FMO

06/12


2019

As chibatas dos capitães do mato

Por Maciel Melo*

Brasil, onde estás?

Não vês que o teu povo clama? Não ouves a voz dos que proclamam o direito de ir e vir? A cor púrpura te sangra, te cega, te entontece, te mata e não vês as veias abertas da América, te sugando todo o sangue.

Enquanto isso, a vida se adianta, o país se atrasa, e o povo segue sua sina cigana, tirando as pedras do caminho, sem direito a se deitar em berço esplêndido, nem acordar ao som do mar, à luz de um céu profundo. Segue desafiando em seu peito a própria morte; vendo a fome bater à sua porta, esmolando migalhas de respeito, lealdade e cidadania.

O Brasil que sonhamos não está na gulodice dos meliantes de gravatas que se esbaldam no sarcasmo de sua prepotência. Não está na arrogância dos patrões escravocratas, que continuam discriminando e agindo como se não tivesse havido a abolição. Não está nas vidas severinas afogadas nas águas do açude de Cocorobó, nem no açoite das chibatas dos Capitães do Mato. Não está nas lápides geladas da tortura, no descaso, nas agruras, na falsa cegueira de quem não quer ver.

O Brasil que sonhamos está onde o verde louro de sua flâmula aflora o fruto posto à mesa, e a fauna engorda nos pastos sobre a terra dividida. Está no direito de ir e vir, está nos versos de Joaquim Osório Duque Estrada; está em O Guarani de Antônio Carlos Gomes, nos folhetos de cordel, na sanfona de Luiz Gonzaga, nas violas encantadas dos menestréis, dos cantadores violeiros. Está no sabor do extrato do grão do café torrado no caco e coado de manhã cedinho, alimentando os filhos pretos, de mães pretas, de pais pretos, para irem à labuta do dia a dia.

O Brasil que sonhamos está na cabeça de Paulo Freire, no Auto da Compadecida, está entre Deus e o Diabo Na Terra do Sol, está nos livros de Guimaraes Rosa, nos grandes sertões, nas orações de Dom Helder Câmara. Não está no presente, nem no futuro próximo.

O Brasil que sonhamos está em todos nós, mas, hoje, à mercê dos deuses, que na realidade é apenas um.

*Cantor e compositor


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Governo de PE

06/12


2019

Clebel: Ações na Justiça afastam investimentos

A geração de empregos foi um dos assuntos abordados pelo prefeito de Salgueiro, Clebel Cordeiro, durante entrevista concedida ao comunicador Maurício Ribeiro, ontem, no programa Política em Foco, na Salgueiro FM.

Na ocasião, o gestor municipal avaliou que as milhares de ações movidas na Justiça do Trabalho nos últimos anos, sobretudo contra empreiteiras das obras federais, deixaram Salgueiro com má fama no meio empresarial.

“Grandes empresas passaram por aqui. Nós oferecemos propostas, sentamos e conversamos com eles, mas eles disseram: Prefeito, como? Sua cidade tem o maior índice [de processos] trabalhistas do Brasil. Como é que vamos gerar emprego dentro de uma cidade dessa? Só para se ter uma ideia, uma empresa chegou a ter, dentro de Salgueiro, cinco mil ações trabalhistas”, disse.

De forma empírica, já que também é empresário, Clebel lembrou que os donos de empresas quando decidem investir numa cidade procuram todos os parâmetros para poder abrir uma filial e levam em consideração a segurança jurídica. “Não é fácil a gente reverter isso. Nós batemos em portas para tentar abrir, mas encontramos uma barreira muito grande: Justiça do Trabalho”, complementou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Paulista

06/12


2019

Adelmo Moura sai na frente com 73% em Itapetim

Em Itapetim, o prefeito Adelmo Moura (PSB) só não será reeleito se houver uma hecatombe. Pesquisa do Instituto Opinião aponta que o socialista lidera com folga nos dois cenários confrontados com adversários, ambos do PTB. Frente a Olavo Batista, teria, hoje, 73,4% das intenções de voto contra 10,9%. Neste cenário, brancos e nulos somam 7,1% e indecisos são apenas 8,6%. Quando Olavo é substituído por Anderson Lopes, Moura aparece com 63,1% e o concorrente com 22%. Brancos e nulos somam 4,6% e 10,3% se apresentam indecisos.

Na espontânea, modelo pelo qual o eleitor entrevistado é obrigado a lembrar o nome do candidato sem o auxílio da cartela com os respectivos postulantes, o prefeito se situa, igualmente, numa faixa bastante confortável. Tem 52% das intenções de voto, enquanto Anderson aparece com 6%, Arquimedes com 0,3% e Zé Lopes com 0,3%. Neste cenário, brancos e nulos somam 4,3% e 37,1% não souberam responder.

No item rejeição, Olavo Batista aparece no topo. Entre os entrevistados, 32,2% disseram que não votariam nele de jeito nenhum. Anderson é o segundo, com 12,6% e Adelmo é o menos rejeitado, com apenas 10,9%. Neste cenário, 3,7% disseram que rejeitam todos e 40,6% afirmaram que não rejeitam nenhum dos nomes postos para estimulação no levantamento pré-eleitoral.

A pesquisa foi a campo entre os dias 2 e 3 passados, sendo aplicados 350 questionários, com margem de erro de 5,2 pontos percentuais para mais ou para menos e intervalo de confiança de 95%. A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. Foram realizadas entrevistas pessoais e domiciliares.

Estratificando a primeira sondagem eleitoral em Itapetim, berço da poesia do repente no Sertão do Pajeú, o prefeito aparece melhor situado entre os eleitores com renda familiar acima de cinco salários (81,8%), entre os eleitores na faixa etária entre 35 a 44 anos (78,5%) e entre os eleitores com grau de instrução até o 9º ano escolar (72%). Por sexo, 75,4% dos seus eleitores são mulheres e 72,3% são homens.

Já Anderson Lopes, que aparece melhor situado do que Olavo, tem a maior taxa de intenção de voto entre os eleitores na faixa etária de 35 a 44 anos (26,8%), entre os eleitores com grau de instrução superior (22,8%) e entre os eleitores com renda familiar até dois salários mínimos (20%). Por sexo, 22,7% dos seus eleitores são masculinos e 20,9% são femininos.

AVALIAÇÃO DE GESTÃO

No quesito gestão administrativa, o prefeito Adelmo Moura se situa numa faixa de excelência, com índices, provavelmente, que o apontam como o melhor gestor avaliado no Estado. Ele aparece com 35,7% de ótimo e 42% de bom, enquanto 14,9% o julgam regular. Entre os que desaprovam apenas 3,1% consideram seu Governo péssimo e 3,4% ruim. Enquanto a soma da aprovação beira os 80%, a de desaprovação é de menos de 7%, algo inédito na história de Itapetim.

Já o Governo Paulo Câmara, tem mais aprovação do que desaprovação. É julgado ótimo por 6% e bom por 24,9%, enquanto 32% acham regular. Entre os que desaprovam 12,3% são de péssimo e 7,7% de ruim. 17% não souberam ou não quiseram responder. Dos três níveis de poder, o federal é o que detém as maiores taxas de desaprovação. O Governo Bolsonaro aparece com 46% de péssimo e 16% de ruim, ou seja, mais de 60%. Já os que o aprovam, 9,1% consideram bom e 1,4% de ótimo, enquanto 20,9% julgam regular. 0,9% não sabem ou não quiseram responder.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Ipojuca

06/12


2019

MP retoma investigação sobre Flávio Bolsonaro

O Ministério Público do Rio de Janeiro vai retomar, após quatro meses sob suspensão, as investigação contra o senador Flávio Bolsonaro e seu ex-assessor Fabrício Queiroz. O filho do presidente Jair Bolsonaro e seu ex-auxiliar são suspeitos de cometer os crimes de lavagem de dinheiro e peculato (desvio de dinheiro público) no período em que Flávio era deputado estadual na Alerj. O caso Queiroz foi uma das mais de 900 investigações que ficaram paralisadas após decisão do presidente do Supremo, Dias Toffoli.

Há um ano, o Estadão revelou que o PM Fabrício Queiroz tivera em conta movimentações financeiras de R$ 1,2 milhão, atípicas e incompatíveis com seus ganhos. A investigação pôde ser restartada após o STF decidir pela legalidade do compartilhamento de informações fiscais e bancárias por órgãos de controle com o MP. O parlamentar alegava ilegalidade e perseguição política na ação.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/12


2019

Bolsonaro revoga veto a Folha

Após críticas de entidades que defendem a liberdade de expressão, o presidente Jair Bolsonaro voltou atrás em sua decisão e revogou o edital que excluiu a Folha de licitação para a assinatura eletrônica de jornais em órgãos do governo.

A decisão foi publicada hoje, no Diário Oficial da União. No dia 31 de outubro, Bolsonaro anunciou que havia determinado o cancelamento de todas as assinaturas da Folha no governo federal. Após ser oficializada, a medida durou pouco mais de uma semana. O edital agora revogado previa a contratação pela Presidência da República por um ano, prorrogável por mais cinco, de uma empresa especializada em oferecer a assinatura dos veículos à Presidência.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Abreu e lima

06/12


2019

TCE aprova voto de aplauso para João Alberto

Foi aprovado, na sessão do Pleno da última quarta-feira, um voto de aplauso ao jornalista João Alberto pela passagem dos seus 50 anos de colunismo social, ocorrida na última terça-feira. A proposição foi do conselheiro Valdecir Pascoal.

“João Alberto é reconhecido aqui e nacionalmente pelo jornalismo sério, sendo uma referência que tanto orgulha a imprensa local e nacional”, disse o conselheiro, que também destacou o temperamento afável, respeitoso e plural com o qual o jornalista trata as questões sociais e políticas.

O presidente Marcos Loreto, que esteve presente ontem à festa de comemoração dos 50 anos e, paralelamente, ao lançamento da 37ª edição de seu livro a Sociedade Pernambucana, também ressaltou a importância do trabalho de João Alberto, destacando a inovação e um lado que “transcende o colunismo tradicional” ao trazer variados temas para sua coluna.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

06/12


2019

Ação pretende beneficiar mais de 600 moradores de rua

Mais uma vez, a corrente do bem realizará mais uma edição do projeto “Natal na Rua”. Este é o décimo ano do evento que beneficia centenas de pessoas que perambulam pelas ruas do Recife e que não têm aonde morar.

Os organizadores estão à espera de doações de roupas, brinquedos e alimentos para realizar mais uma edição do projeto. O evento é promovido pelos integrantes da 1ª Igreja Batista do Recife. As doações podem ser feitas na própria igreja, na Avenida Conde da Boa Vista, diariamente até o próximo dia 15, no horário de 08 às 21h.

Os organizadores estimam que este ano atenderão cerca de 600 pessoas dentre crianças e adultos. O Natal na Rua será realizado na Rua do Hospício, no bairro da Boa Vista, no próximo dia 17 a partir das 20h. Na ocasião, acontecerão brincadeiras para as crianças, distribuição de brinquedos e roupas e também será servida uma ceia de Natal com cardápio já escolhido pelos organizadores.

Para beneficiar um número maior de pessoas, os integrantes do projeto estão visitando as diversas áreas da cidade, onde se concentram um maior número de moradores de rua, para fazer o convite. Participem dessa corrente e façam suas doações!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

06/12


2019

Senado x Câmara na segunda instância

Senadores e deputados trocam críticas públicas aos caminhos escolhidos por uma e outra Casa para passar a prever no ordenamento jurídico o cumprimento de penas após condenação em segunda instância. Hoje, o noticiário dos jornais mostra essa queda de braço, na qual o que aparece subjacente é uma vontade silenciosa da maioria dos parlamentares para que o tema fique para as calendas gregas.

Em entrevista ao Estadão, o deputado Marcelo Ramos (PL-AM), que foi relator da reforma da Previdência, diz que o projeto em discussão na Casa vizinha, que mexe no Código de Processo Penal, é uma “gambiarra“. “O que nos separa não é quem quer uma votação mais rápida e quem quer uma mais lenta. O que nos separa é quem quer fazer uma gambiarra, surfando demagogicamente nessa onda do momento, e quem quer oferecer uma resposta estruturante e segura”, afirmou.

Já a senadora Selma Arruda (Podemos-MT) diz, também ao Estadão, que o caminho escolhido no Senado é o único viável, e a Proposta de Emenda à Constituição foi escolhida estrategicamente para enterrar o assunto. “O projeto não ofende a Constituição porque não muda regras da presunção de inocência. Ele apenas dá efeito suspensivo ou não para recursos. É um projeto sucinto, fácil de passar. O conteúdo da PEC (da Câmara) é muito mais abrangente, então vejo com temor porque me parece que a intenção é não aprovar nada”, afirma.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

06/12


2019

Sai daqui a pouco pesquisa para prefeito de Itapetim

Sai hoje, exatamente às 12h20, a primeira pesquisa de intenção de voto para prefeito de Itapetim, o berço da poesia e do repente no Sertão do Pajeú. O levantamento traz também a avaliação do prefeito Adelmo Moura (PSB) e dos Governos Bolsonaro e Paulo Câmara.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/12


2019

Coluna desta sexta na Folha

Dirceu não queria Ana no TCU

Não sei os motivos nem quem deu a orientação para o governador Paulo Câmara (PSB) dividir a mesma ceia na casa do deputado Wolney Queiroz (PDT), quarta-feira passada, em Brasília, para, dentre outros assuntos, preparar a munição a ser usada numa bomba atômica capaz de transformar em pó a pré-candidatura da petista Marília Arraes à Prefeitura do Recife.

O ex-governador Eduardo Campos, criador da criatura empostada no poder, odiava o capitão da turma da roubalheira de Lula, chefe da quadrilha. Foi Dirceu, por exemplo, que articulou a candidatura do ex-ministro Aldo Rebelo, para concorrer com Ana Arraes, mãe de Eduardo, a vaga de ministra do Tribunal de Contas da União.

Pego de surpresa e sentindo-se traído, Eduardo teve que fazer do limão uma limonada, nas articulações que empreendia com maestria, para emplacar a mãe, capítulo de uma página vitoriosa na sua ascensão nacional.

André foi sabido – Na peregrinação política sobre os tapetes verdes e azul do Congresso, na última quarta-feira, o governador Paulo Câmara foi paparicar o líder do PSD na Câmara dos Deputados, André de Paula, pré-candidato a prefeito do Recife. Para não dar espaços a uma agenda pinçada na aldeia, André recrutou um verdadeiro batalhão de deputados liderados por ele para servir de testemunha.

O padrinho – Aos que acham que o empresário Douglas Cintra, escolhido por Bolsonaro para o comando da Sudene, bebe ainda nas fontes do ex-senador Armando Monteiro Neto e do deputado José Queiroz, o distanciamento é de léguas. Cintra está sendo nomeado e toma posse no próximo dia 12 abençoado apenas pelo senador Fernando Bezerra Coelho (MDB).

Ferido de morte – Considerado o rei do gesso no Araripe, o empresário Tião do Gesso (SD) sofreu um golpe mortal, ontem, no seu projeto de disputar a Prefeitura de Araripina: operação federal o pilhou praticando trabalho escravo em suas minas. Com uma marca desta magnitude numa campanha para prefeito, nem empurrado pelas benções celestiais subiria as escadas da Prefeitura.

Revelação – Para jornalistas com sensibilidade e engenharia política, a experiência na gestão pública acaba sendo reveladora. É o caso do companheiro Ricardo Almoêdo, que deixou a Secretaria de Imprensa da prefeita tucana Raquel Lyra, em Caruaru, para missões no mundo da política.

Enxaqueca – O secretário de Turismo, Rodrigo Novaes, só não perdeu o trono ainda porque o deputado André de Paula, líder do PSD na Câmara, não aceitou indicar o sucessor na pasta, ofertado pelo governador Paulo Câmara, que só tem tido dores de cabeça com os reclamos da base sobre a atuação de Rodrigo.

CONGRESSO – Atendendo convite da direção do Avante, pego a estrada, hoje, rumo a Gravatá, para falar no primeiro estadual da legenda, a partir das 15 horas, no Hotel Canariu's. O evento tem a assinatura e a coordenação dos irmãos Sebastião Oliveira, deputado federal, e Valdemar Oliveira, presidente do diretório estadual.

Perguntar não ofende: É justo o contribuinte arcar com R$ 3,8 bilhões para bancar as campanhas eleitorais, através do fundo aprovado, ontem, pelo Congresso?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Aí o idiota útil diz. O bozo Carniça aumentou o preço da carne, o açougueiro responde : Ué mais eleitores do bozo Carniça só comem capim!

marcos

Pra variar Lula foi Vaiado hoje em São Bernardo do Campo. Ui o carniça se fufu!

marcos

Aí o idiota útil diz. O bozo aumentou o preço da carne, o açougueiro responde : Ué mais petista só come capim!

Fernandes

Quando a direita perde uma eleição, tenta destruir o país. Quando ganha, consegue.

Fernandes

O DIABO que montou a bancada dita EVANGÉLICA na Câmara dos deputados. Só tem milicianos, estelionatários e vigaristas .



06/12


2019

Raffiê atrai mais gente do que velhos políticos

Na última segunda (02), o Pré-candidato a Prefeito de Caruaru pelo PSD, Raffiê Dellon, participou do programa “Baião de Dois”, da Página “Caruaru no Face”, onde foi sabatinado pelo Comunicador César Lucena.

Administrador por formação, Raffiê falou sobre sua experiência como gestor público tanto na Jucepe, como agora no comando da 4ª CIRETRAN de Caruaru, onde realiza uma gestão que transformou o órgão. 

Na entrevista, Raffiê que tem 28 anos e é o único pré-candidato a prefeito de Caruaru que não tem mandato eletivo, lotou o espaço destinado ao público, que se impressionou com o preparo e conhecimento demonstrado pelo líder do PSD. 

Raffiê também explanou sobre os pontos que irão nortear os debates de construção do seu plano de governo e falou sobre o cenário político nacional e estadual. Caruaru está na prioridade das candidaturas majoritárias do PSD no estado, liderado pelo Líder do partido na Câmara, André de Paula.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores