FMO janeiro 2020

03/04


2008

Governo cochila e oposição aprova convocação de Dilma

O governo cochilou e a oposição conseguiu aprovar na Comissão de Fiscalização e Controle do Senado a convocação da ministra da Casa Civil, Dilma Roussef. Oficialmente é para tratar sobre o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), mas, na prático, a oposição fará a ministra falar sobre o dossiê que vazou do Planalto com dados sobre os gastos sigilosos do governo Fernando Henrique Cardoso, informa a repórter do blog em Brasília, Vanessa Laurino.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Marcelo Araújo

Camarão que cochila a onda vem e leva


Abreu e Lima

03/04


2008

Dossiê: senador tucano admite que foi a fonte de VEJA

 Depois das pressões feitas em plenário na quarta-feira, 2, o senador Álvaro Dias (PSDB-PR) admite que foi uma das fontes de informação da revista Veja para a matéria que denunciou um levantamento do governo federal com gastos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e sua esposa, Ruth Cardoso. A atribuição do vazamento ao senador paranaense foi informada pelo Blog do Noblat.

Em conversa com Terra Magazine, Álvaro Dias sustenta que não há nenhum ilícito em ''conversar com jornalistas''. E que a revista tem outras fontes que não apenas ele:

- Se eventualmente contribuí com informações para que a matéria pudesse ser veiculada, altera a responsabilidade do governo na confecção do dossiê? É evidente que não. Isso exime o governo de responsabilidade? É óbvio que não.(Do portal Terra)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Edinaldo Hermínio

Álvaro Dias devia ser levado à Comissão de Ética do Senado. Se é verdade o que disse, teve acesso a um documento obtido ilegalmente, com informações confidenciais e não denunciou imediatamente à PF e ao MPF. Foi omisso e complacente.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Álvaro Dias nada tem a dizer meu caro Pedro Batista, até porque quem age como ele agiu não tem moral para falar dos aloprados do PT ou de qualquer outro partido. Dias faz parte de uma oposição sem rumo, sem propostas e agora, mais do que nunca, sem moral. Ô loco meu!

Pedro Batista Filho

O senador Álvaro Dias que com sua empáfia e arrogância gosta de arrotar tanta ética e dignidade, o que tem a dizer agora sobre esse seu gesto de político provinciano e de baixissimo nível?

guilherme alves

O caso agora virou uma bagunça, seguindo os passos dos aloprados petistas, os aloprados tucanos criam um dossiê com agente infiltrado e entrega à VEja. Até nisso são irmãos siameses.

Pedro Batista Filho

E agora? O que a oposição sem propostas e sem rumo em a dizer sobre esse alopramento do senhor Álvaro Dias? Se îsso partisse de um parlamentar do governo iriam querer a instalação de umas 300 CPIs e a cassação do senador por falta de decoro parlamentar. E com eles, como fica a fatura?



03/04


2008

"Cada um fala o que quer", diz Lula sobre o 3º mandato

 Um dia depois de o vice-presidente José Alencar defender a tese do terceiro mandato, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que "cada um fala o que quer" e que tem “coisa mais séria para fazer” do que discutir as possibilidades de continuar no poder depois de 2010. Lula se disse preocupado em viajar pelo País para acompanhar de perto as obras do Programa de Aceleração do crescimento (PAC) e falou, por fim, em “descansar” depois que encerrar o segundo governo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Estupro não, morte mesmo. Porque estuprada a Constituição já foi senhor João Daniel, quando o seu tão sempre elogiado Mendoncinha resolveu dar uma de lambe-botas de FHC, dando ao "príncipe" dos sociólogos o mimo da reeleição. Que coisa mais DEMOníaca não seu João Daniel? Estupra mas não mata né?

joao daniel neto

Terceiro mandato um estupro a nossa constituição...


Prefeitura de Serra Talhada

03/04


2008

Sonhando com 3º mandato, deputado reapresenta projeto

 O deputado Devanir Ribeiro (PT-SP) prometeu ontem que apresenta até a semana que vem uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que, se aprovada, permitirá o terceiro mandato do presidente Lula. O parlamentar, que ganhou apoiadores no Congresso, acredita que, com a declaração do vice-presidente José Alencar -que disse que o povo deseja Lula mais tempo no poder-, a discussão ganhará espaço.(Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Lula sonha com a re-reeleição. E a oposição tem pesadelos e calafrios com isso.

stefano

O principal de Lula é a sua capacidade de mudar o Brasil, mudar e melhorar, e o 3° mandato vem em 2014, aguardem!

joao daniel neto

Lula o mutante,camaleão,multifaçes.... Muda de opinião do dia pra noite,como podemos confiar num ser desses,que não tem palavra?Só os apaixonado pelo que não presta,sadomasoquistas....

Marcelo Araújo

Repudiou, em primeiro momento, a reeleição. Mesmo assim foi candidato. Agora essa história de 3º mandato. Vai entender essa gentalha.



03/04


2008

Deputado leva "bailarina" para CPI dos Cartões

O deputado Carlos Willian (PTC-MG) trouxe para a CPI dos Cartões Corporativos uma flor num suporte conhecido como bailaria como forma de provocar a oposição. Recentemente, o Jornal do Brasil publicou reportagem na qual acusava o governo de ter usado o cartão corporativo para contratar bailarinas, o que se descobriu depois se tratar de suportes para plantas. A base aliada fez disso um mote para desqualificar as denúncias sobre uso irregular do cartão, informa a repórter do blog em Brasília Vanessa Laurino.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

03/04


2008

CPI dos Cartões se reúne para decidir seu destino

A CPI dos Cartões Corporativos se reúne agora pela manhã para definir o rumo que irá tomar. A presidente da comissão, senadora Marisa Serrano (PSDB-MT), disse que se os requerimentos que serão apreciados de convocação e pedido de informação não forem aprovados, não há como continuar com a CPI. A idéia é, nesse cenário, dar um prazo de 30 dias para que o relator, deputado Luiz Sérgio (PT-RJ), apresente seu relatório.

O problema é que o relator acaba de admitir ao blog que hoje "não tem nada" para apresentar em um relatório. Ele cobrou de ministérios o envio de dados pedidos pela CPI, até agora um único requerimento foi apresentado que pede dados não sigilosos, informa a repóter do blog em Brasília, Vanessa Laurino. Ou seja, o final da CPI deve ser melancólico. A oposição já acertou que enterrada a CPI mista, irá criar uma comissão formada apenas por senadores, o que ainda garante maioria ao governo, mas qualifica o debate.

Na reunião de hoje, a base aliada não quer votar nada. Apenas discutir o fato de que o senador Alvaro Dias (PSDB-PR) tinha conhecimento do dossiê com informações sobre o governo Fernando Henrique.  


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

03/04


2008

"Foi um deboche", é a reação ao "sindicalismo" de Lula

 O deputado Antonio Carlos Pannunzio (PSDB-SP) disse que até amanhã o seu partido deve entrar com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a justificativa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para vetar a emenda, de sua autoria, que instituía a fiscalização das centrais sindicais pelo Tribunal de Contas da União (TCU). ''Está dando um cheque em branco para a bandidagem'', disse ele, por meio da assessoria de imprensa.

''Caí duro quando li as razões do veto. O Planalto disse que há interferência na autonomia dos sindicatos. Mas é unicamente questão de dar transparência", afirmou. Para Pannunzio, Lula está se comportando como líder sindical.  ''Foi um deboche'', reagiu o deputado Augusto Carvalho (PPS-DF), que tentou acabar com a obrigatoriedade do imposto sindical, na tramitação do projeto. Ontem, ele voltou a cobrar o STF sobre a ação protocolada por seu partido: ''Pedi liminar em janeiro para acabar com a obrigatoriedade e não houve resposta''.

Ontem, durante solenidade no Palácio do Planalto de sanção da lei que regulamenta as centrais sindicais e injeta R$ 100 milhões anuais no setor, o presidente Lula declarou que vetou a fiscalização das entidades pelo TCU por questão de princípio. Ele se referia ao artigo que o Congresso havia incluído no projeto, obrigando as centrais a prestar contas ao TCU.

Com a nova lei, fica definida a partilha da contribuição sindical obrigatória - correspondente a um dia de salário por ano do trabalhador, descontado na folha de pagamento. Lula reiterou que sempre defendeu a liberdade e a autonomia sindical, que na sua opinião ficariam comprometidas se fosse criado o controle pelo TCU. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

03/04


2008

Júri de assassinos de promotor mobiliza toda a classe

 Dois homens acusados pelo assassinato do promotor de Justiça de Cupira, Rossini Alves Couto, serão julgados nesta quinta-feira (03). O julgamento será realizado no Fórum Tomás de Aquino, no centro do Recife, a partir das 9h. O crime aconteceu em maio de 2005.
 
A vítima foi assassinada com cinco tiros na cabeça quando almoçava num restaurante no centro de Cupira, que fica no Agreste de Pernambuco. Na época, ele atuava no combate à corrupção e ao crime organizado nos municípios de Cupira, Panelas e Lagoa dos Gatos, também no Agreste.
 
De acordo com as investigações, os tiros foram disparados pelo ex-policial militar José Ivan Marques de Assis, que chegou ao local em uma motocicleta dirigida por Sivonaldo Leobino da Silva.
 
O ex-policial é acusado de planejar o crime por vingança, por ter sido excluído da Polícia Militar depois de ser denunciado por tortura no município de Agrestina. A denúncia foi apresentada ao Ministério Público pela promotora de Justiça Sara Souza Silva, mulher do promotor Rossini Couto.
 
José Ivan queira retornar à Polícia Militar e achava que o promotor seria um obstáculo. Os dois acusados serão julgados por homicídio triplamente qualificado: vingança e eliminação de pessoa que representava obstáculo ao seu objetivo, vingança e eliminação de pessoa que representava obstáculo ao seu objetivo, meio capaz de provocar perigo comum (disparos em um restaurante onde haviam outras pessoas) e recurso que dificultou a defesa da vítima.
 
O Ministério Público de Pernambuco liberou todos os promotores de suas atividades nesta quinta para acompanhar o julgamento dos assassinos do colega. O próprio procurador-geral de Justiça, Paulo Varejão, estará no fórum para acompanhar de perto o júri, que será presidido pelo juiz Pedro Odilon de Alencar Luz. (Portal pe360graus.com.br)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

NIVALDO MELO

Acho muito importante ter o apoio e a presença de colegas e amigos, porém chegar a paralizar todo o funcionamento do Ministério Público é no mínio falta de respeito e compromisso para com a sociedade que vê seus processos andarem lentamente.

NIVALDO MELO

Já pensou se o chefe da Polícia Rodoviária Federal de Pernambuco dispensasse também todos os patrulheiros para assistir também a um audiência criminal onde dois de seus companheiros de trabralhos foram violentamente assasinados? Se a moda pegar?

NIVALDO MELO

Excelente foi a atitude do procurador geral, a pressão vai ser grande para condenar os culpados, eu era que não queria tá lá como juri. Pode ter certeza que todos irão pegar pena maxima. Será que um de nós mortais, um dia teremos esse mesmo apoio da classe jurídica?


Shopping Aragão

03/04


2008

Uma vida digna

Ludwig van Beethoven — o único músico da época que, inovador e independente, não buscou o patrocínio de nenhum nobre — nos legou cerca de seiscentas obras entre sonatas, canções, bagatelas, oratórios, aberturas, missas, trios, suítes de balé, quartetos,  concertos, uma ópera, música incidental e nove sinfonias, das quais a Nona inovou dramaticamente a música da época ao introduzir vozes humanas, um coral, em uma sinfonia.

Projetava escrever um réquiem, porém a morte chegou antes. 

Não é sem razão, como se vê, que muitos estudiosos consideram Beethoven o maior compositor do século XIX e, na avaliação desses, um dos poucos homens que merecem a classificação de gênio.

Pensando bem, nesta quadra da vida em que pseudogênios se arvoram valores exponenciais e dotes taumatúrgicos, terá valido a pena lembrar a verdade beethoveniana como contraponto da mentira. Menos pelos 181 anos de sua morte, e mais pela ventura de ele haver nascido e legado ao mundo a sua obra, que, até hoje, enleva e continuará a enlevar através dos tempos os que tenham o privilégio de ouvi-la.

O perfil acima, do compositor alemão Beethoven, é lembrado pelo publicitário Marcelo Alcoforado, nesta rememoração dos 181 anos de sua morte, após uma vida marcada por frustrações, agravadas pela surdez que o acompanhou até a morte. Vale a pena ler esta homenagem a um vida humana digna, tema diferente que substitui o que trata dos percalços diários da política. Boa leitura.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

stefano

Grande compositor, na 9ª e ultima sinfonia talvez a melhor já estava surdo, fez a 3°/ heroica, em homenagem a Napoleão admirado por Beethoven até tornar-se imperador, depois de coroado agiu de forma déspota passou a ser odiado pelo compositor.



03/04


2008

Ouça Magno Martins na Rádio Olinda

Clicando aqui , você escuta, sempre de segunda-feira a sexta-feira, o
comentário deste blogueiro no programa do radialista Edivaldo Moraes, um dos maiores comunicadores de Pernambuco, na Rádio Olinda. Meu comentário vai ao ar por volta das sete da manhã.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Vital Cordeiro de Arruda

Há esqueci, sua família é do DEMO (ex-PFL), nada de está nervoso, você é direitista.

Vital Cordeiro de Arruda

O César Maio e o Sérgio Cabral estão onde? Seja um jonalista imparcial.

Vital Cordeiro de Arruda

Magno você foi infeliz de culpar Lula totalmente pela dengue no Rio.