FMO janeiro 2020

14/12


2010

Ciro diz a Dilma preferir o Ministério da Saúde à Integração

O deputado Ciro Gomes (PSB-CE) fez chegar à equipe de transição que preferiria assumir o Ministério da Saúde a voltar à pasta da Integração Nacional, para a qual foi convidado pela presidente eleita, Dilma Rousseff, segundo informa a Folha de S.Paulo, hoje. Ciro já foi convidado para a Saúde por Itamar Franco, em 1994, e recusou. Ele está em viagem ao exterior e deve retornar ao país hoje. Mas Dilma demonstra não estar inclinada a atender o pedido de Ciro, já que tende a reservar a Saúde para um nome técnico ou ligado ao PT. Não está descartada a possibilidade de promover o seguinte cenário: Fernando Bezerra, ligado ao governador Eduardo Campos (PE), ficaria com a Integração Nacional, como previa o desenho original, e Ciro, com a Secretaria de Portos e Aeroportos.

Dilma visitou o neto Gabriel e o ex-marido Carlos Araújo nesta segunda-feira (13) em Porto Alegre

Dilma, que está em Porto Alegre para comemorar seu aniversário -- ela faz 63 anos hoje-, espera definir até amanhã a situação de Ciro. Além do PSB, ela precisa acertar o espaço de outros aliados, como PDT e PC do B.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

OU NÃO.

uilma

AÍ É QUE A SAÚDE VAI PRA UTI.


Cabo de Santo Agostinho

14/12


2010

Adeus Nordeste: fica devendo

 Ontem e hoje o presidente Lula desenvolve intenso périplo pelo Nordeste, o último antes de deixar o poder. Tanto inaugurou trechos quanto assinou ordens de serviço, quer dizer, projetos de implantação  de novos pedaços da ferrovia que, conforme o PAC,  já era para estar pronta.  Fica o governo Lula devendo maior ritmo na estratégia tanto  de realizar a Transnordestina quanto de  recuperar a malha ferroviária nacional  destruída ao longo da segunda metade do século passado. Fez muito, é claro, mas não fez tudo quanto pretendia. Vale o mesmo raciocínio para as obras de transposição das águas do rio São Francisco, que visita hoje.  (Carlos Chagas)

  


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

14/12


2010

Lula diz que fez o que nem Dom Pedro conseguiu fazer

Após percorrer os primeiros 16 quilômetros da Ferrovia Transnordestina e participar da assinatura de contratos de outros trechos da obra, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem que a Região Nordeste não pode mais ser vista como a “escória” do país, segundo o portal IG. No discurso em Missão Velha, no Ceará, Lula citou as obras de transposição do Rio São Francisco como exemplo de sucesso do seu governo. “A transposição era um desejo de dom Pedro [Primeiro]. E nem dom Pedro conseguiu fazer, nem ele, que era imperador, filho do rei. Foi preciso vir o Lula, filho da dona Lindu, para fazer”.

Lula disse que parte do atraso dos indicadores sociais e econômicos do Nordeste em relação ao restante do país se deve à classe política da região. “Uma parte da elite do Nordeste era colonizada, tinha a cabeça que pensava pelo Rio de Janeiro e São Paulo, não pensava nos nordestinos”. Para Lula, “não era justo que o Nordeste continuasse a ser tratado como se fosse a escória deste país. Não queremos mais ser exportadores de servente de pedreiro para São Paulo. A gente não quer ser só pedreiro, a gente quer ser engenheiro, a gente quer ser médico”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

É ELE FEZ MUITO POR LULUNHA.KKKKKKKKKEU ACHO QUE DOM PEDRO NÃO FEZ TANTO PELO FILHO O QUE MULA OPS LULA FEZKKKKKKKKKKKKK


Abreu e Lima - Prefeitura - Abreunozap

14/12


2010

Tiririca na tela: sua vida pode virar filme

 Tiririca pode virar filme. O diretor André Klotzel ("A Marvada Carne", "Reflexões de um Liquidificador") já engatilhou conversa com a equipe do deputado eleito para que a vida dele seja retratada na tela grande. A ideia é contar a trajetória do palhaço e também acompanhá-lo em sua estreia no Congresso. Tiririca já disse que não sabe o que os parlamentares fazem. Klotzel quer participar da investigação e relatar as descobertas num documentário ou num longa-metragem.

CAPÍTULOS
"O Klotzel teve uma ideia brilhante e eu quero me associar a ela", diz o produtor Luiz Carlos Barreto, que desembarca hoje em SP para reuniões com o diretor. "Queremos mostrar esse fenômeno fantástico de superação e investigar esse cearense que veio das profundidades do sertão." Barreto acha que, além de filme, a vida de Tiririca pode virar uma minissérie. (Mônica Bergamo - Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

AGORA É MODA, TUDO QUE NÃO PRESTA VIRA FILME.KKKKKKKKKKK



14/12


2010

Estados Unidos se dizem ''''otimistas'''' com a gestão de Dilma

 Os Estados Unidos estão ''otimistas'' com o governo da presidente eleita, Dilma Rousseff, cujas críticas ao Irã foram ''excelentes'', e esperam ''renovar'' a relação com governo brasileiro. Esse foi o relato feito à Folha de S.Paulocom exclusividade, pelo subsecretário para Assuntos Políticos do Departamento de Estado, William Burns, número três da diplomacia americana. ''Nós nunca iremos concordar em tudo, mas sabemos que o melhor é trabalharmos juntos. Vocês têm muito para se orgulhar. A ascensão do Brasil é um sucesso nosso também, porque mostra ao mundo que a democracia dá certo'', disse.

Burns citou a entrevista de Dilma ao jornal ''The Washington Post'', um dos sinais emitidos pela eleita após o mal-estar da recusa dela em encontrar-se com Barack Obama antes da posse. ''Achei a entrevista ótima'', disse o diplomata, em referência à crítica de Dilma à abstenção do Brasil da sessão da ONU que apontou violações iranianas. Indagado sobre o desconhecimento sobre Dilma na arena internacional, Burns foi elogioso: ''Ela é bem comprometida com os sucessos do país, estou otimista''.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

CUIDADO COM M. BIM.KKKKKKKKKKKKKKK


Banco de Alimentos

14/12


2010

Desidratação

 Lula se dirigia ontem ao microfone, na cerimônia de entrega do Prêmio Nacional de Direitos Humanos, quando notou o que o aguardava no púlpito e resolveu fazer piada:

-Acho que pensaram que eu passei a noite bebendo, porque tem três copos de água aqui para mim...

E ainda completou:

-Eu acho que é água benta...  (Painel - Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

DESIDRATADO PELA BOCA.KKKKKKKKKKKKK. ELE SEMPRE FAZ DIARREIA PELO LUGAR ERRADOKKKKKKKKKKKK.


O Jornal do Poder

14/12


2010

Presente de Natal liga Suape à Italía

 O primeiro carro popular, que a Fiat fabricará na nova planta do complexo portuário de Suape a partir de 2014, vai conectar a mão de obra pernambucana com a mineira, de Betim e a italiana de Turim. A Fiat já desenvolve o protótipo do veículo que ocupará o lugar na faixa de mercado do Uno Mille, na velha carroceria. Fontes ligadas à montadora admitem que o impacto deste novo carro no mercado será bem parecido com o que foi provocado pelo recém-lançado Uno.

Hoje, o presidente Lula e o governador Eduardo Campos vão falar do presente de Natal que ganhou Pernambuco. A planta será uma das mais modernas e automatizadas do grupo no mundo com capacidade de produção na fase inicial superior a 200 mil carros por ano com investimentos de pouco mais de R$ 3 bilhões.(Da revista Portos e Navios)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

FESTA PAGÃ. JESUS SEGUNDO OS HITÓRIADORES NÃO NASCEU EM DEZEMBRO.



14/12


2010

Nenhum por todos, todos por nenhum

 Do vice-presidente Michel Temer tem-se falado cada vez menos. Por  decisão própria,   encolheu-se.  Sofreu uma saraivada de investidas e até de  críticas por parte daqueles companheiros que, esperando por um ministério, não hesitavam em   vê-lo  em atrito permanente com Dilma Rousseff. No PMDB é assim, faz algum tempo: nenhum por todos, todos por nenhum. Poucos, no partido, pensaram em preservá-lo para a função que transcende os curtos limites partidários, de substituto e eventual sucessor  da chefe do novo  governo.

Também, em parte a culpa é dele.  Deveria ter-se licenciado da presidência do PMDB logo depois de proclamados os resultados da eleição de outubro. Claro que permaneceria como privilegiado interlocutor de Dilma, em nome do maior partido nacional. Mas sem os ônus de impor o número de ministérios e os  candidatos a ocupá-los, a menos que fosse convidado. (Carlos Chagas)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/12


2010

''''Ciro enalteceria qualquer governo'''', diz Lula no Ceará

 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira que o deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE), cotado para assumir um ministério no governo de Dilma Rousseff, enalteceria qualquer mandato, segundo o portal Terra. "Eu tenho pelo Ciro Gomes um apreço extraordinário. Eu tive a oportunidade de conviver com o Ciro Gomes e é uma figura excepcional. O Ciro enalteceria qualquer governo com a qualidade dele", disse Lula a jornalistas após visitar obras da ferrovia Transnordestina, no Ceará.

Dilma teria dado a Ciro, de quem é amiga pessoal, opção para escolher entre as pastas de seu ministério. Lula, no entanto, esquivou-se de defender o nome de Ciro ou outras indicações para o novo governo. "Não me peça para defender a participação de ninguém no governo, porque eu já indiquei a pessoa mais importante do governo, que foi a presidente que vocês votaram", disse. Ciro foi ministro da Integração Nacional do governo Lula até 2006.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Jair Lima Lopes de Vasconcelos

Depois vai dizer a célebre frase que marcou a sua vida política: "eu não sabia.."

BARTOLOMEU BUENO JOSE DE ALBUQUERQUE LINS

Já se perdeu muito em conter o potencial do deputado Ciro Gomes. Ele é uma das maiores reservas em capacidade política-administrativas deste país. Dilma precisa com espírito de grandeza tê-lo como colaborador.



13/12


2010

Procuradoria quer senador cassado: abuso de poder político

 A Procuradoria Regional Eleitoral no Amazonas pediu a cassação do registro do senador eleito Eduardo Braga (PMDB) por abuso de poder político. Segundo a Procuradoria, o ex-governador se beneficiou da distribuição irregular de equipamentos agrícolas feita por instituto do governo nos dois últimos anos. No pedido feito ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral), o Ministério Público quer uma multa de mais de R$ 200 mil e a inelegibilidade de Braga por oito anos.

De acordo com a denúncia, o instituto do governo afirmou para agricultores da cidade de Itacoatiara que a distribuição dos equipamentos, como motores e ferramentas, iria acontecer em dezembro. No entanto, ela foi feita antes da eleição. A Procuradoria também pediu que o senador Alfredo Nascimento (PR), candidato derrotado ao governo, e a senadora eleita Vanessa Grazziotin (PC do B) sejam considerados inelegíveis por oito anos, por suposta compra de votos durante a campanha eleitoral deste ano. (Portal IG)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/12


2010

Congresso estima receitas em R$ 30 bilhões acima do Executivo

A  Comissão Mista de Orçamento aprovou na noite de segunda-feira o relatório de receitas para 2011 apresentado pelo deputado Bruno Araújo (PSDB-PE), representante do comitê de avaliação de receitas, informa o portal  IG. Com isso, o Congresso aprovou Orçamento com valor de mais de R$ 30 bilhões acima do indicado pelo Executivo.

No parecer preliminar, o comitê de receitas apontou perspectiva de receitas R$ 17,7 bilhões acima do apresentado inicialmente pelo Ministério do Planejamento. Na semana passada, porém, o ministro Paulo Bernardo, apresentou uma reestimativa de receitas que reduziria o orçamento líquido da União em R$ 8 bilhões em 2011.

Com a reestimativa de receitas com mais R$ 4,7 bilhões apresentado hoje pelo deputado Araújo, o orçamento do Congresso terá valor de R$ 30,4 milhões acima do desejado pelo Executivo. Segundo Araújo, o Executivo tende a “subestimar” as receitas. Ele lembrou que, no ano passado, também o Congresso aprovou Orçamento para 2010 com valor mais de R$ 20 bilhões a mais do que o indicado pelo Executivo. Para Gilmar Machado (PT-MG), o Executivo não disse que imporia cortes no Orçamento ao Congresso. Para ele, “neste momento, o mais importante é aprovar o texto”. “A base do governo entende que os números são consistentes.”


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha