FMO janeiro 2020

14/02


2020

China registra mais 139 mortes e 2,4 mil casos de coronavírus

Hubei tem mais 139 mortes e 2,4 mil novos casos confirmados de coronavírus. Nesta sexta-feira, Egito confirmou a primeira infecção da doença. É o primeiro caso na África.

 Foto: AFP/via G1

Por G1

A província de Hubei, epicentro do coronavírus na China, registrou mais 139 mortes e 2.420 casos confirmados da doença entre a  quinta-feira (13) e hoje. Mais de 38 mil pessoas estão em tratamento hospitalar e outras 77.323 estão sob observação médica. Apenas na região, são 54.406 pacientes com o vírus e 1.457 mortes desde o início do surto.

. Balanço preliminar total da China:
. Pelo menos 1.520 mortes
. Pelo menos 66.352 casos confirmados
. Dados de outras regiões chinesas ainda não foram contabilizados nesta sexta-feira

Mais cedo, o Egito confirmou o primeiro caso de Covid-19, a doença provovada pelo novo coronavírus. Com isso, já são 25 países em 5 continentes com registros suspeitos da doença (excluindo a China). Este caso é o primeiro da África.

Suspeitas no Brasil

O número de possíveis casos da doença no Brasil e em investigação caiu para 4, de acordo com balanço divulgado pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira (14). Os casos suspeitos em investigação estão: um em São Paulo, um no Paraná e dois no Rio Grande do Sul.

Desde o começo dos alertas, o país descartou 43 suspeitas da doença. Nenhuma infecção pelo 2019 n-CoV foi confirmada.

Confira a íntegra aqui: Hubei tem mais 139 mortes e 2,4 mil novos casos ...


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

IPTU Cabo

14/02


2020

Prefeito lança candidata em Abreu e Lima

O prefeito de Abreu e Lima, Marcos José (PSB), oficializou a atual secretária de Finanças e Administração, Cristiane Moneta (PSB), como pré-candidata à prefeitura municipal. O ato aconteceu na tarde desta sexta-feira (14) e contou com a presença de lideranças da cidade, vereadores e membros de partidos políticos.

Para o prefeito Marcos José, a pré-candidata tem todos os requisitos de uma  competente e qualificada gestora para cuidar do povo de Abreu e Lima. “Cristiane Moneta está há 14 anos servindo ao município com muita competência. Tenho certeza de que ela é a melhor pessoa para sentar na cadeira. Uma mulher forte e competente que vai governar para o povo e para os mais humildes”, ressaltou.

“Tenham certeza de que estou aceitando um grande e prazeroso desafio, que é o de continuar o desenvolvimento da nossa cidade. Vamos, juntos, avançar com seriedade, igualdade e políticas públicas inclusivas, pois temos o maior e melhor grupo para fazer muito mais e tornar bons projetos em realidade para a nossa gente. Agradeço ao prefeito Marcos José, uma pessoa que aprendi muito durante todos esses anos prestando serviço ao povo de Abreu e Lima”, falou a pré-candidata Cristiane Moneta.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/02


2020

Governo pede extinção das Torcidas Organizadas

O Governo de Pernambuco, por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE) protocolou, hoje, junto à 5ª Vara da Fazenda Pública da Comarca do Recife, um requerimento solicitando o julgamento imediato e simultâneo de duas ações que pedem a dissolução definitiva da personalidade jurídica das chamadas “torcidas organizadas” em todo o território do Estado de Pernambuco. As ações têm como réus a Torcida Jovem, a Fanáutico e a Inferno Coral, e objetivam, em definitivo, a proibição do acesso, permanência ou reuniões das “torcidas organizadas” dentro e fora dos estádios.

O documento, assinado pelo Procurador-Geral do Estado, Ernani Medicis, toma como referência os últimos incidentes envolvendo as organizações. O requerimento mostra que o Estado de Pernambuco é parte interessada das Ações Ordinária n. 0018056-45.2014.8.17.0001 e Civil Pública (ACP) Nº 0118424-33.2012.8.17.0001.

De acordo com o requerimento da PGE, “os recentes eventos de violência envolvendo torcidas organizadas no Estado de Pernambuco, inclusive fora das arenas esportivas, corroboram a necessidade de desfecho dos processos, com o julgamento de mérito favorável às pretensões, pronunciando-se a total procedência dos pedidos, em ordem a impor o almejado fim das ditas ‘torcidas organizadas’ no Estado de Pernambuco, coibindo-se a prática de atos de violência e crimes, dentro e fora dos estádios de futebol.”

A Procuradoria explica ainda que o pedido de urgência tem como objetivo concretizar o interesse público, pedindo a dissolução das torcidas e impedindo a ocorrência de crimes por parte dos integrantes dessas organizadas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Rafael C.Soares Quintas

Concordo com essa decisão de acabar com essas torcidas organizadas, mas quero dizer que a torcida do Náutico , a Fanáutico, não participou dessas baixarias, a torcida do Nautico tem um nível intelectual mais avançado.


acolher

14/02


2020

Meu editorial no Frente a Frente – 14/02/2020

Se você perdeu o Frente a Frente de hoje, programa que ancoro pela Rede Nordeste de Rádio, tendo como cabeça de rede a Rádio Nova 98,7 FM, no Recife, escute agora o meu editorial.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/02


2020

A versão da prefeita de Surubim

Caro Magno,

Sobre a nota publicada na sua coluna de hoje, quem me parece ansiosa além do normal é a oposição de Surubim, que vem tentando de todas as formas antecipar a campanha eleitoral. De minha parte, estou empenhada em administrar a cidade e continuar cumprindo os compromissos que assumimos com a população. Felizmente, não preciso fazer uso de remédios controlados. Durmo tarde da noite, assim que encosto a cabeça no travesseiro, depois de acordar bem cedo e passar o dia trabalhando duro para melhorar a vida dos surubinenses. 

Abraços,

Ana Célia Farias – prefeita de Surubim pelo PSB


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cúpula Hemisférica

14/02


2020

PCR antecipa pagamento da folha de fevereiro

A Prefeitura do Recife irá antecipar o pagamento da folha salarial de fevereiro para a próxima sexta-feira (21), possibilitando a injeção de R$ 180 milhões na economia da cidade antes do início do Carnaval. A medida tem o objetivo de aquecer ainda mais a economia da cidade durante o Carnaval. Ao todo, 39 mil servidores entre ativos, aposentados e pensionistas receberão o pagamento antecipado.

“Essa medida mostra o esforço não apenas financeiro da Prefeitura do Recife, mas também de valorização do servidor. O servidor é nosso maior capital e merece todo reconhecimento e brincar o carnaval com mais tranquilidade e conforto”, avaliou o secretário de Administração e Gestão de Pessoas do Recife, Marconi Muzzio.

Ricardo Dantas, secretário de Finanças do Recife, destacou a capacidade de gestão da equipe da Prefeitura do Recife para possibilitar a ação de valorização do servidor. "A antecipação do calendário de pagamento só foi possível graças as ações de incremento da receita própria e medidas de eficientização da despesa executadas pela gestão município", avaliou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

14/02


2020

Bloco das ilusões

Por Bruno Brennand

O filosofo irlandês Edmund Burke afirmou que: “Quem não conhece sua História está condenado a repeti-la”. Outro ensinamento vem do historiador Eduardo Galeano: “A história é um profeta com o olhar voltado para trás: pelo que foi, e contra o que foi, anuncia o que será”. Dito isso, em que pese particularmente não crer mais na força eleitoral do ex-presidente Lula, atualmente condenado por três instâncias judiciais por crimes diversos, pré-candidatos à Prefeitura do Recife flertam com o mesmo em busca de seu apoio.

Em sua última passagem pela capital pernambucana, o ex-presidente almoçou com um desses pré-candidatos, tendo ainda, jantado com outra pré-candidata, ambos com esperança de serem agraciados como candidato oficial de tal figura política. Parece-me que o fogo nos campos políticos já foi ateado há muito tempo e, talvez, agora que iniciamos ano eleitoral, as chamas estão mais evidentes e fortes.

Recordo-me de dois fatos que o finado Eduardo Campos costumava se gabar. A primeira era o fato de ter sido monitor na cadeira de estatística no início de seu curso de Economia. Sabia ler números, dados, comportamentos, tendências e pesquisas como ninguém. Seu cérebro funcionava como Big Data que vislumbrava com imensa antecedência cenários políticos e eleitorais.

Não eram bruxos nem mágicos, muito menos institutos de pesquisas que o fizeram vitorioso em sua caminhada que se encerrou no trágico acidente aéreo. Tinha faro, mas sabia usar a ciência como aliada. Falava muito: “Vou ganhar, isso não é palpite! É ciência! Você não confia em mim?” Foi assim quando foi candidato ao governo em 2006, quando resolveu lançar o técnico Geraldo Júlio candidato a prefeito do Recife em 2012, rompendo com o PT, e, também, em 2014, quando ele próprio transmitia confiança e segurança em sua candidatura presidencial naquele ano.

Merece destaque que, aqueles que se intitulam herdeiros do seu capital político, não possuem as virtudes que destaquei acima. Se limitam a reproduzir aquilo que as pesquisas sugerem, sem qualquer juízo crítico. Até cor da gravata é escolhida pela chamada pesquisa qualitativa. Se a pesquisa indica que é bom eleitoralmente se abraçar com o inimigo de outrora, assim o fazem sem qualquer pudor. Se no dia seguinte o neo-aliado voltou a ser inimigo, ameaças veladas são lançadas com profunda arrogância, tudo porque a pesquisa assim recomenda.

Curioso ver, por exemplo, que Eduardo estava bem mais à direita do que aqueles que buscam o título de filhos da esperança. De igual modo, Arraes tanto em 1962 com Paulo Guerra, em 1986 com Antônio Farias e em 1994 com Armando Monteiro Filho, buscou alianças com setores conservadores e de direita da política pernambucana. Parece-me que, ou desconhecem os fatos ou a opção de guinada à esquerda improdutiva e oportunista é mais estratégia eleitoral do momento.

Outro fato que fazia os olhos de Eduardo brilharem era narrar, quase como um conto de Ariano Suassuna, de como sua amizade com Lula se estreitou. Se os fatos não foram exatamente como se seguiram, se estão historiados demais, é certo que reproduzo com fidelidade o que por várias vezes me foi relatado pelo próprio Eduardo, inclusive diante de outros ouvintes.

Dizia ele que era apenas mais um deputado federal em Brasília. Morando só, pois sua família não se adaptara à morada no DF. Insistia com amigos que, porventura fossem à Brasília, que dormissem em seu apartamento funcional ao invés de se hospedarem em hotéis, pois era um 4 quartos com bastante espaço e só um dos cômodos ocupado. Eu mesmo tive a oportunidade de pernoitar algumas vezes em seu apê, que além do próprio Eduardo contava com a presença de seu motorista, seu Esmerino, e de sua esposa.

Eduardo já conhecia Lula, sobretudo pela relação que este tinha com seu avô, Dr. Arraes, mas não mantinham o que se chama de amizade íntima. Embora fosse o mais indicado para integrar o governo federal, ainda pesava contra ele o conhecido episódio dos “precatórios”, tanto que o PSB inicialmente indicou Roberto Amaral para o Ministério de Ciência e Tecnologia e, após ser inocentado pelo STF, o próprio Eduardo assumiu a referida pasta.

Antes disso, porém, certa noite, o ajudante de ordens do então presidente Lula, liga para Eduardo dizendo que o presidente o convidara para ir ao palácio da Alvorada para participar de uma confraternização com outros deputados. Eduardo pensou: “porque não?”, foi então ao referido encontro.

Lula tinha por hábito, ou estratégia, chamar vários deputados e senadores para bate papos, trocar ideias, se aproximar deles, e por isso fazia encontros informais no Alvorada.  Enquanto alguns parlamentares preferiam scotch 12 anos, outros vinhos do velho mundo, o presidente gostava mesmo de tomar aguardente, a famosa branquinha. Eduardo, que também era chegado numa branquinha, tomava seu whisky e entre uma dose e outra, também tomava uns goles de cachaça. A partir daí, os convites para esses encontros informais continuaram ocorrendo, e Eduardo então percebeu que a cada semana os convidados eram outros, novos parlamentares eram chamados, mas ele, permanecia sempre sendo convidado.

Virou uma espécie de companhia permanente, pois Lula enxergou nele não apenas um político promissor, mas um companheiro na degustação da bebida de sua preferência. Dizia que desenvolveu com ele uma relação quase de pai para filho. Tempos depois, costumeiramente quando Lula vinha ao Recife, era recebido na residência de Eduardo com algumas garrafas de Anísio Santiago, uma aguardente mineira, de tom amarelado, quase licorosa mesmo em temperatura ambiente, preferida de ambos. Pode-se dizer que a partir daqueles encontros informais em Brasília surgiu uma amizade profícua para o Estado de Pernambuco.

Justamente nos anos em que um ocupou a presidência e o outro o governo do Estado, Pernambuco viveu seu melhor momento político, econômico, social, e em tantos outros aspectos. Essa simetria governo federal e governo estadual não voltou a acontecer, sendo evidente os malefícios da ausência de alinhamento. Eduardo usou muito esse tipo de expediente. Era comum convidar deputados até mesmo de oposição para conversas no Palácio do Campo das Princesas ou até mesmo em sua casa em Dois Irmão para, entre um gole de scotch ou outras bebidas, trocarem ideias e impressões sobre cenários locais e nacionais. Duas presenças certas eram dos saudosos Guilherme Uchoa e Ettore Labanca. 

Mas quem conheceu de perto os fatos, sabe muito bem que o Lula sempre foi um vendedor de ilusões, um animal político cujas relações pessoais são tão tênues quanto fios de seda, salvo poucas exceções. Somente se aproxima de quem enxerga a possibilidade de tirar algum proveito e que obedeça fielmente a sua cartilha. Eduardo lhe foi útil para acalmar o congresso, sobretudo no fervor do Mensalão, tendo sido inclusive testemunha de defesa de José Dirceu a pedido do próprio Lula na CPI do Mensalão no Congresso.

Foi útil na eleição de Dilma em 2010, quando coordenou a campanha dela no Nordeste e assumindo coordenação geral de modo informal no segundo turno, quando os três porquinhos (zé Eduardo Dutra, já falecido, Zé Eduardo Cardoso e Antônio Palloci) batiam cabeça, e quase levam à derrota a candidata de Lula. Essa via de mão dupla também serviu para Eduardo, mas quando este resolveu se lançar candidato à presidência já em 2012, rompendo a aliança com o PT na capital Pernambucana, a “amizade” sofreu profundo abalo.

Na morte de Eduardo (Ariano indagaria: “morte morrida ou morte matada?”), não passou desapercebido o fato de que, enquanto Lula estava no velório abraçando a família enlutada, seu fiel escudeiro Francisco Rocha, o Rochinha do PT postava twitters questionando a titularidade do avião usado por Eduardo quando de seu falecimento, já o acusando de usar laranjas para a aquisição ou uso da referida aeronave, episódio que culminou com a chamada operação turbulência desencadeada pela Policia Federal. Dizem que políticos não tem amigos, tem interesses. E aí eu pergunto, qual desses pretendentes à prefeitura do Recife melhor representará os interesses do ex-presidente condenado? E mais ainda, esses interesses são os que minha cidade necessita? Respondo firmemente que, a meu ver, não.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

14/02


2020

Tonca quer PF de Brasília fazendo sua proteção

Nota oficial

Com referência ao pedido de proteção feito na última terça-feira à Polícia Federal, reiterei o mesmo a PF de Pernambuco que, embora tenha havido determinação do ministro Sérgio Moro, até a tarde de hoje, não fez qualquer contato com a minha pessoa.

A reiteração também é feita em razão de ter sido procurado, no início da tarde de hoje, pelo Coronel Meira que relatou fatos e fez declaração sobre “monitoramento” que a minha pessoa e a dele estaria sofrendo, por “polícia política”, do atual Governo do Estado.

Acabo de comunicar tal fato também ao Ministério Público Federal e ao ministro Sérgio Moro, inclusive solicitando, que o caso, se necessário, seja avocado para o Núcleo Especial em Brasília da Polícia Federal. 

Recife, 14 de fevereiro de 2020

Antônio Ricardo Accioly Campos - presidente da Fundaj 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

14/02


2020

Lóssio beija a pedra do poder contra FBC

Até então adversário figadal do PSB, o ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (PSD), aceitou abrir diálogo com o PSB para derrotar o grupo político do líder do Governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB).

Deixou as indiferenças de lado até com o governador Paulo Câmara, que negou pão e água na sua gestão em Petrolina, quando antecedeu Miguel Coelho, prefeito, que quer derrotar a qualquer custo, até numa composição com o PSB.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/02


2020

Caso Rodolfo: a versão da TV Jornal

Confira a nota emitida pela TV Jornal Caruaru na época do desligamento de Fernando Rodolfo.

Nota

O nosso apresentador do Por Dentro (programa local), Fernando Rodolfo, foi assediado por um partido para ser candidato a deputado federal e estávamos monitorando isso desde abril de 2018, havíamos dado um prazo para que ele tomasse a decisão e, após uma longa conversa, tomamos a decisão de desligá-lo em comum acordo, até para proteger nossos valores éticos, nossa credibilidade e imparcialidade.

Para Fernando Rodolfo, desejamos boa sorte.

Carlos Humberto

Diretor Executivo SJCC Interior


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/02


2020

Rodolfo diz que governador forçou sua saída da TV

Caro Magno,

Com relação à nota publicada em sua coluna hoje, desconheço qualquer movimentação acerca de troça carnavalesca. Ao contrário disso, pesquisas publicadas recentemente mostram que minha avaliação positiva é muito maior do que a negativa.

Sobre meu processo de demissão da emissora de televisão onde trabalhei até junho de 2018, me causa surpresa o seu julgamento, afirmando que minha versão dos fatos não é verdadeira.

Disse na ocasião e repito aqui: o administrador da emissora disse categoricamente: “Doutor João Carlos mandou você aliviar o tom para o governador”, ordem que decidi não obedecer. Caso a emissora negue essa versão, sugiro levar o caso à justiça onde apresentarei as provas necessárias para provar o que falo.

Fernando Rodolfo – deputado federal pelo PL


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/02


2020

Unale entregará troféu do Prêmio Assembleia Cidadã

Na próxima semana, a Unale entregará o troféu da 1ª edição do Prêmio Assembleia Cidadã, realizada em 2019, que contemplou os melhores projetos que humanizam os serviços prestados pelo Poder Legislativo Estadual. A premiação visa incentivar a modernização dos processos legislativos, o atendimento humanizado ao cidadão e a melhoria da sociedade.

Eleitas pelos participantes da 23° Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE), em Salvador/BA, as Casas Legislativas dos estados do Rio Grande do Norte, Pernambuco e Espírito Santo, venceram nas categorias, Projetos Especiais, Gestão, Atendimento ao Cidadão, respectivamente.

A entrega de troféus ocorrerá no dia 18 de fevereiro na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALERN), no dia 19 de fevereiro na Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE) e, em data posteriormente definida do mês de março, na Assembleia Legislativa do Espírito Santo (ALES). Além do troféu transitório, os vencedores receberão o Selo Assembleia Cidadã e o valor de 20 mil reais para ampliação dos projetos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/02


2020

Morre esposa do ex-prefeito de Angelim

Blog do Roberto Almeida

Morreu, na noite de ontem, no Recife, a ex-primeira dama de Angelim, Ione, esposa de Samuel Salgado, que foi prefeito do município do Agreste Meridional em três oportunidades. Ione, com pouco mais de 60 anos, foi vítima de um tumor na cabeça, chegou a ser operada, mas não resistiu.

Samuel, que o ano passado perdeu o seu irmão Clóvis, agora fica sem a sua companheira de tantos anos, que esteve com ele nos momentos mais importantes de sua vida. O prefeito Douglas Duarte, sobrinho de Samuel Salgado, deve decretar luto oficial no município pela morte da ex-primeira dama.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha