FMO janeiro 2020

28/02


2020

Humberto tenta ganhar no grito

Na reunião dos emissários José Guimarães e Paulo Teixeira, da executiva nacional do PT com a cúpula do partido no Estado, encerrada, há pouco, no Recife, para definir se lança Marília Arraes à prefeita ou se mantém aliança com o PSB, o senador Humberto Costa roubou a cena com seus "pitis".

Ele tentou ganhar do grupo de Marília no grito, chegando a fazer ameaças quanto ao futuro do partido no Estado. Foi um vexame. Revelou-se um poço de mágoas e lamentações, agarrado aos empregos que o PSB lhe dá na Prefeitura e no Governo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

IPTU Cabo

28/02


2020

“A gente vai ganhar essa eleição”, diz Marília Arraes

JC Online

O Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE) nacional do PT realizou a segunda reunião prevista para as três de hoje, na sede do diretório estadual do partido no Recife, para discutir a estratégia que será tomada com relação a candidatura do PT e o calendário eleitoral que vai ser aplicado no município. Se a candidata Marília Arraes vai entrar com a candidatura própria, ou a aliança com o PSB será mantida. Além de Marília, que está com a candidatura sendo discutida em questão, estavam presentes o presidente do diretório estadual e municipal, o deputado estadual Doriel Barros e Cirilo Mota, o deputado federal e coordenador do GTE nacional do PT, José Guimarães, o deputado federal e secretário geral do GTE nacional, Paulo Teixeira, e diversos membros estaduais e municipais do partido.

O deputado federal e coordenador do GTE nacional do PT, José Guimarães, afirmou que a reunião está sendo feita nas capitais para ouvir as diretorias municipais e estaduais e o Nordeste é uma das principais regiões para o partido. "Recife é uma das capitais do Nordeste e viemos ouvir a base dos diretórios parlamentares sobre as duas teses que existem, a da candidatura própria de Marília e da manutenção da aliança. Não viemos opinar sobre uma ou outra tese, viemos ouvir as ponderações, considerações. A recomendação é que a gente buscasse fortalecer um calendário compatível com a antecipação da decisão aqui do Recife, que deverá acontecer até o final de março", informou. Guimarães afirmou, ainda, que o sentimento é de força e "mesmo com opiniões divergentes, existe a busca de uma solução política".

A pré-candidata Marília Arraes ressaltou que a melhor estratégia para o PT ganhar força é lançar a candidatura própria. "Estou à disposição do partido para a gente conversar, construir a unidade e, sem dúvida alguma, a estratégia que tem mais força nacionalmente para o futuro do PT é o da candidatura própria. Estou otimista não só com a candidatura própria, mas como também a gente vai ganhar essa eleição". Marília relatou, ainda, que cada membro da direção estadual e municipal estava expondo a sua opinião para os membros do GTE levarem os relatos para a reunião que acontecerá em Brasília. "Vai haver essa discussão e o combinado desde a reunião com o ex-presidente é que antes do final do mês vai haver uma solução definitiva".

PT com força nas eleições – De acordo com Doriel Barros, na próxima segunda-feira (2) vai acontecer uma reunião executiva que será apresentado o mapa de Pernambuco e já foi solicitado aos diretórios municipais que encaminhassem para o estadual os indicativos de nomes para a disputa de vereador e vereadora, e prefeito e prefeita. "Na segunda vamos ter esse mapa e, a partir daí, começar a trabalhar em cima dele. Com certeza temos um número considerável de municípios com chances reais de o PT ganhar as eleições, em função do que está acontecendo no Brasil. Com esse desmonte do governo Bolsonaro, as políticas públicas não estão chegando no interior. Então, o PT ressurge das cinzas. Ele vem para as eleições de 2020 com muita força", destacou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


28/02


2020

Meu editorial no Frente a Frente – 28/02/2020

Se você perdeu o Frente a Frente de hoje, programa que ancoro pela Rede Nordeste de Rádio, tendo como cabeça de rede a Rádio Hits 103,1 FM, em Jaboatão dos Guararapes, escute agora o meu editorial.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

acolher

28/02


2020

Mendonça: PSB instalou uma gestão medíocre no Recife

Em entrevista à Rádio Jornal, na tarde de hoje, o ex-ministro da Educação e pré-candidato à Prefeitura do Recife, Mendonça Filho, foi enfático ao classificar o modelo de gestão do PT/PSB como medíocre no Recife. Segundo Mendonça, uma das características principais da atual gestão é a terceirização da responsabilidade e com isso o abandono da cidade.

“O Recife enfrenta desafios enormes na área da Educação e hoje, em relação às capitais, perde em qualidade, para Teresina-PI. A área periférica da cidade abandonada carecendo de infraestrutura. A Saúde muito a quem do que poderíamos ter. Uma vergonhosa indústria da multa instalada. Nada de relevante foi realizado durante todos esses anos. Você tem a mediocridade instalada”, descreveu Mendonça.

Mendonça colocou sua pré-candidatura como uma proposta para a cidade do Recife que, segundo ele, está fatigada, mas garantiu que não se isola a partir de uma pretensão individual. “Eu defendo que uma candidatura à Prefeitura do Recife ela deve representar o máximo possível de unidade, se ela não representar unidade ela terá dificuldades de enfrentar essa verdadeira dinastia na cidade do Recife”, enfatizou Mendonça.

Durante a entrevista Mendonça citou o sentimento que tem recebido nas ruas do Recife. Segundo o ex-ministro, ele tem sentido “ânsia de mudança”, desde as áreas mais populares à classe média. “A população não mais aguenta o PSB dominando a nossa cidade ditando as regras das próximas eleições e traçando e definindo quem deve disputar o quê. Essa equação que quer eleger João em 2020, Geraldo em 2022 e que eleva o poder até 2038, pra mim, contraria nossa tradição democrática”, concluiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


28/02


2020

Detran divulga balanço das ações durante o carnaval

O Governo do Estado, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, sob coordenação da Diretoria de Fiscalização, colocou nas ruas, durante as festividades de momo, em Olinda e no Recife Antigo, cento e oitenta agentes de trânsito, 38 viaturas, 12 reboques, 38 motocicletas e 2 doblòs móveis para fiscalização eletrônica das Operações Prevenção “Segundos que salvam vidas”, Rota de Fuga, Trânsito Seguro e Lei Seca.

Em todas as blitzes da Operação Prevenção foram disponibilizados o etilômetro para o folião que estivesse em dúvida se poderia conduzir o veículo ou não. Mais de 80 mil panfletos e leques com dicas de segurança viária foram distribuídos. A ação aconteceu também na Região Metropolitana, praias dos litorais Sul e Norte, e municípios do interior. O total de operações em 2019 foi de 200, já este ano foram 250.

As operações Rota de Fuga e Transito Seguro autuaram 4.757 veículos por infrações (uso de celular ao volante, não uso do cinto de segurança, alcoolemia, ausência de cadeirinhas para crianças, veículos em mau estado de conservação); foi realizada a remoção de 803 veículos para o depósito do Órgão, por irregularidades que não puderam ser sanadas no local; 745 motoristas foram autuados por alcoolemia. 

De acordo com o diretor presidente do Detran, Roberto Fontelles, o Órgão de trânsito teve como objetivo alertar os condutores para não pegar o carro caso tivesse ingerido bebida alcoólica. Já as Operação Rota de Fuga e Trânsito Seguro tiveram como foco a fluidez no trânsito. “Nossos agentes estiveram nas ruas para garantir mais tranquilidade aos cidadãos e turistas nesses dias de festividade, retirando das ruas os veículos e motoristas sem condições de circular, evitando assim acidentes”, afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cúpula Hemisférica

28/02


2020

Bivar assume presidência da Câmara até segunda-feira

O deputado federal e presidente nacional do PSL, Luciano Bivar (PE), assumiu, ontem, a presidência da Câmara Federal até a próxima segunda-feira (2), às 20h15.

Entre os processos que serão deliberados por Bivar está o despacho para publicação de uma pauta do Conselho de Ética, que irá reunir-se no dia 03 de março. Na ocasião deverão ser apresentados os pareceres preliminares referentes às representações contra alguns deputados federais.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

28/02


2020

Por Recife, PSB abandona os soldados no interior

Blog do Carlos Britto

“Por que não?” Foi essa a resposta do governador Paulo Câmara em sua última visita a Petrolina. Mesmo saindo pela porta, sem querer continuar a conversa, foi assim que o governador respondeu à pergunta da imprensa em uma coletiva atropelada, quando questionado se o PSB teria candidatura própria na cidade.

Isso não era a reposta esperada do líder do maior partido em Pernambuco, que elegeu o governador duas vezes em primeiro turno, elegeu 70 prefeitos em 2016, e que tem o forte senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) como líder da oposição.

“Por que não atacar a principal base de FBC, Petrolina? Por que não retornar o comando da cidade mais importante do sertão? Por que não fortalecer uma candidatura para dar sustentação à sucessão do governador em 2022?” disse um observador político.

Paulo Câmara nunca disse que o PSB não teria candidato em Petrolina, mas também nunca disse que sim. Nem ele, nem Sileno Guedes, presidente estadual da legenda.

Esse silencio cumplice da dupla pode ser o motivador do grito que deu, nesta quinta-feira, o deputado estadual Lucas Ramos que leva o passivo de ser um dos poucos defensores do governador e tinha como único ativo ser o elo do PSB com a principal cidade do sertão.

Se o governador e o PSB só enxergam os interesses do Recife até se pode entender, mas abandonar um soldado leal a própria sorte parece uma covardia monumental. Se na política vale tudo à palavra honra não deveria nem ser pronunciada nesse meio.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

28/02


2020

Prefeito de Amaraji prepara ato de filiação ao Avante

Na próxima sexta-feira, a cidade de Amaraji, situada na Mata Sul de Pernambuco, receberá um evento político para marcar a filiação do prefeito Rildo Reis ao partido Avante.

Hoje, o gestor visitou a sede da sigla, no Recife, e acertou os detalhes da programação, que contará ainda com a entrega à população de um micro-ônibus e um trator, adquiridos com recursos provenientes das emendas parlamentares destinadas pelo deputado federal Sebastião Oliveira.

“É um ato de filiação e de agradecimento. Estou sendo muito acolhido pelo Avante. Os equipamentos que serão entregues, graças ao esforço do deputado Sebastião Oliveira, terão relevante impacto na vida de diversas famílias”, destacou Rildo Reis, que concorrerá à reeleição.

O roteiro também abrirá espaço para uma visita à obra de construção do pórtico localizado na entrada de Amaraji. A iniciativa é mais uma beneficiada por emenda parlamentar de Sebastião.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

28/02


2020

Confra do Magno é oficializada

Criamos, há pouco, oficialmente, a Confra do Magno, grupo de amigos, leitores e colaboradores do meu blog. Foi no restaurante Leite, a melhor cozinha do Recife. Estavam presentes o jornalista Tonico Magalhães, o advogado Emílio Duarte, o empresário Carleone Falcão e o auditor fiscal Saulo Freitas. No cardápio, rabada e cartola de sobremesa. Na pauta, muitos bastidores da política.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


28/02


2020

Ex-prefeito de Buíque pode pegar até 5 anos de prisão

Já com uma prestação de contas rejeitada pela Câmara de Vereadores, o que o coloca no rol das fichas sujas eleitorais, o ex-prefeito de Buíque, Jonas Camelo (PP), agora virou réu em uma ação penal (Processo nº 0000873-75.2019.8.15.0360) apresentada pelo Ministério Público de Pernambuco por, entre outras irregularidades e possíveis crimes cometidos, o não recolhimento de mais de R$ 2,5 milhões aos fundos de previdência dos servidores e ao Regime Geral da Previdência.

Pela denúncia apresentada, e aceita pela Poder Judiciário de Pernambuco, representada pelo juiz substituto Marcus Vinicius Menezes de Souza, da comarca de Buíque, o Ministério Público pede a condenação do ex-prefeito Jonas Camelo nos crimes previstos no Artigo 1º, XIV, do Decreto-Lei 201/1967 em pelo menos 07 vezes na forma do Art. 69, do Código Penal; e nos Artigos 168-A e 337-A, ambos do Código Penal (CP), na forma do Art. 69, CP.

Entre as irregularidades apresentadas na denúncia do MPPE estão a não aplicação dos recursos devidos nas áreas da Saúde e da Educação. Segundo dados do próprio Tribunal de Contas do Estado fornecidos ao MPPE, no exercício de 2016 Jonas aplicou somente 20,14% dos recursos na Educação, quando deveria ter aplicado no mínimo 25%; e na saúde apenas 6.04% da receita quando deveria ter aplicado 15%.

Por esses atos apontados pelo Ministério Público, o ex-prefeito Jonas Camelo se enquadra no item XIV do Art. 1º do Decreto Lei nº 201/1967 que prevê como crime de responsabilidade “Negar execução a lei federal, estadual ou municipal, ou deixar de cumprir ordem judicial, sem dar o motivo da recusa ou da impossibilidade, por escrito, à autoridade competente”. Esse crime prevê pena de detenção de três meses a três anos. A condenação definitiva em qualquer dos crimes definidos neste artigo, acarreta a perda de cargo e a inabilitação, pelo prazo de cinco anos, para o exercício de cargo ou função pública, eletivo (eleição) ou nomeação.

Já em outra parte da denúncia, o Ministério Público pede a condenação do ex-prefeito Jonas Camelo por apropriação indébita previdenciária com base nos Artigos 168-A e 337-A do Código Penal. O artigo 168 considera crime deixar de repassar à previdência social as contribuições recolhidas dos contribuintes no prazo e forma legal.

Jonas deixou de recolher ao Instituto de Previdência o montante de R$ 1.026.542,30 (Um milhão, vinte e seis mil, quinhentos e quarenta e dois reais e trinta centavos) descontados dos salários dos servidores. O ex-prefeito também deixou de repassar ao Regime Geral de Previdência o recolhimento da parte patronal devida ao INSS no valor de R$ 1.493.511,89 (Um milhão, quatrocentos e noventa e três mil, quinhentos e onze reais e oitenta e nove centavos), incorrendo nos crimes previstos no Art. 337 do Código Penal.

Ambos os crimes previstos pelos Artigos 168-A e 337-A do Código Penal preveem penas de reclusão de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, e multa. Caso o Ministério Público consiga a condenação do ex-prefeito na justiça diante das provas cabais apresentadas, Jonas Camelo amplia sua condição de inelegibilidade eleitoral.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores