Faculdade de Medicina de Olinda

09/04


2014

Professores do Araripe criticam Eduardo em carta aberta





















Professores da rede estadual de ensino do Sertão do Araripe divulgaram, nesta quarta-feira (9), carta aberta ao ex-governador Eduardo Campos (PSB), criticando, entre outros pontos, a decisão da Secretaria de Educação de Pernambuco, ainda sob sua chefia, de exonerar Juscileide Lopes da função de gestora da GRE do Araripe, mesmo diante da aprovação dos docentes e bons resultados apresentados, uma decisão, segundo a carta, provavelmente tomada com fins eleitoreiros.

O grupo de professores questiona ainda o conceito de “nova política” propagado pelo agora pré-candidato do PSB à Presidência da República, ao dizer que “substituir o processo da meritocracia pela estrita indicação política não nos parece ser uma prática condizente com esses dizeres”.

Leia, na íntegra, a carta enviada pelos professores do Sertão do Araripe ao ex-governador Eduardo Campos:

“Estimado ex-governador e pré-candidato à Presidência da República Eduardo Campos.

No último dia 4, nós, professores da rede estadual de ensino do Sertão do Araripe, fomos negativamente surpreendidos com a exoneração da professora Juscileide Lopes da função de gerente da GRE de nossa região.

Devemos ressaltar que a escolha de Juscileide Lopes como gestora atendeu ao critério técnico - sendo uma escolha direta da Secretaria Estadual de Educação - e que a mesma, em menos de nove meses, conseguiu desenvolver um trabalho consistente e que vinha devolvendo a nós, profissionais da educação, a autoestima para com o nosso ofício.

Quando vimos uma professora competente, sem apadrinhamento político, ser designada a função de gestora da GRE, sentimos que a educação de Pernambuco efetivamente estava sendo transformada na sua essência. No entanto, esse sentimento foi substituído pelo da frustração ao vermos um cargo tão relevante ser usado como moeda de troca para fins eleitoreiros.

Ressaltamos nosso reconhecimento aos seus esforços em mudar para melhor a educação durante estes sete anos e quatro meses em que o senhor esteve a frente do Governo de Pernambuco. Todavia, manifestamos o nosso descontentamento com essa modificação, feita em silêncio, no último instante do mandato e sem a concordância da esmagadora maioria de quem conhece a realidade local.

O senhor tem falado sempre no conceito da ‘nova política’ e precisamos dizer que substituir o processo da meritocracia pela estrita indicação política não nos parece ser uma prática condizente a estes dizeres e, sobretudo, a forma como senhor sempre tratou a educação e a coisa pública.

Professores da Rede Estadual de Educação.”


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

ANTONIO JOSE DE ASSIS JUNIOR

Educação não anda e os professores não votam em Dudu. Saúde privatizada e continua um caos e os profissionais da saúde não votam em Dudu. Como explicar isso tudo na campanha? Talvez maquiando como no caso da escola particular que apareceu no guia como sendo do estado?

Adilson

No Ranking dessa mesma fonte, Pernambuco desponta em 25º lugar. Taí o endereço: http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/es-tem-melhor-educacao-do-brasil-segundo-pisa-veja-lista

Adilson

Linguagem corrente é dizer que a educação no Brasil é ruim mas, em Pernambuco é boa. Como se consegue isso? Não é o que diz os dados. Basta procurar em http://exame.abril.com.br/ Ranking 03/12/2013

weltgeist da silva

Se a população ficar mais "sabidinha" vai acabar tomando conhecimentos de fatos que denigrem essa gente. Com o povão "sabidinho" aquela história do TCU não teria acontecido.

weltgeist da silva

Ele detesta: professores, funcionários públicos, velhinhos, aposentados, bolsistas e emergentes da classe C


Governo de PE

09/04


2014

Zé Nivaldo Jr. lança "O Julgamento de Deus" em Brasília

Começa daqui a poucos minutos, em Brasília, o lançamento do livro "1964 - O Julgamento de Deus", do publicitário e escritor pernambucano José Nivaldo Júnior. O evento será realizado no Salão Nobre da Câmara dos deputados.

O livro, um romance sobre os primeiros meses do Golpe militar, escrito com ironia, humor e suspense, aborda também temas polêmicos da época e de hoje.Tem atraído atenção da imprensa nacional e obtido pareceres favoráveis de alguns dos mais respeitados críticos nacionais.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Governo de PE

09/04


2014

Zé da Luz sinaliza apoio a Armando Monteiro














Blog do Roberto Almeida.

O ex-prefeito de Caetés, Zé da Luz (PHS), pode ser o próximo político de peso no estado a anunciar apoio à candidatura de Armando Monteiro (PTB) ao Governo de Pernambuco. O humanista deixou claro nesta quarta-feira (9) que está muito próximo de selar um acordo com o senador petebista, com quem já teve duas longas conversas na capital pernambucana.

Zé da Luz explica que se vier a oficializar apoio a Armando será para atender um pedido do ex-presidente Lula (PT), de quem, segundo ele, sempre foi próximo. O ex-prefeito disse que conversou com assessores do líder petista e também com o senador Humberto Costa e o ex-vereador recifense Dílson Peixoto, duas vozes de prestígio dentro do Partido dos Trabalhadores.

Além das afinidades com a legenda petista, Zé da Luz ressaltou que, em sua opinião, Armando Monteiro é o candidato mais preparado para governar o estado e pode vir a fazer uma excelente gestão, possibilitando um maior crescimento de Garanhuns e de todo o Agreste Meridional.

O ex-prefeito também não esconde um pouco de mágoa do PSB pelo tratamento que recebeu nos últimos anos. Apesar de sempre ter sido fiel a Arraes e Eduardo Campos, não recebeu apoio dos socialistas nas duas eleições que disputou em Garanhuns. “Tive 20 mil votos com Ana Arraes em 2010, quando fui candidato a deputado estadual, e depois não recebi nada em troca. Prometeram que puxariam o deputado Adalberto Cavalcanti para o secretariado, para que eu assumisse a cadeira na Assembleia Legislativa, mas nunca cumpriram”, lamentou.

Questionado sobre seu posicionamento diante do surgimento de possíveis críticas, Zé da Luz afirmou não ter medo de ser chamado de incoerente ou oportunista, caso venha a ficar com Armando Monteiro. “Se eu ficar com o senador estarei apoiando o candidato de Lula. Incoerente é Eduardo, que deixou o seu grupo político sem uma explicação convincente”, argumentou. “Só fico com o PSB se eles me derem condições de eleger o meu estadual na região do Agreste Meridional”, completou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Douglas Alencar

Onde está o peso deste político, só se for nos volumes de papeis dos processos que ele responde!!!!

Conceição

Acho que o poste dessa "Luz" está caído!

Jose Jeremias dos Santos

Cada palavra desse peso pesado da politica agrestina mostra a grandeza de sua insignificancia."So fico com o PSB se eles me .."

R.Soares

o cara foi prefeito de sua cidade por diversas vezes, tem prestigio sim

maristela cavalcanti

Minha nossa! desde quando o zé da luz é de peso? Façamos uma busca em Caetés pra ver de fato a sua herança adininstrativa.


Prefeitura do cabo

09/04


2014

Professores de São Lourenço da Mata deflagram greve
















Os professores da rede municipal de ensino de São Lourenço da Mata decidiram por unanimidade, na tarde de ontem (8), em assembleia geral, deflagrar greve, a partir de hoje, por tempo indeterminado. De acordo com nota enviada pelo Sindicato Único dos Profissionais do Magistério Público das Redes Municipais de Ensino do Estado de Pernambuco (Sinduprom-PE), estão paralisadas todas as atividades educacionais da categoria.

Ainda segundo o documento assinado pela diretoria do sindicato, os docentes irão ocupar a sede da prefeitura, no intuito de só saírem quando obtiverem respostas “satisfatórias às reivindicações”.

“Vemos a necessidade de reabrirmos a mesa de negociação e buscarmos uma saída para sairmos do impasse, em prol de uma educação democrática, laica e de verdadeira qualidade”, diz trecho da nota.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


09/04


2014

Candidata ao TRF5 critica presidência da OAB-PE

Candidata à vaga aberta pela aposentadoria da desembargadora Margarida Cantarelli no Tribunal Regional Federal da Quinta Região (TRF5), a advogada Virgínia Pimentel diz não acreditar no veto do presidente da seccional pernambucana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PE), Pedro Henrique Reynaldo, ao seu nome, como tem circulado no meio jurídico.

Comenta-se que Pedro Henrique defende outro nome para a vaga, que será ocupada através do Quinto Constitucional – regra da Constituição Federal que prevê a convocação direta de advogados para os tribunais sem que tenham sido magistrados.

“Seria uma atitude que deslustraria  o conceito da OAB, pois esse é um caso que não comporta partidarização. A ordem deve, sim, estimular a participação de quantos advogados forem capacitados, mas nunca tomar partido, seja contra ou a favor de algum deles”, disse Virgínia, que já atuou nas altas esferas jurídicas das prefeituras do Recife e Ipojuca.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

FIDEL DE ALMEIDA

Tenho o maior respeito pelo trabalho da dra. Virgínia Pimentel. Trabalhei com Ela na procuradoria da prefeitura do Ipojuca. Posso afirmar que ela é competente, trabalhadora, íntegra e dedicada.

Vladimir Lacerda Melquíades

Fui colega de Virgínia Pimentel na UFPE. Dizer que ela é séria é pouco. Ela é coerente e profissional da maior integridade. Não somos amigos, fomos colegas, dou esse testemunho por que é a verdade.


Prefeitura de Abreu e Lima

09/04


2014

Senado volta a tratar de impasses na CPI da Petrobras



























Estadão Conteúdo.

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado reabriu na manhã desta quarta-feira (9) a sessão em que deve ser discutido e votado o recurso a respeito da abrangência da CPI da Petrobras. A reunião foi suspensa ontem à tarde pelo presidente do colegiado, Vital do Rêgo (PMDB-PB), por causa da abertura da pauta de votações do plenário.

Na ocasião, apenas o relator do recurso, senador Romero Jucá (PMDB-RR), votou, concordando com o pedido dos governistas de se fazer uma CPI "ampliada" da Petrobras. Mas, embora tenha defendida a instalação imediata da comissão parlamentar, sugeriu no parecer que o Senado consulte o Supremo Tribunal Federal (STF) a respeito do alcance da comissão.

Na semana passada, a senadora e ex-ministra Gleisi Hoffmann (PT-PR) impugnou a abrangência do pedido de CPI apresentado pela feita pela oposição, que previa a apuração de quatro fatos que envolvem a Petrobras.

O líder do PSDB no Senado, Aloysio Nunes Ferreira (SP), por sua vez, questionou o pedido de CPI proposto pela base aliada que abrange, além dos pedidos da CPI da oposição, fatos ligados a governos do PSDB e do PSB. Os dois partidos devem enfrentar, com Aécio Neves e Eduardo Campos, a presidente Dilma Rousseff nas eleições de outubro.

Renan Calheiros rejeitou os dois pedidos, mas mandou sua decisão para ser avaliada pela CCJ.

Na sessão de ontem, a oposição protestou contra o voto do relator. O provável candidato do PSDB, senador Aécio Neves (MG), comparou um eventual posicionamento do Senado em favor da CPI proposta pela base aliada a um "AI-5" do Congresso Nacional. O ato institucional, baixado em 1968 pela ditadura militar, permitiu a cassação de mandatos parlamentares e acabou com o habeas corpus. "É análogo àquilo que estamos fazendo hoje. Tirar da minoria a prerrogativa de investigar é extirpar, é ferir de morte o parlamento e a sua atuação", afirmou.

O tucano defendeu que, se a decisão "equivocada" do presidente do Senado for aceita, a maioria vai poder pedir a criação de CPI com até 80 temas. Segundo ele, o Congresso está diante da "ditadura da maioria".

Aécio disse ainda que não há da parte do governo a intenção de investigar a Petrobras. Querem apenas adiar as apurações. "A base governista tem a maioria necessária para apresentar uma CPI para iniciar efetiva e rapidamente a discussão sobre os temas".

Os oposicionistas recorreram ontem ao Supremo Tribunal Federal (STF) para garantir o direito à instalação da CPI proposta por eles. O mandado de segurança está nas mãos da ministra Rosa Weber.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ataufo Tavares

P PT DEVIA INCLUIR TAMBÉM NA CPI O CASO DE ROSEMARY, MATAVA OS DOIS RATINHOS EM UMA CAJADADA SÓ. ELA É RECORDISTA EM VIAGENS DE AVIÃO, INCLUSIVE PARA PORTUGAL.

R.Soares

pq a oposiçao tem medo de uma cpi sobre o cartel do metro SP e porto de suape,

castelo branco guimarães

ATAÚLFO DIA CINCO DE OUTUBRO E DIA DE ATAQUE NÃO ESQUEÇA DO CARDIOLOGISTA LULA DILMA

Ataufo Tavares

TANTA CORRUPÇÃO. O PT PASSARÁ, LULA MORRERÁ, MAS TERÃO FEITO TANTO MAL AO BRASIL QUE A RECUPERAÇÃO SERÁ MUITO DIFÍCIL. O PT ENSINA A APERFEIÇOA A CORRUPÇÃO.

Ataufo Tavares

O CONGRESSO NACIONAL, LIBERADO POR UM LESA-PÁTRIA COMO RENAN CALHEIROS, QUE JÁ RENUNCIOU A PRESIDÊNCIA DO SENADO, TEM UM DIPLOMA DE CORRUPTO EM CADA CANTO DO SEU ESCRITÓRIO, É SEM DÚVIDA A ALEGRIA DO GOVERNO. PAÍS RICO, É PAÍS SEM CORRUPÇÃO. O PT E O GOVERNO FEDERAL ENVERGONHAM OS BRASILEIROS COM


Magno coloca pimenta folha

09/04


2014

Alepe inicia discussões sobre crise no sistema elétrico
















Foi instalada, no final da tarde de ontem (8), a comissão especial da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) designada para discutir a crise energética no país. Na sessão de abertura, comandada pelo autor da proposta, deputado estadual João Fernando Coutinho (PSB), os integrantes do colegiado demonstraram preocupação com os problemas na geração de energia no Brasil e destacaram que é preciso apontar caminhos para evitar o colapso no setor.

A reunião ocorreu no Plenarinho III da Alepe e contou com a participação dos membros titulares da comissão, os deputados Tony Gel (PMDB), Antônio Moraes (PSDB) e Clodoaldo Magalhães (PSB).

Escolhido como presidente do colegiado, João Fernando falou da necessidade de apresentar esclarecimentos à sociedade. "Esperamos oferecer informações para que a população entenda a grande dificuldade que o país vem atravessando e o problema que isso traz à economia de Pernambuco", afirmou.

A grande preocupação externada pelos membros da comissão é que o Governo Federal não vem apresentando alternativas para o setor, realizando apenas ações paliativas, que, destacam, não resolvem a situação, além de ferir diretamente a economia brasileira.

A próxima reunião da comissão deverá contar com o chefe do escritório regional do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), além de representantes da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), bem como da Chesf e dos sindicados dos postos de gasolinas e produtores de cana-de-açúcar. A data ainda será definida.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Adilson

O pessoal do PSB de Pernambuco que comandou a CHESF até OUT/NOV do ano passado, também vai participar dessa comissão??? Irão dizer que não conseguiram fazer os investimentos necessários ao sistema, ou vão dizer que o sistema tá ótimo??????


Prefeitura de Limoeiro

09/04


2014

Dias Toffoli é eleito presidente do TSE




























G1.


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Antonio Dias Toffoli, foi eleito, na noite de ontem (8), presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e vai comandar a Justiça Eleitoral durante a campanha e as eleições de outubro deste ano. O vice-presidente do tribunal vai ser o ministro Gilmar Mendes.

A votação foi simbólica e confirmou a tradição do TSE de eleger como presidente o ministro do STF cujo mandato na Corte Eleitoral se iniciou há mais tempo – Toffoli é ministro titular do TSE desde maio de 2012.

Dos sete ministros titulares do TSE, três são ministros do STF. Todos podem ficar até quatro anos na Corte Eleitoral.

Além de Toffoli, os atuais integrantes são Gilmar Mendes, que tomou posse no TSE em fevereiro deste ano, e Marco Aurélio Mello, atual presidente e cujo mandato de quatro anos se encerra no mês que vem. No lugar de Maro Aurélio Mello, tomará posse como ministro titular Luiz Fux.

Após ser eleito, Toffoli elogiou Marco Aurélio Mello. "Registro a alegria de receber a presidência da Corte de vossa excelência, a quem aprendi a admirar", afirmou Toffoli.

Marco Aurélio informou que enviaria um ofício a Toffoli para a criação de uma equipe de transição para a continuidade dos trabalhos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

weltgeist da silva

qua qua qua qua ... que belo curriculo esse cara tem. Além do mais.... detesta a imprensa. Noblat que o diga.

Renato Santos

O bandido tucano Gilmar Mendes foi escolhido para presidir o STF e todo mundo ficou calado. Tem gente com memória seletiva.

joao carlos da silva

AGORA É FESTA PARA OS MENSALEIROS. EITA PAÍS IMORAL.

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

QUE MERDA !!! UMA RAPOSA PARA TOMAR CONTA DOS OVOS ...


Banner de Arcoverde


Warning: PHP Startup: Unable to load dynamic library '/opt/cpanel/ea-php56/root/usr/lib64/php/modules/mcrypt.so' - /opt/cpanel/ea-php56/root/usr/lib64/php/modules/mcrypt.so: cannot open shared object file: No such file or directory in Unknown on line 0