Pesquisa & Informação

31/10


2006

Veja acusa Polícia Federal de abuso a jornalistas

O site da revista Veja na internet informa que três de seus jornalistas sofreram "abusos, constrangimentos e ameaças em um claro e inaceitável ataque à liberdade de expressão garantida na Constituição" durante depoimento nesta terça-feira, na Polícia Federal de São Paulo.

Segundo a revista, "a pretexto de obter informações para uma investigação interna da corregedoria sobre delitos funcionais de seus agentes e delegados", a PF intimou cinco jornalistas a prestar depoimentos. Todos eram responsáveis pela apuração de reportagens que relataram o envolvimento de policiais em uma "operação abafa" destinada a afastar Freud Godoy, assessor da presidência da República, da tentativa de compra do dossiê Vedoin.

Desses jornalistas intimados, o delegado Moysés Eduardo Ferreira ouviu nesta terça Júlia Duailibi, Camila Pereira e Marcelo Carneiro. Segundo os jornalistas, a inquirição se deu não na qualidade de testemunhas, mas de suspeitos. "As perguntas giraram em torno da própria revista que, por sua vez, pareceu aos repórteres ser ela sim, o objeto da investigação policial", diz o texto. Segundo a Veja, não houve violência física, mas o relato dos repórteres deixa claro que foram cometidos abusos, constrangimentos e ameaças.

A revista cita vários momentos de constrangimento enfrentados pela jornalista Julia Duailibi durante o depoimento, como perguntas sobre os motivos pelos quais ela escrevera "essa falácia" e acusações da revista para "fabricar" notícias contra a Polícia Federal.  Informações do CorreioWeb.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulin de Caruaru.

O Pessoal da imprensa se prepare que vai ser daí pra pior.Ou se transforma numa Carta Capital ou vai sofrer pressão.Tem que resistir.

Me faz lembrar a policia de Hitler. Nem na revolução tivemos esses métodos sujos. isso é uma vergonha é um atentado a livre imprensa.

Fernando Vieira

e tem mais, vc não vai rir na cara de ninguém porque vc se esconde debaixo de um pseudônimo desde agora, demonstrando as qualidades que tem. ou seja, qualidade nenhuma. tire o véu Maria. mostre a cara. ou tu tens vergonha do que és?

Fernando Vieira

Engana-se "Mariazinha"... a VEJA já está vendida há tempos minha filha. Vendida e mal paga. Esse povinho da DIREITA que sempre se locupletou agora está sentindo nas vísceras!! isso é bom. é sinal que o PAÍS está mudando. e a mudança, minha querida, é profunda. começa pelas raízes, pelo POVO.

Mariazinha do Sertão

Vamos lá, é Mula de novo com o coice no povo, já estava demorando, como ñ conseguiram comprar a Veja ainda , tentaram de forma mais prepotente , estamos em meio a um mar de lama, e ñ se adimirem qdo a censura voltar a vigorar ... kkkkkkkkkk... eu vou rir da cara de vcs ...


Banco de Alimentos

31/10


2006

Lula: "Nome de meu 2º mandato é desenvolvimento"

Em pronunciamento em cadeia nacional de rádio e TV, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) agradeceu a todos os brasileiros que foram às urnas celebrarem o rito democrático do voto, o qual classificou de o mais sagrado. Ele reiterou o compromisso de fazer um segundo mandato dando prioridade ao desenvolvimento, à distribuição de renda e à educação.

- Volto a afirmar que o nome do meu segundo mandato será desenvolvimento - afirmou o presidente reeleito.

Para conseguir realizar suas propostas, Lula conclamou toda a sociedade, a começar pelas lideranças políticas e movimentos sociais, para juntos construírem uma agenda comum de temas de interesse geral.

- É um chamamento maduro e sincero feito por um presidente que está saindo de uma vitória expressiva nas urnas, que conta com o apoio majoritário dos governadores eleitos e que terá uma base sólida no Congresso Nacional, mas já tem experiência suficiente para saber que para fazer as coisas com a velocidade que o Brasil necessita é preciso contar com o empenho e a boa vontade de amplos setores da vida nacional.

Lula disse que encerrada a disputa eleitoral o que interessa a todos é a vitória do Brasil.

- Pois os verdadeiros adversários são a injustiça social, a desigualdade e as várias formas de atraso que atravancam a vida nacional. Uma eleição não é um fim, mas um começo - afirmou o presidente.

Lula também aproveitou a oportunidade para cobrar, em especial da oposição, a aprovação no Congresso Nacional de matérias importantes para a sociedade, como a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa e as reformas tributária e política.

-É necessário, igualmente, criar um clima de profunda responsabilidade republicana para a discussão e votação de reformas importantes, a começar pela reforma política. É preciso, também, a união das forças regionais em favor de projetos de desenvolvimento já em curso e que trarão progresso para todos os estados do país.

Sobre o processo eleitoral, o presidente reeleito disse que tivemos uma das eleições mais transparentes e democráticas de toda a história.

- E isso não se deu por acaso. Isso ocorreu por causa do amadurecimento de nossas instituições, da postura dos candidatos e, muito especialmente, da ação e vigilância do nosso povo. Houve, ainda, um fator inédito e decisivo: pela primeira vez o Brasil enfrentou uma disputa presidencial sem nenhum tipo de abalo econômico, seja antes, durante ou depois das eleições. A estabilidade é uma das conquistas que precisamos manter e ampliar. Mas temos, também, várias outras. E elas ficaram muito claras nestas eleições.

Lula também tocou no ponto da necessidade urgente e necessária de o país diminuir as desigualdades regionais, uma das bandeiras do seu governo.

- O Brasil tem ainda uma enorme dívida social a resgatar, um grande atraso político a vencer e questões éticas a discutir e superar.

E voltou a afirmar que no que depender dele, estará empenhado em que os órgãos de investigação e da Justiça apurem todas as denúncias de corrupção e que os verdadeiros culpados sejam exemplarmente punidos.Informações do JBOnline.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulin de Caruaru.

É o "espetáculo do crescimento".Já ouvi isso em algum lugar.

José Rodrigues da Silva

Esse cidadão (?) que ocupa o cargo de Presidente é tão perdido "administrando" o país, quanto um cachorro que cai de um caminhão de mudança! Viva Dudu! VIVAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!



31/10


2006

Refinaria: o primeiro mote do Governo Eduardo

Na primeira audiência com o presidente Lula, hoje, em Brasília, o governador eleito de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), priorizou a pauta da refinaria no Estado, uma promessa do Governo Federal que até o momento não saiu do papel. Continua no campo das boas intenções.

 

Eduardo não poderia ter tido uma iniciativa mais feliz. Há uma grande expectativa no Estado quanto ao início das obras da refinaria. Estranha, entretanto, o silêncio da Venezuela, parceiro do projeto. Não se ouve, há tempo, um pio do presidente Chávez sobre o assunto.

 

A PDVSA, que se associou à Petrobras no projeto, não mandou mais ninguém a Pernambuco, não se manifesta sobre absolutamente nada no que diz respeito ao cronograma da obra. Está lá em Suape apenas a pedra fundamental. Em seu arredor, apenas um matagal, conforme o então candidato tucano ao Planalto, Geraldo Alckmin, mostrou no seu guia eleitoral.

 

Mas, como já houve tanta propaganda sobre a refinaria do Nordeste, muita gente no resto do País, especialmente no Sul e Sudeste, imagina que a obra virou uma realidade, o que não é verdade. Muito pelo contrário.

 

Ninguém melhor para cobrar agilidade ao projeto do que o governador eleito, porque, além de aliado e amigo do presidente Lula, pode construir na consolidação da planta de refino a grande obra que marcará o seu Governo. Se Jarbas construiu a sua imagem de bom gestor em cima da duplicação da BR-232, Eduardo pode passar à história como o governador da refinaria.

 

A boa notícia é que, no próximo dia 11, o governador eleito vai se incorporar à comitiva do presidente Lula na viagem à Venezuela. Ali, frente a frente com Hugo Chávez, Lula e Eduardo podem definir um calendário mais rápido do início da construção da refinaria.

 

Oxalá isso aconteça. Pernambuco implora: refinaria, já!  


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Dona Mariazinha do sertão (que não reflete o pensamento do povo sertanejo) deveria se espelhar em Soraya, que mesmo não tendo votado em Eduardo torce para que ele faça um bom governo. Isso é que é exemplo de democracia, desejar o bem do estado em primeira e as questões políticas para depois.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Com eleitores qualificados e com este linguajar sofisticado como o da dona Mariazinha do sertão está explicado porque é que Alckmin perdeu a eleição. Esse linguajar chulo dos inconformados pela vontade do povo reflete o desespespero dos que não sabem conviver com a democracia.

Soraya da Cruz Plácido

Eu como Pernambucana, amando e me orgulhando do meu Estado, mesmo não votando no Governo que ganhou, desejo que todas as PROMESSAS DE CAMPANHA sejam realmente realizadas, afinal não foi o POVO quem os elegeu???? Vamos aguardar, a nós cidadões e eleitores, apenas temos isso pela frente...AGUARDAR...

Fernando Vieira

Zezé, meu filho!!! eu não acredito que estás falando sério. Não sabes quem é o Franklin??? ô homem! há quanto tempo moras neste País?

Mariazinha do Sertão

" É Mula de novo com um coice no povo !!!" Dá-lhe Mula !!!



31/10


2006

Ferro diz que refinaria vai ser agilizada

O deputado federal Fernando Ferro é o último convidado do dia do debate da Melodia FM. De Brasília ele dá informações sobre as atividades na capital federal em torno de interesses de Pernambuco, sobretudo da viagem do governador eleito Eduardo Campos à Venezuela, com o presidente Lula, para agilizar a construção da refinaria de petróleo em Suape.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Mariana

Não sai nada essas obras são todas virtuais eleitoreiras para eleger Lula e seus compassas

renata lima

Aposto um ovo que a refinaria não sai, só passou de toque publicitário para as campanhas estadual e federal. Já sei a desculpa foi o sócio chaves não está com condicões agora fica para proximo das eleições municipais. Pobre Brasil Pobre Pernambuco



31/10


2006

Queiroz denuncia suborno em Caruaru

O deputado José Queiroz disse no debate da Melodia FM que houve suborno na eleição da deputada Miriam Lacerda, com várias lideranças políticas sendo subornadas para eleger a esposa do prefeito Tony Gel.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Rodrigues da Silva

Não só o acuso, mas provo o dito!!! João Lira Neto não tem o caráter de um bom pagador de dívidas. Ele sabe!

José Rodrigues da Silva

O único capaz de subornar alguma coisa em Caruaru, sabe Queiroz, é o João Lira Neto. Mariinha há muito disso sabia e outros tantos que o conhecem. Dr. Eduardo não tem nele a sua melhor companhia!!! Veremos!

LMVC

Queiroz foi muito infeliz em suas declarações, pois esquece que o real suborno foi feito por parte dele para eleger o seu filhinho que a muito tempo ninguem nem se quer sabia por onde andava. Gastando uma fortuna e querendo recuperar com a presidência da Assembleia. Segura dudu beleza!!!!!!!!!!!!!!

Francisco Filho

ESSA É A SÍNDROME DO POLITICO BRASILEIRO: "TODA ACUSAÇÃO FEITA CORRESPONDE A OUTRA ACUSAÇÃO EM SENTIDO CONTRÁRIO, ÀS VEZES COM MAIOR INTENSIDADE". PARECE QUE NÃO SOBRA NINGUEM, AINDA MAIS DEPOIS DE ABERTAS AS URNAS.

Paulin de Caruaru.

Não sei se ele também falou que como ex-funcionário do Banco do Brasil,gastou juntamente com seu filho que não tem ocupação definida, além da política,a bagatela de 2,3 milhões de reais nesta última eleição.Nada mal para um cidadão de classe média.



31/10


2006

Queiroz diz que não é hora de disputa e sim união

O deputado José Queiroz(PDT) deixa claro no debate da Melodia FM que não vai entrar nas especulações em torno da presidência da Assembléia Legislativa, cargo para o qual seu companheiro de Partido, Guilherne Uchoa já se coloca como postulante. Queiroz entende que não é hora de se tratar de cargos, e sim cuidar da unidade de todas as forças que elegeram Eduardo Campos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LMVC

Tão bonzinho esse Zé Queiros. Aqui ele diz isto mais nos bastidores ja articula sua candidatura a presidencia da assembleia par recuperar os mais de R$ 2.000.500,00 que gastou so na candidatura do filhinho. Esses são os verdadeiros aliados de Dudu Beleza. Precatótio vai ser besteira no proximo gover



31/10


2006

Deputado confirma que deixará PMDB

O deputado Claudiano Martins, eleito pelo PMDB confirma no debate da Melodia FM que vai deixar o partido para ingressar no PSDB, do senador Sergio Guerra, cuja liderança ele diz seguir.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernando Vieira

Que coisa mais triste...já pensou, o pobre PMDB perder um QUADRO desses??? Pernambuco jamais será o mesmo!!!

milton tenorio pinto junior

Claudiano Martins e Sergio Guerra será que estão muito desorientados com a derrota das urnas? Ou é jogo de cena,para tentarem barganhar com o Gov. eleito Eduardo Campos? Como o Senador vai segurar esse povo todo?Qual moeda de troca terá o Senador?Na minha humilde avaliação,nenhuma!

acontecimento de corrupção, esses parlamentares não se manquem. Vamos ter vergonha na cara que é bom, e o eleitor gosta.

mesmo partido que foi eleito, a não ser que haja um motivo, muito justo que a comissão de ética do pertido exuja a sua saída, e que se isso acontrecer, certamente o novo partido não terá muito boa vontade em recebê-lo. Vamos começar a fazer política com seriedade, não é possível, que depois de tanto

Bem não acabou as eleições, JÁ ouvimos esse absurdo de danças de partidos, por isso que temos que imediatamente solicitar e mobilizar a população brasileira, para acabar com esse desrespeito aos seus eleitores. E exigir a REFORME POLÍTICA desse país. Quem for eleito deverá concluir seu mandato no



31/10


2006

Senador Sergio Guerra no debate da Melodia FM

O senador Sergio Guerra(PSDB-PE) está no debate político da rádio Melodia FM, e fala das articulações em torno já de 2008, mais especificamente da eleição para prefeito do Recife, em que ele é um dos nomes colocados para a disputa, nas conversas políticas que surgem em Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

....... Agora vamos passar por uma longa invernada.O tempo vai ficar muito escuro.

milton tenorio pinto junior

O que o Senador Sergio Guerra quer agora são os holofotes da mídia,nada mais.Está lutando por um espaço nos bastidores da política.Esperando assim assim que o Gov. eleito Eduardo Campos o chame para uma conversa ao pé do ouvido.Essa movimentação é puro jogo de cena.É como Jarbas disse Senador:......

irania Olivia Benicio

Levará no lombo o maior cacete que jamais assim soube ser, um candidato a Prefeito do Recife. Depois de João Paulo, o Recife merece algo que preste!



31/10


2006

Deputado confirma candidatura na Assembléia

O deputado Guilherme Uchoa(PDT) está no debate político da Melodia FM confirmando para Magno Martins e Adriano Roberto sua candidatura à presidência da Assembléia Legislativa. Concorre também ao cargo seu companheiro de partido o deputado José Queiroz. Ouçam.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LMVC

Esse Uchoa é um mala mesmo, so esta se lançando candidadto para compor e ser o candidato de Dudu Beleza em Igaraçu. Cuidado com Ives que não vai gostar nada disso Uchoa! Se cuidar de uma aliança com 3partidos foi difícil, imaginem com 18 como se anuncia!!!!!!!