Faculdade de Medicina de Olinda 2

22/10


2019

Governo diz que FBC devia cuidar das praias

Nota oficial

O senador Fernando Bezerra Coelho é daquele tipo de político que não aprende e insiste em confundir a população, uma prática recorrente da sua trajetória política. A paternidade do 13º do Bolsa Família foi amplamente esclarecida pela imprensa local e, inclusive, pelos veículos de comunicação de âmbito nacional há poucos dias. O projeto surgiu a partir de uma proposta feita pelo governador Paulo Câmara em agosto de 2018, foi aprovado em novembro do mesmo ano, quando Jair Bolsonaro sequer havia assumido a Presidência da República. Politicagem não é o perfil do governador Paulo Câmara. É mais apropriado a esse tipo de debate, já superado, que o senador teima em reacender.

O governador Paulo Câmara e todos que fazem a gestão em Pernambuco estão felizes com a decisão do presidente Bolsonaro de também anunciar o pagamento de mais uma parcela do Bolsa Família. Significa que a população mais vulnerável e carente do nosso País, justamente a mais esquecida pelo atual presidente, receberão duas parcelas extras do benefício.

Ao invés de cansar a população com a origem do 13º do Bolsa Família, Fernando Bezerra Coelho, líder do governo federal no Senado, deveria cuidar de um assunto que tem chocado o povo brasileiro: Quem é o responsável pelo maior derrame de óleo da história do país? O que o Governo Federal tem feito para evitar essa, que é uma das maiores tragédias ambientais do Brasil? A população clama por uma resposta definitiva e uma palavra do presidente a quem ele serve.

Sileno Guedes – secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude e presidente estadual do PSB


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Detran

22/10


2019

Prefeita de Ipojuca é vaiada na praia

A visita foi para vistoriar a limpeza das praias, mas resultou numa tremenda saia justa para a prefeita de Ipojuca, Célia Sales (PTB). Levou uma baita vaia.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

13° Bolsa Familia

22/10


2019

Queiroz sugere auxílio financeiro para pescadores

O deputado estadual José Queiroz (PDT) apresentou indicação, hoje, na Assembleia Legislativa, para que o Governo do Estado crie um Programa Emergencial de Socorro Financeiro aos pescadores e marisqueiros da área litorânea atingida pelo óleo que se alastrou pelas praias pernambucanas.

“Todos esses trabalhadores e trabalhadoras que vivem da pesca passarão por um período de dificuldade e vão precisar do apoio do Estado para garantir o sustento das famílias até que as atividades se normalizem”, explicou Queiroz. 

Além dessa solicitação, o deputado também pediu à Secretaria de Saúde estadual para desenvolver uma campanha sobre os riscos que o óleo pode causar à saúde e solicitou urgência para que os especialistas divulguem o nível de contaminação dos peixes e danos à biodiversidade. Em relação ao turismo do Estado, Queiroz propôs que seja realizada uma campanha a nível nacional enaltecendo as praias pernambucanas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

22/10


2019

Joice Hasselmann ameaça Bolsonaro de impeachment

A ex-líder do governo no Congresso Joice Hasselmann (PSL-SP) se transformou numa verdadeira bomba relógio contra o mandato do presidente Jair Bolsonaro.

Trata-se de uma das mais perigosas acusações contra o presidente da República a sua afirmação – feita a Marco Britto, do UOL, e postada hoje pela manhã – segundo a qual os filhos de Bolsonaro lideram uma rede de funcionários que criam perfis falsos nas redes sociais.

Depois, à Globo News, Joice não só confirmou a publicação do UOL como disse que parte desse esquema funcionou até mesmo dentro do gabinete do presidente da República, no Palácio do Planalto. Clique aqui e leia a matéria do jornalista Tales Faria na íntegra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/10


2019

PDT decide sobre situação de Tabata em novembro

Congresso em Foco

O diretório nacional do PDT vai se reunir no dia 25 de novembro, em Brasília (DF), para decidir sobre a punição dos oito deputados que votaram pela reforma da Previdência. Hoje, o partido decidiu revogar a suspensão dos deputados. A informação foi confirmada pelo presidente do PDT, Carlos Lupi.

Desta forma, os oito deputados podem voltar a ocupar cargo de líder, vice-líder e funções representativas nos diretórios municipais, estaduais e nacional do PDT.

O PDT se reuniu hoje para definir estratégias sobre a solicitação de Tabata Amaral (SP) e outros dissidentes do PDT e do PSB ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para poderem sair de suas siglas sem perderem o mandato. Tabata e mais sete deputados pedetista desobedeceram à orientação partidária e votaram pela reforma da Previdência.

Na semana passada o líder do PDT na Câmara, André Figueiredo (CE), afirmou ao Congresso em Foco que ser contra a reforma da Previdência proposta pelo governo de Jair Bolsonaro é "quase uma cláusula pétrea" da legenda.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Magno coloca pimenta folha

22/10


2019

Candangos de Lança têm “quinta cultural” em Brasília

A Ação Cultural de Candangos de Lança (ACCL), entidade formada por pernambucanos radicados em Brasília, realiza, na próxima quinta-feira, o evento intitulado “Quinta Cultural”, com poesia e forró pé de serra. A entidade tem o objetivo de divulgar a cultura pernambucana na capital do país e, ao mesmo tempo, reunir grande número de conterrâneos para matar a saudade da terrinha.

No evento está programada a apresentação do artista Lico do Acordeon e também oferecimento de um espaço recreativo para quem quiser levar crianças.

A noitada pernambucana será realizada no Bar Recife, localizado na CLS 201 e está prevista para ter início a partir das 19h30. Faz parte de uma das missões do grupo, que é integrar as pessoas, por meio de reuniões semanais, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.

O nome “Candangos de Lança” dado ao grupo, faz referência a uma mescla entre um dos ícones do carnaval de Pernambuco, o caboclo de lança, e a um dos símbolos de Brasília, o candango, designação pela qual ficaram conhecidos os trabalhadores braçais, em sua maioria nordestinos, que ajudaram a erguer a capital.

De acordo com os criadores do grupo, essa fusão entre Pernambuco e Brasília é justamente o sentimento que se pretende expressar.

A ACCL tem como presidente o engenheiro Roberto Vanderlei de Andrade, atualmente ocupante de um cargo executivo no Distrito Federal. São integrantes da diretoria Daniel Ribeiro, Ana Carolina Batista Correia, André Erhart e Gustavo Santos.

O Candangos de Lança é formado, dentre outros, por servidores públicos concursados, advogados, médicos, economistas, profissionais liberais, servidores do Executivo Federal, servidores de tribunais, magistrados, parlamentares, policiais, delegados e secretários de estado, todos pernambucanos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

22/10


2019

IPESPE realiza estudos em universidades internacionais

O reconhecido Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), com atuação no âmbito nacional e internacional, encerra o ano firmando mais uma parceria. Com trabalhos já realizados em países como Portugal, Angola e Bolívia e convênios com as Universidades de Yale e de Berkeley, o Ipespe está em campo com estudo para duas creditadas instituições educacionais internacionais: Universidade de Oslo (Noruega) e Universidade de Boston (EUA).

“É a continuidade de uma parceria: em 2016, o Ipespe já havia realizado estudo longitudinal para a Universidade de Boston, no campo do comportamento eleitoral”, afirma Marcela Montenegro, diretora executiva do instituto.

Ela ressalta a história dessas universidades parceiras e sua importância no campo educacional internacional. Lembra que Oslo faz parte da Rede de Universidades das Capitais da Europa (UNICA), que envolve 24 unidades com ênfase particular nas temáticas urbanas e de gestão universitária. “Cinco nomes de Oslo venceram o Nobel, sendo premiados por suas contribuições para o conhecimento: Fridtjof Nansen, Ragnar Frisch, Odd Hassel, Ivar Giaever e Trygve Haavelmo”, destaca Marcela.

A centenária Universidade de Boston é a quarta maior universidade privada dos Estados Unidos. Oferece graduação em licenciatura, mestrado e doutorado em 18 faculdades e escolas em dois campi urbanos.

Marcela Montenegro lembra, também, das parcerias firmadas aqui no Brasil pelo Ipespe com entidades igualmente reconhecidas, como a Fundação Getúlio Vargas (FGV), Universidade Federal de Minas Gerais e Universidade Federal de Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/10


2019

FBC: 13º do Bolsa-Família de PE cheira a politicagem

Em entrevista ao Frente a Frente, que vai ao ar às 18 horas pela Rede Nordeste de Rádio, tendo como cabeça de rede a Rádio Folha 96,7 FM, o líder do Governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB), saiu em defesa do presidente Bolsonaro, bombardeado no fim de semana pelo governador Paulo Câmara, na polêmica envolvendo a paternidade do 13º salário do Bolsa-Família. “O 13º do Governo Federal será pago em dezembro e o do Estado, além de exigir notas fiscais e contrapartidas, só sai em março. De fato, por ser um programa federal, no mínimo o Estado está instrumentalizando o programa”, afirmou.

O senador se defendeu, também, das acusações de aliados do governador de que seria o principal responsável pela perda de R$ 200 milhões, para os cofres do Estado, no repasse da cota a que terá direito na cessão onerosa do Pré-sal. “Não se perde o que não tem. O Estado, na verdade, está recebendo R$ 1 bilhão graças a um acordo que envolver todos os governadores”, disse, para acrescentar: “Dinheiro bom é o dinheiro que se pode contar”.

Fernando explicou, ainda, que a propalada perda de R$ 200 milhões, acusada pelo Estado, se deve aos novos critérios adotados na partilha do Pré-sal, que não se deu com base apenas no Fundo de Participação dos Estados e Municípios, mas distinguindo Estados produtores e exportadores de petróleo. “Pernambuco não produz petróleo, mas mesmo assim ainda vai receber R$ 1 bilhão, dos quais R$ 500 milhões para os municípios”, disse, acrescentando que o governador e seus aliados querem fazer politicalha em cima do rateio do que virá a ser arrecado no leilão do Pré-sal.

Reportando-se ao que tem feito em favor do Estado e da Prefeitura do Recife na condição de um dos principais aliados do Governo Federal, Fernando Bezerra aproveitou para fazer um desabafo: “Eles me acusam injustamente dessa perda de R$ 200 milhões, mas não se referem ao papel que cumpri no Senado para aprovar um empréstimo de R$ 200 milhões para o Governo do Estado e outro de R$ 125 milhões para o prefeito Geraldo Júlio”, afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha