O Jornal do Poder

12/01


2007

Raul Jungmann: ‘‘Silvio vive do excremento’’

 O deputado Raul Jungmann (PPS) desafiou hoje seu colega Silvio Costa a “vir com qualquer tipo de ação, qualquer tipo de CPI, com o que quiser e entender” contra ele na Câmara dos Deputados, onde ambos estarão na próxima legislatura. Silvio Costa disse em entrevistas a emissoras de rádio, hoje pela manhã, que se movimenta para colher assinaturas para instalação de uma “CPI do Incra” contra Jungmann, com base na denúncia do Ministério Público de irregularidades ocorridas naquele órgão quando Raul era ministro do governo FHC.

 

“Pernambuco conhece Silvio Costa e sua metralhadora giratória. Vive disso. Vive do excremento. Do desrespeito. Da desqualificação. Silvio é um nada dentro deste processo. Importante é o eleitor, para quem tenho que me voltar e comprovar que nada tenho com tudo isso” disse Raul Jungmann.

 

O deputado do PPS justifica sua alegação de inocência dizendo ser apenas testemunha de um processo que tramita em Brasília há quatro anos e oito meses, no qual um servidor acusado o tomou como testemunha, e que em nenhum momento qualquer denúncia lhe foi feita para que ele pudesse se defender. Jungmann diz que tudo está ocorrendo pelo fato de ter, com sua ação parlamentar, contrariado muitos interesses. Informou que chegou até a ser advertido pelos deputados José Carlos Aleluia (PFL) e José Múcio (PTB): “estão querendo pegar vocês dois”, referindo-se a ele, Jungmann, e Fernando Gabeira (PV), por estarem tentando uma terceira via na Câmara com o fim de moralizar a Casa.

 

Raul Jungmann informou ainda que vai passar o fim de semana analisando o processo, para começar a “desconstruir tudo isso”, lembrando que para comprovar o tipo de ação que desenvolve no Congresso foi o primeiro a abrir seu sigilo bancário e fiscal, o primeiro a colocar seu imposto de renda na TV e, ainda, pioneiro no uso da internet para divulgar o que recebe nas campanhas. “Chegou a minha hora. Hora do meu calvário. Hora de provação. Hora de ser colocado em dúvida. Sei que vou passar por isso. Não tenho nenhuma dificuldade de provar minha inocência, de provar que isso é uma monstruosidade”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o deputado José Chaves, hoje Secretário do Turismo de Pernambuco.

política, para mim infelizmente, passa por uma estratégia folclórica e excessivamente ironizante, isso realmente eu não concordo, todavia, entendo que Sílvio é um dos políticos mais inteligente do nosso estado, com perspectiva de uma boa gestão, após está assumindo à Câmara Federal, substituindo o

Costa Filho, sendo candidato pela primeira vez há dois anos atrás, teve uma votação de 10.731 com um performance muito boa na Câmara, e obtendo uma campanha exitosa neste último pleito, sendo eleito com 46.060 votos, tudo isso com a competência do pai, o assessorando. A forma de Silvio Costa, fazer

Deputado Rauil Julgmann, sou obrigado a discordar mais uma vez do senhor, quntdo faz essa colocações ao Deputado Silvio Costa, a história polpitica dele, é de crescimento visível, há um pouco mais de 4 anos atrás, era vereador, candidatando-se a Deputado Estadual, e sendo eleito. O filho, Sílvio

Paulin de Caruaru.

Essa é a tática petista.Todo mundo é igual e fica o dito pelo não dito.Compra do parlamento,sanguessugas,dossiê foi tudo invenção e viva o povo brasileiro...


Potencial Pesquisa & Informação

12/01


2007

Silvio diz que Jungmann era o ‘‘2º caçador de marajás’’

 O deputado Raul Jungmann (PPS) poderá ser o alvo da primeira CPI a ser instalada no Congresso em 2007. Isto é o que garante o deputado Silvio Costa (PMN), informando que já começou a providenciar a coleta de 172 assinaturas para formalizar o que ele qualificou de “CPI do Incra”, alusão ao órgão em que teriam ocorrido as irregularidades nas quais Jungmann é acusado de envolvimento. Além da CPI, Costa pretende tentar convencer seu partido a entrar com uma representação no Conselho de Ética da Câmara contra o parlamentar do PPS. Os dois parlamentares estarão no Congresso a partir de fevereiro.

 

“O Congresso não pode ficar calado. Vou fazer uma ação que o deputado Raul Jungmann faria se o assunto envolvesse qualquer outro deputado”, justifica Silvio, para quem Jungmann tem de explicar “um rombo de R$ 33milhões, em 1999, que, hoje, corrigidos, chegaria aos R$ 100 milhões”.

 

Para Silvio, o deputado Raul Jungmann vinha posando de “paladino da ética e da moralidade”, e agora diz que é vítima de perseguição. “Perseguição por quê? O Ministério Público é órgão responsável, e não iria ser instrumento político”, diz Costa, que nas entrevistas às emissoras de rádio hoje pela manhã, comparou Jungmann a Collor, que “ganhou a presidência dizendo que era caçador de marajás, e tudo era teatro, fantasia”. Costa conclui dizendo que “a casa caiu; a prestação de contas dele, de 2002, por exemplo, está aí: recebeu R$ 20 mil de uma empresa citada nas falcatruas”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

certo essa fusão, pois o PPS é mais um partido de fachada, pois o imperialista Roberto Freire mudou muito das suas raízes socialistas. É claro, tantas benesses assim, quem não mudaria?

Imaginem, na tão falada, cláusula de barreira, o PPS, estaria se coligando com o PMN e PHS, para que assim atingissem os 5% exigidos pela Lei, para que os partidos obtivessem os direitos completos dos benefício de ajuda do TRE. Será que Sílvio Costa, estaria com esse discurso? Por isso que não daria

Sebastião Rodrigo

Jugmann teve o disparate de falar no programa de Geraldo Freire que não possuia bens,nem mesmo casa propria tinha,ou ele é extremamente cinico ou está chamando todos nos de idiotas.Só falta ele dizer que fica somente com um salario minimo e faz doações do restante.Dá pra acreditar na inocencia dele?

Cesar Augusto R. Cavalcanti

Sobre Roberto Freire, só quem é idiota pode gastar vela com defunto podre!

fernando rodrigues pereira

antonio pereira,vc.tem toda a razao.o defunto deve uma explicaçao.talvez o poderoso senador dê alguns dias,para que ele,já que perdeu imunidade que teve enquanto enganou meio mundo,fique novamente falastrao.parabens.


Banco de Alimentos

12/01


2007

PF investiga desvios do Fundef em Garanhuns

O prefeito de Garanhuns, Luiz Carlos de Oliveira, (foto), que mergulhou o município numa profunda crise, deu uma nova vassourada na sua equipe, demitindo os secretários de Administração, Assistência Social e Desenvolvimento Econômico. Recentemente, a Polícia Federal vasculhou as contas da Prefeitura e encontrou documentos que comprovam desvios nos recursos do Fundef da ordem de R$ 500 mil.

 

No campo político, o prefeito também anda complicado. Saiu do PMDB e difundiu, hoje, no JC, a falsa notícia de que está sendo assediado por vários partidos, entre eles o PT, o PSB e o PTB. Na verdade, nenhuma dessas legendas quer conversa com Luiz Carlos, em razão justamente da péssima gestão que vem fazendo e pelas suas complicações no campo da ética e da moralidade.

 

 

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

VALDEMI VIEIRA CINTRA

EU GOSTARIA DE SABER SE FOI CONSTRUIDO UM VIADUTO POR CIMA DA CIDADE DE BELO JARDIM, QUE AS INVESTIGAÇÕES ESQUECEM A NOSSA CIDADE. AKI TEM TUDO DE RUIM; DESVIO DO FUNDEF; NAO CONTABILIZAÇÃO DE RECURSOS ETC. VEJA NA PÁGINA www.valdemircintra.com QUE ABSURDO. VEREADOR VALDEMIR CINTRA/BELO JARDIM/PE.

adelson w. souza

parabens magno.voce tá pegando pesado.dando o serviço todo.nao escapa sujeira nenhuma.assim deve ser um jornalista que nao tem rabo preso.parabens.



12/01


2007

Lula se reunirá com Bush nos EUA no 2º trimestre

 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai se encontrar em Washington com o presidente americano, George W. Bush, no segundo trimestre deste ano, provavelmente em abril, de acordo com um alto funcionário do governo americano.

A visita já está sendo preparada pelas embaixadas brasileira em Washington e americana em Brasília, mas a data exata ainda não está definida.

O Palácio do Planalto disse que a viagem ainda não está na agenda do presidente, mas informou que o convite foi feito quando Bush ligou para cumprimentá-lo pela vitória, no fim de outubro.

Lula aceitou e disse que precisava apenas encontrar uma data. Fontes diplomáticas confirmam que a visita está sendo planejada, mas ainda não entrou oficialmente na agenda. As informações são do BBC. Brasil.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


12/01


2007

Prefeituras do interior abrem quase 800 vagas

O interior de Pernambuco abre oportunidades para concursos públicos neste início de ano. Além dos concursos das prefeituras de João Alfredo e Palmares, anunciados recentemente, há vagas oferecidas pelas prefeituras de Pedra, Belo Jardim e Glória do Goitá, ambos no Agreste pernambucano. Juntos, os três municípios dispõem de 767 vagas para candidatos de todos os níveis de escolaridade.

Em Pedra são 247 vagas, com salários que variam de R$ 350 a R$ 3.000,00. As informações sobre o concurso e o edital podem ser encontrados no site da NE Consultoria (www.neconsultoria.com.br).

Para o concurso de Glória do Goitá são 175 vagas, mas as inscrições, que custam R$ 30 (fundamental), R$ 40 (médio) e R$ 50 (superior) só se iniciam no dia 22 deste mês, com término em 9 de fevereiro.

No município de Belo Jardim há 345 vagas. As inscrições podem ser feitas pelo site www.neconsultoria.com.br ou no prédio anexo da Câmara Municipal de Belo Jardim, na rua Siqueira Campos, 189, Centro. As provas ocorrerão em 25 de fevereiro e os salários vão de R$ 350 a R$ 880. As informações são da Folha de Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


12/01


2007

Dirceu: "Jungmann sempre agiu como um inquisidor"

 Sem esconder a satisfação de ver o desafeto em maus lençóis, o deputado cassado José Dirceu (PT-SP) diz em seu blog que o deputado Raul Jungmann (PPS-PE), acusado de improbidade administrativa durante sua gestão no Ministério do Desenvolvimento Agrário, entre 1998 e 2002, "quer o que não ofereceu a ninguém". Dirceu diz que Jungmann sempre agiu como um inquisidor e ironizou a expressão "chefe de quadrilha", usada por seus adversários quando, à frente da Casa Civil, foi acusado de chefiar o esquema do mensalão.

"É preciso deixar claro que Jungmann nunca deu o direito de defesa a ninguém. Pelo contrário, prejulgou e linchou todos os investigados no caso dos sanguessugas e em outras denúncias, como se fosse um Torquemada de plantão. Exigiu renúncia, afastamento dos cargos. Agora, quando é acusado de ser ''chefe de quadrilha'', quer para si o que negou aos demais e, além disso, ainda vê motivação política nas acusações", diz a nota, postada às 12h01m desta sexta-feira.

Para Dirceu, Jungmann deveria pedir licença do mandato até que as investigações terminem. O ex-ministro acusou o parlamentar de outro crime: inflar a estatística de assentados para usá-lo em propagandas sobre a reforma agrária na gestão de Fernando Henrique Cardoso.

"A coisa é mais grave, portanto", afirma o petista. As informações são do Pernambuco.com.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sebastião Rodrigo

Pulin meu fio oce deixa de ser tan besta ome,o Zé num é mafioso não,oxente.Teu candidato(Jugmann) que fez tú acreditar que ele é.PT,SAUDAÇÕES!!!!!!!!!!!!!!

Sebastião Rodrigo

Zé foi uma das vitimas de Jugmann.Sofreu lixamento,agora é a vez de dá o troco.Aperta o homem Zé,voce sabe como nimguem fazer isto.PT,SAUDAÇÕES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Paulin de Caruaru.

Um país em que ainda se leva em consideração o que esse mafioso fala tem muito futuro....Viva o povo brasileiro.

guilherme alves

A resposta do Zé Dirceu é pertinente, e servirá para o Raul fazer reflexão. Agora o texto no original foi maior do que o publicado no blog. Está mais interessante e com nuance que não conhecíamos.

fernando rodrigues pereira

esse jungman deve ser um porra louca.até o zé dirceu tá metendo o pau nele.que coisa.



12/01


2007

Goiás: Procuradoria pede cassação de 13 deputados

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) de Goiás apresentou ontem (11) ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) recursos pedindo a cassação do diploma de 13 deputados estaduais eleitos e três federais suplentes. Eles são acusados de compra de votos.

De acordo com a Procuradoria Regional Eleitoral de Goiás, os políticos ofereceram vantagens pessoais a eleitores, como combustíveis, bebidas, alimentos, camisetas, transporte e oferta de tratamentos médicos.

Os federais suplentes são Chico Abreu, Dirceu Ferreira e Fernando Netto. Entre os federais, estão Adriete Elias, Alvaro Guimarães, Betinha Tejota, Cláudio Meirelles, Flávia Morais, Helder Valin, Jardel Sebba, José Nelto, Marlúcio Pereira, Misael de Oliveira, Samuel Belchior, Saulo Furtado (suplente) e Valdir Ferreira. Informações Congresso em Foco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


12/01


2007

Denúncias podem acabar com terceira via

As denúncias contra o deputado Raul Jungmann (PPS-PE) causaram alívio nos parlamentares que apóiam a candidatura do deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) à Presidência da Câmara. A avaliação é que o "grupo dos 30", liderado por Jungmann, que pretende lançar um nome alternativo na disputa, perdeu força e deve ser esvaziado.

"O Raul Jungmann matou a terceira via. Ele era o porta-voz da terceira via e agora não tem mais como defender a alternativa do grupo ético", disse o líder do PL na Câmara, deputado Luciano Castro (SP). Informações Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


12/01


2007

Deputada quer explicações de Clodovil

A deputada federal Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) vai acionar a Corregedoria da Câmara dos Deputados para que o estilista e deputado federal eleito Clodovil Hernandez (PTC-SP) se retrate sobre o que falou dos analfabetos assim que assuma o mandato, no dia 1º de fevereiro.

Em entrevista a revista "Flash" disse: "não posso respeitar um analfabeto. Ele não poderia ser nem vereador", em referência ao Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.

"O que ele disse (Clodovil) é um absurdo. Ele tem todo o direito de fazer oposição ao presidente, a quem quiser, mas não desrespeitar os analfabetos, pelos quais deveria trabalhar como parlamentar", diz a deputada. Informações Portal G1.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sebastião Rodrigo

Manda essa bicha recaucada (nada contra os gays) catar coquinhos ou tricotar na cadeira de balanço.Ela tá ultrapassada,com prazo de validade vencido.

clodoaldo novaes lima

Cada um tem o representante que merece. Tristes, devem estar seus eleitores, pela podreza de espirito e de parabens, está a deputada que exigiu sua retratação. Este depustado é digno sim, porém, de compaixão.



12/01


2007

Bastidores da política e do poder

 

        O patinho feio da União

 

Os governadores do Nordeste não expressaram com realismo o desapontamento com a ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, por ter faltado, ontem, à reunião de Natal. Na verdade, eles ficaram profundamente irritados, mas fizeram de conta que a ausência da ministra não esvaziou o encontro. Afinal, passa pela mesa da toda-poderosa as pendengas dos Estados que mais angustiam os governadores.

 

E dizendo a verdade aos jornalistas os governadores iriam criar uma situação constrangedora para a manda-chuva. A maioria dos governadores só atendeu ao convite da anfitriã potiguar, Wilma de Farias (PSB), porque Dilma havia confirmado a sua presença.

 

De última hora, ela deu um bolo nos governadores, diferentemente do que fez com os governadores do Sudeste, com quem havia se reunidos dois dias antes. Para os Estados ricos, que enfrentam no momento o drama das cheias, a ministra até afagou o ego dos governadores, liberando dinheiro.

 

Mas, para o Nordeste, nem satisfação. Uma prova, mais uma vez, de que a Região continua sendo tratada como o patinho feio da Federação, embora o presidente Lula, reeleito, seja pernambucano.

 

O x da questão – Uma das empresas citadas nas denúncias contra o deputado Raul Jungmann – a ArtPlan – de Roberto Medina, fez uma doação de R$ 20 mil para a campanha do parlamentar em 2002. O grosso da dinheirama que o MP apura – R$ 33 milhões – saiu, no entanto, pelo ralo da empresa RNN, de um jornalista pernambucano que se apresenta como paladino da moralidade.

 

Bom quadro – Médico, ex-gerente da Geres do Moxotó – Gerência Regional de Saúde -  o prefeito de Arcoverde, Zeca Cavalcanti (na foto ele é o de camisa azul), deu, ontem, uma entrevista no meu programa, na Rádio Melodia, que repercutiu intensamente. Passou credibilidade, mostrou preparo e acabou sendo elogiado por vários ouvintes e leitores deste blog. Parece um quadro promissor.

 

Batendo o martelo – O deputado Inocêncio Oliveira acompanha, daqui a pouco, o governador Eduardo Campos (PSB) na visita ao município de Escada. Aproveita para bater o martelo em relação aos nomes que indicou para o quarto escalão nas regiões onde é majoritário.

 

Aproveita, João! A Prefeitura do Recife começou a retirar a ornamentação de Natal, que, embora feia de morrer, custou uma baita grana. Como foi produzida com estilo carnavalesco, bem que João Paulo deveria manter. Evitaria, assim, um custo a mais. Se tirou, certamente a Prefeitura está nadando em dinheiro e já contratou outra produção milionária.

 

O chorão – Ninguém chiou mais na reunião dos governadores do Nordeste, ontem, em Natal, do que o cearense Cid Gomes (PSB). Disse que recebeu uma herança maldita de Lúcio Alcântara, criticou aliados de Lula que tentam atrapalhar o projeto de uma siderúrgica no Estado e disse não acreditar na nova Sudene que está surgindo. Ganhou o troféu Limão.

 

Vapt-Vupt

* Raul Jungmann, que virou a bola da vez em Brasília, ganhou projeção pelas mãos do deputado Roberto Freire. Na condição de líder do Governo Itamar Franco, Freire o indicou para adjunto de Beni Veras, no Ministério do Planejamento.

 

* Francisco Papaléo, que passou, ontem, o cargo, para Romero Pontual, fez uma excelente trabalho na Ceasa. Também deve entrar para a história do órgão como o dirigente que ficou mais tempo no cargo: oito anos.

 

* O senador eleito Jarbas Vasconcelos reúne, amanhã, um grupo de jornalistas para provar do seu cozido na sua casa de praia, no Janga.

 

* O vereador Fernando Gordinho, primeiro-secretário da Câmara de Jaboatão, pode ser a surpresa das eleições do ano que vem na disputa pela Prefeitura do Município.

 

* Na semana que vem, o vice-governador João Lyra Neto define o quarto escalão em todo o Estado. E leva o listão para o governador Eduardo Campos assinar as nomeações. Taí um assunto complicado para se resolver!

 

* A frase do dia: “Estamos nos finalmente”. (Vice-governador João Lyra Neto, ao confirmar que já avançou bastante nas negociações com as lideranças do Interior em relação ao terceiro e quarto escalões).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Mariana

Depois quero saber da chiadeira em relação aos cargos é gente demais, para poucos cargos...

Sebastião Rodrigo

Não acredito que Jaboatão pode ser comandado por gordinho?Meu Deus do céu é agora que ela sai do mapa! ! !

Neide

Tadinho dos governadores do Nordeste. Bem feito eles apoiaram o sapo barbudo e vão ter nada de nada. Vão pedir esmola até o fim e receber não não e não do governo federal

Também ouvi a entrevista do prefeito Zeca e senti que ele é muito preparado. Tem futuro!

Bem feito! Tem governador que tava tentando mostrar prestígio com o presidente Lula e se deu mal. A Dilma é boleira, ou seja, adorar dar bolo em gente fraca!