Faculdade de Medicina de Olinda 2

10/10


2007

Enquete em Palmares: ex-prefeito passa Enoelino

Começou a pegar fogo a enquete para prefeito de Palmares, na Zona da Mata. O prefeito Enoelino Magalhães(DEM), que largou na frente, foi ultrapassado pelo ex-prefeito Chiquinho Rodrigues(PR), que lidera com 35,21% dos votos, enquanto o prefeito tem 32,04%. A briga está só no começo. Vamos votar, gente!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Detran

10/10


2007

Garanhuns: enquete mostra quadro embolado

Já em Garanhuns, não há, ainda, um favorito. O candidato do PP, Adolfo Lopes, lidera com uma pequena margem em relação aos outros dois concorrentes. Ele tem 15,16% dos votos, em seguida vem Emérson Vila Nova(PR), com 13,56% e bem próximo a ele está Silvino Duarte(PSDB), com 12,77%. Essa briga promete! Vamos votar, gente!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

13° Bolsa Familia

10/10


2007

Coluna de hoje na Folha

 

       Nem pensando grande

O deputado Raul Jungmann (PPS) tem um compromisso assumido com o PMDB e o PSDB para apoiar a candidatura do deputado Raul Henry (PMDB) a prefeito do Recife. Seu plano de disputar a sucessão de João Paulo (PT) foi arquivado quando teve seu nome envolvido em denúncias de malversação do dinheiro público quando ministro da Reforma Agrária.

Como a justiça brasileira é lenta, quase parando, o deputado voltou a agir como um dos arautos da moralidade. Sua última jogada de marketing foi provocar seguranças do Senado, para entrar à força no plenário da Casa na sessão de julgamento do processo de cassação do senador Renan Calheiros (PMDB-AL).

Os solapapos com os seguranças deram resultado, pois o deputado estava atrás dos holofotes e de um dia de glória. Ontem, no entanto, Jungmann sofreu um golpe fatal. A juíza Lolete Maria Fialho de Oliveira, da 16ª Vara da Justiça federal, determinou o bloqueio de todos os seus bens móveis e financeiros até que prove sua inocência na veiculação de R$ 2, 340 milhões em verbas publicitárias, concentradas na agência de Agnelo Pacheco.

Foi à pá de cal em qualquer projeto majoritário do parlamentar. Agora, mais do que nunca, ele terá que se inspirar no seu slogan “Pense grande”, para sair dessa enrascada.

GAMBÁ - Renan  está usando a tática do gambá: espalhando mau cheiro para todo lado, na tentativa de igualar a todos, dizia, ontem, uma raposa felpuda, ao ser informado de que o presidente do Senado estaria fazendo um raio-x da verba de indenização dos senadores. Trata-se de um montante de R$ 15 mil, distribuída com os 81 senadores como uma espécie de ajuda de custo. Só que todos são obrigados a apresentar as notas de despesas e quase ninguém o faz. O dinheiro acaba embolsado como salário.

O Partido da Boquinha- O PT, definitivamente, é o Partido da Boquinha. O Ministério Público do Mato Grosso do Sul concluiu que o ex-governador Zeca do PT, eleito na época empunhando a bandeira da ética, chefiou um esquema de caixa 2, no qual foram desviados R$ 30 milhões.

PT se vinga de Rubem - Recentemente filiado ao PDT, o deputado Paulo Rubem Santiago foi compreendido e perdoado pela direção estadual, mas a cúpula nacional quer arrancar seu fígado. E vai pedir o seu mandato de volta para o PT, com base na decisão sobre fidelidade partidária tomada pelo Supremo Tribunal Federal. Rubem está, literalmente, frito.

Boa notícia - O secretário de Administração, Paulo Câmara, comemora a economia que o Estado está obtendo nas compras por pregões eletrônicos. Segundo ele, o Governo já teve uma economia da ordem de R$ 85 milhões este ano em 648 pregões. “Na prática, deixamos de gastar 33% menos do que o valor estabelecido nas compras”, diz. A viúva agradece!

Tábua de pirulito - Dos dois mil quilômetros de estradas federais em Pernambuco, 40% estão intransitáveis. O dado é do próprio governo, através do Dnit - Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes. Está na hora do governador usar o seu prestígio com o presidente Lula. Com a buraqueira, crescem os assaltos nas vias mais movimentadas.

Curtas

DEPUTADO - O prefeito de Palmeirina, Eudson Catão (PTB), está sem deputado estadual depois que Romário Dias assumiu o TCE. Ele nega que seja candidato. “O deputado do nosso grupo será decidido pelo governador”, diz. 

VEREADORES - O encontro que o presidente da UVP, João Batista, terá com deputados para tratar da situação dos vereadores ameaçados com a perda do mandato pelo STF não será em Brasília, mas sim na Assembléia. 

NOTA DEZ - O prefeito de Jaboatão, Newton Carneiro (PRB), teve sorte na escolha da agência - a O&M - que cuida da sua imagem. É de altíssimo nível a mídia na tevê mostrando as realizações do seu governo.

"Quem semeia a maldade colhe a desgraça e será castigado pelo seu próprio ódio". (Provérbios 22-8)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Airton Correia da Silva

Não interessa se outros partidos são corruptos. O que interessa é que o PT se dizia o único partido ético e Lula prometeu moralizar tudo. P I O U R O U.

Airton Correia da Silva

Realmente o PT é o partido da boquinha. Nunca vi tanta corrupção num partido como esse. Nunca vi tanto Ministro ser demitido por corrupção como esse. E ainda aparece quem defende. O pior é que o PT se aliou a tudo que não presta como Inocêncio Oliveira, Severino Cavalcanti, Sarney e tantos outros.

João de Sales Andrade

Tem espaço aí para informar quantos prefeitos do DEM(o) foram cassados por improbidade administrativa nos últimos anos? Foram mais de cem! Engraçado é essa turma (o termo era outro) falar e cobrar honestidade.

João de Sales Andrade

Só espero que a dita grande mídia dê ao senhor Raul Jungman o mesmo tratamento e a mesma cobertura dada aos chamados mensaleiros. Afinal, é tudo farinha do mesmo saco. Não importa o partido.

Ariosto Cunha

Magno, falta você dizer que o DEM (ex-PFL) é o partido mais corrupto do Brasil, conforme pesquisa recente promovida pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral.


Prefeitura de Limoeiro

10/10


2007

Ouça Magno Martins na Rádio Olinda

Clicando aqui , você escuta, sempre de segunda-feira a sexta-feira, o
comentário deste blogueiro no programa do radialista Edivaldo Moraes, um dos maiores comunicadores de Pernambuco, na Rádio Olinda. Meu comentário vai ao ar por volta das sete da manhã.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


10/10


2007

Governo vence e aprova CPMF na Câmara dos Deputados

Sem alterações, a Câmara aprovou a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que prorroga a cobrança da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) e a DRU (Desvinculação das Receitas da União) até 2011. A conclusão do segundo turno da votação ocorreu por volta das 3h50 desta quarta-feira. Da Câmara, a medida segue para o Senado. A aprovação da PEC é contabilizada como vitória pelos governistas, uma vez que ocorreu às vésperas do feriado do Dia das Crianças --12 de outubro-- e precisava de um quórum mínimo considerado elevado --de 308 votos dos 513 deputados. Foram mais oito horas de votação.  Depois de aprovar o texto principal da proposta que prorroga a chamada DRU até 31 de dezembro de 2015, a Câmara adiou para esta quarta-feira a conclusão da votação dos destaques que foram apresentados pela oposição.

A chamada DRU é considerada fundamental pelo governo para manter a estabilidade econômica. O mecanismo permite ao governo mexer livremente em 20% de suas receitas. Em 2012, a DRU representará R$ 62,4 bilhões, referentes à arrecadação com contribuições sociais. Com essa liberdade, o governo utiliza os recursos da DRU para fechar suas contas e garantir o superávit primário.



 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

magno bravo dantas

Vamos ver no senado.


Magno coloca pimenta folha

10/10


2007

JB: "Para garantir emprego do filho Tuma Ameaça com CPI"

 O fantasma de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) começa a atormentar a diretoria da Petrobras, que se tornou, nos últimos meses, alvo de um intenso jogo de barganha que tomou conta da Praça dos Três Poderes, em Brasília. Disposto a emplacar seu filho no topo do aparelho estatal, o senador Romeu Tuma (SP), recém-transferido para o PMDB, já dispõe de 35 assinaturas para dar entrada no requerimento de abertura de uma CPI com alto potencial corrosivo, segundo avaliações da própria empresa e da base do governo no Senado.

- Nenhum funcionário de estatal é louco de assinar uma ordem de pagamento ou contrato em meio a uma CPI - afirma um senador da ala governista, que manifestou preocupação com os possíveis estragos que uma investigação parlamentar poderia causar a uma empresa responsável por mais de US$ 100 bilhões no período 2008-2012.

Para consumo externo, Tuma argumenta que a CPI teria por objetivo aumentar a transparência dos negócios da companhia. No seio do Senado, no entanto, não esconde o objetivo de emplacar o ex-deputado Róbson Tuma, seu filho, para algum cargo em estatais. O senador já emplacou o filho mais velho, Romeu Tuma Júnior (PPS-SP), para a Secretaria Nacional de Justiça. De acordo com senadores da base do governo, pretende usar a influência junto ao presidente Lula para ajudar o outro filho, que se encontra sem mandato.

A favor do governo pesa o fato de Tuma ter sacramentado, no início da semana, sua ida para um partido da base aliada (PMDB). Tanto que o senador Demóstenes Torres (DEM-GO), que assinou o pedido, não esconde a preocupação com o destino do requerimento de abertura. O problema, lembra Torres, é que as assinaturas pertencem ao parlamentar, e não ao partido. Dessa forma, caberá a Tuma dar seguimento à CPI.

Tuma foi procurado pelo JB, mas até o fechamento desta edição não havia sido encontrado. (Informações do JB Online)

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

roberto lima

meu paipai.... ora essa, esses caras que rondam o poder são todos podres. fedem à distância

Raimundo Eleno dos Santos

É inacreditável. Romeu Tuma...quem diria. O poder corrompe. Tudo é uma questão de tempo. O candidato é duro como macarrão. A diferença é quando entra na panela. Que lástima!

Gilberto Carvalho Moura

Conheci o Robson Tuma. Na mesma época tentamos vestibular na USP, ele não passou, dai foi cursar direito na FMU onde faltava mais que comparecia, bacharelou-se nem sei como, mas no exame da OAB já foi reprovado trocentas vezes. Não sabe distinguir alhos de bugalhos.

Gilberto Carvalho Moura

Eita mundo velho sem porteiras! Nos idos 70 Romeu Tuma era do DOI-CODI paulista e perseguia MDB e o imberbe PT, foi carcereiro de Lula inclusive. Hoje dá as cartas no PMDB e no governo do seu ex-custodiado, ou será que continua custodiando?

guilherme alves

Esse tipo de procedimento é a ética na politica.


Banner de Arcoverde

10/10


2007

Tucano faz artigo para jornal mas leva a crivo de banco

 O deputado federal Paulo Renato (PSDB-SP) submeteu à apreciação da presidência do banco Bradesco um texto assinado por ele e enviado anteontem à Folha para publicação. No artigo, ainda inédito, o deputado critica a intenção do governo federal de passar o Besc (Banco do Estado de Santa Catarina) para o controle do Banco do Brasil.


O texto foi enviado ao jornal por e-mail. Por engano, o corpo da mensagem trouxe uma correspondência eletrônica anterior, na qual o parlamentar escrevera ao presidente do Bradesco, Márcio Cypriano: ''Em anexo, vai o artigo revisto. Procurei colocá-lo dentro dos limites do espaço da Folha. Por favor, veja se está correto e se você concorda, ou tem alguma observação. Muito obrigado, Paulo Renato Souza''. (Informações da Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

roberto lima

o irmãozinho desse senhor é (ou pelo menos foi)"diretor" de uma universidade paulista com filial aqui em recife. Na época em que ele era ministro da educação esse senhor visitou a sucursal (um lixo , diga de passagem ) e recomendou métodos nada "convencionais"

Tajmahal Cruz

O que se pode presumir da isenção da opinião do citado deputado sobre um assunto tão relevante. Deduzo que o lhe interessa de fato é ter a aprovação do "patrão" e depois jogar prá platéia. São esses transvestidos de vestais, tal qual esse tal Jungmann, que me dão ojeriza.

guilherme alves

Trata-se da ética na politica.

magno bravo dantas

O que se pode dizer de uma coisa dessa? Um ex-ministro, hoje deputado, pago pela população para defender seus interesses, submetido a uma organização particular e que provavelmente lhe remunera obesamente para defende-la. REPUGNANTE. VOU TOMAR UM PLASIL.



10/10


2007

Cala a boca

Da Coluna Folha Painel - Folha de S.Paulo

Consórcio - O PMDB está convencido de que Renan agiu em parceria com Lula ao promover a exclusão dos correligionários Jarbas Vasconcelos e Pedro Simon da CCJ do Senado. ‘Isso jamais teria sido feito sem a concordância do governo’, afirma o ex-governador Orestes Quércia, externando o que outros dirigentes dizem em privado.

Puxado - Mestre-de-obras de Renan, o líder do PMDB no Senado, Valdir Raupp, diz aos descontentes da sigla que está ‘quase arrumando’ um lugar para devolver Simon à CCJ. Quanto a Jarbas, o peemedebista que mais incomoda o Planalto, ninguém sabe ainda.

(Pergunta inocente do Blog: Será que Simon e, sobretudo Jarbas, vão aceitar o cala-a-boca?)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

guilherme alves

No reino da fantasia, mais um capítulo da novela " Delírios em Marcha", TV Folha de São Paulo.

magno bravo dantas

Isso é novidade? E eles pensam que nós povo não estamos vendo isso tudo? Como dois merdas daqueles, como os dois dois babacas que tiraram Jarbas e Simon teriam gabarito para tanto?

Airton Correia da Silva

Isso nem se pensa quanto mais julgar. O lado podre do PMDB jamais vai atrair Jarbas/Simon para ele, Lula e seus aliados.



10/10


2007

PT de Jaboatão quer de volta mandato de Paulo Rubem

 O diretório do PT em Jaboatão ainda aguarda uma posição quanto à possibilidade de um processo para reaver o mandato do deputado federal Paulo Rubem Santiago (PDT). O ex-petista garantiu, ontem, estar tranqüilo com qualquer intervenção jurídica que venha a sofrer. “O presidente estadual Dilson Peixoto e o secretário João da Costa (PT) disseram à Imprensa que não têm interesse em entrar com processo. Mas se o diretório nacional decidir o contrário, vamos mostrar que fomos perseguidos e que nos enquadramos em uma exceção prevista pela Legislação, já que saí do PT por divergências éticas e programáticas”, declarou à Rádio CBN.
Folha de Pernambuco


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

....natal. Aposto com qualquer um , se verem Paulo Rubem em Jaboatão em um final de semana que não seja em campanha eleitoral.

milton tenorio pinto junior

Coerente aonde ? Critica o Governo Lula e ainda continua num partido da base aliada (PDT ). E nunca trouxe uma emenda , ao qual têm direito( são mais de 3 milhões) , para Jaboatão. Por sinal, só aparece por aqui em dia de eleição, podera é carioca. Na certa quando sai de Brasilia vai para a terra .

magno bravo dantas

Paulo Rubem é um dos poucos políticos doEX- PT que conseguem manter uma postura coerente. Poer essa razão se retirou ainda em tempo. Vai se eleger novamente. Observo que a própria história está separando o joio do trigo. Jarbas, Simon, Paulo Rubem e tantos outros.

Airton Correia da Silva

Parabéns André Campos.É assim que um político honesto trabalha, sem picuinhas e aprovando o que realmente está certo. Jarbas é um homem honesto e agora está dando aula de coerência e seriedade no Senado, enquanto grande parte do PMDB baba a dupla Renan/Lula.

Airton Correia da Silva

Paulo Rubem era o único político coerente que realmente criticava e critica Lula quando o mesmo ou seus aliados cometem erros ou corrupções. Vou votar nele para Prefeito, sem dúvida.



10/10


2007

Contas aprovadas, Eduardo ataca, Mendonça defende

 A Assembléia Legislativa aprovou, ontem, por unanimidade, as contas do Governo do Estado de 2006, referentes às gestões Jarbas Vasconcelos (PMDB) e Mendonça Filho (DEM). No entanto, as ressalvas estabelecidas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) permaneceram. De acordo com o deputado André Campos (PT), relator do processo na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), todas as observações são de ordem formal.

O ex-governador democrata comemorou a decisão. “Isso prova o nosso compromisso com uma gestão séria e eficiente e que entregamos o Estado equilibrado e bem gerido”, disse. O senador Jarbas Vasconcelos, através de sua assessoria, disse ter a convicção de que este seria o posicionamento da Casa.

“Um aspecto muito importante a ressaltar é o cumprimento do artigo 42 da LRF, que determina que uma gestão não pode deixar despesa sem recursos em caixa para a gestão seguinte”, afirmou Mendonça Filho, que garante ter entregue o Estado, em janeiro, com superávit de 45 milhões, comprometimento da despesa com pessoal em 55% e dívida pública reduzida para R$ 4 bilhões.

Logo após a transição, o Governo Eduardo Campos (PSB) questionou a herança deixada pelos ex-gestores, apontando um déficit de R$ 255,1 milhões. Em nota enviada à Imprensa, Mendonça voltou a lembrar a situação “herdada” da gestão socialista, liderada pelo ex-governador Miguel Arraes, da qual Eduardo era secretário da Fazenda.

Folha de Pernambuco


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Eduardo Campos, vá cuidar da Saúde, da Segurança, que continuam uma desgraceira. O que passou, passou. Vá cuidar das promessas de campanha, que até aqui não vimos nada.

magno bravo dantas

Trabalho e seriedade resultam nisso. O tempo dirá quem tem razão. O tempo colocará os pingos nos "is".

Airton Correia da Silva

Parabéns André Campos.É assim que um político honesto trabalha, sem picuinhas e aprovando o que realmente está certo. Jarbas é um homem honesto e agora está dando aula de coerência e seriedade no Senado, enquanto grande parte do PMDB baba a dupla Renan/Lula.

Airton Correia da Silva

Queria saber quando Eduardo Campos vai definitivamenbte descer do palanque. A insegurança que foi tão criticada continua de mal a pior. Pelo que estou vendo quem está governando o estado é Lula, pois ele só fala nas ações do governo federal. Jarbas continua sendo um homem sério, agora no Senado.



10/10


2007

Prefeito não pode mais empregar parentes na PCR

 Por unanimidade, a Câmara dos Vereadores do Recife aprovou o projeto de lei que proíbe a prática do nepotismo no Executivo Municipal. A proposição tramitava na Casa desde o dia 16 de abril deste ano, mas só foi aprovada ontem, com 25 votos favoráveis. De acordo com o texto, fica vetada a contratação de parentes de até terceiro grau do prefeito, vice-prefeito, secretários e presidentes de autarquias da administração direta ou indireta do Recife.

A votação ocorreu sem grandes polêmicas, tendo os dois líderes - do Governo e da oposição - recomendado a aprovação da matéria. “Votarei a favor, mas lamento que seja preciso uma lei para impedir tal postura. Isso deveria estar na consciência de quem governa”, provocou o vereador Daniel Coelho (PV).

O que poderia ser motivo de discussão resultou num acordo firmado entre os vereadores Carlos Gueiros (PTB) e Jurandir Liberal (PT), este último presidente da Comissão de Legislação e Justiça da Casa e responsável por emitir o parecer favorável ao texto. O petebista havia sugerido uma emenda na qual levava em conta o princípio da anterioridade - isto é, quando um parente ocupa o cargo comissionado antes da nomeação do gestor público. A emenda foi acatada por Liberal, que acrescentou um prazo mínimo para instalação da regra.

“Se o parente ocupar o cargo há mais de seis meses, fica livre de sofrer a demissão”, explicou o petista. Segundo Jurandir Liberal, Carlos Gueiros relutou em aceitar o prazo de 180 dias. “Ele não queria prazo nenhum, mas sugeri os seis meses por considerar justo”, explicou.
Folha de Pernambuco


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

magno bravo dantas

Sem comentários. Se os nossos políticos tivessem o mínimo de vergonha não seria necessário esse tipo de Lei.



10/10


2007

Governo Jarbas-Mendonça volta a ser alvo de Eduardo

 Nove meses após ter assumido a administração estadual, o governador Eduardo Campos (PSB) mantém as críticas à gestão passada. Ontem, na reinauguração do Hospital Hermínio Coutinho, no município de Nazaré da Mata, Eduardo criticou mais uma vez o Governo Jarbas/Mendonça, relembrando à população local que a unidade encontrava-se sem funcionamento desde 2002. O governador fez questão de ressaltar que há cinco anos o hospital tinha R$ 3 milhões depositados nas contas oficiais do Plano de Apoio ao Desenvolvimento Sustentável da Zona da Mata (Promata) pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

“Não vacilei em fazer a ordem de R$ 2 milhões em apenas nove meses de gestão, quando ao longo de cinco anos tinham sido colocados R$ 3 milhões nessa obra”, disse Eduardo, seguindo a tocar no assunto da Saúde, um dos seus principais motes de campanha.

Com o povo erguendo faixas com fotos do ex-governador Miguel Arraes, Campos remeteu suas ações de Governo à experiência adquirida dentro da política arraesista. “Eu tive a sorte de aprender desde cedo com um grande pernambucano e brasileiro, que sempre governou e fez a máquina moer pro lado daqueles que mais precisam: o governador Miguel Arraes. Pude conviver com outro grande brasileiro na condição de ser seu ministro: meu companheiro e presidente Luiz Inácio Lula da Silva”.
Faolha de Pernambuco


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

magno bravo dantas

Vamos ver lá na frente. Cadê os hospitais? porque a saude pública continua a mesma porcaria? Eduardo campos... quem não conhece que o compre. Com todo respeito.

Bruno Cesar

Dudu Precatorio, deixa de DEMAGOGIA. Vai para o interior e fala de ARRAES e LULA. Quando tá na capital nem toca nos nomes deles. DUDU PRECATÓRIO a eleição ja acabou governe JÁ!!!!

Airton Correia da Silva

Parabéns André Campos.É assim que um político honesto trabalha, sem picuinhas e aprovando o que realmente está certo. Jarbas é um homem honesto e agora está dando aula de coerência e seriedade no Senado, enquanto grande parte do PMDB baba a dupla Renan/Lula.

Airton Correia da Silva

Queria saber quando Eduardo Campos vai definitivamenbte descer do palanque. A insegurança que foi tão criticada continua de mal a pior. Pelo que estou vendo quem está governando o estado é Lula, pois ele só fala nas ações do governo federal. Jarbas continua sendo um homem sério, agora no Senado.



09/10


2007

Guilherme Uchoa quer centro de educação em Igarassu

Um centro de educação e qualificação profissional para a zona norte da Região Metropolitana do Recife, que poderia ser instalado em pouco tempo, no prédio que hoje abriga a Companhia de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma), em Cruz de Rebouças, Igarassu. Com essa proposta, o deputado estadual e presidente da Assembléia Legislativa Guilherme Uchoa (PDT) foi à tribuna na tarde desta terça-feira pedindo providências à secretaria estadual de Educação.

 

A proposta veio ao plenário, de acordo com informações do repórter do blog, André Silva, aliada a um discurso de sintonia entre o pedetista e o governador Eduardo Campos (PSB).  “Em primeiro lugar, reforçamos a nossa confiança no Governo Eduardo Campos e seu empenho em buscar rápidas soluções para os mais graves problemas da população do Estado”, frisou o parlamentar.

 

Para Guilherme Uchoa, a criação de um centro educacional na região vai profissionalizar um grande contingente de jovens que hoje “estão absolutamente sem horizontes”, a um passo da marginalidade. Pois é, educar pode ser o caminho mais fácil para tentar reduzir a escalada da violência. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


09/10


2007

Assembléia aprova contas do Governo Mendonça

As contas públicas dos nove meses do Governo Mendonça Filho e dos três meses da gestão de Jarbas Vasconcelos (jan/mar) de 2006 foram aprovadas por unanimidade, hoje, pela Assembléia Legislativa. O relator das contas de 2006, o deputado petista André Campos, defendeu a aprovação das contas por entender que a administração de Mendonça Filho cumpriu todas as exigências legais e seguiu os princípios da boa gestão pública. “Isso prova o nosso compromisso com uma gestão séria e eficiente e que entregamos o Estado equilibrado e bem gerido”, afirmou o ex-governador Mendonça Filho.

A aprovação  das contas dos governos Mendonça/Jarbas de 2006 ocorreu porque o Estado de Pernambuco cumpriu com a Lei de Responsabilidade Fiscal, apresentou equilíbrio entre dívida pública e despesa com pessoal e aplicou os percentuais previstos para a Educação (25%) e para a Saúde (12%). “Um aspecto muito importante a ressaltar é o cumprimento do artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal, que determina que uma gestão não pode deixar despesa sem recursos em caixa para a gestão seguinte”, afirmou Mendonça Filho, ressaltando que isso comprova que o Governo passado manteve o equilíbrio não gastando mais do que arrecadava.

A decisão da Assembléia em aprovar, por unanimidade, as contas de 2006 foi comemorada pelos ex-governador Mendonça Filho e Jarbas Vasconcelos. Através de sua assessoria, o senador Jarbas Vasconcelos disse que ele tinha convicção desse posicionamento da Assembléia Legislativa por que foram oito anos de trabalho comprometido com a boa gestão.

Em 1999, Jarbas e Mendonça receberam o Governo com um déficit de R$ 1 bilhão, o comprometimento da receita corrente com despesa de pessoal em 70,86% e a dívida pública de R$ 7 bilhões. Em janeiro de 2007,  Mendonça Filho entregou o governo com superávit de R$ 45 milhões, o comprometimento da despesa com pessoa em 55% e a dívida pública reduzida para R$ 4 bilhões.  Os governos Jarbas/Mendonça tiveram as contas públicas aprovadas durante os oito anos de gestão (1999/2002 – 2003/2006) tanto pelo Tribunal de Contas do Estado como pela Assembléia Legislativa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha