FMO janeiro 2020

30/05


2020

Sede da PGR é pichada em Brasília

A sede da Procuradoria-Geral da República (PGR), em Brasília, amanheceu pichada, hoje. Funcionários detectaram a ação numa placa de metal que identifica o órgão. Nela, era possível ler a inscrição "Procuradoria-Geral do Bolsonaro".

O sobrenome do presidente Jair Bolsonaro estava escrito em cima da palavra "República". Ainda pela manhã, a mensagem havia sido apagada.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Detra maio 2020 CNH

30/05


2020

Meus pêsames, senhor Argumento!

Por Heron Cid*

Esse senhor aí já foi um dia indispensável. Hoje, está assim como vês; em estágio de agonia profunda.

Argumento é o seu nome. Tão velho quanto os conceitos gregos, foi abandonado e ninguém mais quer saber dele.

Ultrapassado, entrou em desuso e, tristemente, em profunda doença degenerativa nessa chamada terra brasilis.

Quem desavidamente ainda o invoca, é logo trucidado pelo grito, pela desqualificação pessoal, deboche ou agressão mesmo.

Poucos são os que chamam o seu concorrente homônimo para enfrentá-lo em paridade de armas.

A arma agora é outra. É um palavrão. Não, não é palavra grande.

Com palavrão mesmo, um cala o outro. Porque nada resta mais para o diálogo depois de fascista, bolsominion, esquerdopata, comunista, lixo, filho da p…Arrombado!

Um dia já foi sinônimo de razão, raciocínio que conduz à indução ou dedução de algo. Nos tempos áureos, acredite, era a prova que servia para afirmar ou negar um fato.

Coisa do passado.  Seu Argumento está aí prostrado neste leito de morte. Sem sinal de melhora.

Raramente abre os olhos. Quando aperto sua mão para identificar alguma reação, ele esboça pequeno movimento. Mas, logo é vencido pelo cansaço. Alguém vem e grita, xinga, desconjura. Ele, coitado, se recolhe de novo.

Até a família já não o compreende e se apartou dele. Desconfio que se envergonham e fazem pouco caso. Esqueceram quão importante já foi nas grandes conquistas, memoráveis descobertas e tantos aprendizados.

O vírus do radicalismo ideológico depauperou essa criatura. Mesmo doente assim, na madrugada ele delira sonhando que ainda voltará à vitalidade de novo.

E balbucia bem baixinho em som quase ininteligível: “Eu ainda estou aqui”. É um teimoso! Ainda resiste a aceitar os pêsames.

*Jornalista


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu e Lima

30/05


2020

TCU investiga financiadores do gabinete do ódio

O Tribunal de Contas da União está fechando o cerco contra o que se convencionou chamar "gabinete do ódio" e está investigando as fontes de financiamento do grupo comandado pelo vereador do Rio Carlos Bolsonaro.

A informação está no site O Antagonista. Segundo o procurador Lucas Furtado, a atuação se dá como em uma Parceria Público-Privada, mesclando recursos públicos e de empresários.

Na representação, Furtado “pede que sejam identificados os integrantes do governo que compõem o ‘gabinete do ódio’ e, comprovadas as ilegalidades, que sejam punidos administrativamente e devolvam aos cofres públicos recursos usados para disseminar notícias falsas”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura do Ipojuca

30/05


2020

João e Mendonça batem boca pelas redes

Um bate-boca envolvendo dois postulantes à Prefeitura do Recife tomou conta do Twitter, ontem, e se estendeu hoje. O deputado federal e pré-candidato pelo PSB, João Campos, e o pré-candidato a prefeito pelo DEM, Mendonça Filho, trocaram farpas. 

Tudo começou a partir de uma cobrança pública que Mendonça fez a João Campos, pedindo para se solidarizasse com as vítimas da doença e mencionando as diversas denúncias de corrupção que pairam sobre a compra de respiradores no Recife, que é administrado por Geraldo Julio, aliado do deputado.

"Após um longo e vergonhoso silêncio e omissão diante da falta de leitos, de mortes e das denúncias de desvio com recurso da pandemia, era de se esperar que o deputado João Campos viesse à público se solidarizar com as famílias que perderam parentes por falta de leito de UTI", escreveu o ex-ministro.

Mendonça Filho foi além: "Ao invés disso, João Campos divulgou nota em solidariedade ao prefeito do Recife, Geraldo Júlio, após a Polícia Federal fazer busca e apreensão na Prefeitura. A Operação Apneia investiga a compra de 500 respiradores só testados em porcos e a uma empresa fantasma."

João Campos, por sua vez, reagiu: "Depois de ter sido ministro de Temer e defensor de Bolsonaro, vejo pouca propriedade em Mendonça Filho para atacar quem defende os que lutam de verdade para cuidar do povo do Recife."

O deputado federal prosseguiu. "Estranho a cobrança vindo de quem silenciou diante dos desmandos de um presidente da República na Educação, no Meio Ambiente, nos direitos dos trabalhadores e, principalmente, na condução desastrosa da crise do Coronavírus", disparou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/05


2020

O pito nacional em Paulo Câmara

Apresentador do programa Alerta Nacional, da RedeTV!, Sikêra Júnior se direcionou ao governador Paulo Câmara, pedindo para que haja a reabertura gradual do comércio.

O comunicador citou o aumento do desemprego causado após a suspensão de vários serviços no Estado. "Governador, eu sou pernambucano. Sou de Palmares, cidade pequenininha e esquecida pelas autoridades. Governador Paulo Câmara, o que o senhor está fazendo é triste. Não faça isso, o povo está desesperado", bradou.

 Sikêra Júnior chegou a ser infectado pelo novo coronavírus e ficou internado em estado grave. A volta ao programa ocorreu na última segunda-feira (25). Confira o vídeo ao lado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

30/05


2020

Podem ser incompetentes, ladrões não creio

Por Edson Barbosa*

Acredito que moral, posição, responsabilidade política, são valores pessoais e coletivos inalienáveis. Escolhas que fazemos na vida. Tenho profundas divergências e tristeza com a condução que se dá ao legado político/administrativo de Eduardo Campos em Pernambuco. Mas, hoje quero escrever sobre o assunto da pauta. Não acredito que Paulo Câmara, Geraldo Júlio e os seus secretários de Saúde  sejam ladrões. Menos ainda, ladrões da saúde do povo. 

Podem ser incompetentes na política, e são. Mas foram bons gestores, quando bem dirigidos, quando suas opiniões políticas eram secundárias, insignificantes até, e seus comportamentos éticos eram vigiados firmemente por Eduardo. Bem sei. Mas, roubar, ou ser incapaz por dolo, com a relação necessidade/custo/legalidade num momento de mortes aos milhares, não acredito que faça parte dos defeitos que têm. É preciso fiscalizar, sim. É possível que haja erro na operação de compras emergenciais sem licitação no pico de uma catástrofe. É possível. 

Mas embarcar numa onda de criminalização prévia me parece precipitado e até pactuado com interesses outros. É hora de salvar vidas e fiscalizar os suprimentos. Embarcar no denuncismo politiqueiro, por um lado fortalece burramente aquilo que se pretende combater. E, por outro, revela o oportunismo de alguns, mostra como se juntam no mesmo objetivo.

O povo que não está morrendo, está vendo. Mas, para que as coisas sejam claras, fossem hoje as eleições em Pernambuco, eu votaria na oposição. Para ser mais preciso, votaria nas mulheres da oposição ao Governo Federal, o maior responsável pela catástrofe, pelo descontrole, pela desumanidade, pelo modo extermínio de gente, como se comporta. 

Votaria em Marília, Priscilla, Luciana, Raquel, Débora, Maria do Céu, Tânia Bacelar - sempre, e tantas mulheres com moral, e competência, para falar das que conheço, entre tantas pernambucanas que nos ensinam a ser cidadãos melhores. Que têm tradição, pluralidade e comando, para esse momento de tanta dor.

Já que estão misturando  pandemia, política e eleições, penso que a hora possivel, em Pernambuco, seja das mulheres no comando, nas câmaras de vereadores e nas prefeituras. Onde não for possível, que prosperem os homens de bem.

*Jornalista e publicitário


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Marília será eleita prefeita.


Prefeitura de Serra Talhada

30/05


2020

Outra forma de ajudar Marina

Mais cedo, publicamos uma matéria sobre uma ação solidária em prol da pequena Marina, com dois meses de vida. Em maio, ela foi diagnosticada com plagiocefalia, um achatamento craniano, e necessita de cirurgia. O valor total que a família recifense precisa arrecadar é de R$ 85 mil.

Além da campanha de financiamento coletivo no site Vakinha, existe a possibilidade de doação direta em contas bancárias:

Banco do Brasil
Agência: 0697
Conta corrente: 54258-0
Regiane de Lima Rodrigues

Banco Bradesco
Agência: 1055-3
Conta corrente: 0013556-9
Regiane de Lima Rodrigues Borba

Banco Bradesco
Agência: 1783-3               
Conta poupança: 1005605-5                      
Marina de Lima Rodrigues Borba

A mãe de Marina, Regiane de Lima, falou ao Blog sobre o apoio recebido desde então: "Nunca imaginei que iria ter tanta repercussão. Estamos gratos a Deus por tanta solidariedade". 

O Blog faz parte desta rede solidária em prol de Marina e pede que você também ajude.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

30/05


2020

Exu segue livre da Covid-19

Houldine Nascimento, da equipe do blog

Com uma distância de 618 km do Recife, Exu é a única cidade do Sertão do Araripe e uma das poucas de Pernambuco sem nenhum caso de Covid-19. Para evitar entrar na triste estatística, o município, berço de Luiz Gonzaga e de famosas disputas políticas entre as famílias Alencar, Sampaio e Peixoto, segue com medidas para o combate ao novo coronavírus

Em entrevista ao Blog, o prefeito Raimundo Saraiva (PSB) falou sobre as ações tomadas por sua administração."Nós formamos desde cedo um comitê de enfrentamento ao novo coronavírus, formamos barreiras sanitárias na entrada e saída de Exu. Além disso, a população tem denunciado as pessoas que insistem em entrar clandestinamente. Quem não é exuense só ingressa na cidade para serviços essenciais, como entrega de mercadorias ou consultas e exames", detalha.

Raimundo Saraiva confirmou que há dois casos em investigação, um deles continua sendo observado no Hospital Municipal José Pinto Saraiva, onde espera pelo resultado do teste. Até o momento, 15 casos suspeitos foram descartados.

Quase 32 mil pessoas vivem em Exu, que recebeu R$ 64 mil do Governo do Estado e R$ 169 mil de verbas da União para a prevenção e combate à Covid-19, totalizando R$ 233 mil. O valor é considerado baixo. "São dois reais para cada habitante. Esses valores não dão conta da necessidade. Estávamos à frente na região porque nós já tínhamos respiradores e leitos prontos no hospital da cidade. Ontem, recebemos um respirador portátil e estamos negociando outro", explica o prefeito. 

A taxa de isolamento em Exu segue variando entre 41% e 45%, bem abaixo do número mínimo recomendado (70%). Houve registro de grande movimentação na feira livre, ontem. Cercada por cidades com doentes de Covid-19, esses dados causam preocupação. "Ontem, foi um caso específico e decidimos fechar a feira livre. Vamos estudar com o comitê o que será feito", esclarece. 

Sobre uma eventual reabertura do comércio, o prefeito Raimundo Saraiva explicou que não há previsão e que a medida só será tomada com base em definições técnicas, com respeito à ciência.

Ontem, Santa Filomena, que integra o cinturão do Araripe, teve o primeiro caso confirmado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Shopping Aragão

30/05


2020

Músico Evaldo Gouveia é nova vítima da Covid-19

G1 CE

O músico compositor, cantor e violonista cearense Evaldo Gouveia morreu aos 91 anos, ontem, em Fortaleza, em decorrência da Covid-19. A informação foi confirmada pelo biógrafo do artista, Ulysses Gaspar. Autor de "Sentimental Demais" e do samba-enredo "O Mundo Melhor de Pixinguinha", entre outras canções, Gouveia teve sua obra bastante interpretada e revisitada.

O repertório de Evaldo Gouveia foi impulsionado pelas vozes de cantores consagrados como Altemar Dutra, Nelson Gonçalves, Alaíde Costa e Maysa Monjardim. O cearense fez parte do lendário Trio Nagô, ao lado de Mário Alves e Epaminondas Souza.

O ápice da carreira do cantor veio da relação com Altemar Dutra (1940-1983). O cearense levou Dutra às boates de Copacabana, no Rio de Janeiro, e o sucesso do cantor mineiro, interpretando as composições de Evaldo, levou ambos ao auge.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores