Congresso Nordestino de Educação Médica

20/12


2012

Para 62%, Vado da Farmácia fará boa gestão no Cabo



A população do Cabo está confiante no sucesso da gestão do prefeito eleito Vado da Farmácia (PSB). Segundo pesquisa do Instituto Opinião, 62% acreditam que ele vai se sair bem e apenas 16,8% disseram que não, enquanto 21,2% não responderam ou disseram que não sabiam responder.

O maior percentual de confiança no socialista está concentrado no eleitorado jovem, entre 16 e 24 anos – 70,9%. Em seguida vem o eleitorado na faixa etária de 25 a 34 anos – 65,4%. Já entre os que têm de 35 a 44 anos, a taxa de confiança é de 62,3%. Entre os que estão na faixa etária de 45 a 59 anos, esse percentual cai para 58,4%.

O menor grau de confiança está entre os eleitores na faixa etária acima de 60 anos – 52,2%. Na zona urbana, os que acreditam no sucesso de Vado são bem maiores dos residentes na zona rural – 60,2% e 78%, respectivamente. Por sexo, os homens estão mais confiantes – 67,2% contra 56,3% das mulheres.

Apoiado pelo prefeito Lula Cabral, Vado da Farmácia obteve 54,32% dos votos válidos, tendo 63.336 votos contra 52.098 do tucano Betinho Gomes, seu principal adversário. Batata, do PSOL, terceiro candidato, teve apenas 1.164 votos, 1% dos votos válidos. Dos 147.746 eleitores do Cabo 116.598 foram às urnas, resultado num comparecimento de 86,04%.

METODOLOGIA

No Cabo, na Região Metropolitana, a 30 km do Recife, o Instituto Opinião ouviu 500 eleitores entre os dias 17 e 18 deste mês na área urbana e rural do município, com margem de erro de 3,7 pontos percentuais para mais ou para menos.

A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. Foram realizadas entrevistas pessoais e domiciliares.

As entrevistas foram realizadas por duas equipes de entrevistadores, devidamente treinadas para abordagem desse tipo de público; supervisionadas pelos coordenadores de campo da OPINIÃO – Pesquisas Sociais Ltda.

As entrevistas foram realizadas nos seguintes bairros: Bom Conselho, Centro, Charneca, Charnequinha, COHAB, Destilaria, Engenho Ilha, Enseada dos Corais, Gaibu, Garapu, Itapoama, Malaquias, Nossa Senhora do Rosário, Novo Horizonte, Paiva, Pirapama, Ponte dos Carvalhos, Pontezinha, Santo Inácio, São Francisco, Suape, Vila Roca e Vila Social Contra Mocambo.

E com os moradores da zona rural foram realizadas nas seguintes localidades: Bom Jesus, Jussaral e Usina Maria das Mercês.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/12


2012

Lula encerra ciclo de 8 anos no Cabo com 64% de aprovação



O prefeito do Cabo, Lula Cabral (sem partido), encerra a gestão de oito anos no município com 64% de aprovação, segundo pesquisa do Instituto Opinião contratada com exclusividade por este blog. Entre os 500 eleitores entrevistados, apenas 26,8% reprovam e 9,2% não souberam ou não quiseram responder.

O maior percentual de aprovação de Cabral está entre os eleitores na faixa etária de 35 a 44 anos – 68,4%. Depois vêm os eleitores na faixa etária entre 25 e 34 anos – 65,7%, enquanto 63,4% dos que estão na faixa etária entre 45 a 59 anos também aprovam. Já entre os eleitores jovens, a taxa de aceitação é de 60,4%.

Por sexo, Lula Cabral é mais aprovado entre os homens – 66% contra 61,8% das mulheres. Um dado interessante é que a aprovação entre os eleitores da zona rural com os que residem na parte urbana da cidade está no mesmo patamar – 64%.

Entre os que desaprovam, o maior grau de insatisfação é observado entre os eleitores jovens, na faixa etária de 16 a 24 anos – 30,2%. A pesquisa foi a campo entre os dias 16 e 17 deste mês, abrangendo um universo de 500 eleitores na zona rural e na área urbana, com margem de erro de 3,7 pontos percentuais para mais ou para menos.

Sobre o nível de satisfação, 48,6% disseram que está aumentando, 38,8% que continua igual e apenas 11,6% afirmaram que está diminuindo.

Para 64%, a cidade do Cabo está andando para frente e 28,2% disseram que está parada, enquanto 7% afirmaram que está andando para trás. Entre os entrevistados, 59% disseram que Lula atendeu e resolveu os problemas parcialmente.

Já 11% disseram acham que ele resolveu totalmente os problemas e 28,2% afirmaram que não. Por áreas avaliadas, a que envolve obras com asfalto, calçamento e estradas é que detém o maior percentual de satisfação por parte da população – 32,2%.

Por ordem, as demais áreas estão assim avaliadas: geração de emprego (17,6%), educação (13,2%), saneamento (5%), assistência social (4%), saúde (3,6%), habitação e moradia (3%), lazer (2,8%), transportes (2,4%), segurança (1,8%) e agricultura (0,4%).

Para 56,6%, o prefeito criou parcialmente as condições necessárias para o município crescer, 21,4% disseram que isso se deu totalmente e 20,2% afirmaram que não. Com a gestão de Cabral, o Cabo melhorou para 60,2% dos entrevistados.

Os que acham que continuou igual são 29,4% e apenas 9% disseram que piorou. Quanto aos aspectos pessoais, o prefeito é simpático para 55,8% e antipático para 23,6%, enquanto 20,6% não souberam responder.

Para 46,2%, Cabral é honesto e 14,8% disseram que ele é desonesto. O prefeito é trabalhador para 74,6% dos entrevistados e não trabalhador para 18%. Quanto às promessas, 54,8% disseram que o prefeito as honra e 29,8% afirmaram o contrário, enquanto 15,4% não souberam responder.

Entre os entrevistados, 54,5% acham o prefeito é confiável e 24,2% não confiável. Lula é presente para 50,2% e ausente para 42%. Já 52,2% o acham prestativo e 30,6% não prestativo, enquanto 76,4% o consideram capaz e 16% incapaz.

Mas quando perguntados se gostam do prefeito, 62,4% disseram que sim e 16,2% que não, enquanto 21,4% não quiseram ou não souberam responder.

METODOLOGIA

No Cabo, na Região Metropolitana, a 30 km do Recife, o Instituto Opinião ouviu 500 eleitores entre os dias 17 e 18 deste mês na área urbana e rural do município, com margem de erro de 3,7 pontos percentuais para mais ou para menos.

A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. Foram realizadas entrevistas pessoais e domiciliares.

As entrevistas foram realizadas por duas equipes de entrevistadores, devidamente treinadas para abordagem desse tipo de público; supervisionadas pelos coordenadores de campo da OPINIÃO – Pesquisas Sociais Ltda.

As entrevistas foram realizadas nos seguintes bairros: Bom Conselho, Centro, Charneca, Charnequinha, COHAB, Destilaria, Engenho Ilha, Enseada dos Corais, Gaibu, Garapu, Itapoama, Malaquias, Nossa Senhora do Rosário, Novo Horizonte, Paiva, Pirapama, Ponte dos Carvalhos, Pontezinha, Santo Inácio, São Francisco, Suape, Vila Roca e Vila Social Contra Mocambo.

E com os moradores da zona rural foram realizadas nas seguintes localidades: Bom Jesus, Jussaral e Usina Maria das Mercês.

Veja a seguir: a expectativa da população do Cabo em relação ao prefeito eleito


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/12


2012

Coluna da quinta-feira

       O legado dos Joãos

Tem muita gente contando o tempo. Faltam apenas 11 dias para João da Costa (PT) deixar a Prefeitura do Recife. Para sofrimento do recifense, 11 dias representam uma longa espera, uma eternidade. Nunca a cidade viveu um ocaso tão latente.

Nunca se viu tanto abandono, sujeira, descaso, negligência e bagunça. O rei está nu. Não manda em nada, é desleixado e descomprometido. A cidade está maltratada, sofrida, precisando de uma intervenção cirúrgica urgente.

Nada funciona, nem mesmo os serviços essenciais. Para onde se olha só se vê lixo, buracos, ruas com esgoto a céu aberto, retrato da incompetência, marca do prefeito.

Que é - vale a ressalva - a pior herança deixada pelo ex-prefeito João Paulo, que mandou votar nele vendendo uma mentira, a de que “João era João”. Antes mesmo de tomar posse, João não atendia nem os telefonemas do padrinho. João, o ex, foi enganado.

E deixou o Recife se enganar, fez a cidade entrar numa fase de melancolia, para não dizer agonia. O Recife foi tão maltratado que está na UTI, um doente crônico, a espera do milagre da salvação prometida pelo socialista Geraldo Júlio.

Ninguém hoje tem orgulho do Recife, mas vergonha e dó. Mas João da Costa não é o único culpado. João Paulo, o seu tutor, não pode ficar impune. Foi ele que abonou a ficha de Costa e fez o Recife sangrar e cair na UTI.

O povo, entretanto, precisa avivar a sua memória.  Se as coisas mudarem com Geraldo mais na frente ter a consciência de que este quadro deplorável e vergonhoso de hoje, é um legado dos dois Joãos, especialmente de João Paulo, que ainda sonha em voltar a governar a cidade apostando no insucesso de Geraldo.

MANIPULAÇÃO – Candidato mais votado na eleição para prefeito de Água Preta, o empresário Armando Souto, do PDT, ficou uma arara quando soube que o Tribunal Regional havia ignorado a decisão da juíza do município para realização de uma nova eleição, diplomando o prefeito Eduardo Coutinho. “Eles já diziam abertamente na cidade que o TRE faria o que eles quisessem”, diz Souto, referindo-se ao prefeito e ao seu filho, o deputado João Fernando Coutinho, ambos do PSB.

Jogou a toalha - Vereador mais votado no Recife, o peemedebista André Ferreira não disputará mais a presidência da Câmara, que passa a ser comandada a partir de 1 de janeiro pelo socialista Vicente André Gomes. Ferreira queria bater chapa, mas foi aconselhado pelo prefeito eleito Geraldo Júlio a não entrar em aventura.

Sinal de rompimento - Quando disse que a pauta da microeconomia está esgotada e que o consumo não terá a mesma importância dos últimos seis anos, na entrevista ao Estadão, o governador Eduardo Campos anunciou o seu rompimento com Dilma. A pauta do consumo, na verdade, é a redução do IPI para eletrodomésticos da linha branca, que na prática não aumenta mais o consumo, porque a demanda esgotou e não impulsiona o desenvolvimento.

NE paga a conta - A presidente Dilma prorrogou por mais seis meses o IPI reduzido para os produtos da indústria de linha branca um dia após receber uma dura crítica do governador Eduardo Campos (PSB). Na prática, o ano novo começa com perspectivas de vacas magras para os Estados e Municípios, que vêm sofrendo com o corte nas transferências constitucionais.  

Prefeito fujão - O prefeito de Toritama, Flávio Lima (PSD), fugiu da cidade depois que os servidores promoveram, ontem, um quebra-quebra por causa do atraso de salário. Ele deve dois meses e mais o 13º salário, uma vergonha! Encerra a gestão como o pior prefeito do município, porque  misturou o público com o privado.

 

 

 

CURTAS

DIPLOMADO– O prefeito eleito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB), foi diplomado, ontem, juntamente com os vereadores eleitos. Patriota sucede ao prefeito Totonho Valadares e gerou uma grande expectativa. Segundo pesquisa do Instituto Opinião, 71% acham que ele fará uma boa gestão.

EM GRAVATÁ– Quem também recebeu, ontem, o diploma da justiça eleitoral em clima de muita festa foi o prefeito eleito de Gravatá, Bruno Martiniano (PTB), que acabou com a oligarquia no município sob o comando do coronel Joaquim Neto, do PSDB.

PERGUNTAR NÃO OFENDE – Os governadores do Nordeste reagirão à presidente Dilma de prorrogar a redução do IPI por mais seis meses?

''A estultícia é alegria para o que carece de entendimento, mas o homem entendido anda retamente''. (Provérbios 15:21)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio

já disse, vá guardando as passagens pra visitar teus companheiros na Papuda..KKK

milton tenorio

Ô macho desinformado!KKKKKk

altamir jose bezerra rodrigues

Ilirio,milton é garoto de recado e tropa de choque de magno,portanto,desconsidere o comentário.

Wellington Antunes

O ex-cargo comissionado da Prefeitura de Jaboatão e que frequenta esse Blog tá estressado com essa notícia. Apenas reproduzi uma manchete deste Blog e ele ficou nervoso. Ele deve ter lido o post mas deveria ter feito o seguinte comentário: "Boa notícia Magno..Jaboatão agradece...."

Eduardo Ferreira

O então prfeito João Paulo, empurrou de goela abaixo o João da Costa e deu nisso. Candidatura imposta, resulta em governo ruim, medíocre.



20/12


2012

''Brasil não é a República da Rosemary'', diz Sérgio

 O presidente nacional do PSDB, deputado Sérgio Guerra (PE), reiterou nesta quarta-feira sua posição favorável à investigação de denúncias que envolvem diretamente o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Negando haver uma ''campanha difamatória'' contra Lula, Guerra criticou a mobilização da militância petista para evitar a apuração de denúncias envolvendo o ex-presidente.

''O Brasil não é a República da Rosemary'', afirmou em nota, citando a ex-chefe do gabinete da Presidência da República em São Paulo, Rosemary Noronha, investigada pela operação Porto Seguro, da Polícia Federal.

Guerra criticou veementemente eventuais ações para proteger o ex-presidente. ''Essa ''mobilização'' para evitar a investigação de fatos suspeitos é uma fraude e não honra o passado de ninguém''. Clique aí ''Brasil não é a República da Rosemary'', diz presidente do PSDB e leia mais sobre nota se Sérgio Guerra)   Do portal Terra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JORGE GUERREIRO

Ôh RA-IMUNDO, o BRASIL nem é a Republica dos ANÕES do orçamento, nem tampouco dos MENSALEIROS que o PTralha LUIZ INÁCIO implantou no País. Fora BANDIDOS!!!

azevedo

Sérgio Guerra: uma inteligência à procura de um caráter, segundo Cristina Tavares

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

Esses políticos pensam que cabelo branco é sinal de homem honrado. Pau que nasce torto morre torto e quem nasceu ladrão morre roubando.

milton tenorio

..inocentado diga-se de passagem, pelos colegas da Câmara e pela opinião pública..

milton tenorio

Sergio foi inocentado naquela época...deixe de ser leviano...diferentemente dos aloprados já condenados...e dos que continuam impunes..



20/12


2012

Maia ameaça reter réus na Câmara impedindo a prisão

 Em conversas reservadas que manteve com líderes partidários na noite passada, o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), (foto ao lado)informou que não deixará sem resposta uma eventual decretação da prisão dos três deputados condenados no julgamento do mensalão. Disse que cogita inclusive abrir o prédio da Câmara durante o recesso parlamentar para abrigar os três mensaleiros com mandato: João Paulo Cunha (PT-SP), Valdemar Costa Neto (PR-SP) e Pedro Henry (PP-MT). Nessa hipótese, havendo a expedição de mandados de prisão, o cumprimento seria inviabilizado, já que policiais federais e civis são proibidos de atuar nas dependências do Congresso sem autorização.

As informações são do blog de Josias de Souza, que detalha mais a determinação do presidente da Câmara dos Deputados: ''''Em privado, Maia tachou de abusivo o pedido de prisão protocolado no STF nesta quarta-feira (19) pelo procurador-geral da República Roberto Gurgel. Disse que o abuso será ainda maior se o presidente do STF, Joaquim Barbosa, acatar o pedido em decisão monocrática (individual), antes do julgamento dos recursos que serão ajuizados pelos sentenciados. O gabinete de Barbosa informou que o ministro tomará uma decisão nesta sexta-feira (21).''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Jânio Nunes

esse cara de pau do marcos maia, deve ter rabo preso com esses bandidos do mensalão. por isso que compuseram a bela música "que país é esse"? então respondo, É A PORRA DO brasil...

Marcelo Oliveira Maciel

P fim do mundo é saber que uma LADRÃO como Marcos Maia é presidente da Câmara Federal. Povo safado que elege esses marginais. Merece ser metralhado em um paredão. Bandido! Ladrão safado. Chefe de quadrilha.

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES,LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, LADRÕES, PT SAUDAÇÕES.

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

PRENDE ESSE LADRÃO TAMBÉM, QUE DAQUI A POUCOS DIAS VOLTARÁ AO OSTRACISMO DO BAIXO CLERO DA CÂMARA, DE ONDE NUNCA DEVERIA TER SAÍDO. ESSE PÁRIA INCOMPETENTE GANHOU PARA SEVERINO CAVALCANTI EM MATÉRIA DE DESMANDOS.

JANDILSON DE ALBUQUERQUE CORDEIRO

ENTÃO PRENDE O MAIA, ESSSE CRAPULA.



20/12


2012

Condenados do mensalão podem ser presos amanhã

 Pouco antes de apresentar ao STF o pedido de prisão dos condenados no mensalão, à noite, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, explicou por que decidiu não esperar o julgamento de todos os recursos contra a condenação:

“O esforço magnífico do STF no sentido de prestigiar os valores republicanos não pode agora ser relegado aos porões da ineficiência.” Como o STF entrou em recesso, a decisão sobre as prisões será do presidente, Joaquim Barbosa, que a anunciará amanhã. Os advogados do ex-ministro José Dirceu, do ex-presidente do PT José Genoino e do deputado João Paulo Cunha protestaram.(O Globo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

S. C. B. M.

BANDO DE VÂNDALOS,O CHEFÃO O CARA,DEVERIA SER O PRIMEIRO DA FILA DE ALGEMA PUXANDO OS OUTROS LADRÕES DOS NOSSOS IMPOSTOS.

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

ENCHE A PAPUDA DESSES LADRÕES, PARA VER COMO É VÁLIDO ROUBAR O POVO COM A CANETA, A PIOR DAS ARMAS.

Ricardo Olicarv

Já deviam está na cadeia a muito tempo, pois lá é o local ideal pra esses PETRALHAS morar.



20/12


2012

Congresso: ''Estamos ficando ridículos'', diz Cristovam

 Em discurso nesta quarta-feira (19), o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) afirmou que os parlamentares não estão percebendo a dimensão da crise que envolve o Legislativo, com as situações registradas nos últimos dias. Ele condenou a condução dada à questão dos royalties, com disputas de bancadas e a tentativa de analisar 3 mil vetos num único dia. Cristovam também criticou a necessidade de interferência do Supremo Tribunal Federal (STF) em assuntos do Legislativo.

O parlamentar mostrou a cédula de votação da sessão do Congresso que analisaria os 3 mil vetos, um calhamaço de mais de 400 páginas, e classificou como "deboche" a iniciativa tomada apressadamente após o STF apontar inconstitucionalidades na sessão que aprovou a urgência na análise dos vetos dos royalties.

- Estamos tão pressionados pelas medidas provisórias e decisões judiciais que estávamos ficando irrelevantes. Agora, nós estamos ficando ridículos - declarou.

A estimativa é de que, para analisar e votar todos os vetos acumulados, os senadores precisariam de 100 dias com 10 horas de trabalho, gastando 20 minutos em cada item. Com o comportamento apressado, os parlamentares estão passando a ideia de "falta de seriedade" na condução dos trabalhos da República, ressaltou Cristovam.(Agência Senado)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/12


2012

Réus do mensalão querem cumprir logo suas penas

 Deu na coluna de Mônica Bergamo, hoje, na Folha de S.Paulo: ''''Réus do núcleo financeiro do mensalão estudavam ontem se oferecer para já começar a cumprir suas penas de prisão. Seria um fim na aflição da espera de uma deliberação do STF (Supremo Tribunal Federal). Como a corte entrou em recesso, a decisão será do presidente Joaquim Barbosa. Ele pode tanto determinar a prisão nos próximos dias quanto aguardar o fim do julgamento dos recursos que serão apresentados pelos advogados para tentar amenizar algumas punições, em meados de 2013.

A maioria dos ministros do STF é contrária à prisão imediata. E pelo menos quatro revelaram a interlocutores estranhamento com o fato de Roberto Gurgel, procurador-geral da República, ter preferido esperar que saíssem de férias para apresentar o pedido de prisão.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores