FMO janeiro 2020

30/06


2020

Ana Arraes vai rejeitar relatoria dos porcos

Sorteada relatora no Tribunal de Contas da União para o caso da compra dos respiradores testados em porcos pela Prefeitura do Recife, a ministra Ana Arraes não vai aceitar a missão. Alegará que tão logo foi eleita e tomou posse adotou como critério não julgar nenhum tipo de processo relacionado ao Estado de origem pelo fato do filho Eduardo Campos, então governador, cumprir seu mandato. Eduardo morreu, mas ela continua mantendo a mesma posição. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

30/06


2020

Ligado a Humberto, Veras defende entrega de cargos

Em entrevista ao Frente a Frente, o deputado federal Carlos Veras, da corrente petista liderada pelo senador Humberto Costa, contrária à candidatura de Marília Arraes à prefeita do Recife, defendeu que o partido entregue os cargos que ocupa apenas no âmbito municipal, ou seja, na gestão de Geraldo Júlio. “No Estado, não há necessidade, porque a aliança fica mantida em vários municípios”, disse.  Ressalta que não é contra Marília disputar em faixa própria, mas sim repele a forma como sua candidatura está posta, imposta, segundo ele, pela executiva nacional.

“Está faltando diálogo. Eu, por exemplo, mesmo sendo deputado federal, nunca fui ouvido”, desabafou. A entrevista vai ao ar ao longo do programa, que começa às 18 horas pela Rede Nordeste de Rádio, tendo como cabeça de rede a Hits 103,1 FM, no Grande Recife. Se você deseja ouvir pela internet, clique aqui mesmo no botão Rádio acima ou baixe o aplicativo da Rede Nordeste de Rádio no play store.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

30/06


2020

Rede Amigo apresenta nova embaixadora oficial em Live

Hoje, às 19h, a coidealizadora e coordenadora de parcerias estratégicas da Rede Anjo Amigo, Roseana Faneco, apresenta a influencer e publicitária Alessandra Pires como embaixadora oficial da Rede, em Live.

Alessandra tem mais de 10 anos de atuação na internet e, em redes sociais, alcança muitos seguidores. Na ocasião, elas também vão falar sobre o funcionamento do projeto e de que forma o Anjo Amigo pode ajudar às pessoas.

O Projeto é uma solução vencedora do desafio promovido pelo Ministério Público de Pernambuco, Porto Digital e Secretaria Estadual de Saúde, que funciona como uma rede social, onde voluntários oferecem suporte em diversas áreas da saúde às pessoas com 60 anos ou mais, principalmente nesse período de pandemia.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/06


2020

TCU: Ana Arraes será relatora do caso dos respiradores de porcos

A ministra Ana Arraes, do Tribunal de Contas da União, foi sorteada para ser a relatora do caso dos respiradores comprados pela prefeitura do Recife, relacionado aos respiradores adquiridos pela gestão e que só haviam sido testados em porcos.

As investigações do Caso Juvanete, como ficou conhecido, começaram a partir de uma representação do Ministério Público de Contas (MPCO), protocolada em 23 de abril pelo procurador Cristiano Pimentel.

Chama atenção porque esse é um caso com potencial para assombrar a campanha de João Campos (PSB) à Prefeitura da Capital. Campos é neto da ministra Ana Arraes. No início do ano, avó e neto protagonizaram uma crise política, com direito a rompimento público e briga familiar.

Juvanete é o nome da proprietária de uma empresa de colchões e material veterinário que vendeu respiradores testados em porcos, como se fossem para uso humano, à prefeitura.

O fato levou a uma investigação da Polícia Federal que está em andamento e à apuração no TCU também. Em dezembro, Ana Arraes deve assumir a presidência do TCU e o processo irá para outro relator. Até lá, será a responsável.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/06


2020

Decotelli entrega carta de demissão

O ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, entregou, há pouco, a carta de demissão ao presidente Jair Bolsonaro. Ainda não há confirmação de que Bolsonaro aceitou o pedido. A expectativa do governo é encontrar um novo nome para o posto ainda hoje.

Após a polêmica sobre títulos que diz possuir, desmentidos pelas instituições de ensino, a própria equipe do presidente aconselhou Decotelli a deixar o cargo.

Embora tenha publicado uma mensagem em rede social elogiando a capacidade do ministro, desde a noite desta segunda, o presidente já dava como insustentável a situação dele.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/06


2020

Faltam medicamentos para diabéticos em Goiana

Quem precisa do medicamento cloridrato de metformina para controlar a diabetes em Goiana vai enfrentar muitas dificuldades. De acordo com denúncia do vereador Bruno Salsa (PSB), na rede de saúde do município é praticamente impossível encontrar a medicação sendo ofertada para os pacientes.

“Recebemos denúncias de moradores do Loteamento Boa Vista e de outras comunidades dizendo que o medicamento está faltando nos postos de saúde. Não podemos aceitar esse descaso porque a covid-19 afeta com mais força justamente os diabéticos, pessoas que precisam de tratamento contínuo”, explica Salsa.

O vereador questiona a compra da medicação e prepara denúncia junto ao Ministério Público. “Será que o cloridrato de metformina está sendo comprado de forma correta? Temos informações de que o valor do material licitado pela prefeitura estava superfaturado e, por isso, a farmacêutica se recusou a assinar o documento que solicitava a realização de uma nova licitação. Queremos tudo esclarecido para que a população não seja prejudicada”, explica.

A coordenadora farmacêutica de Goiana, Rebeka Alves Feitosa, admite que houve paralisação na compra do cloridrato de metformina. “Uma empresa fornecedora pediu reequilíbrio de preço da medicação e não posso comprar enquanto não houver parecer jurídico a respeito disso”, disse. De acordo com o vereador, o fato atesta que o preço licitado pela prefeitura está acima do praticado pelo mercado. Nas farmácias, uma caixa com 30 comprimidos do produto custa, em média, R$ 3,63.

Além da falta de cloridrato de metformina, receitas médicas de pacientes da Unidade Básica de Saúde Boa Vista e também mostram a escassez de furosemida, utilizada no tratamento de pacientes com hipertensão arterial, retenção de líquidos, insuficiência cardíaca e renal.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/06


2020

Decotelli deve anunciar demissão do MEC hoje

As revelações que apontam inconsistências no currículo do recém-nomeado ministro da Educação, Carlos Decotelli, não param de pipocar. A última, quando a Fundação Getúlio Vargas (FGV) negou que ele teria sido professor da instituição, marcou o fim da permanência do economista no comando da pasta.

Após mais essa polêmica, a pressão interna no governo federal foi que Decotelli pedisse demissão do comando do Ministério da Educação. A nomeação dele como terceiro ministro da pasta na gestão de Jair Bolsonaro ocorreu na última quinta-feira. Desde então, a Universidade Nacional de Rosário, na Argentina, desmentiu o título de doutorado e a Universidade Wuppertal, na Alemanha, negou que ele tivesse realizado pós-doutorado.

Há ainda suspeita de plágio na tese de mestrado defendida por ele, em 2008, na FGV do Rio de Janeiro. Sobre essa questão, Decotelli afirmou que não houve plágio: "É possível haver distração, sim senhora. Hoje se tem softwares para avaliar se teve ou não inconsistência, mas naquela época não. Não houve plágio, porque ele ocorre quando se faz control c, control v", argumentou. A FGV apura o caso.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKkk



30/06


2020

Desincompatibilização de três meses

Por Diana Câmara*

Ainda na seara da indefinição sobre o adiamento ou não das eleições, se aproxima um importante prazo de desincompatibilização para grande parte dos candidatos que ocupam cargos públicos: o dia 04 de julho. Na verdade, o limite é “três meses antes da eleição”. Se as eleições forem adiadas para o dia 15 de novembro, como se desenha, este prazo para o afastamento passará a ser 15 de agosto. Mas e se chegar o dia 4 de julho e a lei ainda não tiver sido aprovada pelo Congresso Nacional?

Melhor pecar pelo excesso e se afastar respeitando o calendário eleitoral vigente, pois a ausência de desincompatibilização gera a inelegibilidade do candidato. É um critério objetivo e pode ser suscitado por candidato adversário, partido político ou pelo Ministério Público Eleitoral em uma eventual ação de impugnação de registro de candidatura no futuro.

Assim, quem tem cargo comissionado em geral deve protocolar seu pedido de exoneração e quem tem cargo público efetivo deve apresentar seu pedido de afastamento informando que pretende ser candidato. É recomendável anexar declaração do partido neste sentido. Neste último caso, o servidor ficará afastado das suas atividades laborais, mas continuará recebendo sua remuneração. O instituto da desincompatibilização serve para evitar a desigualdade do pleito, o desequilíbrio entre os candidatos, o uso do cargo público em benefício do candidato, o que é auferido é a desincompatibilização de fato.

Outro aspecto relevante é que se a pessoa pede formalmente a exoneração e continua exercendo a função isso pode ser levantado numa ação de impugnação de registro de candidatura. Assim, por exemplo, se um Secretário Municipal se desincompatibiliza, mas continua frequentando o prédio da prefeitura, participando de reuniões e delegando tarefas, pode-se entender que não houve a desincompatibilização de fato.

Por fim, mas não menos importante, a desincompatibilização atinge a circunscrição do pleito, ou seja, para as eleições municipais está restrita a cidade onde se dará a eleição. Desta forma, um candidato que tenha cargo em cidade diferente de onde irá disputar, em regra geral, não precisa se afastar do cargo.

*Advogada especialista em Direito Eleitoral, presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB/PE, membro fundadora e ex-presidente do Instituto de Direito Eleitoral e Público de Pernambuco (IDEPPE), membro fundadora da Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político (ABRADEP) e autora de livros


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/06


2020

Renato Aragão encerra contrato com a Globo

Renato Aragão usou as redes sociais para anunciar o fim de seu contrato com a TV Globo após 44 anos. Hoje, o ator e comediante de 85 anos fez uma publicação no Instagram citando "novos tempos, parceiros, projetos e desafios".

"Minha grande parceira durante esses anos foi a Rede Globo, que me acostumei a chamar de minha casa. Mas diante a esses novos tempos e políticas internas de contratação, vamos iniciar uma nova fase e trabalhos pontuais”.

Segundo a Comunicação da Globo, "Renato Aragão, com quem tivemos uma longa parceria de sucesso, tem abertas as portas da empresa para futuros projetos em nossas múltiplas plataformas”.

"Como todos sabem, nos últimos anos, temos tomado uma série de iniciativas para preparar a empresa para os desafios do futuro. Com isso, temos evoluído nos nossos modelos de gestão, de criação, de produção, de desenvolvimento de negócios e também de gestão de talentos. Assim, em sintonia com as transformações pelas quais passa nosso mercado, a Globo vem adotando novas dinâmicas de parceria com seus talentos", informou a emissora.

Ao longo de sua trajetória na TV Globo, Renato Aragão deu vida ao personagem Didi em inúmeros projetos da emissora e da obra de "Os trapalhões", humorístico no qual atuou ao lado de Dedé Santana, Mussum e Zacarias.

"São 44 anos de estrada e me vejo diante a uma mudança! São novos tempos, novos parceiros, novos projetos e novos desafios", escreveu Renato.

"Tenho em minha vida pessoal e profissional a fluidez e o equilíbrio, vou onde meu público espera que eu esteja e melhor ainda, onde não espera, pois sempre gostei e gosto de surpreendê-los, e não será diferente nessa nova fase. Já estou com novas oportunidades de trabalho e novos tempos que estão prestes a iniciar", escreveu o ator.

Nos comentários, Renato recebeu mensagem de carinho de amigos e familiares, incluindo sua filha, Lívia Aragão. "Te amo", comentou a atriz.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Bozoloide, pegou o beco.



30/06


2020

PF realiza operação em Caruaru e Santa Cruz do Capibaribe

Do G1/Caruaru

A Polícia Federal deflagrou, hoje, a "Operação Dissimulo" com o objetivo de desarticular a atuação de uma associação criminosa em Caruaru e Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. Os criminosos são investigados por crimes contra agências bancárias, roubos, sequestro e extorsão de funcionários.

Os policiais federais cumpriram quatro mandados de busca e apreensão em endereços de suspeitos de integrarem o grupo criminoso. O líder da organização criminosa é um vigilante de 32 anos, funcionário de uma empresa de segurança de valores. Ele foi preso em fevereiro deste ano.

Em novembro de 2019, a Polícia Federal prendeu em Caruaru dois homens, de 31 e 44 anos. Durante a abordagem de três suspeitos, dois deles se identificaram com documentos falsos e foram presos em flagrante. Foram apreendidos cerca de R$ 300 mil, U$ 120, 11 celulares, um tablet e uma máquina fotográfica.

Os dois tiveram participação em diversos crimes como assaltos, latrocínios, explosão de carros-fortes e bancos. Em 2016, um deles participou de um assalto em Santos, em São Paulo, no qual foram roubados R$ 12 milhões. Durante o crime houve troca de tiros – um morador de rua foi atingido pelos disparos e morreu no local.

Durante a fuga na rodoviária Anchieta havia uma blitz da Polícia Militar e os bandidos efetuaram disparos de fuzis contra os militares e vitimaram os policiais Alex de Souza da Silva e Leonel Almeida de Carvalho. Os dois criminosos também tiveram participação no roubo de uma carga de ouro do Aeroporto de Viracopos, em São Paulo.

Em fevereiro deste ano, foi expedido um mandado de prisão preventiva contra o vigilante de 32 anos. O vigilante tem associação com uma quadrilha de assaltantes de bancos e carros fortes, na qual dois dos principais integrantes foram presos em novembro, na Feira da Sulanca, em Caruaru.

As investigações apontam que ele é o responsável por passar informações privilegiadas dos bancos e empresas de segurança privada aos integrantes de facção criminosa. Em duas dessas ações, dois vigilantes foram mortos, um em Caruaru e outro em Gravatá. As investigações continuam com o objetivo de identificar e prender outros integrantes da quadrilha. O vigilante foi encaminhado à Penitenciária Juiz Plácido de Souza.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha