FMO janeiro 2020

13/07


2020

Morre presidente da Câmara Municipal de Garanhuns

Morreu, há pouco, no Hospital da Unimed de Caruaru, no Agreste, o vereador Daniel da Silva, presidente da Câmara Municipal de Garanhuns, aos 53 anos. Ele estava internado desde o dia 26 de junho, quando sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico enquanto participava de uma sessão da Casa Raimundo de Moraes.

Em uma rede social, o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB), lamentou a morte do colega. "Infelizmente, acabei de receber mais uma triste notícia. O vereador Daniel, presidente da Câmara de Vereadores de Garanhuns, faleceu há pouco. Um homem bom, prestativo, cheio de compaixão com os outros. Serviu a muitas pessoas em Garanhuns, mesmo antes de ser vereador. Mais uma grande perda para o nosso município. Vou decretar luto de três dias no município, por toda a contribuição dele à nossa Garanhuns. Que Deus nos conforte e à família, sua esposa, filhos e demais amigos", frisou o gestor.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

13/07


2020

Vídeo mostra a buraqueira entre Triunfo e Flores

Mais um vídeo relatando as estradas esburacadas de Pernambuco chega ao blog. Desta vez, o registro foi feito pelo leitor Herculano Júnior, no trecho da PE-350 que liga os municípios de Flores e Triunfo, no Sertão do Pajeú. As imagens mostram o descaso do Governo Paulo Câmara com as estradas do Estado. Enviei seu vídeo ou fotos para o meu celular: (81) 9.8222-4888.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu e Lima - Prefeitura - Abreunozap

13/07


2020

Danilo defende mobilização em defesa do Fundeb

Com a possibilidade de o novo Fundeb entrar na pauta de votação da Câmara dos Deputados nesta semana, o deputado federal Danilo Cabral (PSB) destaca a necessidade de mobilizar a sociedade não só para garantir a votação da PEC 15/15, mas também a aprovação do relatório da deputada Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO). A proposta prevê, além da constitucionalização do Fundeb, dobrar a participação da União de 10% para 20% na composição do fundo até 2026.

“Essa é a pauta mais importante para o futuro da educação no Brasil nesta década. A educação é um instrumento de equiparação de oportunidades e de gerar cidadania para nossas crianças e jovens, por isso, precisamos lutar para assegurar esses recursos para a área”, afirma Danilo Cabral, vice-presidente da comissão especial que analisa a PEC do Fundeb. O parlamentar lembra que, de cada R$ 100 investidos na educação básica brasileira, R$ 63 são do Fundeb.

Outro ponto importante do relatório é o aumento do valor vinculado para o pagamento de salários dos profissionais da educação para 70%. Atualmente, o Fundeb estabelece o uso de, no mínimo, 60% para este fim. “Essa ampliação é uma forma de proteger a remuneração desses profissionais e de permitir a continuidade da política do piso salarial do magistério”, disse Danilo Cabral.

Segundo o deputado, o aumento dessa vinculação é um dos pontos que estão sendo questionados pelo governo federal. “Nós não podemos ceder, porque já fizemos várias concessões com o novo relatório, como a redução da participação da União na composição do fundo e a flexibilização dos recursos do pré-sal”, ressaltou Danilo Cabral.

Sobre a questão salarial dos profissionais da educação, o parlamentar acrescenta a necessidade de analisar os vetos presidenciais ao projeto de lei de ajuda aos estados e municípios. Um dos vetos foi à possibilidade de reajuste salarial dos servidores até 31 de dezembro de 2021. Danilo Cabral foi autor da emenda que isentou a área da educação desse congelamento. “A educação é o caminho para a construção de um novo Brasil. Nesse sentido, precisamos valorizar os profissionais da educação”, comentou.

Na tarde de hoje, os líderes partidários se reúnem com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para tratar da pauta da semana. A expectativa é de que a PEC 15/15 seja analisada amanhã.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

13/07


2020

Live de Kátia transmitida também no Frente a Frente

A senadora pelo PP do Tocantins, Kátia Abreu, ex-ministra da Agricultura no Governo Dilma, ex-presidente da CNA, Confederação Nacional da Agricultura, e ex-candidata a vice-presidente da República na chapa de Ciro Gomes, é nossa convidada para a live deste blog, daqui a pouco, às 18 horas, pelo Instagram do blog.

A entrevista será transmitida automaticamente pela Rede Nordeste de Rádio, formada por 38 emissoras, tendo como cabeça de rede a Hits 103,1 FM, no Grande Recife. E que hoje passa a contar com mais uma emissora: a Asas 91,1 FM, em Lajedo, no Agreste Meridional. Se você não segue o Instagram do blog, anote o endereço: @blogdomagno.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/07


2020

Eduardo pede ao DER restauração da PE-160

Prezado Magno,

Tomei conhecimento do vídeo enviado pelo advogado Cláudio Soares a seu Blog e gostaria de informar que, em novembro do ano passado, enviei ofício ao presidente do DER, Maurício Canuto Mendes, solicitando urgentemente a autorização de serviço de Tapa Buraco no trecho entre Santa Cruz do Capibaribe e Jataúba da PE-160.

O senhor Maurício Canuto Mendes enviou resposta à solicitação em fevereiro deste ano (imagens), informando que, ainda no 1º trimestre de 2020, serviços de tapa-buraco seriam realizados na Rodovia PE-160 como parte do programa "Caminhos de Pernambuco".

Após tomar conhecimento das denúncias enviadas ao seu blog, irei solicitar, mais uma vez, para que sejam tomadas providências em relação a esse trecho da rodovia que gera tanta insegurança para seus usuários.

Eduardo da Fonte – deputado federal pelo PP


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

13/07


2020

André Ferreira se reúne com pré-candidato de Palmares

Pré-candidato do PSC à Prefeitura de Palmares, o Coronel Souza filho reuniu-se com o presidente estadual da legenda, deputado federal André Ferreira (PE), e passou um diagnóstico sobre a situação do município e como estão as articulações das alianças para as eleições em novembro.

De acordo com Souza Filho, a grande preocupação no momento é como promover a recuperação econômica após a crise provocada pela Covid-19. Ele afirma que a situação de Palmares, que já não era das melhores, piorou nos últimos meses.

“Temos que concentrar esforços na reconstrução econômica de Palmares. Unir todos os segmentos para que possamos reestruturar o município, que hoje sofre com o lixo e a falta de iluminação pública. A economia ruim traz uma série de implicações, como o desemprego e problemas com a segurança”, afirmou o pré-candidato.

Trabalhando para expandir o PSC para todo o Estado, o deputado André Ferreira avalia que uma das principais cidades da Mata Sul não poderia deixar de ter um candidato da legenda. E que o nome do Coronel Souza Filho representa bem os ideais da sigla.

“As eleições deste ano consolidarão o crescimento que o PSC vem tendo desde 2016. Teremos mais de 20 candidatos nas diversas regiões do Estado. E em Palmares a pré-candidatura do Coronel Souza Filho terá nosso total apoio. É uma pessoa com grandes projetos. Palmares só tem a ganhar com a sua eleição”, pontuou André Ferreira.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/07


2020

Agronegócio após a pandemia será mais rígido

Por Hylda Cavalcanti

Produtores, empresários, setor público, confederações, sindicatos e demais entidades voltadas para o agronegócio discutem como ficará o setor após o final da pandemia do novo coronavírus. A constatação que se tem é que o mercado passará a exigir maior segurança alimentar, alimentos produzidos em meio a técnicas que levem em conta a preservação dos alimentos e maior rastreabilidade de produtos (com informações sobre origem, produção e processos utilizados até se chegar ao produtor final).

Alguns produtores e muitas destas entidades contam com o fato de que, como o Brasil é considerado um país que já possui uma produção confiável, ficará mais fácil tal adaptação. Mas como as mudanças devem ocorrer em escala global, as exigências impostas hoje serão ainda maiores.

Será preciso tanto a preparação por parte dos agricultores – dos grandes aos pequenos – como também da instituição de políticas públicas por parte do governo que ajudem os produtores nestas mudanças de regras.

“A pandemia trouxe uma série de mudanças na questão dos consumos alimentares da população. Não somente por terem sido criadas normas mais exigentes, mas também em função da mudança dos hábitos alimentares dos consumidores, o que impacta na produção e no mercado”, afirmou o diretor de Política Profissional do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical), Antônio Andrade.

Ele lembrou que depois da pandemia, os alimentos passaram a ter ainda mais relação com a saúde e a questão da qualidade em predominância à quantidade, tendência que já vinha sendo disseminada entre os consumidores, que passou a ganhar ainda mais força.

O diretor da entidade acredita que pontos que agregam valor ao produto na hora da compra continuam sendo mantidos, mas os consumidores serão bem mais rigorosos para saber informações sobre a forma de manipulação dos produtos e se foram usadas substâncias que possam causar problemas à saúde.

Conforme contou Andrade, desde o início da covid a China teve mais regras alteradas em ambientes de frigoríficos, já que há a suspeita de que a doença tenha surgido a partir de abates irregulares naquele país. E isso se reflete numa tendência de endurecimento de padrões sanitários para produtos vindos de lá.

Na avaliação do técnico, como o Brasil tem uma defesa agropecuária boa, os resultados exitosos evitaram mudanças que poderiam ter sido impostas. Mesmo assim, a Anffa aposta que terá de haver maior transparência na questão ambiental e social do país, a partir de adequações a serem determinadas por acordos comerciais.

Segundo ele, o setor que mais deve sentir os impactos da pandemia tende a ser o de produção de proteína animal. As auditorias nesta área já começam a ser mais rigorosas, com exigência de maior número de documentações referentes a todo o processo de produção.

“Muitos debates estão acontecendo e ainda estão por vir. CNA tem orientado bem os produtores e feito a interlocução necessária com o setor”, destacou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/07


2020

Elepe promove live sobre o novo calendário eleitoral

O 14º encontro virtual da série de debates on-line da Escola do Legislativo da Alepe será hoje, às 19h, com a participação da deputada federal pelo Piauí Margarete Coelho e a advogada Mariana Teles. Haverá também a mediação da coordenadora pedagógica da Elepe, Ana Cristina Fonseca.

“O Novo Calendário Eleitoral e a Dinâmica das Eleições 2020” será o tema do debate. A transmissão será por meio do Instagram da Escola: @escoladolegislativope.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/07


2020

Prefeito de Salgueiro comete crime eleitoral

Mais um áudio gravado durante uma reunião do prefeito de Salgueiro, Clebel Cordeiro (MDB), com correligionários, é exposto e prejudica a imagem do gestor. No áudio, Clebel cometeu crime eleitoral ao prometer usar a máquina pública para tentar eleger seus candidatos nas eleições deste ano.

Em outro trecho, Clebel ameaça demitir quem vazar informações e pede fidelidade ao grupo: “Se vazarem a informação e eu descobrir, vão para rua! Eu quero fidelidade nesse grupo!”. Esse é o segundo áudio de uma reunião do prefeito que vem a público. No primeiro, o prefeito afirma que quem faz eleição é dinheiro e não gestão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/07


2020

Deputado interpela Alcymar por ataques em live

O deputado federal Felipe Carreras (PSB) ingressou com uma interpelação judicial contra o cantor Alcymar Monteiro por ele ter feito duras críticas, durante live a este blog, ao comportamento do parlamentar quando tentou mexer na lei de direitos autorais por meio de uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que tratava da pandemia do coronavírus.

"Eu conheço outras trapalhadas dele, de outros caldeirões", disse o cantor, referindo-se de forma indireta à empresa de produção de eventos do deputado chamada Caldeirão. Foi essa suposta insinuação que provocou a ira de Carreras. Para Alcymar, ao meter a colher onde não devia, o deputado legislou em causa própria. Carreras se sentiu ainda injuriado quando o cantor, no meio da live, fez referências a um valor de R$ 10 milhões, que viraram R$ 5 milhões, segundo ele, mas sem ir a fundo na origem e destinação do dinheiro. "Os dez milhões só iam ser cinco, entendeu, não é? Mas a gente está vigilante", disse Alcymar.

Veja abaixo o que postou o cantor Alcymar monteiro em seu Instagram:

“Pessoal, hoje venho aqui falar de algo muito sério.

Após ter tentar modificar um projeto que tratava da Covid para acrescentar um artigo que claramente pioraria a situação dos cantores e compositores brasileiros e ser pego no flagra, em uma claríssima atitude de ameaça, censura e até medo, um deputado federal aqui por Pernambuco chamado Felipe Carreras, empresário riquíssimo e poderoso, resolveu me interpelar CRIMINALMENTE.

Tenho 36 anos de carreira e graças a Deus frequentei Delegacias algumas vezes somente como vítima. Tenho uma ficha corrida sim, uma ficha corrida de serviços prestados à cultura pernambucana, Nordestina e brasileira! Sou comendador da cultura, tendo recebido a Ordem do Mérito Cultural.

Nossos advogados já estão com a causa, mas uma coisa eu digo: NÃO ME CALAREI! Homem nascido na vila de Ingazeiras, que venceu a poliomielite na infância, que dormiu nas ruas de São Paulo até conquistar seu lugar ao Sol não teme nada nem a ninguém.

Nunca imaginei que nessa altura da minha vida pudesse ser interpelado CRIMINALMENTE por alguém, mas já que fui vou me defender com o que posso.”


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha