FMO janeiro 2020

26/02


2020

Unidos do Viradouro é campeã do Carnaval 2020 do Rio

Do Terra - Por Estadão Conteúdo

A Unidos do Viradouro se sagrou campeã do Carnaval do Rio 2020. A escola foi uma das que mais empolgaram o público na primeira noite do desfile. Com alegorias e fantasias luxuosas e bem acabadas, a agremiação de Niterói levou à Sapucaí um enredo sobre as Ganhadeiras de Itapuã.  A apuração das notas nesta quarta-feira, 26, foi acirrada até o último quesito. 

O enredo da escola campeã falou sobre as mulheres escravizadas que no século XIX vendiam comida e lavavam roupas na lagoa do Abaeté, em Salvador - com o dinheiro arrecadado, elas compravam a liberdade de outras mulheres submetidas ao cativeiro. De refrão chiclete, o samba era entoado à capela em dois trechos e conquistou a plateia. As alegorias e fantasias eram muito luxuosas e caprichadas.

O julgamento das agremiações sofreu alterações. Houve aumento de quatro para cinco jurados na avaliação de cada um dos nove quesitos, com eliminação da maior e menor nota em cada um deles. Até o ano passado, apenas a menor nota era desconsiderada na contagem final.

Veja mais aqui: Unidos do Viradouro é campeã do Carnaval do Rio de Janeiro


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

IPTU Cabo

26/02


2020

Coronavírus: Ministério da Saúde confirma 1º caso no Brasil

Por Jornal Nacional

O Ministério da Saúde confirmou, nesta quarta-feira (26), o primeiro caso do novo coronavírus no Brasil: um brasileiro que mora em São Paulo e viajou para a Itália.

As autoridades reforçaram que não há nenhum motivo para pânico no país.

O paciente é um homem de 61 anos. Depois de uma viagem de 12 dias a trabalho na Itália, ele foi para Paris, de onde embarcou de volta para o Brasil. Chegou em São Paulo no dia 21, no aeroporto de Guarulhos.

Dois dias depois começou a ter febre, dor de garganta, coriza e a tossir. No dia 24 foi para o Hospital Albert Einstein, onde fez os primeiros exames. Como o teste para o novo coronavírus deu positivo, uma contraprova foi enviada para o Instituto Adolfo Lutz que nesta quarta confirmou o resultado.

A princípio, ele vai se tratar em casa. O caso dele é diferente dos brasileiros que vieram de Wuhan, na China, e ficaram em quarentena. O ministro da Saúde explicou que eles vieram de uma região epidêmica e iriam para diversas partes do país, o que poderia espalhar o vírus, caso estivessem infectados. Já o paciente de São Paulo só apresentou sintomas quando chegou em casa.


“Levar esse paciente para dentro de um ambiente hospitalar para fazer isolamento dentro de ambiente hospitalar só aumenta a chance de outros pacientes em estado debilitado de poderem ser acometidos. Caso ele tenha queda do estado geral, se ele ter piora na ausculta clínica, piora na sua capacidade de respirar, aí sim, ele é levado para um ambiente hospitalar”, explicou o ministro Luiz Henrique Mandetta.

Antes de começar a apresentar os sintomas, o paciente reuniu a família no domingo (23) de carnaval para um almoço. Foram 30 pessoas. Todas elas e a esposa dele estão sendo monitoradas.

A Anvisa pediu para a companhia aérea, Air France, a lista de passageiros que estavam no mesmo voo do paciente, o AF454. A empresa informou que está em contato com as autoridades para fornecer as informações. O documento vai ser encaminhado para o Ministério da Saúde para acompanhamento de quem teve contato com ele.

O Ministério vai monitorar os 16 passageiros sentados próximos a ele.

“São as duas fileiras à frente. O indivíduo está sentado numa fileira, então, pega-se os laterais, a da frente e a outra. Quando confirma o caso, imediatamente é comunicado a ele, para entrar em contato, comunicar esse padrão de comunicação: ‘No avião que onde você estava, na poltrona anterior à sua, ou duas depois da sua’. Ou então: caso você tenha febre, tosse, deve comunicar ao profissional de saúde que estava naquele avião”, explicou o ministro.

Além deste caso confirmado, o Ministério da Saúde está investigando outros 20 casos: em São Paulo (11), Minas Gerais (2), Rio de Janeiro (2), Santa Catarina (2), Paraíba (1), Pernambuco (1) e Espírito Santo (1). Já foram descartados 59 casos.

O governo mantém 16 países na lista de alerta para o novo coronavírus, mas reforçou que a nossa fronteira não está fechada. O ministro repetiu várias vezes que não há motivo para pânico. Vai viajar para o exterior? O ministro recomendou bom senso.

“Se não for necessário, para que que você vai programar? Espera para ver como é que isso se comporta de uma maneira melhor. Agora, também nós não podemos parar a vida porque existe um resfriado, uma gripe, uma síndrome respiratória. Isso vai continuar acontecendo e vai, sim, ter uma tendência do fluxo de pessoas e daqui a pouco o Brasil pode ter um número de casos sustentados e aí tanto faz estar aqui ou estar em outro país”, disse Mandetta.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Governo de PE - Decimo Terceiro

26/02


2020

Pernambuco teve o carnaval mais seguro em anos

Pernambuco teve, em 2020, o Carnaval menos violento dos últimos 16 anos. Isso significa que, desde que foi implantada a atual metodologia de coleta e análise dos homicídios no Estado, em 2004, a maior festa pernambucana não havia registrado um número mais baixo de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs). Entre a 0h do Sábado de Zé Pereira (22/02) e a meia-noite da terça-feira (25/02) de Carnaval, houve 34 homicídios, 45% de redução em relação mesmo período momesco de 2019, quando 62 pessoas foram assassinadas.

Considerando o mesmo recorte temporal, 2020 teve uma redução de violência substancial em relação a todos os carnavais de Pernambuco: 2019 (62), 2018 (62), 2017 (79), 2016 (50), 2015 (66), 2014 (54), 2013 (48), 2012 (53), 2011 (52), 2010 (70), 2009 (69), 2008 (48), 2007 (69), 2006 (77), 2005 (63) e 2004 (66). Em comparação aos dois Carnavais até então menos violentos da série histórica (2013 e 2008, ambos com 48 CVLIs), a diminuição é de 29%.

Os Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs) também tiveram uma redução histórica. Foi o Carnaval com menos roubos dos últimos 7 anos. Entre a 0h do sábado e a meia-noite da terça-feira (25), houve 674 CVPs, contra 1.135 no mesmo período de 2019 - a diminuição foi, portanto, de 41%. Confira o quantitativo de roubos para os demais anos da linha do tempo, para o mesmo intervalo de tempo: 2018 (1.301), 2017 (1.418), 2016 (1.247), 2015 (925) e 2014 (735).

“Os resultados mostram que o planejamento operacional para o Carnaval, iniciado em agosto de 2019, foi bem feito. Ativamos mais de 56 mil postos de trabalho em todo o Estado, com um investimento de R$ 10,2 milhões do Governo de Pernambuco. Quero agradecer ao governador Paulo Câmara, que não mediu esforços na disponibilização dos recursos necessários, e aos servidores que trabalharam enquanto o folião brincava. É preciso salientar que, além de proteger vidas e pessoas da violência, as forças policiais, com sua presença nas ruas, acompanhando quase 3 mil blocos e agremiações e prendendo quem praticou crimes, levou tranquilidade e sensação de segurança aos foliões, como também àqueles que preferiram curtir o período no litoral ou distante dos polos”, avalia o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua, lembrando que em torno de 600 prisões em flagrante foram realizadas durante a Operação Carnaval 2020.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

acolher

26/02


2020

Meu editorial no Frente a Frente – 26/02/2020

Se você perdeu o Frente a Frente de hoje, programa que ancoro pela Rede Nordeste de Rádio, tendo como cabeça de rede a Rádio Hits 103,1 FM, em Jaboatão dos Guararapes, escute agora o meu editorial.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/02


2020

Frota entrará com pedido de impeachment de Bolsonaro

Ex-aliado do governo, o deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) pedirá o impeachment de do presidente Jair Bolsonaro por crime de responsabilidade, de acordo com informações da coluna de Guilherme Amado, da revista Época.

Ele teria feito o pedido a advogados após uma denúncia da jornalista Vera Magalhães de que o presidente da República incitou a população contra o Congresso Nacional e o STF.

“Eu acabo de solicitar a uma junta de advogados que, diante dos fatos, ameaças e do disparo do vídeo do celular dele. Vou entrar com o impeachment, vou assinar. Bolsonaro prometeu que sempre lutaria pela democracia. Mentiroso. Ele está abrindo uma crise institucional”, disse Frota.

Na noite de ontem, o jornal Estadão noticiou que Bolsonaro divulgou um vídeo em que convoca a população para um ato contra o Congresso.

Segundo o ex-deputado federal Alberto Fragam, o presidente “encaminhou o vídeo”, mas não estava convocando as pessoas para a manifestação. “Ele sabe que não é conveniente fazer isso, mas não tem como evitar que as pessoas façam”, disse.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

É isso. O que R$ 30.000.000.000,00 que o Congresso que em Emendas Impositivas faz. Bilhões nas mãos desses vagabundos, inclusive querendo, além de ser Poder Legislativo, ser Executivo. Tem de fechar esse antro de canalhas que é o Congresso. De quebra, fecha o STF também. Somente assim teremos um País sério, decente e honesto.

Fernandes

Bolsonaro pede a ministros que não comentem sobre vídeo contra Congresso. Após uma enxurrada de críticas, orientação é para que não estendam as discussões sobre o caso.

Fernandes

Bota pra quebrar Frota nesse miliciano.

marcos

Mas idiota útil não vale merda, quantas vezes esses mortadelas botaram pra foder em Frota. Agora é só amor, Quem diria o petismo idolatra o Pornô. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Fernandes

Muito bem Frota.


Cúpula Hemisférica

26/02


2020

Tecnologia em segurança evita furto

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) vem investindo forte em tecnologia e segurança. Um dos resultados dessa aplicação de recursos pode ser aferido na noite desta última quinta-feira (20), quando o projeto de Segurança Mínima impediu a realização de roubo no Fórum de Justiça da cidade de Parnamirim.

O Fórum da cidade foi invadido pela janela da Promotoria de Justiça. O alarme foi acionado e o Plantão de Segurança Institucional acionou equipes na sede do 8° Batalhão de Polícia Militar (BPM) que diligenciaram ao Fórum realizando a prisão em flagrante. "Estamos investindo cada vez mais na segurança dos membros, servidores e também das nossas sedes e nos prédios em que funcionamos, em parceria com o Tribunal de Justiça. Estamos implementando alarmes e já possuímos o sistema em algumas Comarcas. Foi essa iniciativa que impediu o saque de ontem e garantiu a integridade. Ainda esse semestre, iremos inaugurar em algumas circunscrições o GAP (Grupo de Apoio aos Membros do MP)”, disse o procurador-geral de Justiça de Pernambuco, Francisco Dirceu Barros.

Durante o sinistro, no Fórum de Parnamirim, o policiamento cercou o local e, cautelosamente, adentrou, localizando os envolvidos. Um deles na sala da Promotoria e o outro no Arquivo. Foi dada voz de prisão e ao serem indagados acerca do ocorrido, responderam que estavam procurando um processo. Várias salas estavam violadas e reviradas, inclusive a sala do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), sendo acionados os funcionários responsáveis por cada órgão público.

"Além de implementarmos o projeto que inclui alarme, câmeras e interligação direta com oficiais da Polícia Militar, estamos colocando em prática diversos protocolos de segurança, que incluem plantão 24h da nossa Segurança Institucional, até cursos de defesa pessoal e abordagem. Estamos atuando para garantir a segurança dos membros, servidores e do patrimônio do Ministério Público", disse o secretário-geral do MPPE, Maviael de Souza.

Os indivíduos utilizaram ferramentas (arco serra; turquesa e foice) furtadas de uma propriedade próxima ao local. Eles foram encaminhados à delegacia local e, posteriormente, à delegacia da cidade de Salgueiro, onde foram autuados em flagrante e recolhidos ao PSal. O local foi isolado e passará por perícia.

"Agimos rápido e com efetividade. Uma equipe foi deslocada com rapidez, impedindo o furto de processos e equipamentos adquiridos com recursos públicos. O Projeto de Segurança Mínima está avançando e, em breve, estará implementado em todo o Estado", disse o Assessor de Segurança Institucional do MPPE, o tenente-coronel André Luiz Freitas Ferreira.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

26/02


2020

Witzel confirma candidato do PSC à Prefeitura do Rio

Veja Online

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, confirmou, na última segunda-feira, que o candidato do Partido Social Cristão (PSC) à Prefeitura da capital será o economista Paulo Rabello de Castro, ex-presidente do BNDES e do IBGE na gestão de Michel Temer. O anúncio ocorreu na chegada dele à Marquês de Sapucaí para acompanhar a segunda noite de desfiles das escolas de samba do Grupo Especial.

“Ele (Paulo Rabello de Castro) foi expondo as suas preocupações, que são as mesmas que as minhas: habitação, melhoria nas comunidades e saneamento básico. É um economista consagrado”, afirmou o governador. Rabello de Castro foi vice na chapa do candidato Álvaro Dias, do Podemos, à Presidência da República nas eleições de 2018.

Witzel revelou ainda que tem participado das discussões para a escolha dos pré-candidatos do PSC às prefeituras das capitais. O governador sonha em disputar a sucessão de Jair Bolsonaro (sem partido), em 2022.

Lembrou também que tem mantido conversas com o PSL, antigo partido do clã Bolsonaro. No Rio, a sigla pretende lançar o deputado estadual Rodrigo Amorim para concorrer à prefeitura. Witzel falou que uma aliança é possível, mas ressaltou: “Vamos conversar. O PSL tem candidato, que é o Rodrigo Amorim, um jovem. É deputado mais votado e tem que ser respeitado”.

Economista pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, a UFRJ, Rabello de Castro tem 71 anos. Neste domingo de Carnaval, chegou ao camarote com Witzel.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

26/02


2020

Marilia Arraes emite nota sobre fala de Bolsonaro

A deputada federal Marília Arraes (PT) considerou a atitude do presidente Jair Bolsonaro ao divulgar um vídeo convocando a população a sair às ruas, no dia 15 de março, em defesa do governo e contra o Congresso, antidemocrática. A parlamentar divulgou uma nota sobre o ocorrido. Confira:

"É mais uma vez o comportamento perigoso de quem não preza pela Democracia, não respeita as instituições e, sobretudo, a Constituição. Congresso e Judiciário têm que tomar atitudes concretas contra esse atentado à democracia. Se nos calarmos, seremos cúmplices".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sergio Murilo Pereira Araujo

Eita que o povo de pernambuco tem elegido cada merda. Agora essa daí,bateu o record.

Sergio Murilo Pereira Araujo

Fechamento do Congresso e do STF, já!

Fernandes

eDireitopatas é Direitopatas Democracia para esses aproveitadores não existe.

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

Comunista é comunista. Democracia para essa aproveitadora não existe.

Fernandes

Com a repercussão negativa, Bolsonaro orienta equipe ministerial a evitar endosso a protesto. A ordem é para que auxiliares presidenciais não compareçam a manifestação de março, evitando desgaste.


Banner de Arcoverde

26/02


2020

Hits FM é a nova cabeça de rede do Frente a Frente

A partir de desta quarta de cinzas, o Frente a Frente, programa que ancoro pela Rede Nordeste de Rádio, composta por 37 emissoras, ganha uma cabeça de rede com muito mais potência na Região Metropolitana do Recife: a Hits 103,1 FM.

A emissora é do grupo June Melo e seus estúdios ficam localizados em Jaboatão dos Guararapes, onde o programa bomba em audiência. A Hits chega a ser ouvida com som local num raio de até 100 km, atingindo cidades do Agreste, Mata e toda Grande Recife.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

ABAIXO FALSO MORALISMO

De onde é essa bosta magno ??? Tais fudido na vida hein ???



26/02


2020

Bovespa despenca mais de 5% e dólar bate em R$ 4,44

O mercado financeiro reage mal ao avanço da epidemia de coronavírus no mundo e com a confirmação do primeiro caso no Brasil na reabertura dos negócios após o carnaval. Hoje, o principal índice da bolsa de valores brasileira, a B3, opera em forte queda, enquanto o dólar atingiu o patamar de R$ 4,44 pela primeira vez. A principal preocupação é que o coronavírus impacte o desempenho da atividade global.

Às 14h29, o Ibovespa recuava 5,57%, a 107.353 pontos. Na mínima da sessão até o momento, o índice marcou 107.245 pontos. Perto do mesmo horário, as ações das companhias aéreas tinham as maiores quedas. Os papéis da Azul recuavam 10,58%, e os da Gol perdiam 9,43%.

Na sexta-feira, a bolsa brasileira fechou em queda de 0,79%, a 113.681 pontos, acumulando queda de 0,07% no mês e de 1,70% no ano.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores