FMO janeiro 2020

07/01


2012

Codevasf: Casa Civil defende irmão de Bezerra Coelho

 Em meio às denúncias de uso político do Ministério da Integração Nacional, a Casa Civil soltou uma nota nesta sexta-feira reagindo à notícia de que Clementino Coelho, irmão do ministro Fernando Bezerra, preside a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf). Segundo a Casa Civil, há 50 dias Fernando Bezerra fez o pedido de nomeação de Guilherme Almeida - um diretor da estatal - para presidir a Codevasf. Como a nomeação ainda não saiu, cabe ao membro mais antigo da Companhia, no caso Clementino, presidi-la temporariamente. Esse procedimento, informa a Casa Civil, está ''''de acordo com o estatuto da empresa e orientação da Controladoria-Geral da União''.

Nesta sexta-feira, matéria do jornal ''Correio Braziliense'' mostrou que Clementino, como presidente da Codevasf, assinou em setembro de 2011 o edital de pregão que resultou na fabricação de 60 mil cisternas, a um custo de R$ 210,6 milhões. Do total, 38% foi destinado para a cidade de Petrolina (PE), onde Bezerra já foi prefeito três vezes. Apesar disso, diz o jornal, os lugares onde há maior necessidade de cisternas são a Bahia e o Ceará.

Veja a íntegra da nota da Casa Civil:

''A Casa Civil da Presidência da República esclarece que o ministro Fernando Bezerra Coelho (Integração Nacional) encaminhou a esta Pasta, há cerca de 50 dias, o pedido de nomeação de Guilherme Almeida para presidir a Codevasf.

Em que pese Almeida já ocupar o cargo de diretor da estatal, a assunção à presidência do órgão exige novas consultas, conforme determina a legislação. Cabe, porém, destacar que, tendo sido concluídas as consultas, Guilherme Almeida será nomeado nos próximos dias.

De acordo com o estatuto da empresa e orientação da Controladoria-Geral da União, Clementino Coelho exerce provisoriamente o cargo de presidente por ser o membro mais antigo da diretoria Codevasf''.                                                                                  

(As informações são do jornal O GLOBO)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Cláudio Soares de Oliveira

Vamos investigar que aparecem coisas. O ministro está com a bola toda em pernambuco por ter capitaneado mais recursos para o estado, para o eleitor não importa. Mas, se aparecer mal feitos, a bola pode muchar.

Antônio Cordeiro Valença Neto

Dessa vez vão CAPAR os Coelhos!


IPTU Cabo

07/01


2012

É melhor pedir o boné

Luciana Félix não deseja sair da Fundação de Cultura da Cidade do Recife, conforme foi noticiado. Na verdade, seu trabalho está muito aquém do que esperava o prefeito João da Costa. Antes, porém, que receba o cartão vermelho, a orientação dos seus padrinhos é que peça o boné.
Ela não conta mais com o respaldo da sua tendência no PT, a CNB. Deixou de fazer política. Dizem que 95% dos cargos da Fundação foram indicações do vereador Jurandir Liberal, presidente da Câmara, e do secretário da Casa Civil estadual, Maurício Rands. 
 
Luciana já protagonizou nos backstages do Sítio Trindade, Marco Zero, Arsenal e Pátio de São Pedro cenas constrangedoras para o prefeito João da Costa e a primeira dama Marília. Maurício Rands avaliou que o melhor seria a sua saída antes de o prefeito tomar iniciativa de afastá-la.
 
No cargo, criou ainda atritos com praticamente  todos os secretários da PCR, principalmente Cultura, Comunicação, Imprensa, URB, Gabinete do Prefeito, Educação, e Turismo.
 
O excesso de exposição na mídia, com notinhas em colunas sociais, foi visto por muitos como uma forma de forjar, enganar que trabalha, mas, na realidade, desagrada e muito o prefeito João da Costa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

L J Silva

Kkkkkkkkkkkkkk o senador descobriu foi? Danou-se que o bicho vai pega agora QUE CALOR Ô Ô Ô...

Francisco R Matias

Não acredito que o deputado Mauricio Rand seja conivente com essa moça. Não a conheço e as informações que tenho de amigos não são nada favoráveis a ela, muito pelo contrario, chega a ser desabonadoras a conduta de uma gestora publica.

Cilene Oliveira

uma tal de Liana, Fabio Cavalcanti, Alexandre, Caiçara (que decepção para os músicos). São incompetentes demais e sem falar que no nosso meio estão queimados. Essa cidade nunca foi tão mal servida na cultura como agora. É sua hora Prefeito.

Cilene Oliveira

Nunca gostei de politica e muito menos de misturar isso com cultura, mas lendo aqui não poderia deixar de dizer que se o prefeito João da Costa mudar esse povo da Fundação de Cultura, com certeza sua rejeição junto aos artistas será imensamente menor. Vai uma lista para ajudar – Luciana Felix, uma t

Ginaldo Pereira

O que se fala na fundação é que ela vive apostando que aparece mais que a esposa do prefeito nas colunas sociais. O senador virou chacota na cidade por conta dessa mulher e acabou com o que Peixe e Duarte fizeram. É uma desgraça para nós que fazemos cultura


Governo de PE - Decimo Terceiro

07/01


2012

Coluna do sabadão

        Os abacaxis de João

O prefeito do Recife, João da Costa, retoma segunda-feira à sua rotina com uma dupla preocupação. Na área administrativa, preparar o Carnaval para que repita o mesmo sucesso ou até supere o do ano passado. Na política, costurar a unidade da Frente Popular em torno do seu projeto de reeleição.

Não será fácil. Primeiro, pelo prazo exíguo. A corrente do PT, sob a batuta do senador Humberto Costa, deu um prazo de apenas 60 dias para o prefeito arrastar para o seu palanque o PTB, do senador Armando Monteiro; o PP, do deputado Eduardo da Fonte; e o deputado João Paulo, juntamente com o seu grupo.

João da Costa não é do ramo, não tem experiência em amarrações políticas e por isso mesmo terá que contar com um suporte, que não está no PT e nem na Frente Popular. Atende pelo nome de Eduardo Campos.

Hábil negociador, o governador tem todas as condições que faltam a João para unir a Frente no Recife em torno do candidato que julgue mais preparado e capacitado, mesmo que o processo esteja nas mãos do PT.

Como vai, necessariamente, esbarrar no Palácio das Princesas, a palavra final e decisiva será do governador, desde que se incline para um nome do PT, que tem a predominância na Frente por já ocupar o Palácio do Capibaribe.

CULPA EM DILMA– O presidente do PSDB, Sérgio Guerra, disse, ontem, que o maior problema do ministro da Integração, Fernando Bezerra, não se concentra nas explicações dos valores repassados ao Estado, mas nos os critérios usados para seleção e aplicação do dinheiro. E culpa Dilma. “O caso mostra a irresponsabilidade política da administração do Governo Federal”, afirmou. Ao longo do dia, o tucano deu várias entrevistas, mas preservou o ministro.

Na cola do ministro - Repórteres da mídia nacional que atuam no eixo Rio, São Paulo e Brasília foram deslocados para Pernambuco com a missão de cascavilhar a vida do ministro Fernando Bezerra. Tem equipes em Suape, Recife e Petrolina, principal base eleitoral do titular da Integração. Há expectativas quanto a fatos novos que as revistas semanais trarão hoje.

 

Solidariedade trabalhista - Tão logo regressou, ontem, da curta temporada de fim de ano na Europa, o senador Armando Monteiro Neto (PTB) cuidou de distribuir uma nota de solidariedade ao ministro Fernando Bezerra. “O ministro vem servindo ao País de forma criteriosa e é nesse contexto, inclusive, que tem atendido Pernambuco. O Estado foi atingido por uma grande enchente”, afirmou.

Em Macaparana - Em Macaparana, o prefeito Maviael Filho (DEM) já escolheu o seu candidato. Trata-se do ex-prefeito Waldeci Oliveira Cavalcanti, que já administrou o município por três vezes e é une todos os partidos que integram a base governista. Filho do deputado Maviael Cavalcanti, o prefeito está confiante que elege o sucessor.

A novela Ciro - De volta ao trabalho a partir de segunda-feira, a presidente Dilma começa a cuidar da reforma ministerial. A grande incógnita está no aproveitamento do ex-ministro Ciro Gomes, que não conta com o apoio do presidente do seu partido, o PSB, para emplacar a pasta de Ciência e Tecnologia. O PT, no entanto, tem interesse em apoiar a ida de Ciro para a Esplanada.

 

 

 

CURTAS

NORONHA – O administrador de Fernando de Noronha, Romeu Baptista, melhorou a infraestrutura da ilha, principalmente as estradas, já construiu 24 casas do programa Minha casa, Minha Vida, e em breve começará um novo conjunto habitacional de 50 unidades. O racionamento de água também foi equacionado.

PETROLINA– O prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (PMDB), assinou, ontem, as ordens de serviços para construção de mais cinco unidades da AME – Atendimento Multiprofissional Especializado. São parecidas com as UPAS e ficam nos bairros Antônio Cassimiro, Pedra Linda, Ouro Preto, Gercino Coelho e Projeto Senador Nilo Coelho.

PERGUNTAR NÃO OFENDE – Quem vai dançar na reforma ministerial que Dilma deve anunciar ainda este mês?

''Toda mulher sábia edifica a sua casa; mas a tola a derruba com as próprias mãos''. (Provérbios 14:1)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio

Êita! O doentinho chegou..rsrsrs

Carlos Odair da Luz Sá

Ás favas com o politica-hipocritamente correto; Sei que os EUA detestam o Brasil e os sulistas odeiam os nordestinos, pq seria defensor dos argumentos e idéias deles?? Isso fica para pseudo-sábios de botequim, não para nordestino de vergonha na cara.

LAURO SOUSA

Babão de político é uma desgraça. Baba Elias Gomes, baba FBC, baba o cacete... Sempre BUSCANDO uma boquinha, nem que seja de coveiro!!!

DACIO QUIRINO

Ewerton Cabral!!! Por uma simples razão amigo, se sempre que esteve a frente do poder era "SULISTA" como poderia melhorar a mão de obra dos pobres coitados que ao invez de se alto beneficiar, seria ao inverso?

Oráculo de Delfos

Quando o ínclito Ministro Geddel abonou a Bahia, houve chiadeira por aqui. Como a mamata nos beneficia, vibramos. É o que dizia o grande Stanislaw Ponte Preta: ou se moraliza essa joça ou nos locupletemos todos...hehehe


acolher

07/01


2012

Folha de São Paulo diz que ministro beneficiou filho deputado

O ministro Fernando Bezerra Coelho (Integração Nacional) privilegiou seu filho, o deputado federal Fernando Coelho (PSB-PE), com o maior volume de liberação de emendas parlamentares de sua pasta em 2011, informa reportagem de Andreza Matais e Breno Costa, publicada na Folha de São Paulo deste sábado.

Coelho foi o único congressista que teve todo o dinheiro pedido empenhado (reservado no Orçamento para pagamento) pelo ministério (R$ 9,1 milhões), superando 219 colegas que também solicitaram recursos para obras da Integração.

Liberado em dezembro, o dinheiro solicitado pelo deputado irá para ações tocadas pela Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Paraíba), uma empresa pública presidida pelo seu tio, Clementino Coelho, irmão do ministro da Integração.

Em nota, o Ministério negou que o filho do ministro tenha sido favorecido. Segundo a pasta, outros deputados tiveram ''emendas aprovadas em percentuais equivalentes''.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Carlos Odair da Luz Sá

Ainda tem gente do NE que ataca Lula quando ele diz querer um controle sobre a parte da imprensa. Alguns órgãos do eixo sul-sudeste são tão nefastos e desonestos que mereceriam ser fechados, não controlados.

romildo s. barros

ESSA FOLHA DE SAO PAULO E MALDOSA A MANDO DOS DESTRUIDORES DO PAIS



07/01


2012

Severino não se arrepende da expulsão de Miracapillo

 O ex-deputado federal Severino Cavalcanti (PP), 81, disse que não se arrepende de ter denunciado ao regime militar o padre italiano Vito Miracapillo, 65. Em 1980, o religioso foi expulso do país após se negar a celebrar uma missa pelo Dia da Independência na cidade pernambucana de Ribeirão. ''Ele tinha uma posição prejudicial ao bom andamento das coisas em Ribeirão. Era outro momento. A posição que ele tomou não era conveniente naquela época'', disse Cavalcanti, que era então deputado estadual pela Arena.

Quando desembarcou em Recife, na última terça, o padre disse que perdoou os responsáveis por sua expulsão e que concordaria em se encontrar com Severino Cavalcanti. Atual prefeito de João Alfredo (167 km de Recife), o ex-deputado também disse que aceitaria um encontro. ''Não tenho nada pessoal [contra o padre]. A hora que ele quiser marcar estou pronto para atender.'' Questionado pela Folha de S.Paulo se tomaria a mesma atitude nos dias de hoje, Severino foi evasivo. ''Agora ele vem mais equilibrado. Acho que ele não iria mais tomar essa atitude''''.  (Da Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

S. C. B. M.

JOSÉ PINTO Q IDADE TINHAS NO PERÍODO DA DITADURA ?? QUANTAS VITIMAS FIZERAM OS MILITARES?? VEM A PERGUNTA:Q ATITUDE DEVERIA TOMAREM OS MILITARES QUANDO ATACADOS ?Q REGIME TERÍAMOS HOJE SE NÃO FOSSE O PERÍODO MILITAR?SERIAMOS UMA COREIA DO NORE,UMA CUBA,IRÃ.DEVES SER DA TROPA PTista.pq ñ te calas.

JOSE PINTO DA SILVA

QUEM SENTE SAUDADE DA DITADURA NAO TEM AMOR PROPIO NAO MERECE COMFIANÇA NAO AMA A SUA FAMILIA NAO E DIGNO DE SER AMADO EU COM O MEU POUCO CONHECIMENTO MIM LEMBRO QUE OS GOV.MILITARES ENDIVIDARAM MUITO O NOSSO PAIS COM O FMI JUSTIÇA DE DEUS BEM VINDO PE. VITOR SOMOS TODOS FILHOS DE DEUS.

Carlos Odair da Luz Sá

Não tenho nehhuma saudade da ditadura, só não admito que os criadores e executores dela agora queiram reverter a situação se fazendo de coitados para mais uma vez discriminar nossa região. Defendo sim o NE, mesmo com a queixa dos bajuladores sulistas.

Idelfonso do Amarante Silva

QUEM NUNCA FOI EQUILIBRADO ÉSSE SEVERINO, QUANDO ASSUMIU O PODER NA cÂMARA ENVERGONHOU PERNAMBUCO!! ESSE SIM É DESEQUILIBRADO. EU SENDO ESSE PADRE NÃO QUERIA NEM PAPO COM ESSE ATRASADO, INCOPETENTE....DEVE SER UM TAMBÉM SAUDOSO DA DITADURA!!

Idelfonso do Amarante Silva

Lamento que o Sr. ai tenha saudade da Ditadura. Vai ficar deprindo, corre até risco de morrer!! A Ditadura está tão longe que até uma jovem que ela torturou tornou-se presidenta da República!!! É moleou quer mais!!!


Cúpula Hemisférica

07/01


2012

Eduardo reage a ataque do PT ao PSB; Dilma interfere

 A cúpula do PSB, à frente o governador Eduardo Campos, reagiu com irritação às declarações do secretário de Comunicação do PT, André Vargas (PR), que criticou suposto privilégio de verbas a Pernambuco por parte do ministro Fernando Bezerra Coelho. "Ele deveria ser secretário de comunicação do José Dirceu, e não do PT", diz um líder do PSB.  Em 2011, Dirceu questionou as alianças patrocinadas por Eduardo Campos nas capitais e também agiu para desidratar a vitoriosa campanha de Ana Arraes, mãe do governador, ao TCU. A irritação do governador com os ataques ao PSB é tal que a própria presidente Dilma entrou no circuito para acalmar Eduardo Campos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

S. C. B. M.

PINTO,DIRCEU DILMA LULA,TODOS ELES CALÇAM 40,SÃO TODOS DO MESMO SACO.VOCÊ ESTA PARECENDO UM CIDADÃO Q ANTES DA ELEIÇÃO DA DLMA DEFENDIA O GOV LULA estico ,ERA UM SUJEITO COM O APELIDADO DE JBASTA,SERÁ Q VOLTOU COM OUTRO NOME? Ñ LEVE A MAL ESTOU SÓ PERGUNTANDO;PERGUNTAR Ñ OFENDE.ESTE GOV PG.MUITO BEM

JOSE PINTO DA SILVA

DR. EDUARDO CAMPOS O SENHOR E TAO COMPETENTE EM TUDO QUE FAZ QUE CALSA INVEJA O JOSE DIRCEU E TAO BOM QUE FOI COLOCADO PARA FORA DA CASA CIVIL POR SUA GANANCIA E GRANDE INCONPETENCIA SE ELE TIVESE CONTINUADO NO GOVERNO LULA NAO TERIA SIDO REELEITO PRESIDENTE CUIDADO P.DILMA DIRCEU E PERIGOSO


Prefeitura de Serra Talhada

07/01


2012

Fala demais e irrita Dilma: há risco de "desnomeação"

 Integrantes do Palácio do Planalto reprovaram ontem declarações do ministro de Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, sobre sua ida para o Ministério da Educação, tema ainda tratado reservadamente pelo governo. Durante entrevista a um programa estatal, ele afirmou ser "possível" sua nomeação para o cargo. O convite a Mercadante ainda não foi oficializado até agora por decisão do próprio Palácio. Para representantes do governo, o ministro praticamente se "autonomeou" ao posto.

Alguns chegaram a se lembrar do episódio em que o governador do Rio, Sérgio Cabral, anunciou a escolha por Dilma de um assessor seu para ser ministro da Saúde. O problema é que ele fez isso antes da presidente. Resultado: Cabral perdeu a chance de indicar um nome seu para a Esplanada. Internamente, ninguém diz que Aloizio Mercadante corre o mesmo risco, mas dão um conselho: "É melhor não facilitar". (Informações da Folha de S.Paulo - Natuza Nery)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

07/01


2012

Uma vaguinha: Dilma prometeu, partidos cobram

Muita gente já está batizando a reforma ministerial de “ajustes pontuais”, um aqui e outro ali. A análise é que faz pouco ou nenhum sentido levantar mais poeira onde ela já está bem alta. Mas tem alguns partidos que esperam uma vaguinha lá na Esplanada. Afinal de contas, Dilma Rousseff prometeu durante a campanha eleitoral. E promessa é dívida.

DO BLOG PODER ONLINE - JORGE FELIX


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

EDSON COSTA DE SIQUEIRA

Seria a nova versão do marxismo da “presidenta”, adaptado aos ensinamentos de São Francisco de Assis.


Banner de Arcoverde

07/01


2012

Imprensa silencia: madeireiros queimam criança no MA

 Uma criança de oito anos da etnia Awá-Gwajá foi queimada viva por madeireiros no município de Arame, a 476 km de São Luís (MA). Ela faleceu no local. A informação, inicialmente divulgada pelo jornal ''Vias de Fato'', foi confirmada pelo representante do Conselho Indigenista Missionário (CIMI) no estado, Gilderlan Rodrigues da Silva.

Imprensa muda 
De acordo Gilderlan, a Fundação Nacional do Índio (Funai) foi alertada pelos Awá-Gwajá várias vezes a respeito da proximidade dos madeireiros da região no território indígena, mas não se mobilizou. ''Qualquer questão de abuso contra os indígenas daqui pouco sai na mídia. Os madeireiros são muito blindados pela imprensa para não sujar a imagem das invasões das terras indígenas'', disse o representante do CIMI, ao Informe JB. Jornalistas do ''Vias de Fato'' disseram que a influência do senador José Sarney (PMDB-AP) nos jornais locais é muito forte para que os problemas da questão indígena sejam divulgados. (Informe JB - Jorge Lourenço)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


07/01


2012

País sob ameaça de domínio dos chefões do tráfico

 UM FIO DE ESPERANÇA - Resposta direta  ou não ao horror que   ainda assola os subúrbios do Rio, apesar das Polícias Pacificadoras, a verdade é que a Polícia Federal, auxiliada pelas polícias de diversos estados,  vem apreendendo quantidades jamais imaginadas de cocaína, maconha, craque e outras drogas, bem como prendendo montes de traficantes.

É a melhor resposta para enfrentar o crime organizado: atingí-lo no bolso, causando-lhe prejuízos capazes de desarticular suas atividades.    Permanecer no morro e às vezes  levando tiros pode tornar-se necessário, mas  adianta muito pouco quando se sabe que atrás de um traficante eliminado virão outros, já escolhidos à maneira dos planos de estado-maior nas batalhas. Atacar e destruir suas provisões parece mais inteligente e mais  eficaz. E, se possível, invadir os gabinetes refrigerados, no asfalto, dos verdadeiros chefões do tráfico.(Carlos Chagas)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores