O Jornal do Poder

08/02


2012

Governador visita obras do shopping RioMar

 

 

 

 

 

 

 

 

Um ano e quatro meses após participar da solenidade que marcou o início das obras, o governador Eduardo Campos voltou ao Shopping RioMar, ontem, para conferir o ritmo da construção. Convidado e recebido no local pelo empresário João Carlos Paes Mendonça, presidente do grupo JCPM e responsável pelo empreendimento, Eduardo percorreu vários espaços do futuro centro de compras, que terá 476 lojas.

Durante a visita, Eduardo destacou a importância do empreendimento para o desenvolvimento econômico e social do estado. “Ele já responde pelo emprego direto de quase 2.500 pessoas e depois de pronto, o RioMar vai gerar oportunidade de trabalho para quase oito mil pernambucanos”. O RioMar será inaugurado no dia 29 de outubro com coquetel para convidados e no dia 30 abrirá as portas para a população. Antes mesmo da inauguração, o centro de compras já está com 85% das lojas comercializadas. A expectativa é começar a operar com 95% do mall ocupado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

08/02


2012

Agenda de Dilma pelo Sertão começa daqui a pouco por Floresta

 A presidenta Dilma Rousseff começa nesta quarta-feira (8) uma viagem de dois dias pelo Nordeste para vistoriar o andamento das obras do projeto de integração do Rio São Francisco e da Ferrovia Transnordestina. A presidenta deverá passar por pelo menos sete municípios de Pernambuco e do Ceará. Além de visitar as obras, Dilma deverá se reunir com técnicos e representantes das construtoras envolvidas nos projetos, segundo a Agência Brasil.

A presidenta deve desembarcar por volta das 10h em Paulo Afonso (BA), de onde seguirá para Floresta (PE), primeiro ponto do roteiro de vistoria das obras. O Projeto de Integração do Rio São Francisco com Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional tem como objetivo assegurar a oferta de água a cerca de 12 milhões de habitantes de 390 municípios do agreste e do sertão dos estados de Pernambuco, do Ceará, da Paraíba e do Rio Grande do Norte.

A obra está dividida em duas partes. O Eixo Leste, com 220 quilômetros (km), prevê a construção de canal, estações de bombeamento, reservatórios, túneis e aquedutos entre os municípios de Monteiro e Floresta, ambos na Paraíba. No Eixo Norte, que tem 402 km, o trabalho será realizado entre as cidades de São José de Piranhas (PB) e Cabrobó (PE).

Quando o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) foi lançado, em 2007, a previsão era que o Eixo Leste fosse concluído até junho de 2010, com custo total de R$ 1,58 bilhão. Para o Eixo Norte, a data de conclusão estava marcada para dezembro de 2012, com custo total de R$ 3,4 bilhões.

No último balanço do PAC, no entanto, feito em novembro do ano passado, a data de conclusão do Eixo Leste foi adiada para dezembro de 2014, e o investimento realizado somava R$ 2,8 bilhões, sendo que R$ 1,8 bilhão já foram investidos entre 2007 e 2010 e mais R$ 1 bilhão está previsto até 2014. A nova data de conclusão do Eixo Norte é dezembro de 2015, e o investimento subiu para R$ 4 bilhões – R$ 1,7 bilhão entre 2007 e 2010 e R$ 2,3 bilhões até 2014. Segundo o relatório do governo, no Eixo Leste 71% das obras estavam realizadas e no Eixo Norte a conclusão era 46%.

Dilma deve visitar as obras em Cabrobó (PE), sobrevoar o Eixo Norte e seguir para Mauriti (CE). À noite, a presidenta se reúne em Juazeiro do Norte (CE) com as empresas responsáveis por parte das obras do projeto de integração.

Na quinta-feira (9), o foco será a Ferrovia Transnordestina, obra de 1,7 mil km que vai ligar o interior do Nordeste aos portos de Pecém (CE) e Suape (PE). O roteiro de Dilma começa no município cearense de Missão Velha, em um dos lotes mais adiantados da obra. De lá, a comitiva segue para São José do Belmonte (PE) e, mais tarde, para Salgueiro.

Alguns trechos da ferrovia estão mais adiantados, como os 96 km entre os municípios de Salgueiro (PE) e Missão Velha (CE), que estão com 99% da infraestrutura concluída, segundo o balanço mais recente do PAC. Mas outros trechos, como o de 420 km entre Trindade (PE) e Eliseu Martins (PI) e o de 306 km entre Salgueiro (PE) e Suape, também em Pernambuco, têm pouco mais de 30% da infraestrutura pronta. A parte da ferrovia que liga os municípios cearenses de Pecém e Missão Velha (527 km) estava com 4% da infraestrutura pronta em setembro do ano passado.

Quando a construção da ferrovia foi incluída no PAC, em 2007, a expectativa é que ela fosse concluída três anos depois. Mas a data de conclusão foi sendo alterada e, no último balanço do programa, apresentado em novembro do ano passado, a previsão para o término da obra era o dia 31 de dezembro de 2014.

Os valores da obra também aumentaram. Em 2007, a previsão era gastar R$ 4,5 bilhões na construção da ferrovia, mas até 2010 já tinham sido investidos R$ 2,06 bilhões, com previsão de mais R$ 3,24 bilhões entre 2011 e 2014.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

08/02


2012

João da Costa anuncia projeto de Lei da Ficha Limpa

O prefeito João da Costa anuncia, na manhã desta quarta-feira (08), a criação do projeto de Lei Municipal da Ficha Limpa. A proposta é impedir a nomeação e atuação em cargos comissionados, inclusive secretários municipais, na Prefeitura do Recife, daqueles considerados inelegíveis, tendo por base a Lei Complementar n°  135. O ato acontece, às 11h30, no edifício-sede da PCR.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Esse tema deve ser Lei Geral. Se cada prefeitura quiser fazer uma lei, vai ser terrível.Quem é ladrão em Recife vai para Jaboatão, ou Paudalho, Ou Carpina, ou Caruaru, e lá os larápios do Recife serão fichas limpa, tanto quanto pano de altar.

o povo da de olho

Quero saber sobre o dinheiro pago a mais nos IPTUs, que foram combrados a mais que a infraçaõ. So quem reclamar terá reduçaõ, significa que a combrança a mais é indevida, porque não reduz a de todos e devolve o dinheiro alheio.Pra mim isso tem nome.



08/02


2012

O que as pedras não sabiam

Em julgamento apertado, o STF optou por ficar do lado claro do mundo. Decidiu que o Conselho Nacional de Justiça pode investigar juízes suspeitos de desvio de função e corrupção. Com isso, o CNJ pode tomar a iniciativa de investigar as togas escondidas sob o corporativismo.

 "Até as pedras sabem que as corregedorias não funcionam quando se trata de investigar os próprios pares" disse o Ministro Gilmar Mendes, no julgamento.

O que as pedras não sabiam é que depois de algumas decepções o STF ainda é digno de nossa confiança. O CNJ agora está prestigiado e robusto para preservar a higidez do Judiciário. A confirmação deste resgate será o julgamento do processo do “mensalão” envolvendo o primeiro escalão da República.

Esta é uma briga que vai deixar feridos, mas que será um marco na história do Poder Judiciário. O julgamento foi um espetáculo que desnudou o melhor e o pior de nossa Corte.

O que as pedras não sabiam é que o STF iria golpear aquela idéia de que o Brasil está condenado ao pitoresco e à inviabilidade perpétua. A ministra Cármen Lucia recordou: o Brasil vive sob democracia. Foram-se os tempos das “catacumbas”.

O Min. Ayres Britto recordou frase atribuída a um juiz americano. Chama-se Louis Brandeis (1856-1941). Disse o seguinte: “A luz do sol é o melhor dos desinfetantes.” Referia-se à necessidade de transparência. A íntegra deste artigo, do promotor Ricardo Coelho, você confere no menu Opinião. Vale a pena!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/02


2012

Odeio a ditadura de fidel e salve Yoani!

Bicho-grilo anticomunista até o tutano, o jornalista José Adalberto Ribeiro recorre à frase moda de Ulysses Guimarães em relação à ditadura cubana, no momento em que a dissidente Yoani Sanchez mais uma vez é proibida de deixar a ilha-prisão para visitar o Brasil. “Tenho ódio à ditadura. Ódio e nojo.” Tenho ódio e nojo às barbas satânica de fidel e seus cupinchas da caterva vermelha.

“A existência de uma prisão dos Estados Unidos na baia de Guantânamo, no território de Cuba, serve como pretexto para a ditadura terrorista de fidel castro, com licença da palavra, manter o estado policialesco contra a população e reprimir os opositores do regime. Em Guantânamo estão enjaulados os terroristas mais periculosos do mundo, a escória da humanidade, inclusive os autores do atentado de 11 de setembro.

“Obama prometeu fechar a prisão de transferir os terroristas para o território americano, mas foi proibido pelo Congresso Nacional. Na verdade a ditadura comunista adora Guantânamo e o embargo dos EUA, porque isto lhes serve como desculpa para justificar a decadência do regime. Amordaçada, a maioria da população sofre perseguições e racionamento, enquanto a elite dirigente vive de mordomias, privilégios e corrupção.

“Aviso à caterva vermelha: neste artigo estou adotando o modelo ditatorial de Cuba e da Venezuela: é proibido contestar. Se alguém da mundiça comunista não gostar, vai ter que engolir. Calado! Aliás, a caterva vermelha está proibida, democraticamente, de ler este artigo.

Eu sou um ditador democrático”. O polêmico artigo do bicho-grilo Adalberto, sob o título”Odeio a ditadura de fidel e salve Yoani”, está postado no íntegra no Menu Opinião.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

IVANISE GONZAGA ALVES

Com certeza esse sujeito não conhece nem Cuba e nem o povo cubano.prefiro a didatura de CUba á democracia capitalista que dizima não só cuba mas toda população pobre do Planeta veja o exemplo da Grecia, Itália, Portugal etc.onde a empresa privada se locupleta com o dinheiro do Estado do(povo)

Arnaldo Amaral

BRAVO !!!



08/02


2012

A charge do dia

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/02


2012

Ouça o programa Frente a Frente de ontem

 Sevocê perdeu o Frente a Frente de ontem, programa que apresento em companhia de Adriano Roberto pela Rede Pernambucana de Rádio, formada por 30 emissoras, tendo como cabeça de rede a Rádio Folha 96,7 FM, no horário das 18 às 19 horas, clique aqui e ouça agora.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/02


2012

Alô, São José do Belmonte!

Daqui a pouco, conto como foi minha passagem pela cidade de São José do Belmonte, a 50 km de Serra Talhada, incluída no roteiro da presidente Dilma, onde abri o ano letivo com a palestra ''A internet na era do conhecimento".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/02


2012

Coluna da quarta-feira

         Um aliado enrolado

Os jornais ignoraram, mas a revista Época desta semana não ressuscitou apenas o escândalo dos precatórios. Com o título “Um aliado enrolado, informou que o ex-presidente do Instituto Xingó, Gilberto Rodrigues, cotado para assumir uma nova estatal que o Governo estadual está criando, foi condenado pelo Tribunal de Contas da União a devolver R$ 5,7 milhões aos cofres públicos.

Tudo em razão de uma série de irregularidades na execução de convênios, como má aplicação dos recursos, ausência de licitação e contratação de empresas de familiares de dirigentes. Diz que, na hora de prestar contas do que fizera com o dinheiro público, Gilberto incluiu, entre outras coisas, comprovantes com despesas feitas em Maceió.

Bem longe, vale a ressalva, dos locais dos cursos e antes da celebração de um convênio superior a R$ 12 milhões para os referidos cursos no semi-árido. Embora sediado em Sergipe, o Instituto Xingó concentrou suas ações em Pernambuco com dinheiro repassado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, na época tocado pelo então ministro Eduardo Campos.

Isso, segundo a revista, um mês antes de Eduardo deixar o cargo. A reportagem vai fundo no relatório do TCU. Diz, ainda, que como é comum em histórias em que ONGs, políticos e o governo federal se envolvem, “nessa também  o dinheiro público foi desperdiçado”.

O ESTILO DILMA Na visita de dois dias aos projetos da Transposição e Ferrovia Transnordestina, a presidente Dilma não usará nenhum palanque oficial para discursos. Quer aproveitar a maratona para reuniões administrativas com os consórcios envolvidos e só falará sobre o assunto com a Imprensa, rapidamente, em Juazeiro (CE), hoje, às 18 horas, e amanhã em Salgueiro, às 16 horas. É o estilo Dilma de discrição. Nada a ver com o midiático Lula.

Só no empurrão - O procurador-geral de Justiça, Aguinaldo Fenelon, disse, ontem, ao blog, que o Ministério Público só entra na investigação do caso Isaltino Nascimento, que usou um carro de uma locadora com pinta de fantasma quando caiu na blitz da lei seca, se for acionado. Algum cidadão se habilita?

 

 

 

 

Dinheiro pelo ralo - A presidente Dilma mandou alterar várias vezes o roteiro da sua volta ao Nordeste. São José do Belmonte chegou a ser rifada da programação e acabou entrando. Já Triunfo, onde pernoitaria hoje, acabou perdendo a parada para Juazeiro (CE). O hotel do SESC em Triunfo chegou a ser interditado pela equipe precursora, que gastou uma baba ali durante três dias.

Indústria de multas - O deputado Tony Gel (DEM) diz que foi mal interpretado, ontem, por adversários, em seu programa matinal na Rádio Liberdade, quando defendeu a Destra, companhia que disciplina o trânsito em Caruaru. “Nunca fui contra a estatal. Sou contra as péssimas condições em que funciona e a indústria de multas implantada na gestão do prefeito José Queiroz”, afirmou.

Não vai vingar - Entidades contrárias a implantação de uma usina nuclear em Itacuruba estavam organizando um manifesto, hoje, durante a passagem da presidente Dilma em Floresta. É bem provável que a presidente nem chegue a tomar conhecimento. Pelo esquema montado, ela não terá contato com a população, não estará em ato público e fará todo o percurso de helicóptero.

 

CURTAS  

SEGURANÇA – O prefeito de São José do Belmonte, Rogério Leão (PR), foi chamado, ontem, para participar de uma reunião preparatória da visita da presidente Dilma ao município, que integra a rota da Transposição. Saiu de lá impressionado com o rigor da equipe de segurança.

ATRASO– Veja como o Estado trata os servidores contratados por prestação de serviços: em Afogados da Ingazeira, desde novembro os que trabalham no Hospital Regional não vêem a cor do dinheiro. A Gerência Regional de Saúde joga a culpa no secretário de Saúde, que não tem repassado os recursos.

PERGUNTAR NÃO OFENDE – Se fosse Lula, em dois dias no Sertão, como Dilma cumpre a partir de hoje, quantos discursos iria fazer na visita à Transposição e a Ferrovia Transnordestina?

''A falsa testemunha não ficará impune e o que respira mentiras não escapará''. (Provérbios 19:5)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio

Pois é Raimundo..Não é o que se vê no MPPE...

Tajmahal Cruz

O Instituto Xingó era o braço clandestino do PSB, desde que o governador era ministro de C & T. O Gilberto está parecendo aquela historinha do chamado "boi de piranha".

Raimundo Eleno dos Santos

A hipocrisia toma conta das autoridades responsáveis.O MP tem a obrigação legal de defender a sociedade.Está escrito:A missão do MP é a defesa dos interesses da sociedade para garantia da cidadania. Entre outras coisas importantes para a manutenção da ordem pública. Fazer cumpri a lei, sobretudo.

o povo da de olho

A coisa começou a aparecer. Ta feia

José Cláudio Soares de Oliveira

No caso Xingó: “A inércia dos bons fomenta a audácia dos maus”. TEm gente forte por trás desse esquema do Instituto Xingó, se procurar acha - e se procurar mais traquinagens no governo de Eduardo, também acham. Por que não insvestigam como deu as concessões das 20 emissoras dele(Eduardo) no estado?



08/02


2012

Cid quer Eduardo candidato, mas PSB fora do governo

Matéria postada no final da tarde ontem na Folha Online soa meio estranha, uma vez que contém posicionamento confuso e estranho do governador cearense Cid Gomes(PSB) em torno da falada candidatura de seu correligionário Eduardo Campos a presidente da República. Cid parece fazer a opção pelo caminho do ''''sim, não, muito pelo contrário'''', ficando difícil ''''cair a ficha'''' sobre o que ele realmente quer para o aliado. Eis a matéria:

''''Uma das principais lideranças do PSB, o governador do Ceará, Cid Gomes, defendeu a saída da sigla do governo Dilma Rousseff em caso de candidatura própria à Presidência em 2014 -- o nome mais cotado hoje no partido é o de Eduardo Campos, governador de Pernambuco. Cid, porém, disse não ver ''inclinação neste momento'' para isso. ''O natural seria a gente apoiar a reeleição de Dilma'', afirmou à Folha.

O PSB atualmente tem o comando do Ministério da Integração Nacional e da Secretaria Especial de Portos, com status de ministério. ''Se a gente tem esse desejo [candidatura própria], deveria se afastar do governo e ter como principal estratégia propor o nosso estilo de governar.''

Cid afirmou ainda que Campos ''demonstrou serviço na prática'', o que o credencia a pleitear a cadeira de Dilma. Disse falar em caráter pessoal, e não pelo PSB. ''Em todo partido há gente que defenda todo tipo de posição.'''' (Folha de S.Paulo - Aguirre Talento)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha