FMO janeiro 2020

19/12


2011

Em Brejo, verba para os PSFs vem caindo a cada mês

O vereador Carga Pesada denunciou ao blog que a cidade de Brejo da Madre de Deus já teria perdido, este ano, pelo menos R$ 200 mil para a área da Saúde. O dinheiro serviria para o atendimento à população, através do Programa Saúde da Família, mas vem caindo consideravelmente.

De acordo com os números repassados ao blog, disponíveis no site do Ministério da Saúde, no mês de janeiro o município recebeu R$ 64.000,00. No mês seguinte, o valor caiu para R$ 57.600,00. Em maio, a queda foi ainda maior, R$ 40.200,00, chegando, em agosto, a R$ 33.500,00. No mês passado a área teve apenas R$ 26.800,00 disponibilizados.

“Não se pode admitir que uma prefeitura perca tanto dinheiro como a do Brejo da Madre de Deus. A prefeitura vem a cada mês perdendo verbas para este serviço, graças à falta de atendimento aos pacientes do nosso município”, denunciou o parlamentar.

Carga Pesada explicou que o Ministério da Saúde manda a verba de acordo com o atendimento do mês anterior. “Como em Brejo os Postos de Saúde da Família vivem de Médicos fantasmas e automaticamente não atendem a população, o Ministério encurtou o dinheiro. Quem se prejudica é o povo da nossa cidade”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Jaboatão

19/12


2011

Armando sinaliza no Frente a Frente que não apóia prefeito

Em entrevista gravada, há pouco, para o Frente a Frente, programa que apresento pela Rede Pernambucana de Rádio, tendo como cabeça de rede a Rádio Folha 96,7 FM, o senador Armando Monteiro Neto (PTB) faz restrições ao fato de o PT ter delegado ao prefeito João da Costa a condução do processo sucessório no Recife. E reafirma ser favorável à tese de que ocorram múltiplas candidaturas a prefeito da capital. Vai ao ar no horário das 18 às 19 horas. Veja abaixo as demais emissoras que integram a rede:

Rádio Folha 96,7 – Recife

Liberdade FM de Caruaru - 94,7

Integração FM de Surubim - 88,5

Líder do Vale FM de Serra Talhada – 99,7

Pajeú de Afogados da Ingazeira - AM 1.500

Ponte de Petrolina FM - 91,5

Sertânia FM - 100,1

Rádio Planalto AM do Recife – 950

Educadora AM de Belém de São Francisco - 1.470

Bitury AM de Belo Jardim - 1530

Cardeal Arcoverde AM – 600

Papacaça AM – 1470 – Bom Conselho

Verdejante de Verdejante FM - 104,9

Rádio Calheta FM do Cabo de Santo Agostinho - 98,5

Cidade FM - 88.7 – Tabira

São Bento FM – 104,9

Sanharó FM 104.9

Alternativa FM 104.9 – Agrestina

Nova FM 87.9 – Mirandiba

Alternativa FM 98,5 – Nazaré da Mata

Rádio Beto Som – 104,9 FM Granito


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Flavio

O Vereador Antônio Luiz Neto (PTB) vai ser o candidato e com a força da torcida tricolor, vai se eleger prefeito da cidade do Recife.


Cabo de Santo Agostinho

19/12


2011

Em Iputinga, água não chega há 15 dias

Moradores da Vila União, comunidade localizada no bairro da Iputinga, estão há quinze dias sem uma gota d’água nas torneiras. Eles denunciaram ao blog que quando a água chega não tem pressão sequer para subir aos chuveiros das residências.

A população está revoltada com a Compesa e afirma que a empresa tem sido omissa. “Já realizamos várias reclamações através do 0800 e nenhuma providência foi tomada. Moradores, comércio, escolas e o posto de saúde da Vila estão prejudicados com a falta d’água. Uma verdadeira lei seca”, desabafou Eduardo Nino, membro da Associação dos Moradores da Vila União.

Ele informou que já fez apelos ao Governo do Estado. Explicou ainda que o problema vem ocorrendo desde que a companhia realizou um serviço na Rua São Mateus, colocando um tampão na tubulação que leva água para a comunidade. “Mesmo sem água, a Compesa continua enviando as contas e cobrando até o ar que está saindo das torneiras”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

19/12


2011

Prefeitura e Compesa, enfim, acabam com "Rua da Bosta"

 

 

 

 

 

 

 

 

Há exatos 20 dias, Prefeitura do Recife e Compesa, enfim, selaram uma parceria e estão fazendo a nova rede de esgoto da Rua Samuel Campelo, nos Aflitos, onde se localiza o estúdio do Frente a Frente, programa que apresento pela Rede Pernambucana de Rádio para 34 emissoras, entre as quais a Rádio Folha 96,7 FM, a nossa cabeça de rede.

Operários da PCR e da Compesa, aliás, ralam o dia inteiro e, finalmente, os moradores da rua não respiram mais a fedentina do esgoto a céu aberto. Veja as imagens das obras feitas pelo companheiro Adriano Roberto.


 

 

 

 

 

 

 

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

Ja na rua Jacobina, na Graças, a prefeitura colocou um farelo por cima da lama e com mais 20 dias ficou como antes. A compesa não deu as caras. Estado e Município que vergonha. Some-se a um edf. que derrama agua de esgoto e da piscina no meio da rua Tome dindin para iptu e compesa. O POVO TA DE OLH

Paulo Roberto Leite Muniz

Não tivesse você o "bocão" que tem, essa providência se arrastaria por muito mais tempo.



19/12


2011

Inaugurada a 1ª etapa da Hemobrás de Goiana

Na manhã desta segunda-feira, autoridades políticas se reuniram na solenidade de entrega da primeira etapa da fábrica da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás), que está sendo instalada no Polo Farmacoquímico de Goiana, Mata Norte de Pernambuco, distante 63 quilômetros do Recife. Com informações do G1.

Na ocasião, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, falou que a inauguração do bloco 1 é o passo inicial para zerar a importação de hemoderivados. ''Hoje, gastamos mais de R$1 bilhão com a importação desses produtos que, daqui a três anos, nós mesmos vamos produzir e zerar essa dependência de hemoderivados'', enfatizou. Estiveram presentes, além do ministro, o governador em exercício, João Lyra Neto, e lideranças políticas da região.

A nova fábrica vai produzir diversos hemoderivados, como albumina, imunoglobulina, fatores de coagulação VII e IX, complexo protrombínico e fator de Von Willebrand, que são essenciais para, por exemplo, cerca de 12 mil brasileiros portadores de hemofilia.

Hemoderivados

São medicamentos fabricados a partir do sangue humano. O plasma, por exemplo, é a parte do sangue onde estão as proteínas e é usado para a produção de remédios medicamentos indicados para o tratamento de queimados e de doenças como hemofilia, cirrose, imunodeficiências primárias e aids.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu e Lima - Prefeitura - Abreunozap

19/12


2011

Dilma defende modernização das Forças Armadas

A presidente Dilma Rousseff defendeu hoje modernizar as Forças Armadas e diminuir as vulnerabilidades na área de defesa, em solenidade de apresentação de oficiais-generais recém-promovidos no Palácio do Planalto, de acordo com o R7.

“Avançamos muito na área de Defesa nos últimos anos mas, sem dúvida, muito ainda precisa ser feito, é imprescindível diminuir nossas vulnerabilidades, modernizar os meios operativos, integrar cada vez mais as três Forças, aprimorar a capacidade institucional do Ministério da Defesa, por isso prosseguiremos com os projetos prioritários de aparelhamento das Forças, sem deixar de valorizar os homens e as mulheres que tornam esses projetos possíveis”, disse.

A presidente defendeu uma "visão cada vez mais integrada das Forças Armadas" e afirmou que uma política de defesa "assertiva" é necessária ao desenvolvimento econômico e à soberania da política externa.

 “O Brasil de hoje conta com Forças Armadas capacitadas profissionalmente, voltadas ao cumprimento de suas obrigações constitucionais, demonstrando maturidade institucional que foi alcançada ao longo da nossa história pelo nosso País”.

Ela concluiu afirmando que "nossos soldados reconhecem seu papel com partícipes de uma política de Estado, a política de defesa que deve guardar perfeita coerência com as aspirações do povo brasileiro, traduzidas por seus representantes democraticamente eleitos".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Carlos da Silva

Mas uma conversa pra boi dormir. De que adianta modernizar os equipamentos se a tropa está passando fome, individado até o pescosso. Cadê o nosso aumento? Se for esperar essa crise passar a tropa pode esperar sentada que em pé vai cansar!


Banco de Alimentos

19/12


2011

Ministro do STF endurece e esvazia poderes do CNJ

Em decisão liminar nesta segunda-feira, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello suspendeu o poder "originário" de investigação do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) contra magistrados, determinando que o órgão só pode atuar após as corregedorias locais. A informação é do site Folha.com.

A liminar concedida pelo ministro deve ser levada a plenário na primeira sessão do ano que vem, no início de fevereiro, para que seus colegas avaliem o tema. Até lá, no entanto, as funções da corregedoria do CNJ estarão esvaziadas.
Ficarão prejudicadas aquelas investigações que tiveram início diretamente no conselho, antes que tenham sido analisadas nas corregedorias dos tribunais onde os juízes investigados atuam.

Como está previsto na Constituição, o CNJ pode ainda avocar (determinar a subida de) processos em curso nas corregedorias, desde que comprovadamente parados. O ministro afirmou que o conselho deve se limitar à chamada "atuação subsidiária".

Em outras palavras, o que não pode é iniciar uma investigação do zero, fato permitido em resolução do CNJ, editada em julho deste ano, padronizando a forma como o conselho investiga, mas que foi questionada pela AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Carlos da Silva

Processos parados não ¨matumbados feito carangueijo no mangue¨. No TCEPE tem dezenas, no TJPE pior ainda. Qual o problema? O problema é que todos dizem respeito a processos por improbidade, esse é o verdadeiro problema.

José Carlos da Silva

Pobre no Brasil é feito cachimbo: Só nasceu pra levar fumo! Visitem um prsídio e vejamos quem é a maioria esmagadora dos encarceradoss. O STF sabe e muito bem.

José Carlos da Silva

Com as devidas vênias, mas discordo da decisão arbritária do Ministro. Realmente ele cedeu ao corporativismo dos bandidos de toga. A classe menos previlegiada é quem perde e muito com tal decisão. Todo brasileiro sabe que só quem tem acesso fácil ao juducário é Rico e político principalmente os FS


O Jornal do Poder

19/12


2011

“Primeiro ano do governo ''não teve problema político''

 

 

 

 

 

 

 

 

O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), disse nesta segunda-feira, após a última reunião de coordenação política do ano, que o primeiro ano da presidente Dilma Rousseff à frente do país “não teve problema político” e que “a questão política (do governo Dilma) foi muito positiva”. As informações são do G1.

Em 2011, sete ministros foram demitidos ou pediram demissão, seis deles após denúncias de irregularidades: Antonio Palocci (Casa Civil), Alfredo Nascimento (Transportes), Pedro Novais (Turismo), Wagner Rossi (Agricultura), Orlando Silva (Esportes) e Carlos Lupi (Trabalho). Nelson Jobim (Defesa) saiu do ministério após declarações polêmicas.

“Troca de ministro não é crise de governo, então não teve problema político. Problema político teve a oposição, mas esse é um problema da oposição”, declarou Vacarezza após a reunião de coordenação, que reunião a presidente Dilma e ministros de Estado.

 

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

ELE É AMIGO DOS POLICIAIS MILITARES DO BRASIL. DIGA A PEC 300. DUAS PALAVRAS.

EDSON COSTA DE SIQUEIRA

Talvez o líder Vaccarezza, (ou seria vagareza?) tenha razão,, pois onde só existem “Porcoliticos”, não teria como haver problemas políticos.


Potencial Pesquisa & Informação

19/12


2011

Dilma rompe parceria com ONG e distribui cisternas de plástico

Revista Época

Parte do Brasil conhece o sertão nordestino pela literatura, com clássicos como “Vidas Secas”, de Graciliano Ramos, e “Morte e Vida Severina”, de João Cabral de Melo Neto. Também conheceu o semiárido pela imprensa, nas constantes denúncias de corrupção e desvio de verbas públicas em obras que deveriam combater a seca, mas estagnavam nas mãos privadas de coronéis.

Nos últimos anos, porém, a paisagem do sertão estava mudando, graças a um movimento iniciado em 2003. No primeiro ano do governo Lula, a ASA (Articulação no Semiárido Brasileiro), uma rede que reúne centenas de organizações não governamentais, procurou o presidente para propor uma parceria para a construção de cisternas de alvenaria no sertão nordestino.

Seus interlocutores eram Frei Betto e Oded Grajew, então no governo. Assinalado pela sua origem de retirante, de menino pobre do semiárido que migrou com a mãe e os irmãos de Caetés, em Pernambuco, para São Paulo, Lula acolheu a ideia. Ele conhecia bem a aridez geográfica e a imutabilidade dos desmandos políticos que faziam da sua terra um lugar brutal.

O resultado deste esforço entre governo federal e sociedade civil organizada foram 371 mil cisternas de cimento, envolvendo 12 mil pedreiros e pedreiras das comunidades e beneficiando mais de 2 milhões de brasileiros em 1.076 municípios. Algo grande, muito grande, para quem acompanha a história do Nordeste brasileiro.

Basta andar pelo semiárido para ver que, quando há vontade política, é possível fazer milagres de gente. A presença da água, com a implantação coletiva de uma simples cisterna, tem mudado não apenas a economia, mas a autoestima do povo que vê florescer a vida e também a possibilidade de reescrever sua história – desta vez como autor, e não mais como personagem.

Tudo ia muito bem até este mês de dezembro, quando a coordenação da ASA foi informada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) que suspenderia o pagamento dos recursos para o “Programa Um Milhão de Cisternas” e passaria a substituir as cisternas tradicionais pelas de plástico.

O governo anunciou que pretendia mudar os arranjos para o Plano Brasil Sem Miséria e ampliaria os convênios com os estados – sinalizando o afastamento das organizações não governamentais do processo. A ASA foi aconselhada a negociar com os estados e municípios.

A ASA fará uma manifestação em Petrolina (PE) na manhã desta terça-feira, 20/12, para protestar contra a ameaça ao Programa Um Milhão de Cisternas e para denunciar que a sociedade civil organizada está sendo excluída do governo de Dilma Rousseff.  

Milhares de sertanejos partirão de diferentes estados nordestinos para se reunir em Petrolina e alertar o país para uma possível volta às velhas práticas do passado, quando a indústria da seca era a única coisa que vicejava no semiárido brasileiro e qualquer arremedo de solução era usado como moeda eleitoral.

O rompimento da parceria com a ASA é anunciado no momento em que a opinião pública está predisposta a considerar qualquer ONG fraudulenta. Como foram denunciados muitos “malfeitos” nos convênios entre algumas organizações não governamentais e ministros demitidos, como Orlando Silva e Carlos Lupi, não há melhor hora para romper com a sociedade civil organizada.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

arnaldo cicero marques

Mais uma vez o nordestino sertanejo vai pqp.



19/12


2011

Mototaxistas de Caruaru ganham placas vermelhas

Wagner Gil, direto de Caruaru

Depois da criação da Lei Federal 12009, de julho de 2009, Caruaru tornou-se a primeira cidade no País a conceder autorizações para placas de aluguel em motos, oficializando desta forma o serviço de mototáxi. As primeiras placas foram entregues, ontem, durante um café-da-manhã.

Em Caruaru, são 2,6 mil mototaxistas cadastrados na Autarquia Municipal de Defesa Social, Trânsito e Transportes (DESTRA) e desse total, 720 tiveram suas documentações enviadas ao Detran para análise. No primeiro lote, apenas 90 foram rejeitadas e 354 profissionais tiveram, na última semana, a liberação para solicitar a placa de aluguel.

O uso de placas na cor vermelha é destinado para transporte de cargas e passageiros e está previsto na lei 9.503, artigo 135, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Graças à regulamentação da profissão no município, os mototaxistas poderão assegurar este direito que trará benefícios como a isenção de alguns impostos para a categoria.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha