ArcoVerde

11/07


2012

''''Meu governo foi sabotado'''', ataca João da Costa

 Definitivamente fora da disputa pela sua própria sucessão, o prefeito João da Costa começa a ir atrás do prejuízo, mas adotando uma linha de ataques pesados a seus adversários internos dentro do PT. Foi o que ocorreu ontem, na plenária do Orçamento Participativo, no bairro da Iputinga. Ele chamou a atenção para o fato de petistas terem deixado os cargos na sua administração e outros continuam no Governo do Estado. ‘’Não é uma questão de defender, mas as mesmas forças que saíram do meu governo é que estão no Governo do Estado. Então, se no governo do PT, que tem o prefeito, todos saíram, entregaram seus cargos, por que ficar no Governo do Estado?”, indaga João da Costa, numa alusão ao fato de os petistas Isaltino Nascimento(Transportes)  e Fernando Duarte(Cultura) não arredarem  o pé do governo Eduardo Campos.

“Todos viram que no primeiro dia das prévias, saíram quatro secretários da prefeitura e o líder do Governo na Câmara (Luiz Eustáquio). Então, está claro que aquilo foi um ato de sabotagem com o meu governo”,  atacou o prefeito João da Costa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

O troco é a derrota do PT no Recife. Depois pode ir para outro partido e sair deputado federal que ganha !!

Republicano

Ninguém tem força política suficiente para sabotar o governo de um prefeito de uma cidade como o Recife. Agora, se parte do próprio gestor as deficiências gerênciais, não se há de culpar terceiros... Oportunidades para acertar houve, se não acertou, é porque não sabia onde era o alvo!

altamir jose bezerra rodrigues

Prefeito se o senhor mesmo está afirmando que seu governo foi sabotado,e todos sabem por quem,principalmente os grupos ligados a João Paulo e Humberto Costa,todo Recife sabe,não só sabotaram como cassaram seu direito a reeleição,agora é a hora de dà o troco não os apoiando.


Asfaltos

11/07


2012

Chapa Humberto-João Paulo recebe a bênção de Dilma

 Após participar de jantar ontem com a presidente Dilma Rousseff,ao lado de seu candidato a vice, deputado João Paulo, o senador Humberto Costa disse estar satisfeito com o encontro,  sobretudo pelo fato de a presidente ter externado satisfação com a formação da aliança entre os dois.

“Foi um jantar da bancada da Câmara e do Senado. Sempre é feito ao final de cada semestre do legislativo. Com vários ministros e de 80 a 100 parlamentares. Foi uma oportunidade muito positiva. Ela falou que estava muito contente com esse nosso entendimento”, contou o candidato, que encontrou uma brecha para falar com Dilma a sós juntamente com o companheiro de chapa. Humberto e João Paulo aproveitaram a ocasião para fazer o mesmo que fizeram os demais participantes do jantar: tiraram fotos ao lado da presidente, que serão utilizadas durante a campanha.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

Pode ter a benção até do papa, mais quem garante eleição é voto e esses estão minguando a cada dia !!

Republicano

Benção nenhuma vai ajudar ou resolver a situação desses dois, que há muito são estranhos entre si. Os une o interesse do agora, que não tem a consistência de mantê-los unidos... ou seja; são cachorros de ossos distintos! O João do Lixo Paulo e o Sanguessuga, formam uma pequena quadrilha, isso sim!



11/07


2012

Demóstenes: voto secreto, sessão aberta ao País com TV

Apesar de o voto ser secreto, a sessão de hoje será aberta e vai ser transmitida ao vivo pela TV Senado. As galerias do plenário também serão abertas aos cidadãos que conseguirem senhas distribuídas pelos partidos. Os senadores ficam proibidos de revelar o voto, registrado eletronicamente. Demóstenes será o último a falar, por meia hora. Em 2007, uma das absolvições de Renan Calheiros (PMDB-AL) já havia ocorrido em sessão aberta.À época, Demóstenes foi um dos principais algozes do peemedebista, acusado de ter as despesas pessoais pagas por uma empreiteira. Ontem Demóstenes comparou a perda do mandato a algo pior do que a morte.

''''A morte é até simples, pois é o fim definitivo. A cassação é uma morte com requinte de extrema crueldade, mata não só a pessoa, mas rouba-lhe a dignidade'''', diz ele, em texto aos colegas.

Demóstenes afirma que vai ''''resistir até o final'''', embora o regimento do Senado lhe permita renunciar até momentos antes da votação -seu advogado descarta a hipótese. O comando do Senado entende, entretanto, que uma eventual renúncia não suspende a votação. No plenário, Demóstenes fez um apelo emocional afirmando que enfrentou um ''''massacre''''.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Wellington Antunes

Este senador Óstenes Torres, hoje fora do DEM e sem o DEM no início do nome, era referência nacional de ética e bons costumes, inclusive de algumas almas fanáticas que frequentam esse blog. Cassação JÁ PARA ESSE CARA DE PAU!!!



11/07


2012

Senado pode ter hoje segunda cassação de sua história

 O Senado decide hoje, em sessão aberta, se cassa o mandato de Demóstenes Torres (ex-DEM-GO), que pode se tornar o segundo parlamentar, em 188 anos de história, a ser excluído da Casa pelos próprios colegas.Um dos principais líderes da chamada ''bancada ética'' do Senado, Demóstenes foi flagrado em escutas pela Polícia Federal em situações que sugerem o uso do cargo em benefício do suposto esquema criminoso comandado por Carlinhos Cachoeira. Até hoje o Senado só cassou o mandato de Luiz Estevão (DF), em 2000, no escândalo de desvio de recursos das obras do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo.

PLACAR

Se for cassado, o ex-líder do DEM ficará inelegível até 2027 (oito após o término da legislatura para o qual foi eleito), quando terá 66 anos. Entre os senadores, o clima é o de que a cassação de Demóstenes é inevitável. À Folha 52 dos 81 senadores disseram que votarão pela punição - são necessários 41. (Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


11/07


2012

FHC diz nos EUA que partidos estão reduzidos a siglas

Abby Brack Lewis
Ex-presidente fala em cerimônia de premiação nos EUA
Ex-presidente fala em cerimônia de premiação nos EUA

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso se disse ''preocupado'' com o que vê como uma dissolução das visões partidárias no Brasil e no mundo, resumindo as agremiações a meras siglas em meio à disputa para a formação de alianças nas eleições. ''Agora cada um vai buscar maximizar suas chances eleitorais, sem se preocupar muito com o que vai acontecer depois, e muito menos se há choques entre as visões dos partidos'', disse o ex-presidente. ''Os partidos estão crescentemente sendo só siglas.''

FHC conversou ontem com jornalistas brasileiros em Washington, horas antes de receber o Prêmio Kluge -- reconhecimento à sua produção acadêmica pelo qual recebeu US$ 1 milhão da Biblioteca do Congresso dos EUA.

Perguntando se já tinha decidido o que fazer com o US$ 1 milhão, FH brincou:

— Ainda não. Mas dei 27,5% ao governo, espero que ele saiba usar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Republicano

Ainda bem que inveja não mata, se não o Liz Ináçu já estaria mortinho da silva! Bem feito, quem mandou não estudar... o máximo que o Liz Ináçu conseguiu foi ser presidente do Brasil, mas isso é fácil, pois, até o Collor foi e a Dilma é!



11/07


2012

Dilma vai a jantar de Maia e tira fotos com petistas

O presidente da Câmara, Marco Maia, ofereceu jantar ontem a ministros, deputados e senadores do PT, para tratar de eleição municipal. A presidente Dilma Rousseff compareceu e permaneceu por mais de uma hora no evento. Segundo deputados petistas, Dilma não fez pronunciamento, mas tirou fotos com os políticos presentes, especialmente os candidatos a prefeituras. O deputado Pedro Eugênio (PT-PE), candidato à Prefeitura de Ipojuca, relatou uma fala de Dilma. ''Quando ela foi me cumprimentar, disse: ''Meu Deus do céu, não vai sobrar ninguém na Câmara. Todo mundo é candidato'''', contou o deputado.

A  ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, fez um breve pronunciamento em nome dos ministros, enquanto os líderes da Câmara, Jilmar Tatto (PT-SP), e do Senado, Walter Pinheiro (PT-BA), discursaram em nome da bancada petista no Congresso. ''Foram discursos breves em tom otimista, de união do PT'', relatou Pedro Eugênio.

Também compareceram ao jantar nove ministros petistas, entre eles Gleisi Hoffmann (Casa Civil), Ideli Salvatti (Relações Institucionais), Tereza Campello (Desenvolvimento Social), Aloizio Mercadante (Educação), e Pepe Vargas ( Desenvolvimento Agrário).(Do portal G1)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

Quanta falsidade ....

Paulo Henrique Maciel

A Polícia passou batida. Era camburão, fila indiana e levar pra Papuda, como é conhecida a casa de hospedagem forçada de Brasília. Deixaria de fora, a búlgara e a Hofmann,pela beleza, Ideli seri presa por feiura, com fundamento na Lei de Vinícius: As feias que me perdoem, mas, a beleza é fundamental



11/07


2012

Trocando de camisa. E de compostura

Sabe aquela história de que o homem troca de mulher, troca de religião, troca de emprego, troca até de sexo, mas de time não troca? O prefeito do Rio, Eduardo Paes, do PMDB, candidato à reeleição, mostrou que nem disso é capaz: vascaíno, cedeu um prédio público, a Prefeitura, para a apresentação do reforço do Botafogo, o holandês Seedorf, para poder tirar fotos a seu lado.

Seedorf é craque, tem físico impecável aos 36 anos, treina duro, luta pelo seu time, merece a festa que lhe fizeram os torcedores do Botafogo. Quem não merece festa é Eduardo Paes, candidato que tenta tirar sua casquinha até em festa de batizado de boneca.

O procurador regional eleitoral do Rio, Maurício da Rocha Ribeiro, acha que houve abuso do poder político e uso da máquina administrativa. Esta coluna não é jurídica, mas tudo indica que o procurador tenha razão. O problema é a punição: para que uma multinha como aquela de R$ 5 mil, a que o candidato petista Fernando Haddad foi condenado, por fazer entrevista de uma hora na TV, no programa do Ratinho, antes do início da campanha para prefeito de São Paulo?    (Carlos Brickmann)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


11/07


2012

Presente de Dilma para amaciar cearenses: a refinaria

 Para adoçar a boca dos cearenses, que já não suportam mais tanto privilégio ao governadr de Pernambuco, Eduardo Campos, beneficiado com um derrame de verbas federais no governo Lula, Dilma, por intermédio da presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, anunciou ao governador Cid Gomes que as obras da refinaria Premium II, a ser instalada nas imediações do Porto de Pecém, devem começar ainda este ano. É um investimento de dez bilhões de dólares. Essa é também uma pausa na briga política do PT com o PSB, um chamado à reconciliação petista com os socialistas de Eduardo Campos e Cid Gomes, de ânimos acirrados com as pendengas entre os dois partidos, no Recife, Fortaleza e Belo Horizonte.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

bm4 Marketing 5