Faculdade de Medicina de Olinda 2

03/07


2009

DEM também é responsável pela crise no Senado

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, afirmou hoje que o Democratas também tem que prestar contas pela crise porque passa o Senado, já que há tempos o partido comanda a 1ª Secretaria da Casa. Dilma também saiu em defesa do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), afirmando que não concorda em “demonizar” o parlamentar e responsabilizá-lo por toda a crise.

“Soube que os integrantes da 1ª Secretaria só foram do DEM e estranhamente o DEM pede o afastamento de Sarney. Acho que tem um modelo no país que dá pizza que é esconder a questão embaixo do tapete, que é assim, pega a pessoa liquida ela, torna ela responsável por tudo e assim esconde todos os malfeitos que não são específicos”, disse a jornalistas enquanto Sarney era recebido pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Dilma completou que se a Casa foi dirigida na 1ª Secretaria pelo DEM, "o partido também tem que prestar contas".

Em defesa de Sarney, Dilma observou que pelo prazo e pela quantidade de atos secretos descobertos no Senado, não seria possível que fossem praticado por uma pessoa apenas. Segundo ela, há no Brasil uma prática de jogar pessoas aos leões na tentativa de solucionar questões éticas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Qua a oligarquia Sarney não é flor que se cheiro, isso 11 entre 10 brasileiros já sabem. O problema é o descaramento do DEMO (ex-ARENA, PDS, PFL, Partido de Cabral, et caterva) que sempre usou e abusou do prestígio do Senador agora querer cuspir no prato em que comeu (e ainda come)...

fernando silva cunha

oh dilmá; esta defesa nao cola boba;vc quer enganar a quem com esta conversa? papai noel;duende verde;vc esta pensando na sua candidatura isso sim e verdade e lula só pensa em vc crescer na pesquisa;nao se preocupe o bolsa-reeleicao;o empacado do pac vai fazer vc crescer?

Carlos Odair da Luz Sá

Dilma tem razão: O que se vê de DEMOS (Leia-se ARENA, PDS, etc) dando uma de baluartes da probidade é uma piada...

Jonas

Pestista sempre trem que achar um culpado, agora a bola caiu nas costas do DEM, daqui a pouco vão dizer que a culpa era do governo passado.


Detran

03/07


2009

"É necessário defender o Senado", diz Cristovan

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) destacou, em discurso no Plenário nesta sexta-feira, ser necessário defender o Senado, por questões que considera fundamentais e que vão muito além da crise momentânea da ética. Ele disse acreditar que a crise vai passar, mas que precisa ser resolvida para que a Casa volte a ser respeitada.

- Eu vim falar da autonomia do Senado, da necessidade de que defendamos o Senado por três razões que eu quero colocar: porque eu faço parte do Senado, porque eu sou um democrata, e porque eu sou um brasileiro - afirmou o senador.

Cristovam disse acreditar em um país cuja estrutura é federal e observou que, sem um Senado forte, não será possível ter respeito aos estados. Um país unicameral, explicou ele, dá todo poder aos estados grandes e passa por cima dos pequenos. As informações são da Agência Senado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

13° Bolsa Familia

03/07


2009

Sarney informa que declarou mansão à Receita e ao TCU

Em nota oficial distribuída à imprensa no início da tarde desta sexta-feira, o presidente do Senado, José Sarney, informa que declarou à Receita Federal, ao Senado Federal e ao Tribunal de Contas da União (TCU) a posse da casa onde reside, localizada no Lago Sul, em Brasília. O presidente apresentou ainda certidão do TCU confirmando que o imóvel consta nas cópias de suas declarações do Imposto de Renda dos anos 1999 a 2007 arquivadas no tribunal.

Na nota, Sarney esclarece que o imóvel foi comprado em leilão público em agosto de 1997 e quitada em dez parcelas, período em que ficou sob domínio do antigo proprietário e por isso não foi incluída na declaração de imposto de renda de 1998. Segundo o presidente, a partir de 1999 a casa passou a constar da declaração dele à Receita Federal. Por equívoco do contador, porém, foi apresentada à Justiça Eleitoral em 2006 a mesma lista de bens de 1998, sem o imóvel, portanto. As informações são da Agência Senado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

03/07


2009

Termina reunião entre Sarney e Lula

O presidente do Senado, José Sarney, já deixou o Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB), sede atual do Executivo Federal, onde conversou com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a crise no Senado. Sarney saiu sem dar entrevista à imprensa, informou a Agência Senado. 

Em entrevista um pouco antes da saída de Sarney, a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, defendeu o presidente do Senado. Ela afirmou ser necessário promover a transparência da Casa e a apuração de todas as denúncias, mas disse discordar do que classificou como "demonização do presidente Sarney".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Carlos Odair da Luz Sá

Em comparação aos (des)serviços prestados por esse senhor nos últimos 50 anos à nação, o pouco que estão a divulgar atualmente é quase que uma "santificação", senhor Presidente, preocupo-me em ver o senhor aliando sua imagem com a dele, cuidado nas próximas pesquisas de popularidade...

francisco sales

Que é isso !!! demonização ????? clario que não !!! Esse salafrário além de ter sido um dos maiores picaretas que esse país já produziu (isso espalhado aos quatro cantos pelo antigo Lula) é o responsável pela miséria do maranhão e seu povo. É um dos estados mais pobres do Brasil.



03/07


2009

Mansão de Sarney adia decisão do PT

Prevista para hoje, a bancada do PT só vai fazer uma manifestação oficial de apoio à permanência de José Sarney (PMDB-AP) na presidência do Senado na terça-feira. Diante da reportagem publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo, que revela a omissão nas declarações de Sarney feitas à Justiça Eleitoral da propriedade de uma casa em Brasília, o partido resolveu adiar sua declaração, segundo a Agência Estado.

Isso não significa que a bancada pretenda se rebelar contra as ponderações do presidente Lula. Os petistas deixaram claro que não haverá confronto com Sarney para não comprometer a governabilidade nem o projeto do partido para a sucessão de 2010, em que o PMDB é um aliado estratégico. O adiamento foi apenas uma cautela na expectativa de que alguma nova denúncia possa surgir e, com isso, o presidente Sarney decida, por ele mesmo, se licenciar do cargo.  


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulin de Caruaru.

Quanta moral tem esse partido da ética....vou me filiar.Agora vocês acham que a turma do bolsa família tem acesso a essa conduta salutar???

GILSON SOTERO DA SILVA JUNIOR

Lula, defendendo tudo isso em nome de DILMA 2010? Sempre se justifica os meios por causa dos fins.

GILSON SOTERO DA SILVA JUNIOR

Tanta inquietação, tanto protesto, tanta descrença com essa classe que só legisla em causa própria... todo este montante usado em falcatruas, fosse investido em educação, NENHUM desses picaretas estariam lá mamando.

uilma

Vai [email protected] bota a mão no fogo, kkkkkkkkkkkkkkk, aiaiai, por Zè tranbique.

GILSON SOTERO DA SILVA JUNIOR

Como se pode um bando de "políticos" que deveriam nos representar, defender tamanha corrupção? Apenas para defender seus interesses estratégicos nas próximas eleições, seus apadrinhados e verbas.


Magno coloca pimenta folha

03/07


2009

Líder tucano diz que Lula é refém do PMDB

O líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM), afirmou, há pouco, que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva é refém do PMDB porque faz uma política na base da barganha do voto. O tucano disse ainda que Lula precisa de várias "muletas" para governar e tem uma "visão caolha da governabilidade". Virgilio afirmou ainda que o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) é como um pato manco, segundo a Folha Online.

Segundo o líder do PSDB, a afirmação de que o presidente Lula apoia o presidente do Senado, em nome da governabilidade, não tem fundamento porque o PSDB, em 90% das votações na Casa, sempre votou com o governo.

"O presidente Lula tem uma visão caolha da governabilidade. Em 90% das matérias aprovadas no Senado, o PSDB votou com o governo. O problema do presidente Lula é que ele acha que precisa sem dar algo em troca de apoio. Mas voto é de graça. Ele se sente refém porque quer. Ele precisa para de xingar a gente e aprender a conversar", afirmou.

Para Virgílio, a interferência do presidente Lula a favor de Sarney afronta a opinião pública. "Ele deveria ouvir os eleitores dele. Com certeza eles não apoiam a permanência de Sarney por aqui", disse.

Na avaliação de Virgílio, a permanência do peemedebista no comando do Senado é insustentável. Hoje, o jornal "Estado de S. Paulo", afirma que Sarney não declarou a Justiça Eleitoral a propriedade de uma casa avaliada em R$ 4 milhões. "O presidente tem que ficar se explicando a toda hora. Ele deveria ter um gesto de grandeza e se afastar da casa. Eu sinceramente não queria estar na pele dele. A presença dele aqui não legitima as investigações", disse.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

serragio

Este senador é também uma afronta a opinião pública.

uilma

Será que declara a ilha que ele tem no maranhão?Eu agora fico a imajinar, quanto ele não roubou quando era presidente.


Banner de Arcoverde

03/07


2009

Dono da Gol consegue habeas corpus

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal concedeu habeas corpus, ontem, para o empresário Nenê Constantino, de 78 anos, fundador da companhia aérea Gol. Acusado de ordenar o assassinato de um líder comunitário, ele poderá aguardar o julgamento do processo a que responde em liberdade. Em maio, Constantino teve a prisão preventiva decretada porque estaria atrapalhando as investigações do crime ocorrido há oito anos, em Taguatinga, cidade próxima a Brasília.

Em decisão anterior, a defesa do empresário já havia conseguido na Justiça que Constantino ficasse em prisão domiciliar. O crime pelo qual Nenê é acusado estaria relacionado à disputa por um terreno em Brasília. Ele nega as acusações, segundo o site de Cláudio Humberto. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

GILSON SOTERO DA SILVA JUNIOR

Isso tá me cheirando a dedo de Gilmar "Dantas".



03/07


2009

Heráclito quer explicações de Sarney

O primeiro-secretário do Senado, Heráclito Fortes (DEM-PI), quer ouvir explicações do presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), sobre o motivo de não ter declarado à Justiça Eleitoral uma casa avaliada em R$ 4 milhões. “Essa é uma questão que tem de ser feita mesmo. E espero que ele responda o mais rápido possível”, disse. “Não tenho a mínima idéia se a casa é dele, se pertence aos filhos ou a quem pertence”, completou.

Sarney ocultou a propriedade da Justiça Eleitoral nas duas eleições que disputou depois da compra do imóvel – em 1998 e 2006. A assessoria do presidente do Senado disse que foi um erro de um funcionário não ter declarado o imóvel a Justiça Eleitoral, segundo o site de Cláudio Humberto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

francisco sales

Vá um cidadão esquecer algo a declarar !!!

guilherme alves

Risível e digna da Ilha de Fantasia e Hipocrisia que é o senado esta declaração do Heráclito. O antigo primeiro secretário do Senado foi Efraim Moraes do DEM/PB que fez diversas trapalhadas e negociatas na função e esse boquirroto ficou calado.

uilma

Como diz o bahiano, sò porrada nessa jente sem vergonha.

roberto lima

Agora só no cacete. O cinismo e a pouca vergoha atingiu nivel insuportavel