Faculdade de Medicina de Olinda

03/01


2014

Deputado tucano renuncia secretaria-geral do partido

Após demonstrar no Twitter toda a sua insatisfação com as declarações do presidente estadual do PSDB, Sérgio Guerra, de que era papo de “babaca” a conversa de que os tucanos faziam oposição ao Governo Eduardo Campos (PSB), o deputado estadual Betinho Gomes renunciou à Secretaria-geral do PSDB pernambuco.

O segundo posto mais importante na hierarquia partidária. O Blog da Folha tentou, sem sucesso, contato com Sérgio Guerra para comentar a decisão de Betinho.

O deputado já não havia concordado com o formato escolhido por Sérgio Guerra para oficializar a aliança do PSDB com o PSB. A postura do presidente da legenda, em entrevista à Rádio Folha FM 96,7, agravou a situação.

Segue a nota encaminhada por Betinho para formalizar a sua decisão:

Em função da decisão do PSDB/PE de assumir uma óbvia aliança com o PSB, mas que não contou com a devida consulta aos dirigentes partidários, solicito o meu desligamento da função de secretário geral do partido, voltando à condição de mero filiado à sigla. Agradeço ao presidente Sérgio Guerra e aos demais membros da Direção por toda a confiança em mim depositada.

Atenciosamente,
Betinho Gomes
Deputado estadual

Blog da Folha


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

PARABÉNS.

R.Soares

mais racha no que já estar rachado


Governo de PE

03/01


2014

Publicada portaria que garante a presos atendimento pelo SUS


















Em portaria conjunta publicada na edição de hoje (3) do Diário Oficial da União, os ministérios da Saúde e da Justiça instituem a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade no Sistema Prisional, que garante aos detentos atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A nova política amplia o atendimento e o repasse de recursos da União aos estados e municípios, que devem aderir à política por meio da assinatura de um termo de adesão, quando será garantida uma complementação de repasse de recursos federais a título de incentivo.

Para formalizar a adesão será preciso elaborar um plano de ação para atenção à saúde dos presos. Os entes federativos terão prazo até 31 de dezembro de 2016 para efetuar as medidas de adequação de suas ações e serviços para que a política seja implementada de acordo com as regras previstas.

A portaria define como pessoas privadas de liberdade no sistema prisional aquelas com idade superior a 18 anos e que estejam sob a custódia do Estado em caráter provisório ou sentenciados para cumprimento de pena privativa de liberdade ou medida de segurança.

A política de atenção à saúde aos privados de liberdade foi elaborada por um grupo de trabalho com a participação dos ministérios da Saúde, da Justiça, do Desenvolvimento Social, e das secretarias de Direito Humanos, de Políticas para as Mulheres e de Políticas de Promoção da Igualdade Racial.

Exame.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Governo de PE

03/01


2014

Leitor de Salgueiro critica pessimismo contra atual gestão

“Caro Magno.

Muitos dos que tentam denegrir o prefeito de Salgueiro, Marcones Sá, chegando a desconfiar do gestor, dizendo que põe em dúvida se o prefeito vai ou não vai fazer as obras de calçamento, esquecem o passado. Não se procede de uma forma deselegante sem olhar o passado.

Quando a prefeitura vendeu as ações da Celpe, era prefeito de Salgueiro Paulo Afonso Valença Sampaio. Todos os vereadores, exceto Biu Benício, votaram, e o município arrecadou R$ 700 mil, fruto de uma verdadeira confusão, porque o Ginásio de Esportes só foi concluído depois.

Agora, Salgueiro vive de desconfiar de um prefeito que é exemplo de honestidade. Se tudo foi aprovado para que Paulo Afonso governasse por dois mandatos, por que Paulo Afonso vota contra o projeto dos bairros Nova Vida, Copo de Cristal e Planalto? Paulo Afonso cometeu um erro gravíssimo, porque deveria agir como mediador. Como Paulo Afonso pode ser deputado estadual com essa mentalidade?

O que eu vejo é que há conotação política em Salgueiro. Há muito ódio que atrapalha a cidade. Temos que aceitar também que o voto é livre. Eugênio Bezerra votou contra porque não houve convencimento para que o mesmo votasse a favor.

A Câmara de Vereadores cai num buraco. O presidente, Marcio Nemédio, age mais como vereador de oposição de que como presidente da Casa Epitácio Alencar. Há dois Nemédios: um que é presidente e outro que é vereador. A função do presidente é manter a harmonia entre os poderes.

Bem, já conversei muito, pois pretendo não escrever sobre política em 2014 devido a esses rancores que não trazem desenvolvimento e paz. Vou voltar para Verdejante, onde serei apenas eleitor, já que temos propriedades em Malhadareia e no Sítio Pajeú. Eu moro num bairro onde os moradores são da construção civil, principalmente, do ramo ligado ao calçamento. Eles deixam Salgueiro para trabalhar em outros municípios.

Empréstimos os países fazem, os governos estaduais e municipais. Nada demais. Estou pronto para o debate seja na Rádio Vida, que não me dá espaço, seja na Rádio da Morte, onde o poeta ficara calado para sempre.

Wilson Monteiro.”


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

arnaldo luciano da luz alencar ferreira

o prefeito está a seis anos na prefeitura e o mercado público já está com mais de dois anos em reforma e até hoje ninguem sabe quanto foi gasto e quando a reforma vai terminar,lá o que mais se ver é mal cheiro no mercado em um todo e uma vedentina intensa e insuportavél nos banheiro.

arnaldo luciano da luz alencar ferreira

O atual prefeito já está no seu ano consecutivo,como prefeito,pois foi reeleito e neste periodo todo nunca concluiu uma obra,sempre deixa algo a terminar,seja uma rua,o campo de futebol ou mesmo uma simples estrada,o exemplo mais vergonhoso é a refoma do MERCADO MUNICIPAL.

adeilton alves cavalcante

É bom esclarecer que Paulo afonso é ficha limpa, teve suas contas aprovadas por unanimidade pelo TCE e pela Câmara.Diferente do atual prefeito, q tá na corda-bamba, já condenado em 2ª instância com o factóide dos ônibus que sumiram sem explicação e da ex-prefeita que agora é FICHA SUJA com o Fundeb

Bruno Filgueira

A população de salgueiro, não pode ser prejudicada pela inercia de alguns políticos. A época de fazer política com inverdades já passou. Os nossos políticos precisam falar menos e agir mais.

Bruno Filgueira

Concordo. Salgueiro só não é uma cidade mais desenvolvida por falta de seriedade dos nossos políticos. A vaidade e a sede de poder é tão grande, que chega a cegar, em grande parte, a oposição de Salgueiro. Precisamos fazer política com seriedade, com honestidade e com vontade política.


Prefeitura do cabo

03/01


2014

Francisco doa R$ 11,7 milhões para reduzir prejuízo da JMJ














O papa Francisco contribuiu com R$ 11,7 milhões para ajudar a reduzir o prejuízo deixado pela organização da JMJ (Jornada Mundial da Juventude), evento que reuniu milhares de católicos no Rio de Janeiro, em julho do ano passado. O evento deixou um deficit de R$ 91,3 milhões para a Igreja no Brasil, que após renegociações com fornecedores, doações, campanhas e a venda de um imóvel foi reduzido para R$ 43,2 milhões, sendo R$ 20,8 milhões devidos a fornecedores e R$ 22,9 milhões com despesas de alimentação.

Com a contribuição do papa, a conta cai para R$ 31,5 milhões.
De acordo com o comitê organizador, na época do evento, o total de peregrinos inscritos oficialmente na JMJ chegou a 427 mil. Cada um deles pagou entre R$ 100 e R$ 600 por pacotes - o chamado kit peregrino - que poderia incluir transporte, alimentação e hospedagem.

A Igreja havia informado que os custos da JMJ seriam pagos, principalmente, com o valor arrecadado com as inscrições oficiais. A JMJ consumiu pelo menos R$ 109 milhões em recursos públicos.

Os gastos do Comitê Organizador passaram pela auditoria da Ernest & Young, que confirmou em agosto o déficit de R$ 91,3 milhões. "Há um esforço local para saldar os compromissos financeiros. Os contratos ainda em aberto estão sendo renegociados e os valores pendentes devem ser quitados na medida em que os recursos estiverem disponíveis", informou a assessoria da JMJ em nota nesta sexta-feira (3).

A organização da JMJ disse ainda que consolidou parcerias que resultaram no lançamento de quatro produtos, cujas vendas serão fonte de recursos para cobrir o déficit da jornada.

O comitê organizador negou que a JMJ tenha consumido recursos públicos, afirmando que "a participação da administração pública se deu para assegurar o funcionamento dos serviços públicos durante o evento".

Folha de S.Paulo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


03/01


2014

Bernardo assume Secretaria de Direitos Humanos


















A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDSDH) está sob novo comando. Depois de três anos de gestão, a ex-secretária Laura Gomes passou o cargo na manhã de hoje (3) para o novo secretário, Bernardo D'' Almeida. A solenidade de transmissão de cargos/posse foi realizada na sede provisória do Governo do Estado, no Centro de Convenções, em Olinda.

D'' Almeida, 42 anos, é recifense e formado em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Auditor tributário do Tesouro Estadual desde 1994, exerceu cargos de gerência na Secretaria da Fazenda, de onde é funcionário de carreira. Em 2008, ingressou no time do Governo de Pernambuco ao assumir a Gerência Geral de Ações Governamentais do Pacto Pela Vida, cargo que ocupou até o final de 2010.

Em janeiro de 2011, foi nomeado secretário-executivo de Gestão por Resultados da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado. Começou a trabalhar no Pacto Pela Vida quando o então secretário de Planejamento, Geraldo Julio, assumiu a coordenação do comitê gestor do programa. Ainda em 2011, a convite do secretário de Planejamento e Gestão, Alexandre Rebêlo, iniciou os trabalhos de construção do Pacto Pela Educação e Pacto Pela Saúde.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Abreu e Lima

03/01


2014

Leitora condena "benefícios" concedidos a Pedro Corrêa

“Caro Magno.

Sou do município do Brejo da Madre de Deus, do distrito de São Domingos, e fiquei indignada com uma matéria do Jornal do Comercio de hoje onde o [ex] secretário municipal de Saúde, Gil Brasileiro, quem até então eu tinha como um homem sério e honesto, aparece dando guarita a Pedro Corrêa em seu hospital, o Tricentenário.

Quanto mais velha eu fico, mais o ser humano me surpreende, pois divulgam nos quatro cantos que o hospital de Gil Brasileiro é um hospital de referencia. Na verdade, o que estamos presenciando é um hospital que troca emendas por beneficio para um marginal do dinheiro publico.

Espero que as autoridades sérias deste país não sejam coniventes com tantos benefícios para este presidiário.

Maria Aparecida dos Santos.”


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Adilson

Qual é mesmo o artigo da constituição que está sendo afrontado??? Onde é mesmo que está a ilegalidade ou imoralidade em receber um doente em hospital??? Pedro Correia, por mais condenado que seja, deixou de ser cidadão brasileiro???

José Carlos da Silva

Realmente é uma grande IMORALIDADE uma afronta a Constituição,bem como aos direitos Humanos. Infelizmente não são poucas as pessoas bem como algumas Instituições, Empresas Servidores Públicos que só vivem ou servem para DENEGRIR A imagem desse País. Com a palavra o STF!

enoque viana de oliveira filho

Rebelião JÁ, em todos os presídios brasileiros, deixem de ser mole, onde tem presidiário numa boa, vocês ficam chupando o dedo.

José Pereira da Silva

O problema Maria Aparecida dos Santos é justamente encontrar uma pessoa séria neste país onde os corruptos estão no comando. um país onde um Genoino,Dirceu,Maluf,Renan,Collor,Sarney, são tidos como heróis e pessoas digna, encontrar uma pessoas séria é raridade.

enoque viana de oliveira filho

Vamos proteger Fernandinho Beira Mar, ele tem os seus direitos e como tem , cidadão honesto,comparados com esses mensaleiros.


Magno coloca pimenta folha

03/01


2014

Daniel descarta chance de apoio ao candidato do PSB
















No mesmo dia em que o governador Eduardo Campos (PSB) empossa seis novos secretários que farão parte do seu governo, formalizando a aliança entre o PSB e o PSDB a nível estadual, o deputado Daniel Coelho (PSDB), líder da oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), usou sua conta no Facebook para reiterar que manterá sua postura crítica ao governo socialista, como sempre fez ao longo de seu mandato.

De acordo com o tucano, apesar da posição da executiva estadual, sua postura será de manter a independência durante a campanha deste ano.

"Reitero que manterei, na Assembleia Legislativa, a mesma postura crítica que sempre mantive desde o primeiro dia do meu mandato e sem subir no palanque ou pedir votos para nenhum candidato apoiado pelo atual governo. Meu compromisso é o de apoiar apenas a candidatura de Aécio Neves à Presidência da República", disse Daniel.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Adilson

A REDE de Pernambuco diz o quê dessa aliança???

R.Soares

marina não quer apoiar os tucanos em sp, eita que estar so começando o racha na oposiçao e dilma cada dia mais se juntando com o povão

Adilson

Essa declaração é ruim para ele. Se o PSDB aderiu ao PSB sem considerar sua opinião, Ele é fraco dentro do partido. Se ele concordou, então está mentido para seu eleitorado.

weltgeist da silva

Alguém vive "babando" o coelho para "encher a venta dele de folha" e ele se candidatar a um cargo majoritário. Com isso o "babão" se candidataria a deputado , claro pelo psdb.Abre os olhos oh coelho!

o povo da de olho

PARABÉNS DANIEL ESTAMOS COM VC.


Prefeitura de Limoeiro

03/01


2014

Servidor do TJSP vai poder cumprir parte do expediente em casa

















O novo presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), desembargador José Renato Nalini, anunciou ontem (2) que os servidores do Judiciário Estadual poderão trabalhar dois dos cinco dias da semana em casa. ''Os 55 mil funcionários não precisam ter bola de ferro amarrada no pé para fazer cumprir rigorosamente o horário e estar todos conjuntamente em espaços nem sempre tão confortáveis. Nós precisamos pensar em produtividade'', disse.

Nalini já havia comentado em entrevistas sobre a ideia de adotar o sistema conhecido no mercado de trabalho como ''home office'', mas ontem deu mais detalhes sobre seus planos. O presidente disse que a medida terá caráter experimental e haverá treinamentos para a implantação do sistema.

De acordo com o desembargador, o sucesso do ''home office'' no TJSP dependerá da ''transformação da cultura dos chefes'' das unidades judiciárias. Segundo ele, ''hoje trabalhamos com a internet e é muito fácil mandar tarefas. Não é porque ele [servidor] vai ficar em casa que vai deixar de produzir, ao contrário, vai economizar o tempo do deslocamento e a necessidade de se vestir adequadamente para vir ao tribunal''.

A medida poderá oficializar para os servidores uma prática comum entre um grande número de juízes: a de não comparecer às unidades do Poder Judiciário às segundas e sextas-feiras sob o argumento de que esses dias são usados para estudar os processos e redigir as decisões judiciais em suas casas.

Folha de S.Paulo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Carlos Odair da Luz Sá

É esse pessoal de sumpaulo que chama bahiano de preguiçoso, não é?? Sei...

JANDILSON DE ALBUQUERQUE CORDEIRO

Os funcionários do Estado já não trabalha no local adequado, imagine em casa, esse juiz da doido pode aposentá-lo compulsoriamente.kkkkkkkk

José Carlos da Silva

O atendimento no judiciário brasileiro já é PÉSSIMO, e abrindo essa possibilidade dos funcionários trabalhar em casa aí é que danou se! Bom pra eles que Vão ter mais tempo pra fazer AMOR. Enquanto a população Ó, FICA NAS LONGAS FILAS DE ESPERA.


Banner de Arcoverde


Warning: PHP Startup: Unable to load dynamic library '/opt/cpanel/ea-php56/root/usr/lib64/php/modules/mcrypt.so' - /opt/cpanel/ea-php56/root/usr/lib64/php/modules/mcrypt.so: cannot open shared object file: No such file or directory in Unknown on line 0