FMO

16/11


2019

Coluna deste sabadão na Folha

TSE no tira dúvidas de 2020

Em eleição, não basta apenas ter a melhor logística, a mais ampla aliança ou o melhor candidato. Tem que ter, também, uma bagagem invejável, principalmente quando o pleito municipal que se avizinha chega recheado de mudanças nas regras eleitorais. O maior diferencial, o fim das coligações na proporcional, tira o sono de muita gente.

O uso mais adequado da internet pode ser uma arma infalível em tempos do mundo online, na captura do eleitor por apenas um clique no celular. Candidatos a prefeito, vereador e profissionais envolvidos não podem perder o 1º Curso de Capacitação para as eleições 2020, na próxima segunda-feira, no Centro de Convenções, iniciativa do Instituto Eleitoral e Público de Pernambuco (IDEPPE).

Especialistas das diversas áreas do processo eleitoral foram selecionados a dedo, como o ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Tarcísio Vieira, que abordará a temática “Expectativa para as eleições 2020 do ponto de vista do TSE”.

Terror das fake news – Mestre e doutor em Direito pela PUC-SP, o advogado paulista Diogo Rais fará uma imperdível palestra sobre Direito eleitoral digital, propaganda na internet, mídias sociais, impulsionamento e fake news, este um dos maiores problemas que os candidatos devem enfrentar nas eleições municipais. Ele é autor de livros sobre a propagação de fake news (notícias falsas).

Fim das coligações – Já advogada Diana Câmara vai explicar o que mudou nas regras para o jogo municipal destrinchando a minireforma eleitoral aprovada pelo Congresso, o fim das coligações e os chamados mandatos coletivos. Tem, ainda, Marcela Montenegro, do Ipespe, falando sobre pesquisas eleitorais e Orson Lemos, do TRE, apontando as inovações da justiça eleitoral.

Inscrições – O 1º Curso de Capacitação para as eleições de 2020 conta o apoio da Comissão de Direito Eleitoral da OAB, do Tribunal Regional Eleitoral e do Conselho Regional de Contabilidade. Para garantir a sua vaga, corra e faça sua inscrição online no site www.ideppe.com.br. “A ideia é orientar quem vai enfrentar as urnas”, diz o presidente da Amupe, José Patriota.

Mudança – A Gerência Técnica Jurídico-Penal, da Secretaria Executiva de Ressocialização, passa ao comando da advogada Albenice Gonçalves, que priorizará as ações de promoção da defesa dos legítimos interesses do preso no complexo sistema penitenciário de Pernambuco.

Lobista – O ministro da Economia, Paulo Guedes, deu uma canelada entre as medidas do pacote enviado ao Congresso. Desobriga, simplesmente, os governos de construir escolas onde faltam vagas para as crianças. Na verdade, assumiu o lobby pela ampliação do ensino privado no País.

RENOVANDO – O Grupo Baterias Moura fez mudanças no seu comando e já tornou pública. O modelo de gestão, compartilhado atualmente por Sérgio Moura e Paulo Sales, passa a contar com Edson Viana Moura na presidência do Conselho de Acionistas, remanejado do Conselho de Administração.

Perguntar não ofende: Até quando o Túnel da Abolição vai continuar infernizando a vida do cidadão recifense?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Presidente Jair Bolsonaro garante que o óleo não chegará às praias de MInas Gerais.

Fernandes

Novo partido do presidente bozo Aliança povo de Deus com miliciano!

Fernandes

Sede de Justiça Assassinato de Marielle, quem mandou mata-la? Porque Bolsonaro pegou as gravações da portaria do condomínio Vivendas antes da polícia?

Fernandes

Se não tinha nada com a morte Marielle, por que o capitão passou a mão nas provas?

Fernandes

Quem diz que gay é escandaloso é porque nunca viu um hétero defendendo Bolsonaro!


Prefeitura de Abreu e Lima

16/11


2019

Executivo de alta linhagem

Tive o prazer e a alegria de reencontrar, ontem, em Gravatá, o ex-secretário de Agricultura no Governo Eduardo Campos, Aldo Santos. Dentre tantas revelações de executivos frutos do tino gestor de Eduardo, Aldo é, sem dúvida, uma das melhores.

Executivo moderno e competente, com ampla visão política, alicerçada nos movimentos sociais, com ênfase na agricultura familiar ecológica. Atuou em Ongs, como a Sabiá e a Asa - Articulação do Semiárido, esta do projeto Um milhão de cisternas.

Na vida pública, atuou no Ipa e no Prorural. Ninguém conhece melhor de Agricultura familiar, uma das marcas que imprimiu no Governo Eduardo. Aldo empresta seu talento, no momento, a Compesa e sua mulher Neilda trabalha na Cáritas, braço da Igreja, em Pesqueira. 

O reencontro se deu no restaurante Barito, um dos mais charmosos, românticos e boa mesa de Gravatá, onde acabei reencontrando também muitos gestores públicos e políticos que curtem o feriadão no melhor clima serrano do Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Paulista

16/11


2019

BNDES libera emprestimos bilionários a empresas

Foto: Arquivo Agência Brasil

O Dia


O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou três empréstimos bilionários para investimentos empresariais. A operação sinaliza que a instituição não abandonará o crédito e aponta para uma percepção de melhora na economia no médio prazo, segundo o diretor de Crédito e Garantia do banco, Petrônio Cançado.

Em outubro, foram dois empréstimos para o setor elétrico: R$1,76 bilhão para a Chimarrão Transmissora de Energia, e R$1,26 bilhão para um parque de geração eólica da Engie, na Bahia. Semana passada, a fabricante de papel e celulose Klabin anunciou a contratação de R$3 bilhões com o BNDES, para financiar a expansão da fábrica de embalagens no Paraná.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Toda propaganda tem que ser popular e acomodar-se à compreensão do menos inteligente dentre aqueles que pretende atingir.” ADOLF HITLER

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

É isso. Para Cuba, Angola e outros países comunistas que recebiam esses empréstimos e não tem como pagar nada. Sim, ainda tinha o retorno em caixotes de parte desse empréstimo para os \"cumpanheiros\".


Prefeitura de Serra Talhada

16/11


2019

Ministro da Educação defende a Monarquia

Foto: Valter Campanato/Agência Brasi

O Dia


O ministro da Educação, Abraham Weintraub, fez elogios à Monarquia e questionou as comemorações de ontem à Proclamação da República.

“Não estou defendendo que voltemos à Monarquia mas… O que diabos estamos comemorando?”, perguntou no Twitter.

Weintraub postou foto em reunião com a legenda: “Qual a melhor forma de ‘comemorar’ o primeiro golpe de estado no Brasil? TRABALHANDO!”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


16/11


2019

Bolsonaro questiona investigações sobre caso Marielle

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) entrou com ação contra o presidente por obstrução de Justiça no caso Marielle.

Foto: José Cruz/Agência Brasil

O Dia

 

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na manhã de ontem, ao chegar ao Forte dos Andradas, em Guarujá, litoral de São Paulo, que ficou “chateado” ao ler notícias divulgadas sobre um possível mandado de busca e apreensão na casa de seu filho Carlos Bolsonaro relacionado ao assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes.

“A vida toca. Vi uma matéria agora de que o PT quer fazer uma busca e apreensão na casa de um filho meu no Rio de Janeiro. O pessoal vê sobre busca e apreensão e pensa que está metido com que coisa errada. Eles querem é saber se eu tenho ligação com caso Marielle. Não conseguiram nada comigo, vão pra cima de um filho meu. É muita marola, mas deixa a gente chateado”, disse.

O presidente questionou o “que teria a ver com a morte desta senhora” e provocou: “Tem 150 pessoas morando no meu condomínio, agora se roubam uma galinha vão me acusar de ter feito uma galinhada”.

Ações contra o presidente

Ainda no mesmo dia, a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) entrou com uma ação no Tribunal Federal (STF) contra Bolsonaro por suposta obstrução às investigações após o presidente ter admitido que pegou as gravações da portaria de seu condomínio no Rio de Janeiro. Bolsonaro negou que tenha adulterado o material.

No começo do mês, o PT entrou com o mesmo tipo de ação judicial contra Bolsonaro. O partido alega ter havido crime de responsabilidade por parte do presidente.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Eu acredito no porteiro.


Prefeitura de Limoeiro

16/11


2019

Inadimplência cai entre os mais jovens

Foto: Marcelo Casal JR/Agência Brasil

O Dia

 

A inadimplência cresceu entre mais velhos e caiu na faixa dos mais jovens no último mês, segundo levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

Quanto ao perfil dos endividados, a pesquisa mostra um aumento expressivo da inadimplência entre os que têm idade mais avançada: crescimento de 7,1% na faixa de 64 a 84 anos e de 4,1% entre a população de 50 a 64 anos.

Entre os consumidores mais jovens, há um recuo mais acentuado na faixa de 18 a 24 anos, com uma diminuição de 21,6% em outubro na comparação com igual mês de 2018. Também houve queda nas faixas de 25 a 29 anos e de 30 a 39 anos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Capacitação de Candidatos

16/11


2019

Fake news atrapalham vacinação da população

Foto: Marcelo Camargo/Arquivo Agência Brasil

O Dia

 

Segundo informações da Agência Brasil, uma pesquisa feita pela Sociedade Brasileira de Imunizações em parceria com a organização não governamental Avaaz mostra que sete em cada dez brasileiros acreditam em fake news sobre vacinas.

Entre os entrevistados, 13% assumiram que deixaram de se vacinar ou deixaram de vacinar uma criança sob seus cuidados. Para 24% dos entrevistados, “há boa possibilidade de as vacinas causarem efeitos colaterais graves”, quando, na verdade, os efeitos adversos graves são raríssimos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Magno coloca pimenta folha

16/11


2019

Novas manchas de óleo atingem praias do Piauí

O material foi encontrado em praias de Ilha Grande e Parnaíba.

Foto: MARINHA DO BRASIL/DIVULGAÇÃO / Estadão

Da Veja - Por Estadão Conteúdo

 

A força-tarefa do governo federal que acompanha o caso das manchas de óleo encontradas nas praias do litoral do Nordeste e do Sudeste brasileiro confirmou nesta sexta-feira, 15, o aparecimento de novas manchas de óleo no Piauí. O material foi encontrado em praias de Ilha Grande e Parnaíba. Na quinta-feira, 14, já haviam sido registradas manchas em Luís Correia, onde a praia de Atalaia foi decretada imprópria para banho pela secretaria estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

Além desses casos no Piauí, têm vestígios de óleo e estão com ações de limpeza em andamento outros 20 locais: Araioses, no Maranhão; Fortim, no Ceará; Baía Formosa, no Rio Grande do Norte; Paulista e São José da Coroa Grande, em Pernambuco; Coruripe, Barra de São Miguel, Feliz Deserto e Piaçabuçu, em Alagoas; Brejo Grande, em Sergipe; Prado, Canavieiras, Ilhéus, Itacaré, Maraú, Cairu, Belmonte e Entre Rios, na Bahia; Linhares e Serra, no Espírito Santo.

Segundo nota divulgada nesta sexta-feira pela força-tarefa, já foram recolhidas cerca de 4.500 toneladas de resíduos de óleo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

16/11


2019

General defende Bebiano

General sai em defesa de Bebianno e vira alvo de bolsonaristas nas redes. Paulo Chagas diz que Bebbiano foi um "pitbull" na defesa de Bolsonaro e que virou um bode expiatório.

(Evandro Éboli/VEJA)
Da Veja - Radar
Por Evandro Éboli

 

Ainda aliado do governo Jair Bolsonaro, o general Paulo Chagas saiu em defesa do ex-ministro Gustavo Bebianno, que virou um desafeto do presidente, de sua família e de ex-colegas da Esplanada.

Chagas disputou o governo do Distrito Federal, com o apoio do hoje presidente, postou um artigo extenso em que elogia Bebianno e diz que ele foi um “pitbull” na defesa de Bolsonaro. Diz que ele foi de fiel escudeiro a traidor e agora a bode expiatório.

E atacou Carlos Bolsonaro, com quem Bebiano se desentendeu e foi a razão de sua saída do governo.

“Bebianno foi o mais próximo, leal e confiável membro do staff do candidato Jair Bolsonaro, condição que o converteu em injustificável da desconfiança e antipatia de Carlos Bolsonaro. Foi transformado em traidor e bode expiatório daquela crise familiar, e agora de uma possível mágoa do deputado Phillipe Orleans e Bragança por ter sido rejeitado para o cargo de vice-presidente na chapa. Algo para mim lamentável e decepcionante”, escreveu Chagas nas suas redes.

O general recebeu alguns elogios, mas muitas críticas de seguidores de Bolsonaro nos comentários.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Shopping Aragão

15/11


2019

Mercado prevê alta de 1% do PIB

Foto/Agência Brasil

Da IstoÉ - Por Estadão Conteúdo

 

Os dados de atividade do mês de setembro confirmaram a expectativa de mercado de leve aceleração do ritmo de retomada e provocaram um aumento nas perspectivas para o crescimento da economia em 2019 e 2020, de acordo com levantamento feito ontem pela Projeções Broadcast após a divulgação do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) do nono mês. Agora, a expansão de 1,0% do Produto Interno Bruto (PIB) de 2019 é a mediana, contra 0,90% há um mês. Para 2020, a mediana é de 2,3%, mais alta do que no levantamento anterior (2,0%).

Com 35 instituições ouvidas, o intervalo para o PIB deste ano vai de 0,90% a 1,20%, enquanto para 2020 varia de 1,60% a 2,80%. Para o terceiro trimestre, o piso das estimativas é de 0,30% e, o teto, de 1,0%. A mediana encontrada é de 0,40%. O IBGE divulga o PIB de julho a setembro no dia 3 de dezembro.

O resultado do IBC-Br (uma espécie de prévia do PIB do Banco Central) do terceiro trimestre evidenciou a melhora no desempenho da economia, com crescimento de 0,91%, acima do indicado pela mediana do serviço especializado do Broadcast, de 0,75%. A expansão de 0,44% de setembro também superou a mediana de 0,39% e os números dos meses anteriores do trimestre também foram revisados para cima. A avaliação do mercado é de que fatores pontuais, como o FGTS, impulsionam a atividade, mas que há outros motivos mais duradouros que explicam o melhor desempenho da economia. Números do IBGE sobre atividade nos Serviços e no Varejo em setembro também apresentaram melhora.

“Diante da leitura do IBC-Br acima da expectativa e da recente recuperação acima do esperado dos principais setores da economia brasileira, acreditamos que a recuperação da atividade econômica continuará ganhando tração nos próximos meses”, avalia a XP Investimentos, em relatório em que reporta o aumento da projeção de 2019 de 0,90% para 1,0% e de 2020, de 2,10% para 2,3%.

Surpresa

O Banco Safra, o Rabobank, a Mongeral Aegon Investimentos, a Arazul Capital e a GO Associados também elevaram as projeções depois da divulgação dos indicadores de setembro.

Mas não foi só o IBC-Br que surpreendeu positivamente. O economista Julio Cesar Barros, da Mongeral Aegon Investimentos, alterou a projeção para o PIB de julho a setembro, de 0,50% para 0,60%, por causa do “conjunto da obra”. A estimativa para 2019 é de 1,0%. “O que acho importante é a sinalização para frente. Setembro foi um mês mais forte, afetado por questões específicas, como o FGTS e a Semana do Brasil, mas também por um crescimento do crédito, pela melhora gradual do emprego e pela redução das incertezas.”

O desempenho melhor da atividade no fim deste ano também vai deixar uma herança positiva para 2020. Por isso, Barros aumentou a projeção do PIB do ano que vem de 2,20% para 2,40%.

 
“Há um impulso maior de atividade econômica, mas é uma aceleração frente ao primeiro trimestre, que foi bem ruim. Não devemos nos entusiasmar tanto assim. Apesar de ser o número mais elevado do ano, caso a projeção se confirme, ainda não é tão forte como deveria ser no pós-crise”, diz o economista Alexandre Lohmann, da GO Associados, que espera alta de 0,52% no terceiro trimestre e de 1,15% em 2019.

Na Trafalgar Investimentos, o economista-chefe Guilherme Loureiro manteve a perspectiva para o PIB do terceiro trimestre, de 0,50%, de 2019 (1,0%) e de 2020 (2,5%). “Os dados reforçam a expectativa que já era mais otimista para o terceiro trimestre.”

Mas Loureiro acrescenta que outros sinais de setembro indicam um crescimento mais forte lá na frente, com melhora adicional das condições financeiras, o que pode possibilitar uma expansão maior do PIB em 2020, de 2,6% a 2,7%. “Há indicadores antecedentes, como a curva de juros e a inflação de curto prazo, que vão se refletir daqui a seis meses, que indicam retomada mais forte”, diz, citando também que as reformas estruturais devem impulsionar o crescimento. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha