Faculdade de Medicina de Olinda 2

13/10


2019

Grupo armamentista realiza eventos pelo país

O grupo também faz lobby em Brasília, mas se diz "traído" por Bosonaro. Instituto defende a comercialização de armas de fogo sem barreiras impostas pelo Estado e tem canal no YouTube para falar de armas e políticas.

Produtos personalizados do grupo armamentista Instituto DEFESA Foto: Instituto DEFESA
Época - Por Victor Calcagno

 

Ser uma espécie de National Rifle Association (ou NRA, na sigla em inglês), maior grupo armamentista dos Estados Unidos com forte lobby na política pró-armas e que clama ter mais de 5 milhões de membros, talvez seja o sonho dos cerca de 2 mil integrantes parceiros do brasileiro Instituto DEFESA. A organização, com representantes em todo o país, defende desde 2011 a comercialização de armas de fogo sem barreiras impostas pelo Estado, tem interlocução com alguns parlamentares em Brasília, organiza eventos de introdução e conscientização sobre defesa pessoal e se diz desiludida – e até “traída” - com o resultado prático das políticas do governo atual sobre armamento.

Fundado pelo atual presidente Lucas Silveira no Paraná como resposta à campanha do desarmamento praticada pelo governo federal, a organização tem, segundo ele, 200 mil inscritos no site, de forma gratuita. Menos de 1% deles é membro premium, e pagam mensalidades de R$ 15.

A carteirinha dá direito a descontos em lojas de armamento e clubes de tiro associados, além de cursos táticos em instituições parceiras (a organização não possui oficialmente estandes de tiro ou comercializa armamentos, por se reservar ao ativismo). O dinheiro vai para a confecção de faixas, panfletos, materiais de divulgação e eventuais viagens a Brasília para sessões de interesse no Congresso, além de eventos que pretendem criam a tão sonhada “cultura de armas” que esperavam ver defendida com mais ímpeto pelo presidente Jair Bolsonaro.
Nessas ocasiões, tanto aficionados por pólvora quanto novatos no manejo de pistolas se reúnem com curiosidade para ouvir palestras e ter contato com esse tipo de armamento, como no caso do “Estande Rosa”, reunião dedicada às mulheres que aconteceu em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio de Janeiro, em agosto.

Mesmo com chuva, ventania, céu escuro e algumas das temperaturas mais baixas em todo o ano no Rio, um grupo de 40 pessoas composto por jovens, casais, adolescentes, idosos e famílias com bebê se reuniu às 9h de um domingo para ouvir mensagens sobre proteção, autoestima e integridade. Com instrutores de pistola na cintura, conversas sobre “fazer um desenho na minha Glock” e vestimentas táticas, de roupas camufladas a botas bordadas com fuzis AR-15, o evento era o sexto organizado na cidade pelo Instituto DEFESA e o primeiro dedicado às mulheres.

Confira a íntegra da reportagem aquiGrupo armamentista faz eventos pelo país e lobby em Brasília ..


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Detran

13/10


2019

Lobão dedica música a Olavo de Carvalho

Rompido com Bolsonaro, Lobão faz música para Olavo de Carvalho: "Todo tolo não entende o horizonte"

Foto/fonte: Folha Centro Sul

O Globo - Coluna de Ancelmo Gois 
Por Ana Cláudia Guimarães

 

Lobão, que rompeu com os bolsonaristas, escreve uma música dedicada a Olavo de Carvalho, o guru dos toscos. Uns versos: “Todo tolo não entende o horizonte/ nem os mistérios do céu/ Satisfaz-se feliz com blefe/ De qualquer fariseu/ E o dia amanhece tranquilo/Com a graça de Deus/ E os segredos do homem sozinho/Ele chama de eu...”.

Para o polêmico músico, o governo “é bem pior do que eu pensava. Esperava que a parte mais liberal, moderna e elegante da direita desse o ar da sua graça. O Sergio Moro é fraquinho. O Paulo Guedes é uma decepção”.

"60 anos a mil"

Aliás, Bolsonaro será um dos personagens da biografia de Lobão. É que o livro “50 anos a mil”, que fez o maior sucesso quando foi lançado, será atualizado. Na nova versão, o presidente entra nos capítulos que o cantor acabou de escrever sobre os últimos dez anos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

13° Bolsa Familia

13/10


2019

Ministério contrata carro blindado para Ricardo Salles

Ministério alega risco de morte e contrata carro e escolta blindados para o ministro Ricardo Salles. Contrato foi assinado em urgência e teve dispensa de licitação.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles Foto: Jorge William / Agência O Globo

Època - Coluna de Guilherme Amado 
Por Por Eduardo Barretto

 

Alegando que Ricardo Salles corre risco de morte, o Ministério do Meio Ambiente contratou carros blindados para o ministro usar em Brasília, Rio de Janeiro em São Paulo.

O contrato de R$ 320 mil para os próximos seis meses foi assinado em urgência, o que foi usado para justificar a dispensa de licitação.

Em 3 de junho, um documento do gabinete de Salles afirmou que o ministro "recebeu ameaças contra a sua vida" e que "comprometem sua integridade física".

O ofício pediu uma contratação emergencial de "veículo blindado que forneça o aporte mínimo de proteção, acompanhado de um veículo de escolta, formando assim uma cápsula de segurança".

Dois carros idênticos são necessários nesses casos para não mostrar ao público em qual deles a autoridade está.

Foram citados episódios de ameaças graves em 27 de fevereiro, em Porto Seguro (BA), com "desordem e tentativa de agressão", e, em 28 de abril, na sede da pasta, em Brasília, com "ameaças contra a sua vida".

O ministério pediu à Polícia Federal reforço na segurança, mas não foi atendido.

Então, a PF recomendou "medidas que podem ser adotadas para mitigar situações de vulnerabilidade, entre as quais o uso de veículo blindado nos deslocamentos do senhor ministro".

O subsecretário de Planejamento, Orçamento e Administração informou ainda que o ministério consultou "em diversas ocasiões" se o Palácio do Planalto poderia ceder um carro blindado para Ricardo Salles, mas também recebeu resposta negativa: o contrato de carros blindados do palácio não cita "autoridades que não integram a Presidência da República".

O contrato — firmado com a Obdi Gestão, Terceirização de Frotas e Locação de Veículos, de Curitiba — foi assinado em 26 de agosto, com vigência de seis meses, por R$ 320 mil.

A Consultoria Jurídica do ministério defendeu que havia uma "situação extraordinária e urgente apresentada, retratados como indispensáveis para evitar o risco de dano irreparável" ao ministro.

O parecer foi semelhante ao da Coordenação-Geral de Compras: havia "risco de prejuízo irremediável à vida da autoridade máxima do órgão".

(Por Eduardo Barretto)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

13/10


2019

Flávio é enquadrado por Bolsonaro

Bolsonaro enquadra Flávio por falatório de advogado.

Jair e Flávio Bolsonaro | Jorge William

O Globo - Coluna de Laur Jardim  
Por Gabriel Mascarenhas

 

Jair Bolsonaro teve uma dura conversa com Flávio na semana passada.

Irritado, cobrou que o filho controle a língua e o ímpeto de Fred Wassef, o advogado de Flávio que passou a representar o presidente no inquérito aberto para investigar quem financia a defesa de Adélio Bispo, o autor da facada.

Para Bolsonaro, Wassef está usando seu caso como ribalta e falando mais do que deveria.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/10


2019

Guia eleitoral: senador quer barrar condenados

Senador propõe projeto para proibir condenados na propaganda eleitoral.

Foto: Felipe Gonçalves/247

Folha de S. Paulo - Painel
Por Daniela Lima

 

O senador Styvenson Valentim (PODE-RN) apresentou projeto de lei que veda a participação de pessoas condenadas criminalmente ou por ato de improbidade administrativa na propaganda eleitoral.

A proibição valeria durante o período em que os alvos estiverem cumprindo pena restritiva de liberdade.

A matéria, apelidada pelos parlamentares de “Tira Lula”, tramita em caráter terminativo, por isso basta ser aprovada na Comissão de Constituição e Justiça. Na eleição de 2018, o PT explorou fortemente a imagem do petista, nos estados e na disputa presidencial.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Magno coloca pimenta folha

13/10


2019

PF vê ligação de sargento com cocaína na Espanha

Sargento preso com cocaína na Espanha

Polícia Federal identifica elos de ligação de sargento preso com cocaína na Espanha.

Reprodução | Facebook
O Globo - Coluna de Lauro Jardim
Por Gabriel Mascarenhas

 

A Polícia Federal identificou fortes indícios de que o sargento Manoel Rodrigues, preso com 39 quilos de cocaína ao desembarcar de um avião presidencial na Espanha, tem ligações com um conhecido traficante que atua nas cidades-satélites de Brasília.

A PF está convicta de que o militar não agiu sozinho. Mais do que isso: a principal linha de investigação indica que ele fazia o serviço de mula para outro militar, um oficial de alta patente.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

13/10


2019

Pacto federativo: governadores cobram recursos

Governadores fazem ofensiva para cobrar recursos do pacto federativo.

Foto: REUTERS/Adriano Machado
Folha de S. Paulo - Painel

 

Governadores não pretendem desistir da verba extra que, segundo eles, o ministro Paulo Guedes (Economia) prometeu como parte do chamado pacto federativo e ainda não disse como pretende entregar.

Nas contas deles, ao incluir todos os compromissos da União na divisão de recursos do leilão da cessão onerosa, o governo federal deixou de repassar aos estados R$ 4,9 bilhões.

Cumprida a etapa do leilão do pré-sal, as lideranças regionais pretendem abrir negociação para pedir a compensação deste montante, seja por meio da redistribuição da arrecadação de impostos entre os estados, seja via mudanças na legislação dos royalties e do fundo social do petróleo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/10


2019

Irmã Dulce é canonizada pelo Papa Francisco

Cerimônia reuniu milhares no Vaticano.

Praça de São Pedro, no Vaticano, reúne milhares de fiéis para a canonização de Irmã Dulce Foto: Renato Grandelle / Agência O Globo
O Globo - Por Renato Grandelle*, enviado especial

 

Milhares de fiéis e membros do clero lotam a Praça de São Pedro, onde o Papa Francisco , acaba de canonizar a beata baiana Maria Dulce Lopes, Irmã Dulce , que agora já é Santa Dulce dos Pobres . Também foram canonizados outros quatro beatos: John Henry Newman, Giuseppina Vannini, Mariam Thresia Chiramel Mankidiyan e Margherite Bays.

À exceção de Dulce, todos os canonizados morreram no século XIX ou nas primeiras três décadas do século XX, o que mostra a agilidade do processo que reconheceu a santidade da freira baiana.

O músico José Maurício Moreira, que recuperou a visão após intercessão da Irmã Dulce — um milagre reconhecido pelo Vaticano — afirmou este sábado que participaria da missa, mas que seu papel não havia sido divulgado detalhadamente.

 No livreto sobre a cerimônia, a Irmã Dulce é assim descrita: "Dulce Lopes Pontes, no século Maria Rita, nasceu a 26 de maio de 1914 em São Salvador da Bahia, no seio de uma família abastada, marcada por fortes convicções cristãs e uma caridade operosa. Desde a infância, ela se destacou por uma grande sensibilidade para com os pobres e os necessitados.

Completados seus estudos superiores, abraçou a vida religiosa na Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, ligada à Ordem dos Frades Menores, servindo como enfermeira e professora. Animada por intenso zelo missionário, Irmã Dulce também se dedicou seriamente à instrução dos trabalhadores, mas foi sobretudo na assistência e cuidado dos últimos e dos mais sofredores que exerceu seu generoso serviço.

Irmã Dulce concretizou plenamente a sua ação caritativa com a fundação de uma associação de obras sociais e a construção de uma casa de acolhimento, o "Albergue Santo Antônio". Sua caridade era maternal, carinhosa. A sua dedicação aos pobres tinha uma raiz sobrenatural e do Alto recebia forças e recursos para dar vida a uma maravilhosa atividade de serviço aos últimos.

Os últimos meses da vida da Beata estiveram marcados pela doença, que enfrentou com serenidade e completo abandono nos braços do Senhor. Em 13 de março de 1992, Irmã Dulce faleceu em São Salvador da Bahia, nimbada de grande fama de santidade.  Em 3 de abril de 2009, o Papa Bento XVI reconheceu as heroicidades de suas virtudes e, em 22 de maio de 2011, celebrou-se o rito de sua Beatificação".

A celebração eucarística com o rito da canonização é aberta com cânticos. Depois, o prefeito da Congregação da Causa de Todos os Santos, Angelo Becciu, solicitar ao Papa a canonização dos beatos. Becciu apresentará brevemente o perfil de cada um deles.

Em seguida vem a "fórmula da canonização", uma oração feita pelo Papa em latim em que ele reconhecerá a canonização dos cinco beatos. O cardeal Becciu agradece ao Pontífice e pede permissão para escrever uma carta apostólica para preparar a canonização. Na última parte do rito, Francisco faz novas orações e a liturgia.  


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha