Faculdade de Medicina de Olinda

11/03


2008

Lupi diz que só vê ódio da imprensa contra ele

 O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, atacou ontem a imprensa e disse que denúncias a ações de sua pasta são fruto de "ódio acumulado" contra ele. Em discurso na abertura da feira de alimentos 20ª Super Rio Expofood, no Rio, Lupi fez uma comparação do atual crescimento econômico do país com o dos anos de regime militar e afirmou, em tom contrariado, que "a liberdade de imprensa está aí para falar verdade e algumas inverdades". O ministro disse que as reportagens sobre supostas irregularidades de convênios da pasta do Trabalho com ONGs e fundações -muitas ligadas ao seu partido, o PDT- têm origem em "opiniões políticas".

"A gente gera [ódio], infelizmente, por pessoas que não pensam como nós, que não gostam da gente. Geramos alguns ódios e a esses que odeiam vou responder com mais trabalho, criação de empregos, combate ao trabalho escravo. Com a consciência tranqüila de quem trabalha para o bem, com honestidade e transparência", disse, em entrevista.

Questionado sobre de onde vinha esse ódio, respondeu: "Vocês é que devem saber mais do que eu, porque são vocês que fazem. Trabalho pela paz e só vejo [ódio] de alguns setores [da imprensa]." Ao ser abordado por jornalistas em um intervalo do evento, Lupi pediu gentilmente aos repórteres que aguardassem o término da cerimônia. Porém, ironizou: "Depois vocês vão falar mal de mim, mesmo... Vocês não gostam de mim".(Folha de S.Paulo) 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Governo de PE

10/03


2008

João Paulo e Mendonça acertam campanha sem agressão

Após declarar publicamente que o PT seria seu principal adversário nas eleições municipais deste ano, na última quinta-feira (6), o pré-candidato à Prefeitura do Recife (PCR), Mendonça Filho (DEM), e o prefeito da capital, João Paulo (PT), selaram, hoje, um pacto de não-agressão. “Há o entendimento claro nosso que vamos travar uma campanha da forma mais elevada possível”, garantiu João Paulo. Ele recebeu o democrata em seu gabinete, que pediu uma audiência para solicitar informações a respeito da administração da cidade que servirão de subsídio para seu programa de governo.

Dizendo estar “tranqüilo” em relação ao trabalho feito durante seus dois mandatos à frente da PCR, João Paulo afirmou que o canal de diálogo estaria aberto não apenas com o democrata, mas com qualquer outro pré-candidato que queira saber mais informações a respeito da gestão do Recife. “Quando fui candidato, trouxe um elenco de informações que desejávamos ao ex-prefeito Roberto Magalhães”, recordou o petista.

O ex-governador Mendonça Filho reforçou o acordo de cavalheiros selado com João Paulo, estendendo essa postura em relação ao pré-candidato apoiado pelo prefeito, o secretário municipal de Planejamento Participativo, João da Costa. “Conversou-se de forma franca que será intuito nosso, e acredito que das forças lideradas pelo prefeito João Paulo, termos uma campanha política de nível, discutindo temas de interesse da cidade, propostas. Visões diferentes nós vamos ter, necessariamente, porque toda disputa eleitoral proporciona isso. Mas nosso objetivo é centrar a discussão em cima de idéias, de propostas para o Recife”, disse.

João da Costa, que participou da reunião enquanto secretário, entrou no clima da cordialidade. “Estou aqui como secretário, mas como pré-candidato até agora vocês têm acompanhado minha postura e não vai mudar. É de debater idéias seja qual for a situação”, ressaltou. O democrata solicitou ao prefeito informações acerca de 16 temas selecionados por sua equipe técnica, no período de 2001 a 2007, sobre a administração recifense. Dentre os assuntos que interessam ao pré-candidato, estão a situação econômico-financeira da cidade, o andamento do programa Orçamento Participativo, o estágio de obras como a Via Mangue e o Edifício Chanteclair, habitação popular, a aplicação de recursos e a execução do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e dados sobre a saúde e a educação do Recife.

O prefeito adiantou que muitas das informações solicitadas já estavam disponíveis no site da Prefeitura do Recife e prometeu responder às solicitações o mais rápido possível. Segundo João Paulo, parte dessas informações serão disponibilizadas já na noite de hoje, durante o lançamento da cartilha do Orçamento Participativo, no Teatro de Santa Isabel, no Recife. Os secretários de Coordenação Política de Governo, Múcio Magalhães, e de Gestão Estratégica e Comunicação, Lygia Falcão, ficaram encarregados de fornecer as informações à equipe do democrata.(Agência Nordeste)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

joao daniel neto

calma galera olha a briga ai... ibope do blog vai disparar

milton tenorio pinto junior

Pinto Junior, ladrão de nome.

Pinto Junior

Cuidado minha gente para não confundir Pinto Junior com esse CACHORRO BABÃO DO milton tenório pintinho Junior. Você vai morrer afogado quando Mendonça for à praia e a água bater na cintura dele. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

milton tenorio pinto junior

Mendonça Filho, futuro Prefeito do Recife. Esse rapaz tem muita grandeza, no seu lugar nem me sentaria ao lado de um petista. Compromete geral.


Governo de PE

10/03


2008

Por que leio o blog do Magno

Pernambuco sente-se honrado com o Blog do Magno. Pernambuco, que já se destaca há tempo no cenário político nacional, passou a contar desde março de 2005 com um importante veículo de comunicação para acompanhar quase que instantaneamente, via internet, os fatos mais importantes envolvendo a coisa pública e os representantes do cidadão em suas várias esferas de representação.

Se Magno Martins, ao longo de sua longa e bem- sucedida carreira como repórter e colunista político, já tinha dimensão nacional por sua credibilidade e pela sua independência de opinião, ao inaugurar seu blog também provocava um novo momento para o já dinâmico cenário político local e nacional.

A credibilidade do repórter e colunista também é a marca permanente de seu blog, com a agilidade e precisão nas informações que divulga dos fatos mais relevantes para a população. Ao completar dois anos de existência, esse novo veículo de comunicação é uma referência nacional.

Pernambuco sente-se honrado com isso. Temos certeza que a crônica da política e a sua análise livre e avalizada - tão importante para a formação da consciência do cidadão - contribui cada vez mais para consolidar a democracia brasileira e o zelo ao patrimônio público material e imaterial por parte dos homens e mulheres que estão no exercício de funções em nome do nosso povo.

Deputado Guilherme Uchôa

Presidente da Assembléia Legislativa


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Raimundo tá variando!

Raimundo Eleno dos Santos

Já que o Tribunal não os afastou, o Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário (Sinjep) quer afastar e, por isso, protocolou pedido junto ao Conselho Nacional de Justiça solicitando o imediato afastamento dos quatro juízes acusados pela Corregedoria do Tribunal de Justiça de participaram de esquem

Raimundo Eleno dos Santos

Já que o Tribunal não os afastou, o Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário (Sinjep) quer afastar e, por isso, protocolou pedido junto ao Conselho Nacional de Justiça solicitando o imediato afastamento dos quatro juízes acusados pela Corregedoria do Tribunal de Justiça de participaram de esquem


Prefeitura do cabo

10/03


2008

Pernambuco receberá reforço no pólo de tecnologia

O pólo de tecnologia da informação pernambucano vai ganhar o reforço de uma companhia internacional. O grupo Symetrix Corporation está trazendo para o Estado uma planta industrial para montagem dos equipamentos de cartão de memória sem contato e de múltiplo uso, além da base de desenvolvimento de software. O investimento será de quase R$ 7 milhões, com a geração de 58 oportunidades no mercado de trabalho, sendo 50 em Pernambuco e oito no Rio Grande do Norte, onde ficará a diretoria de desenvolvimento de softwares. O faturamento projetado é de R$ 217 milhões, valor que inclui a receita obtida na parte industrial e na de prestação de serviço. O início da operação acontecerá até junho deste ano.

A invenção usa a tecnologia FeRAM (memória ferroelétrica). Ela foi desenvolvida pelo cientista potiguar Carlos Paz de Araújo e está sendo trazida para cá graças a uma parceria com o empresário pernambucano Marcelo Teixeira. Através de uma joint venture, Araújo e Teixeira darão origem à Symetrix do Brasil e à Nexcard. Juntas, elas irão montar, distribuir e prestar serviços relacionados ao sistema de cartões inteligentes, bem como desenvolver e aplicar software. Araújo possui empresas em diversos países e é o cientista brasileiro com maior número de patentes registradas no mundo. Só nos Estados Unidos, país-sede de sua companhia, são 200.

O projeto econômico-financeiro foi protocolado na Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), numa reunião entre o presidente Jenner Guimarães do Rêgo, o diretor de Incentivos Fiscais, Aymar Soriano e o consultor da Symetrix, Marcio Borba. A empresa pleiteia o enquadramento do empreendimento na legislação do Programa de Desenvolvimento de Pernambuco (Prodepe). A entrega confirma o processo de entendimento mantido entre o Governo e a empresa desde o ano passado. Em novembro de 2007, o governador Eduardo Campos recebeu os empresários Paz e Teixeira no Palácio do Campo das Princesas.

O cartão tem vida útil prolongada: ele permite cerca de 100 trilhões de vezes de leitura e escrita em sua memória, enquanto que a ferramenta disponível no mercado hoje, a SRAM só suporta 10 mil vezes. Outra diferença é que ele usa 12 vezes menos energia que o cartão com contato.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sérgio J. Cadena Bandeira de Melo

CUIDADO COM A TURMA DO JOÃO P. ESTEDILE. MST, AS MULHERES DESTRUIDORAS E AS INVASORAS DA ARACRUZ CELULOSE. NO BRASIL É NORMAL FAZER IMITAÇÕES.AINDA BEM QUE OS APOIADORES DA ÉPOCA DOS CAMPONESES MUITOS JÁ MORRERAM.



10/03


2008

Chávez ocupa espaços, mas não ameaça Brasil

Com dinheiro e uma retórica inflamada, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, está ocupando espaços deixados pelo Brasil no processo de integração e liderança do bloco sul-americano. Mas, na opinião de políticos, diplomatas e analistas ouvidos pela BBC Brasil no continente, Chávez não faz sombra à posição central que o Brasil ocupa na região.

Na recente crise entre Colômbia e Equador, depois que helicópteros colombianos invadiram o território equatoriano para realizar um ataque contra membros das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), ficou clara uma diferença de comportamento entre os governos de Brasil e Venezuela.

O presidente Chávez reagiu não apenas fazendo duras acusações à Colômbia, mas também enviando tropas para a fronteira com o país vizinho, sinalizando disposição de defender o Equador em um possível conflito militar.

“A posição do governo brasileiro foi muito mais significativa, porque não saiu em defesa do Equador, mas sim a condenar a ação da Colômbia, que foi o problema central”, diz o analista político equatoriano Milton Benitez.

Para o sociólogo venezuelano Javier Biardeau, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem mais peso quando as soluções de conflitos são levadas a instituições multilaterais, como a OEA (Organização dos Estados Americanos).

“Chávez limita-se a replicar a política dos Países Não-Alinhados, já Lula tem mais flexibilidade e diversidade de aliados. Na hora da verdade, quem bate o martelo é sempre o Brasil”, acredita Biardeau.

Teodoro Petkoff, ex-ministro do governo de Rafael Caldera nos anos 1990 e opositor a Chávez, concorda. “Chávez não ameaça o Brasil. Existe uma paranóia americana que superdimensiona o seu governo.” Do BBC Brasil.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sérgio J. Cadena Bandeira de Melo

CÂNCER QUANDO DIAGNOSTICADO CEDO AINDA TEM COMO ESTACIONA LO OU DESTRUILO, SE TOMAR ESPAÇO É O FIM .


Prefeitura de Abreu e Lima

10/03


2008

Simon: "O eleitor tem que saber sobre os candidatos"

 Está na pauta da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) um projeto de lei que obriga a Justiça Eleitoral a divulgar, durante o período da propaganda eleitoral, os nomes dos candidatos que sejam réus em processos criminais ou que respondam a representações por quebra de decoro parlamentar. A proposta (PLS 255/06) é de autoria do senador Pedro Simon (PMDB-RS).

Ao justificar sua proposição, Simon declara que se trata "de medida que visa ao maior esclarecimento sobre a situação jurídica dos postulantes a cargos eletivos, para que o eleitorado possa fazer suas escolhas com mais informação e de forma mais consciente".

O senador ressalta que o eleitor tem direito à informação sobre os candidatos, mas reconhece que a divulgação desse tipo de dado pode "ensejar prejulgamento do candidato pelo eleitorado". Por isso, de acordo com o projeto, a Justiça Eleitoral terá de destacar que "os candidatos citados não são considerados culpados" até que os respectivos processos sejam concluídos.

Para implementar essas mudanças, a matéria acrescenta um artigo - que contém dois parágrafos - à Lei 9.504 de 1997. A proposta já recebeu voto favorável de seu relator, senador Jefferson Péres (PDT-AM), e será votada na CCJ em decisão terminativa.

Do Portal WSCOM


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Acho isso ótimo. Pena que não vai passar. Os próprios peraltas não votarão para a compra da corda para o seu próprio cadafalso. Poderia ser um Decreto Legislativo


Magno coloca pimenta folha

10/03


2008

Luciano admite que apoio de João Paulo é positivo

O vice-prefeito do Recife e pré-candidato do PCdoB à Prefeitura,  Luciano Siqueira (PCdoB), não esconde que seria positivo o apoio do prefeito João Paulo (PT) a sua candidatura. E ao contrário da maioria dos pré-candidatos, não acredita que o secretário municipal João da Costa (PT) terá desvantagens na campanha por ser aliado do prefeito do Recife. “Ah, se eu pudesse ter um apoio desse! O fato de João da Costa (PT) ser indicado pela maior liderança política na nossa cidade trás mais vantagens do que problemas”, ressaltou o vice-prefeito.

O comunista informou que o apoio do deputado federal Inocêncio Oliveira (PR-PE) será bem-vindo. “Se após o encontro de hoje com o prefeito João Paulo (PT), Inocêncio Oliveira quiser nos apoiar, ele será bem-vindo. Será muito importante para termos o apoio do PR”, disse. O encontro do prefeito João Paulo com o deputado republicano Inocêncio Oliveira acontece hoje, às 13h, e tem o objetivo de fechar a aliança do PT com o PR.

O pré-candidato do PcdoB ressaltou, durante entrevista à Rádio Folha FM 96.7, que na sua campanha não haverá lugar para ataques, e quem tampouco é adversário do pré-candidato do PT, João da Costa (PT). “ Eu e o secretário João da Costa somos concorrentes e não adversários. Acho ele competente e digno dessa campanha. Eu vou continuar defendendo a gestão de João Paulo, pois faço parte deste governo, assegurou. Da Agência Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Pinto Junior

*Trouxas

Pinto Junior

As eleições vem ai seus trochas

milton tenorio pinto junior

Esse politico sem voto ainda insiste nesse assunto?! É muito mané ou acha que os outros são.

Sérgio J. Cadena Bandeira de Melo

QUEM É ESTE CIDADÃO ? DEVE SER DA TURMA DE joão das costas NINGUÉM CONHECE NINGUÉM DE COSTA, BEM MELHOR DE PERFIL OU DE FRENTE E COM PRESENÇA AO PUBLICO.


Prefeitura de Limoeiro

10/03


2008

Garibaldi: "Lula deveria cobrar das lideranças"

O presidente do Senado, Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), disse que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva “deveria cobrar mais de suas lideranças” um acordo sobre a votação do Orçamento. “Acho que ele deveria cobrar mais de suas lideranças no sentido de que se possa chegar a um acordo”, disse Alves, de acordo com a Agência Senado.

Nesta segunda, no programa de rádio “Café com o presidente”, Lula cobrou os parlamentares sobre a votação. “Eu quero crer que os senadores e deputados têm responsabilidade com o Brasil tanto quanto eu. Não posso crer que apenas eu queira trabalhar e eles não, que apenas eu queira fazer as obras e eles não”, disse.

Para Garibaldi, a cobrança feita por Lula é “pertinente”, mas não é capaz de sozinha resolver o impasse. “A cobrança não deixa de ser pertinente, mas o que resolve não é a pura e simples cobrança, mas o entendimento”, afirmou. Do Portal G1.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

10/03


2008

Por que leio o blog do Magno

Consulto diariamente o Blog do Magno. É leitura obrigatória para quem precisa estar sempre atualizado sobre o que acontece em Pernambuco e no Brasil.

O lugar de destaque conquistado nesse novo e promissor campo de notícias em tempo real na internet é resultado de sua capacidade em conciliar agilidade e qualidade da informação.

A linha editorial do blog é a reprodução fiel do estilo de jornalismo comprometido, crítico e incisivo de Magno Martins. É por tudo isso que esse espaço ganha a cada dia mais leitores e colaboradores. Parabéns a Magno Martins e a toda equipe do blog.

Armando Monteiro Neto
Deputado federal e presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Gilberto Carvalho Moura

Tem um diagrama que explica o uso do "que". Quem quiser, peça por e-mail para [email protected]

Deputado ,se escreve no blog qual seu nick? rs rs rs rs rs

Paulo Kigrer

Está certíssimo o Edinaldo...!

Caro Edinaldo, desculpe entrar nessa polêmica, mas, neste caso, o por quê tem acento mesmo, porque ele está dando uma exp;licação. Não se trata de uma pergunta, mas uma afirmação.

Edinaldo Hermínio

Nivaldo, adulações e confetes combinados à parte, vamos ser mais carinhosos com a Língua Portuguesa. Tira este acento do "por que" do título, que ele dói nas vistas. Aproveita e tira também das outras bajula... digo, congratulações...




Warning: PHP Startup: Unable to load dynamic library '/opt/cpanel/ea-php56/root/usr/lib64/php/modules/mcrypt.so' - /opt/cpanel/ea-php56/root/usr/lib64/php/modules/mcrypt.so: cannot open shared object file: No such file or directory in Unknown on line 0