FMO janeiro 2020

29/11


2010

Transnordestina e Transposição são prioridade para Dilma

 Pelos cálculos dos técnicos, a transposição do São Francisco deve ser a maior obra que Dilma terá no portifólio de inaugurações para o primeiro ano de sua gestão, além de etapas da ferrovia Transnordestina, informa Denise Rothenburg, no Correio Braziliense. E Dilma não quer atrasos e nem problemas nesse setor. Daí a ideia da presidente eleita de profissionalizar e exigir nomes técnicos aos partidos para preencher vagas em estatais, superintendências e bancos, como o do Nordeste. Hoje, a maioria dos cargos dessa área está sob pessoas indicadas pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima. O Dnocs foi indicação do líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves. Parte dos atuais dirigentes não chegarão ao carnaval nos respectivos cargos.

Nas reuniões, Dilma se mostra obcecada pela gestão e pela necessidade de indicação de técnicos e, especialmente, que tenham capacidade de tocar as obras dentro dos orçamentos. Quem for responsável pela indicação terá que levar em conta a capacidade do indicado de ouvir desaforos calado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

DEUS TE OUÇA.

Raimundo Eleno dos Santos

Será o começo da redenção do Nordeste. Sol e Água: PROGRESSO E DESENVOLVIMENTO.

uilma

ESPERO QUE SIM.


Prefeitura de Serra Talhada

29/11


2010

Muito paulista no governo Dilma incomoda a base aliada

 Com outras questões amortecidas pela vitória de Dilma Rousseff, as disputas regionais deram o tom dos bastidores do encontro do antigo Campo Majoritário do PT, agora chamado Construindo um Novo Brasil, no final de semana em São Paulo. Há muita gente incomodada com o advento de um ''paulistério'' -os descontentes contam nove ministros, anunciados ou em vias de, oriundos do Estado onde o partido nasceu e a liderança de Lula se consolidou.

Para completar, são de SP os nomes mais cotados para presidir a Câmara (Cândido Vaccarezza) e liderar a bancada (Paulo Teixeira). O líder do partido no Senado deverá ser Wellington Dias (PI).(Painel - Folha de S.Paulo - Renata Lo Prete)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu e Lima - Prefeitura - Abreunozap

29/11


2010

Estados Unidos espionam até a ONU, diz site WikiLeaks

 Cerca de 250 mil documentos diplomáticos confidenciais do Departamento de Estado dos EUA, divulgados ontem pelo site WikiLeaks, escancaram a política externa do país entre dezembro de 1966 e fevereiro deste ano. Espionagem do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, ataque aéreo contra o Irã por países árabes, elo entre o governo russo e o crime organizado e dúvida sobre a saúde mental da presidente argentina Cristina Kirchner estão entre as revelações. Com 15.365 telegramas, o Iraque é o país mais citado. Os documentos também mostram como as embaixadas americanas foram usadas como parte de uma rede de espionagem global.

IRÃ E FOGO AMIGO
Segundo os documentos, o secretário da Defesa dos EUA, Robert Gates, acredita que qualquer ataque militar ao Irã apenas adiará em três anos a obtenção, por Teerã, da bomba nuclear. A filtragem dos documentos também revela que a ex-primeira dama dos EUA, Hillary Clinton, teve suas atividades monitoradas desde que se tornou secretária de Estado do governo Obama. Mas há informações picantes, como a descrição das ''festas selvagens'' comandadas pelo premiê italiano, Silvio Berlusconi. Os EUA também se esforçaram para isolar diplomaticamente o presidente venezuelano, Hugo Chávez, do resto da América Latina.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

HUGO IS GEK


Banco de Alimentos

29/11


2010

Governo cogita novo avião para Dilma sem seu conhecimento

 Sem alarde para evitar a repetição da polêmica que envolveu a compra do Aerolula, o governo negocia a aquisição de um avião maior e mais caro que poderá servir à presidente eleita, Dilma Rousseff, e a seus sucessores, informa a Folha de S.Paulo. O Aerodilma, caso seja adquirido mesmo com o cenário de contenção de gastos do governo, deverá ser um aparelho europeu da Airbus -um modelo de reabastecimento aéreo A330-MRTT, equipado com área VIP presidencial e assentos normais.O avião custa até cinco vezes os US$ 56,7 milhões (R$ 98 milhões na sexta-feira) pagos em 2005 pelo Aerolula, um Airbus-A319 em versão executiva. Justificar tal despesa seria complicado, como foi em 2005, e seria fonte certa de desgaste para Dilma, que até onde se sabe não foi informada sobre a ideia. Assim, juntou-se a fome com a vontade de comer, e a nova compra está sendo camuflada por uma necessidade real.

O problema é o Aerolula. O presidente Lula reclama da necessidade de paradas para reabastecimento do avião, que tem cerca de 8.500 km de autonomia -o que não garante um voo tranquilo Brasília-Londres, por exemplo. Não deixa de ser irônico, já que à época da compra do Aerolula uma das alegações para a aquisição do modelo europeu era que ele poderia fazer voos intercontinentais que os similares da Embraer não poderiam. Meia verdade: sua lista de destinos sem escala não é tão grande.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

QUE ABSURDO, CADA VEZ QUE TROCAR DE GOVERNO TROCAR DE AVIÃO O BRASIL VAI SE FERRAR. ASSIM QUE QUEREM CORTAR GASTOS? A DIVIDA PÚBLICA JÁ VAI PRA 2 TRILHÕES. O SAPO ACHA POUCO?



29/11


2010

PF prende terroristas e esconde suas atividades, diz americano

 A Polícia Federal do Brasil ''frequentemente prende pessoas ligadas ao terrorismo, mas os acusa de uma variedade de crimes não relacionados a terrorismo para evitar chamar a atenção da imprensa e dos altos escalões do governo'', relatou de maneira secreta em 8 de janeiro de 2008 o então embaixador dos Estados Unidos em Brasília, Clifford Sobel. Essa informação faz parte de um lote de 1.947 telegramas produzidos pela diplomacia norte-americana durante a última década, em Brasília. A organização WikiLeaks teve acesso a eles. Vai divulgá-los gradualmente a partir desta semana no site www.wikileaks.org.

Ao todo, são 251.287 telegramas produzidos pela diplomacia dos EUA a partir de vários países de 28 de dezembro de 1966 até 28 de fevereiro deste ano. O WikiLeaks afirma ser ''o maior conjunto de documentos confidenciais a ser levado a público na história''.

A intenção da administração do presidente Lula de negar a existência de células terroristas no país se daria por duas razões, segundo o norte-americano. Primeiro, um temor de ''estigmatizar'' a comunidade árabe no Brasil. Segundo, o receio de ''prejuízo para a imagem'' da chamada tríplice fronteira (entre Brasil, Argentina e Paraguai) como destino turístico.(Folha de S.Paulo - Fernando Rodrigues))


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

29/11


2010

Gula da base governista por cargos é o pesadelo de Dilma

 VAI DEMORAR - Surpresas sempre acontecem, mas tudo indica que não será esta semana que a presidente Dilma Rousseff anunciará a totalidade do novo  ministério. Falta conter a ânsia dos partidos da base governista em obter cargos, atropelando-se numa disputa que seria cômica se não  fosse trágica.  PT, PMDB, PSB, PP e  PC do B precisariam de um ministério de pelo menos 50 pastas e, mesmo assim, não se satisfariam.  Do que menos cuidam é de selecionar indicados com competência específica para os ministérios. Fixam-se nos orçamentos e nas verbas de cada setor, o que faz até pensar em  intenções  pouco claras.

Dilma Rousseff  já  enfrenta problemas com as sucessivas indicações do presidente Lula para a continuação de uma série de ministros, ainda que o critério do primeiro-companheiro venha sendo o da competência. Somando essa evidência à sofreguidão dos partidos, o resultado  poderá ser um meio-ministério, ou um ministério insosso, amorfo e inodoro. Utilizando o tempo em seu favor, selecionando, reagindo e até rejeitando indicações, a presidente eleita dá provas de pretender resistir aos pratos-feitos. Tomara que consiga. (Carlos Chagas)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


29/11


2010

Lula indica, Dilma pede, e Jobim aceita continuar na Defesa

 O ministro da Defesa, Nelson Jobim, aceitou convite da presidente eleita, Dilma Rousseff, e vai permanecer no comando das Forças Armadas no próximo governo. Ficou decidido que a Secretaria da Aviação Civil sairá da Defesa e passará a ser uma secretaria especial vinculada à Presidência da República. A desmilitarização atingirá, também, a Infraero. Jobim concordou, dizendo que a comunidade internacional, em encontros da área, considerava excêntrico que um ministro da Defesa tratasse de aviação civil.

Apesar da conversa com Palocci, na semana passada, ao participar de reunião dos ministros da Defesa dos países da América do Sul, Jobim anunciou que estava se despedindo, pois não deveria ser mantido no próximo governo.

Quando fez esta declaração, Jobim quis sinalizar para a presidente eleita que não estava em campanha para permanecer no cargo. Mas esta era a vontade do presidente Lula, cujos argumentos acabaram convencendo Dilma. Pesou ainda o fato de que os comandantes militares respeitam o atual ministro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Carlos da Silva

Isso significa mais sacrifíos para os militares e familiares das Forças Armadas, que é feito sardinha: Ruim com ele, pior sem ele.



28/11


2010

Novo Ministério tem a cara de Dilma ou de Lula?

 Lula já disse e repetiu que o ministério de Dilma Rousseff terá a cara dela. Desde então, o que mais se lê é que o presidente pediu à sua sucessora para manter esse, aquele e outro ministro do atual governo. Como Dilma tem se mantido em silêncio sobre sua equipe, é impossível saber se ela acatará todos os pedidos de Lula. Num caso, já decidiu. Manteve Guido Mantega na Fazenda.

A dúvida que fica, contudo, é se tudo aquilo que é divulgado como pedido de Lula é, de fato, um desejo do atual presidente. Ele pode muito bem estar fazendo um discurso para os amigos e, outro, para Dilma. Em outras palavras, pode estar fazendo questão de vazar que desejaria manter esse e aquele ministro somente para dizer que fez sua parte. (Valdo Cruz - Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


28/11


2010

Ocupação do Alemão é destaque na imprensa internacional

Forças estaduais e federais invadem e reconquistam o Alemão /  Foto: Domingos Peixoto - O Globo

A imprensa internacional deu bastante destaque à ocupação neste domingo do Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro. De acordo com a reportagem do jornal francês Le Monde, ''o Brasil tem até 2014 para pacificar as favelas''. Já o The New York Times relembra que, em 2007, às vésperas dos Jogos Panamericanos, a polícia fez uma grande incursão no Complexo do Alemão e matou 19 pessoas. ''Isso é resultado de uma falta de presença diária da polícia nas favelas do Rio, permitindo que gangues tomassem conta do território com armas pesadas e tráfico de drogas'', diz o jornal americano.

O diário espanhol El País relata que a polícia ''não encontrou resistência''. O jornal critica o tempo levado pela polícia entre o anúncio do ultimato para os traficantes do Complexo do Alemão e a efetiva invasão dos morros. ''Isso deu tempo para os traficantes se esconderem'', aponta a reportagem do jornal.

O jornal Telegraph fez um especial multimídia com textos, galeria de imagens e vídeo sobre o embate entre polícia e traficantes no Rio. O jornal atribuiu à implantação das Unidades da Polícia Pacificadora (UPPs) o agravamento das relações entre polícia e traficantes. Há cerca de dois anos os chefes do tráfico de morros como o Dona Marta têm sido pressionados a abandonarem suas áreas de atuação devido à presença da polícia. (Portal de Veja)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

A POLICIA OCUPA AS FAVELAS, AI ELE VÃO PRA ZONA SUL.



28/11


2010

Corrupção custa R$ 120 bilhões/ano ao país

 A proposta do delegado anticorrupção da PF Josélio Azevedo de Souza na reunião da Enccla é de adoção de procedimentos uniformes nas apurações em curso, consolidação dos dados estatísticos, tanto de operações quanto de inquéritos, criação de canais próprios de comunicação com outras corporações e um mergulho na identificação dos métodos de organizações criminosas.

Ele sustenta que estudo da Fundação Getúlio Vargas mostra que o Brasil perde 5% do PIB a cada ano por causa da corrupção pública, o que equivale a R$ 130 bilhões. "O País deixa de crescer cerca de 2% ao ano por conta desse mal", adverte.

"Por isso, a PF defende a criação de delegacias especializadas no combate ao desvio de recursos públicos. Está sendo estudada a criação de um nicho específico. O importante é que se instale nos Estados, onde ocorre a execução das ações. O que se pretende é criar a delegacia em cada uma das 27 superintendências da PF, com efetivo e expertise próprios", diz.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Nivaldo

JÁ QUE FOI REALIZADO UMA ÓTIMA VARREDURA COM OS BANDIDOS DO RIO, DEVERIAM APROVEITAREM E FAZEREM UMA OUTRA TAMBÉM EM BRASÍLIA LÁ TEM + OU - A MESMA QUANTIDADE SÓ QUE COM MAIS PODER.



28/11


2010

Acontecimentos do Rio finalmente motivam políticos a agir

 O destaque das notícias deste domingo (28/11) é um Regime Disciplinar Diferenciado mais rígido. O jornal O Globo informa que, após a onda de violência no Rio, o governo federal quer ampliar o isolamento de presos que coordenam ataques do lado de fora das cadeias, além de acelerar a aprovação de projetos de lei que tipificam o crime organizado e a lavagem de dinheiro. O ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, disse sábado que pediu a elaboração de um estudo para mudar a norma que prevê o chamado RDD, aumentando o seu rigor.

Combate ao tráfico
Já o jornal Correio Braziliense noticia que o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) afirmou que a Câmara dos Deputados deve enviar nesta terça-feira (30/11) uma comissão parlamentar que irá acompanhar e apoiar políticas para o combate ao tráfico no Rio de Janeiro. O deputado afirmou que o objetivo da Comissão é apontar soluções para políticas de segurança pública, dialogando com o governo sobre qual a melhor solução para o caos na segurança que aflige a população fluminense.

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha