Congresso Nordestino de Educação Médica

11/12


2012

Anchieta fecha gestão em Carnaíba com 93% de aprovação



O prefeito de Carnaíba, Anchieta Patriota (PSB), encerra seu mandato de oito anos com uma aprovação recorde de 93,2%, segundo atesta pesquisa do Instituto Opinião contratada com exclusividade por este blog. Entre os que desaprovam o percentual é de apenas 3,4%, enquanto 3,4% não souberam responder.

Em Carnaíba, Sertão do Pajeú, a 400 km do Recife, Anchieta consegue a façanha de chegar a quase unanimidade quando a pesquisa passa a ser estratificada por faixa etária.

Entre os eleitores acima de 60 anos, por exermplo, a satisfação com a sua administração chega ao patamar de 96,6%. Entre os jovens, na faixa etária de 16 a 24 anos, a 91,1%.

Foram aplicados 350 questionários entre os dias 4 e 5 deste mês. Na zona urbana, a aprovação dos eleitores é de 93,7% e na zona rural 92,7%, praticamente os mesmos percentuais.

A maior taxa de desaprovação, de apenas 5,4%, se encontra entre os eleitores na faixa etária de 45 a 59 anos.

Para 91,4% dos entrevistados, o nível de satisfação com a cidade está aumentando contra apenas 7,4% que disseram que continua igual e 0,3% diminuindo.

Entre os que foram ouvidos, 93,7% disseram que a cidade está andando para frente e apenas 4,6% afirmaram que está parada e ninguém – 0% - afirmou que está regredindo.

Diante de vários questionamentos levantados pela pesquisa, 42% disseram que o prefeito atendeu ou resolveu os problemas do município totalmente e 52,3% afirmaram que resolveu parcialmente, enquanto apenas 3,4% disseram que não foram resolvidos e 2,3% não souberam responder.

Quanto às áreas de gestão, a saúde é a melhor avaliada pela população. Dos entrevistados, 53% disseram que o atendimento nos hospitais e postos de saúde melhorou.

Vem em seguida a Educação com 28,3%, seguido de habitação e moradia (5,4%), asfalto, calçamento e estradas (4%), transportes (0,9%), saneamento básico (0,6%), segurança (0,6%), lazer (0,6%), geração e emprego (0,6%), assistência social (0,3%) e agricultura (0,3%).

O prefeito, na opinião de 60,3% dos entrevistados, criou, ainda, condições para o município crescer e desenvolver-se totalmente, enquanto 31,7% acham que isso ocorreu parcialmente.

Já o conceito de melhoria está bastante claro para 96,8% dos que se manifestaram, enquanto apenas 2,6% disseram que a cidade, com a gestão socialista, continua igual.

Sobre a pessoa do prefeito, 78,2% o consideram simpático e 8,9% antipático; 82,9% honesto e apenas 1,4% desonesto. Para 96,6%, Patriota é trabalhador e 1,7% não trabalhador.

Quanto às promessas honradas em sua gestão, 83,2% disseram que ele as cumpriu e apenas 5,4% afirmaram que não honrou.

Anchieta é um político confiável, ainda, para 82,8% dos entrevistados e não confiável para 4,9%, enquanto 81,2% disseram que ele é um prefeito presente e 9,1% ausente.

Anchieta é prestativo para 83,7% e não prestativo para 6%. Já 91,5% o consideram capaz e 1,4% incapaz. Quando forçados a responder se gostam do prefeito, 86% disseram que sim e 4% não, enquanto 10% não quiseram responder.

METODOLOGIA

A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação.

Foram realizadas entrevistas pessoais e domiciliares. As entrevistas foram realizadas por uma equipe de entrevistadores, devidamente treinada para abordagem desse tipo de público; supervisionada pelo coordenador de campo da OPINIÃO – Pesquisas Sociais Ltda.

Foram entrevistadas 350 pessoas entre os dias 4 e 5 de dezembro na parte urbana e rural do município, com margem de erro de 4,4 pontos percentuais para mais ou para menos.

As entrevistas com os moradores da zona urbana foram realizadas nos seguintes bairros: Alto da Gitirana, Bela Vista, Caixa d’Água, Carnaíba Velha, Centro, Santa Luzia, Vila Central, Vila Pastora e Vila São Geraldo.

E com os moradores da zona rural foram realizadas nas seguintes localidades: Cabelo, Capim Grosso, Distrito Ibitiranga, Gameleira, Lagoa do Caruá, Itã, Riacho do Peixe, Roça de Dentro, Rodeador, Santa Rosa, Santo Antônio, Serra Branca e Travessão do Caruá.

06

Veja a seguir: expectativa em relação ao prefeito eleito de Carnaíba


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Maria Isabel Siqueira Sousa

Tudo tem seu preço! Anchieta tá pagando caro para está na mídia. Pode até está fazendo um governo bonzinho em Carnaíba, mas nem venha, que de Santo e besta ele não tem nada!

LUIZ CAMPOS

MAGNO AGORA TAH CATANDO MOEDAS PELAS PREFEITURAS DO INTERIOR... O NEGÓCIO TÁ FEIO.... USA A VAIDADE DOS "ODORICO PARAGUASSUS" DA VIDA PRA TIRAR UNS TROCADOS.....

valmir florencio da silva

parabêns anchieta patriota pelo seu trabalho em carnaiba sou de jabitacá mais adimiro muito seu trabalho por carnaiba.

Gilberto Carvalho Moura

Tudo isso? Só falta ser canonizado!


Governo de PE

11/12


2012

Coluna da terça-feira

       O exemplo da terra de Lampião

Em tempos tão bicudos para os municípios brasileiros, tratados como os patinhos feios pela União, não é fácil passar pelo crivo do julgamento cada dia mais rigoroso da população. Que exige uma saúde que funcione, escolas em tempo integral com bons professores, serviços básicos de qualidade, enfim, uma gestão decente e eficiente.

São poucos os que estão escapando e Carlos Evandro, de Serra Talhada, apareceu, ontem, com 87% de aprovação, segundo pesquisa encomendada por este blog ao Instituto Opinião.

É um percentual digno de comemoração para o gestor da terra de Lampião, até porque os municípios caminham para um processo de falência generalizada no País, alguns porque não têm sorte ou escolhem mal os seus representantes, outros porque não resistirão à tesoura implacável do Planalto.

Há uma tese de que prefeito bem avaliado, quando parte para reeleição ou tenta eleger o sucessor depois de oito anos, tem 50% de chances de sucesso, não só por estar no poder, mas pela própria força dada pela população quando assim está satisfeita.

É o caso de Evandro, que rompeu com Inocêncio Oliveira, seu velho padrinho, e enfrentou o poderio do governador Eduardo Campos, que foi ao município pedir votos para Sebastião Oliveira, derrotado pelo atual vice Luciano Duque, apoiado pelo prefeito, por uma diferença acima de três mil votos.

VEZ DE CARNAÍBA – Na sequência das pesquisas Opinião/Blog do Magno sobre as gestões municipais postarei, hoje, a avaliação do prefeito de Carnaíba, Anchieta Patriota (PSB). É o quinto de uma série de, aproximadamente, 15 prefeitos que encerram um ciclo de oito anos de administração. Este, aliás, foi o critério adotado: o município cujo prefeito está ao final de dois mandatos, tenha elegido ou não o sucessor, tanto na Região Metropolitana quanto no Interior.

Aumentando custos - O prefeito eleito de Igarassu, Mário Ricardo (PTB), começou muito mal ao anunciar, ontem, uma equipe com 16 secretários. Nem capitais como João Pessoa ou Natal têm tanta pasta assim! Para quem prometeu reduzir gastos, não resta dúvida de que foi uma tremenda pisada de bola.

 

 

 

Niemeyer derruba capa - O senador Humberto Costa também confirmou, ontem, que recebeu a equipe da revista Época que traça um perfil devastador da imagem do governador Eduardo Campos. A reportagem estava programada para a edição deste fim de semana, mas caiu porque a capa de todas as revistas semanais foi com Oscar Niemeyer, que morreu aos 105 anos. A produção é para capa.

Enfim, informações - O prefeito de Belo Jardim, Marcos Coca Cola (DEM), finalmente enviou, ontem, ao prefeito eleito João Mendonça as primeiras informações sobre a situação financeira solicitada pela equipe de transição. O que se diz por lá é o prefeito demorou em demasia porque vinha recebendo pressões para ignorar do seu tutor, o deputado Mendonça Filho.

Start da equipe -   Os presidentes de partidos que integram a coligação do prefeito eleito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), começam a ser ouvidos, hoje, sobre a montagem do secretariado. A sinalização foi dada pelo próprio Geraldo, que quer dar espaço a todos os partidos e ainda tem pela frente o desafio de escolher dois vereadores, curvando-se as pressões dos suplentes.

 

CURTAS

EM CARUARU– O prefeito de Caruaru, José Queiroz (PDT), promete anunciar o seu novo secretariado até o fim desta semana. A reforma deve ser ampla e contemplar todos os partidos que integram a sua ampla coligação. A coordenação da transição foi entregue ao deputado Wolney Queiroz.

FPM GORDO– Os prefeitos não deram um pio reclamando do repasse do FPM na cota de ontem, porque, na verdade, receberam com aumento de 80%. E o que se diz em Brasília é que os demais repasses dos dias 20 e 30 também virão com o mesmo percentual, fazendo assim a alegria dos chorões.

PERGUNTAR NÃO OFENDE – Quantos secretários vão dançar na reforma que o governador está costurando silenciosamente?

''O que adquire entendimento ama a sua alma; o que cultiva a inteligência achará o bem''. (Provérbios 19:8)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JORGE GUERREIRO

EDBERTO, copiou e colou seu COMENTÁRIO, por certo não ENTENDE de nada do que está ESCRITO. hehehehehehe...

milton tenorio

Zé ignorância, Lampião é um bandido que virou lenda, fez história...

Gilberto Carvalho Moura

Se referir a Serra Talhada como "Terra de Lampião" é um insulto à memória dos serratalhadenses decentes e valorosos. Bandido morto é para ser esquecido, nunca cultuado.

edberto quental

Houve um crescimento de 3,7% neste primeiro repasse do mês de dezembro em comparação com o mesmo período de 2011, em termos reais.  O acumulado do ano até o primeiro decêndio de dezembro é de R$ 62,4 bilhões, em valores brutos. Em comparação com os valores do mesmo período de 2011, observa-se uma qu

edberto quental

Municípios recebem 1° decêndio do FPM e os repasses de 1% no dia 10 de dezembro Qui, 06 de Dezembro de 2012 16:46 Agência CNM Agência CNMO repasses do 1.° decêndio de dezembro do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e do 1% devem ajudar os gestores de todo o país a pagar o 13.º salário d


Prefeitura de Caruaru

11/12


2012

Humberto avisa PT sobre Eduardo: Ele vende utopias

Depois de perder as eleições municipais para o PSB do governador Eduardo Campos, o senador Humberto Costa manda o aviso para o PT nacional: ''Sempre digo: não o subestimem! Ele vende utopias que seduzem muito a nova classe C. Eu não duvido de que ele possa vir a ser um nome forte em 2014'', diz o petista sobre as movimentações de Eduardo em torno de uma possível candidatura presidencial em 2014


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Idelfonso do Amarante Silva

Muito engraçado esse Humberto, só agora que ele caiu a ficha e viu que não ganha pra governador? Se ele não tivesse se entrometido e tirado Jão Paulo da Disputa, não era Eduardo Campos Goovernador não, era João Paulo. Mas ele e a sua CNB não deixaram.

jorge dos santos silva

JORGE E MARIA SÃO DOIS VAZIOS HUMBERTO TEM SEU VALOR POR ISSO QUE O POVO PERNAMBUCANO ELEGEU COMO SENADOR DA REPÚBLICA. KKKKKKKK.

JORGE GUERREIRO

São palavras de um DERROTADO e MAGOADO PTralha. Porque não te calas SANGUESSUGA!!!

Maria Anunciada dos Santos

Qual é a moral que este cidadão tem de falar de Dudu, se até ele se beneficiou do esquema do MENSALÃO com Lula? (segundo afirma Marco Valério?????) #VERGONHADOBRASIL#


Prefeitura de Gravatá

11/12


2012

Melo muda voto e livra Corrêa de regime fechado

 O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello modificou hoje (10) seu voto sobre a acusação de formação de quadrilha a quatro réus do mensalão.

Ele decidiu votar pela absolvição do ex-deputado Pedro Corrêa (PP-PE), do advogado Rogério Tolentino, do ex-assessor do PP João Cláudio Genu e do sócio da corretora Bônus-Banval Enivaldo Quadrado. Com a mudança, a votação no caso deles ficou empatada em cinco votos. O Supremo já definiu que o empate beneficia o réu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

roberto lima

Imagina ver esse glutão bem cevado atrás das grades, de macacão xadres e perdendo (infelizmente) parte dessa banha, acumulada na "dolce vita" com nossa grana.

LUIZ CAMPOS

QUANTO TERÁ CUSTADO A MUDANÇA DE VOTO DO PARENTE DE COLLOR???????

CALVES

Acabando a festa televisa os "honrados" juízes do STF chegou a hora de livrar da cadeia os ñ petistas. Afinal, o objetivo do 4o poder já foi alcançado, pelos menos é isso q eles pensam.

JORGE GUERREIRO

Começou a cair as CAPAS dos BANDIDOS de TOGA.

Jose Valter

Por acaso alguem acredita que o Supremo é composto de Santos e Joaquim é Deus, somente acreditam nisso os incautos, e a impressa quando não esta em jogo os seus interesses. Lá estão homens com seus defeitos e acertos, e nós só nos resta que tenham mais acertos do defeitos.



11/12


2012

Mensalão: réus admitem que prisão vem antes do Natal

 Réus do mensalão -- entre eles, José Dirceu -- trabalhavam até ontem com a possibilidade de serem presos antes do Natal. O pedido de detenção imediata dos réus foi feito pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel. A decisão poderia ser tomada de forma monocrática, pelo ministro Joaquim Barbosa, ou levada por ele para ser discutida no colegiado, o que era considerado o mais provável.

A questão, polêmica, dividia ministros até na previsão do resultado. Dois magistrados ouvidos pela coluna acreditavam que a prisão ocorreria. Um outro, da corrente que foi mais rigorosa no julgamento, achava que nem sequer haveria encaminhamento nesse sentido.(Mônica Bergamo - Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ArcoVerde

11/12


2012

Um consolo para nós: lá é pior

Um consolo para os vitimados pelo complexo de viralatas aqui no Brasil é apresentado por Carlos Chagas, na sua coluna de hoje:

 ''''Noticia-se que Berlusconi manobra para voltar a governar a Itália, como primeiro-ministro. Já foi expulso duas vezes do cargo por acusações de corrupção e maus modos. Está sendo processado na Justiça. Mesmo assim, dispõe de condições numéricas para retornar. Para os eternos catastrofistas daqui, é pelo menos um consolo: lá é pior...''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

11/12


2012

Paim reafirma crítica: governo discrimina aposentados

 O senador Paulo Paim (PT-RS) subiu à tribuna ontem para reafirmar as críticas que direcionou ao governo de seu próprio partido em entrevista publicada pelo Congresso em Foco na última sexta-feira (7). “Quero dizer que vim à tribuna porque alguns tentaram dizer que eu não teria dito aquilo e que foi uma obra do jornalista. Coisíssima nenhuma! Tudo que está ali fui eu que disse e o jornalista foi íntegro, publicou matéria gravada, e produziu na íntegra o que
realmente penso e o que eu digo”, afirmou o senador.
Na entrevista, o senador disse que os aposentados são tratados com “certa discriminação” pelo governo e cobrou o fim do chamado fator previdenciário, fórmula matemática que reduz de 35% a 40% os benefícios pagos ao trabalhador.

“Falo da discriminação que existe neste país contra os aposentados e pensionistas, da forma como o Ministério da Fazenda faz um terrorismo, para não permitir que se garanta reajuste para os aposentados e o fim do fator. Falo que tem dinheiro para tudo nesse país, só não tem para o idoso”, reafirmou o senador, em seu discurso desta tarde.(Do site Congresso em Foco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


11/12


2012

Temer contradiz Maia e descarta conflito entre poderes

 O presidente da República em exercício, Michel Temer, disse na noite desta segunda-feira (10) que acredita que não haverá ''conflito entre os poderes'' com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a perda de mandatos de deputados condenados pelo mensalão. É uma posição contrária à tomada pelo presidente da Câmara, Marco Maia(PT), que ameaça não obedecer se STF determinar a cassação do mandato dos deputados mensaleiros condenados. “Se isso acontecer, podemos ter uma crise institucional”, ameaça Maia. “A Câmara não pode se subjugar a uma decisão que afronte a Constituição. Defendo a tese de que o parlamento brasileiro não se curve  (clique aí e leia) a uma decisão dessa natureza e siga seu procedimento. É o parlamento que decide esta matéria'''', disse Maia.

''Essa é uma questão que vai ser examinada ainda. Acho que primeiro é preciso esperar o trânsito em julgado da decisão. Quando transitar em julgado, acho que as partes vão conversar, quer dizer, o Supremo e o Poder Legislativo vão encontrar um meio comum. Eu acho que há uma possibilidade de uma interpretação da Constituição que permite uma convivência harmônica dos dois órgãos do poder'', disse Temer.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Alexandre Medeiros

O Deputado Marcos Maia fala a verdade quando afirma que não irá obedecer a Decisão- transitada em julgado- do STF, pois sabe que até lá não será mais o Presidente da Câmara.


bm4 Marketing 6
Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores