FMO janeiro 2020

29/09


2013

''Eduardo foi arbitrário com intervenção no Rio’, diz prefeito

 Afastado do comando do PSB do Rio de Janeiro para dar lugar ao deputado federal Romário, o prefeito de Duque de Caxias (na região metropolitana do Rio), Alexandre Cardoso, criticou ontem a cúpula nacional, que interveio no diretório fluminense sob a alegação de que ele estaria atuando contra os interesses do partido.

Para Cardoso, o governador de Pernambuco e presidente do PSB, Eduardo Campos, atuou de forma “arbitrária” ao interferir no diretório. Em sua avaliação, a candidatura do governador pernambucano à Presidência está sendo construída “de cima para baixo”.

Ontem, foram encaminhados ao Tribunal Regional Eleitoral os documentos sobre o afastamento de Cardoso e a composição da nova diretoria do partido. A primeira reunião sob comando de Romário será segunda-feira às 16h. O PSB fluminense espera a presença de Campos – um ato político está sendo preparado. (De O Estado de S. Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK


Prefeitura de Jaboatão

29/09


2013

Santa Cruz do Capibaribe: almoço reúne líderes políticos

 

O  prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira(PSDB), reuniu para almoço em sua residência na  cidade,  neste domingo, o vice-governador do Estado, João Lyra Filho, o deputado federal Sérgio Guerra(PSDB), e o deputado estadual Diogo Moraes(PSB), além de lideranças políticas do município. O grupo esteve na cidade para presenciar a procissão de São Miguel Arcanjo, uma tradição religiosa no município.  Sem uma pauta política específica, o encontro, no entanto, não deixou de ser ambiente de conversas políticas em torno do quadro nacional, e,  principalmente, estadual.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cabo de Santo Agostinho

29/09


2013

Ministro pede que Dilma afaste diretor da Conab

 O ministro da Agricultura, Antônio Andrade(foto), pediu ontem à presidente Dilma Rousseff o “afastamento temporário” do diretor de política agrícola da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), Sílvio Porto.

Segundo a Conab, que é ligada ao Ministério da Agricultura, cabe à Presidência da República nomear e exonerar o diretor do órgão. O pedido do ministro veio quatro dias após Porto ser indiciado pela Polícia Federal na Operação Agro-Fantasma, que investiga desvio de verbas em um dos programas do “Fome Zero”. Porto é suspeito de envolvimento em crimes de estelionato, peculato e formação de quadrilha. (Folha de S. Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Tem que colocar esses safados para fora. Veja Magno, hoje é o último dia do mês e O MILHO DA SECA NÃO chegou. O PT TRANSFORMOU O BRASIL NUMA ZONA!!!

enoque viana de oliveira filho

Hmmm...


Prefeitura de Serra Talhada

29/09


2013

Os insaciáveis

Mas é pura ingenuidade acreditar que com o dinheiro do fundo partidário e da propaganda política chamada de gratuita, os partidos ficam saciados. Há ainda os cargos públicos com nomeações sem concurso, prêmio extra pelo apoio eleitoral; há o aluguel do horário gratuito, nem sempre oferecido gratuitamente pelos partidos menores aos aliados maiores. E há certas transferências da organização para os organizadores que, quando descobertas, se transformam em escândalo.

Mas como querer que os beneméritos organizadores, que dedicam a vida ao partido e à democracia, paguem suas contas pessoais no fim do mês?

Com tudo isso, ainda há quem queira que as campanhas sejam financiadas por dinheiro público. Como vimos, já são. O que querem é mais dinheiro público (Coluna de Carlos Brickmann)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Marluce Peixoto de Albuquerque

Além de que deixaria desempregados alguns comentaristas do blog.

Adilson

Acabar com partidos é ideia extremamente autoritária e anti-democrática.



29/09


2013

Santa Cruz: encontro de blogueiros e inauguração de 5 poços

 

Secretário Aldo Santos, Deputado Diogo Moraes e o prefeito Edson Vieira

 

Aldo Santos, Secretário de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco esteve neste sábado (28), em Santa Cruz do Capibaribe. Ele participou do Sulanca Blogger, evento que reuniu mais de 50 blogueiros de todas as regiões do estado. Ele apresentou na ocasião ações de sua pasta com relação a convivência com o semiárido.

Logo após, Aldo Santos, o deputado estadual Diogo Moraes (PSB) e o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), foram até o distrito do Pará, onde inauguraram 5 poços artesianos, um deles, no sítio Areial, foi contemplado com Dessalinizador.

“Sempre procuramos acompanhar as ações da Operação Seca em todas as regiões do estado, e aqui na localidade do Pará não foi diferente, esta ação vai beneficiar dezenas de famílias que precisavam se deslocar do Areial para conseguir uma lata de água no distrito”, pontuou Aldo Santos.

O deputado Diogo Moraes, que é presidente na Alepe da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária, falou sobre os benefícios que os poços vão levar à comunidade. “Sabemos que a seca mais cedo ou mais tarde aparece, temos que promover ações de enfrentamento para melhorar a questão da convivência com o semiárido, e o que importa, é, sem sombra de dúvidas, a melhoria da qualidade de vida das comunidades rurais”, disse.

Já o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira, relatou que a visita do secretário vai render mais frutos para o município. “Conversamos com o secretário, e ele constatou que o local pode receber mais investimentos do Governo do Estado. O sítio Areial, onde está o dessalinizador, vai receber mais tanques para criação de alevinos de tilápia, além do cultivo de plantas que retiram o sal da água e que servem para ração animal”, explicou Vieira.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu e Lima - Prefeitura - Abreunozap

29/09


2013

Idosos alegram Bairro do Recife na caminhada da boa idade

 

 

 

 

 

 

 

 

Com muita alegria e disposição, cerca de 600 idosos e familiares participaram, na manhã deste domingo (29), da 6ª Caminhada da Boa Idade. A atividade aconteceu no Bairro do Recife e fez parte dos Jogos da Pessoa Idosa, promovidos pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Esportes e Copa do Mundo.

No evento, que teve como tema “Carnaval da Terceira Idade”, 34 grupos de idosos começaram o dia com a realização de testes de glicemia, além de aferição da pressão arterial. Em seguida, os participantes, seguidos pela orquestra de frevo e pela equipe de atendimento médico, saíram da Praça do Arsenal em direção às ruas do Observatório, Apolo, Barbosa Lima e do Bom Jesus, até finalizarem a caminhada na Torre Malakoff, local de chegada.

Segundo Hercília Ferreira, aposentada de 64 anos, moradora do bairro da Macaxeira, as atividades físicas têm facilitado seu dia-a-dia. “A prática de exercícios só me trouxe benefícios”. afirmou.

 

Nossa meta é aumentar o número de núcleos com atividades físicas no próximo ano. É realmente espetacular ver os idosos participando de atividades como essa. Eles estão felizes e de bem com a vida”, ressaltou o secretário- executivo de Esportes do Recife, Warlindo Carneiro. ( Da Assessoria de Comunicação)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

weltgeist da silva

Propaganda enganosa. Pouca grana, muita dores pelo corpo e cada dia uma má notícia.

adalberto ribeiro

Terceira Idade, Boa Idade, Pessoa Idosa tô fora.Eu sou um cara seminovo

Gilberto Carvalho Moura

"boa idade" não passa de "engana véio" prá disfarçar as aposentadorias mesquinhas.


Banco de Alimentos

29/09


2013

Aécio diz ser a alternativa para fim ''do desgoverno do PT''

Em clima de campanha, o senador Aécio Neves (MG), presidente nacional do PSDB e provável candidato do partido à Presidência da República, lançou nesse sábado(28), em Curitiba, o diretório regional Sul do partido, visando à construção da estratégia e do plano de governo da legenda para as eleições do ano que vem. O evento reuniu milhares de militantes tucanos e as principais lideranças da sigla no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além de representantes de aliados, como o DEM.

''''Hoje não é só o encontro dos tucanos. Hoje, o PSDB se reencontra com sua própria história. Nascemos longe das benesses do poder e próximos ao pulsar das ruas, e é isso que está acontecendo, estamos nos reencontrando com as aspirações das ruas, com nossa história e nossos valores'', disse o senador.
 
Mais uma vez, Aécio afirmou não estar preocupado com os índices das pesquisas de intenção de voto e repetiu que o indicador importante é que mais da metade dos eleitores não quer votar na presidente Dilma Rousseff (PT).''''Cabe a nós construirmos a melhor proposta e nos apresentarmos como a verdadeira alternativa para dar fim a esse desgoverno do PT'', declarou.

TRITURAR O PT

Embora negue que esteja em campanha e critique a presidente Dilma, que para ele deixou de ser presidente da República para ser ''candidata à reeleição fulltime (em tempo integral)'', Aécio foi tratado como candidato durante todo o evento, com gritos de guerra e discursos inflamados, como o do vice-presidente nacional do DEM, Abelardo Luppion, que disse que ''Aécio é o nome para triturar o PT no ano que vem''.

O presidente do PSDB disse que o momento é de esquentar os motores e preparar-se para o debate. ''Estamos preparados para o embate em qualquer canto. Querem falar de economia, somos o PSDB que estabilizou a moeda, o PSDB da responsabilidade fiscal, das privatizações adequadas, corretas e fundamentais para o crescimento da economia'', discursou. ''Eles são os que flexibilizaram os pilares macroeconômicos, que desperdiçaram o momento histórico para fazer as reformas que o país precisava, que fizeram o Brasil crescer um terço da média do que crescem nossos vizinhos sul-americano. Cabe a nós construirmos a melhor proposta e nos apresentarmos como a verdadeira alternativa para dar fim a esse desgoverno do PT'''', (Do portal Terra)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

ALCEBIADES GREGORIO VIEIRA MENDES

Aécio = FHC = Privatizações

Gilberto Carvalho Moura

Pobre Paraná! Depois de Requião virou uma nulidade politica nacional e presa fácil de demagogos.


O Jornal do Poder

29/09


2013

Dilma quer manter ministro da cota de Cid

 A presidente Dilma Rousseff quer manter o ministro Leônidas Cristino no comando da Secretaria dos Portos, pasta que tem status de ministério e que representa a cota do governador do Ceará, Cid Gomes, no primeiro escalão. Com o desembarque do governo federal, o PSB decidiu devolver os dois ministérios que possuía já que apoiará a candidatura presidencial do governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Integração Nacional será repassada ao senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), como revelou o Estado. Mas, se depender da vontade de Dilma, Leônidas Cristino ficará no cargo.

Como seu grupo político, liderado por Cid, decidiu deixar o PSB e manter o apoio à reeleição de Dilma, a presidente não vê motivos para trocar o ministro. Em conversa por telefone, feita depois que retornou dos Estados Unidos, a presidente disse isso a Cid, afirmando que prefere não mexer na pasta. (De O Estado de S. Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Gilberto Carvalho Moura

NA POLITICA DE PASTORIL QUE DOMINA AQUELA QUERENCIA ONDE DEFUNTO ASSINA ESCRITURA ESTÁ LANÇADO O DESAFIO PELOS AZUIS: - ESTÃO DESAFIADOS OS VERMELHOS PARA QUANDO DESENCARNE O SEU MESTRE FAÇAM UM FORROBODÓ MAIOR OU QUIÇÁ DO MESMO TAMANHO.


Potencial Pesquisa & Informação

29/09


2013

Lula: ''''Não foi julgamento e sim linchamento''''

:

Em entrevista a Tereza Cruvinel e Leonardo Cavalcanti, do Correio Braziliense, ex-presidente Lula fala pela primeira vez sobre a Ação Penal 470 (Mensalão) e diz que o caso não terá impacto nas eleições de 2014. Ele diz que está pronto para 2014, mas revela a dificuldade de ''desencarnar'' do cargo; segundo ele, o ''Volta, Lula'' ficou para trás no evento dos 10 anos de governos do PT: ''Quando eu disse que a Dilma era minha candidata, eu queria tirar de vez da minha cabeça a história de voltar a ser candidato. Antes que os outros insistissem, antes que o PT viesse com gracinhas, eu resolvi dar um basta''''.

No escritório do Instituto que leva seu nome, Luiz Inácio Lula da Silva mantém uma agenda digna de presidente da República. Ele trabalha quase 10 horas por dia com um objetivo maior em mente: reeleger a presidente Dilma Rousseff. ''Se houver alguém que se diz lulista e não dilmista, eu o dispenso de ser lulista'', diz o ex-presidente. Ele confessa com certa melancolia que sente falta de Brasília: ''O nascer e o pôr do sol no Alvorada são inesquecíveis''; e que, para evitar a tentação de dar palpites sobre o novo governo, disse que decidiu visitar 32 países nos primeiros 10 primeiros meses de 2011, até que o câncer foi descoberto, no dia de seu aniversário, 27 de outubro. (Do portal BR24)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Wellington Jorge Pires Pereira

Imoral!!!!

maria tereza

D) como acontece nos juris, sorteados aqueles grandes juristas para a indicação dos Ministros dos diversos tribunais. Para não acontecer o que aconteceu com o Mensalão e esse senhor ainda andar com a "entidade" de presidente. Desencarna do encarnado irmão, e vá em paz!

Gilberto Carvalho Moura

Tudo isso resulta das repetidas vaciladas daquela senhora da Foice!

maria tereza

C) Aqui no Brasil, infelizmente, verdade ou não, o que sabemos é que se precisa urgentemente de uma grande reforma: diminuir ministérios, partidos, deputados e senadores. E ainda mais: a indicação de ministros não ser indicação da presidência da República e sim de um colegiado de advogados e,

maria tereza

B) solta, lépida e fagueira. Cícero cita Aristóteles na seguinte frase: "Certamente é mau que os mais altos cargos sejam comprados. A lei que permite esse abuso trona a fortuna mais importante do que a nobreza dos políticos". Corretíssimo. Isso é a mais pura verdade.



29/09


2013

Deviam estar todos presos

CARLOS CHAGAS

Solidariedade e o Pros, para engrossar seus quadros, estão oferecendo dinheiro do Fundo Partidário aos deputados que aceitarem deixar os partidos de origem, pelos quais se elegeram. A proposta é de pagar três reais por voto recebido pelo fujão, nas eleições de 2010. Pior do que a oferta, no caso, é a aceitação. Deveriam, os dirigentes dos novos partidos, ser presos junto com seus convidados.

O diabo é que entre os trinta outros partidos em funcionamento muito dinheiro já correu nas mesmas circunstâncias. Não parece impossível apurar toda a lambança, mas falta vontade política no Congresso e fora dele. O mensalão deu no que deu, ou seja, denunciado em 2005, ainda não levou ninguém para a cadeia. Nem a Polícia Federal, nem o Ministério Público, muito menos os Conselhos de Ética da Câmara e do Senado animam-se a enfrentar a questão.

Vamos que os trânsfugas bem remunerados cheguem a cinqüenta, dobro do número dos mensaleiros sentenciados e não presos. Se o processo destes arrasta-se há oito anos, serão necessários no mínimo dezesseis para os outros. Até lá poderão ter perdido as eleições, mas, caso reeleitos, quantas vezes terão mudado de partido?

A única solução capaz de acabar com esse teatro de horror seria a cláusula de barreira, no bojo da reforma política. Como essa não virá, os partidos de aluguel estão garantidos. As operações de compra e venda, também.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha