Faculdade de Medicina de Olinda 2

12/11


2019

Aras enviará pedido de prisão de Lula para o MP

Ofício foi encaminhado MP de São Bernardo por deputados do PSL, que argumentam que Lula solto é ameaça a ordem pública.

O PGR Augusto Aras entre os deputados Sanderson e Carla Zambelli, autores do pedido. (///Divulgação)
Veja - Radar
Por Evandro Éboli

 

O procurador-geral da República, Augusto Aras, comunicou aos deputados do PSL que protocolaram nesta segunda um pedido de prisão preventiva contra o ex-presidente Lula que o caso será enviado ao Ministério Público de São Bernardo do Campo (SP), onde o petista tem residência fixa.

Aras explicou a Carla Zambelli (PSL-SP) e Sanderson (PSL-RS) que, como Lula não tem mais foro privilegiado, o assunto vai para outra esfera da Procuradoria.

Os parlamentares pedem a preventiva de Lula com o argumento de que incitou a violência com seu discurso após deixar a prisão. E que a ordem pública precisa ser garantida. Os autores recorreram à Lei de Segurança Nacional (LSN).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Abreu e Lima

12/11


2019

Coluna desta terça na Folha

Inaldo amava a notícia e o Sertão

Tem uma máxima de Gabriel Garcia Márquez, autor do best-seller Cem anos de Solidão, que jornalismo é uma paixão insaciável. Inaldo Sampaio, colunista político que Deus abreviou, ontem, sua missão na terra, era como o escritor colombiano, mas com uma diferença: amava também a arte musical.

Quando o conheci, só soube que era saxofonista e pajeuzeiro como eu, informado por amigos. Tinha muitas coisas parecidas comigo, a maior delas o amor pelo Pajeú e sua gente simples. Inaldo deixava de curtir o carnaval com a família para soprar o seu sax numa orquestra de São José do Egito, vizinha de minha Afogados da Ingazeira, nas quatro noites de folia.

Enquanto tocava, colhia notícias, porque jornalismo, para ele, era tirar a venda dos olhos de quem não conhece a verdade. Inaldo deixa uma lacuna enorme na Imprensa nordestina. Para mim, seu ofício de bem informar era um fio, que ligava as pessoas aos fatos da política.

Apego ao torrão – Inaldo Sampaio era tão apegado ao seu torrão natal que, embora tenha feito cursos no Exterior, reclamava quando aparecia viagens, porque não gostava de quebrar a rotina na província. Em Brasília, o encontrei raramente. Mas mesmo assim, tinha faro para a notícia como o pastor Alemão em busca da caça. Deixa o legado da honestidade e da imparcialidade.

Mandachuva – A superintendente do Metrorec, Renata Peti, não é obra da imaginação criadora do deputado Eduardo da Fonte (PP), como desconfia a bancada federal. Servidora do quadro, sua escolha foi do presidente da CBTU, José Marques. O nome de Dudu é Marcela Campos, sua cunhada, que assumiu a diretoria Financeira. E dizem que é a mandachuva do pedaço.

Cintra na Sudene – Dado o start da nomeação do segundo escalão federal em Pernambuco, o ex-suplente de senador Douglas Cintra (PTB), que ocupou a vaga de Armando Monteiro por um curto período, da sua licença para disputar o Governo do Estado, está cotado para assumir o comando da Sudene. Cintra mergulhou em Caruaru e vive, hoje, dedicado à sua fazenda.

Multados – Os prefeitos de Timbaúba e Parnamirim, Ulisses Felinto (PSDB), e Tácio Carvalho (PSB), respectivamente, se ferraram pela contratação ilegal de servidores temporários. Relator da matéria, o conselheiro substituto Luiz Arcoverde Filho aplicou multas de R$ 11,748 mil.

Vingança – O presidente Bolsonaro dará adeus, hoje, ao PSL, partindo para criação de um novo partido. Além de sair atirando no presidente da legenda, Luciano Bivar, como tem feito nos últimos dias, anuncia arrastar em torno de 20 deputados, esvaziando o balão do pernambucano Bivar.

EXPECTATIVA – Com presença confirmada no Recife para o próximo domingo, num ato marcado na Praça do Carmo, o ex-presidente Lula deve se manifestar em relação à pré-candidatura de Marília Arraes à Prefeitura do Recife, mesmo num ambiente cercado por socialistas.

Perguntar não ofende: Será que o líder do Governo na Alepe, Isaltino Nascimento (PSB), vai dançar, novamente, amanhã, no plenário da Casa, na sessão em homenagem ao Bita?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Paulista

11/11


2019

FBC destaca união com Jarbas e lança Henry

Ao discursar, há pouco, no ato de filiação do seu filho ao MDB, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, o senador Fernando Bezerra Coelho, líder do Governo no Senado, disse que está coeso com o grupo do senador Jarbas Vasconcelos. "O MDB vive um novo momento, da renovação de Pernambuco. Jarbas, Henry e eu estamos unidos e falando a mesma linguagem, a linguagem de um Pernambuco mais próspero e justo”, afirmou.

Na presença do presidente nacional do MDB, Baleia Rossi (SP), do governador de Brasília, Ibaneis Rocha, e do presidente estadual Raul Henry, Fernando disse que ficou acertado, na última reunião do diretório nacional do MDB, que o partido lançará candidato em todas as capitais e em colégios eleitorais acima de 200 mil eleitores.

"Nosso propósito é eleger mil prefeitos no País. Aqui em Pernambuco, temos apenas 17 prefeitos e queremos muito mais. E muito mais é eleger também Henry prefeito do Recife", assinalou.

Em seu discurso, o presidente estadual do MDB, Raul Henry, não fez nenhuma referência à uma possível candidatura dele a prefeito do Recife. Preferiu destacar a trajetória do partido no plano nacional, especialmente em Pernambuco, na figura de Jarbas Vasconcelos, e foi enfático, no entanto, ao afirmar que o partido vive um novo momento com a chegada de Baleia Rossi na presidência nacional e a unidade do Estado com ele, Jarbas e, agora, Fernando Bezerra Coelho. Ele disse, ainda, que o MDB quer sair vitorioso das urnas em 2020 e se fortalecer novamente como o maior partido do País, sobretudo, fazendo o maior número de prefeitos em Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

11/11


2019

Bolsonaro é convidado para assistir a Paixão de Cristo

Durante sua visita ao município de Campina Grande, na Paraíba, hoje, o presidente Jair Bolsonaro foi convidado pelo presidente da Sociedade Teatral de Fazenda Nova, Robson Pacheco, para assistir ao espetáculo da Paixão de Cristo 2020, em Nova Jerusalém. No próximo ano, o espetáculo acontecerá entre os dias 4 e 11 de abril. Este ano, mesmo tendo sido convidado, o presidente não compareceu ao evento.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


11/11


2019

Henry sem Jarbas na filiação de Miguel

O ato de filiação do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, ao MDB, neste momento, conta com a presença do presidente nacional da legenda, Baleia Rossi (SP), do governador de Brasília, Ibaneis Rocha, do presidente estadual Raul Henry, e do senador Fernando Bezerra Coelho, mas a ausência mais sentida é a do senador Jarbas Vasconcelos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

11/11


2019

Meu editorial no Frente a Frente em homenagem a Inaldo

Se você perdeu o Frente a Frente de hoje, programa que ancoro pela Rede Nordeste de Rádio, tendo como cabeça de rede a Rádio Folha 96,7 FM, no Recife, escute agora o meu editorial.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Capacitação de Candidatos

11/11


2019

“Não vou responder ao Lula”, afirma Bolsonaro

Blog do Camarotti

Em conversas com interlocutores, hoje, o presidente Jair Bolsonaro revelou que gostaria de ter respondido aos ataques disparados pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no discurso que o petista fez no sábado, em São Bernardo do Campo, um dia após deixar a prisão.

Mas, a esses interlocutores, o presidente argumentou que não iria bater boca nem contestar as críticas porque isso poderia prejudicar o ambiente econômico. “Não vou responder ao Lula para não afetar a economia”, desabafou Bolsonaro.

Entre outras coisas, Lula disse que Bolsonaro foi eleito para governar para o povo e não para os milicianos do Rio de Janeiro. Também chamou o ministro da Economia, Paulo Guedes, de "demolidor de sonhos" e "destruidor de empregos e de empresas públicas brasileiras".

Antes do discurso de Lula na tarde de sábado, Bolsonaro falou na entrada do Palácio da Alvorada. “A grande maioria do povo brasileiro é honesto, trabalhador e nós não vamos dar espaço nem contemporizar com presidiário. Ele está solto, mas continua com todos os crimes dele nas costas", afirmou o presidente na ocasião.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Magno coloca pimenta folha

11/11


2019

Major Olímpio pede prisão preventiva de Lula

O líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), entrou com uma representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) pedindo a prisão preventiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com base na Lei de Segurança Nacional. O argumento do senador é que o petista, livre da prisão desde a última sexta-feira, incitou a violência contra a ordem pública ao pedir para a militância “atacar” como manifestantes no Chile. As informações são do Estadão.

No sábado, em São Bernardo do Campo, Lula chamou militantes para uma reação ao governo do presidente Jair Bolsonaro, declarando ser necessário “atacar” e não apenas se defender. “É uma questão de honra a gente recuperar esse País. A gente tem que seguir o exemplo do povo do Chile, do povo da Bolívia. A gente tem que resistir. Não é resistir. Na verdade, é lutar, é atacar e não apenas se defender. A gente está muito tranquilo”, declarou Lula.

Na representação, Olímpio pede ao procurador-geral da República, Augusto Aras, para requerer a prisão preventiva de Lula por incitar a subversão da ordem pública e instaurar procedimentos para responsabilização por crimes previstos na Lei de Segurança Nacional e na legislação que tipifica os crimes contra o Estado e a ordem política e social.

“Uma incitação desta natureza ultrapassa qualquer razoabilidade de liberdade de expressão e demonstra um projeto de poder que quer se utilizar da violência e da quebra da ordem pública para a proteção de criminosos”, diz Olímpio no documento encaminhado à PGR.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Alberto Costa Santos

Deveria pedir o enquadramento do filho de Bolsonaro que fala demais.


Banner de Arcoverde

11/11


2019

Partidos de esquerda e centro resistem a 2ª instância

Além dos partidos de esquerda, também os do centro resistem a aprovar as PECs (Propostas de Emenda Constitucional) que tramitam na Câmara e no Senado para instituir a prisão logo após condenação em segunda instância.

Há duas PECs prontas para serem analisadas tanto na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara como na CCJ do Senado.

A PEC do Senado é de autoria do senador Oriovisto Guimarães. Insere um inciso XVI no art. 93 da Constituição Federal para permitir a possibilidade de "execução provisória da pena, após a condenação por órgão colegiado".

As decisões da Justiça em 2ª instância são tomadas por órgãos colegiados, os Tribunais de Justiça. Clique aqui e confira a matéria do jornalista Tales Faria na íntegra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha