O Jornal do Poder

07/01


2013

Inglaterra ameaça Argentina com seu poderio militar

 O primeiro-ministro britânico, David Cameron(foto), afirmou neste domingo que a Grã-Bretanha estaria disposta a lutar novamente, se necessário, para conservar sua soberania sobre as Ilhas Malvinas. Cameron lembrou que seu país possui um dos cinco maiores orçamentos de Defesa do mundo e que pode se mobilizar para defender as ilhas. ''É absolutamente primordial que tenhamos aviões de caça e tropas mobilizados nas Falkland'', afirmou.

O governo argentino, por sua vez,  repudiou, neste domingo (6/1), as declarações do premier britânico, David Cameron. "A agressividade das palavras do primeiro-ministro britânico ratificam a denúncia realizada pela República Argentina perante as Nações Unidas sobre a militarização do Atlântico Sul e a possível presença de armas nucleares introduzidas pela potência colonial", diz o comunicado do governo argentino.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

luiz carlos da silva

que se foda a argentina com pretensões cretinas e despropositadas.

Gilberto Carvalho Moura

Cristina, com popularidade em franco declinio, apenas repete a mesma jogada de Galtieri que levou a Argentina a uma derrota militar humilhante. As Malvinas (Falklands) pertencem aos ingleses desde antes da Argentina existir como nação independente da Espanha.


Potencial Pesquisa & Informação

07/01


2013

Crise: aumentam conflitos entre aliados de Chávez

 A oposição a Hugo Chávez argumenta que os conflitos estão emergindo dentro do partido que governa a Venezuela e que as diferenças alegadas entre os confidentes do presidente levaram a adiar a posse do líder.

O congressista Julio Borges disse, neste domingo, que a rivalidade entre o vice-presidente, Nicolás Maduro, e o presidente da Assembleia Nacional, Diosdado Cabello, estava por trás do adiamento da cerimônia de 10 de janeiro.

Chávez não foi capaz de retornar de Cuba ao país depois da cirurgia para um câncer de pélvis. "Enquanto o presidente está doente em Havana, eles têm um conflito de poder", disse Borges. "Esta é a razão pela qual eles estão produzindo esta violação da Constituição".(Informações de O Estado de S.Paulo).  Clique aí e lei na íntegra Aumentam conflitos entre aliados de Hugo Chávez


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

luiz carlos da silva

morra chavez. nos faça felizes.


Banco de Alimentos

07/01


2013

A justa aposentadoria da ministra

CARLOS BRICKMANN

 Saiu, e já foi publicada no Diário Oficial da União, a aposentadoria da ministra Ideli Salvatti como senadora. Ideli exerceu um único mandato no Senado e, por isso, tem direito à aposentadoria mensal de R$ 6.100. Como a aposentadoria começou a contar em maio do ano passado, recebe também a bolada retroativa de R$ 42 mil. A esse dinheiro não se aplica o teto dos salários federais: como ministra, eventualmente como membro de algum conselho de estatal, tudo entra direitinho na sua conta bancária, sem qualquer limite.

Já o deputado Natan Donadon pode ser preso a qualquer momento. Para evitar surpresas, nas raras ocasiões em que vai ao Congresso só entra depois que sua equipe precursora vistoria os corredores e o gabinete, para dar-lhe a certeza de que não há policiais nem oficiais de Justiça por ali.

Dá trabalho, custa caro (para nós, contribuintes, que pagamos a conta) mas pelo menos ele fica tranquilo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


07/01


2013

A união faz a força

MELCHIADES FILHO *

Atender prefeitos e governadores esvaziará o discurso "federalista" dos presidenciáveis Aécio Neves e Eduardo Campos.

 O pedido de socorro de Fernando Haddad enfim despertou o governo federal para a situação financeira de municípios e Estados.

Os orçamentos da "federação" estão estrangulados. O desaquecimento da economia reduziu a arrecadação. Recursos federais foram cortados para subsidiar incentivos à indústria. Os gastos subiram (salário mínimo, piso do magistério).

Em São Paulo, o quadro é crítico. A prefeitura deve 200% de sua receita anual. Ficou impedida de tomar empréstimos para novas obras.

Como o sucesso de Haddad é crucial para o PT, e como o novo prefeito mantém boas relações com o ministro da Fazenda (trabalharam juntos no início do governo Lula), o resgate está a caminho.

O Planalto decidiu atenuar o índice que corrige as dívidas municipais/estaduais e abrir brecha na Lei de Responsabilidade Fiscal para que prefeitos e governadores possam captar mais financiamentos.

Projeto de lei já foi encaminhado para servir de "bonde" para essas mudanças. Além de trazer mais segurança jurídica, é um jeito de aglutinar no Congresso todos os interessados e dividir o ônus de mexer na LRF (vale lembrar que, para implodir a Lei das Licitações, Dilma optou por medidas provisórias).

Some-se a tentativa de convencer o Judiciário a permitir a continuidade do repasse de verbas federais aos Estados, cuja regra de partilha foi considerada inconstitucional, e o pacote de amparo se completa.

De quebra 1: o "bonde" da LRF no Legislativo dará também à Fazenda chance de aprovar artimanhas contábeis do seu interesse.

De quebra 2: capitalizar municípios e Estados ajudará a reativar a economia país afora, um alento para a União, que patina para destravar seus próprios investimentos.

De quebra 3: atender prefeitos e governadores esvaziará o discurso "federalista" dos presidenciáveis Aécio Neves e Eduardo Campos. (* Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/01


2013

Estelionato eleitoral

 Pode levar anos para consertar o que a bagunça da atual administração da política econômica do Brasil tem feito. Aos poucos, está sendo dilapidado o patrimônio de solidez fiscal do país. Com truques contábeis, jeitinhos, mudanças de regras, invenções, o ministro Guido Mantega está minando o que o Brasil levou duas décadas para construir: a base da estabilização. De todos os erros do ministro, esse é o pior.
 
Mantega está tirando a credibilidade dos números das contas públicas. Mesmo quem acompanha o assunto já não sabe mais o valor de cada número que é divulgado. O governo autorizou o resgate antecipado de R$ 12,4 bilhões do Fundo Soberano. Isso é 81% de um dos fundos do FSB. Além disso, o BNDES pagou R$ 2,3 bilhões e a Caixa R$ 4,7 bilhões, definindo esse dinheiro como dividendo antecipado para o Tesouro.(Miriam Leitão - O Globo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/01


2013

Ministro erra ao comparar violência alagoana com Suíça

 Só na cabeça do ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) é possível comparar dados de violência em Alagoas com os da Suíça. Segundo estatísticas da ONU, o Brasil registra mais de 40 mil assassinatos por ano, média de 21 por 100 mil habitantes, enquanto na Suíça são de 52 por ano ou 0,7 por 100 mil habitantes. Cardozo pensou que na Suíça matam-se 52 mil por ano. Mas são assassinadas apenas 52, em média. (Informações do site de Claudio Humberto)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

IMORAL IMORAL E REVOLTANTE.

Carlos

É mais um incompetente PTralha. Mas o povo não está nem aí, afinal de contas Dilma está com uma popularidade enorme. Brasil, país dos BANDIDOS e INCOMPETENTES.

S. C. B. M.

DA PARA CONFIAR NA CAPACIDADE DESTES POLÍTICO PTISTA QUE ESTÃO MANDANDO EM NOSSO PAIS ? É A MESMA CONFIABILIDADE Q SE PODE TER NA APROVAÇÃO DESTE GOV. DILMA;Q TODOS NOS SABEMOS Q O PAIS ESTÁ PARADO E EM BAIXA DE UM MODO GERAL,DO PIB AS EXPORTAÇÕES.E AINDA TEM Q QUEIRA NOS CONVENÇÃO Q ESTA TUDO BEM.



06/01


2013

2013: Dilma paz e amor? Nem pensar!

 Em seu primeiro biênio de governo, a presidente Dilma Rousseff fez valer, quase sempre, sua maioria parlamentar, embora tenha sofrido derrotas dignas de nota, de cujos efeitos se defendeu com vetos ou medidas provisórias. Assim foi no caso do Código Florestal e no dos royalties do petróleo. Dilma não faz política. Não tem gosto nem paciência para os jogos que seduzem os políticos. Seus aliados reclamam há dois anos do descaso dela. Apesar disso, e dos resultados econômicos decepcionantes, ela fidelizou a base graças à altapopularidade.

Agora, começa o difícil terceiro ano. Os institutos de pesquisas, por meio de séries históricas, mostram que ele costuma derrubar a popularidade dos presidentes. Dilma talvez precisasse ser
mais afável com aqueles de quem precisará para disputar a reeleição. Mas, de seu círculo próximo, vem o aviso: não há chance de isso acontecer.(Tereza Cruvinel)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

luiz carlos da silva

POPULARIDADE TODO GOVERNANTE BRASILEIRO SEMPRE TERÁ. ATÉ O IMBECIL DO JOÃO PAULO E JOÃO DA COSTA TIVERAM AFORA O DECEPCIONANTE LULA. O QUE ESSA SENHORA FEZ AO BENEFÍCIO DO POVO BRASILEIRO PARA SER QUERIDA É QUE NÃO SE SABE. EITA POVINHO ESTUPIDO. SEM FALAR NO SERGIO CABRAL.



06/01


2013

E o Lula tinha razão

CARLOS BRICKMANN

 Além do petista Genoíno, estão na Câmara Federal mais quatro parlamentares condenados, três no processo do Mensalão - Pedro Henry, PP; João Paulo, PT; Valdemar Costa Neto, PR - e um por desvio de dinheiro público (peculato) e formação de quadrilha, Natan Donadon, PMDB.
Todos pertencem à base de apoio ao Governo de Dilma Rousseff. E há quem fale mal do ex-presidente Lula: foi ele o primeiro a dizer que no Congresso havia 300 picaretas. Agora são 304.

Quem tem, cuida

O deputado Natan Donadon pode ser preso a qualquer momento. Para evitar surpresas, nas raras ocasiões em que vai ao Congresso só entra depois que sua equipe precursora vistoria os corredores e o gabinete, para dar-lhe a certeza de que não há policiais nem oficiais de Justiça por ali.

Dá trabalho, custa caro (para nós, contribuintes, que pagamos a conta) mas pelo menos ele fica tranquilo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

PAÍS COM POLÍTICOS LADRÕES E IMORAIS.



06/01


2013

Celulares invadem prisões brasileiras

Mesmo com todos os investimentos e as providências anunciados pelo governo federal e pelos estados, os celulares continuam a entrar em larga escala nos presídios do país, como mostra Thiago Herdy. Em 2012, foram apreendidos pelo menos 34,9 mil desses aparelhos nas cadeias brasileiras, 9.200 a mais do que no ano anterior. Esse número, na verdade, é ainda maior porque três estados, incluindo o Rio, não forneceram dados. Os administradores das prisões admitem que os bloqueadores de sinal não são eficazes. (Informações do jornal O Globo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/01


2013

A doce vida do casal Cachoeira no litoral da Bahia

:

DO PORTAL BR247

Condenado pela Justiça a 39 anos e oito meses de prisão, por corrupção ativa, peculato, violação de sigilo e formação de quadrilha, o contraventor Carlinhos Cachoeira está livre por força de um habeas corpus; pode ir aonde quiser, apenas precisando avisar a um juíz; no caso, ele e sua musa Andressa escolheram um dos resorts mais caros da Bahia para curtir tudo o que a liberdade pode proporcionar; uma festa entre mar, piscina, caipirinhas e muito amor; ao celular, Carlinhos dá as ordens; com amigas, Andressa brilha; lindo para eles!; escárnio para a sociedade?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JOSE PINTO DA SILVA

jorge quem gosta de viado e viado tambem quem gosta de mulher de bandido e bandido tambem e voce por muita merda que fala acabou de se entregar tu um um bandito tambem idiota.

o povo da de olho

CACHOEIRA TA CERTO. ERRADO SÃO OS QUE PORERIAM LHES RECOLHER A CADEIA E NÃO O FAZ. PORQUE?

Carlos

Brasil, país de BANDIDOS.

luiz carlos da silva

PERGUNTEM AO LULA SE O CRIME NÃO COMPENSA. LULA É HOJE UMA DAS MAIORES FORTUNAS DO MUNDO ISSO É SABIDO NO MUNDO INTEIRO PRINCIPALMENTE NOS MEIOS FINANCEIROS. ISSO NÃO É INVENÇÃO É A MAIS PURA REALIDADE. COMO NÃO COMPENSA. LULA BEM SABE QUE COMPENSA E AINDA TEM BABACA QUE FICA DEFENDENDO ESSE PULHA.

charles maia barros

E nestes momentos que me pergunto se o crime compensa.


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores