FMO janeiro 2020

30/04


2012

Brizola Neto pode sair ministro do Trabalho hoje


Deputado Brizola Neto é o mais cotado para assumir o Ministério do Trabalho
Foto: O Globo (04.10.2011)

A presidente Dilma Rousseff deve anunciar ainda nesta segunda-feira o nome do deputado Brizola Neto (RJ) como novo ministro do Trabalho, na cota do PDT, em substituição ao ex-ministro Carlos Lupi, presidente da legenda, que deixou a vaga há quase cinco meses. Dilma e Lupi se encontram, às 10h, no Palácio do Planalto. Embora oficialmente o partido tenha garantido, em nota divulgada em março, que não há veto a nenhum dos nomes, nos bastidores ainda é forte a resistência de parte da bancada pedetista na Câmara à indicação de Brizola Neto. Outros dois nomes estão no páreo: o do deputado Vieira da Cunha (RS), e o do secretário geral da legenda, Manoel Dias.(Informações do jornal O Globo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Detra maio 2020 CNH

30/04


2012

Vice tramava para derrubar o governador do DF

Bomba no DF: vice armava para derrubar governador

Do site BR247

A crise política deflagrada pela Operação Monte Carlo pode ganhar contornos incontroláveis no Distrito Federal. Um dos trechos do inquérito vazado pelo 247 aponta que o vice-governador Tadeu Filipelli, do PMDB, conspirava para derrubar o governador Agnelo Queiroz, do PT. O trecho aparece na página 202, do anexo 7.

Trata-se do resumo de uma conversa entre o espião Idalberto Matias, o Dadá, e o policial Marcelão, que é também dono de uma agência de publicidade no Distrito Federal, a Plá. Nela, ambos comentam que o jornalista Mino Pedrosa, ex-assessor de Carlos Cachoeira, teria um contrato de R$ 100 mil mensais, que seriam pagos por Filipelli. Ambos comentam ainda que outro jornalista, chamado Edson Sombra, seria também remunerado pelo vice-governador. Há ainda uma anotação sobre um apartamento que teria sido dado por Cachoeira a Mino Pedrosa em Brasília. Além disso, Mino teria uma cunhada empregada no gabinete de Demóstenes Torres (sem partido/GO).

Nos últimos meses, o governador Agnelo Queiroz recebeu ataques em série. Denúncias, que antes eram publicadas em blogs de jornalistas do DF, como Edson Sombra e Mino Pedrosa, depois eram amplificadas em veículos de grande circulação nacional, como Veja e Época.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fabio Noé

lixo é pouco isso si chama detrito de fossa,(m....).

Wellington Antunes

Quando falávamos aqui da existência do PIG (Partido da Imprensa Golpista), alguns reacionários de direita que frequentam esse blog diziam que era criação da mente daqueles que queriam calar a imprensa. Taí a prova, uma cachoeira de provas e denúncias contra um lixo chamado Veja e outros mais.


Abreu e Lima

30/04


2012

Governo age para controlar o foco da CPI

 Partidos aliados do governo, em especial o PT, já definiram a estratégia para a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Cachoeira. Os principais pontos são concentrar as investigações no governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), evitar eventuais vazamentos de documentos sigilosos e poupar a Delta Construções, limitando a apuração aos funcionários da empreiteira com participação no esquema do contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Os petistas, incentivados pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, querem também tirar o foco da Delta por sua condição de principal construtora do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). (O Estado de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

Imoral, nojento e o povo que se dane. So vai uma força superior para estancar essa ferida podre.


Prefeitura do Ipojuca

30/04


2012

Dura Lex: cadeia para quem enriquece por roubo

(Trecho de artigo de Melchiades Filho - Folha de S.Paulo)

 A CPI do Cachoeira oferece oportunidade não só de investigar a fundo as relações entre políticos, empresários e o crime organizado, mas também de aprovar melhores leis de combate à corrupção.

Já surgiu uma ideia interessante na comissão de juristas escalada pelo Senado para revisar o Código Penal: classificar como crime o enriquecimento do servidor incompatível com sua renda declarada.

Pela proposta, a polícia não precisaria mais provar em detalhes como se deu a roubança. Bastaria constatar que o político (ou o juiz, o delegado etc.) acumulou patrimônio ou passou a usufruir de bens acima de suas possibilidades.

A medida não secaria de vez os propinodutos. Mas, como precisou o ministro Gilson Dipp (STJ), daria ao Estado um instrumento para agir com rapidez. O sujeito pensaria duas vezes antes de se fixar em Paris, emborcar vinhos exclusivos, colecionar carros importados...


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

Daria ao estado um instrumento para agir com rapidez? Pra que? Se o Estado muitas vezes é conivente. O que resolveria é uma força superior, com muito poder e descomprometida,para excluvivamente, apurar , processar e punir crimes de corrupção.

o povo da de olho

Daria ao Estado um instrumento para agir com rapidez? Pra que? Se o estado muitas vezes é conivente. o



30/04


2012

Tucano é o mais complicado no caso Cachoeira

 A avaliação geral de quem acompanha os rumos da investigação do ''Cachoeiragate'' na Câmara é que, dos deputados citados no escândalo, o caso mais complicado é o do tucano Carlos Alberto Leréia (GO), diz Vera Magalhães, na Folha de S.Paulo desta segunda-feira: ''''Além do material coletado nas escutas da Polícia Federal, pesa contra Leréia o vínculo direto com o governador Marconi Perillo (PSDB-GO). Também foram citados nas investigações os deputados Stepan Nercessian (PPS-RJ), Rubens Otoni (PT-GO) e Sandes Júnior (PP-GO).''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Wellington Antunes

Tenho pena de uma ave tão bonita chamada tucano, logo ela que foi usada como símbolo de um Partido cheio de hipócritas.


Banco de Alimentos

30/04


2012

Analistas mexicanos vêem identidade entre PT e PRI

 Os analistas políticos mexicanos, em geral, não concordam com a analogia que se costuma fazer entre o PRI e o Partido dos Trabalhadores brasileiro, mas admitem que há traços em comum. ''Sim, mas se limitam apenas à relação do partido com os trabalhadores, que de fato é uma bandeira histórica de ambos os grupos'', diz Roger Bartra, sociólogo da Universidade Nacional Autónoma do México (UNAM).

Para ele, porém, há mais coisas que diferenciam do que as que identificam. ''O PRI nasceu de uma revolução e demorou muito para ser um partido. Além disso, é mais antigo. O PT foi partido desde o início e não tem a história e a experiência de governo do PRI.''

Para o cientista político Jean-François Prud''Homme, do Colegio de México, o partido mexicano teria mais identificação com o PMDB. ''Pela sua capacidade de fazer alianças e de incluir diferentes matizes ideológicos'', diz.

Por outro lado, o Brasil está sendo lembrado na campanha por conta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O esquerdista Lopez Obrador é o que mais está usando seu exemplo. ''Ele voltou com um discurso ameno, diferente do que usava em 2006, evocando a versão ''paz e amor'' do Lula'', diz Prud''homme. Por sua vez, Vázquez Mota reafirma que admira Dilma Rousseff e o exemplo feminino de mulher que exerce a liderança.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

30/04


2012

Lula vai receber cinco ''Honoris Causa'' de um vez no RJ

 O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai receber, de uma só vez, cinco títulos ''Honoris Causa'' na próxima sexta-feira (04/05), no Rio de Janeiro. Em solenidade no Teatro João Caetano, ele será homenageado pelas cinco principais faculdades públicas do estado: a Universidade Federal Fluminense (UFF), a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio), a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Dado a personalidades que tenham se destacado em suas áreas de atuação, o ''Honoris Causa'' equivale, na maioria dos casos, ao título de doutorado acadêmico. (Do Informe JB - Jorge Lourenço)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JANDILSON DE ALBUQUERQUE CORDEIRO

O pior é propria pessoa se enganar, estão banalizando os titulos, até D.Mariza ganhou a medalha Santos Domunt, SO VEIO ENTRAR EM UM AVIÃO DEPOIS QUE FOI PRIMEIRA DAMA.PEGA FOGO CABARÉ.

joauim nabuco ferreira zenta

É POR ISSO QUE A DIREITA CONSERVADORA E RAIVOSA TEM RAIVA DE LULA, O HOMEN SÓ VIVI SENDO HOMENAGADO PELOS DOUTORES DE UNIVERSIDADES NO BRASIL E EXTERIOR. INVEJA MATA....


O Jornal do Poder

30/04


2012

É crítico o estado do ex-deputado Ronaldo Cunha Lima

 É grave o estado de saúde de Ronaldo Cunha Lima, vítima de câncer de pulmão. Quando governou a Paraíba, nos anos 90, ele ganhou as manchetes da mídia ao disparar três tiros em seu antecessor, Tarcísio Burity.

Prestes a ser julgado no STF, em 2007, renunciou ao mandato de deputado federal, recebendo duras críticas do ministro Joaquim Barbosa, relator do caso. É pai do senador Cássio Cunha Lima.(Ricardo Boechat)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

Atirou ,baleou e ainda esta'' solto. Isso ainda e'' crime ou mudou? BRASILLLLLLL.


Shopping Aragão

29/04


2012

Humberto analisa discursos e projetos de Demóstenes

 O senador Humberto Costa (PT-PE), relator do processo que investiga Demóstenes Torres (sem partido-GO) no Conselho de Ética, afirmou neste domingo (29) que analisa discursos e projetos de lei apresentados pelo senador para compor seu relatório preliminar, que será entregue ao conselho na próxima quinta (3).

Segundo Humberto Costa, uma equipe composta por oito assessores auxilia na busca de discursos e projetos de lei que serão analisados para a finalização do relatório preliminar. Costa afirmou que já leu a defesa entregue pelo advogado do senador Demóstenes, Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, na última quarta-feira.

“A atuação legislativa e a atividade parlamentar podem confirmar ou não algumas coisas que ele [Demóstenes] disse”, afirmou Costa, explicando que as informações podem servir para verificar se houve tentativa de beneficiar o grupo do bicheiro.No dia 8, o conselho definirá se abrirá ou não processo disciplinar que poderá levar à perda do mandato de Demóstenes.(Portal G1)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


29/04


2012

Lula aposta em Eduardo para presidente. Em 2018

Lula aposta em Campos no Planalto. Em 2018
Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Em conversas com aliados, ex-presidente prevê que Dilma concorre à reeleição em 2014, e que, na eleição seguinte, é a vez do governador de Pernambuco; será que faz parte da corte pelo apoio do PSB a Fernando Haddad em São Paulo?

DO SITE BR247

O bastidor foi noticiado pela coluna de Felipe Patury,coluna de Felipe Patury, no site da revista Época. O ano do governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, é 2018. Pelo menos para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em suas articulações, o ex-presidente tem dito que a presidente Dilma Rousseff deverá concorrer à reeleição em 2014, mantendo um vice do PMDB – partido do vice-presidente Michel Temer. Em 2018, contudo, o caminho estará aberto para Eduardo Campos, que terá 53 anos e, na avaliação de Lula, maturidade e experiência para disputar o Palácio do Planalto.

A avaliação é lisonjeira para Campos, que vem sendo tratado como presidenciável há algum tempo. E pode ter um horizonte político de interesse mais curto que o 2018. O PT disputa com o PSDB de José Serra o apoio do PSB na eleição municipal da capital paulista. O apoio é fundamental para fortalecer a campanha do petista Fernando Haddad, que ainda não decolou, apesar do apoio explícito do ex-presidente Lula.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

joauim nabuco ferreira zenta

É BOM E DEVAGAR QUE O SANTO É DE BARRO, TEM GENTE QUE ESQUECE FÁCIL, O GOVERNADOR É MUITO INTELIGENTE, MAS SE NÃO FOSSE O APOIO DE LULA HÁ ELE A HISTÓRIA SERIA OUTRA.

antonio carlos cisniros sampaio

O GOVERNADOR DE PERNAMBUCO JA ESTA PRONTO E PREPARADO PARA SER PRESIDENTE EM 2014 NINGUEM EM PERNAMBUCO VAI ENGOLIR ESTA CORDA NÃO SEU LULA