FMO janeiro 2020

29/09


2013

Voa, dinheiro, voa

 Quando ouvir falar que não há dinheiro para melhorar a segurança pública, ou para pagar melhor os policiais, pode acreditar: é verdade. O dinheiro segue outros caminhos.

Em São Paulo, esta coluna comprovou, com documentos, que 19 coronéis da Polícia Militar ganham mais que ministros do Supremo Tribunal Federal - cujo salário de R$ 28.059,29, por lei, é o máximo que pode ser pago a qualquer servidor público. O menor salário da lista é de R$ 30.154,00; o maior, de R$ 52.883,66. E o governador?

Geraldo Alckmin vai bem, obrigado.  (Coluna Carlos Brickmann)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Jaboatão

29/09


2013

Esvaziem as gavetas: reforma ministerial é daqui a 90 dias

Da coluna de Jorge Moreno - O GLOBO

 Duas coisas a Dilma detesta, necessariamente nesta ordem: o “Coisa-ruim” e vazamento de conversas suas com ministros. Ela já dissolveu o conselho político só por isso.

Só que, desta vez, ela não vai ficar com raiva. E, se ficar, não vai poder punir o vazador. Ela não deve ficar com raiva porque a notícia servirá de alerta aos que estão pensando diferentemente do que a sua decisão. E, segundo, a confidência foi feita em, pelo menos, duas conversas distintas com distintos ministros, no sentido de pessoas diferentes, obviamente, e, assim, ela jamais saberá quem cometeu a indiscrição.

O meu excesso de zelo tem explicação: a presidente já decidiu que não vai esperar, como a maioria dos seus auxiliares deseja, o prazo de desincompatibilização para mandar embora os ministros candidatos.

Não; daqui a, no máximo, 90 dias, todos serão obrigados a deixar seus cargos.

Aos de olho nas vagas, saibam que assumirão os secretários-executivos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cabo de Santo Agostinho

29/09


2013

Por que Eduardo pulou fora do governo Dilma com o PSB

 Suposta trama palaciana que teria motivado o desembarque do governador Eduardo Campos e seu PSB do governo Dilma seguiu um  roteiro que é narrado por Felipe Patury, na sua coluna da revista Época. Eis a versão de Patury:

Todas as ações do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, nos últimos dias tiveram um objetivo: consolidar sua liderança no PSB. Presidente do partido, Eduardo identificou um movimento do governo para desestabilizar seu controle da agremiação.

Confidenciou a interlocutores que o Planalto passou a atender os governadores socialistas para evitar que apoiassem a candidatura dele, Eduardo, a presidente da República.

Segundo o relato, os pedidos eram encaminhados pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante. Antes que esse movimento tomasse corpo, Campos convocou a executiva do PSB para deixar o governo, interveio no diretório do Rio de Janeiro e sinalizou que poderia fazer o mesmo no Ceará, onde o governador Cid Gomes e seu irmão Ciro lideravam uma resistência à candidatura de Eduardo Campos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

TEM GENTE QUE NÃO GOSTA DE APOSENTADO, POLICIAL, PROFESSOR E MILITAR.

JOSE PINTO DA SILVA

nao esquecer dos gastos absurdos com bifes nao esquecer dos gastos absurdos com as viagens de avioes e elicopteros todos com o nosso dinheiro nao esqucer da inesplicavel compra de computadores segundo sem licitaçao e superfaturados o brasil ficara sabendo e os precatorios e te muito mais.

Nehemias Fernandes Jaques

Não esquecer: Ele votou contra os aposentados brasileiros em 2006. MP 291

Nehemias Fernandes Jaques

Não esquecer: Eduardo Campos foi condenado em julgamento administrativo por uma ‘fraude financeira’ de 97

Nehemias Fernandes Jaques

Não esquecer o apoio do PT tambem!


Prefeitura de Serra Talhada

29/09


2013

Cabos eleitorais de Dilma dizem ter recebido ''por fora''

Prestação de contas de campanha da atual presidente não declarou pagamentos; PT nega caixa dois

Cabos eleitorais da presidente Dilma Rousseff que aparecem como ''voluntários'' na prestação de contas de campanha de 2010 afirmam que receberam dinheiro pelo trabalho realizado no segundo turno da eleição. A Folha de S.Paulo localizou 12 pessoas em Mato Grosso e no Piauí que dizem nunca ter atuado de graça, apesar de serem tratadas como prestadores de serviço sem remuneração nos papéis entregues pela campanha ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

As declarações fazem parte da documentação entregue à Justiça Eleitoral, que considera ''doador'' quem presta serviço ''voluntário''. A Folha identificou ao menos 43 ''trabalhadores voluntários'' na prestação de contas da campanha, totalizando ''doações'' de cerca de R$ 20 mil. No grupo, estão os 12 localizados pela reportagem. Efetuar pagamentos de campanha e não declará-los é crime de caixa dois. O PT nega a prática e diz que suas contas foram aprovadas.

CRIME ELEITORAL 

No total, a campanha da atual presidente registrou arrecadação de R$ 135 milhões e despesas de R$ 153 milhões. ''[O trabalho] não foi de graça. Não sou otário para trabalhar de graça'', disse Mariano Vieira Filho, que atuou como motoboy no PI.

Já Luís Fernando Barbosa Nunes, 25, também motoboy na campanha de Dilma em Teresina, disse que sua assinatura foi falsificada no documento entregue ao TSE. Em Cuiabá, a tecnóloga em segurança do trabalho Cristine Macedo, 48, diz ter ganho cerca de R$ 600 para panfletagem.

Nas contas aprovadas pela Justiça Eleitoral não há registro de pagamento a nenhum deles no segundo turno. A advogada Deborah Guirra diz que caberia uma investigação por crime eleitoral. ''[O registro] tinha que estar na prestação de contas do comitê ou do candidato.''   (Da Folha de S.Paulo - Aguirre Talento, Fabiano Maisonnave e Yala Sena)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

CALVES

Dilma tem de ser presa. É a 1ª candidata ou candidato q paga a cabos eleitorais neste país probo. FHC, Bob Freire, Jarbas e outros desta estirpe nunca cometeram este bárbaro crime antes. Pense num país de hipócritas.

Nehemias Fernandes Jaques

Ninguem trabalha de graça

Adilson

Que grande descoberta. Que besteira. Todo mundo sabe como se faz campanha no Brasil. Isso é hipocrisia!! agora, ver se essa turma quer aprovar a reforma política profunda proposta pelo PT. Quer uma porra, que quer!!

enoque viana de oliveira filho

Ninguém sabe, ninguém viu, isso é bem característico do PT.



29/09


2013

Legenda familiar insiste em Marina e irrita a ex-senadora

Dirigentes da Rede, de Marina Silva, estão irritados com o assédio do presidente do PEN, Adilson Barroso. Dizem que o líder do partido divulgou versões fantasiosas sobre uma suposta aproximação de sua sigla com Marina. A informação está na Folha de S.Paulo deste domingo, coluna de Vera Magalhães. Enquanto isso, segundo ainda o mesmo jornal, quando o presidente do PEN, Adilson Barroso, diz que está disposto a ''tudo'' para fazer com que Marina Silva dispute o Planalto pela sigla, talvez não esteja brincando.

Seu arranjo para atrair a ex-senadora prevê tirar a própria mulher de um cargo-chave na Executiva Nacional para acomodar o grupo de marineiros. Rute não é a única parente de Barroso na Executiva do PEN, o nanico Partido Ecológico Nacional, formado em 2012. O grupo tem ainda dois irmãos e um filho do ex-parlamentar --''Deste eu não abro mão, é meu herdeiro político''. Os cargos vão da tesouraria à vice-presidência. (Com informações da Folha de S.Paulo - Paulo Gama)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu e Lima - Prefeitura - Abreunozap

29/09


2013

Aécio pede apoio de Serra para ajudar a ''enfrentar o PT''

Presidenciável tucano, que nega estar em campanha, faz ataque a governo federal em discurso a militantes

 O senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG), afirmou ontem que está bastante otimista quanto à permanência de José Serra no partido e disse contar com a ajuda dele para enfrentar o que chamou de "desgoverno perverso do PT".  Essa é uma semana decisiva para Serra, que define se fica no PSDB, partido do qual participou da fundação, ou migra para o PPS e se candidata à Presidência da República em 2014. Aécio comentou ontem que "o PSDB é a casa de Serra".

"Nós esperamos que ele esteja conosco. Tenho muito otimismo quanto à presença do Serra entre nós", disse Aécio. "Se for eu o candidato em 2014, espero contar com o apoio de Serra", completou.

Ao lado do governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), e dos senadores Aloysio Nunes (SP) e Alvaro Dias (PR), Aécio disse que o partido deve estar unido para a campanha presidencial do próximo ano.  "O PSDB vai estar unido, outras forças vão se juntar a nós e vamos chegar lá na frente dando muito trabalho", declarou o tucano. (Da Folha de S.Paulo - Marina Dias)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

AÉCIO PARA PRESIDENTE PARA O BEM DE PERNAMBUCO.


Banco de Alimentos

29/09


2013

Mais Médicos: governo vai à Justiça contra boicote de CRMs

 O governo deve ingressar a partir desta semana com ações civis na Justiça Federal para responsabilizar os representantes dos Conselhos Regionais de Medicina que não estão concedendo registro para profissionais estrangeiros atuarem no Mais Médicos, informa Vera Magalhães, na coluna política da Folha de S.Paulo deste domingo.

A estratégia -- adianta a colunista -- a cargo da Advocacia-Geral da União, será paralela aos pedidos de liminar para forçar a concessão de licenças de trabalho. A AGU e o Ministério da Saúde vão se reunir para bater o martelo sobre a nova ofensiva judicial.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

29/09


2013

É Dilma de novo?

CARLOS BRICKMANN

 Pesquisa Ibope, encomendada pelo jornal O Estado de S.Paulo, mostra que a presidente Dilma Rousseff, PT, subiu oito pontos percentuais em dois meses: alcançou 38% das intenções de voto para as eleições de 2014, mais que todos os candidatos da oposição somados. Marina Silva continua em segundo, mas caiu de 22 para 16%. Aécio, PSDB, caiu um pouco, de 13 para 11% (se o candidato fosse Serra, seriam 12%, e Dilma teria 37, em vez de 38%). Eduardo Campos também caiu um pouco, de 5 para 4%. Há, conforme o cenário, entre 30 e 31% sem candidato. Destes, metade diz que votará branco ou nulo.

Como explicar a recuperação de Dilma, depois de ter caído de 58% (antes das manifestações) para 30%? Dois parecem ser os motivos principais: primeiro, a economia vai-se sustentando, sem avançar mas também sem recuar; segundo, ninguém sabe quais as propostas da oposição. A oposição é contra o Governo - como, aliás, é sua obrigação. Mas que é que pretende mudar, se vencer? Tirando o avô de Aécio e os olhos verdes de Campos, qual a diferença entre eles e o tucano derrotado em 2006, Geraldo Alckmin, tão insosso que foi apelidado de Picolé de Chuchu?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Potencial Pesquisa & Informação

29/09


2013

A grande dúvida: ele resistirá ao ''Volta Lula?''

CARLOS CHAGAS

 A grande dúvida que paira sobre a sucessão presidencial é saber se o Lula resistirá às investidas de montes de companheiros empenhados em vê-lo disputar o palácio do Planalto no lugar de Dilma Rousseff. A presidente melhorou seus índices de popularidade, dispõe de 38% das preferências do eleitorado, conforme o Ibope. Atrás dela, Marina Silva com 16%, Aécio Neves com 11% e Eduardo Campos com 4%. Faz tempo que não incluem o nome do Lula nas consultas, mas certamente ultrapassaria os 50%, quer dizer, com vitória garantida no primeiro turno.

Não é apenas por conta desse resultado presumido que contingentes do PT rondam o apartamento do ex-presidente, em São Bernardo. A maioria queixa-se de Dilma, que quando atende seus telefonemas, no começo da noite, costuma perder o sono. No caso, de raiva, pelo tempo perdido em ouvir reivindicações e queixas. O Lula era mais complacente


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Adilson

Lula está acima disso tudo, é o nosso grande líder, é a nossa referência de como deve ser um grande presidente nacional. VIVA O BRASIL!! VIVA A NAÇÃO!! VIVA NOSSO LÍDER!!! VIVA LULA!!!



29/09


2013

PF: Falta pegar os caciques políticos. Vão cair também

Coluna Esplanada - Leandro Mazzini

 O investigado inicial era o doleiro  Fayed Traboulsi, um dos mais conhecidos do País, mas a Operação Miqueias descobriu um séquito de caciques políticos nas ramificações e as investigações se desdobraram em duas. A que ocorreu há poucos dias mirou os golpes nos fundos de pensão das prefeituras e prendeu os bagrinhos. A segunda fase de investigação foi transferida para a PF de São Paulo e mira evasão de divisas de figurões, entre eles ex-governadores, senadores e deputados ligados a Fayed. O estrago está feito.

A delegada Andrea Pinho estava certa na coletiva, quando falou em ‘ponta do iceberg’. Os fundos de pensão municipais operados por Fayed têm R$ 600 milhões em reservas. A bolada operada foi só de R$ 50 milhões. A quadrilha presa, com os pastinhas, teria ficado com R$ 5 milhões – destes, metade repassada a servidores corruptos.

A modelo Luciane, ex-amiga de Fayed e ‘aliciadora’ de prefeitos, teria faturado R$ 100 mil em comissões em um ano. Outra, Alline, não teve sucesso no lobby do charme.

O inquérito da PF lista os nomes da quadrilha: ‘A Invista Investimentos Inteligentes tem Fayed, Dudu e Toledo’ (o policial civil aposentado, também ligado ao Mensalão do DEM) como donos. Os lobistas são Manoel Felipe, Alline, Samuel, Marden, Emerson e Idailson. Pastinhas: Ricardo Cristo, Luciane, Almir, Isabela, Fernanda e Cynthia.

Os federais ficaram surpresos com o amadorismo do grupo de Fayed. O único figurão na Micheas, por ora, é o procurador da Fazenda Manoel Felipe Brandão. Sua missão era abrir portas nas prefeituras do Piauí, mas não teve sucesso. Era sempre esnobado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

arnaldo cicero marques

é da competência do Estado construir ou adaptar presídios com cela adequada e proporcional ao nível do condenado (relaciona os níveis). Por fim, fica isento de qualquer suspeição ou condenação os imortais ministros do Supremo e ex-presidentes da República Corporativista do Brasil.

arnaldo cicero marques

Adianta o quê? A Justiça brasileira criou um Regimento Interno, e no artigo 1º deixa claro: Só pode e deve ser preso aquele que não dispõe de dinheiro suficiente para pagar excelentes advogados... Num dos parágrafos, consta: caso algum desses consignados (e apresenta os beneficiários) sejam presos,