Faculdade de Medicina de Olinda

03/01


2014

Jorge Alexandre prestigia posse do novo presidente do Detran


















O prefeito Jorge Alexandre (PSDB) prestigiou nesta quinta-feira (3) a posse do ex-secretário de Saúde de Camaragibe, Caio Mello (PSDB), que deixa a pasta para assumir a presidência do Detran. A solenidade, realizada no auditório do Centro de Convenções, sede provisória do Governo do Estado, marcou a posse, ainda, dos seis secretários que, a partir de hoje, passam a integrar o primeiro escalão estadual: Marcelo Canuto (Cultura), João Bosco (Infraestrutura), Alessandro Carvalho (Segurança Pública), Bernardo D''Almeida (Direitos Humanos), Adailton Feitosa (Turismo) e Murilo Guerra (Trabalho e Emprego).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Josemar Franscisco

DIGO: SAMBA DO CRIOULO DOIDO.

Josemar Franscisco

ESSE É O VERDADEIRO SAMBA DO CRIOULO, SECRETÁRIO DE SÁUDE ASSUME PRESIDÊNCIA DO DETRAN.


Governo de PE

03/01


2014

Artigo especial

A hora do xerife na segurança brasileira
Osvaldo Matos de Melo Júnior

Diante de tanta baboseira que os nossos políticos e “policiólogos”, que desconhecem o que se passa de verdade na segurança pública mundial, vem defendendo nos últimos anos, em relação à desmilitarização da PM, polícia única e tantas outras idiotices e insanidades, será que não chegou a hora de testar a experiência mais exitosa de polícia comunitária do mundo, através da figura do xerife eleito pelo povo e que pode nomear seus próprios agentes escolhidos entre cidadãos de ilibada conduta e credibilidade em suas comunidades aliados aos agentes das demais instituições policiais estaduais, municipais e federais, tendo seu mandato avaliado constantemente?

No Brasil, país que se diz totalmente democrático, não seria difícil instituir mais esta instituição com base nas leis já existentes que ajudaram a criar os conselhos tutelares, por exemplo. Mantendo a mesma estrutura, mas subordinando as policias existentes ao comando de um xerife, eleito por distrito ou cidade com base em um programa de ação explicado com detalhes à população durante a campanha ao xerifado e com metas.

Nos Estados Unidos, onde existem algumas centenas de polícias especializadas por tipo de crime e milhares de departamentos, o xerife é uma das instituições mais admiradas, respeitadas e com grandes cases de sucesso na redução da violência em todo território. O xerife vem da idade média: é talvez a primeira instituição genuinamente policial da história mundial.

Alguns países como o Canadá e a Colômbia praticam algo parecido, onde os agentes da lei são formados, reciclados e mantidos pela instituição Real Policia Montada no Canadá e Policia Nacional da Colômbia, ambas Gendarmarias, e cedidos através de convênios para os estados e municípios. Algo parecido também acontece na Inglaterra, Itália e França.

Não vejo dificuldades em uma solução que se adapte ao nosso modelo sem grandes traumas, despesas ou quebras de disciplina e jurisdição. Basta tornar o xerife o grande foco da administração policial no Brasil.

Chegou a hora de o povo tomar conta da sua segurança, pois a situação imoral de verdadeiro genocídio dos últimos anos não pode continuar com milhões de vidas sendo ceifadas pela incompetência a cada década. Segurança deve ser prioridade para o seu voto. Quem anda nas ruas sem escolta é o cidadão e seus familiares.

Publicitário e Sociólogo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

adilson jose da silva

Osvaldo, a sua tese tem sentido, contudo você não pode trazer modelo de segurança de países de 1º mundo para implantar num país que elege o seu presidente a custo de bolsas esmolas. No Rio os xerifes seriam eleitos com o dinheiro do tráfico de drogas.

Fradiki

Cont. Não importa se seremos militar ou civil (é só nomenclatura), o que importa é que o Governo forneça as condições necessárias. Sou policial nato e cumpridor do meu ofício, mas muitas vezes esbarro na falta de estrutura. Não posso atuar sem condições.A sociedade tem que respeitar e apoiar a políc

Fradiki

Cont. O Sr. disse bem, nos EUA sim, aqui no Brasil não funciona. Nós policiais concursados, não devemos nada a ninguém, não temos total independências para atuar, imagine se formos votados. É preciso uma polícia independente, valorizada (bem paga, bem treinada, com estrutura e condições de trabalho)

Fradiki

Me desculpe Sr. Osvaldo,mas vc deveria se preocupar com o que de fato entende. Será que o Sr. já entrou pelo menos uma vez em uma viatura policial para atender uma ocorrência? pelo jeito não... Um xerife eleito pelo voto do povo!!! é para rir... Será que o xerife iria prender o seu eleitor? não.

Adilson

Pela idéia, acho que nessa disputa para eleger o Xerife não haveria interesses de grupos poderosos nem compra de votos. Parece que tem gente assistindo filme demais.


Governo de PE

03/01


2014

PSB anuncia rompimento com PT no Piauí


















O governador do Piauí, Wilson Martins (PSB), anunciou ontem (2) o rompimento com o PT à nível estadual e os nomes dos novos secretários para substituir os petistas nas secretarias das Cidades, da Inclusão de Pessoas com Deficiência, de Assistência Social e Cidadania e Agência de Fomentos. De acordo com o gestor, o rompimento foi provocado pela decisão unilateral do senador Wellington Dias (PT) de formar uma chapa com o PTB e PP, legendas que criticam de forma contundente seu governo, deixando os partidos aliados de fora.

Wilson Martins anunciou também o rompimento com o PTB, presidido no Piauí pelo senador João Vicente Claudino, que é candidato à reeleição, exonerando o secretário estadual de Turismo, José Nery Filho, filiado à legenda trabalhista.

O socialista afirmou que a tendência é ficar no Governo do Estado até o final de 2014. Ele pretendia ser candidato ao Senado Federal.

O PT e o PSB foram aliados nas eleições gerais de 2006 e 2010. Wilson Martins foi vice no segundo governo de Wellington Dias - de 2006 a 2010 - e assumiu o Executivo do Piauí no lugar do petista, que foi disputar o Senado Federal com apoio do PSB.

O Globo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Adilson

Estranho essa matéria. Num foi o contrário, não??? Quando o PT decidiu compor com opositores do governo num é um rompimento, não???


Prefeitura do cabo

03/01


2014

Militante do PCB denuncia Elias Gomes ao TCE

“Caro Magno.

Hoje será a vez de darmos entrada no Tribunal de Contas do Estado num processo contra o prefeito Elias Gomes. Esse gestor irresponsável tem que ser cassado. A cidade de Jaboatão dos Guararapes é uma tristeza: até os cavaletes para ajudar na sinalização do trânsito foram cedidos pela Prefeitura do Recife. Isso é um absurdo!

A prefeitura não entregou até hoje o material e o fardamento dos alunos da rede municipal de ensino referente ao ano letivo de 2013.

A partir de agora, vou partir pra cima e tudo será denunciado. O prefeito não vai conseguir comprar o PCB (Partido Comunista Brasileiro). Não tem boquinha pra ele: agora é pau no lombo desse falastrão, mentiroso, enganador e campeão em processos no estado.

Adelson Veras.”


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

IMORAL ESSA DESPESA COM CANTORES DE FORA. O POVO NÃO PODE PERMITIR MAIS ISSO.



03/01


2014

Executivo da Siemens teve ordem para destruir documentos

















O gerente-geral da área de projetos corporativos da Siemens, Sergio de Bona, afirmou em depoimento à Polícia Federal que recebeu instruções para destruir “todo e qualquer documento” relativo à conta bancária secreta que ex-diretores mantinham no grão-ducado de Luxemburgo, um paraíso fiscal. A descoberta da conta pela matriz da Siemens na Alemanha, durante auditoria interna após o escândalo de corrupção mundial na empresa, resultou na demissão de Adilson Primo, então presidente da filial brasileira, em 2011.

Adilson Primo era um dos proprietários da conta bancária em Luxemburgo, que foi irrigada com cerca de US$ 7 milhões de dinheiro da Siemens na Alemanha e nos Estados Unidos.

O vice-chefe do setor de compliance da Siemens na Alemanha, Mark Gough, disse, também, haver suspeitas de que a conta era utilizada para pagar propina a agentes públicos no Brasil.

Sergio de Bona, que depôs à Polícia Federal no final do ano passado, está na Siemens desde 1979. Ele era o controller, responsável pela contabilidade da empresa, entre 2004 e 2006, época em que contou ter sido chamado por seu então chefe, José Manuel Romero Illana, e pelo antigo ocupante da função, José Antonio Lunardelli, a quem sucedera.

Romero disse que precisava “de sua ajuda para encerrar uma conta no exterior”. Sobre essa ocasião, a polícia anotou: “Na reunião, recebeu as seguintes instruções de Justo, na presença de Lunardelli e Romero: coletar assinaturas e entregar os documentos sempre pessoalmente ao advogado, que destruísse todo e qualquer documento gerado em relação à conta, e que não deveria contar a existência da conta nem para sua mulher”.

A Siemens delatou ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) a existência de um cartel de empresas que atuava em licitações de trens e equipamentos no metrô e na CPTM de São Paulo entre 1998 e 2008. O caso está sendo apurado.

Valor.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Abreu e Lima

03/01


2014

Leitor de Petrolina critica atraso na entrega de correspondências

“Caro Magno.

A população de Petrolina, no Sertão do São Francisco, vem sofrendo com a falta de entrega de suas correspondências por parte dos Correios. Ao que tudo indica, apenas o serviço de Sedex funciona. Estamos há quase um mês sem receber correspondências regularmente, ainda que a população reclame e alerte para o fato diariamente por meio das rádios locais.

Romeu Rodrigues.”


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulo Roberto Leite Muniz

No instante que li essa nota o carteiro entregou a conta da (OI/Telefone-fixo) que VENCEU em 01.01.2014 - Reclamar - a quem? Já o fiz por mais de uma vez diretamente aos Correios e a providência foi nenhuma.


Magno coloca pimenta folha

03/01


2014

Juventude de Surubim condena falta de diálogo da prefeitura


















Um grupo de jovens da cidade de Surubim, no Agreste do Estado, divulgou, nesta semana, carta de repúdio ao Conselho Municipal da Juventude condenando a falta de diálogo supostamente mantida pelos que respondem pela entidade. De acordo com o texto, o conselho, instituído pelo prefeito Túlio Vieira (PT) no início do ano passado, não apreciou, até hoje (3), nenhuma proposta que visa a construção de Políticas Públicas de Juventude.

Os jovens que assinam a carta de repúdio afirmam não se sentir representados pelos nomes delegados pelo prefeito para compor o conselho e acusam o gestor de “boicotar” uma possível crítica por parte da juventude ao seu governo ao compor o conselho apenas com integrantes da sua gestão.

Ao final do documento, o grupo cobra uma explicação do governo municipal sobre a não participação das secretarias nas reuniões do conselho e pede mudanças na condução do processo.

Clique aqui para ler o documento na íntegra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

03/01


2014

The Economist vê na economia o maior desafio de Dilma


















A primeira edição do ano da The Economist traz uma reportagem em que afirma que o resultado das eleições presidenciais deste ano no Brasil é "imprevisível". Ao comentar que estudos mostram que o eleitorado brasileiro quer mudanças, a revista diz que "o espírito dos protestos de junho ainda está vivo e uma parte do apoio a Dilma Rousseff (PT) poderia derreter se uma alternativa forte emergir".

De acordo com a publicação, a economia será um ponto frágil da atual presidente. "A economia oferece uma linha de ataque para concorrentes. Desde que Rousseff tomou posse, em 2011, o crescimento tem sido anêmico. O desemprego é baixo e, até recentemente, a renda subia mais rápido do que a inflação. Mas a criação de empregos e o aumento de renda agora estão esfriando, enquanto os preços continuam subindo. As finanças públicas se deterioraram e isso não será consertado em um ano eleitoral", diz a revista.

Além dos temas econômicos, a The Economist diz que há o risco de que os protestos populares do ano passado voltem a acontecer durante a Copa do Mundo. Outra ameaça é a possibilidade de que pelo menos uma cidade-sede do torneio tenha de ser retirada do mapa por atrasos na construção dos estádios. "Isso seria um grande constrangimento", diz a publicação.

Apesar do quadro favorável aos concorrentes, a revista nota que a presidente retomou parte da popularidade após os protestos. Além disso, os demais candidatos ainda não começaram efetivamente a fazer campanha ou ainda enfrentam problemas internos. "O PSDB de Aécio Neves foi atingido por indícios de corrupção e superfaturamento em contratos públicos em São Paulo", cita a revista. "Eduardo Campos (PSB) segue preparando um programa com sua provável companheira de chapa Marina Silva (PSB)".

Exame.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Carlos Odair da Luz Sá

Mago, ignore o Economist ao falar sobre o Brasil, amigo, ou vc não notou que esse jornaleco é arauto do quanto pior melhor?? Esse tabloidezinho, FHC e Aético só se manifestam para prever desgraças no Brasil.




Warning: PHP Startup: Unable to load dynamic library '/opt/cpanel/ea-php56/root/usr/lib64/php/modules/mcrypt.so' - /opt/cpanel/ea-php56/root/usr/lib64/php/modules/mcrypt.so: cannot open shared object file: No such file or directory in Unknown on line 0