FMO janeiro 2020

06/06


2020

Tia de Miguel detona Túlio Gadêlha

Na Telinha

Márcia Goldschmidt entrevistou a tia do pequeno Miguel, ontem, pela live da sua conta do Instagram e ela criticou um comentário de Túlio Gadêlha, namorado da apresentadora Fátima Bernardes. O desabafo ocorreu no mesmo dia em que a mãe do menino participou do Encontro pela manhã.

A tia da criança repudiou o posicionamento do deputado federal por Pernambuco. “Mandaram uma postagem pra mim do namorado ou noivo, não sei qual a posição dele relacionada a Fátima Bernardes. Essa postagem ele disse que ‘iludidos são aqueles que pensam que vai ter Justiça por uma família muito tradicional no estado de Pernambuco, que é a família Hacker e a família Corte Real’. Isso me indignou muito, fiquei muito furiosa e logo retornei pra ele”, disparou.

Ela afirmou que enviou uma mensagem para o político e deixou claro que sua família buscará justiça, independente da posição social dos ex-patrões da sua irmã. “Eu disse que iludido seria ele que, pela opinião que ele tem triste, insana de achar que poderíamos recuar ou ter medo pelo nome de um Hacker ou Corte Real, pode ser quem for, a gente não vai recuar. A gente não vai abaixar a cabeça. A gente não vai se calar de jeito nenhum. Pode vir presidente, prefeito”, completou.

Apesar da revolta da tia de Miguel, Túlio Gadêlha explicou que a família não terá facilidade na luta pelos seus direitos, mas não pediu para que eles deixassem de brigar pela punição.

“Se iludem os que acham que a #JustiçaPorMiguel será feita com facilidade. As famílias Corte Real e Hacker são famílias tradicionais da política pernambucana com muito poder e influencia nas instituições. Vocês verão que Pernambuco ainda vive sob o comando de oligarquias familiares”, afirmou o deputado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Detra maio 2020 CNH

06/06


2020

A pergunta que não quer calar

Não há dúvida de que a morte do garoto Miguel Otávio Santana da Silva poderia ter sido evitada pela primeira-dama de Tamandaré, Sarí Gaspar Côrte Real. A patroa da mãe e da avó do menino, de apenas 5 anos, foi negligente ao deixá-lo sozinho no elevador. Tudo isso enquanto os cachorros de Sarí estavam aos cuidados de Mirtes, mãe do pequeno.

Nos últimos dias, imagens do circuito interno do prédio estão circulando no Brasil inteiro, neste caso de grande comoção. Há uma pergunta que martela até agora na cabeça de muita gente: Por que Sarí não apertou o botão do térreo no elevador, já que a mãe passeava com os cachorros lá?

No vídeo, é possível ver que Sarí Gaspar aperta o botão da cobertura. É um absurdo dentro de tantos absurdos deste triste caso que resultou na morte de Miguel.

Sarí assumiu o risco da tragédia, especialmente se levarmos em conta a lei recifense nº 18.076, em vigor desde 2014, que proíbe crianças menores de 10 anos desacompanhadas em elevador. Tudo isso para que ficasse "em paz" ao fazer as unhas num período de isolamento social em razão da pandemia.

Sarí e o marido, o prefeito de Tamandaré, Sérgio Hacker (PSB), não liberaram Mirtes e a avó de Miguel do trabalho. Pior: contraíram a Covid-19 e, mesmo assim, mantiveram as duas trabalhando.

A sucessão de erros da dupla Sarí e Sérgio não cessa por aqui. Mirtes constava na folha de pagamento da Prefeitura de Tamandaré, no Litoral Sul de Pernambuco, como se fosse servidora da cidade.

Outro fato sem sentido é Sérgio Hacker se dar ao luxo de viver no Recife, a duas horas de distância da cidade de que deveria cuidar. Para isso é que foi eleito.

Indiciada pela Polícia Civil por homicídio culposo, Sarí pagou fiança no valor de R$ 20 mil e responde ao processo em liberdade. Se fosse o contrário, Mirtes não teria recursos para pagar a mesma quantia e permaneceria presa.

Ela também não teria a identidade preservada, como a Polícia fez ao tratar do caso, omitindo o nome de Sarí, mesmo em um momento em que as redes sociais são extremamente ágeis e tudo é descoberto.

Diante disso tudo, ficará Sarí impune? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu e Lima

06/06


2020

Live em clima de São João

Em um esquenta para o São João, os músicos Dudu do Acordeon, Roberto Cruz e Andrezza Formiga se reúnem, hoje, às 16h, em uma apresentação pela internet. Neste vídeo, Roberto faz o convite para o "Forró Live Show", que será transmitido em seu canal no YouTube.

O endereço é: https://www.youtube.com/robertocruzoficial


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura do Ipojuca

06/06


2020

Tia de Miguel revela que Sarí foi ao velório

No protesto realizado pela memória de Miguel, ontem, no Recife, a tia do menino, Francicleide Souza, revelou que Sarí Gaspar Côrte Real chegou a ir ao enterro. "Teve cara de pau e foi ao velório", declarou.

Sarí foi autuada em flagrante por homicídio culposo, mas foi liberada após pagar uma fiança de R$ 20 mil e responde ao processo em liberdade.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/06


2020

Manifestantes pedem justiça por Miguel

Em ato promovido na tarde de ontem, no centro do Recife, manifestantes pediram justiça para a morte do garoto Miguel Otávio Santana da Silva, de 5 anos. O protesto teve como destino a frente do prédio de onde o menino caiu.


Durante a ação, o grupo gritou diversas palavras de ordem e fez cobranças para que Sarí Gaspar, que responde em liberdade pela morte do garoto, seja indiciada por homicídio doloso. Assista ao vídeo.
 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

06/06


2020

Coluna do sabadão

A sinhá escravista

Em era de pandemia, de rastro fúnebre parece profetizado no Livro do Apocalipse, o final dos tempos, Recife vai revirando sua história pelo avesso. Não é mais aquela que nos orgulhava em modelo de gestão pública pelo resto do País, com Joaquim Francisco, numa primeira etapa, o que o levou a disputar o Governo do Estado, e numa outra Jarbas Vasconcelos, líderes no ranking dos melhores prefeitos de capitais.

Recife levanta o troféu, hoje, em outra modalidade, que nos rouba a autoestima e nos deprime: a de campeã em mortandade pela Covid-19, que jogou a cidade também para um outro plano, infelizmente o que se agiganta pela imoralidade. Dá vergonha ligar uma televisão, acessar a internet, abrir jornais, ouvir rádios, e ver a capital pernambucana mancheteada por uma Prefeitura que compra respiradores de porcos para uma gente que agoniza na rede pública do SUS.

A morte do garoto Miguel Otávio, de apenas cinco anos, que caiu do nono andar de um prédio de luxo no Recife por descuido de uma dama que o jogou no elevador e o abandonou, quando chorava com saudade da mãe, veio somar, negativamente, a esse momento de horror que a então bela e admirável Veneza Brasileira vive. José Nêumanne, jornalista do Estadão, tratou o assunto revivendo Casa Grande & Senzala, dando ao seu artigo o título de “A sinhá escravista”.

“Mirtes Santana, funcionária fantasma da prefeitura de Tamandaré (PE), levou o cãozinho da patroa, Sarí Corte Real, mulher do prefeito Sérgio Hacker, a passeio e deixou o filho Miguel Otávio, de cinco anos a seu cuidado. O garoto sentiu falta da mãe e, para não ser perturbada enquanto fazia as unhas, a primeira-dama do município onde fica a bela praia dos Carneiros levou-o ao elevador. O menino não conseguiu marcar o andar e ela apertou o botão do nono. Ao se abrir a porta, ele saiu, subiu no equipamento do ar-condicionado e caiu 35 metros. Foi socorrido, morreu e sinhô e sinhá foram ao velório chorar”, descreve ele.

“Mas imagens do condomínio, acrescenta, revelaram o crime da sinhazinha: homicídio culposo, sem intenção de matar, decretou a compreensiva polícia do partido fundado por Miguel Arraes, ícone da esquerda brasileira. E cobrou módica fiança de R$ 20 mil. Como diz o professor de Direito da USP Modesto Carvalhosa, que assinou um belíssimo artigo intitulado Racismo e amor na página 2 do Estadão, neste País não há discriminação, mas servidão. Foi o que ocorreu no edifício luxuoso, confirmando consequências da forma como aqui se aboliu a escravidão, há 132 anos, apontadas pelo genial abolicionista Joaquim Nabuco, nascido no engenho Massangana, no mesmo Pernambuco”.

O parentesco – A sinhá escravista, como definiu Nêumanne Pinto, tem sobrenome Corte Real, mas não é irmã do ex-deputado federal e ex-presidente da Federação das Indústrias de Pernambuco, Jorge Corte Real. O seu marido, o prefeito de Tamandaré, Sérgio Hacker, este sim, é sobrinho de Jorge, filho de um irmão do ex-presidente da Fiepe. É que o prefeito adotou o Hacker por ser representante de uma elite que domina o poder em Tamandaré por muitos anos, influenciando também em outros municípios do Litoral Sul do Estado. Tudo isso levou muita gente a associar ela a Jorge Corte Real.

Protesto – A morte de Miguel Otávio Santana da Silva, de cinco anos, na última terça-feira, após cair do 9º andar do condomínio de luxo Píer Maurício de Nassau, conhecido como Torre Gêmeas, localizado no bairro de São José, área central do Recife, causou comoção nacional. Em busca de justiça, manifestantes se reuniram com os familiares da criança e fizeram, ontem, um protesto em frente ao local da tragédia. A dona do apartamento onde a mãe de Miguel trabalhava, Sarí Mariana Costa Gaspar Corte Real, foi autuada por homicídio culposo (quando não há intenção de matar), mas liberada ao pagar fiança de R$ 20 mil. A concentração começou em frente ao Tribunal de Justiça, situado na Praça da República, bairro de Santo Antônio, e em seguida o grupo saiu em direção ao prédio onde Miguel morreu.

Nota do prefeito – Por meio de nota, a Prefeitura de Tamandaré informou, ontem, que o prefeito Sérgio Hacker Corte Real se encontra "profundamente abalado" pela morte do garoto Miguel Otávio Santana da Silva, de cinco anos. O garoto morreu após cair do 9º andar do prédio em que o prefeito mora com a esposa, Sarí Corte Real, que foi autuada por homicídio culposo – quando não há intenção de matar – por deixar a criança sozinha no elevador momentos antes do acidente. Ainda na nota, a Prefeitura ressaltou que Hacker vai prestar informações aos órgãos competentes "no momento próprio e de forma oficial".

A viúva paga – A empregada doméstica Mirtes Renata Santana de Souza, mãe de Miguel Otávio Santana da Silva, consta como funcionária da Prefeitura Municipal de Tamandaré, segundo informações apuradas e confirmadas ontem por este blog. O garoto morreu ao cair do 9º andar de um prédio no Centro do Recife. A informação sobre a mãe da criança está registrada no cadastro da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), órgão ligado ao Ministério da Economia. Essa relação contratual da doméstica mostra que o prefeito faz da sua casa uma extensão do seu gabinete. Certamente, outros fantasmas devem constar na folha da Prefeitura.

CURTAS

INQUÉRITO – A Promotoria de Justiça de Tamandaré instaurou inquérito com a finalidade de apurar possível prática de improbidade administrativa do prefeito Sérgio Hacker. O inquérito foi motivado pela divulgação, através da imprensa, de que Mirtes Renata Santana de Souza, mãe de Miguel Otávio Santana da Silva, figura como funcionária fantasma da Prefeitura de Tamandaré. O MPPE já constatou, através de busca no portal da transparência municipal, que a senhora Mirtes Renata figura na folha de pagamento do município desde fevereiro de 2017. A Promotoria de Justiça de Tamandaré expediu ofício requisitando à chefia de gabinete da Prefeitura que informe, no prazo de três dias úteis, dados funcionais sobre a servidora, como cargo, função, método de controle de ponto, local de lotação, dentre outros.

DESABAFO DE MÃE – "Infelizmente, faltou um pouco de paciência dela para tirar o meu filho de dentro do elevador. Se ela tivesse um pouquinho mais de paciência, se ela tivesse pegado ele pela mão, ao invés de ficar só falando, pegasse ele pela mão e tirasse [ele do elevador], meu filho tava hoje comigo", desabafou a empregada doméstica Mirtes Renata Santana da Silva, mãe do menino Miguel Otávio Santana da Silva, de cinco anos, sobre a patroa, que foi autuada por homicídio culposo. A criança morreu após cair do 9º andar do condomínio de luxo Píer Maurício de Nassau, conhecido como Torres Gêmeas, no bairro de São José, na área central do Recife, onde a mãe trabalhava como empregada doméstica.

CHORO DE PAI – A tristeza que tomou conta da mãe do menino Miguel Otávio Santana da Silva não foi menor para o pai. Indignado com a perda do filho, ele cobrou mais investigações sobre o caso e quer que a dona do apartamento onde a mãe do menino trabalhava explique tudo o que aconteceu. ‘’A gente vai correr atrás (de justiça). Hoje foi meu filho, estou com dor, mas vamos correr atrás e descobrir o que houve. Vamos querer saber tudo. A patroa dela tem que explicar. Tem que explicar por que deixou o menino só? Por que não deixou o (filho) dela só e deixou o meu?’’, questionou.

Perguntar não ofende: As torres gêmeas do Recife reeditaram um capítulo de Casa Grande & Senzala?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Não foi azar do Bozonaro ter uma pandemia durante o seu governo. foi azar do Brasil ter Bozonaro durante uma pandemia.

Fernandes

Alô Rede Globo. Estenda o JN até 22:10 hs Irrite o bozo

Fernandes

A Queda De Bolsonaro Já Está Certa, O Que Se Pergunta Não É “Se”, Mas Quando. A coisa contra Bolsonaro chegou a um ponto tal que está difícil enumerar suas derrotas diárias. Mas, sem dúvida, o desmantelamento do gabinete do ódio arrancou-lhe as duas pernas e a explosão de infectados e mortos pela Covid-19 no Brasil arrancou-lhe os dois braços. Como é uma mula sem cabeça, não sobrou nada do demente.

Fernandes

Regina Duarte desabafa e diz que foi traída por Bolsonaro. Atriz se pronuncia 15 dias após deixar a Secretaria de Cultura do governo.

Fernandes

“Se há dez pessoas numa mesa, um nazista chega e se senta, e nenhuma pessoa se levanta, então existem onze nazistas numa mesa.” (Ditado alemão)


Prefeitura de Serra Talhada

05/06


2020

O grito da indignação em forma de poesia

Da beira do Rio Pajeú, que este ano estancou a seca e a água faz o milagre da renascença da caatinga, pelas chuvas abundantes, a poetisa e advogada Mariana Teles, filha do repentista e cantador Valdir Teles, bradou em versos e em alto som a indignação da sociedade brasileira com a trágica morte do garoto Miguel Otávio, de apenas cinco anos, que despencou do novo andar de um prédio luxuoso no Recife.

Uma morte não Severina do canto onde Mariana finca os pés e brota fácil versos do reino encantado, a Grécia nordestina, mas fruto do descaso e do racismo. Da branca que jogou o filho da preta num elevador e o abandonou. E que, para escapar da prisão, meteu a mão no bolso e dele retirou sem sacrifício os R$ 20 mil da fiança. O resto Mariana solta na prosa do protesto e da indignação. Confira!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

05/06


2020

PE antecipa pontos do Plano de Convivência com a Covid-19

O Plano de Convivência das Atividades Econômicas com a Covid-19, apresentado na última segunda-feira, passará por ajustes para as próximas semanas. Parte dos 32 setores que voltarão a operar ao longo das 11 etapas previstas teve o cronograma antecipado ou sofreram alterações nas regras de funcionamento, para contemplar as especificidades de cada segmento. A partir de segunda-feira, além da reabertura do comércio atacadista, a construção civil voltará a funcionar com 50% de seu efetivo em horário livre, e não mais das 9h às 18h, como planejado anteriormente. Shopping centers também poderão oferecer o serviço de coleta por drive thru nos estacionamentos uma semana antes do previsto.

Clínicas e consultórios médicos, odontológicos e veterinários, óticas, clínicas de fisioterapia e de psicologia, que retornarão às suas atividades no próximo dia 10. Antes, as atividades não possuíam data definida. Todas as orientações sobre os protocolos gerais e específicos a serem cumpridos pelas empresas, de forma a evitar a propagação da coronavírus, podem ser acessadas no site oficial www.pecontracoronavirus.pe.gov.br.

A reabertura gradual do varejo para lojas de até 200 metros quadrados funcionará ao mesmo tempo para todo o comércio do Estado, no Centro e nos bairros. Esses estabelecimentos estão autorizados a reabrir a partir do dia 15 de junho. Serviços de venda, locação e vistoria de veículos, que seriam retomados a partir da fase 4.4, também voltarão a funcionar na mesma data.

Salões de beleza e serviços de estética, cujo atendimento estava previsto para começar a partir do dia 15, continuam sem alterações. Esses estabelecimentos precisarão atender um cliente por vez, por agendamento, sem fila de espera e com higienização entre um cliente e outro, além de obedecer ao distanciamento de, pelo menos, 1,5 metro entre clientes. A partir da mesma data também poderão ocorrer os treinos de futebol profissional.

As mudanças são fruto de um diálogo constante com as representações empresariais e estão de acordo com as normas de segurança no ambiente de trabalho, acertadas seguindo orientações do Comitê Socioeconômico de Enfrentamento ao Coronavírus do Governo de Pernambuco. O Plano de Convivência das Atividades Econômicas com a Covid-19 considera, prioritariamente, a relevância socioeconômica dos setores e os riscos que o retorno de cada atividade pode representar para a saúde da população.

A primeira etapa foi iniciada na última segunda-feira (01.06), com a liberação da operação de lojas físicas de material de construção, seguindo novos protocolos de atendimento, e com funcionamento exclusivamente por delivery do comércio não essencial, que esteve restrito nos 15 dias de intensificação da quarentena.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Bruno Schwambach, há um esforço do Comitê Socioeconômico em ouvir permanentemente as lideranças setoriais para que o plano avance sem ampliar os riscos à população. O restabelecimento escalonado das atividades econômicas e a circulação de pessoas estarão sob avaliação, e o cumprimento do cronograma depende do comportamento das curvas de contaminação e de mortes provocadas pelo novo coronavírus.

Atualmente, um grupo formado por agentes da Secretaria de Saúde de Pernambuco, em parceria com o Laboratório de Imunopatologia Keiso Asami (Lika), da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), além do Porto Digital, mantém atualizado o mapa do impacto da pandemia em todo o Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Shopping Aragão

05/06


2020

Detran realiza ação de fluidez no trânsito

O Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, por meio da Operação Trânsito Seguro, vem realizando ações de fluidez no trânsito nos corredores da Região Metropolitana do Recife. Equipes de agentes de trânsito estão de plantão diariamente nos arredores dos hospitais de referência do Covid-19 e também nos de campanha, com foco de evitar que veículos utilizem os estacionamentos destinados as ambulâncias e demais veículos emergenciais.

Segundo o diretor de Engenharia e Fiscalização do Detran, Sérgio Lins, os batedores do Órgão de trânsito, treinados em fluidez de emergência no deslocamento de ambulâncias, tem como objetivo auxiliar no percurso de socorro. Além disso, agentes da Operação Prevenção “Segundo que salvam vidas” vêm dando apoio as barreiras sanitárias que estão sendo realizadas pelas prefeituras dos municípios de Pernambuco, como também da realização de escolta de veículos que transportam pacientes carentes que fazem hemodiálise. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


05/06


2020

Protesto pede justiça por Miguel

Do G1

Manifestantes realizaram um ato público, hoje, no Centro do Recife, para pedir justiça para a morte do menino Miguel Otávio Santana da Silva, de 5 anos. Ele caiu do 9º andar de um prédio na capital, na terça (2), depois que a mãe dele, a doméstica Mirtes Renata, o deixou aos cuidados da patroa, Sari Mariana Côrte Real, enquanto passeava com o cachorro da família. A empregadora foi presa por homicídio culposo, pagou fiança de R$ 20 mil e está respondendo em liberdade.

O ato teve início por volta das 14h, no Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), no bairro de Santo Antônio, no Centro. Esse prédio fica na frente do Palácio do Campo das Princesas, sede do governo do estado. As vias da região foram interditadas pela polícia.

Usando máscaras por causa da pandemia do novo coronavírus, alguns manifestantes levavam faixas e cartazes com frases em alusão ao racismo.

Negro, Miguel Otávio estava passando o dia com a mãe, enquanto ela trabalhava na casa do patrão, o prefeito de Tamandaré, Sérgio Hacker. O município fica distante cerca de 110 quilômetros do Recife, no Litoral Sul do estado.

“Vidas Negras importam”, “Crime burguesia branca” e “Cinco unhas valem mais do que cinco anos de um preto” estampavam os cartazes.

Essa última frase é uma alusão ao fato de que Sari Côrte Real estava com uma manicure, fazendo as unhas, no apartamento, quando deixou Miguel entrar no elevador e apertou o botão do último andar, para que o menino fosse procurar a mãe.

"Vidas negras importam" é uma frase usada por movimentos em vários países, sobretudo, após o assassinato de George Floyd, em Mineápolis, nos Estados Unidos. Esse crime provocou uma série de atos e confrontos com a polícia naquele país.

Os manifestantes seguiram pela Rua do Imperador Dom Pedro II e foram em direção ao Condomínio Píer Maurício de Nassau, que fica cerca de um quilômetro distante do ponto inicial do ato.

Foi lá nesse conjunto, conhecido como "Torres Gêmeas" que Miguel caiu de uma altura de 35 metros, segundo a perícia feita na terça-feira.

Por volta das 14h, já havia pessoas na frente do edifício segurando rosas para serem colocadas no local do acidente. Um carro de vigilância privada também estava estacionado.

As "Torres Gêmeas" ficam na frente do 16 º batalhão da Polícia Militar de Pernambuco. Faixas prestas foram colocadas na fachada do prédio, simbolizando luto pela morte de Miguel Otávio.

Os manifestantes se ajoelharam em frente às "Torres Gêmeas" e gritaram, novamente, que “não foi um acidente”. Eles disseram que se ajoelharam em frente ao local onde ocorreu “um assassinato”.

O pai de Miguel, Paulo Silva, disse não conseguir sequer conceber o tamanho da dor de perder o filho. “Miguel era tudo na nossa vida. Eu espero nada mais que justiça. Sequer cheguei a conhecer a mulher que é responsável por tirar a vida do meu filho”, disse.

A avó de Miguel, a também empregada doméstica Marta Alves, se emocionou ao ver a presença de centenas de pessoas pedindo justiça pelo neto, em frente ao antigo local de trabalho.

“Eu creio que a justiça vai ser feita. Eu clamo por justiça. Eu fiquei muito emocionada ao chegar aqui e ver tanta gente. Ela vai ter que explicar por que Miguel foi para o elevador”, declarou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


05/06


2020

Feitosa abre na segunda lives sobre Recife

Paralela às lives nacionais, que acontecem às terças e quintas, o blog inicia, na próxima segunda-feira, as entrevistas com os pré-candidatos a prefeito do Recife. Por ordem de sorteio, coube a Alberto Feitosa, do PSC, dá o start. Na pauta, os principais problemas que a cidade enfrenta e as propostas que os postulantes vão apresentar em seus programas de Governo. Será às 19 horas pelo Instagram do blog. Se você ainda não segue, anote o endereço: @blogdomagno.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores