FMO janeiro 2020

14/09


2011

Alô, Petrolândia!

Daqui a pouco, conto como foi minha passagem, ontem, pela cidade de Itacuruba, nas margens do Lago de Itaparica, onde proferi palestra sobre inclusão digital e aproveitei para conhecer o Observatório Astronômico, um belo projeto que pode, se tiver apoio do Governo, ser um dos principais condutores do turismo na região. Hoje, a partir das 19 horas, minha segunda etapa da viagem ao Sertão de Itaparica será na cidade de Petrolândiia. Desde já convidos todos que estejam interessados. A entrada é franca. Será na escola Francisco Simões.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Lúcia Feitosa

Magno, se eu soubesse do SEU convite poderia ter ido ao evento. Porém, que eu saiba, não foi uma palestra aberta ao público, mas dirigida a platéia selecionada e convidada formalmente pela PMP. Parabéns pelo blog e sucesso em sua nova etapa profissional.


Detra maio 2020 CRLV

14/09


2011

Coluna desta quarta-feira

     Prêmio de consolação

Ao anunciar, ontem, no Cabo, festivamente, a instalação de uma termoelétrica, investimento da ordem de R$ 2 bilhões, o governador Eduardo Campos (PSB) se redimiu com a população daquele importante centro da Região Metropolitana. Que, há pouco, viu escapar do seu território a montadora da Fiat, desviada para Goiana, na Mata Norte. Alavancada pelo grupo Star Energy, a usina vai gerar empregos e garantir a atração de novos empreendimentos para o Cabo.

Nada supera uma montadora, é verdade. E da forma como o Cabo perdeu, pior ainda. O Governo ficou escondendo o jogo, mesmo diante de um furo dado pelo DP, adiantando que a direção da Fiat havia decidido optar pela cidade de Goiana.

Administrado pelo trabalhista Lula Cabral, o Cabo faz parte do chamado cinturão da prosperidade que se criou no Grande Recife depois dos investimentos feitos em Suape para sediar indústrias âncoras, como a refinaria e o estaleiro, este mais avançado do que a primeira, que ainda se encontra num impasse, com denúncias de obras superfaturadas e na dependência da liberação do aporte de recursos prometido pela Venezuela.

JOGANDO A TOALHA - Pelo visto, o deputado Jovair Arantes, da bancada do PTB de Goiás, jogará a toalha na disputa pela vaga de Ubiratan Aguiar no Tribunal de Contas da União. É o que deixou a entender na conversa que teve com a correspondente deste blog em Brasília, Lia Rodrigues. Se desistir, pode levar o deputado Aldo Rebelo, do PCdoB de São Paulo, a tomar o mesmo rumo.

O céu desabou - Em Parnamirim, o prefeito Nininho (PSB), que imaginava disputar a reeleição em céu de brigadeiro, perdeu a graça. A resolução 21.790, do TSE, que trata da inelegibilidade por parentesco, dá condições para Danielzinho, seu cunhado, entrar na disputa pelo PSB, provavelmente tendo como vice o ex-vereador Newilton Mendes.

 

 

 

Janela trabalhista - A partir desta semana, com o Congresso em efervescência por causa da emenda 29, que garante mais recursos para a Saúde, o deputado João Paulo sofrerá um tremendo assédio por parte de aliados do senador Armando Monteiro, para que ingresse no PTB.

João no PTB - O raciocínio para João Paulo é muito simples: não teria melhor aliado para o futuro do que o senador trabalhista. Juntos no Recife, com uma candidatura extremamente viável, João e Armando voltariam a se unir em 2014, desta feita, no caso do petista eleito, apoiando o senador para governador.

Fora do páreo - Em Santa Cruz do Capibaribe, o prefeito Toinho do Pará (PTB) já comunicou aos seus aliados que não disputa a reeleição. Talvez seja um dos gestores com os piores índices de avaliação do Agreste, daí a razão da desistência. Seu grupo vai escolher o candidato mediante pesquisa em janeiro.

 

 

CURTAS -

ANTECIPOU - Já em Araripina, o deputado Raimundo Pimentel (PSDB) já está em plena campanha para prefeito depois que o ex-prefeito Valdeir Batista foi a uma emissora comunicar que não tem projeto de disputar em 2012.

SECA - No Sertão de Itaparica, a seca já chegou de forma inclemente, secando açudes, barreiros e comprometendo a alimentação do gado. Carro-pipa tem sido o pedido mais frequente dos prefeitos ao Estado.

TENSÃO - O PT pernambucano está com os nervos à flor da pele com as notícias de assédio ao deputado João Paulo. O presidente do diretório estadual, Pedro Eugênio, se irritou, ontem, com a repórter Rivânia Queiroz. Virou pavio curto.

''Melhor é o pobre que anda na sua integridade do que o perverso de lábios e tolo''. (Provérbios 19-1)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Francisco Sena

Magno, te informa melhor... A Refinaria Abreu e Lima (RNEST) é uma realidade... As obras estão a todo vapor. Mais de 20.000 homens trabalhando. Você deveria dar uma voltinha em Suape e ver a quantidade de tanques que já estão construídos.

Aline Kelly dias Silva

Magnooooo pelo amor de Deus VALDEIR BATISTA nunca disse que apoiaria Raimundo Pimentel EM CANTO NEM UMMMMMMMM, sou de Araripina e isso nunca foi dito em radio, faça um favor de averiguar direito as infirmações e Raimundo não esta de forma alguma em campanha aqui, nem aqui ele está. af

milton tenorio

Pois é Altamir, JP pensava que JC ia ser uma lagartixa...Sempre balançando a cabeça para ele...

Diego Neto Silva

E Isaltino Buracão, ninguem fala mais nele, virou santinho foi, e as estradas e o DER acabado.

bruno da silva ferreira barbosa

em igarassu que nihno eo dono de la yves ribeiro negaram legenda a atual prefeito o que sera isso


Abreu e Lima - Maio

14/09


2011

A um passo: família de João Paulo quer ele fora do PT

DO DIARIO DE PERNAMBUCO - Aline Moura

 Os astros e o deputado federal João Paulo não andam muito alinhados. Se a constelação aconselha o ex-prefeito a permanecer no PT, como sugeriu o astrólogo Eduardo Maia esta semana, parentes e amigos mais próximos querem justamente o contrário. Ontem, depois de Eduardo Maia – espécie de guru do petista – opinar sobre o seu futuro político, foi a vez do seu filho, o sociólogo João Paulo Filho, conhecido como Jampa, apontar argumentos para convencer o pai a sair do PT. Enquanto o presidente estadual da legenda, Pedro Eugênio, dava um novo “ultimato” ao correligionário, na tentativa de pressioná-lo a ficar no partido, Jampa se posicionava duro contra a gestão de João da Costa e os rumos da legenda, que considera formado por “neo-oligarquias”.

O novo round do PT realizou-se por meio de blogs pessoais, sites e pelo Twitter, um dos mais acessados no mundo virtual. Cada um deu opiniões diferentes, acrescentando mais retalhos à colcha petista estadual. Pouco depois de Pedro Eugênio afirmar que seria uma “agressão” ver partidos aliados convidando João Paulo para sair do PT, no blog do Magno, Jampa escreveu em outra página uma visão completamente divergente. Entre outras palavras, o filho de João Paulo deu a entender que, na sua avaliação, “agressão” era ver o pai num partido comandado por uma nova oligarquia e com um prefeito impopular, que não segue o projeto político iniciado pela legenda em 2001.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Carlos Neves

A política é isso, alianças e alianças, de acordo com cada momento. Penso que o momento de João Paulo no PT acabou, e os oligarcas do PT-PE só querem vampirizar e os seus votos e carisma. Como eleitor, prefiro votar em JoãoPaulo em outro partido. Vai pro PTB JPaulo, lá você vaiser respeitado e ouvid

Carlos Neves

Prezados participantes, vamos fazer uma discussão mais politizada e menos emocional. Vejamos:porque Eduardo pode ficar ao lado de Joaquim Francisco que é suplenre de Humberto e JoãoPaulo não pode ficar ao lado de Armando? Já se esqueceram da aliança de Arraes com usineiros, tá registrado na historia

alexandre jorge muniz

MEU DEUS! LENDO UNS COMENTARIOS AQUI PARECE QUE ESTAMOS NOS EUA QUE EXISTE DEMOCRATAS E REPUBLICANOS! VAMOS DEIXAR DE SER HIPOCRITAS, JOÃO PAULO NÃO DEVE NADA AO PT! SE OS VOTOS QUE JOÃO PAULO SEMPRE TEVE FORAM DO PT ENTÃO PORQUE NÃO EXPULSÃO LOGO ELE BOTA QUALQUER UM E TÁ RESOLVIDO? ELE É BOM

Oráculo de Delfos

Já que O Partido lhe sonega o direito de se candidatar,apostando num prefeito fraco e,por tabela, desrespeitando a vontade popular, nada mais natural do que o JP saia do PT e procure novos ares.Para um petita, se aliar a um usineiro é o de menos, pois no plano federal as alianças são beeem piores...

Oráculo de Delfos

A LuciAnta acha que o mundo sempre tem que se curvar à vontade d''O Partido. Petista não sabe raciocinar fora da lógica: bom pra o PT x ruim para o PT. É lógico que o JP deve muito a seu grupelho, mas, como um Lula regionalizado, ganhou musculatura fora de sua facção. É só ver as pesquisas.


Prefeitura do Ipojuca

14/09


2011

TCU: é jogo pesado, Ana cresce, mas rivais lutam

 Embora o clima no Palácio do Campo das Princesas já seja praticamente de ‘’já ganhou’’ em relação às perspectivas de a deputada Ana Arraes(PSB-PE) sair vitoriosa na disputa pela vaga de ministro do Tribunal de Contas da União, há, ainda, alguns percalços a serem removidos do caminho da mãe do governador Eduardo Campos no rumo do cobiçado cargo. O otimismo faz sentido ante as últimas notícias em torno da disputa, notadamente a última, de ontem, dando conta de que outro forte concorrente, o deputado Jovair Arantes(PTB-GO), desistira de concorrer. A saída de Arantes chegou a ser bastante comemorada ontem no palácio. Mas, por outro lado, ainda há quem lute com unhas e dentes para levar a ‘’boquinha’’ do TCU.

O PSB intensifica as pressões para que o deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP) desista em favor líder da bancada do partido, mas ele ainda não bateu em retirada. O deputado Átila Lins (PMDB-AM) por sua vez, exige “reciprocidade” do PT em relação a sua candidatura. Ele lembra que o PMDB já abriu mão de disputar vaga no TCU para apoiar um candidato petista: “Em 2007, o PT pediu que o partido retirasse seu candidato para apoiar o Paulo Delgado que, inclusive, perdeu a disputa. A recíproca agora poderia ser verdadeira, até porque o PT nem tem candidato dessa vez. Afinal, somos aliados, ou não?”, argumentou o parlamentar amazonense. Enfim, é jogo muito pesado, no qual o governador Eduardo Campos está profundamente empenhado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/09


2011

Ariano desce do PSB, e pode fazer o mesmo do governo

 Marisa Gibson, na coluna Diario Político de hoje, conta ''''o que se fala por aí:''''

Protesto completo - O que se fala por aí: o escritor Ariano Suassuna, que teria saído do PSB por causa de um desentendimento pessoal com Milton Coelho, presidente do partido, deve deixar também o governo do PSB onde ocupa a Secretaria de Assessoria ao Governador.

Bebida alcoólica -
Os polêmicos projetos de lei que regulamentam o consumo de bebida alcoólica, de autoria da vereadora Marília Arraes (PSB) serão debatidos hoje na Câmara Municipal do Recife em audiência pública. Um dos projetos restringe o consumo de bebidas em vias públicas das 18h às 6h. Faltou instituir a burca.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Francisco Sena

Marília Arraes devia se ocupar em projetos mais importantes. Vá cuidar da mobilidade urbana em Recife.

José Açores

Países de democracia muito mais sólida do que a brasileira já adotam limites ao consumo de bebida em espaços públicos. O projeto não quer proibição, ele quer evitar seus excessos e suas consequências, vide estatísticas da lei seca no trânsito.

Pedro Leonardo Lacerda

Não acredito que um homem com a inteligência e compromisso com seus ideais, como Ariano Suassuna, venha a confundir hipotéticas "questões pessoais" com seus compromissos ideológicos. Seria querer infantilizar e diminuir um ícone de Pernambuco; que estaria misturando "o público com o privado".


Banco de Alimentos

14/09


2011

Alckmin e Dilma em lua de mel

DO BLOG DE DIOGO SALES - JORNAL DA TARDE

Revistas de fofocas políticas andaram divulgando boatos de que Alckmin e Dilma estariam de namoro. Por meses, eles negaram dizendo que “estavam só se conhecendo”. Enfim, eles resolveram assumir o relacionamento entre governo federal e estadual, celebrando essa união com uma cerimônia de gala. Quando o padre disse a famosa frase “se alguém for contra essa união, que fale agora, ou cale-se para sempre”, Serra ameaçou se manifestar, mas foi contido por seguranças…


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

14/09


2011

SC: Bezerra entrega cartões para atender emergência

Bezerra (esq.), ao lado do governador Raimundo Colombo (dir.), entregou 8 cartões de crédito que devem ser usados em casos de emergência. Foto: Neiva Daltrozo/Secom-SC/Divulgação

Bezerra (esq.), ao lado do governador Raimundo Colombo (dir.), entregou 8 cartões de crédito que devem ser usados em casos de emergência - Foto: Neiva Daltrozo/Secom-SC/Divulgação

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, visitou áreas afetadas pela chuva em Santa Catarina nesta terça-feira. Ele lançou um projeto piloto no Estado para atender as defesas civis de localidades afetadas. Dessa forma, entregou oito cartões de crédito que devem ser usados em casos de emergência. Três permanecerão com o governo estadual e cinco serão destinados aos municípios atingidos. A intenção é evitar a burocracia em casos de emergência ou calamidade pública. Os "cartões de pagamento da Defesa Civil" serão destinados às cidades de Blumenau, Gaspar, Brusque, Itajaí e Rio do Sul, que poderão desde já fazer uso dos recursos liberados pelo governo federal. Segundo o ministro, a medida é um "marco" no socorro às localidades vítimas de catástrofes.

Acompanhado do governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, o ministro esteve rapidamente em Rio do Sul. No final da tarde, assinou a liberação de R$ 13 milhões para atender o Estado. Dos recursos, R$ 3 milhões são destinados para os cofres estaduais e outros R$ 10 milhões serão divididos entre 19 cidades. O repasse, segundo Bezerra, é destinado para ações emergenciais de assistência às vítimas e restabelecimento de serviços públicos. Após a assinatura, o governador elogiou o apoio do governo federal e destacou que Santa Catarina irá se reerguer.(Portal Terra)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

14/09


2011

Lula na campanha de Cristina irrita oposição argentina

Lula e Cristina Kirchner em dezembro de 2010 / AFPA data exata ainda não foi definida, mas o governo argentino confirmou a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na reta final da campanha eleitoral da presidente Cristina Kirchner, que no próximo dia 23 de outubro buscará sua reeleição. A visita de Lula e, sobretudo, seu respaldo a Cristina, irritaram profundamente a oposição argentina, que vive um de seus piores momentos. Assessores do ex-presidente Eduardo Duhalde (2002-2003), que ficou em terceiro lugar nas primárias de agosto passado, com apenas 12,12% dos votos, lamentaram a ingerência de Lula na política interna argentina. ''Não nos parece correta a atitude do ex-presidete brasileiro e menos em momentos tão difíceis para a oposição'', disse um assessor de Duhalde.

A agenda do ex-presidente incluirá um encontro tête à tête com a presidente argentina, uma reunião com empresários de ambos os países e a participação em um ato de campanha organizado pelos kirchneristas, provavelmente no teatro Coliseo de Buenos Aires. (O Globo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Shopping Aragão

14/09


2011

Parceria com Dilma eleva aprovação popular de Alckmin

Informa Renata Lo Prete na sua coluna hoje na Folha de S.Paulo:

''''Pesquisas à disposição do Palácio dos Bandeirantes indicam que a troca de amabilidades com Dilma Rousseff faz bem à imagem de Geraldo Alckmin. Na semana passada, quando um subordinado lhe propôs uma agenda pública no dia 13, Dilma explicou por que não podia: ''Tenho um evento com o meu governador de São Paulo''.

Tró-ló-ló Em meio às gentilezas recíprocas na cerimônia de ontem, Sebastião Almeida (PT) cobrou do governador a extensão do metrô até Guarulhos. Pego de surpresa, o tucano prometeu conversar. ''Mas precisamos sair da conversa, que se arrasta desde 1985, para a ação'', rebateu o prefeito.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/09


2011

2014: Heloisa deixa PSOL e entra no partido de Marina

 Sem espaço no PSOL, a ex-senadora Heloísa Helena decidiu embarcar no projeto de Marina Silva, que deixou o PV em julho e estuda criar um partido para se candidatar à Presidência de novo em 2014. Elas ensaiaram a união ano passado, quando Heloísa quis ser vice de Marina, mas os socialistas vetaram a ideia para lançar a candidatura de Plínio de Arruda Sampaio. A alagoana renunciou à presidência do PSOL depois da eleição, e agora autorizou a amiga a usar seu nome no movimento suprapartidário que deve dar origem a uma sigla sob sua liderança.

A aliança seria formalizada ontem, em ato promovido por Marina em Brasília, mas Heloísa não pôde ir por problemas de saúde -ela se recupera de um possível AVC (acidente vascular cerebral). "É um momento muito especial", disse à Folha de S.Paulo, de Maceió. "Espero estar com Marina na construção deste processo, que poderá culminar, como acho que certamente acontecerá, numa organização partidária para 2014."


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha