FMO janeiro 2020

15/08


2020

O chocalho estridente da serpente

Weiller Diniz

A tirania não se afere pelo êxito do bote, mas pelas tentativas de inocular toxinas antidemocráticas. O capitão Jair Bolsonaro só abafou a sibila golpista depois de perder parte do serpentário que virou as fossas contra a cilada institucional. A meta autoritária, porém, segue inalterada. Mudou apenas o método. Agora, ela envenena os subterrâneos do Ministério da Justiça e da Abin, menos iluminados. Os rastros confirmam a propensão totalitária, apesar da afasia tática. A mudez é útil também para os depósitos da primeira-dama e o uso de grana viva em transações imobiliárias do clã.

Além de pregar a intervenção nos bastidores, na reunião narrada pela reportagem da revista “Piauí”, o capitão repetiu a retórica da ruptura de maneira despudorada em 5 oportunidades e publicamente. A espiral autoritária desavergonhou-se em 19/4, em frente ao quartel general do exército. O capitão, em uma espécie de teste, disse que não negociaria “nada” e repeliu a “velha política”. Se referia ao mesmo centrão, agora enrodilhado poder como antídoto contra a picada do impeachment.

No dia 3/5 o capitão afirmou no Planalto ter as forças armadas. Em 22/5, mesmo dia da reunião onde ameaçou intervir, após cogitada a apreensão do celular de Bolsonaro, Augusto Heleno endossou: “…O Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República alerta as autoridades constituídas que tal atitude é evidente tentativa de comprometer a harmonia entre os poderes e poderá ter consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional”.

Depois de capitular ao veto a Alexandre Ramagem na PF, em 28/5, insistiu: “Acabou, porra”. Em 27/5, Eduardo Bolsonaro disse que a ruptura era certa. Não era “se”, mas “quando”. Em 17/6 a bravata atingiu o ápice ao reagir contra a quebra de sigilo de aliados: “Eles estão abusando… está chegando a hora de tudo ser colocado no devido lugar”. O capitão se referia ao STF. No mesmo dia, Flávio Bolsonaro recusou “radicalizar”. No dia seguinte Fabrício Queiroz foi capturado. A constrição forçou a camuflagem e silenciou o toque dos corneteiros da quartelada. Mas, na muda, a conspiração seguiu.

As víboras, mesmo acossadas, não perdem a peçonha. Dissimulam a índole traiçoeira em nome da sobrevivência até recuperar as condições de atacar. O comportamento insidioso serpentou para a arapongagem em dois cobris do poder. Na Abin e no Ministério da Justiça. Agentes públicos rastejaram em uma selva clandestina para investigar ilegalmente 579 servidores como integrantes do “movimento antifascismo”. O monitoramento vazou. Um incidente de segurança que pode atirar o ministro André Mendonça no banco dos réus, independente das pinças do procurador-geral.

Inspirado nos escamosos métodos do SNI, invadiu-se vidas privadas com as terminologias da ditadura, como confidencialidade, sigilo etc. A tocaia foi armada pela Secretaria de Operações Integradas do MJ e gerou um dossiê com 400 páginas de bisbilhotice. O titular desse DOPs necrosado foi sacrificado. Ainda não disse quem encomendou a espreita criminosa. A ministra Cármen Lúcia, que investiga a KGB tabajara foi dura: “A gravidade do quadro descrito, que – a se comprovar verdadeiro – escancara comportamento incompatível com os mais basilares princípios democráticos do Estado de Direito e que põem em risco a rigorosa e intransponível observância dos preceitos fundamentais da Constituição da República”.

O deputado estadual Douglas Garcia, íntimo do ofidário, teria dito à justiça paulista que o deputado federal, Eduardo Bolsonaro, defensor do AI-5 e embaixador frustrado, entregou um relatório com nome de antifascistas aos EUA. Se comprovada, a traição é punida lei 71770/83. Não por outra razão, o militar brasileiro David Almeida Alcoforado, brigadeiro do ar, foi apresentado ao presidente norte-americano Donald Trump, pelo almirante Craig Faller como um vassalo em mudança de pele: “os brasileiros estão pagando para ele vir para cá e trabalhar para mim“. A fala foi em 10 de julho na Flórida.

Na Abin o veneno foi extraído preventivamente pelo STF. Agência Brasileira de Inteligência – do amigo Alexandre Ramagem – tinha sido autorizada a fazer devassas. Um decreto aumentou o número de cargos, permitiu o treinamento de indicados políticos e escancarou o acesso injustificado de arapongas para xeretar informações sigilosas dos cidadãos. Entre eles dados fiscais, bancários, telefônicos, inquéritos policiais de também do COAF. Por 9×1 o STF barrou a nova arapuca arbitrária. O recado de que arapongagem é crime antecipa o julgamento do caso do Ministério da Justiça. O STF tem sido o predador impiedoso contra as sinuosidades ditatoriais.

Na outra ponta, depois do vai e vem da auditoria na lava Jato, determinada por Augusto Aras, remanesce o temor de procuradores de que a PGR queria usar politicamente a base de dados da lava jato. As consultas informais à receita federal e ao COAF, para prospecções ilegais, são legados da lava jato e já vitimou até ministros do STF e familiares. Por causa delas, Deltan Dallagnol responde a tantas representações no CNMP. Duas estão pautados para esta semana.

A toca de espionagem clandestina é conhecida. Gustavo Bebbiano atribuiu o SNI paralelo ao vereador Carlos Bolsonaro. Na reunião de 22/4, o próprio capitão confessou ter um serviço secreto de informações. “O meu particular funciona. Os ofi… que temos oficialmente, desinforma. E voltando ao … tema prefiro não ter informação do que ser desinformado por sistema de informações”. A briga pelo controle da PF as últimas operações, contra inimigos do governo, aumentam a suspeição sobre um charco de perseguição política.

O ninho de cobras do SNI e seus filhotes na ditadura, além das mortes, torturas, desaparecidos e exílios montou um serpentário repressor baseado na captação e montagem de dossiês clandestinos. Foram mais de 300 mil presas. A vacina contra o veneno fascista veio no Habeas Data, na Constituição de 1988. É a proteção da intimidade contra atos abusivos, ilícitos ou fraudulentos, como frisado em um acórdão do STF.

Brasília está infestada de cobras, malfeitores e outros peçonhentos. O estudante picado por uma naja descortinou um matagal do tráfico de serpentes venenosas na capital. Ele e outros 10 foram indiciados por comércio ilegal de animais. Nos serpenteios do capitão, até aqui, sobram transgressões, mentiras, silêncios suspeitos, dissimulações, mas nenhuma conversão real à democracia. O guizo despótico, apesar de furtivo e sub-reptício, segue ressoando. É o fim da picada.

*Jornalista. Artigo publicado originalmente no site Os divergentes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Potencial Pesquisa & Informação

15/08


2020

Live da segunda será com o prefeito de Maceió

Sem partido desde que se desligou do PSDB, o prefeito de Maceió, Rui Palmeira, filho do ex-governador Guilherme Palmeira, recentemente falecido, é o convidado do blog para a live da próxima segunda-feira, às 19 horas, pelo Instagram.

Na pauta, a gestão da pandemia na charmosa capital alagoana, crise nacional e eleições municipais. Rui está concluindo seu segundo mandato e terá pela frente o grande desafio de eleger como sucessor Alfredo Gaspar de Mendonça, ex-procurador-geral de Justiça de Alagoas. Se você anda não segue o Instagram do blog, anote o endereço: @blogdomagno.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

15/08


2020

Zé Maurício apoia Sebastião Mendes em João Alfredo

O ex-deputado estadual Zé Maurício (PP) oficializou, ontem, apoio à pré-candidatura de Sebastião Mendes (PSD) a prefeito de João Alfredo. Segundo o blogueiro Dimas Santos, o anúncio ocorreu no Povoado de Tamanduá, durante a solenidade de inauguração de uma praça em homenagem a Severino Cavalcanti, conduzida pela atual prefeita Maria Sebastiana (PSD).

Zé Maurício estava acompanhado das irmãs Catharina e Ana Cristina, também ex-deputada. “O destacável trabalho que a atual prefeita Maria Sebastiana vem empreendendo em João Alfredo merece ter continuidade e é digno do nosso apoio. Não poderíamos, de forma alguma, apoiar quem nos abandonou quando mais precisávamos em 2018. Por isso, recomendamos aos nossos correligionários o nome do pré-candidato Sebastião Mendes e vamos nos empenhar para alcançarmos uma grande vitória”, declarou o ex-parlamentar.

Sebastião Mendes já foi prefeito de João Alfredo. Sua pré-candidatura visa a dar continuidade à gestão de Sebastiana.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

15/08


2020

"A internet é injusta", afirma Romero Britto sobre vídeo

Estadão

Romero Britto chamou atenção das redes sociais, ontem, ao aparecer em um vídeo que viralizou, no qual uma mulher quebra uma das obras do artista plástico bem na sua frente. Por meio de nota enviada ao Estadão, hoje, ele afirmou que trata-se de uma gravação de 2017 e falou sobre o ocorrido.

"É lamentável, mas a integridade física das pessoas foi colocada em risco naquele momento. Infelizmente, há pessoas que querem ficar famosas às custas de outro", afirma.

Em seguida, continua: "Não admito desrespeito e jamais tive a intenção de desrespeitar ninguém. A internet é muitas vezes injusta e as pessoas não estão preocupadas com a verdade. Gostam de confusão, drama, negatividade, de julgar sem analisar os fatos".

A mulher seria dona de um restaurante em frente ao ateliê de Romero em Miami, nos Estados Unidos. Em um vídeo divulgado no perfil do estabelecimento, nesta sexta-feira (14), ela reclama que o artista teria solicitado desconto em uma refeição, pedido para desligar a música do ambiente e "humilhado" seus funcionários.

Ao quebrar a escultura, ela se exalta e pede que o artista nunca mais vá ao seu restaurante ou ofenda os seus funcionários. A peça quebrada por ela, intitulada Big Apple, tem uma versão de 58 cm que atualmente custa 4,8 mil dólares (cerca de R$ 26 mil) e a miniatura, de 17 cm, 360 dólares (cerca de R$ 2 mil), e teria sido comprada por seu marido como presente de aniversário.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/08


2020

Alcymar e Luizinho de Serra na Live dos Vaqueiros

O músico Alcymar Monteiro é a grande atração da Live dos Vaqueiros, que ocorre, hoje, a partir das 17h. A transmissão ocorre em seu canal no YouTube (youtube.com/reidoforro). "Quero todos lá pra gente dançar um forró danado de bom!", disse.

Além dele, Luizinho de Serra e Ronaldo Aboiador estarão animando o público. A apresentação da live fica por conta do jornalista Eduardo Moura.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/08


2020

Em Amaraji, Prefeitura derruba estátua de Cristo

Um leitor enviou ao blog registro do momento em que um funcionário da Prefeitura de Amaraji, na Mata Sul de Pernambuco, usa um trator para demolir uma estátua do Cristo Redentor que fica em uma praça no Alto do Cruzeiro. Segundo a fonte, uma obra está sendo feita pela administração municipal na área. Ainda de acordo com ele, a escultura foi criada pelo saudoso ceramista Zezinho de Tracunhaém, que faleceu em setembro do ano passado.

Mesmo que não esteja tombada, trata-se de uma imagem de valor histórico, cultural e religioso para a população, mas que foi simplesmente derrubada. A atitude chocou moradores de Amaraji, que se manifestaram pelas redes sociais. "Foi muito triste a forma com que foi feita, cruel e insana. Restaurar sim, destruir não!", declarou a internauta Ana Melo.

"Destruir uma obra de arte com toda uma história de um povo... Um patrimônio cultural! Se não é um crime patrimonial, não sei mais o que é. Acredito que a destruição não era a solução, e sim ser feita a restauração. Não sou católica, sou de origem evangélica, mas passei minha infância toda lá no Alto do Cruzeiro, brincando e empinando pipa aos pés do Cristo Redentor. E essa imagem da destruição foi muito triste para mim", desabafou Jokedebe Santos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/08


2020

Paulista volta a distribuir cestas básicas para alunos

Por meio da Secretaria Municipal de Educação, a Prefeitura do Paulista retomou, hoje, a entrega dos "kits merenda" no formato de cestas básicas aos alunos matriculados na rede pública de ensino. As primeiras unidades contempladas na redistribuição foram as creches Irmã Linda e Costa Azul, ambas localizadas no bairro de Pau Amarelo.

Além dos itens da cesta básica, os kits merenda que estão sendo entregues contam com carnes, produtos da agricultura familiar e suplementos nutricionais para as crianças com até cinco anos de idade. Os alunos contemplados também estão recebendo os blocos de atividades pedagógicas para dar continuidade ao aprendizado e manter o vínculo com a escola mesmo fora da sala de aula. 

“Com as aulas suspensas, não pode haver descontinuidade nas merendas. Estávamos, conforme as recomendações do FNDE e do Ministério Público, garantindo a alimentação dos nossos alunos com a distribuição das cestas. Infelizmente houve uma interrupção de 15 dias, período em que o governo provisório esteve à frente do município, mas hoje estamos retomando a distribuição”, afirma Carlos Junior, secretário de Educação do Paulista.

A analista de RH Cirlene Gomes, 37, é mãe de um aluno contemplado com a cesta básica e avalia a retomada da distribuição de merenda em Paulista. “É uma contribuição muito importante que está vindo da Prefeitura. Há muitos pais e mães que estão desempregados neste momento: vários perderam o emprego por causa da pandemia. Então, os alimentos dão uma tranquilidade a mais para a gente atravessar esse momento difícil”, comenta

Segundo a Secretaria Municipal de Educação, a terceira fase da distribuição de alimentos deveria ter sido concluída no final de julho.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/08


2020

Governo de PE sinaliza devolução da BR-232 à União

A secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos de Pernambuco, Fernandha Batista, deu indícios de que o governo estadual quer passar toda a responsabilidade de gerir a BR-232 (trecho Recife-São Caetano) para a União e, assim, encerrar o convênio. A sinalização ocorreu durante entrevista concedida a uma emissora de rádio na cidade de Cupira.

A declaração contradiz a versão apresentada à Justiça, esta semana, pelo procurador do Estado, Renato Vasconcelos Maia, em uma ação movida pelo deputado federal Fernando Rodolfo (PL), que defende essa bandeira desde 2018, mesmo antes de assumir o mandato em Brasília.

A BR-232 tem apresentado diversas falhas, com a formação de grandes buracos. Fernandha Batista chegou a declarar que participou de uma reunião com o governador Paulo Câmara (PSB) e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, no final do ano passado. Na ocasião, Câmara teria admitido que não tem condições de seguir gerindo a rodovia. “Como sabemos, 61% da arrecadação tributária fica em Brasília. Então, o orçamento do Dnit é bem maior do que dos órgãos estaduais, a exemplo do DER. A BR-232 requer um investimento de mais de R$ 200 milhões. Isso é uma obrigação do governo federal”, disse a secretária.

Ainda de acordo com ela, o governo federal estuda a possibilidade de fazer a concessão de algumas rodovias à iniciativa privada, entre as quais estaria a BR-232. “Nada mais justo do que antecipar o encerramento do convênio para que o governo federal modele os investimentos que a rodovia precisa. Nossa obrigação é recuperar as rodovias estaduais”, enfatizou.

Quando perguntada sobre o abandono do principal eixo rodoviário de Pernambuco, a secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos falou: “A rodovia precisa ser reconstruída. Só a manutenção não dá mais, por isso é importante que o governo federal assuma e traga a melhoria que ela precisa. Essa intenção já foi comunicada ao ministro."

ENTENDA O CASO - Em ação popular movida na Justiça Federal, o deputado Fernando Rodolfo pede que a rodovia passe a ser gerida exclusivamente pela União, alegando abandono. Em resposta, o procurador Renato Vasconcelos Maia afirmou, por meio de ofício, que o governo de Pernambuco não quer devolver a rodovia, que está sendo alvo de melhorias substanciais ao longo dos últimos anos.

Vasconcelos disse, ainda, que a afirmação de Fernando Rodolfo é um “mero inconformismo individual”. O parlamentar rebateu, dizendo: “Só pode ser uma brincadeira desse representante de Paulo Câmara, ou então faz muito tempo que ele viajou para o interior”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/08


2020

Procon atesta funcionamento regular da FMO

Houldine Nascimento, da equipe do blog

Em visita à Faculdade de Medicina de Olinda (FMO), ontem, uma equipe do Procon Pernambuco atestou que a instituição de ensino superior tem cumprido todas as determinações das autoridades sanitárias. No documento, o órgão também afirma que não constatou nenhuma irregularidade na inspeção.

No Decreto nº 49.307, publicado ontem, o governador Paulo Câmara também autorizou a realização de aulas práticas presenciais em universidades, centros universitários, institutos federais e faculdades no Estado. O parágrafo 4º do artigo 18 dispõe sobre o tema: "Fica permitido nas instituições de ensino superior situadas no Estado de Pernambuco a realização de aulas práticas e de práticas de estágio curricular presenciais." 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha