Faculdade de Medicina de Olinda

12/09


2019

Mário Hélio de volta à Fundaj

O jornalista Mário Hélio assumiu, hoje, a Diretoria de Memória, Educação, Cultura e Arte (Dimeca) da Fundação Joaquim Nabuco. Sua posse foi assinada no gabinete do presidente da Fundaj, Antônio Campos. A Dimeca reúne o Museu do Homem do Nordeste, o Cinema da Fundação, a Coordenação-Geral de Estudos da História Brasileira Rodrigo Melo Franco de Andrade e a Editora Massangana. Mário Hélio já trabalhou na Fundaj, coordenando a Massangana, no período mais produtivo da editora.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Governo de PE

12/09


2019

O que temos para esta quinta-feira

Por Angelo Castelo Branco

Longe deste eterno aprendiz de repórter a pretensão de emitir valores definitivos e irretocáveis a respeito de questões políticas ou sobre pessoas, animais e coisas.

As ideias que me afloram transitam tendo como referências o privilégio das lições dos mestres e de amigas cabeças mais densas e mais sábias.

Percorro esse túnel com alguma frequência ou sempre que suponho existir uma luz em seu final. Nesse momento penso que o Brasil não conhece ou não aceita muito bem o Brasil. Estão tratando o presidente Bolsonaro e a família dele como se fossem extraterrestres.

Dá a impressão que os críticos do eleito da vez nunca tiveram a oportunidade de frequentar e ouvir o que diz o Brasil nas paradas de ônibus, nas estações de metrô, nos botecos da periferia, nas peladas de futebol, nas padarias e nos açougues. Bolsonaro não é Lula. Nem é FHC.

Lula é um cara inteligente que soube costurar o apoio da intelectualidade brasileira e europeia dos anos 70 para chegar ao poder posando de metalúrgico que “nunca leu um livro”. A linguagem de Lula e as metáforas por ele usadas em recados eleitorais tinham o endereço certo para uma nação de maioria pobre, carente e analfabeta em grande escala.

A intelectualidade se incorporou a esse projeto e até aprovou os erros, certamente propositais, de concordância gramatical com que Lula agredia o vernáculo mas agradava à massa abandonada pela utópica tese da escola pública eficiente. Escritores, artistas, poetas e seresteiros aderiram ao novo momento indiscutivelmente necessário ao amadurecimento e aprendizado da democracia até hoje inédita sob certos aspectos no Brasil.

E, no melhor estilo de uma elite que o apoia e que o transformou numa ideia, o companheiro presidente não fez por menos. Deixou marcas importantes mas legou uma nação esmagada pelas consequências de imprevidências, maus feitos e equívocos estarrecedores.

O lulismo é uma lição absolutamente importante e necessária para o despertar do juízo crítico do povo brasileiro. O processo histórico é assim mesmo. Há partos naturais e rápidos e há partos que demoram e exigem dolorosos fórceps para salvar a mãe e o feto. O plano Real é, até agora, um sintoma muito positivo para a nação atrasada em relação aos irmãos ricos e bonitos e da mesma idade, que nasceram no hemisfério norte das Américas.

O fenômeno Bolsonaro saiu literalmente dos ombros da nação. Os ombros foram os meios de transporte usados pelo candidato em todos os lugares onde chegava em sua campanha presidencial. Um tipo de transporte pouco seguro porque exige força física do transportador e equilíbrio do transportado. E foi em pleno uso desse modal de transporte que Bolsonaro provou o gosto amargo da insegurança pública, esfaqueado sem que o transportador nada pudesse fazer pelo seu passageiro. Deu no que deu. Ganhou a eleição.

Bolsonaro é a periferia que chega ao poder sem as bênçãos da elite intelectual e sem o aceno dos jardins paulistanos. Tanto quanto o cara que espera um ônibus mastigando chicletes num terminal de integração suburbano, Bolsonaro jamais passará pela calçada da academia brasileira de letras.

Ele recebe o vice-presidente americano para um café da manhã tendo como “pièce de resistence” uns iogurtes danone, um litro de fanta laranja, uma garrafa térmica e uns salgadinhos da padaria mais próxima. O PT de Lula certamente faria algo mais refinado, “comme il faut” como dizem os franceses. Longe de sofisticações, é a cultura da caserna e da ordem unida que povoa a cabeça do presidente.

Ele fez do combate à corrupção e aos gastos supérfluos a sua principal mensagem. Ninguém espere um gesto refinado do presidente. Ele é a cara do brasileiro comum que anda de ônibus e molha os pés nas ruas encharcadas dos invernos em galerias entupidas. Cometerá erros e provavelmente acertos. Não fugirá do figurino constitucional porque o Brasil do fórceps aprendeu lições e descobriu o caminho das ruas quando se faz necessária a defesa da democracia e da república.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Dilma, convidada de honra, para a festa da humanidade em Paris, Lula na capa do Le Monde Bolsomions morram de inveja!

marcos

Chora não menina fascista, democracia é assim

Fernandes

Guedes insistirá na criação de tributo, apesar de resistências. Para equipe econômica, percepção sobre imposto nos moldes da extinta CPMF vinha melhorando.

Fernandes

Como essa direita tem inveja do Lula, esses pseudos donos da verdade, só sabem mistificar.


Governo de PE

12/09


2019

Parlamentares na defesa do Assentamento Normandia

A Assembleia Legislativa de Pernambuco sediará, amanhã, reunião do coletivo parlamentar em defesa do assentamento Normandia e Centro de Formação Paulo Freire de Caruaru. Será às 10h, no auditório Sérgio Guerra.

O evento reunirá vários parlamentares estaduais que repudiam a tentativa de despejo solicitado pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), entre eles Isaltino Nascimento, Juntas, Teresa Leitão, João Paulo e Doriel Barros. “Vamos prestar nossa solidariedade e nos unir para impedir que essa reintegração de posse aconteça. Destruir o que foi construído até agora pelo Centro de Formação Paulo Freire significa um retrocesso gigante para toda a população de Pernambuco”, ressalta Isaltino.

“É o momento de todos os segmentos sociais estarem mobilizados, e os parlamentares terão um papel fundamental nesse processo de resistência e mediação”, afirmou Paulo Mansan, da coordenação estadual do MST. “A ação do INCRA é mais um passo na criminalização dos movimentos sociais. O Centro é um espaço fundamental de formação e apoio social, um verdadeiro patrimônio do estado", explica Jô Cavalcanti, co-deputada das Juntas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura do cabo

12/09


2019

Zeca esclarece multa imposta pelo TCE

Caro Magno Martins,

Em atenção ao seu conceituado site e vossos numerosos leitores, em relação ao julgamento ocorrido no Tribunal de Contas, que concluiu na necessidade de devolução de recursos por compensações administrativas realizadas no ano de 2009, ou seja há uma década passada, esclareço que se trata de deliberação inicial da segunda câmara, em julgamento do qual participaram apenas dois conselheiros e que será objeto de recurso para discussão da matéria perante o Plenário da Corte de Contas, na presença de todos os conselheiros.

Continuamos com a mais profunda confiança naquele conceituado Tribunal, pois em análise de casos idênticos, foi afastada a condenação de ex prefeitos e responsabilizado tão somente o escritório de advocacia Bernardo Vidal, que assim como ocorreu em Arcoverde, levou a erro diversos municípios do país.

Esclareço ainda que essa matéria já foi submetida ao Poder Judiciário, onde após análise aprofundada, foi a ação de improbidade administrativa n.º 0004969-10.2015.8.17.0220, apresentada em meu desfavor pela Procuradoria do Município de Arcoverde, julgada improcedente entendendo que não havia nenhum elemento que justificasse a minha condenação, tendo o Juiz da Segunda Vara Cível de Arcoverde, entendido pela correção dos meus procedimentos como Prefeito e atribuído a culpa exclusiva ao escritório de advocacia.

Por fim, agradeço pelo espaço da divulgação do nosso esclarecimento e agradeço pelas mensagens de apoio e solidariedade que temos recebido de várias pessoas em Arcoverde e no Estado de Pernambuco, que conhecem nossa história marcada pelo trabalho e compromisso com o povo.

Cordialmente,

Zeca Cavalcanti


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


12/09


2019

Fernando Rodolfo será relator da MP do INSS

Indicado pela líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), relator da Comissão Mista da Medida Provisória 891/2019, o deputado federal Fernando Rodolfo (PL-PE) reuniu-se, hoje, com secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho. Acertou com Marinho acrescentar ao texto emendas de sua autoria para reduzir gastos do INSS. A MP torna permanente a antecipação, nos meses de agosto e setembro, de metade do 13º salário dos proventos dos aposentados do INSS.

Rodolfo propôs a Marinho incluir, na MP, como emendas de relator, mudanças na perícia médica das empresas que permitirão ao INSS economizar R$ 7 bilhões por ano. “Foi uma reunião bastante proveitosa, que definiu o objetivo comum de aproveitar a Medida Provisória para diminuir ainda mais as despesas do INSS e, em consequência, o déficit do setor público”, avaliou o deputado pernambucano.

Ele assegurou que dará rapidez à tramitação da MP, de modo a evitar os frequentes atropelos de última hora na votação de medidas provisórias no Congresso. O primeiro prazo da vigência da MP se encerra no próximo dia 4 de outubro, prorrogável por 60 dias. “O País precisa de celeridade nessa Medida Provisória e estamos prontos para enfrentar os desafios das mudanças”, enfatizou Rodolfo.

Instalada ontem, a Comissão Mista da qual é relator tem outros 12 deputados e 13 senadores e é presidida pelo senador Sérgio Petecão (PSD-AC).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Abreu e Lima

12/09


2019

Pernambuco na Lava Jato

O desembargador Leopoldo Raposo, do Tribunal de Justiça de Pernambuco, foi convocado pelo STJ para substituir Felix Fischer nos casos da Lava Jato.

A substituição valerá até a volta de Fischer, que está afastado para tratar de uma embolia pulmonar.

Raposo decidirá individualmente sobre casos urgentes, como novos pedidos de liberdade ou mesmo de progressão de regime, como pretende Lula.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Magno coloca pimenta folha

12/09


2019

PSB reforça a executiva municipal de Camaragibe

Com o objetivo de fortalecer o PSB de Camaragibe, o deputado estadual Paulo Dutra foi designado presidente da comissão provisória do partido no município. O deputado se une ao vereador Paulo André, que assume a vice-presidência, para discutir novas estratégicas de reforçar a legenda do município. A definição foi tomada, ontem, durante reunião entre o presidente estadual Sileno Guedes, o deputado estadual e o vereador.

“O PSB continuará tendo protagonismo em Camaragibe. O município é importante na Região Metropolitana. Junto com o vereador Paulo André, o deputado Paulo Dutra, que reside em Camaragibe, vai presidir o partido nesse ano para ajudar a formar uma chapa de vereadores, ajudar dar ao partido um tamanho que ele merece ter. Paulo Dutra tem uma história de compromisso com o partido, conhece como o partido funciona e Paulo André aceitou o desafio de junto com o deputado fazer essa construção. O partido reconhece essa história. A unidade dos dois vai resultar numa bela construção no município”, afirmou o presidente Sileno Guedes.

Após o encontro, Paulo Dutra falou sobre os novos desafios como presidente do PSB de Camaragibe. "Estamos assumindo esse novo espaço para fortalecer ainda mais o PSB em Camaragibe e no Estado. Temos um grande desafio pela frente visando toda a organização do partido no município para as eleições de 2020, principalmente em um cenário em que se faz ainda mais necessário a construção de políticas públicas municipais que façam verdadeiramente a diferença na vida dos cidadãos. É uma missão que teremos o prazer de cumprir neste sentido de fortalecimento e de construção coletiva junto aos demais socialistas camaragibenses", afirmou o deputado estadual.

Vice-presidente do PSB na cidade, o vereador Paulo André destacou que a nova missão tem como principal objetivo fortalecer o partido no município. “Precisamos fazer o maior número de vereadores na cidade. Estamos com essa ideia: aumentar o número de filiados e fazer uma chapa forte e discutir ainda mais Camaragibe nas próximas eleições municipais”, destacou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

12/09


2019

MP recomenda que prefeita exonere três cunhadas

O Ministério Público de Pernambuco, recomendou, hoje, a exoneração das três cunhadas da prefeita Célia Sales de sua gestão. A política, que é casada com o secretário de Governo do Ipojuca, Romero Sales, possui as três irmãs de seu cônjuge como ocupantes do cargo de assessora especial da Prefeita e da secretaria Executiva de Educação. De acordo com a Súmula Vinculante nº 13 do Supremo Tribunal Federal, a nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa, viola a Constituição Federal.

No documento, disponível no Diário Oficial, foi solicitado que a prefeita Célia Agostinha Lins de Sales, demita imediatamente, com um prazo limite de 30 dias, as assessoras especiais Rosane de Fátima Raposo Sales Cavalcanti e Roberta de Fátima Raposo Lacerda; e a secretária executiva Rosemary de Fátima Raposo dos Santos. O MPPE considera a prática de nepotismo contrária aos princípios da moralidade, da impessoalidade, da isonomia e da eficiência, sendo vedada sua prática em todos os Poderes Constituídos no Brasil.

A contratação das irmãs do esposo da prefeita é uma multiplicidade de servidores ocupantes de cargos de provimento em comissão no âmbito da Prefeitura Municipal de Ipojuca. A prefeita Célia Sales tem o período de 10 (dez) dias para apresentar as providências adotadas para o cumprimento da recomendação. Em caso de não atendimento, medidas necessárias por meio do Órgão Ministerial serão aplicadas para reparação dos danos ao erário municipal.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


12/09


2019

Podemos vira maior partido no Senado

O senador Reguffe (DF) anunciou filiação ao Podemos, ontem. Com isso, o partido passa a ter 10 parlamentares no Senado e se torna a segunda maior bancada na Casa – atrás do MDB, que tem 13 senadores. Reguffe estava sem partido desde 2016, quando deixou o PDT.

O Podemos tenta filiar outros senadores. As negociações mais avançadas são com Juíza Selma (PSL-MT) e Flavio Arns (Rede-PR). Conforme o Estado publicou na semana passada, a legenda tem abandonado aliados recentes e tenta retomar o figurino "lavajatista" para atrair parlamentares que se dizem da "nova política".

A reportagem mostrava que, com bandeiras como a defesa da investigação de políticos e juízes, o partido liderado pelo senador paranaense e candidato derrotado à Presidência em 2018, Alvaro Dias, já caminha em lado oposto ao presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que não aderiu à defesa da instalação da CPI da "Lava Toga" e do impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha



Warning: PHP Startup: Unable to load dynamic library '/opt/cpanel/ea-php56/root/usr/lib64/php/modules/mcrypt.so' - /opt/cpanel/ea-php56/root/usr/lib64/php/modules/mcrypt.so: cannot open shared object file: No such file or directory in Unknown on line 0