FMO janeiro 2020

21/02


2020

Presidente do INSS não fechará agências

O deputado federal Fernando Rodolfo (PL-PE) obteve, do presidente do INSS, Leonardo Rolim, em audiência na autarquia, a garantia de que não serão fechadas agências em Pernambuco. “É conversa fiada”, disse Rolim a Rodolfo, que solicitou a reunião preocupado com o noticiário anunciando o fechamento de várias unidades de atendimento no país.

O presidente do INSS assegurou ao deputado pernambucano que, ao contrário, a autarquia  vai adotar um novo  modelo de atendimento, ampliando os serviços de perícia médica ao transferir agências para as prefeituras, como fez o Ministério da Cidadania na execução do Bolsa Família. “Nos locais em que o perito tiver pouca demanda, ele será deslocado, de modo a que nenhum deles fique ocioso”, explicou.

Rolim, que assumiu há três semanas devido aos graves problemas no atendimento, com 1,3 milhão de requerimentos em atraso, entre pedidos de aposentadoria, auxílio-doença e salário-maternidade, declarou a Rodolfo que a fila de espera no INSS será encurtada na sua gestão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

Esse deputado realmente é sabedor das coisas. Não sabe que tem agências funcionando com 04 funcionários, gastando uma nota com água, luz, segurança, cargos de gerência sem ter condições de atender o mínimo da demanda. Também, o dinheiro é do povo e o povo que se exploda. Esses são os políticos que temos.


IPTU Cabo

21/02


2020

O povo vai frevar na sanfona de Luizinho de Serra

O Sertão tem uma usina de produção de sanfoneiros. É a cidade de Carnaiba, berço natal do imortal Zé Dantas, o maior poeta musical das lindas e comoventes canções de Luiz Gonzaga. Bem pertinho dela, Deus botou no mundo Luizinho de Serra, lá das carrancas onde nasceu Lampião, o rei do cangaço.

Serra Talhada é parte tão importante na vida pessoal e profissional de Luizinho que ele inclui um pedaço do nome da sua terra à sua grife artística. Luizinho é  o mais legítimo sucessor de Dominguinhos na sanfona. Faz a bichinha fazer o povo chorar sem sentir dor.

Infelizmente, não conheci Luizinho em nosso torrão do Pajeú, mas já aqui em palcos recifenses tocando em shows de celebridades. 

Dizem que nada vida o talento e a arte não se inventam. Já nascem no ventre materno. Aos seis anos de idade, Luizinho já dava os primeiros acordes com seu pai. Aos 13 anos,  virou artista de verdade. Tocou e gravou em diversos CD´s de artistas diferentes pelo Nordeste. 
 
No final de 2008, aos 21 anos, fez sua primeira direção musical tocando e produzindo o DVD do poeta e cantor Bira Marcolino, gravado na casa de show Sala de Reboco, no Recife. Participou da gravação do DVD Girassol de Desejos, no Teatro da UFPE, da cantora Irah Caldeira, com quem divide o palco numa harmonia perfeita, que sai agora em forma também adaptada ao carnaval.

Luizinho será uma das atrações do frevo pernambucano na concorrida agenda da orquestra de Irah Caldeira no Recife, Paudalho, Bezerros e Vitória de Santo Antão. Forrozeira top de linha, Irah não é sabida da escola mineira por acaso. Quando ela viu Luizinho tocando pela primeira vez, vindo das montanhas de Minas Gerais, se agarrou a ele como visgo para ilustrar sua orquestra e nunca mais largou.
 
Com o tempo, que é o senhor da razão e vai moldando as pessoas, Luizinho de Serra virou produtor e diretor de Irah. A magia de seus rápidos acordes, sonoridade poética e criatividade artística estão presentes em trabalhos de  outros artistas.

Já correram para o abraço musical com Luizinho os famosos Almir Rouche, Alcimar Monteiro, Anchieta Dali, As Severinas, Bia Marinho, Bira Marcolino, Bruno Flor de Lotus, Cajú e Castanha, César Amaral, Cristina Amaral, Delmiro Barros, Duda Ferraz, Em Canto e Poesia, Flávio Leandro,  Jorge de Altinho, Maciel Melo, Paulinho Leito, Paulo Matricó, Kelly Rosa, Vates & Violas, Valdir Teles, Val Patriota, Santanna “O Cantator”, Tribo Cordel, Rui Grudi e Xico Bizerra.

Precisa dizer mais alguma coisa?

O sucessor de Dominguinhos na sanfona já rompeu as fronteiras do Brasil. Fez Berlim dançar no Festival Psiu de Forró.  Ainda na Europa, foi visto no Festival Forró Lille “vamo que vamo” em sua 5ª edição, em 2017. 

Luizinho de Serra é também uma pessoa simples e encantadora, contador de histórias e causos, sedutor e ladrão de afetos. Quem o vê aprumando a sanfona conclui facilmente que ele lembra também   Luiz Gonzaga, Sivuca e Camarão, geração ouro do instrumento.

Tem muita gente boa também do pedaço que não abre mão da companhia de Luizinho nos palcos, como  Genaro Sanfoneiro, Beto Hortis, Cezzinha, Mestrinho, Cicinho do Acordeom e um “mói” de músicos de tão grande excelência. 
 
O monstro sagrado Valdir Teles, pai da mais nova revelação do canto poético do improviso, a advogada Mariana Teles, assim definiu Luizinho de Serra:

“Luizinho ainda é moço     
Mas já é reconhecido        
O gemido do seu fole            
É diferente o gemido
Tem tocador mais famoso
Tocando mais eu duvido”... 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/02


2020

Coluna da sexta-feira

Lula não quis afrontar Humberto

Não se pode levar a sério e ao pé da letra a declaração do ex-presidente Lula, ontem, em Brasília, informando que no Recife o projeto majoritário também é de candidatura própria, dependendo, no entanto, da boa vontade do diretório municipal. Na verdade, Lula não foi mais enfático em relação à candidatura de Marília Arraes para não provocar a ira do senador Humberto Costa, que é contra.

Uma fonte do diretório nacional do PT disse ao blog que ainda não é o momento do ex-presidente se expor, gerar atritos e abrir o jogo, já que o prazo para definição da situação ficou acertado para abril na reunião que ocorreu em São Paulo, entre a executiva nacional e os representantes do diretório petista no Recife. Ele não quer contrariar a corrente liderada por Humberto.

Mas o próprio Humberto já está convencido de que a candidatura de Marília é irreversível, assunto resolvido dentro do diretório nacional, a começar pelo entusiasmo da presidente Gleisi Hoffman, com quem Marília tem falado com frequência desde em que recebeu dela própria, no encontro de São Paulo, que desta vez o partido não a deixaria no sereno, levando sol e chuva.

Em tese, também, não é o que se justifique mais um veto à Marília, que não disputou o Governo do Estado em 2018, com chances de vitória, porque o que se priorizou foi a salvação do mandato de Humberto, que passava por uma composição com o PSB, que também salvou a reeleição do governador Paulo Câmara.

O que eles podem alegar agora para queimar Marília? Nada e é bom ressaltar que a pré-candidata não é mais uma simples vereadora do Recife, mas agora revestida de deputada federal, a segunda mais votada no Estado em 2018, abaixo apenas do deputado e principal adversário na corrida pelo Recife, João Campos (PSB).

Segurança garantida – A segurança do carnaval do Ceará, que vive momentos de tensão e horror devido à greve dos policiais militares, está garantida e será feita pela Força Nacional. O presidente Jair Bolsonaro, a pedido do governador Camilo Santana (PT), assegurou a Garantia da Lei e da Ordem (GLO), pondo o Exército nas ruas de Fortaleza, a capital, e no Interior. O ministro Luiz Eduardo Ramos comunicou o fato ao governador, que, por sua vez, fez um comunicado nas redes sociais. Além disso, a Força Nacional já atua em território cearense desde o episódio em que Fortaleza se viu dominada pelo crime organizado, há um ano.

Ciro detona Bolsonaro – Do ex-ministro Ciro Gomes, ontem, ao falar sobre o episódio em que o irmão Cid levou dois tiros: “Isso não está isolado do que está acontecendo no Brasil. Nós temos um momento de destruição do Estado Democrático de Direito no Brasil, liderado por um presidente boçal, canalha, de uma família de canalhas. Porque se algum policial atirou, apertou o gatilho, ele não faria isso se não fosse esse clima de absoluto desrespeito às regras da convivência democrática, que é absolutamente claramente estimulada pelo presidente da República e sua família de canalhas, e ele, Jair Bolsonaro, o maior canalha de todos”.

Risco de descontrole – Uma parte do Governo está vendo com um olhar de preocupação o motim de policiais militares no Ceará. Primeiro, porque essa situação afeta o governo federal de diversas maneiras. E uma delas decorre do fato de o Ministério da Justiça ter puxado o combate à criminalidade para o colo da administração federal. Logo, um evento infeliz e alarmante como o ocorrido com o senador Cid Gomes (PDT-CE) e a situação preocupante no Ceará repercutem no governo federal. De um ponto de vista objetivo, porque a Força de Segurança Nacional foi enviada para o Estado pela segunda vez no intervalo de um ano.

Mendonça une mais – Ao contrário do que noticiamos aqui, há dois dias, é mais fácil o pré-candidato do Cidadania, Daniel Coelho, jogar a toalha e apoiar a candidatura de Mendonça Filho, pelo DEM. Pesquisas internas e as já divulgadas no Recife apontam que Mendonça têm mais potencial eleitoral para enfrentar o rolo compressor do Palácio, em torno da candidatura de João Campos. Além disso, Daniel, apesar de vir fazendo um bom mandato federal, agregaria menos do que Mendonça. Há, ainda, o fator Patrícia Domingos, do Podemos, que será chamada para o entendimento em torno de candidatura única na oposição.

CURTAS

MARCOLA NO DF – O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou, ontem, um pedido do Governo do Distrito Federal para que a Corte determinasse a transferência de chefes de facção criminosa da Penitenciária Federal de Brasília. Entre eles, o traficante Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, condenado a 330 anos de prisão por diversos crimes. O argumento central da ação apresentada pelo governo local é de aumento de risco à integridade de autoridades dos três poderes, como ministros de Estado, parlamentares, ministros de tribunais superiores, além de representações estrangeiras.

VANDALISMO – A decoração do carnaval no Recife foi alvo de novo ato de vandalismo, desta feita na Ponte Maurício de Nassau, que liga o Bairro do Recife a Santo Antônio, na região central. A Guarda Municipal recebeu um chamado para evitar a depredação, a terceira em menos de uma semana. A Fundação de Cultura prestou queixa à Polícia Civil. Em nota a corporação explicou que o ato é considerado crime, conforme está previsto no artigo 163 do Código Penal Brasileiro. Caso o vandalismo seja praticado contra o patrimônio público, a pena é de seis meses a três anos de detenção.

AOS LEITORES – No Carnaval, que começa, oficialmente, hoje, este blog e o Frente a Frente, que apresento pela Rede Nordeste de Rádio, ficam sem atualização e programas novos. A coluna, portanto, só volta na quinta-feira pós folia e o Frente a Frente na quarta-feira de cinzas. Aos nossos leitores e ouvintes, um bom carnaval. Aproveito a paradinha para repor as energias para enfrentar um ano eleitoral, de muito trabalho.

Perguntar não ofende: Carnaval dá resultado político e eleitoral para quem aproveita?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Dia 15 /03 vamos pra rua. Foda-se.

Fernandes

Divulguem os nomes das empresas que apoiam Bolsoasno. Vamos atacar com um grande boicote e levá-las à falência.

Fernandes

Bolsonaro pede a ministros que não comentem sobre vídeo contra Congresso. Após uma enxurrada de críticas, orientação é para que não estendam as discussões sobre o caso

Fernandes

Guedes ameaça deixar o cargo: está difícil segurar. De acordo com uma fonte próxima, o superministro afirmou que está difícil segurar e que vai deixar o governo pretende expor os motivos que levaram à sua decisão. Esse governo é um cabaré.

Fernandes

Ô marluxo de camaragibe, teu problema é com teu Hélio Negão e teu brioco. Pega o beco.


acolher

21/02


2020

China: 889 novos casos de coronavírus e mais 118 mortes

Por Estadão Cnnteúdo

O governo da China relatou nesta sexta-feira a ocorrência de 889 novos casos de infecção por coronavírus e mais 118 mortes no país ontem.

Com a última atualização, o total de casos confirmados na China continental desde o início do surto atingiu 75.465, com 2.236 mortes. Fonte: Associated Press.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/02


2020

Aumento salarial: pressão dos policiais preocupa Congresso e STF

Por O Globo

Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e parlamentares da cúpula do Congresso veem com apreensão a série de levantes de policiais militares, cujo ápice aconteceu nesta quarta-feira, no Ceará, com o senador Cid Gomes baleado. Integrantes do Judiciário e do Legislativo avaliam que é preciso conter essa “escalada autoritária”.

Logo depois do episódio em Sobral, políticos e magistrados passaram a repetir a tese de que governadores podem perder o controle de suas polícias. Para ministros e parlamentares ouvidos pelo GLOBO, o episódio no Ceará ganha ainda mais importância por ter acontecido em meio ao clima de tensão entre governadores e Bolsonaro e depois de novo embate entre o Congresso e o Palácio do Planalto.

A preocupação com o efeito cascata dos motins pelo país também fez com a cúpula do Judiciário incentivar um raio-x da atual situação das polícias de todos estados. A ideia é identificar possíveis focos de conflitos e, eventualmente, uma ligação entre os grevistas.

Na segunda-feira, vinte governadores divulgaram uma carta criticando Bolsonaro por não contribuir para a “evolução da democracia”. No dia seguinte, em um jantar na residência oficial do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o ministro Gilmar Mendes (STF) falaram da importância de reações imediatas e enfáticas a qualquer sinal de autoritarismo do presidente e sua equipe.

Com a presença de 12 deputados à mesa, o governador João Doria explanou a intenção de fortalecer o Parlamento para, assim, fortificar a democracia, segundo relato dos presentes. Decidiu-se que os presidentes da Câmara e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), sairiam em defesa do Parlamento sempre que identificado algum “ataque” contra a democracia. Davi Alcolumbre não participou do jantar.

Confira na íntegra aqui: Pressão de policiais por aumento de salário preocupa ...


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Tudo que está acontecendo Brasil é culpa do Bolsonaro genocida.

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

kkkkk. Fortalecer o Parlamento para fortificar a Democracia? Que é que é isso? Um parlamento que só na sua maioria só tem canalhas e vivem a legislar em favor de bandidos e em causa própria pode fortalecer a Democracia? Um Parlamento que cria um Fundo Partidário de Bilhões para enriquecer seus bolsos é um Parlamento sério? Isso é um escárnio com o povo brasileiro.


Cúpula Hemisférica

21/02


2020

Perito: exame em Adriano não constata sinais de tortura

Por Agência Brasil

O novo exame do ex-policial militar Adriano da Nóbrega, realizado ontem, no Instituto Médico Legal (IML) do Rio de Janeiro, não apontou sinais evidentes de tortura. A informação foi divulgada pelo médico legista Talvane de Moraes, que acompanhou a necrópsia como convidado de dois legistas contratados pela família de Adriano: Francisco Moraes Silva e Ari Fontana, que vieram do Paraná.

“Não [há sinais de tortura]. Que eu tivesse [visto], não”, disse o perito. Ele destacou, porém, que os resultados finais vão depender de exames complementares. “Eu não observei isto. Eu fiquei fora, não trabalhei com o corpo, fiquei só observando. A perícia do corpo terminou, mas agora vem o resultado do laboratório para complementar”, acrescentou.

O procedimento começou às 16h30 de ontem, e se estendeu até as 21h. O novo exame foi determinado pelo juiz da comarca de Esplanada (BA), Augusto Yuzo Jouti, que atendeu a pedidos do Ministério Público (MP) da Bahia e da defesa do ex-policial, morto no dia 9 de fevereiro durante confronto com policiais baianos. O laudo do novo exame deve ser apresentado à Justiça baiana em 15 dias.

Além dos peritos do IML do Rio e dos convidados, estiveram presentes duas advogadas da família, uma irmã de Adriano e um representante do MP da Bahia. Ao final do procedimento, com exceção do perito, os demais saíram por uma porta lateral, sem falar com a imprensa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

21/02


2020

PMs recusam proposta e mantém motim no Ceará

Por G1 - CE

Após reunião entre representantes dos policiais e comissão de senadores, policiais militares que participam de um motim no Ceará decidiram recusar proposta do governo para chegar a um acordo do fim da paralisação. O encontro ocorreu na noite de ontem, no 18º Batalhão da Polícia Militar, em Fortaleza. A decisão dos policiais amotinados foi feita por volta das 23h40.

Os representantes dos policiais decidiram manter a paralisação após o representante da categoria, o ex-deputado federal Cabo Sabino, informar as propostas do governo.

"Ele (o governo do Ceará) diz que até 7h da manhã, quem sair aqui do movimento, quem já está identificado não tem anistia. Quem não estiver identificado eles não vão atrás, mas não garante nada. Aqueles que estão respondendo IPM (Inquérito Policial Militar) vão continuar respondendo. Aqueles que foram identificados não tem anistia, não tem nada disso. E os que não foram identificados até 7h, não vão atrás de identificar", declarou Sabino.

Como resposta, os manifestantes fizeram coro com gritos de "eu não vou embora" e “não vai ter carnaval”.

Horas antes, a comissão de senadores, formada por Eduardo Girão (Podemos/CE), Elmano Férrer (PR/PI) e Major Olímpio (PSL/SP), se reuniu com o governador Camilo Santana em uma tentativa de negociar o fim do motim policial que ocorre desde terça-feira (20) no Ceará. Alguns policiais militares se dizem insatisfeitos com a proposta de reajuste salarial do governo.

Três policiais foram presos e mais de 300 são investigados por "vandalismo" e "motim", segunda a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social.

Confira mais aqui: Militares recusam proposta do governo e mantêm motim no ...


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

21/02


2020

Metrô faz Grande Recife criar esquema de ônibus para o Galo

Do Diario de Pernambuco

Depois de o Metrô do Recife comunicar que, das 19 estações, apenas três estarão funcionando normalmente no Sábado de Zé Pereira, o Grande Recife Consórcio de Transporte informou, ontem, que a operação dos ônibus será afetada no dia do desfile do Galo da Madrugada.

De acordo com o órgão, a justificativa apresentada pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) foi a indisponibilidade de trens devido ao acidente ocorrido na última terça-feira (18). A medida afetará especialmente a operação nos terminais integrados do Barro, Camaragibe e Jaboatão, que terão que absorver parte da demanda do metrô.

"Nas últimas horas, a equipe técnica do Grande Recife debruçou-se para elaborar um plano de contingência priorizando a ligação entre os terminais integrados acima. É importante destacar que o plano minimizará os efeitos da decisão do metrô", informou o consórcio.

Para os usuários da Linha Centro do metrô, serão ativadas as linhas especiais TI Jaboatão/TI Barro e TI Barro/TI Afogados, além dos reforços previstos na linha TI Camaragibe/ Derby. Para a Linha Sul, o Consórcio reforçará as linhas 168 – TI Tancredo Neves (Conde da Boa Vista) e 166 – TI Cajueiro Seco (Rua do Sol).

Confira, na íntegra, o comunicado do Grande Recife Consórcio de Transporte:

O Grande Recife informa que foi comunicado na manhã desta quinta-feira (20) sobre o esquema especial do metrô para a Linha Centro no sábado de Carnaval. Das 19 estações, apenas três operarão normalmente enquanto as outras 16 funcionarão apenas para desembarque, das 14h às 20h. A justificativa apresentada pela CBTU foi a indisponibilidade de trens devido ao acidente ocorrido na última terça-feira (18).
 
No entanto, isso afetará a operação dos ônibus, em especial nos TIs Barro, Camaragibe e Jaboatão, que terão que absorver parte da demanda do metrô. Nas últimas horas, a equipe técnica do Grande Recife debruçou-se para elaborar um plano de contingência priorizando a ligação entre os terminais integrados acima. É importante destacar que o plano minimizará os efeitos da decisão do metrô.
 
Para os usuários da Linha Centro do metrô, serão ativadas as linhas especiais TI Jaboatão/TI Barro e TI Barro/TI Afogados, além dos reforços previstos na linha TI Camaragibe/ Derby. Para a Linha Sul, o Consórcio reforçará as linhas 168 – TI Tancredo Neves (Conde da Boa Vista) e 166 – TI Cajueiro Seco (Rua do Sol). Esta última terá seu itinerário alterado, fazendo com ela entre no TI Aeroporto.
 
Vale destacar que o plano de contingência vem somar ao esquema especial do Grande Recife para o Galo da Madrugada, quando 72 linhas receberão reforço de frota e viagem e outras 13 linhas especiais entram em operação para levar os brincantes de diversos pontos do Recife, Olinda e Camaragibe ao foco da festa. Ao todo, 1.878 ônibus farão 20.014 viagens durante todo o dia. Ou seja, 342 veículos e 3.028 viagens a mais que nos sábados habituais.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

21/02


2020

Nações de maracatu se reúnem no Marco Zero do Recife

Do G1 - PE

Em uma noite de muita música e celebração ao povo negro, o Tumaraca, encontro das nações de maracatu do estado, animou o Bairro do Recife, no Centro da cidade, na noite de ontem, véspera da abertura oficial do carnaval da capital pernambucana.

Continuando a festa iniciada pelo encontro dos grupos de afoxé, o cortejo das nações saiu da Rua da Moeda até a Praça do Marco Zero, no Bairro do Recife, lotando o local e proporcionando um dia a mais de festa na cidade.

Ao chegar ao Marco Zero, os mestres das 13 nações de maracatu vindas de diversos bairros da Região Metropolitana deram início à celebração. Eles pediram e agradeceram a energia dos mais antigos, pelos ensinamentos e tradição, e às futuras gerações, que continuarão perpetuando o maracatu.

As percussões de todas as nações fizeram o público que decidiu ir ao Bairro do Recife, na última noite que antecedeu o carnaval oficial da cidade, dançar durante todas as apresentações.

E se os grupos de afoxé levaram os jasmins, que regaram com ervas o chão do Marco Zero do Recife, para atrair boas energias para a folia de Momo da capital do estado, o maracatu mostrou o batuque marcante dos tambores para espalhar vibrações positivas.

Mestre Chacón, que comanda as batidas do Maracatu Nação Porto Rico, e é um dos maiores defensores do ritmo e da cultura negra no estado. Ele comemorou o sucesso da noite voltada para homenagear a cultura negra no carnaval do Recife.

"O Tumaraca é a persistência do povo negro, o povo que grita cada vez mais por representatividade. Esta noite linda só mostra que o maracatu, assim como o afoxé, pode fazer uma festa maravilhosa durante uma noite inteira", afirmou Chacón.

A rainha do Maracatu Nação Raízes do Pai Adão, Luciana Trindade, de 45 anos, destacou também que a noite de celebração também é um momento de enaltecimento à religião africana, em especial o candomblé, que é o alicerce das nações de Maracatu.

"É um privilégio para mim, como pernambucana e defensora da cultura de matriz africana, fazer parte dessa festa. É o momento que temos para defendermos candomblé, que ainda é visto com muito preconceito", comentou Luciana.

O casal integrante do Maracatu Nação Encanto da Alegria, Rosimery José de Barros, de 56 anos, e José Amaro da Silva, de 65, participa todos os anos do cortejo que antes abria e hoje antecede a abertura do carnaval do Recife e conta que a cada ano a celebração fica mais bonita.

“É muito gostoso ver tantas nações juntas, cada uma com suas cores. Esse é o colorido que o carnaval daqui tem. É bom demais fazer parte disso”, falou alegremente a auxiliar de serviços gerais que foi substituindo a filha como rainha da sua nação de maracatu.

“Ela está trabalhando e a gente não podia deixar o Encanto da Alegria sem rainha. Como mãe, eu vim substituí-la”, contou.

Impressionado com a beleza do espetáculo no Marco Zero do Recife, o italiano Giovanni Rondi, de 65 anos, acompanhado da mulher pernambucana Simone da Silva, de 42, e do filho do casal, Bruno Rondi, de seis, ele falou que nunca viu nada igual.

“É a primeira vez que venho ao Brasil durante o carnaval e estou encantado com a beleza da festa no Recife. Lá fora, a gente só fica conhecendo o samba e chega aqui e encontra uma maravilha dessas”, ressaltou o turista.

Na parte final da celebração, o cantor e compositor Marrom Brasileiro, também mestre de maracatu, subiu ao palco para se juntar aos mestres na noite do Tumaraca e homenagear o percussionista Naná Vasconcelos, grande representante e idealizador da celebração.

“É um imenso prazer fazer parte de um momento como esse. Ver e ouvir tantas nações juntas e poder fazer som junto com elas é algo que a gente leva para a vida”, comentou Marrom Brasileiro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/02


2020

Olinda abre oficialmente carnaval de 2020

Do G1 - PE

Começou oficialmente, ontem, o carnaval de Olinda. Depois do cortejo do Homem da Meia-Noite, que partiu após às 19h, da sede da prefeitura com destino ao palco da Praça do Carmo, o público levantou a poeira com muito frevo.

A festa começou com A Cocada, que foi seguida pelo Grêmio Musical Henrique Dias. Marrom Brasileiro e Alceu Valença também se apresentaram, marcando a festa que entrou pela madrugada desta sexta (21).

Atração mais esperada da noite, Alceu subiu ao palco bem tarde. O cantor e compositor incendiou o público, que não dava sinais de cansaço. Ao som de "Bicho Maluco Beleza" e de um foguetório, ele arrancou gritos do povo, que delirou com "Diabo Loiro".

Com receio da chuva, o público foi chegando aos poucos. Foi assim no cortejo e também na Praça do Carmo. Se a banda A Cocada começou quando a praça ainda tinha bom espaço entre o público, a segunda atração da noite, o Grêmio Musical Henrique Dias já deixou o palco com a área lotada.

De acordo com a Secretaria e Turismo e Cultura de Olinda, são esperados 4 milhões de foliões nas ladeiras do Sítio Histórico, em 2020. Dayane Balieiro veio de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul, pela segunda vez ao carnaval de Olinda.

"Preferi voltar, porque vi aqui um carnaval muito diferente do que se fala em relação aos outros carnavais do Brasil. Aqui, podemos brincar mais tranquilas, com menos clima de pegação", disse Dayane, que desta vez veio junto com outros dois amigos e tem mais seis de Brasília, Belém e do Rio de Janeiro para chegar.

Já Amanda Alves trouxe a turma toda de Brasília. "Já é o terceiro ano que venho e gostamos muito de brincar na rua, indo atrás das orquestras", afirmou.

Já acostumada com o carnaval de Olinda, dona Maria do Bom Parto não perde a oportunidade de dançar o coco. Ela gastou o chão ao som de A Cocada.

"A gente tem que aproveitar mesmo e dançar para mostrar a nossa cultura, para a nossa cultura não acabar", disse, quase sem ar ao dar uma pausa na dança.

Ambulantes

Enquanto as ladeiras não são tomadas pela multidão, os comerciantes correm para deixar tudo pronto até o sábado (22), quando o Sítio Histórico começa a fervilhar. Sérgio Ramos, de 45 anos, conhecido como Teco, trabalha há 22 no carnaval de Olinda, com mais cinco familiares.

Ele tem boas expectativas para as vendas, mas se queixa do aumento da concorrência. "Como tem muita gente desempregada, a turma vem tentar tirar algum sustento aqui da festa também. Eu não tiro satisfação com eles, porque sei que está todo mundo na luta, mas que fica mais difícil para a gente, fica", explicou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/02


2020

Deputados registram BO contra Cid Gomes

Por Estadão Conteúdo

Os deputados federais Capitão Wagner (Pros-CE), Major Fabiana (PSL-RJ) e Capitão Alberto Neto (Republicanos-AM) registraram boletim de ocorrência contra o senador licenciado Cid Gomes (PDT) por tentativa de homicídio. A justificativa é de que Cid atentou contra a vida dos policiais militares em Sobral (CE) na última quarta-feira, 19, quando tentou invadir o quartel com um trator e foi baleado.

O BO foi registrado na noite de quarta-feira, no 34º Distrito Policial, em Fortaleza. No documento, Capitão Wagner noticia os crimes cometidos por Cid Gomes de dano ao patrimônio público ao tentar entrar na sede do Batalhão da Polícia Militar de Sobral derrubando o portão com o trator.

O quartel da Polícia Militar estava ocupado por agentes grevistas encapuzados e seus familiares. Depois de ser baleado, Cid foi operado no Hospital do Coração de Sobral e transferido a Fortaleza no início de ontem. O Estado apurou que Cid foi atingido por dois tiros de pistola calibre .40, arma padrão das Polícias Militares, que atingiram a região do tórax. O comando da PM do Ceará está tratando o caso como tentativa de homicídio.

Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) criticaram ontem, a paralisação dos policiais militares de Sobral, sob a alegação de que o movimento é "ilegal". A Constituição Federal proíbe a sindicalização e a greve de militares. Antes do episódio envolvendo o senador licenciado, homens que foram identificados como policiais encapuzados circularam pelo centro de Sobral ameaçando comerciantes com armas de fogo para fecharem seus estabelecimentos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Bolsonaro pratica autossabotagem em novo choque com o Congresso. Explosão de ministro contra parlamentares esvazia oxigênio político do governo


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores