O Jornal do Poder

13/09


2011

Zeca da Telpe segue Daniel

Não é somente o deputado estadual Daniel Coelho que vai ingressar no PSDB de Sérgio Guerra. O suplente de deputado do PV, Zeca da Telpe, avisou a Coelho que seguirá com ele para o PSDB. Zeca lançará sua candidatura a vereador de São Lourenço da Mata pela sigla, apoiando a candidatura a prefeito de Jairo Pereira. Zeca teve 740 votos nas últimas eleições.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

13/09


2011

Novais está firme e forte no cargo, diz líder do PMDB

 O líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), afirmou hoje que o ministro do Turismo, Pedro Novais, está "firme e forte" no cargo. Segundo reportagem publicada na edição desta terça do jornal "Folha de S.Paulo", Novais pagou uma governanta com recursos da Câmara dos Deputados durante sete anos. A mulher seria servidora do gabinete de Novais quando ele exercia o mandato de deputado federal. Eleito pelo PMDB do Maranhão, Pedro Novais está licenciado.

"Cabe a ele [Novais] dar explicações, essa é uma matéria que em dezembro já havia sido ventilada, e na época ele deu as explicações e vai dar de novo", disse Henrique Eduardo. A governanta, segundo a reportagem, foi paga com salário da Câmara, onde ela era lotada como secretária parlamentar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

S. C. B. M.

SE NE DERRUBAR NOVAS,A AVALANCHE DE M.. VAI DAR ONDA PELO NARIZ.

Raimundo Eleno dos Santos

Se esse cair, Sarney também cai! Vai ser difícilkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


Banco de Alimentos

13/09


2011

Filho de João Paulo critica o PT e o prefeito

Rivânia Queiroz, repórter especial

O filho do deputado e ex-prefeito do Recife, João Paulo (PT), que acompanha de perto o drama do pai, fez um desabafo em seu blog. O sociólogo Jampa, como é conhecido, criticou duramente o Partido dos Trabalhadores, a gestão do prefeito João da Costa e apontou o futuro político do pai, que deve anunciar, até o dia 27, se fica no PT ou se deixará a legenda que ajudou a fundar.

“O mundo é outro, a esquerda é outra, e são os próprios petistas de Pernambuco que transformaram o partido naquilo que ele é hoje: um lugar sem nenhuma organicidade ideológica e cheio de interesses particulares”, disparou.

Em relação ao desafeto do pai, o prefeito João da Costa, disse: "Como João da Costa pode ter feito uma administração com prioridades sociais e políticas tão diferentes daquelas de João Paulo, sendo os dois do mesmo partido? Isso mostra a falta de organicidade do partido, sem dúvida”.

Por fim, colocou que "João Paulo pode abraçar uma ideia de partido já ultrapassada e se achar pertencente a um projeto “nacional”, ou pode de fato usar o grande descontentamento diante da política e a mobilização social que há hoje em dia em torno desse descontentamento para reafirmar um projeto popular e de esquerda – que marcou sua gestão – ainda que fora do partido que tradicionalmente empunhava tais ideias como bandeira. Temos tempos interessantes à nossa frente”. O desabafo de Jampa pode ser acessado em sua página: http://jampapernambuco.wordpress.com


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Deomiro Silva dos Santos

A crítica é pertinente e aceitável, só que ela é extensiva ao seu Pai. Só olha para o umbigo dele. Elegeu o sucessor e antes dele assumir já estava rompido com ele. E se dizendo vítima de traição. João da Costa não é casado com João Paulo - logo não pode existir traição. Vamos eleger João da Costa.

milton tenorio

..A desculpa para seu ingresso ao PTB...Já é carta marcada...Fica tranquilo Altamir, eu queria até ver João Costa dar uma surra na urna em JP.

milton tenorio

Realmente JAMPA, o mundo é outro, os esquerdistas são outros, os sindicalistas são outros...Hoje eles moram em MD, Queiroz Galvão..Seus filhos estudam na Europa, como vcs ...E vcs ainda tem casa na beira mar de Maragogi..Não é mesmo, JAMPA?! É cada uma!

altamir jose bezerra rodrigues

Magno,pelo amor de DEUS,ninguém aguenta mais essa conversa se João paulo vai ficar,ou sair do PT,e essa história da briga entre os joões,ele só quer aparecer,ficar o tempo todo na mídia,manda até o filho ficar falando,realmente é um saco.



13/09


2011

Vivemos em Pernambuco um tempo de esperança, diz Armando

 Comprometido com a interiorização do desenvolvimento, principalmente por meio da qualificação profissional, o senador Armando Monteiro (PTB) tem percorrido o interior de Pernambuco com uma mensagem de otimismo sobre o crescimento do Estado. Exemplo disso foi o discurso que fez em Serrita, Sertão Central do Estado, durante inauguração de uma creche-escola e entrega à população de três ônibus escolares.

No evento, Armando afirmou: “Estamos vivendo aqui em Pernambuco um tempo importante, de esperança, de construção, em que Pernambuco reconquista sua posição de liderança no cenário regional. Felizmente, graças a uma série de circunstâncias, mas sobretudo à competente liderança do governador Eduardo Campos, Pernambuco se reencontra com a sua vocação de crescimento, volta a ser o Estado líder do Nordeste”. Na opinião de Armando Monteiro, a interiorização do desenvolvimento se dá por meio de escolas técnicas, de extensões das universidades públicas e de grandes obras federais.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Lauro José de Albuquerque Lins

As ações do senador Armando Monteiro terão fortes rebatimentos no desenvolvimento sustentável do estado de Pernambuco a medio e longo prazo. A população deve separar o joio do trigo!!!

S. C. B. M.

DR. ARMANDO Q NOTICIA É ESTA, A INDUSTRIA NÃO CRESCEU ?ESPERO TER ENTENDIDO MAL POIS EXPLIQUE ISTO.

Jose Valter

Olá Magno, O Discurso de Armando em Serrita cometeu um ato falho não falou dos governos LULA e DILMA, pois as grandes obras da região são do Governo Federal, a exemplo de Ferrovia Transnordestina e Projeto de Integração do Rio São Francisco.

José Nivaldo

Dr. Armando Monteiro, com seu excelente trabalho, mais não consigo entender como ele é PARCEIRO de um camarada conforme noticiado no BLOG abaixo ao abrir o link está bem no meio do mesmo. http://cabaredacoruja.blogspot.com/



13/09


2011

Kassab faz aceno a Dilma e se oferece para parceria

 Em mais um sinal de que pretende se aproximar do governo federal, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (sem partido), afirmou hoje que a prefeitura está “à disposição” da presidente Dilma Rousseff para ajudar a construir o Rodoanel. Um dos principais projetos de infraestrutura do governo paulista, o anel viário que circunda a capital paulista conta também com o apoio da União. Na presença do tucano José Serra, seu padrinho político e adversário de Dilma na última campanha presidencial, Kassab elogiou a parceria entre a petista e o governador Geraldo Alckmin, também do PSDB.

Segundo o portal R7, hoje, os dois assinaram um termo de compromisso para as obras do trecho norte do Rodoanel. Para o prefeito, essa “parceria” tem o “efeito de potencializar” e “agilizar a construção da obra”. A boa relação de Kassab com Dilma é mais um sinal de que PT e PSD, partido que está prestes a ser criado pelo prefeito, podem acabar coligados em alguns municípios nas eleições do ano que vem. Os petistas já articulam coligações em Osasco, Suzano, São Bernardo do Campo e outras cidades do ABC paulista. Já o novo partido flerta com o PT para dar corpo a suas pretensões eleitorais em Barueri e Carapicuíba.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

S. C. B. M.

OLHA MAIS UM AÍ.QUE VERGONHA .



13/09


2011

País enfrentará crise com consumo e produção, diz Dilma

 A presidente Dilma Rousseff disse hoje que a crise econômica internacional não deve ''atemorizar'' o Brasil, e que o país enfrentará as turbulências mantendo o consumo e a produção, informa a Folha Online. ''Nós sabemos que a melhor forma de resistir à crise no Brasil é continuar consumindo, produzindo, investindo em infraestrutura, plantando e colhendo, e assegurando às nossas indústrias o seu componente nacional'', disse Dilma durante evento em Araçatuba (SP).

A presidente foi ao interior paulista participar do lançamento da pedra fundamental do Estaleiro Rio Tietê, cujas primeiras embarcações devem ser entregues em 2012. Ela assinou ainda protocolo de intenções para investimentos em obras na hidrovia Tietê-Paraná, que conecta os cinco maiores Estados produtores de grãos do país -Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Paraná. O aporte federal chega a R$ 900 milhões.  Os investimentos são parte do objetivo de ''reconstruir a matriz de transporte no país'', segundo Dilma, e facilitar e baratear o escoamento da produção.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

S. C. B. M.

COM A SAÚDE ,HOSPITAIS,SEGURANÇA CORRUPÇÃO A TODO VAPOR COMO PODE SE ELOGIAR ESTE GOVERNO.

Raimundo Eleno dos Santos

Dilma está certa. O Brasil não vai parar por conta dos goelas do exterior. Devemos manter o consumo. Empregar mais. O mercado interno é de mais de 190 milhões. Não devemos baixar a nossa auto-estima.Queremos mais. Consumir com responsabilidade.Isso gera emprego e renda...um círculo virtuoso.



13/09


2011

Prefeitos pressionam Senado a aprovar emenda da saúde

Lia Rodrigues, correspondente em Brasília

Prefeitos de todo o país vieram em peso à Brasília pressionar pela aprovação da emenda 29, que prevê percentuais de investimentos à Estados, Municípios e União na saúde. Os municípios reclamam da falta de apoio dos governos federal e estaduais nas ações de apoio no setor. Segundo a Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), os municípios pernambucanos são responsáveis por 22,23% de investimento no setor. Enquanto a emenda prevê o patamar de 15%. O governo federal afirma que está em dia com seu compromisso na área da saúde e que não irá barrar a votação da emenda 29.

O Estado de Pernambuco tem 184 municípios que também trouxeram seus representantes à capital federal para protestar nesta terça-feira. Os prefeitos endossaram o discurso do Planalto de que são contra a criação de um novo imposto, mas com ressalvas. Apesar de afirmarem que são contrários à um novo tributo, eles reconhecem que essa poderá ser a medida adotada pelo Congresso e que querem interferir nessa discussão. Não são a favor da aprovação de uma contribuição, como a antiga CPMF, mas de um imposto. A diferença, além do nome, está no controle dos recursos.

 "Até porque quando você cria uma contribuição da saúde, ela não é repartida diretamente com os municípios. Quando é imposto, os municípios participam desse rateio. Quando sao contribuições, União claro divide entre estados e municípios mas fica com total controle", afirmou em entrevista ao Blog o presidente da Amupe, Antônio João Dourado, prefeito da cidade de Lajedo.

Para protestar contra a demora na análise da matéria, a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) levou um bolo com onze velas ao encontro. O bolo não era de verdade, mas foi a maneira irônica de lembrar os 11 anos que a emenda está no Congresso para ser votada.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Já existe imposto demais. O que deve haver é o controle dos gastos públicos.Estão gastando com desregras.Existe muito desperdício.O MPF deveria fazer uma faxina nas instituições públicas e coibir a gastança.



13/09


2011

Sarney promete votação dos royalties para próximo mês

 O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), prometeu hoje colocar em votação no dia 5 de outubro o veto à divisão dos royalties do petróleo. Segundo a Folha Online, a nova data foi estipulada após encontro com a diretoria da Confederação Nacional de Municípios, que realizou evento com cerca de 1,5 mil prefeitos em Brasília para pressionar principalmente pela partilha dos royalties e pela aprovação da Emenda 29 que destina mais recursos para a saúde.

"Depois de algumas datas estipuladas, nós marcamos definitivamente a apreciação do veto para o dia 5", disse Sarney na entrada de seu gabinete. A matéria que será apreciada é o veto do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva à emenda do ex-deputado Ibsen Pinheiro (PMDB-RS). O texto da emenda estabelecia que os royalties do pré-sal seriam distribuídos entre estados e municípios, independente se são produtores ou não. A divisão seria de acordo com as regras de partilhas dos Fundos de Divisão dos Estados e Fundo de Divisão dos Municípios.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/09


2011

Dilma deve confirmar Bosco na Chesf, hoje

Rivânia Queiroz, repórter especial

A presidenta Dilma Rousseff deve nomear o atual secretário de Recursos Hídricos de Pernambuco, João Bosco de Almeida, para assumir a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf). O nome é uma indicação pessoal do governador do Estado, Eduardo Campos (PSB), que vem lutando pela nomeação. Uma fonte do PSB no Estado garantiu que a confirmação de Bosco para a Chesf pode sair hoje.

“Eduardo conseguiu indicar Bosco. Dilma deve confirma ele hoje”, falou, em reserva. O cargo vinha sendo disputado também pelo PT e PMDB. Mas, desde o governo do ex-presidente Lula, a presidência da Chesf está nas mãos do partido socialista.

O secretário de Eduardo não tem uma relação muito boa com algumas categorias do serviço público de Pernambuco e sua indicação não é bem quista. Na sua passagem pela Compesa, em 2010, ele teria criado algumas arestas. Inclusive, há denúncias por demissão discriminatória e assédio moral contra trabalhadores feita ao Ministério Público do Trabalho/ Procuradoria Regional do Trabalho da 6ª Região.

Também dentro da Chesf, há uma grande rejeição ao nome de Bosco. Nos bastidores da companhia existe um movimento que visa barrar a indicação do ex-presidente da Compesa para presidir a estatal.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

claudio viana

SE FOR FALAR NOS FUNCIONÁRIOS DA CHESF QUE TRABALHAM,E OS QUE FICAM SO FALANDO DE GOVERNO A E B. O SEGUNDO GANHA DISPARADO.

LUCIANA ALVES

Por que os gestores competentes e trabalhadores são - como diz o post - rejeitados pelo funcionalismo?

uilma

porque essa marcaçao dos funcionários da chesf com joaozinho?ele nao é funcionário da empresa?faz umas trambicadas,de vez em quando,mas quem nao nao se vira nesse brasil? sacanagem com joaozinho.ele é oara.kkkk



13/09


2011

Ministros avaliam Código Florestal

 O ciclo de debates do Código Florestal terá continuidade hoje, quando especialistas analisarão a constitucionalidade e outros aspectos jurídicos da proposta que tramita em quatro comissões do Senado. Segundo Claudio Humberto, uma das questões a ser levantada será a delimitação das competências da União, estados, municípios e Distrito Federal no que se refere à legislação sobre áreas de preservação ambiental.

Os convidados da audiência pública são Antonio Dias Toffoli, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF);  Antonio Herman Benjamin, ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ);  Nelson Jobim, ex-ministro do STF; Cristina Godoy de Araujo Freitas, promotora de Justiça (Ministério Público do Estado de SP), entre outros. Segundo o presidente da Comissão de Meio Ambiente (CMA), senador Rodrigo Rollemberg (PSB), o debate trará importantes subsídios para os parlamentares aprofundarem o conhecimento sobre o projeto do Código Florestal, cuja votação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) está prevista para amanhã .


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/09


2011

Governo evita debate sobre novo imposto para saúde

 A presidenta Dilma Roussef colocou em prática uma estratégia de jogar para o Congresso e para os governadores o desgaste de se criar um imposto para aumentar recursos para saúde. Assim, o Palácio do Planalto definiu que não vai tomar nenhuma medida sobre o assunto até que o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), se reúna com governadores para tratar do assunto - evento previsto para ocorrer até o dia 28.

A data foi definida por Maia como o dia da votação da Proposta de Emenda número 29, que define e discrimina mais recursos no Orçamento da União para a saúde. A proposta de criação de novo tributo para custear a saúde anima os governadores, que têm dificuldades em manter investimentos nesse setor.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Nos tempos de Davi e de Salomão,o imposto não chegava a 20%,ou 1/5º do q se produzia em Israel.Aqui é mais de 1/3º e ñ dá.Também,a comilança é terrível.Do mundo ocidental quem + cobra é quem menos devolve em benefícios p/a sociedade.O maior quinhão vai p/as Ilhas Caimãs.Que falem os político

Raimundo Eleno dos Santos

Nos tempos de Davi e de Salomão,seu pai,o imposto não chegava a 20%,ou 1/5º do q se produzia em Israel.Aqui é mais de 1/3º e ñ dá.Também,a comilança é terrível.Do mundo ocidental quem + cobra é quem menos devolve em benefícios p/a sociedade.O maior quinhão vai p/as Ilhas Caimãs.Que falem os político