Faculdade de Medicina de Olinda 2

11/11


2019

Aline lamenta falecimento de Inaldo Sampaio

Nota oficial

É com muito pesar que recebemos a triste notícia do falecimento do amigo querido e jornalista Inaldo Sampaio, hoje. Perdemos mais um grande profissional da comunicação de Pernambuco, cuja responsabilidade e apuro com os princípios do bom jornalismo eram marcas registradas da sua profícua trajetória profissional.

O jornalista e colunista político, que assinou a coluna Fogo Cruzado na Folha de Pernambuco, no Jornal do Commercio e, atualmente também atuando na Rádio CBN, deixa um vazio enorme. 

Neste momento de dor e consternação, só nos cabe pedir a Deus que ilumine, dê paz e conforto a todos os seus familiares para que possam enfrentar esta imensurável dor com serenidade, força e fé. 

Aline Mariano

Vereadora do Recife pelo PP


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Grande jornalista que Deus o coloque em um bom lugar.


Prefeitura de Abreu e Lima

11/11


2019

Ser corrupto é padecer no paraíso. Ô-lê-lê!

O cientista político The Gaulle afirmou que o freio de mão contra a Operação LavaJato para punir os corruptos somente na nonagésima instância é uma decisão muito séria, revela o bicho-grilo Adalbertovsky em sua cantoria no alto das montanhas da Jaqueira. “Depois de combater as tenebrosas transações de corrupção, a LavaJato cumpre a sua Via Dolorosa. Fica decretado que ser corrupto é padecer no paraíso verde-amarelo até o Dia do Juízo Final. Ô-lê-lê! Ô-lá-lá!”.

“Alegrai-vos, corruptos, com o tráfego em julgado no Dia de São Nunca! Alegrai-vos, camarilhas do Mensalão, do Petrolão, dos corruptos do BNDES e das estatais! Não vos inquieteis! A prescrição dos processo da LavaJato já está a caminho. Ó venerável Ulysses Guimarães, penhor da Constituição Cidadã! Ó Constituição, quantas patifarias estão sendo cometidas em teu nome!”.

“Um passarinho me contou que a mundiça vermelha está celebrando pelo avesso a cantoria do profeta Ruy Barbosa chamada de “Oração aos Moços, às Moças e à Galera da Terceira Idade”, publicada na conta do cabeção no Instagram. “De tanto ver triunfar as sumidades; de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos  colaboradores da Operação LavaJato, os homens do sexo masculino chegam a desanimar-se das roubalheiras, a rir-se da desonra, a ter vergonha de ser desonesto”.

A crônica do bicho-grilo Profeta Adalbertovsky está publicada no Menu Opinião. Metam os peitos!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Qual Queiroz, o do Flávio ou o do Lindbergh?

marcos

Corrupção tem em todo lugar, agora fã clube de corrupto só no Brasil!

Fernandes

Soltar o Lula é fácil. Quero ver prenderem o Queiroz? KKKK

Fernandes

Áudios envolvem Bolsonaro e igrejas brasileiras no golpe na Bolívia. Matéria públicada pelo site Brasil 247 envolvem o governo Bolsonaro e igrejas pentecostais do Brasil no Golpe na Bolívia.


Prefeitura de Paulista

11/11


2019

Inaldo, tu sôis bom!

Por José Adalberto Ribeiro

Fico triste com a partida prematura de Inaldo, triste partida. Existe o principio existencial de que devemos saudar os que partem com bons sentimentos. Sim, mais que isto, por uma questão de justa fidelidade à memória de quem reverenciamos. Um pouco mais jovem do que eu, Inaldo brilhava e brilha na geração do nosso jornalismo impresso desde a década de 1980. Deixou um legado na galeria da Imprensa pernambucana.   

Inaldo na coluna “Pinga-Fogo” no Jornal do Commercio e eu na coluna Diário Político do Diário de Pernambuco, vivenciamos o apogeu do jornalismo impresso em Pernambuco. Foi o trem da história que passou na vida de nossas gerações nas décadas de 1980 e 1990.

Louvando o que bem merece, seja dito: Inaldo era um ótimo jornalista e também ótimo músico instrumentista de saxofone. Uma vez assisti uma performance dele na banda Pinga Fogo e fiquei empolgado com o repertório e com os trinados do sax. Eu disse a ele: “Tu sôis bom, bicho”. Ele respondeu na brincadeira: “Que nada, bom sôis tu”.

Diletante na música e admirador dele, emprestei-lhe um LP intitulado “Ronnie Aldrich e seus dois pianos”, com repertório de clássicos universais, de Mozart, Schubert, Chopin, gênios. Inaldo adorou. O tema de “Elvira Madigan”, de Mozart, sublime criação da natureza humana!     

Ele e eu almoçamos certa vez no antigo restaurante Lobster na Av.Rui Barbosa com o então governador Miguel Arraes. De modo meio enigmático, o “mito” na época nos recomendou que devíamos valorizar cada centímetro de jornal para abordar temas de interesse do povo. Inaldo ouvia o mito com atenção reverencial. O “pessedista” Arraes, como dizia, era um dos seus ídolos e o velho gostava dele. Se entendiam nos roçados da política interiorana.      

Pertence a uma família de irmãos vitoriosos e bem sucedidos nas suas áreas de atuação, a exemplo do competente e também respeitável editor Ivanildo Sampaio, a quem rendo homenagem como jornalista da melhor estirpe.      

Ele era conhecido por seus “arquivos implacáveis”, tipo aqueles fichários com relatos sobre os cenários e personagens da cena política, nacional e local. Também de boa memória, conhecia, de salteado e de cor, os viventes e os fatos da nossa fauna e nosso flora política. Conhecia e gostava do traçado.

A vida física foi ingrata para Inaldo. Devido a uma cirurgia mal sucedida, perdeu a articulação no joelho e ficou com a perna travada. Com mobilidade limitada, tornou-se um sedentário, ele um andarilho da notícia nas nuvens da política. Certamente sofria no coração, mas não externava amargura por essa limitação física. Resultado é que ficou obeso.   

Construiu uma boa família, viveu cercado da melhor estima de familiares, parentes, aderentes, conterrâneos, amigos e conhecidos. 

Tinha um viés progressista de esquerda no sentido humanitário, do bem.  

Nesta despedida, recorrendo ao gênio de Mozart, dedico o tema  de “Elvira Madigan” em reverência à boa memória do amigo e repito: “Tu sôis bom, Inaldo!”.
 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

11/11


2019

Jornalismo político empobrece com morte de Inaldo

Meu conterrâneo do Sertão do Pajeú, de São de José do Egito, reino da cantoria, o jornalista político Inaldo Sampaio, 64 anos, faleceu de madrugada. Ele teve problemas pós cirúrgico na luta contra o câncer.

 

Inaldo foi um dos mais talentosos colunistas do País. Antes de assinar a coluna Pinga Fogo, no Jornal do Comércio por muito tempo, foi repórter da sucursal de O Globo, no Recife, colunista da Folha de Pernambuco e ultimamente assinava coluna no Diário de Pernambuco.

Seu sepultamento será às 17 horas, no cemitério Morada da Paz. Inaldo deixa uma legião de leitores e amigos. Deixa também um vácuo na música. Era saxofonista da banda Pinga Fogo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ary Siqueira da Cunha Filho

Lamentavelmente, perdemos nesta madrugada um dos nossos melhores jornalistas político, que sempre imparcial e atualizado, nos propiciava estar em dias com a boa política. Que DEUS receba Inaldo Sampaio de braços abertos e aos familiares, parentes e amigos muita Força e Fé nesse momento de grande dor.



11/11


2019

Coluna desta segunda na Folha

STF não limpou ficha suja de Lula

O lulismo-petismo se vestiu de vermelho e ganhou às ruas para comemorar a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) confundindo soltura com pré-candidatura presidencial. Que fique claro: o chefe da quadrilha dos escândalos do mensalão e do maior assalto aos cofres públicos da República – a quebradeira na Petrobras, operação que resultou na Lava Jato – é ficha suja, inelegível.

O ato insano do Supremo, que envergonhou a Nação, só interfere na retirada dele da cadeia. À luz do direito eleitoral, Lula continua fora de qualquer disputa, até que o processo ande e chegue ao veredito final aos olhos das excelências do Superior Tribunal Eleitoral. Diz a lei que condenado em segunda instância, como ele está, não pode disputar nem eleição para síndico.

Ressalte-se ainda que, pelas atrocidades cometidas pela “alma mais honesta do País”, para não dizer ao contrário, restam pela frente mais 11 processos em suas costas.

Falta a Lei Seca – O soco no estômago da sociedade dado sem piedade pelo STF me fez relembrar uma canção de Cazuza, feita há 30 anos: “Te chamam de ladrão, bicha, maconheiro, transformam o País inteiro num puteiro, pois assim se ganha mais dinheiro”. Só falta Lula ser flagrado dirigindo embriagado para sepultarem também a lei seca. O 6 X 5 causou mais vergonha do que o 7 X 1.

Deus livre o Brasil! – Em seu discurso inflamado ao sair da prisão, Lula insuflou o povo brasileiro a copiar o Chile, nas ruas em guerra civil, e ainda disse que iria ensinar seus adversários a governar. Se Bolsonaro se render à cartilha lulista de governar, o País vai se ferrar. Não haverá cofre público que resista. Só na Petrobras foram surrupiados R$ 48 bilhões.

Longe da política – Joana Maranhão, nadadora orgulho de Pernambuco, nega que tenha pretensão política. “Nunca disputei nem para representante de turma colegial. Estou em Belo Horizonte em licença maternidade”, disse, em nota enviada à coluna, na qual nega também que seu nome tenha sido ventilado para fechar a chapa de Túlio Gadelha como vice no Recife.

Start da campanha – Pré-candidato do PSB a prefeito de Olinda, Pedro Mendes recebeu homenagem dos amigos depois da sinalização do partido para entrar de vez na disputa, com diversos outdoors na cidade saudando o seu niver, sábado passado. Mendes é bom camarada!

Petrolina 1 – O ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lossio (PSD), nega que os últimos acontecimentos – a indisponibilidade dos seus bens e uma conta rejeitada da gestão passada – impeçam sua candidatura. Estranha também informações de um suposto acordo com Lucas Ramos.

Petrolina 2 – Deputado estadual, Lucas Ramos é o candidato do PSB e, num provável entendimento com Lossio, teria Andrea, esposa do ex-prefeito, na vice. “Nunca tive conversas nessa direção. Candidaturas múltiplas são inerentes para levarmos a eleição ao segundo turno”, revela Lossio.

Perguntar não ofende: Quando falar de eleição municipal, Lula vai pregar que o PT tenha candidatos próprios nas capitais?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Bomba : Seu Jair mandou matar Marielle Franco!

Fernandes

Bolsonaro propõe trégua a Bivar e o convida para comer pizza de laranja.

Fernandes

Desespero total de Bolsonaro é sinal claro de que a situação é muito séria. Ele vai cair.

Fernandes

Dois milhões de Índios descem para La Paz. O sangue vai dá no meio da canela.

Fernandes

Lula fará rejeição a Bolsonaro disparar.


Prefeitura de Limoeiro

11/11


2019

Bolsonaro e Lula miram o Nordeste

Os presidente Bolsonaro e o ex-presidente Lula viajam à região com agendas distintas. O Presidente vai a Campina Grande inaugurar complexo do Minha Casa, Minha Vida. Petista dá pontapé inicial em saga pelo país.

Fotos: Antonio Cruz/Agência Brasil - Valter Campanato/Agência Brasil

O Globo - Por Gustavo Maia e Sérgio Roxo

 

Em lados opostos do xadrez político, o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva têm agendas previstas no Nordeste esta semana. Bolsonaro deve chegar hoje a Campina Grande , segunda maior cidade da Paraíba, para entregar um complexo habitacional com 4,1 mil moradias do Minha Casa, Minha Vida . Criado em 2009 no governo do petista, o programa terá o nome alterado no mês que vem. Já Lula deve iniciar na região suas viagens pelo país na fase pós-prisão. Nesta segunda, o petista começará a definir o seu calendário de atividades e a sua linha de atuação como opositor ao presidente.

A viagem de Bolsonaro ao município paraibano já estava programada havia semanas, mas coincide com a retomada política de Lula, que tem no Nordeste seu principal reduto. No segundo turno das eleições do ano passado, Bolsonaro venceu o candidato do PT, Fernando Haddad , em apenas três cidades da Paraíba, entre elas Campina Grande, onde obteve o melhor resultado no estado, 56,3% dos votos válidos. Ele também saiu vitorioso em João Pessoa (54,8%) e em Cabedelo (50,9%). No estado, o petista obteve 65% dos votos contra 35% de Bolsonaro.

Esta será a quinta viagem de Bolsonaro ao Nordeste em mais de dez meses de mandato. Em maio, ele esteve em Pernambuco , passando por Recife e Petrolina no mesmo dia. Já em julho, foi à inauguração de um aeroporto em Vitória da Conquista, em meio a uma briga com o governador da Bahia , o petista Rui Costa . Em agosto, voltou ao estado para a inauguração de um projeto de energia solar em Sobradinho e foi a Parnaíba, no Piauí. Bolsonaro vai a Campina Grande acompanhado do ministro do Desenvolvimento Regional , Gustavo Canuto, e de aliados. Eles serão recebidos pelo prefeito da cidade, Romero Rodrigues (PSD).

As famílias contempladas pelas moradias têm renda de até R$ 1,8 mil mensais. O Ministério do Desenvolvimento Regional informou que o Complexo Habitacional Aluízio Campos possui 3.012 casas e 1.088 apartamentos de até 48 m², avaliados em R$ 61 mil cada, com cota para famílias com pessoas com deficiência e com bebês vítimas de microcefalia.

O empreendimento dispõe de 70 ruas asfaltadas, iluminação pública em led, duas avenidas com acesso à BR-104, dois ginásios cobertos, três creches, duas escolas, duas Unidades Básicas de Saúde (UBS), um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e dez praças com academias de saúde.

De acordo com a Presidência, o evento terá convidados da Prefeitura de Campina Grande, a proponente do evento, como sempre acontece em atos como esse. Bolsonaro deve decolar de Brasília por volta das 6h30. O compromisso é às 10h.

Festival para Lula em Recife

Lula deve participar da versão pernambucana do festival musical batizado “Lula Livre” no dia 17 em Recife. Ainda existe possibilidade de o ex-presidente visitar Salvador na quinta-feira para participar de uma reunião da executiva do PT que acontecerá na cidade. Se isso ocorrer, o partido pode organizar também um evento público para o ex-presidente ter contato com o povo. Petistas avaliam que Lula deve continuar a ser duro nos ataques a Bolsonaro e à Lava-Jato .

— Ele saiu muito grande de lá (prisão). O PT tem que ter juízo, sabedoria e planejamento para potencializar isso a favor do Brasil — afirmou Márcio Macedo, um dos vice-presidentes do PT.

Desde o tempo em que comandava o país, o ex-presidente tem os seus melhores índices de aprovação entre os eleitores nordestinos. A região foi a única na eleição do ano passado em que Bolsonaro perdeu para o petista Fernando Haddad .

Lula também já acertou que fará um pronunciamento na abertura do congresso do PT, no dia 22, em São Paulo. Para esse discurso, o ex-presidente pediu a assessores um amplo levantamento da situação do país baseado em números. O ex-presidente deve usar a fala para dar a orientação política ao partido para os próximos anos. Lula vai abordar a situação atual do Brasil e projetar os caminhos que enxerga para o futuro.

O ato de sábado na frente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC , em São Bernardo, foi avaliado como positivo. Lula celebrou principalmente a presença dos jovens. A expectativa é que ex-presidente volte a despachar nesta segunda-feira em seu instituto no bairro do Ipiranga, na Zona Sul de São Paulo.

- O Lula estava muito animado para viajar pelo país e feliz com o que encontrou em São Bernardo - disse o ex-deputado Jilmar Tatto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Tem muitas uma diferenças, um é Presidente e o outro é Presidiário!


Capacitação de Candidatos

11/11


2019

Augusto Aras tem atuação afinada com Bolsonaro

Em 1 mês e meio na PGR, Aras tem atuação afinada com Bolsonaro. Procurador-geral da República arquiva pedido de indenização a uma comunidade indígena e abre espaço a procuradores bolsonaristas.

JBolsonaro cumprimenta o procurador-geral da República, Augusto Aras, Foto: Jorge William / Agência O Globo

O Globo - Vinicius Sassine

 

Em um mês e meio como procurador-geral da República (PGR), Augusto Aras tem tido uma atuação sem atritos com o presidente da República, Jair Bolsonaro. Escolhido para o cargo fora da lista tríplice votada pela categoria, Aras já arquivou um pedido de indenização a comunidades indígenas. No caso Marielle Franco , descartou abrir investigação sobre a suposta citação ao nome de Bolsonaro por um dos acusados do crime, e determinou abertura de inquérito sobre o porteiro que citou o nome do presidente. Aras também abriu espaço a procuradores considerados bolsonaristas em seu gabinete.

Dentro do Ministério Público Federal (MPF) , os primeiros atos de Aras foram vistos como esperados, dado o contexto de sua indicação ao cargo. Quando escolheu Aras para chefiar a PGR, Bolsonaro explicou que o principal critério foi a busca por um procurador-geral que não fosse “xiita” em áreas como a ambiental.

Neste tema, Aras já mudou uma posição adotada por sua antecessora, Raquel Dodge.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Magno coloca pimenta folha

11/11


2019

Emprego: presidente lança hoje Programa Verde Amarelo

Bolsonaro lança Programa Verde Amarelo para estimular a contratação de jovens entre 18 e 29 anos e pessoas acima de 55. Saiba o que está previsto no pacote do emprego que será anunciado nesta segunda.

Foto: José Cruz/Agência Brasil

O Globo

 

O presidente Jair Bolsonaro lança nesta segunda-feira, às 17h, o  Programa Verde Amarelo para estimular a geração de emprego. O conjunto de ações — implementado por meio de medida provisória (MP) — será  restrito a jovens entre 18 anos e 29 anos  e pessoas acima de 55 anos de baixa renda, com remuneração de até 1,5 salário mínimo.

Os contratos de trabalho terão duração de dois  anos,  a serem assinados a partir de janeiro de 2020, sendo permitidas contratações até o fim de 2021.

A estimativa é que o programa contemple um universo de três milhões de jovens no primeiro emprego.

Para os empregadores, a vantagem é a redução dos  encargos trabalhistas. Segundo estimativa do economista José Pastore, o pacote de medidas vai resultar em uma desoneração da folha de 50%.  

Os únicos encargos que vão sobrar são a contribuição do FGTS, reduzida de 8% para 2%, e o Seguro de Acidente de Trabalho (SAT). Todos os demais, como recolhimentos para Previdência, Sistema S e salário-educação, serão zerados.

Além disso, a multa do FGTS nas demissões sem justa causa cairá de 40% para 20%.

As empresas não poderão substituir trabalhadores atuais por outros que tenham um custo menor.  Elas  só poderão contratar na nova modalidade empregados que excedam o montante existente quando do envio da MP ao Congresso.

Para compensar a perda de arrecadação com a desoneração da folha, o governo pretende usar os recursos que serão poupados a partir do pente-fino nos benefícios do INSS, que devem atingir R$ 9,8 bilhões este ano. Para 2020, espera-se uma redução de gastos graças ao pente-fino da ordem de R$ 20 bilhões.

Segundo fontes a par das discussões, o programa  será acompanhado de outras medidas na área trabalhista, como a redução da burocracia nos acordos entre empresas e funcionários sobre temas como banco de horas, horas extras e acordos judiciais.

A ideia é liberar totalmente os patrões das negociações com sindicatos quanto a banco de horas, por exemplo. Hoje, as empresas só podem negociar individualmente bancos de horas com duração de até seis meses.

Para Pastore, o programa do emprego deverá ter maior adesão de empresas de médio porte. São elas que geralmente se mostram mais cautelosas em momentos de retomada da atividade, preferindo trabalhar com informais. Com o programa, estes empregados poderão ser formalizados, comenta Pastore.

— Haverá uma forte desoneração, e o programa tem um nicho crítico importante — destaca Pastore, lembrando que um dos objetivos é beneficiar os trabalhadores mais vulneráveis.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Shopping Aragão